I - Monstros... De bolso?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

I - Monstros... De bolso?

Mensagem por Devil Fr00t em Seg Maio 23 2016, 15:55

Finalmente, minha primeira embora longa jornada ao continente de Hoenn se acaba, pois finalmente me situava em uma cidade relativamente pacata e simples - isto é, Littleroot Town. Olho em direção ao norte, direção oposta de onde eu vim, e consigo ver um ser levemente amarelo, que parecia ter um porte meio robusto, o ser era fisicamente descrito como relativamente gordo. Ele era bípede, e parecia estar com um sorriso um tanto quanto infantil e bochechas avermelhadas, o ser lentamente se aproxima a mim no momento que percebeu que eu havia o avistado, o ser então fala:

- Makuhita, kuhita, maku! - Após terminar de proclamar essas estranhas palavras, o ser levanta seus dois braços, revelando tipos estranhos de "luvas" com coloração escura em seus punhos. Ele parecia levemente agressivo, por isso, dei uma rápida corrida e contornei o caminho, evitando aquele estranho ser, que por sinal ligeiramente lembrava um lutador mexicano.

Rapidamente noto que acabei de esbarrar com um senhor de estatura consideravelmente baixa e pele clara, ele estava vestindo um jaleco branco que alcançava suas coxas, por baixo uma camisa larga azul, o resto de suas vestes eram um shorts simples de cor verde, no qual levemente lembrava caqui. O senhor também usava sandálias com as solas preenchidas de grama e areia, claramente sujas, era notável o fato de que o senhor era obeso.  Ele também tinha madeixas marrons e levemente encaracoladas, olhos de cor idêntica a de seus cabelos. O senhor tinha costeletas e uma barba um pouco curta. Ao finalmente avistar todas suas características físicas, o pergunta em um tom de voz suave e amigável:

- Olá, senhor... Poderia me dizer onde o professor Poké...Pokémo, digo Pokémon Birch está localizado? - Após eu terminar de falar essa frase, ele abriu um pequeno sorriso e rapidamente me respondeu, quase sem intervalo de tempo entre as falas:

- Claro que sim, considerando que consiga me dizer... Por qual razão gaguejou múltiplas vezes ao tentar falar uma das palavras mais usadas no mundo atual? - O velho homem falava de forma monótona e realmente lenta. Ele então levantou seu braço direito, fechando sua mão em um punho e então estendeu seu dedo indicador, apontando para a direção sul. Ele parecia confiar em mim que eu daria a ele uma resposta.

Então, levo minhas mãos aos bolsos de minhas calças, sorrindo levemente enquanto ele notoriamente suspirava de forma tão lenta quanto suas ações anteriores, esperando por minha resposta, finalmente noto que ele estava carregando uma bolsa de cor similar aos seus shorts. Finalmente levanto minha mão esquerda, e cubro minha boca com a mesma, tossindo para afinar minha voz, enfim, eu proclamo em tom de voz razoavelmente natural:

- É que, sabe, nunca falei esta palavra... E, alias, também tenho uma questão... O que são Pokémon? - O questiono enquanto levanto minhas sobrancelhas, tentando expressar o sentimento de curiosidade que estava fluindo pelo meu ser.

Ele logo abre um largo sorriso, levando sua mão direita até sua bolsa, a abrindo, após abrir a bolsa ele retira dela uma esfera. A parte superior da mesma era vermelha e refletia um pouco da luz do sol, enquanto a parte de baixo era completamente branca. Notavelmente, a esfera continha uma linha negra na metade da mesma, no qual separava a parte vermelha da parte branca, essa linha lembrava ligeiramente o paralelo principal da terra: o Equador.

Eu simplesmente olho para todos os movimentos do senhor atentamente, buscando ter minha dúvida sanada por ele. Então, vejo ele clicar um pequeno botão localizado no meio da linha, e no momento que ele o clicou com seu polegar direito... Voalá, a esfera inteira se expandiu, ocupando toda a mão do senhor, finalmente, ele a clica de novo, desta vez... A esfera se abriu, revelando uma especie de raio avermelhado que apontou para o chão, um pequeno lagarto verde apareceu, estranhamente de olhos fechados.

Nesse momento eu estava completamente fascinado e vislumbrado por duas razões: sendo que a primeira era o ser em si caber dentro de uma esfera inicialmente tão pequena, e a segunda era a vasta tecnologia que a esfera tinha para poder funcionar. O ser lentamente abre olhos amarelos, enquanto me agacho, notando que ele era bípede e tinha uma cauda esverdeada, no qual parecia uma folha. O senhor estava fascinado pelo fato de que eu não reconhecia aquele ser, dizendo:

- Ora, isto é um Pokémon, seu nome é Treecko. - Ele apontou para o lagarto, enquanto seu sorriso cresceu, continuando seu monólogo: - Já a esfera... É uma pokéball, as pokéball são dispositivos que servem para capturar Pokémon de vários tipos, como o caso do Treecko. -  Ele conclui, enquanto fecha seu sorriso lentamente.

Ao notar que ele terminou de falar, rapidamente me despeço e me viro, caminhando em direção ao sul, embora... Sou parado por um berro realmente alto, como se viesse de perto:

- Espere! Estava mentindo para você... Na verdade, eu sou o professor Birch... É que ando muito ocupado ultimamente, por isso, não poderia gastar meu tempo com muitas perguntas... Mas você parece precisar aprender sobre os Pokémon, então... Irei lhe ensinar. Venha até meu laboratório e assim, poderemos continuar. - Birch conclui, acenado para mim enquanto lentamente me volto para ele.

Depois do ocorrido, Birch corre até o sul, chegando até uma aparente residência, que era um tanto quanto diferente comparada as outras moradias locais, eu sigo ele, correndo em uma velocidade levemente menor a dele, notavelmente o Treecko estava me seguindo, enquanto rapidamente pegou um pedaço da grama ambiente, a colocando no meio de sua boca, fechando a mesma para não deixar a grama cair. Ao chegarmos na porta, ele saca uma chave com o uso de sua mão esquerda, tirando a mesma de seu bolso correspondente a direção de seu braço usado para a tarefa.

Alguns segundos após destrancar a porta, Birch leva seu braço esquerdo até a maçaneta, a abrindo com sua mão enquanto nós três entramos dentro de seu laboratório, fechando sua mão esquerda em um punho e elevando seu dedo indicador, apontando para uma agenda avermelhada, cinco pokéballs, um frasco azulado e uma vara de pescar pequena e antiga.

Birch então lentamente caminha até os itens, me alcançando a agenda avermelhada lentamente, enquanto dizia com uma voz levemente rouca:

- Ora, ora, não havia lhe explicado muito sobre os itens que lhe entregarei... Esta é uma das melhores invenções relacionadas com Pokémon até hoje; a Pokédex. Ela irá lhe servir como uma ferramente que dirá informações sobre os Pokémon que irá encontrar pelo seu caminho... Um exemplo: vamos ver a descrição dela sobre Treecko! - Ele rapidamente pegou a agenda e apontou ela para Treecko... Estranhamente, a agenda falou, dizendo o seguinte:

- Treecko, o Pokémon lagartixa de madeira. Treecko tem pequenos ganchos na parte inferior de seus pés que lhe permitem escalar paredes verticais. Este Pokémon ataca batendo inimigos com sua cauda espessa - A voz ressoava pela sala, inquietantemente alta.

Após, Birch acena para as pokéballs, entregando elas para mim. Fazendo o mesmo com o frasco e a vara de pescar, de modo realmente apressado, após, ele me entregou a pokéball de Treecko, guardava todos os artefatos que ele me entregou em meus bolsos, após, saia caminhando lentamente, segundos depois a porta é fechada por Birch... E, sinto que, finalmente poderei iniciar minha jornada.
avatar
Devil Fr00t
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I - Monstros... De bolso?

Mensagem por Nerkon em Seg Maio 23 2016, 17:18

Inicial entregue, pode iniciar sua jornada em Littleroot e boa sorte!
avatar
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum