#006 - A espera de um sopro

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Sajin em Ter 5 Jul - 17:27

off:
Sem problemas ^^

Enquanto esperava uma resposta da criadora quanto a perseguirem o símio, o garoto de cabelos verdes se viu um tanto surpreso quando a mão dela pousara sobre seu ombro, forçando-o a se sentar e encara-la sem apresentar nenhuma resistência, um tanto perdido quanto a aquela ação inusitada da jovem para com ele. Assim, logo em seguida passara a observá-la pegar seus materiais com mais afinco ao passo que a escutava confirmar o que, agora, lhe parecia óbvio, o fato de terem de continuar a atrás do sinistro Aipom.

- Certo. – Comentou de maneira um tanto vaga pela súbita aproximação.

Contudo, apesar da nula resistência para com as ações da moça apresentadas no início, quando ela fez menção de retirar-lhe a camisa, passou a sentir o nervosismo invadir sua mente e, por via de regra, sentir-se envergonhado pelo seu porte franzino. Assim, apressando-se, tratou de levantar a barra da camiseta somente até a altura que alcançava o ferimento, na tentativa de evitar que ficasse ali sem ela. Entretanto, no fim das contas, Jane acabara lhe vencendo nesse cenário, retirando a camiseta do jovem enquanto lhe fazia produzir uma estranha careta de dor, além de deixa-lo numa sensação desconfortável, em meio a uma sensação desprotegida por assim dizer, e fazer com que seus olhos viajassem em direção alto, não focando nada ao passo que evitava olhar a moça enquanto lhe tratava. Vez ou outra, sua face se contorcia em uma careta de dor.

Dessa maneira, quando enfim todos os procedimentos haviam sido terminados, inclusive ingerir algum tipo de medicação para aliviar o que sentia, o jovem rapidamente tratou de vestir sua camisa enquanto murmurava um obrigado. Então, pegou sua mochila do chão e a pôs nas costas.

- B-Bom... Não sei. Digo, parando para pensar melhor, a ideia que tive não parece ser das melhores agora. – Disse um tanto receoso e desconfortável. – Então vamos dar uma olhada em volta e vermos se encontramos alguma pista dele.

Olhou então para sua parceira outonal e lhe deu um nervoso sorriso enquanto fitava sua face também desconfortável para com toda aquela situação, na tentativa de deixar mais à vontade ambos. Sabia que as coisas sempre deveriam ser sempre delicadas quando se tratava da rochosa, assim como acreditava que ela sabia o porquê das suas reações desconfortáveis, afinal, ela havia estado dentro da mente do garoto e, de certo, o parecia lhe conhecer tão bem quanto o gramíneo que carregava um botão de rosa.

- Quer ir conosco ou prefere voltar para a pokébola, hein Bells? – Indagou a parceira antes de seguir em direção a árvore a frente, rezando para que ele quisesse os acompanhar, já que sua presença o deixaria confortável novamente e talvez fizesse bem a ela.

Após ter agido de acordo a resposta da rochosa, o de cabeleiras verdes seguiu em direção a árvore, passando a buscar no caminho atrás dela que desse a entender que o Pokémon havia seguido por ali, porém, sem achar que nada que fortalecesse tal hipótese. Sendo assim, passou a vasculhar cuidadosamente por entre os estranhos arbustos, aproximando para ter uma visão melhor do ambiente e não deixando de conferir o mesmo local duas vezes.

Foi então que pode visualizar alguns galhos sobre o chão e estranhamente quebrados. Infelizmente, não havia como saber se aquilo fora produzido pelo Aipom, no entanto, era a melhor pista que tinha.

- Eu não sou bom nessas coisas, mas... Acho que ele veio por aqui. – Comentou.

Sendo assim, passou a seguir naquele caminho, na esperança de encontrar mais rastros e que eles lhe mostrassem o caminho certo para o que procuravam. De qualquer forma, tinham de conferir.

_________________

avatar
Sajin
Narrador
Narrador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Fons em Qua 6 Jul - 0:02


Raiko seguiu pelo caminho que havia encontrado, já que era a melhor dica que ele tinha, mesmo sabendo que poderia acabar em um lugar sem qualquer ligação com Aipom, porém seria ir no palpite incerto ou em nenhum palpite.

Jane e os demais pokemons que estavam fora da pokebola o seguiram. Jane alertou o treinador para manter cuidado, pois ainda poderiam haver plantas venenosas pela região como as que havia quase tocado no caminho até a clareira em que Aipom se encontrava. Ele deveria ter cuidado onde tocava.

Felizmente esse caminho tinha menos plantas venenosas, uma vez ou outra uma era encontrada no caminho, mas nada que fosse ruim ou atrapalhasse. Nenhum deles. Raiko e Jane juntos chegaram em uma área bem aberta, próximo ao fim da rota indo em direção a Lilycove. Um caminho de cascalho no chão guiava-os para a cidade que ainda estava a ao menos 3 quilômetros de distância, a cidade podia ser vista. A grama alta passava pela rota mais pelas laterais, mas estava bem afastado de onde todos se encontravam.

A poucos metros deles uma figura estranha vestida com uma roupa vermelha estava parada olhando pela direção de onde eles haviam visto. Era uma mulher e ela sorria. Ao seu lado, um Ambipom segurava o Aipom ferido e do outro uma Seviper encarava Jane, que estava meio inquieta, será que ela tinha medo de cobras?
Off:
Nao tenho certeza quais de seus pokemons estão fora da pokebola lhe acompanhando. Se não em engano é apenas a Sudowoodo. Desculpe pelo deslize...



avatar
Fons
Estagiário de Narração
Estagiário de Narração

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Sajin em Qua 6 Jul - 16:28

off:
É apenas a Sudowoodo. E relaxe kkk

Devido a turbulência de como todo aquele cenário havia se desenvolvido, o garoto acabara se esquecendo da presença de plantas venenosas naquela região, porém com os avisos de moça que o acompanhava e pela sorte da vegetação apresentar poucos espécimes dela, o caminho seguia-se tranquilo enquanto Raiko ansiava que estivessem na trilha certa.

Nesse ritmo, acabaram por se deparar com uma área aberta, detentora de um caminho que levava a algo, ao forçar a vista, que o garoto acreditava ser o início da cidade Lylicove. De início, ficara por terem avançado tanto dentro daquela rota a quase chegaram ao destino dele, entretanto ficara ainda mais ao observar uma cena um tanto estranha.

Felizmente, ele estava na trilha certa, havia conseguido seguir o sinistro símio até ali por sorte, mas nunca passara por sua mente que o pudesse encontrar sob as patas da cauda de outra criatura parecida com ele em conjunto de uma mulher estranha e uma serpente. E, com certeza, a maneira como os havia avistado lhe deixava intrigado, algo que se intensificou com o sorriso da mulher.

Olhou para a criadora em busca de resposta e tudo que pode perceber foi certa inquietação por parte da moça, deixando-o nervoso com tal situação, mas, de qualquer, alguém tinha de tentar ao menos tomar a frente da situação, e naquele momento ele parecia o único que poderia fazer isso. Então, deu alguns passos à frente, aproximando-se a uma distância razoável da mulher ao passo que a rochosa lhe seguia de perto, parando então para fita-la melhor enquanto pensava no que diria.

- Eh... Olá? Nós meio que estávamos atrás desse Aipom. Ele estava causando alguns problemas na região e achamos que seria mais seguro tentar leva-lo para um centro de criação. – Anunciou rapidamente com sinceridade, então dava continuidade de maneira ingênua. – Poderia nos entregar ele?

_________________

avatar
Sajin
Narrador
Narrador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Fons em Qui 7 Jul - 1:04


A garota olhou para o Aipom, depois para seu Ambipom e por último para o jovem treinador. Ela começou a rir descontroladamente por um tempo, mas logo parou e encarou o jovem com um olhar malicioso e sério.

- Querido... Eu sei muito bem do que esse Aipom é capaz. E é por isso mesmo que irei pega-lo. Ele será uma das melhores aquisições para nossa companhia.

- O que farão com ele? – indagou Jane – Ele precisa de cuidados, precisamos entender o que há de errado com ele para que ele seja tão violento.

- Monga você. Bom... Não perderei meu tempo, esse Aipom é meu. Apenas parei para encara-los porque quero adquirir o Skiido que o venceu. Afinal ele vale muito aqui em Hoenn. Vá Seviper!!

A cobra do tipo venenoso, rapidamente pulou para a direção deles, seu objetivo era capturar Jane e ela conseguiu, já que a criadora não foi rápida para pegar sua pokebola e usa-la. A cobra estava enrolada ao redor da garota e com sua boca aberta no pescoço dela. Um comando e ela seria morta.

- Então meu caro... Seu Skiido pela vida dessa jovem o que acha?



avatar
Fons
Estagiário de Narração
Estagiário de Narração

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Sajin em Qui 21 Jul - 16:43

off:
Desculpa a demora.
Tive um tempo corrido e só tava entrando aqui basicamente pra narrar x.x

Então, de maneira um tanto estranha, o jovem de cabelos verdes sentiu os pelos de sua nuca se arrepiarem e um profundo receio lhe invadir ao observar aquela mulher rir descontroladamente, fazendo-o sentir o desejo de não se envolver com aquela garota mais do que aquilo.

Contudo, as coisas começaram a acontecer de maneira um tanto rápida para que Raiko pudesse tomar providências, de repente encontrava-se numa situação onde tudo dependia de uma complicada escolha de sua parte. A serpente, ao comando da mulher que anunciara sua ganância, logo se envolveu em Jane, ameaçando sua vida, ao passo que o jovem gritava para ela se afastar, algo que não adiantara de nada. E naquela situação, logo a escolha lhe era exigida, a vida de Jane ou a permanência do pequeno bode consigo.

O fato era que o jovem queria responder que não, de maneira alguma concederia um de seus parceiros a uma pessoa como aquela, porém, as coisas não se mostravam tão fáceis já que tanto a jovem que lhe acompanhava quanto o símio se mostravam reféns, pressionando a um tomar partido de maneira rápida. E naquele curto espaço de tempo, tentava de alguma forma pensar em uma maneira de conseguir acabar com aquela situação sem que nada fosse perdido, porém a pressão lhe atrapalhava, fazendo que somente ideias descuidadas lhe viessem à mente. Um passo em falso e a vida de Jane seria tomada, e isso era o que mais lhe deixava receoso, não era como em uma batalha passível de erros.

Então, a procura de alguma decisão, deixou que seus olhos escapassem com pesar em direção a sua parceira rochosa, notando em sua face também feições preocupadas como as de jovem. Inspirou e então enfiou as mãos nos bolsos, passando a remexer nas pequenas esferas que giravam por ali.

- O-o que garante que vai soltá-la depois de entregar Skiddo? – Soltou rapidamente e repleto de receio em sua voz, cerrando os dentes ao final ao passo que retirava uma pequena esfera alvirrubra do bolso e mostrava para a mulher. – Solte ela e eu vou jogar isso para você.

Se mostrava claro que, apesar do breve contato, a mulher não lhe cedia confiança para que pudesse simplesmente entregar seu pequeno parceiro e ver a jovem criadora solta. Porém, apesar de estar receoso da ideia que começava a tomar forma em sua mente, nem mesmo o garoto poderia se mostrar confiável para ela.

A esfera que estendia para mulher, na mão esquerda, se encontrava vazia, enquanto que sob seu punho direito cerrado a pequena esfera da preguiça branca repousa para caso precisasse tomar medidas rápidas. Só esperava que, em meio àquela tensão, a mulher não percebesse que era simplesmente uma esfera vazia.

_________________

avatar
Sajin
Narrador
Narrador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Perriraz em Qua 10 Ago - 20:14

Off: Vamo ver essa rota ai -qq

 A situação de Raiko era complicada, tinha muito a perder em qualquer escolha que fizesse, e mostrando uma boa capacidade de improvisação, cria um plano de contenção da estranha mulher.

- Não tem nenhuma garantia além da minha palavra! Lance a pokébola e Seviper solta a monga ai...

 Sem rodeios, tudo rápido, pokébola vazia pela vida de Jane, sem opções a lança e a mulher a pega sorrindo, estala os dedos e Seviper libera Jane de sua clausura ofídia.

- Não preciso desse Aipom mais!

 Joga o corpo desmaiado aos pés de Raiko enquanto olha vidrada para a esfera alvirrubra.

- Tenho algo bem melhor aqui... Melhor não liberar aqui, afinal posso ter problemas... Adeus, idiotas!

 E foi-se, mas quem era o idiota aqui?
avatar
Perriraz
Treinador - Criador
Treinador - Criador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Sajin em Sex 12 Ago - 14:54

off:
Acá estava eu tentando pensar em mirabolosas ideias para me safar dessa, aí me deparo com uma dessa SAHUSHAUSHAUSA
Vlw por assumir, Perri o/

E post bem ruimzão pela pressa.

Inevitavelmente a tensão tomava conta de cada pedaço do corpo do garoto enquanto esperava por uma resposta da mulher, enquanto ansiava que seu plano improvisado e, até mesmo, simples demais desse certo. O fato era que esperança que isso desse certo não era das melhores.

Contudo, as coisas aconteciam um pouco diferentes do que o jovem esperava, na verdade bastante, deixando-o boquiaberto perante a como as cosias se resolviam. Simplesmente, ele conseguira troca a esfera vazia pela vida da moça sem problema algum, e por mais que isso fosse um excelente acontecimento, não deixava de se sentir estranho, sem entender muito bem como uma pessoa inicialmente amedrontadora ela passara a cair num truque tão simples. Sendo assim, nada fez até que ela sumisse de sua vista.

Olhou para o símio em seus pés e não tardou a se agachar em sua direção, tentando acolhe-lo, apesar de seu tamanho anormal, em seus braços. A verdade, era que o jovem de cabelos verdes não sentia muita simpatia por ele, devido aos problemas que ele causara naquela região e ao hematoma que lhe causara, porém, acreditava que nem mesmo ele merecia se encontrar numa situação como aquela.

Então, deixou que seus olhos partissem de encontro a rochosa e deu um leve sorriso, como se quisesse transmitir que tudo estava bem, para então rumá-los em direção a Jane enquanto passava a se aproximar.

- Tudo bem, aí? – Indagou a garota enquanto procurava um meio de ajuda-lo, caso precisasse, mesmo com o Aipom em seus braços. Logo, sem premissa nenhuma, produzia uma faceta estranha. – Não esperava que isso fosse acabar dessa maneira, sério.
“ E o que iremos fazer como ele?”
– Dizia se referindo ao lilás.

_________________

avatar
Sajin
Narrador
Narrador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Perriraz em Sab 13 Ago - 0:40

Off: Foi forçado, mas enfim ^^

 Com a saída estranha da mulher que demonstrava não ser muito inteligente, Raiko e Jane podiam entender melhor o que acontecia com o pequeno símio de Johto, este permanecia desmaiado e respirando de forma ofegante.

- Vamos ver o que ele tem - Jane falava tirando um estetoscópio em suas coisas - preciso ver sua pulsação.

 Após uns segundos de silêncio e uma potion aplicada, o pequeno acorda, já acertando a criadora com um tackle e com um olhar assustado encara a dupla. Jane cai no chão sentada com o movimento e sentia a dor em sua barriga.

 O que Raiko faria?
avatar
Perriraz
Treinador - Criador
Treinador - Criador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Sajin em Ter 16 Ago - 18:16

Então, com o sumir da mulher que tentara lhe roubar, Jane decidira que deveriam cuidar dos machucados do símio, fazendo-o com que o jovem de cabelos o deixasse aos seus cuidados com certo receio, afinal, não sabia como tal criatura iria reagir, já que há minutos atrás ambos se mostravam como “inimigos”. Assim, com os olhos atentos e sua parceira rochosa atrás de si, Raiko passou a observar o tratamento aplicado pela treinadora.

Entretanto, perante ao acordar repentino do Aipom, o jovem nada pode fazer diante ao avançar dele contra Jane, causando sua queda através de um empurrão.

- Jane! – Disparou Raiko rapidamente antes de estender suas mãos em direção ao lilás, como se quisesse pedir-lhe calma. – Tudo bem?!

Diante a tal acontecimento, seus olhos logo convergiram na direção da face da criatura a procura dos traços que ele havia demonstrando antes e que lhe causava certo desconforto, um largo e medonho sorriso. Porém, ao menos naquele momento, tudo que conseguira identificar fora seus olhos assustados, trazendo-lhe certa estranheza pela diferença que isso causava em sua aparência rude.

- Calma! – Anunciou ainda com ambas as mãos estendidas, demonstrando que também não pretendia fazer nada. – Nós só queremos conversar, okay? Cuidar do resto de seus machucados e conversar.

Apesar de estar tentando lidar com aquela situação de maneira calma, na intenção de resolver as coisas pacificamente, devido a força bruta como aquele Pokémon lhes atacara antes, certo receio se mostrava no interior do garoto, fazendo-o se questionar se não seria mais seguro derrota-lo mais uma vez ali e deixar que o restante fosse resolvido pela criadora. O fato é que o jovem não sabia se isso iria surtir um efeito muito bom sobre o símio e sobre a jovem, então, enquanto pudesse, tentaria tratar as coisas de maneira pacifica, do contrário, infelizmente teria de usar o restante do que tinha.

_________________

avatar
Sajin
Narrador
Narrador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Perriraz em Ter 16 Ago - 21:38

Off: Tá todo mundo louco nessa rota -qqq

 Aipom demonstra uma atitude diferente de antes, talvez tenha tido algo a ver com a situação traumática que vivera ou o medo de ser roubado? Difícil saber.... O que era notório que ele aceita os cuidados de Jane, olhando para Raiko com uma expressão estranha, um misto de raiva, medo e respeito.

 O que fazer? 
avatar
Perriraz
Treinador - Criador
Treinador - Criador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Sajin em Sab 20 Ago - 22:48

off:
Pois é. Eu ainda mais com meus atrasos loucões –qqq
MAS PROBLEMAS RESOLVIDOS, ENTÃO VAMO QUE VAMO

Para o alivio do jovem de cabelos verdes, o revoltado símio havia ao menos aceitado receber o tratamento da criadora, deixando-o um pouco aliviado com a situação, mas ainda alerta, desconfiado sobre a maneira como ainda poderia agir o Aipom diante alguma mudança brusca ou por pura vontade agredi-los novamente.

Enquanto observava atentamente as expressões do pequeno e se mantinha confuso quanto ao que elas queriam dizer, Raiko não deixara de permitir que seus dedos suavemente percorressem o hematoma que havia sido formado do ataque do Aipom, pressionando levemente suas costelas e constatando que elas ainda doíam bastante.

- Bom... – Começou enquanto desfazia a careta de dor e se aproximava um pouco mais. - Por que tanta agressividade? Nós nem mesmo havíamos feito algo contra você. Ou melhor, acredito que nenhum dos outros Pokémons havia feito. – Indagou de maneira direta à espera de uma reação do símio, ciente de que, lógico, ele não podia compreender de maneira clara isso.

_________________

avatar
Sajin
Narrador
Narrador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Perriraz em Dom 21 Ago - 0:05

Off: Tb -qqq

 Jane permanecia quieta enquanto Raiko começava a "jogar as cartas na mesa" e inqueri o pequeno símio com todas suas dúvidas, Aipom responde grunhindo ferozmente e com o braço esticado - sorte ele não ter dedos desenvolvidos, pois era óbvio que faria um sinal bem mal educado - todavia, com grunhidos e gestos não era possível compreender nem metade do que o arroxeado falava.

 Somente sua raiva no tom de seus grunhidos e seu sorriso irritado. 

 Era válido continuar nesse debate? O que Raiko faria?
avatar
Perriraz
Treinador - Criador
Treinador - Criador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Sajin em Seg 22 Ago - 17:21

Ao ver do jovem parecia que suas indagações e afirmações apenas haviam provocado maiores irritações sobre o símio, fazendo-o exibir grunhidos irritadiços e gestos raivosos com uma de suas patas, além de deixar Raiko sem entender ainda mais o porquê de toda aquela irritação, afinal, achava que era ele quem devia estar com raiva pela maneira como o lilás agira até agora. Infelizmente, esse tipo de coisa o deixava um pouco estressado para com a situação.

- Certo. Se vai agir assim pelo o que disse, na próxima te deixamos ser levado por uma mulher lunática qualquer. – Disparou de modo impulsivo. Parou então e, um tanto inquieto, pôs as mãos nos bolsos ao perceber o que havia dito. – Enfim... Hm... Então, melhor dizendo, por quê bate tanto nos outros? É por que gosta disso ou... Sei lá, gosta de batalhar? Mas não encontra ninguém a altura, certo?

Não tinha certeza alguma de onde aquele dialogo poderia leva-lo, mas, apesar das reações raivosas do normal, decidira tentar continua-lo na esperança de, quem sabe, conseguir aprender um pouco sobre o que o havia provocado a fazer essas coisas, antes que Jane o levasse dali, afinal, em meio a sua mente agoniada começava ter curiosidade sobre o porquê disso.

_________________

avatar
Sajin
Narrador
Narrador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Perriraz em Seg 22 Ago - 21:02

Off: Super Raiko, o doutrinador de pokémon rebeldes -qqq

 Raiko demonstra uma sinceridade assustadora, que faz Jane soltar um sorriso de concordância, e interpela Aipom sobre suas motivações, logo o macaquinho concorda batendo com as patas no peito, que sim ele gostava de batalhar e não achava ninguém a altura.

 Mas, seria somente isso mesmo? O que Raiko faria?
avatar
Perriraz
Treinador - Criador
Treinador - Criador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Sajin em Qui 25 Ago - 21:50

off:
Daria uma boa alcunha -qqq
Tá na hora de botar esse personagem nos eixos e arruma-lo de uma vez. Só falta coragem pra terminar de atualizar a ficha -qqq

Chegava a ser estranho como as coisas se encaminhavam de maneira tão simples quando se tentava ser sincero para com a situação, ao menos nesse caso ao ver do jovem. Dessa vez, suas palavras lhe pareciam ter causado um sentimento um pouco animador, e menos ranzinza ou maquiavélico, sobre o lilás, confirmando sua suposição, apesar de incerta no início, quanto a agressividade dele provir da frustração em combates.

- Tendi... – Anunciou enquanto tentava organizar suas próximas ideias e palavras, já que seria bem arriscado atrapalhar-se ali e retroceder aquele pequeno avanço. – Bem... Então... Tente seguir atrás de oponentes mais fortes então. Se já não tem mais ninguém aqui que possa lhe enfrentar, vá para outros lugares. Fora daqui... Bom... Há Pokémon muito mais fortes, tanto que você não conseguiria imaginar o quanto.

Ditas tais palavras, o jovem não deixava de relembrar os emocionantes momentos, apesar de curtos, aproveitados na Copa Hoenn, o qual, infelizmente, havia sido massacrado em suas últimas batalhas por fortes oponentes que mal haviam lhe dado chance para reagir, deixando-lhe desanimado e, por sua vez, estagnado por um bom tempo na cidade de Aztlán, esquecendo-se de seus objetivos iniciais. De forma superficial, um dos motivos que o fizeram sair de Pallet fora a busca por embates emocionantes e acirrados, que lhe trouxessem um caloroso bem-estar em seu coração, algo que acreditava ser semelhante ao que o Aipom buscava naquele momento.

- Por todo o mundo há competições entre treinadores com seus Pokémon, onde emocionantes batalhas acontecem e poderosos Pokémon, muito mais fortes que você, se reúnem. – Começou um tanto mais animado, passando a fixar os olhos bem sobre o símio logo em seguida. – Então o conselho que lhe dou é esse, se é que quer mesmo enfrentar oponentes a sua altura, tente se mostrar um pouco mais simpático, arrume um bom treinador e saiam juntos por aí enfrentando seus próprios desafios, entendeu?

_________________

avatar
Sajin
Narrador
Narrador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #006 - A espera de um sopro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum