Um fio de esperança - O inicio

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Um fio de esperança - O inicio

Mensagem por Tucci em Sab Abr 11 2015, 16:13

A jovem Úrsula antes de entrar no Centro Pokémon de Slateport City respirou profundamente, sentiu o ar preencher seus pulmões pequenos, ainda estava nervosa e com receio de sua decisão, mas ainda assim ela deveria tomar uma atitude, não poderia por medo deixar de seguir a única pista que lhe deu algum acalento. Bateu o pó de suas vestimentas, não se sentia bem ali vendo tanta gente bem vestida, aquelas pessoas que nem imaginavam o que era dormir atrás de uma lata de lixo e que apenas sabiam o que era aconchego e paz, mas ainda assim era onde ela poderia seguir sua vida.
 
  Não, não importava o que os outros pensariam com sua entrada ali, ela focar neste momento era o único modo de encontrar sua mãe, ergueu sua cabeça, firmou seus olhos e então abriu a porta do local, passo após passo seu chinelo batia contra seus pés fazendo um leve “clap” “clap” “clap”, Cicatriz a acompanhava com os pelos ouriçados, rosnando de leve com a cabeça e orelhas baixas contra qualquer estranho que estivesse perto, para ele aquela situação era tão desconfortável quanto para a menina.

   _ Se acalme Cicatriz – Úrsula sussurrava, como se um falar mais alto a faria ser expulsa dali o quanto antes – Seja um bom garoto!

      Ao redor ela via vários treinadores, pessoas estranhas e espalhafatosas de várias idades e visivelmente etnias diferentes também, em sua cabeça todo mundo a olhava com repreensão e amargor, não importava se isto era ou não verdade, ela apenas queria o quanto antes encerrar aquilo, conseguir ser uma treinadora e então sair dali correndo.

   Seus pés se apressaram, chegou logo em uma bancada de atendimento onde uma jovem doce de cabelos rosas se encontrava com uma feição de pureza e simpatia, a menina até se estranhou com a bondade que parecia existir daquele ser, mas ainda assim seu pé esquerdo sempre ficava para trás, qualquer “movimento brusco” da moça ela poderia simplesmente se virar e correr, ela duvidava que ela conseguiria acompanha-la em uma corrida, sabia que conseguiria passar da porta rapidamente e fugir para os becos que tanto conhecia caso algo ocorresse de errado!

   Ao sentir o olhar da enfermeira em sua direção ela fitou os olhos nela, tentava fingir que sabia o que estava fazendo, mas seu olhar inseguro entregava totalmente que estava perdida, sua boca seca fazia a língua se grudar no céu da boca, o que a fez precisar pigarrear antes de começar a falar, engoliu então em seco e logo as palavras saíram de sua boca:

   _ Por favor senhora eu tô aqui pra virar uma treinadora!!! Eu já tenho o Cicatriz – disse a jovem cochichando e apontando para seu cão negro de orelha cortada – Quais os “bangs” que eu tenho que fazer agora pra isso?

   Ela esperaria a resposta, não havia muito o que fazer, em sua mente ela ficava travando rotas de fuga da vergonha caso lhe fosse negado, era tamanha a pressão que sentia que travada sua respiração, se sentia sufocada e descontente por aquele momento de dependência, mas a necessidade lhe fazia prosseguir.

 
A doce enfermeira olhou com cautela e empatia para a menina apreensiva que esperava em sua frente, no mesmo instante ela percebeu o quanto a pobre menina estava perdida e não sabia o que fazer, por um momento em sua mente uma certa tristeza lhe passou, o que será que aquela menina não havia passado? Quão grande era a coragem dela para chegar ali e pedir algo assim, a enfermeira sabia que uma rejeição agora poderia ser a pior coisa para a jovem, talvez nunca mais iria conquistar novamente tal coragem para isto, ela precisava agir!

Abriu um sorriso meigo para a menina e com isso fez o primeiro ato de bondade que ela recebeu há tempos:

_ Oi minha querida, que Houndour lindo que você tem ai com você! Bem, geralmente não é aqui que se vira uma treinadora Pokémon meu anjo! Mas eu tenho o que você precisa aqui comigo, espera só um minutinho!

Úrsula estava estagnada, não sabia se esperava ou se corria, mas algo que ela acabou vendo nas ruas era quando alguém mentia e a jovem doce não parecia mentir, com isto aguardou, resolveu dar um voto de confiança ao invés de fugir, se começaria uma nova vida, precisava de novas atitudes as vezes, mesmo tremendo e com medo, aguardou ali!

Não tardou e a enfermeira trouxe algumas coisas consigo, era um equipamento que há muito ela tinha guardado, não usava mais, sua profissão era outra e as vezes a felicidade estampada nos olhos de alguém valia muito mais do que qualquer ouro no mundo, ela então entregou a jovem iniciante e explicou um pouco do que servia cada coisa, Úrsula ouvia atentamente, não queria fazer algo errado logo em seu inicio, se ela iria sobreviver em florestas e monstros carnívoros ela precisava saber como usar aquilo que lhe era dado!

Logo então enfiou cada coisa em um dos bolsos de sua grande jaqueta e olhou com os olhos marejados para a enfermeira, ela segurava para não chorar, este tinha sido o maior ato de bondade que ela já havia recebido, estava feliz, bateu a mão direita fechada duas vezes no peito duas vezes e em seguida a esticou com os dedos em V de vitória “Valeu, valeu mesmo, eu te devo uma!”. Se virou em direção a saída enquanto lágrimas de emoção escorriam de sua face, ela nunca havia chorado de felicidade!

Pois é Úrsula, a partir de hoje muita coisa mudaria em sua vida, não mais seria a simples e desmerecida menina de rua, um futuro com milhões de possibilidades lhe aguardava a frente, agora era saber quais escolhas faria de tais possibilidades!
avatar
Tucci
Treinadora
Treinadora

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um fio de esperança - O inicio

Mensagem por Nerkon em Dom Abr 12 2015, 09:51

Inicial entregue, pode iniciar sua jornada em Slateport.

Se tiver algo errado, pode me enviar MP.
avatar
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum