At Dawn! - LaRousse City

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Matt em Ter Out 27 2015, 15:24


At Dawn!



Lysander encarava Invel, silencioso, e antes de liberar seus comandos a seus monstrinhos, abaixou seus olhos e observou seus pokémons, pensando no que poderia fazer neste momento. Após alguns instantes que se passaram rapidamente, Lysander encarou seus parceiros, pensando se estavam, de fato, prontos para a copa, oque mantinha algumas dúvidas, então, com seu tom de voz tentando transparecer a maior tranquilidade possível, disse:

- Certo então... Prepare-se, Hades, Sludge Bomb em Ponyta! Scraggy, quero que use seus melhores Thunder Punch no mesmo alvo que Hades. Então, Hades, termine com Ponyta com outro Sludge Bomb! - E feito isso, cruzou seus braços diante de seu peito e pôs-se a observar a batalha, seus olhos, pareciam ter um foco especial em Scraggy, uma vez que ainda precisava conhecer melhor a pequena.
Matt
Matt
Aprendiz de Gym - Dark
Aprendiz de Gym - Dark

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Mathito em Ter Out 27 2015, 22:25


Após alguns acontecimentos, Rox a raposa usava seus belos olhos para causar alguns efeitos em Houndour enquanto a Ponyta estava... ao menos deveria estar agindo. Foi quando ela se tocou que estavam falando com ela e pegou choque na corrida até o canino que por pouco não era atingido. Hades sofria muito, mas revidava ainda no chão, enquanto Ponyta estava perto. Como catarro ele cuspiu uma bola de lama que parou bem nos olhos do pequeno pônei, chegando a envenena-la. Scraggy, segurando a barra da calça, esticou o punho e deu uma porrada com seu golpe elétrico no popô do cavalinho. Ela deu um sorriso maquiavélico ao ouviu o Ponyta relinchar.

Vulpix se animava durando mais desta vez e emanava a energia negra com a voz rouca. Era demais para uma primeira vez e ela não conseguia controlar, atingindo Ponyta ao invés de Houndour e causando Flinch na Fire. Foi o momento perfeito para Houndour se erguer e atirar mais uma rajada de lama nojenta na Ponyta, que caiu sem saber pelo que o tinha sido atingido. Mesmo caída, Scraggy ainda deu uns fafanões na fuça da Fire, alegre como só.


Vulpix:
Normal
Ponyta:
Nocaute
Flash Fire:
Normal
Run Away:
Normal

lv 10 Rox


28/28
lv 19 Lord Monocromático


00/48
lv 07 Scraggy


24/24
lv 22 Hades


21/52
Moxie:
Normal
Early Bird:
Normal
Scraggy:
Normal
Houndour:
-1 Atk

Campo: Fundos do Centro Pokémon com parâmetro semi-oficiais.

off:
Não sei se chegou a ler isto por ai, mas quando um Pokémon muda de apelido, demora para se acostumar. O melhor teria sido chamar por Ponyta mesmo até ele se habituar. Eu relevei, por mais que tenha brincado. Quanto ao Dark Pulse: Em treinamento significa que não possui domínio. E não se preocupa. Ela não perdeu por isso.
Desculpem o post fraco e no decorrer da rota eu acerto as Box's
Mathito
Mathito
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Matt em Ter Out 27 2015, 23:03


At Dawn!



Lysander continuava a encarar os corpos dos pokémons moverem-se sobre a luz não muito intensa posta ali para casos de batalhas como a que estava acontecendo, sobre a luz do luar, onde, fora esta, não haveria luz alguma para iluminar suas faces. Quando notou que o movimento novo de Vulpix não tivera o efeito esperado, o rapaz fechou um pouco sua cara, preocupado, mas fora isso, não esboçou nenhuma outra reação, apenas esperou que os movimentos fossem trocados. Mas, antes deste ocorrido com Vulpix, algo chamara a atenção de Lysander, o sorriso maquiavélico de Nêmesis ao "espancar" o cavalinho em seu traseiro, oque o fez ficar meio pasmo, mas logo se recompôs.

Com os movimentos trocados, Lysander agora encarava Invel, sua face também iluminada pela luz. - Não se preocupe... - Sua voz parecia tranquila, apesar de sua face inexpressiva. - Tente novamente... - Poderia parecer um tanto frio, mas não dissera mais nada alem disso. - Hades, recupere-se... Retornemos seu ataque ao normal, então, Howl, duas vezes! Scragy, mais um Thunder Punch seguido por outro. - E assim, o rapaz continuava a encarar seus companheiros, um olhar especial pairava sobre Nêmesis, como se ela fosse sua mais nova fascinação.

Off: WTF isso da Nêmesis batendo no popo, sorriso sarcastico e o outro relinchando. Kkkkkkkkkkkkk


Última edição por Matt em Qui Out 29 2015, 10:24, editado 1 vez(es)
Matt
Matt
Aprendiz de Gym - Dark
Aprendiz de Gym - Dark

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Dantalion em Qua Out 28 2015, 12:44

Azar. Vulcannus demorou até perceber que estava falando com este e isto o tinha carregado para a derrota, o Pokémon durou bastante até a não ser quando Rox acabará por se confundir e acertar o cavalo ao invés do adversário. Com o impacto Ponyta fora lançado longe, caindo no chão demonstrando derrota. Suspirava e apontava a esfera em sua direção. - Que confusão. Obrigado. Rox olhava rapidamente para trás estava arfando, seu cansaço era evidente e não sabia muito bem o que fazer. Falava em voz baixa apontando para a raposa. - Rox, use Dark Pulse duas vezes. Não importe em quem acertar Scraggy ou Houndour apenas dê seu melhor. Sabia que iria perder era um pouco difícil ainda ter controle. Em meio tempo segurava a esfera de Vulpix com as mãos tremendo e olhava para Vulpix com preocupação, era uma jogada suicida.
Off: Eu sei disso. Invel é iniciante ele não começa aprendendo de tudo e está tentando, então....
Dantalion
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Mathito em Qui Out 29 2015, 10:22


Logo via-se o lupino atirando seu poder escuro, ainda descontrolado, pois não tinha instrução alguma de como ordenar aquilo, mas atingia Poochyena como se o poder fosse um chicote. Scraggy, sem ser percebida, chegava por trás e dava uma pancada no popô do lobo, ouvindo uivos, vindos de dor da Vulpix e de forças do Canino. Como volta, Vulpix se controlou e conseguiu atingir Scraggy com Dark Pulse, mas por ser super resistente a moves dark, o recém nascido ria como um cabrito e dava uma outra pancada na Vulpix, que não aguentou e tremeu as pernas antes de cair inconsciente.


Vulpix:
Nocaute
Ponyta:
Nocaute
Flash Fire:
Normal
Run Away:
Normal

lv 10 Rox


00/28
lv 19 Lord Monocromático


00/48
lv 07 Scraggy


22/24
lv 22 Hades


17/52
Moxie:
Normal
Early Bird:
Normal
Scraggy:
Normal
Houndour:
Normal

Campo: Fundos do Centro Pokémon com parâmetro semi-oficiais.

exp:
Dant: 844 para cada - Vulpix upou 3lvl e aprendeu Confuse Ray; Ponyta upou 1 lvl
Matt: 2109 para cada - Scraggy upou 7lvl, aprendeu Feint Attack e Headbutt, ficando muito feliz ;Poochyena upou 1 lvl

Mathito
Mathito
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Matt em Qui Out 29 2015, 11:12


At Dawn!



Com sua face voltada à batalha de seus pokémons, Lysander continuava a observar os movimentos ali trocados. Vulpix disparava sua corrente de energia negra, porém sem controle, mas, por sorte, conseguiu atingir o alvo, movimentando tal corrente como um chicote, um movimento arriscado, mas que pelo menos tivera algum efeito. Scraggy, aproveitando que Vulpix mantinha seu foco em atacar, e ao mesmo tempo controlar este novo movimento, avançou sorrateiramente até a pokémon, e com seu punho envolto por uma visível eletricidade, atingiu-a em seu lombo, oque fez a pequena uivar de dor. Num segundo movimento de Vulpix, ignorando Nêmesis mesmo após ter sido atacada por esta, ela parecia deter maior controle sobre a técnica e conseguia acertar Houndour, mas era logo em seguida derrotada por Nêmesis, que mais uma vez atingia a pequena com seus punhos, fazendo-a cair em derrota enquanto ria descontroladamente, aquilo que fizera, parecia realmente satisfazê-la, sentia prazer em ver seu oponente caído por um dos seus movimentos.

Lysander então, ao ver que a batalha acabara, esboçou um fino sorriso em sua face, inicialmente caminhando até Houndour, dizendo tranquilamente ao mesmo enquanto passava por ele, estendendo-lhe a mão para que pudesse tocar gentilmente o topo de sua cabeça. - Obrigado, Hades. Ótimo trabalho. - O cão então abanava seu pequeno rabo por alguns segundos e logo começava a seguir Lys, que agora caminhava até Nêmesis, onde, a poucos centímetros de distancia, disse, apenas abaixando um pouco sua cabeça. - Vejo que gosta da sensação de uma vitória, não é? - Seu sorriso se tornava um pouco maior. - Ótimo trabalho. - A pokémon que a pouco mantinha um largo sorriso em sua face, a desmanchara ao encarar o rapaz, e ao levantar sua calça, se afastou, um pouco emburrada, como se ele não tivesse tido importância alguma naquilo, apesar disso parecer mais birra de criança, manha... Bem, Lysander teria de se acostumar com esse comportamento da pequena, afinal, ainda era um bebê.

Ao levantar sua face um pouco de onde estava Scraggy, Lys encarou Invel, com seus fios prateados sendo iluminados pela luz amarelada que percorria todo o campo. - Você foi ótimo... Não se preocupe, Lord... Digo, Vulcannus, logo se acostumará com você, apenas dê um tempo a ele. E Vulpix, ela se saiu bem com seu ultimo movimento. - Até o momento, sua face se mantinha inexpressiva, mas logo em seguida, torcia-se num sorriso um pouco mais estranho... - Bem... Espero ter sido útil em ajudá-lo, Invel... Mas, preciso de algo de ti... Poderia escrever algo para mim? Apenas para saber, que, caso um dia, precise de sua ajuda, você ajudará? Mas... Preciso que seja escrito, para manter uma maior garantia. - O sorriso continuava presente em sua face, apesar de agora já estar começando a caminhar ao Centro pokémon, com Houndour já retornado para sua devida esfera e Scraggy caminhando logo atrás, de braços cruzados e face para baixo.

Off: "Atingindo Poochyena" ? Que Poochyena? Kkkkkkkkkkkkk
Matt
Matt
Aprendiz de Gym - Dark
Aprendiz de Gym - Dark

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Dantalion em Qui Out 29 2015, 12:12

Por alguns segundos, Rox havia tomado conta da batalha. O chicote negro se emanava de sua boca um pouco falho, mas assim que alcançou seu poder máximo o chicote ficou ainda mais negro, mas isto não foi o suficiente de surpresa Rox era atingida por um soco que emanava um brilho amarelo com descargas elétricas, assim que fora atingida Rox revidou. O chicote acertou Scraggy no rosto, só que esta nem se movimentou pelo contrário sorriu de uma maneira maníaca para Rox. A raposa apavorada correu para direção contrária, mas era tarde Scraggy a acertou com o soco. Rox tentava resistir, mas suas pernas tremeram e seu corpo caiu como uma pena. - Rox! Exclamava iniciando uma corrida até a criatura.

A canídea estava bem, suspirou aliviada e virou o rosto como se nada tivesse acontecido e ela tinha saído vitoriosa, e tinha mesmo. Meu objetivo nunca foi vencer e sim que Vulpix dominasse Dark Pulse e isto estava acontecendo. Abraçava a pequena e a erguia no colo. - Para sua terceira batalha você foi ótima. Acariciava o focinho da pequena que lambia a ponta de meus dedos satisfeita.

Assentia com a cabeça com o elogio de Lysander e estava para sorrir quando sua proposta surgiu. Era um iniciante, era, mas tinha uma convicção e fui ensinado por polícias e até pelo seu anime favorito Puella Magi, contratos não são uma boa idea. Olhava de uma maneira séria para Lysander e apertava meus óculos. - E o que quer? Saiba que não sou como um civil qualquer. Por uma falha minha QUASE soltava que era treinado por policiais de Rustboro e bem eu sabia de uma maneira clara e objetiva o que acontecia em alguns casos. - Digo, o que ganharia com isso posso te ajudar de livre espontânea vontade. Suspirava e puxava uma mexa de cabelo da minha testa sentindo sua textura. - Fora que com um novato como eu teria nada de vantajoso, esta é uma proposta duvidosa. Até mesmo Rox olhava para Lysander um pouco desconfiada. A raposa então começou a cheirar com uma maior precisão, a Pokémon que fora base de experimentos mostrou uma de suas habilidades seu ofalto era sensível e memorizou bem o odor daqueles que a machucaram. Porém, não apontou nada contra Lysander, mas aquilo me assustava.



Off: Acho que esqueceu que meu personagem tem uma desconfiança incrível pela bondade, Lys devia ter chegado de jeitinho u.u 
Dantalion
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Matt em Qui Out 29 2015, 16:06


At Dawn!



Lysander já estava de costas para o rapaz, caminhando na direção da porta, o torto sorriso ainda estampado em sua face, oque lhe dava uma aparência um pouco estranha, quando Invel lhe disse algumas palavras. Seus passos eram lentos, e seus braços estavam cruzados em frente ao seu peito. Quando a voz do rapaz surgiu, ele interrompeu sua caminhada, e quando terminou, girou seus calcanhares, agora encarando Invel, ainda com o sorriso em sua face, e disse, com um tom de voz tranquilo. - Acalme-se, rapaz... Não gostaria que os ânimos se exaltassem aqui...

Scraggy também interrompera sua caminhada, mas, não ficara ali para observar a cena que se formava, desviou sua atenção para qualquer outro ponto que não fosse seu treinador. Lysander achara curioso o fato de Invel citar-se como um civil diferente dos demais, mas, por algum motivo, preferira deixar isso de lado. - Bem... Não é nada demais, e, provavelmente ajudará de bom gosto, se for quem eu realmente penso ser.... Mas enfim... Não é nada demais. Nem mesmo tenho algo planejado, apenas quero ter algo a me apegar, saber que, um dia, se eu precisar de ajuda, terei com quem contar, sabe? E com algo assinado, terei certeza que ajudará, pois, com palavras, qualquer um é capaz de mentir e quebrar suas promessas... Não se preocupe, isso é apenas por desconfiança de minha parte. - Desviara seu olhar rapidamente para a porta que seguia ao Centro Pokémon, parecia estar sendo sincero, apesar de seu sorriso torto. - Podemos assinar agora?

Tu vai assinar, nem que for com sangue, demo.
Matt
Matt
Aprendiz de Gym - Dark
Aprendiz de Gym - Dark

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Nerkon em Qui Out 29 2015, 20:39

Off: SURPRISE.


Depois de um bom tempo viajando entre as cidades, Gabriel finalmente estava aproximando-se de seu destino: LaRousse. A metrópole tecnológica de Hoenn seria interessante de se conhecer, além de ser uma das sedes da Copa Hoenn, da qual Gabriel participaria. Apesar das boas notícias, tanto Gabriel como Anna já estavam cansados, e mesmo Flygon necessitava descansar, pois aquele dia havia sido muito cansativo e ele voou várias vezes por vários cantos daquela região.

Apesar disso, ele aguentaria. O Pokémon dragão sobrevoou a cidade algumas vezes, buscando por seu Centro Pokémon, onde desejava pousar. Após alguns minutos de busca, Flygon avistou seu destino e começou a descer.

O problema surgiu quando a velocidade aumentou rápido demais por distração do próprio dragão. Ciente de que seu atual ganho de velocidade colocaria Gabriel e Anna em perigo, o Pokémon tratou de erguer as asas e dar velozes e periodicas batidas, tentando diminuir sua queda sem surpreender seus passageiros. Foi um sucesso em parte, contudo o dragão percebeu que precisaria de um pouso emergencial e, às pressas, dirigiu-se na direção do campo de batalha que existia ao lado do Centro. Sem se importar muito com o fato de que haviam pessoas ali, o dragão começou a bater as asas com mais força e se aproximou do campo, onde caiu de pé.


- Cuidado! - Gabriel gritou, enquanto Anna simplesmente berrou de maneira incoerente e se segurou com mais força no rapaz.

Ao pousar, Gabriel e Anna sentiram o desequilíbrio e o choque com o chão, porém os esforços de Flygon amenizaram e muito a queda. Por outro lado, a massiva quantidade de poeira levantada foi para os ares e fez os dois tossirem.


- Você está bem, Flygon?! - Gabriel berrou, preocupado com seu Pokémon. Anna fez o mesmo, para a surpresa do rapaz, e logo o Pokémon virou seu rosto para o lado e sorriu. - Esse foi um pouso bem perigoso... - O dragão fez careta ao ouvir as palavras do jovem, que não conteve o sorriso. Seu dia não era o melhor, mas ele podia no mínimo dizer que estava contente por tanto esforço feito por seu Pokémon para mantê-lo em segurança. Claro, depois de tudo aquilo, o treinador percebeu que haviam pessoas por perto. - Tinha gente aqui?!
Nerkon
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Dantalion em Qui Out 29 2015, 21:35

O que iria fazer? Meu sangue parecia ferver com aquelas palavras. O suor começava a descer por minha testa e estava arfando. Minha posição inferior dava uma pressão mais intimidadora de Lysander e meu medo era gigante.

- Eu não quero assinar... Segurava firme a raposa em meu braço esquerdo e com o direito sentia o solo quente na ponta de meus dedos começava a bater meus pés e a mão me empurrando na direção contrária de Lysander.

Minha boca se abria levemente eu queria gritar, mas não era a melhor opção ele ia me silenciar de alguma forma, ele queria dinheiro?

- Isso não é bom para minha pessoa eu não gosto disso, isso tem a impressão que eu vou ter que me arrastar e ser um escravo para você. Uma lágrima caia sem minha percepção de meu olho direito. Lembrava que quando fui órfão, quando meus pais morreram no alagamento de Slateport, a cidade havia organizado de deixar os órgãos com pessoas de respeito...não aconteceu comigo fiquei na mão de um dono de restaurante e não demorou muito até eu virar um cozinheiro que trabalhava só para comer, nem estudos mantive e assim que me rebelei fui tratado como um porco e jogado nas ruas.

Só de lembrar de tal momento o desespero subiu a minha cabeça. Retirei uma Poké bola de meu bolso e apertava seu botão automaticamente um feixe rubro contornou Vulpix e a puxou para dentro. Levantei minhas pernas e comecei a correr sem ouvir mais nada...

Assim que eu corri ouvi um barulho estranho, asas batendo fora de sintonia e isso acabou me assustando ocorrendo que meus pés falharam e tropecei caindo de cara no chão. 

Reclamando e sentindo um pouco de dor, levantava do chão. Meu corpo neste ponto nem conseguia me obedecer a adrenalina tinha se encerrado e com ela sua consequência: a fadiga. Girei meu corpo até ficar com os cotovelos apoiados no chão, e parecia que um milagre caiu.

Fiquei boquiaberto assim que vi o dragão de Hoenn. Seu corpo longo e esverdeado estava levemente desequilibrado o que era engraçado, mas de alguma forma o dragonóide havia parado em pé. Minha audição começou a voltar ao normal quando comecei a ouvir alguém conversar comigo. - Eu vou... Com o máximo e restante de minhas forças, erguia meu corpo e em passos tortos corria até o mestre de Flygon, coloquei minhas mãos em suas costas e implorei por sua ajuda. - Me ajuda, por favor. Avisava com a voz fraca, pigarreava um pouco e olhava nos olhos do desconhecido. - Querem me forçar a assinar um contrato estranho, eu sou novato e não tive forças para me defender, por favor não deixe eu trabalhar forçadamente por uma terceira vez, eu não aguento mais. Meu choro já era bem audível e minha tremedeira se iniciava por ali, não importava se estava em uma posição humilhante eu não vou fazer nada contra minha vontade.


Dantalion
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Matt em Sex Out 30 2015, 00:49


At Dawn!



Lysander, ao notar que o rapaz não começava a se mover, levantava sua mão até sua cabeça, onde passava tranquilamente seus dedos por alguns de seus negros fios de cabelo e logo inclinava levemente sua cabeça, com sua face inexpressiva transformando-se em algo mais tensa, como se a reação do garoto a tudo aquela história do contrato estivesse o chateando. Seus braços, após o breve movimento anterior, voltavam a se cruzar diante do peito, e seu pé direito batia no chão em algum ritmo incompreensível enquanto continuava a ouvir o rapaz e todo seu drama. Quando finalmente Invel fez uma pausa em sua fala, Lys soltou seus braços, e encarando sua face pouco iluminada pela luz, disse. - Bem... Não seria um escravo, mas...

E enquanto dizia sua frase, algo surgia em seu campo de visão, interrompendo-a. Inicialmente era apenas um pequeno ponto quase invisível em meio ao céu estrelado. que aos poucos começou a crescer, tornando sua cor visível, era um tom de verde com algumas partes vermelhas, uma aparência draconiana, de alguma forma, ao mesmo tempo bela, e imponente, com toda sua altura e desenvoltura ao voar. Lysander recuara alguns passos ao notar que tal criatura começava a abaixar seu corpo, parecia que iria parar ali, sobre o campo, mas estava muito rápido, e se não conseguisse parar? - O-Oque? - Liberava o rapaz enquanto recuava mais alguns passos, enquanto a criatura continuava seu trajeto, mas, por sorte, o monstro conseguira frear o suficiente para que seu pouso não fosse perigoso, apenas um pouco turbulento.

Invel, ao ver o rapaz, começava a avançar até o rapaz que surgia atrás do dragão, parecia em prantos, prestes a chorar no ombro de outro completo desconhecido... Tinha de parar de confiar tanto em desconhecidos assim. Lysander, em sua defesa, agora um pouco mais calmo, por não ter tido problemas com o pouso do dragão, começava a dar alguns passos para frente. - Invel. - Disse enfim, sua voz um pouco tremula, buscando transparecer calma, apesar de ainda estar abalado pela presença do dragão, e também cansado do drama emocional de Invel. - Não deveria ser tão péssimo negociador. Você deveria me agradecer, se quer saber... Lhe ajudei, e é assim que agradece... Realmente desanimador. - Continuava a aproximar-se dos dois rapazes, prestes a liberar mais algumas palavras, mas, desta vez, direcionadas ao rapaz que descera do dragão. - Alias... Olá. Uma pena nos conhecermos nessa situação tão embaraçosa. Sou Lysander Lestrange. - Fazia uma breve reverencia um tanto tensa, com seus olhos voltados ao dragão, temendo qualquer movimento que seja, até mesmo sua respiração o intimidava. - Enfim... Invel, o contrato, será feito, de uma forma, ou de outra...

Tu vai assinar, nem que for com sangue, demo.
Matt
Matt
Aprendiz de Gym - Dark
Aprendiz de Gym - Dark

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Nerkon em Sex Out 30 2015, 01:11

Inicialmente, Flygon e Gabriel demonstraram certa preocupação em assegurarem-se de que não haviam esmagado algum pobre azarado que estava por ali, porém quando um estranho se dirigiu até as costas do loiro, toda a possessividade de Flygon tornou-se evidente e o Pokémon passou a pouco se importar com os arredores: Tinha de proteger seu treinador. Com aquilo em mente, o dragão usou a cauda para bater na barriga de Invel, embora o tenha feito com uma quantidade de força que não era grande o bastante para causar algo além de dor, uma vez que bastava apenas deixar o garoto no chão.

Gabriel se surpreendeu com a situação, pois em questão de milésimos de segundos ele deixou de sentir um toque em suas costas e viu o rapaz espatifar-se no chão como resultado da defesa de seu Pokémon, o qual olhou para Invel com um olhar bastante agressivo e suspeito. Como se não bastasse, um outro desconhecido demonstrou presença, embora tenha - sabiamente - evitado tomar liberdades ao aproximar-se de Gabriel e Flygon. Anna, por sua vez, assustou-se ao ver um estranho aproximar-se e sentiu-se abalada quando viu Flygon golpeá-lo, embora o loiro que estava sentado logo atrás dela na cela tenha confortado-a com um abraço.


- Tudo bem? - Dirigindo-se a Anna, Gabriel tentou confirmar que a garota estava bem.

- S-sim... - Trêmula, a pequenina tentou disfarçar, porém o treinador percebeu que ela mentia. Desejava evitar ser o centro das atenções, portanto evitou distrair Gabriel. O jovem de Blackthorn, no entanto, apenas suspirou e fez força para descer de Flygon, ajudando Anna a fazer o mesmo logo em seguida.

- Que esquisitice é essa que acontece aqui? - Desta vez dirigia-se a Lysander e ao outro estranho. Era perceptível certa agressividade e suspeita em sua voz, pois não confiava na forma como havia sido abordado e tampouco tinha ideia do que o outro desconhecido estava querendo dizer com "contrato". Flygon continuou em alerta, sempre alternando entre vigiar o humano caído e Lysander, embora parecesse bem mais preocupado com o que Invel fosse fazer assim que se levantasse, enquanto Anna encostou-se nas pernas de Gabriel e tentou evitar chamar muita atenção.
Nerkon
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Hitman em Sex Out 30 2015, 01:40

+   Extra Chapter  ————  Arrival at LaRousse City  +

☠  The Great Dragon.  ☠

Era então que, após passar pela cidade de Mauville, onde se localizava a central das linhas de metrô que cruzavam a Região de Hoenn, o jovem Hytsu seguia no transporte que o levava até a cidade de LaRousse, onde seria sediada a Copa Hoenn.
Dando um tempo para que todos os seus Pokémons descansassem em suas Pokébolas, enquanto ele mesmo acabava cochilando durante o trajeto, via-se sendo acordado por um dos funcionários da estação de LaRousse, que o alertava após o metrô ter chegado a seu destino. Assim, o garoto apressadamente descia do transporte e subia até a superfície, deixando a estação e caminhando um pouco pela cidade.
Após deixar o subsolo, liberava seu Gastly, que parecia ter certos problemas em ficar muito tempo dentro de sua Pokébola, e começava a andar sem rumo pela cidade, procurando por algo que pudesse fazer enquanto o grande Torneio não se iniciava. Aliás, a cidade de LaRousse parecia um tanto quanto movimentada com a chegada de inúmeros treinadores que também participariam na Competição.
O menino parecia um pouco inquieto enquanto caminhava, preocupado com as bobeiras e travessuras que Yami poderia aprontar ao ver tanta gente, principalmente se estivessem distraídos. Porém, ao se aproximar do Centro Pokémon de LaRousse City, o menino das Ilhas Sevii tinha uma grande surpresa: ouvindo o som de algumas batidas de asas realmente fortes, o jovem Hytsu olhava para os céus e podia ver um grande Pokémon descer voando até um campinho localizado ao lado da unidade médica Pokémon. Ao aterrisar, o mesmo acabava por levantar um pouco de poeira, impedindo que o garoto pudesse ter uma boa visão do que estava ocorrendo, mas ele não tardava em correr até o local, buscando saber de qual Pokémon aquele se tratava.


HYTSU ———— KYAHAAAA !! Você viu isso, Yami ?! Aquele Pokémon é realmente grande, né ?! Vamos lá ver !! – Dizia o elétrico Hytsu, entusiasmado com o enorme Pokémon que passava dos dois metros de altura. – SUGEEEE !! Hoy, hoy, de quem é esse Pokémon !? Ele é muito irado, cara !! – Gritava o hiperativo treinador, que já corria com sua Pokédex em mãos, recolhendo informações sobre aquela espécie que ele desconhecia. – O nome dele é Flygon, né ?! E ele é um tipo Dragão né ?! E ele é grande pra cacete também, deve ter mais de dois metros já, não tem ?! Esse Pokémon é maneiríssimo, cara !! – O jovem treinador havia apenas cochilado durante seu trajeto até LaRousse, mas já parecia ter recarregado completamente suas energias. A prova disso era a maneira como começava a disparar sua metralhadora de palavras, quase não dando tempo para outras pessoas falarem, com seu jeito elétrico de ser. – Ah... e ... Yami, cadê você !? – Perguntava, ao dar falta de seu Gastly, que havia desaparecido enquanto ele ficava analisando o tipo Dragão.

YAMI ———— Gastly... – O Pokémon Fantasma surgia em frente a todos os presentes. Moldando a névoa púrpura que rodeava seu corpo, fazia surgir uma mão de um lado, a qual ele demonstrava estar totalmente vazia. Em seguida, surgia um mão do outro, também completamente vazia. – Gaaastly... – Após isso, o Pokémon Fantasma, que parecia estar fazendo um “show de mágica”, sacudia uma das “mãos” que havia criado e nela aprecia um isqueiro. Logo depois, abria sua boca, esticando sua enorme língua para fora e demonstrando que havia uma espécie de Bomba na mesma.

HYTSU ———— Hey, Yami !! O que é que você vai... ! – O menino começava a perguntar, mas já era tarde. O Fantasma acendia a bomba em sua língua com o isqueiro, e o pavio da mesma rapidamente começava a queimar. Hytsu ainda tentava se aproximar do Pokémon para impedi-lo, mas sem sucesso.

YAMI ———— GAS-TLY !! – Com isso, a bomba causava um pequena explosão, a qual deixava a cara do Fantasma e a do jovem treinador com algumas marcas prestas, como se fossem sujeira causada por fuligem. – GYAHAHAHAHAHAH !! GASTLY !!

HYTSU ———— HOY, YAMI!! Já falei pra parar com essas palhaçadas... – Dizia o menino, que sacudia a cabeça, fazendo desaparecer a pequena Ilusão criada pelo Fantasma Venenoso, parecendo não gostar daquilo. – Você me assustou, cara... Apesar que... Foi realmente engraçado !! BLÉHEHEHEHE !! – Gargalhava o garoto, com seu jeito estranho de rir, concordando que a pequena travessura do Pokémon havia sido realmente engraçada, pelo menos para alguém idiota como ele mesmo. – Ah, acabou que não me apresentei... Yo, pessoal !! Sou Hytsu, das Ilhas Sevii. E esse é o Yami, meu Gastly... – Completava o garoto, abrindo um largo sorriso, se apresentando com sua maneira que já havia se tornado quase um bordão.



OFF:
SURPRISE, MUDAFUCKAS !!
Hitman
Hitman
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Dantalion em Sex Out 30 2015, 01:53


Eu mal o encostei e no mesmo instante a cauda do Pokémon dragão acertou em cheio meu estômago a criatura balançou a cauda como se não fosse nada demais. Nada demais pra ela, meu corpo foi arremessado isso é muito para mim.

Meu corpo foi lançado alguns metros de distância, ocorrendo um baque fraco assim que minhas costas triscou, a poeira se levantava mais uma vez e começava a tossir um pouco desesperado. Me mantinha deitado por ali, estava realmente fazendo o certo?

Era um mal perdedor, tinha esta convicção. Engolia o choro que estava para sair e ficava observando a lua, enquanto a poeira se dissipava. Como era resistente a dores físicas só precisava esperar até a musculatura de meu estômago reagir. Lysander afirmava que o contrato ia ser feito e apenas correspondia com a cabeça.

- Eu não tenho escolha, tenho? Suspirava chateado. E assim começava uma sessão de gritos vindo de uma quarta voz e em seguida uma explosão de fumaça. Não fiz questão de me movimentar era necessário o repouso naquele minuto, tudo que fazia era escutar a conversa dos três, provavelmente teria que me virar sozinho.


Dantalion
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Matt em Sex Out 30 2015, 01:58

Invel, ao se aproximar de Gabriel, e consequentemente Flygon, com sua face tomada por lágrimas, atitude que Lys não compreendia - afinal, para que tanto drama para um simples contrato de fidelidade? - acabara por ser golpeado em sua barriga pela cauda do grande dragão, fazendo com que seu corpo se espatifasse sobre o chão do campo de batalha, apesar de não ter tido muitos danos, a não ser uma dor momentânea.

Lysander estranhamente não esboçou nenhuma reação, quer dizer, não ao fato do rapaz poder ter se machucado, apenas ficou boquiaberto, temendo que o selvagem pokémon lhe tentasse algo, oque o fez também recuar alguns passos, onde, voltou a liberar mais algumas palavras. - Bem... Resumidamente, fiz alguns favores a este ai. - Inclinava sua cabeça levemente para o lado de Invel. - E quando lhe pedi apenas um contrato de fidelidade, ele ão aceita... Surgiu com essa história de escravo... - Parecia buscar transparecer sinceridade, mas algo mudou em sua voz nas próximas palavras. - Pode imaginar? Eu? Fazendo alguém de escravo? Isso beira a insanidade...

Mais uma vez algo parecia interromper Lysander, um outro rapaz surgia no campo de batalhas improvisado e pouco iluminado, ele parecia um tanto animado demais, oque causou certo cansaço, não estava preparado para outra pessoa como Pia, pelo menos não agora, não diante desta situação. Levou sua mão até seu cabelo, onde mais uma vez tocou seus fios de cabelo enquanto torcia a face para a animação do rapaz que pouco tempo depois dizia se chamar Hytsu, quer dizer, pouco tempo depois de Gastly, seu monstrinho, liberar uma bomba no meio do campo, que espalhou fuligem para os cantos, fazendo Lysander tossir enquanto voltava a recuar mais alguns passos, xingando Gastly em silencio.

Lysander curvou mais uma vez sua coluna, fazendo uma tensa reverencia ao rapaz enquanto liberava um sussurro inaudível aos demais. - Seja bem vindo ao show de aberrações... - Mas, logo que voltava a levantar sua face, encarava Hytsu, que julgou ser ainda apenas uma criança, e com sua voz agora em um tom normal, disse. - Olá. Sou Lysander Lestrange... - Então voltava sua face a Invel, tensa, mas agora com um largo e esquisito sorriso. - Não, Invel. Não há outra saída.


Última edição por Matt em Sex Out 30 2015, 11:29, editado 1 vez(es)
Matt
Matt
Aprendiz de Gym - Dark
Aprendiz de Gym - Dark

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: At Dawn! - LaRousse City

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum