Fallen into Despair

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Kamus em Qua Jan 27 2016, 12:15

Invel ficou preocupado, será que ele jamais veria sua Minccino novamente? Bem, Rox tentou usar seu faro para localizar o pokemon lagosta mas não conseguia sentir nada, Vulcannus se sentia desconfortável com tantos corpos em cima dela e acabou reclamando com Invel por estar sendo sobrecarregado. Enquanto o jovem desesperado resolvia o caso de Corphish ladrão de pokebolas, Piper percebeu algo, alguém estava observando eles e alguém que causou calafrios na primata que se escondeu atrás de um poste de luz ao ver uma figura de uma jovem de cabelos longos.
- Você está procurando o Corphish que passou por aqui há pouco? Ele foi por ali. A jovem que usava uma capa branca e uma saia negra, uma blusa azul e um capuz que escondia maior parte do seu rosto. A jovem apontou para o ínicio da floresta da rota 111, o pokemon parecia que foi para aquele lado mas era difícil saber exatamente onde estava.
- Esses pokemons fedem, tente achar pelo cheiro semelhante ao lixo. A jovem se virou e começou a andar com passos curtos para longe do jovem, parecia que não era muito de falar com as pessoas mas parecia que seria de grande ajuda. Rox agora tinha uma dica e correu para perto do lixo reconhecer o cheiro, já Invel deveria agir logo.

------------------------------------------------------------------------------


Rox recebeu 1294 de exp pela vitória, passou para o level 19 e recebeu 4 pontos de felicidade. Rox pode aprender Imprison, deseja substituir algum golpe?



Off: Esteja livre para narrá-la à partir de agora ^^
avatar
Kamus
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Dantalion em Qua Jan 27 2016, 14:02

- Desculpa amigão, vou lhe recompensar com bastante comida, ok? Dizia para Vulcannus devido ao forte peso sobre o cavalo que nem era tão forte ou alto assim. Acariciava o pescoço do equino descia de seu corpo e sentia os dedos de Piper afundarem fortemente contra meu estômago, o que era para ser cutucadas estavam me machucando, acho que Piper não era tão delicada assim. Olhava para a direção que a primata estaria me apontando e vi uma forma peculiar e assustador, ao menos no começo. Senti meus pelos se eriçarem enquanto escutava atentamente a dica da moça. Assenti com a cabeça e olhei para a garota agradecendo com a cabeça, lembrava que poderia acabar precisando de ajuda e acho que se eu fosse de jeitinho ela poderia me ceder.

- Erm, Oi! Poderia me ajudar eu não conheço Mauville e seus arredores muito bem... Olhava para a garota que se permanecia inerte, não conseguia observar seus olhos e aquilo me irritava eu necessitava de contato visual. A silhueta feminina cruzou os braços e parecia me analisar com a extrema cautela. - Posso te ajudar, mas você precisa me ajudar com uma coisa... A mesma abriu um dos bolsos de seus bolsos acoplados em um cinto semelhante a uma foto e chegou o suficiente para me mostrar o rosto, no momento não entendi muito bem, mas vamos lá.

Eu fiquei um pouco perdido e não entendia nada com o que a garota queria dizer, bem o que ela queria comigo? Eu tinha certeza que era eu ali, ao menos era eu ainda com o cabelo grande. - Hmm, você sabe o nome desse jovem? Olhava para a garota que acenava positivamente com a cabeça. - Chamam ele de Invel, mas não sei se esse é o nome verdadeiro dele... Esboçava um sorriso um pouco confuso e então tive a tremenda ideia, teria que usar a colaboração da garota a meu favor, depois iria saber se ela seria uma assassina de aluguel ou sei lá o que ou não. - Ele está alojado no quarto ao lado no meu em um dos centros Pokémon's, eu te levo até lá se me ajudar a achar o Corphish e recuperar minha Minccino. A garota recuou um pouco e se virou de costas, suas pernas estavam tremendo, parecia nervosa.

- F-F..Feito. Qual seu nome? Dizia a garota encapuzada desconfiada ainda de minha pessoa, seus lábios estavam sendo mordidos toda hora e o nariz da garota se avermelhava como a cor de um magikarp. - Hmm...Leonard, me chame de Leonard e o seu? Olhava para a moça. - Ay...digo Selina. Depois de termos tido uma mera e rápida introdução um ao outro tanto a mim, como a tal de Selina seguimos para onde a mesma indicava que o Corphish havia ido, claro que com a pequena raposa em nossa frente que já parecia ter captado o cheiro da lagosta.
Off: Finalmente *--* Faça a Aya sambar na cara de todo mundo -nnn Ah e os nomes falsos viram a ser entendidos com uma explicação que vou te mandar xD
avatar
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Kamus em Qua Jan 27 2016, 16:12

O jovem havia se apresentado a jovem Selina, pelo menos foi assim que ela se apresentou e do outro lado Invel havia se tornado Leonard. Após a breve apresentação os jovens seguiram para o inicio da floresta onde o Corphish estaria supostamente escondido, Rox estava farejando ali por perto e pareceu que ela havia sentido o cheiro de algo mas espere, duas coisas ela havia sentido o cheiro. A raposa começou a gesticular da maneira dela que tinha duas opções, uma era voltar um pouco para a cidade pois ela sentiu um cheiro vindo de lá e a outra era entrar um pouquinho na floresta pois havia alguma coisa cheirando mal por ali, assim como Selina havia dito.

------------------------------------------------------------------------------


Off: Decisões xD
avatar
Kamus
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Dantalion em Qua Jan 27 2016, 19:14

Havíamos então começada a andar um do lado do outro de maneira rápida e sem trocar muitas palavras ou olhares, não sabia como agir perante a situação afinal estava sendo companheiro da minha própria caçadora e aquilo me assustava, engolia a seco, estava bastante preocupado com minha saúde e se Lysander havia mandado ela para me caçar e me levar de volta para Aztlán para fazer algo de novo...não queria pensar naquilo, na verdade Lysander era a última pessoa que se passava em minha cabeça no momento.

Estávamos perto o suficiente de sentir o frescor da brisa vinda da rota, Rox continuava fungando forte até sentir um cheiro de uma segunda coisa e começar a ficar confusa girando muitas e muitas vezes perdida, eu tinha que fazer uma decisão. - Por um lado, ela deve ter sentido lixo de verdade. Na floresta ou é o Pokémon que tu procura, ou algo bastante curioso. Selina tinha razão, ela era inteligente.

Mandei Rox prosseguir em direção a floresta e de onde vinha o cheiro, estava começando a ficar preocupado. - Selina, se incomodaria se pedir para algum Pokémon teu ajudar na busca. A treinadora se permaneceu quieta e tocou no próprio queixo refletindo. - Tudo bem, saia Murkrow. A garota retirava uma esfera de um de seus outros bolsos a lançando no alto e materializando no mesmo instante um corvo que parecia usar um chapéu, o registrei na Poké Dex e o achei bastante interessante até, parecia forte. - Por favor, procure um Corphish nos céus, conto com sua ajuda, se me ajudar vai ganhar bastante comida. Selina usava os mesmos métodos como eu, vencer o Pokémon pela comida. Assim que Murkrow batia suas asas continuávamos a prosseguir em direção ao cheiro pela floresta.
avatar
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Kamus em Qui Jan 28 2016, 13:36

Foi então feita a decisão por Invel, ou melhor Leonard, o jovem decidiu seguir para a floresta onde Rox sentia um cheiro forte pois o treinador imaginou que na cidade pudesse ser somente lixo comum. Murkrow foi liberado por Selina e então o pokemon começou a voar procurando o pokemon que ela havia dito, porém Murkrow não conhecia ou pelo menos não se lembrava do pokemon pelo nome, mesmo assim saiu voando para não se mostrar "burro". Rox continuava farejando e não precisaram adentrar muito na floresta para que ela achasse em uma árvore até que grande, um buraco um pouco maior que a raposa. Um pouco receosa a raposa avisou Invel de que este era o local de que vinha o cheiro, estava escuro mas provavelmente tinha algo ali dentro, poderia ser o ninho do pokemon.

------------------------------------------------------------------------------

Off: Peço para que coloque o link da sua NPC no seu perfil ^^
avatar
Kamus
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Dantalion em Qui Jan 28 2016, 17:20

Após Murkrow começar a voar pelos arredores, continuávamos a seguir Rox. Selina se permanecia quieta e tentava o máximo evitar que seu rosto fosse visto como se a mesma tivesse vergonha de si mesma, ia indagar o motivo, mas antes que fizesse Rox parou em frente a um buraco e falou que seria por ali mesmo. - Muito bem garota, que tal um duplo Energy Ball, neste buraco vamos descobrir o que tiver, Selina esteja pronta caso apareça mais deles. A garota concordou com a cabeça e retirou uma segunda esfera de seu bolso, estava pronto para descobrir o que seria.
avatar
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Kamus em Sex Jan 29 2016, 00:11

A decisão de Invel foi inusitada, ele decidiu atacar sem nem mesmo olhar o que tinha ali dentro e sem pestanejar foi isso o que Rox fez. "Boom Boom" foi o som que ecoou na floresta quando os Taillows por perto voaram pelo céu, duas explosões causadas pela Energy Ball de Rox que acabou ampliando o buraco e agora o treinador podia ver claramente o que tinha ali. Diversas bolas? Exatamente, o pokemon parecia ser um colecionador de objetos redondos de diversos tipos, tinham algumas bolinhas de gude com figuras de pokemon, tinha algumas bolinhas de tênis, bolas de bilhar e até mesmo um par de alianças que ficaram amassadas com as explosões, pobre casal que fora roubado. Invel olhou mas nenhum sinal de pokebola nem de Corphish, o fedor que começou a sair do buraco parecia mesmo com um saco de lixo com comida apodrecida, odor típico de um Corphish pois esse tipo de pokemon não se importa com a sujeira. Ali no meio o treinador pode ver um colar com um pingente de um Voltorb preso a ele, todos objetos circulares mas por que aquele pokemon era tão fissurado nisso?

------------------------------------------------------------------------------


Off: Que vacilão destruiu o barraco do mano lagosto euauehaueh
avatar
Kamus
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Dantalion em Sex Jan 29 2016, 08:48

A explosão levantou bastante fumaça, começava a tossir e balançar as mãos dispersando a fumaça e o odor horrível que saia de lá me incomodava bastante, agradeci Rox com um carinho em sua cabeça e a retornei para a Poké Bola, nem minha pequena precisava passar por aquele fedor inteiro. - Que fedor. Selina concordava com a cabeça positivamente como se estivesse prestes a vomitar. Dei dois tapinhas em sua costa e a mesma se afastou de imediato. -Hmm, ele é um colecionador, talvez eu saiba o motivo disso... A garota desceu e começou a pegar algumas bolinhas e parecia estar medindo seu tamanho, não demorei e fiz o mesmo a procura da bolinha de gude em formato de Rayquaza. - Se eu estiver certo Corphish já foi o Pokémon de algum treinador, entretanto, talvez o treinador o deve ter abandonado com isso Corphish deve estar procurando a esfera certa até hoje. Colocava a mão em meu queixo analisando todas as possibilidades.

- Se você ver alguma bolinha de gude do Rayquaza me dê, um garoto havia perdido e tenho a missão de devolver a ele, fiz uma promessa... Dizia um pouco sem jeito. A garota misteriosa abriu a boca e estaria para dizer algo, mas se calou no mesmo tempo se afastando um pouco e continuando a procurar, notei que o cabelo de Selina estava começando a aparecer era um vermelho claro. Jurava que se ela fosse maior e um pouco mais amigável iria ter a certeza que seria a Red Road, treinadora e pesquisadora famosa de Hoenn que veio de Kalos estudar evoluções estranhas.

Selina e eu juntamos praticamente todas as bolinhas de gude e colocamos atrás de uma árvore enquanto eu ia procurando a bolinha de Rayquaza, Selina ficava observando se Corphish voltaria para sua casa, bem era o esperado. E assim fizemos aguardamos atentamente a volta de Corphish.

Off: Novo apelido do Invel...Invel Quebra-Barraco sahsahusahushua ficou sem graças mas vamo fazeno.
avatar
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Kamus em Sex Jan 29 2016, 11:52

Invel e Selina estavam procurando alguma bolinha de gude com o desenho de Rayquaza dentro, tudo em vão. Após se frustrar encontrando apenas alguns simples pokemons nas bolinhas, o jovem se pôs a esperar o pokemon lagosta voltar, algo que não era muito legal de se fazer mas era um tanto inteligente. Após uma hora esperando Selina e Invel estavam mortos de tédio até que a treinadora viu seu Murkrow voando de volta na direção dos treinadores, parecia que o pokemon voador também não havia achado nada, mas ele não disse que era por que ele não lembrava como era o pokemon. Invel então escutou um barulho em um arbusto do lado da cidade, certamente era Corphish, pelo menos foi o que o jovem pensou. Invel correu até o arbusto e quando olhou viu que era apenas um Taillow comendo algumas frutinhas, o pokemon voador se irritou e voou na cabeça de Invel dando algumas bicadas e depois saiu voando pelo céu. Selina olhava por todos os lados mas não era possível ver nada, naquele tédio ela até começou a procurar algo interessante nas bolinhas até que viu algo que era realmente do interesse dos dois, uma ultraball estava ali no meio e a jovem pegou rapidamente em sua mão, Invel viu uma greatball e pegou rapidamente mas infelizmente as duas pokebolas que seriam muito úteis estavam destruídas pela explosão de antes. Já haviam se passado uma hora e meia e nada de Corphish por perto, onde será que estava o pokemon? Procurando mais objetos redondos para sua coleção?

------------------------------------------------------------------------------

Off: kkkkkkkk jaja lança um CD de funk kkkkkkkkk
avatar
Kamus
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Dantalion em Sex Jan 29 2016, 17:30

- Ai foi tipo assim, não, mas ai tipo assim oi?! E o final foi tipo assim alô? Dizia animado para a Selina, estava contando o final de um filme que vi de Diantha a Elite Four Champion de Kalos e uma tremenda atriz que por sinal era favorita minha e de Selina que amava a mesma e dizia que a Gardevoir dela também era uma ótima atriz quando era preciso. Sim, o tédio nos dominou de uma maneira espetacular, mas nossas esperanças estavam voltando com um sinal vindo dos céus...seria o...ARREBATAMENTO?! Não, nossa imaginação tava fora do sinal era apenas um Murkrow que ficava olhando do céu para nós, talvez deveria estar procurando seu treinador, ele ficou olhando mais um pouco e começou a voar de volta. Então Selina gritou com ele:

- Eu sou sua treinadora, seu pássaro sonso! O pássaro voltou e assim que pousou ficou de cabeça baixa e começou a fazer gestos e Selina apenas concordando com a cabeça até que. - O queeeeee?! Como assim você esqueceu como era um Corphish! A garota parecia ganhar uma aura obscura e começava a apertar os dedos como se fosse bater no Pokémon, até que fiquei com medo no momento, assim que a mesma ia descer o murro na criatura apenas deu um peteleco em seu bico. - Sem doce para você hoje a noite! O corvo do nada pirou, começou a reverenciar a garota com suas asas e roçava a cabeça em sua perna.

Enquanto ambos estavam discutindo a relação bem comum de treinador e Pokémon, olhei para o lado e vi uma movimentação...seria ele? Corri até o arbusto e olhava e mais uma vez era frustrado, era apenas um taillow que comia suas frutinhas, o pequeno pássaro assim que me olhou voou sobre minha cabeça e começou a me bicar, e soltar chiados como se falasse "Não pode comer em paz, seu curioso de #%@!" Ou "Ladrãoooooooooo!" Assim que terminou de me bicar o taillow voou novamente, e acabei sem querer pisando em falso e caindo dentro do buraco de bolinhas, foi literalmente um pulo na piscina de bolinhas.

Senti minhas costas quebrarem alguns objetos, mas nada de pontiagudo, por sorte...assim que me levantei olhei para o lado e vi Selina com uma Ultra Ball na mão e ao meu lado uma Great Ball novinha...assim que a toquei ambas as esferas se estilhaçaram, que azar...

- Já sei! Corri até o Murkrow que continuava se tremendo com medo de Selina e retirei minha Poké Dex e mostrei a foto de Corphish para o corvo. - Você viu esse Pokémon! Por favor, diga que sim. Começava a torcer, por favor Murkrow não nos decepcione
avatar
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Kamus em Sex Jan 29 2016, 20:39

Invel teve a brilhante ideia de mostrar a imagem da pokedex que era a de Corphish, Murkrow olhou atentamente e parecia até que ele viu algo psicodélico e ficou com os olhos muito abertos, talvez se ele tivesse saliva até iria babar na frente dos treinadores. Selina chamou sua atenção e o pokemon chacoalhou a cabeça como se tivesse acordado de repente, então o pássaro começou a gritar e levantou voo, parecia que ele queria que os treinadores o seguissem. Após correrem atrás do corvo que recebeu altas broncas por voar muito rápido e os treinadores estando cansados, o pokemon chegou na tampa de um bueiro que tinha em uma calçada e começou a apontar com sua asa direita e com o peito estufado e o bico aberto ele já esperava um doce de sua treinadora. Infelizmente o pokemon não raciocinou que os treinadores não iriam poder entrar ali tão facilmente e talvez Corphish nem estaria mais lá.

------------------------------------------------------------------------------

Off: Sua narração é muito boa, é engraçada e bem feita xD
avatar
Kamus
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Dantalion em Sab Jan 30 2016, 10:33

Off: Muito Obrigado Kamus, eu gosto de fazer narrações engraçadas e bobas, porque já estive em seu lugar em outros forúms e acho que fica muito cansativo ler se algum humor ou alguma coisa para descontrair e estou gostando muito da sua narração também!

A o sol, como era ótimo correr lá pelas onze da manhã, não faz nem um pouco de calor imagina. Ainda mais quando somos obrigados a olhar para o pássaro que não tem noção de direção ou memória, com toda certeza Murkrow teria que ser muito bom em batalhas e em outros fatores para Selina confiar muito nele e não em seu Pidgeotto. - Sim, sei todos os Pokémon's que estão com ela, e ela sabe os meus. -   - Murkrow, a gente tem cara de pássaro para voar na sua mesma velocidade. Dizia a moça que estava se esforçando para não tirar a capa. Suas mãos tremiam ao segurar o tecido e via claramente respingos de suor descendo de suas bochechas, me perguntava porque a garota em hipótese algum mostra o rosto.

Eu ia indagar a ela sobre a pesquisadora Red Road, mas antes disso nem reparava que havia voltado para a cidade e que o Murkrow começava a pousar parando perto de um bueiro. - Ai que lindo, agora Murkrow me responda...como vou passar por ali? O corvo olhou para mim de maneira constrangida e começou a fazer gestos e mais gestos tentando dar uma explicação, mas bem não fazia muito sentido. - Sem Corphish, sem doces. Se continuar assim só vai ganhar o almoço, temos que achar ele antes do almoço você tem uma hora... Murkrow então ficou desesperado.

Os olhos do pássaro parecia ganhar um brilho diferente, olhou para baixo e bateu tão forte suas asas que levantou voo do absoluto nada, olhei para Selina e esta estava sorrindo como se tivesse bolado um plano e Murkrow havia caído nele. O rosto do corvo ganhava um semblante totalmente diferente como se aquele sonso corvo tivesse desparecido e um confiante houvesse tomado seu lugar. O pássaro começou a mergulhar de beco em beco como se estivesse procurando algo. - Ele vai achar uma tampa de bueiro, vamos ter que entrar no esgoto. Murkrow pode ser sonso, mas ele sabe que Corphish está lá dentro. Se eu estiver correta, Corphish usa passagens do esgoto para ir para a superfície roubar as pessoas, se ele andasse por ai de forma livre, a guarda Pokémon já teria apreendido ele, já que este nem é o Hábitat dele, o que me deixa ainda mais certa que sua teoria de que Corphish já foi de algum treinador mais provável. Ficava surpreendido com o raciocínio da garota. A garota ficava olhando para o céu e esperando o Murkrow voltar, eu estava ficando para trás o faz nada daquela situação daqui a pouco seria eu. - O Esgoto tem muitos Pokémon's é como se fosse o labirinto do minotauro. Selina sorria e apertou ainda mais o tecido do capuz em seus dedos. - Então espero que você seja forte, iremos lutar lado a lado, e posso garantir que meus Pokémon's não são nada fracos. Espero que os seus também não. A garota sorria como se estivesse sendo irônica comigo, ficava avermelhado com a percepção da mesma que era muito inexperiente com batalhas e teria que mostrar todo meu potencial naquele bueiro.

Então ficamos ali parados apenas esperando o retorno de Murkrow, Selina disse que não demoraria muito já que Murkrow era rápido e bem parecia ser um outro Pokémon no momento.
avatar
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Kamus em Sab Jan 30 2016, 12:51

Entrar no esgoto por um bueiro, que coisa mais fascinante. O destino do casal de treinadores parecia ser mesmo seguir o pokemon lagosta pelo esgoto mas como eles entrariam lá? Como aguentariam o cheiro? Como iriam ver por onde estão pisando? Foi então que em meio a esses pensamentos Invel percebeu Murkrow voltando e gritando para a dupla, Selina se levantou rapidamente e chamou o jovem que se levantou em seguida e seguiu o pokemon que havia virado em um beco e depois entrou em uma rua com muitas casas até que eles viram em uma esquina que não tinha movimento algum o tal Corphish mexendo em uma lata de lixo caída, o pokemon parecia desesperado. Murkrow pousou no muro que estava bem do lado do pokemon lagosta sem fazer barulho, faltavam apenas alguns metros para que os treinadores alcançassem o aquático mas tinha logo do seu lado uma entrada para o esgoto, um bueiro.
avatar
Kamus
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Dantalion em Sab Jan 30 2016, 16:46

Em meio a discussões Selina parecia ser a maior planejadora de todas com vários esquemas de como passar e até falava sobre as passagens dos esgotos e como funcionavam, já que haviam passagens para os funcionários que limpavam ali e como Mauville até em seu esgoto era bem planejada, quando iria retirar uma outra dúvida. Murkrow surgia nos céus gritando e voltando a voar. Selina nem demorou dois segundos e começou a correr e eu fui atrás da mesma.

Não demorou muito para Murkrow pousar em cima de um muro e ficar fuzilando Corphish com seu olhar, o mesmo estava muito ocupado com uma lata de lixo e nem parecia se importar conosco. Corphish acabava lembrando de mim mesmo na minha infância decadente como mendigo e eu não gostava nada de lembrar daqueles anos tenebrosos. - Rox! Falava baixo liberando a quadrúpede que ficava em meu colo até o momento. - Murkrow sabe o que fazer. Murkrow nem pensou duas vezes abriu a sua boca e uma fumaça mística negra escapava de dentro da mesma, era o movimento Haze, a fumaça cercava Corphish impedindo sua visão. Não demoramos muito até chegar ao bueiro sem dificuldades assim impediríamos a escapatória da lagosta. - Pegamos você! Não vamos te machucar, eu prometo. Dizia com sinceridade, bem sinceridade se este devolver Minccino e a esfera de Rayquaza.
avatar
Dantalion
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Kamus em Sab Jan 30 2016, 23:53

Estava tudo preparado, Murkrow e Rox estavam posicionados e iriam entrar em ação a qualquer momento, quando finalmente o corvo ia entrar em ação...
- Xô, sai daqui bixo feio. Uma voz de uma senhora espantando os pokemons dali surgiu, com uma vassoura na mão ela batia no chão e Corphish correu para o esgoto, depois ela bateu na parede e Murkrow voou de volta para perto dos treinadores. Algo muito inusitado acabou atrapalhando os dois, infelizmente a senhora atrapalhou mas ela não sabia de nada e depois disso os jovens viram a senhora levantando o lixo e varrendo o chão.
avatar
Kamus
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fallen into Despair

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum