I - O Laboratório de Birch

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

I - O Laboratório de Birch

Mensagem por Alex Extrama em Sex Maio 27 2016, 14:10


O Laboratório de Birch



Cansativa. Isso define bem o que passei para chegar a essa bendita região. Cada segundo dentro daquele cargueiro foi um medo sem igual. Não sabia o que eles fariam caso encontrassem um clandestino abordo. Felizmente, após precisar persuadir uma velha para que ela não contasse ao capitão sobre a minha presença, estou bem, porém, sem minha camisa.
Hoenn... Nome engraçado. Parece o som que fazem o bebê manhoso da sra. Peterson querendo chamar atenção “Rueen, rueeen”. Odiava aquele garoto, ele mijava em mim todas as vezes que o pegava no colo.
A pergunta que não queria calar era: Justino esteve aqui? Não tinha certeza, mas sim alguém podia lembrar a fisionomia de seu rosto e me indicar uma luz para seguir. E, claro, precisava de um pokemon para seguir viagem.
Parei um instante na porta e retirei da minha mochila uma blusa azul. Enquanto a vestia, o som de batidas ressoou em meus ouvidos. Era uma música e vinha de dentro do laboratório. Terminei de me vestir e fui entrando, ouvindo o som aumentar e contagiar minha alma. Então, assim que passei pela porta, alguém começou a cantar:
─ Come on, come on ─ era uma voz masculina. Aquela música entrou na minha alma e me contagiou, quando percebi já tinha puxado uma cadeira da mesa e me sentei para assistir ─ turn the radio on; It's Friday night and I won't be long; ─ e então surgiu o professor Birch, carregando consigo dois tambores tribais, tocando e cantando no ritmo da música. Ele olhou para mim, carismático, e me convidou para cantar. É, ele sabia que eu amava essa música.
─ Baby I don't need dollar bills to have fun tonight ─ cantei com toda minha alegria. Depois, coloquei-me de pé e fui na direção do professor. Abri meus braços, girei e sorri muito ao som das batidas  ─ I love Cheap... ─ e o professor começou a desacelerar o ritmo ─ Thrills─ finalizei. Birch soltou uma gargalhada que terminou em um suspiro.
─ Ai ai, você tem talento ─ ele disse recuperando o folego ─ Mas quem é você mesmo? ─ ele questionou o óbvio. Estendi minha mão ao professor educadamente.
─ Alexander Extrama ─ disse. Ele apertou minha mão e, seguidamente, coçou seu queixo, pensativo.
─ Eu sou o professor Birch, você é um vendedor ambulante ou algo do tipo?
─ Não.
─ Ah, que bom. Odeio vendedores ambulantes ─ ele comentou, apontando para uma caixa cheia de bugigangas no canto da sala ─ Tudo que eles vendem quebra ─ Birch lançou sobre mim um olhar de curiosidade ─ Se não é vendedor, o que é? ─ ele perguntou.
─ Bom, estou começando uma jornada e procurando por uma pessoa ─ respondi sorridente. Birch se levantou, eufórico, e foi-se até uma mesa com algumas pokebolas espalhadas em cima. Ele estava com um sorriso assustador.
─ Se vai iniciar uma jornada precisa de um pokemon ─ ele gargalhou de modo sinistro e agarrou uma das pokebolas ─ E eu sou a pessoa certa para isso! ─ ele exclamou. Confesso que recuei dois passos, com medo. Ele se aproximou e colocou a pokebola em minha mão e sorriu, como se nada tivesse acontecido ─ Prontinho. Abra.
Com medo de não obedecer ao professor, aperto o botão no centro da pokebola. Repentinamente ela se abre, liberando um feixe de luz escarlate, que se torna uma gosma borbulhante e, posteriormente, uma forma humanoide. Não pude controlar minha alegria ao perceber a pequena criatura verde-folha, com olhos de réptil e baixa estatura. Quando me dei por conta já estava com o pokemon em meus braços.
Birch deu uma repentina fuga para ir a sala ao lado, me deixando a sós com meu lagarto. Ele tinha uma pele asquerosa, cheirava a eucalipto e emitia um bom sentimento. O professor retornou, trazendo consigo uma caixa. Ele a entregou para mim, abri e contei cinco pokebola e um pokedex. Sorri, guardei na mochila e devolvi o lagarto ao chão.
─ Treecko. Essa é a espécie dele ─ informou Birch, sorridente. Treecko sentou-se no chão e começou a se alisar. ─ Você disse que estava a procura de alguém...
─ Sim. É alguém que me fez uma promessa e desapareceu ─ respondi entristecido.
─ E quem é esse alguém? Muita gente já passou por aqui, talvez eu tenha visto.
─ Ele se chama Justino Owens. É um loirinho, fortinho com pose de durão ─ respondi. Birch coçou o queixo, pensativo.
─ Justino... Acho que o conheço! ─ ele exclamou convicto. Meu coração se acelerou esperançoso. ─ Veio um rapaz com essas características e esse nome, que é muito feio aliás, aqui no laboratório a uns dois anos... Pegou um Torchic.
Arregalei os olhos, confuso.
─ E como você se lembra? Faz bastante tempo... ─ questionei.
─ Não se esquece uma celebridade.
Dessa vez fiquei mais confuso ainda.
─ Cele... ─ e então engoli seco ─ bridade? ─ completei. Birch assentiu.
─ Justino Owens... Um dos melhores coordenadores de Hoenn. Soube, esta reunindo fitas para participar do Grande Festival novamente.
A raiva subiu minha cabeça. Meus olhos estavam emanando fogo.
Eu vou matar esse viado loiro ─ pensei, com a veia pulsante em minha testa.
─ Bom, espero que ele não tenha tanta expectativa ─ estalei minhas mãos e peguei Treecko no colo novamente. Depois, dei as costas para o professor e comecei a caminhar para a saída ─ Pois esse ano ele vai ter concorrência ─ e então acenei para o professor e passei pela porta.


jabo @ ica


Última edição por Alex Extrama em Dom Maio 29 2016, 11:05, editado 1 vez(es)
avatar
Alex Extrama
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I - O Laboratório de Birch

Mensagem por Nerkon em Sab Maio 28 2016, 13:04

─ Justino Owens... Um dos melhores coordenadores de Hoenn. Ele ficou no top 10, mas acabou perdendo e, pelo que soube, esta reunindo fitas para participar do Grande Festival novamente.

Não aceitamos esse tipo de afirmação no RPG, já que antigamente havia uma tonelada de membros que desejavam familiares com esse tipo de posições e isso obviamente causava um grande problema na lógica que seria ruim caso desejássemos depois introduzir certos personagens na história.

Dito isso, peço que edite essa parte do post. Você pode dizer que ele é um dos melhores de Hoenn ou outra coisa vaga, mas retire a parte do "top 10".

Tirando isso, precisa também incluir links para sua Ficha, Box e Storage no seu perfil.

Por último, já entreguei seu inicial e pode iniciar sua jornada em Littleroot, mas trate de fazer as coisas que pedi antes de postar uma rota. Boa sorte.
avatar
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum