Ficha - Alexander Extrama

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha - Alexander Extrama

Mensagem por Alex Extrama em Sex Maio 27 2016, 11:36


Alex Extrama



Nascimento: 1998-05-22 - Violet
Carreira: Treinador
Idade: 18
Altura: 1,84m
Peso:  74kg

Descrição física:
- Alex tem uma pele rosada/branca, que fica vermelha no frio.
- Tem um corpo magro, resultado de anos de comida ruim.
- Seus olhos são de um azul escuro extraordinário.
- Tem cabelos negros curtos.
- Seus lábios são esguios e vermelhos.
- Tem um rosto angular.

Personalidade:
Alex é um pouco - ou talvez demasiado - estourado. Costuma não ser alguém muito paciente. Tem um carisma surpreendente, que as vezes irrita. Não tem muita fé nas pessoas, já que ninguém nunca mereceu sua confiança.
É sonhador e otimista. Esta sempre dando em cima de alguém interessante.
No fim, só quer ser amado.

Biografia:
Você, provavelmente, já ouviu aquela clássica fala de pessoas que lutam pelo “bem da família tradicional” dizendo que um filho gay, trans e etc. só são assim por falta de uma boa criação. Bem, comigo não foi bem assim. Viver com uma tia beata, viciada em Arceus e que é totalmente pirada não é para qualquer um, ainda mais quando você fica trancafiado em um quarto no terceiro andar de um casarão velho e fedido, só podendo sair para limpar cada centímetro desse inferno. Parece conto de fadas, não é? Então, se gostou senta em uma cadeira e vem ver o resto da minha história! E, a propósito, sou Alexander Extrama, ou Alex, se preferir.

Nasci em vinte e dois de maio de 1998. Sim, geminiano da melhor qualidade aqui. Sou de Johto, de um vilarejo sinistro ao sul de Violet city. Meus pais eram arqueólogos e, como bons arqueólogos, desapareceram antes da história começar. Fui viver com a tia Trude, ou como eu a chamo, Trudemonio, com cinco anos e, desde o começo, tive de aturar as loucuras de uma velha vedete e atriz decadente de Pokewood, sabe aquelas típicas pessoas que perdem tudo e se voltam para Deus de maneira fanática. Parece ruim, mas isso nunca me impediu de ser quem eu sou.
Ah! Música sempre foi meu grande amor. Cantar reduz minha infelicidade ao extremo. Cantar me faz vivo, mas, para tia Trudemonio, cantar era heresia contra as obras de Deus, então sempre me proibia de sibilar qualquer palavra... A não ser que fosse no coral da igreja: A pior ideia que minha tia já teve ─ pior para ela e maravilhosa para mim.

Após anos trancado em um mundo de deus e apenas deus, conheci a verdadeira realidade do mundo em que vivia: Pokémon, de todos os tamanhos e jeitos, e garotos, de todas as índoles e trejeitos. Tia Trude achava que era pecado ter pokemon e por isso você sabe que eu nunca tive contato com nenhum, a não ser os spinarak e rattata que viviam pelo casarão.

No coral todos elogiavam minha ‘voz de anjo’, que fazia as pessoas se acalmarem e pararem para ouvir, assim como os pokemon. Como bom cantor, fiquei no coral até os dezesseis anos, quando me pegaram dando uns beijos em Justino Owens, um garoto forte e corajoso que se dizia apaixonado por mim, na sacristia. Ah... A tia Trude pirou! Pecado maior que se deitar com semelhante, para ela, não existia. Arrancou-me do coral aos gritos, me trancou novamente no quarto e triplicou minhas tarefas.

Pode me chamar de Ella, Cinderella Era assim que me sentia, só que sem príncipe.  Justino foi obrigado pela família a voltar para Littleroot, em Hoenn, onde começaria uma jornada, conheceria uma moça e seria curado de seu “Homossexualismo”. Ele foi entristecido, mas prometeu que voltaria.
E essa promessa completou dois anos na véspera de meu aniversário de dezoito anos na semana passada. Foram-se dias difíceis aguardando e ele não voltava. O que eu fiz? Chorei. E, além de chorar, tomei as rédeas de meu destino: Quebrei a porta do quarto, coloquei na mala o necessário, mostrei minha bunda branca para tia Trude e saí pelo portão da frente, certo do que faria: Ia começar uma jornada, afinal, a comida era de graça, iria correr atrás de meu sonho de ser um cantor e ia encontrar Justino para dar uns bons tapas e beijos naquele tratante.

E cá estou eu: Na porta do laboratório do professor, após viajar por horas em um barco.


jabo @ ica
avatar
Alex Extrama
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha - Alexander Extrama

Mensagem por Matt em Sex Maio 27 2016, 12:34

Parabéns, sua ficha encontra-se APROVADA!

Já pode estar postando sua BOX e STORAGE. Assim que a BOX for respondida por um Staffer, poderá estar postando no Início de Jornada, narrando o momento de escolha de seu inicial e o Professor entregando o restante de seus objetos essenciais, como Pokedex e balls. ^^

Enfim, é isso. Qualquer outro problema, me comunique por PM ou no chat.
avatar
Matt
Monotrainer - Dark
Monotrainer - Dark

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum