Tyrant Chronicles

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Tyrant Chronicles

Mensagem por Tyrant em Dom 21 Ago - 0:19

Introdução

Às vezes eu me pergunto o motivo de eu ter saído de casa, passei toda minha infância estudando sobre pokémons, sabia tanto sobre elas que utilizar a pokédex passou a ser inútil. Visto como perda de tempo, a deixei para ser utilizada em casos especiais ou de extrema necessidade. Este diário conta a minha história... A nossa história, quando eu, Amarílis, parceiros e amigos viajamos por diversas terras. Aqui direi dos momentos que não expus sobre a minha vida anteriormente, tendo apenas saltos de um momento ao outro, curtos ou longos, e de como cheguei nesse presente momento, e continuarei até que não haja nada mais para se escrever nesse diário.


Capítulo 1: Como foi a viagem

Aquela havia sido uma boa noite de sono. Dormi cedo no dia anterior para que pudesse acordar cedo. O sol raiou e o despertador tocou, acordava às seis da manhã naquele dia posterior ao meu aniversário. Festa no dia anterior, mas uma despedida na manhã seguinte. Tomei um café reforçado, peguei minha mochila e entrei no carro de meu pai, o velho aproveitou para me dar uma carona já que a rodoviária ficava no caminho do trabalho. Na rodoviária me despedi de maneira rápida, assim como fiz em casa com minha mãe. Mas essas coisas já não mais importavam quando meu ônibus saiu para a cidade de Pallet.

A viagem era tranquila e não parecia que demoraria tanto para chegar em meu destino. Só tivemos que passar por poucas cidades e próximos a uma floresta, mas não posso deixar de descrever como ela foi. Nada de anormal, apenas uma viagem tranquila onde pessoas desciam do ônibus em uma cidade, e outras subiam tomando os antigos lugares antes utilizados por outras. Mas isso não era o interessante, mas o cenário pelo qual percorremos, pelo caminho era possível ver diversas espécies de pokémon em seu habitat natural, seria incrível vê-los de perto e verificar se os livros que eu lia estavam totalmente corretos.

Havia um outro motivo. Como dito, esse ônibus fazia suas paradas em cidades pelas quais passavam, uma dessas era Pewter, onde vive uma amiga de infância chamada Sakura Mei, posso dizer que é a melhor amiga que eu já tive, apesar de seu irmão ser ciumento quanto a ela. Quando cheguei, desci do ônibus - não tinha com o que me preocupar, a promoção do mês me favorecia se fizesse isso - dirigi-me ao endereço que ela havia me passado, obviamente perguntando às pessoas na rua como chegava o local. Descobri que ela não vivia muito longe da rodoviária, uns vinte minutos de caminhada e chegava ao local.

-Espero que ela tenha recebido a carta...

Foi o que eu disse. Sim, nós ainda nos falávamos por carta. Os pais eram bem rígidos e não deixavam ela usar a internet, não viam como sendo algo para criança. Bem, eu bati na porta e fui atendido pela mãe dela - por sorte não foi o irmão - A mulher pareceu se lembrar de mim. Com um sorriso no rosto, mandou-me entrar e preparou um suco. Ela me disse que Mei estava na rota 2 treinando, pelo que parece ela havia pego seu primeiro pokémon e estava treinando. Não tinha tempo para esperá-la voltar nem para ir atrás dela, era hora de voltar à rodoviária. Lá estava eu novamente.

Subi em outro ônibus. Lembra da promoção que eu disse? Pois bem, ela me permite parar em qualquer cidade e pegar umas passagem nova de graça para o destino pelo qual paguei, desde que fosse feita a mesma rota do ônibus anterior. Esse ônibus passou pela estrada próxima à Vidirian Forest. Após algum tempo, passamos pela cidade de mesmo nome até nos dirigirmos a Pallet. Desci na rodoviária da cidade e acabei me dirigindo para o laboratório, lugar que sabia muito bem onde ficava. Estava pronto para conhecer uma parceira que duraria até o fim.


Última edição por Tyrant em Sex 4 Ago - 1:18, editado 1 vez(es)
avatar
Tyrant
Gestor
Gestor

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tyrant Chronicles

Mensagem por Tyrant em Sex 4 Ago - 1:18

Capítulo 2:"Eu escolho..."

Juntos, vamos começar uma nova história

Estava de frente para o laboratório, esse era o momento que eu esperei por tanto tempo, mas por que eu não conseguia entrar? Era como se eu estivesse em dúvida do que fazer mesmo após todo o tempo que eu esperei para que o dia de hoje finalmente chegasse. Será que eu estava em dúvida do que eu realmente queria?
Estudei muito sobre pokémons para o dia em que eu finalmente começaria a minha jornada e isso acontece. Pensei bem, respirei fundo e tomei coragem para passar por aquela porta.

O laboratório era grande, mas não mais que as escada que eu tive que subir para chegar até ele, aquilo parecia não acabar... Pelo menos para alguém que havia perdido o costume de caminhar e correr pela cidade após deixar de lado sua infância. Dentro do local fui recebido por um dos assistentes do professor responsável pelo local, Professor Samuel Oak, levaram-me até ele e fomos apresentados um ao outro. O senhor me recebeu com algumas palavras que eram mais ou menos as seguintes:

-Boa tarde, eu sou o Professor Samuel Oak, se você quer começar sua jornada, posso lhe oferecer os seguintes pokémons: Charmander, Squirtle ou Bulbasaur, também temos opções diferenciadas para treinadores, estão entre elas Doduo e Oddish. Para quem quer treinar um tipo específico, temos um pokémon em especial.

Não foi exatamente assim, mas reformulei a fala dele para que os mais novos entendessem a situação em que um treinador se encontrava na minha época. Bem, o importante aqui foi quem eu escolhi, não perdi muito tempo decidindo como outros fizeram, respondi ao professor o pokémon que me acompanharia pelo resto de minha jornada.

-Eu escolho Bulbasaur.

O pokémon do tipo planta. Em minhas mãos foi entregue sua pokébola junto dos itens e pokédex que eu usaria futuramente. Uma informação adicional sobre o pokémon que eu recebi foi dada pelo nobre cientista. -Parabéns, é uma fêmea. - Não sabia se era motivo para enorme alegria, mas sorri. Após esses acontecimentos, dirigi-me ao exterior do laboratório e, sem pensar,
parti para a Rota 01.

_________________


Aggron's Mountain:

All who enter his mountain lair.
From their body, the skin will tear
With his claws, as strong as iron
Even grown men, will be cryin

You will not, leave this place.
Without knowing, what's beneath your face.
You will drown, in your blood.
While he stomps, you in the mud.

There is no way out of here.
Your final wish, will soon be clear.
To die real fast, and take away your fear.
The sounds are louder, he is almost near.

You cannot run, you cannot hide.
All who have come, will surely die.
If you come across his mountain path,
there is no escape from Aggron's wrath.


avatar
Tyrant
Gestor
Gestor

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum