O Começo - Hiro Nagaiashi

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Começo - Hiro Nagaiashi

Mensagem por Naruub em Sex Out 02 2015, 09:54


A medida que as horas avançam, meu coração acelera em um ritmo que nunca senti antes. A ansiedade por chegar logo o momento de minha partida é enorme. Aron também parece nervoso. O Pokémon armadura de ferro não ver a hora de nossa jornada começar.
Nervoso vou até a sala da minha casa. O meu pai já deveria estar aqui. Ele reluta em aceitar que sou um adulto e que tenho que viver minha vida. Quando estou voltando ao meu quarto, ouço o barulho da porta. A espera acabou. O meu corpo se move involuntariamente em direção a entrada da casa.
-- Até que enfim você chegou. Não vejo a hora de ir.
O meu pai me ignora e passa por mim com total apatia. Não entendo o que isso quer dizer, então vou atrás dele. Ele chega no quarto e pega a mala de viagem, para logo depois voltar a sala em pleno silêncio. Yasmim desce as escadas no mesmo momento em que volto ao cômodo. O sorriso em seu rosto me anima, ela é a única que me apoia nessa minha jornada, e isso me deixa até feliz.
-- Hiro, antes de ir embora quero lhe dá uma coisinha.
A minha curiosidade fala alto nesse momento, então vou até ela e a sigo quando a mesma sobe as escadas. Ao entrar no quarto de minha irmã percebo que há algo diferente nele. Alguns balões de festa e um pequeno bolo em cima da cama. Ainda com um sorriso no rosto a adolescente me entrega uma caixinha com o selo do correio de Hoenn.
-- Gostou Hiro? Pois ainda tenho algo que vai adorar.
Minha irmã sabe como me deixar animado, e com certeza ela gastou todo dinheiro dela nessa “minifesta”. Respondo ela com um sorriso enorme, antes de uma lagrima escorrer por meu rosto e eu a abraçar para disfarçar.
-- Obrigado. Você é a melhor irmã mais nova do mundo.
-- Ainda não é hora de agradecer, espere para ver o que tem dentro dessa caixinha.
Me afasto um pouco dela para logo em seguida receber a caixinha. A minha curiosidade não me faz esperar, e me vejo abrigando a caixa logo que a tenho em minhas mão. Dentro da caixa está vários itens, mas um me chama a atenção, uma máquina vermelha que logo identifico.
-- Não acredito que é.... Como você conseguiu isso?
-- Não é só você que tem amigos. Consegui falar com um amigo para ele pegar esses itens para você, chegou ontem.
Nesse momento palavras não expressão a minha felicidade. Um longo e apertado abraço diz tudo que posso ser dito. Após colocar os equipamentos dentro de minha mochila e comer um pedaço do bolo, volto a sala onde está meu pai esperando com o mesmo semblante de antes. Me aproximo dele com a mesma apatia que está em seu rosto.
-- Não vamos mais para Littleroot Town
No momento que digo isso ele se levanta do sofá em um único pulo. A alegria em seu rosto me faz querer vomitar. Sei que ele não quer que eu me torne um treinador, mas poderia pelo menos fingir que está feliz por mim.
-- Então desistiu dessa loucura toda e vai ficar aqui que é seu lugar!
-- Não, é que já consegui a encomenda que ia buscar lá.
O homem se joga no sofá novamente, com um semblante infeliz que chega até a dá pena, mas não em mim.
-- Olhe pelo lado bom, agora você não vai gastar tanto dinheiro assim. Você pode me deixar lá em Slateport já que vai comprar mais frutas para casa.
Começo a caminhar em direção a porta, e ouço os passos logo atrás de mim. Após vinte minutos chegamos no porto de Dewford, e meu pai fala com um conhecido dele por uns cinco minutos, isso pois ele sabe que estou ansioso. Entro no pequeno barco e procuro um lugar distante dos dois homens. A viagem não demora muito, mas para mim parece mais do que a eternidade. Ao longo da viagem vejo alguns treinadores viajando com seus Pokémon aquáticos.
"Isso é lindo. Um dia quero ter um Pokémon aquático, só para desbravar os mares em cima dele.”
Enquanto me perco em meus pensamentos, o porto de Slateport se aproxima cada vez mais. Somente percebo que chegamos quando meu pai me chama. Saio do barco e agradeço ao “capitão” da embarcação. Mesmo com as ações hostis de meu pai, decido que não posso seguir viagem com ele desse jeito.
-- Pai, desculpa eu não ficar com vocês, mas você entende que isso é meu sonho não é?
A reação dele é como as minhas, totalmente contraria as outras. Meu pai me abraça em uma melancolia que agora sim me dá pena. O memento de despedida com certeza é diferente do que nós dois esperávamos. Logo após tudo isso me dirijo para o centro da cidade, enquanto meu pai vai ao popular mercado de Slateport.

avatar
Naruub
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Começo - Hiro Nagaiashi

Mensagem por Nerkon em Sex Out 02 2015, 10:30

Inicial entregue, pode iniciar sua jornada em Slateport.

Qualquer problema é só me enviar uma MP.
avatar
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum