001# Pra onde vamos?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

001# Pra onde vamos?

Mensagem por Owen Piet em Sab Set 24 2016, 14:43

Estamos perdidos?

-Amigão, para com isso ok? A gente ta andando faz 5 minutos, nós não estamos perdidos... Olha- Owen se virou pra trás e podia ver a fronteira da cidade de Littleroot logo atras, e enquanto apontava com uma mão para a cidade, com a outra segurava seu pokemon com o outro braço.

-Viu, da pra ver a cidade daqui ainda... E você ja diz que está cansado, alias, está cansado como? Eu estou te carregando!- Enquanto falava sobre a distancia, podia se ver uma oficial na entrada da cidade balançando o braço dando tchau para os dois. Os dois pediram informaçoes para a mesma, e decidiram começar a jornada pela rota 101.

Owen carregava seu Sentret no colo enquanto conversava com o mesmo, o céu estava limpo, com algumas pequenas nuvens passando rápido, o vento forte que se afunilava entre as arvores e vazia um corredor de vento durante a estrada, um vento gelado e refrescante já que o sol estava raiando aquele dia. -Ja estamos no inverno não?! Está diferente pelo que parece, não sei dizer, algumas flores não estão desabrochando, deve ser uma frente fria inesperada

Após um tempo de silencio e caminhada, Owen joga o amigo para o alto, o pega novamente e o coloca no chão para andar um pouco. Sentret por sua vez, começa a correr e a escalar as arvores, pulando de galho em galho, seguindo sempre a mesma direção que Owen. Owen recebeu até uma berry de seu amigo durante a caminha, Sentret não queria que seu parceiro se sentisse mal e tentava sempre chamar sua atenção para anima-lo. O que não era difícil, o rapaz não pensava mais em casa e agora só queria conhecer o mundo e quem sabe futuramente se tornar um Ranger para proteger aqueles que precisem.

-Treet?!- O pokemon parou na frente do rapaz e ficou sobre seu rabo, ele parecia confuso.

-Perdidos? Você acha? Owen começou a considerar a ideia, se um pokemon de patrulha achava que estavam perdidos... bem... provavelmente estavam. - Eu não tenho mais aquele mapa, eu trouxe uma receita de geleia lembra? Acho que podemos seguir a estrada, vai que achamos alguém por ai. Não somos os únicos no mundão haha- O pokemon concordou e continuou andando ao seu lado.

Algumas horinhas se passaram e nada alem de pokemons selvagens passando pela estrada e vivendo suas vidas normalmente. - O que acha que fazer uma pausinha pra comer?- Sentret sempre meio esfomeado já correu para o lado da trilha e se sentou no gramado, batendo com as mãozinhas sobre a grama pedindo sua comida logo.- Relaxa ai coisa gorda! Ja vou pegar- Owen foi em direção ao amigo, colocou a mochila de lado e preparou o pratinho do amigo, que logo começou a comer devagar. O rapaz retirou um sanduíche embrulhado e amassado da mochila e com uma mão apoiada no gramado, quase deitado começou a comer sentindo o o vento e escutando os mais diversos sons que a mata poderia proporcionar. E não pode deixar de pensar na possibilidade... Estamos perdidos?

Spoiler:
Mensagem para qualquer pessoa que for ler ou postar aqui : Eu vou para um churrasco hoje, e pretendo estourar o norte de tanto beber, então responderei assim que recobrar a memoria e a vontade de viver
avatar
Owen Piet
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 001# Pra onde vamos?

Mensagem por Matt em Sab Set 24 2016, 19:44

Off: Olá, mais uma vez, novato. ^^ Serei seu narrador nessa sua primeira etapa, nesses seus primeiros passos de sua jornada. Espero que divirta-se. Qualquer dúvida, me envie PM... E já peço aqui também que me envie uma PM, com a personalidade e demais pontos a se tratar da ficha de seu Sentret, para então adicionar essas informações à sua BOX. Apesar de não precisar ter pressa para isso.

Alias... Gostei da Sign.

Após uma breve caminhada ao lado de seu Sentret, a quem o rapaz já parecia ter um bom laço de empatia, afinal, já se conheciam a mais de anos, a dupla decidiu enfim fazer uma breve pausa em sua caminhada. Em meio à relva, de um verde um tanto seco, sem graça, talvez graças às baixas temperaturas que Hoenn viera sofrendo, a dupla decidira então tornar esta pausa um pouco mais interessante, a tornando em uma pausa para que pudessem repor suas energias, que por sinal, Sentret parecia argumentar já ter se esgotado. Entregando um pratinho para o monstrinho, este pôs-se a alimentar-se, de forma que desligou-se completamente de todo o resto que havia ao seu redor.

Com um sanduíche em suas mãos, o rapaz pôde então ter uma visão melhor da paisagem como um todo, bem... Pelo menos muito melhor de quando apenas caminhamos pela passagem apenas para atravessá-la, apenas para chegar ao outro lado. Havia uma trilha de terra batida que crescia rumo ao norte, onde alguns cascalhos pareciam soltar-se da terra. Diversas árvores estavam bem dispostas na paisagem, de forma que elas eram realmente abundantes por ali, o que na verdade não era nada de surpreendente. No entanto... Havia uma entre as arvores no campo de vista do treinador que se destacava das demais. Ela era mais robusta, apesar de ser consideravelmente mais baixa, e suas folhas, pareciam ser de um revigorante. O ar puro revirava gentilmente alguns fios de seus cabelos.

- Finalmente encontrei alguém! - Owen ouvia uma voz em seu ouvido, a poucos passos de si, logo atrás de seu corpo. Sentret também só notara a presença da garota quando esta enfim liberara suas palavras, afinal, estava tão focado em sua comida que pouco se importou com o que mais acontecia ao seu redor, mas para não deixar seu orgulho de lado, simplesmente encarou a jovem de pele branca e vestido branco, que lhe caía até pouco acima dos joelhos e logo voltou a prestar atenção em seu prato, como se desse a entender que a chegada da moça não fosse surpresa alguma.

A garota tinha um olhar um tanto cansado em sua face, adornada por seus belos fios de cabelo, em uma cor de castanha, que muito assemelhava à pelugem de Sentret. Parecia cansada, e isso ficara evidente quando a moça simplesmente se jogara ao lado do rapaz, sentando-se ao lado do mesmo, emitindo um pesado suspiro. - Ah minhas pernas! - Dissera ela enquanto massageara suas pernas. - Esse negócio de caminhada é realmente chato! - Seus olhos então finalmente encontravam ao do rapaz, e sua mão fora imediatamente estendida a este, de forma que seu olhar logo mudara da face do rapaz para o lanche em suas mãos. - É lanche natural? Se for, eu quero. - Sua mão ainda estendida na direção do rapaz. Qual seria sua reação?

_________________
avatar
Matt
Estagiario de Moderação
Estagiario de Moderação

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 001# Pra onde vamos?

Mensagem por Owen Piet em Dom Set 25 2016, 19:18

Geleia

Owen assistia os minutos passarem enquanto descansava e se alimentava com o amigo sobre o gramado, estava tudo bem calma e agradável, ainda não podia acreditar que estava começando sua jornada e que agora tudo ficaria interessante.

- Finalmente encontrei alguém! - Uma voz surgiu do nada diante aquela calmaria, era uma voz doce e com um tom um tanto cansado e ao mesmo tempo aliviado. Owen que estava apoiado sobre um braço e parcialmente deitado no gramado, ao levar o sanduíche até sua boca parou a ação e ficou imóvel observando Sentret olhar para a pessoa que ali chegara e depois ignorar a situação voltando a comer, A ação do pokemon o fez se sentir seguro com a presença da garota e fechou os dentes sobre o seu lanche dando uma mordida. Em poucos segundos a garota já havia se sentado ao lado de Owen, que imediatamente derrubou sua cabeça para o lado tendo uma visão da garota que conversava com ele naquele momento.

Owen estava tendo sua primeira experiencia com outro potencial treinador em jornada também. E isso era reforçado com as palavras ditas pela garota, ela obviamente estava cansada e não deixou isso ser um mistério enquanto a mesma falava que andar poderia se tornar chato as vezes.

- Haha, tenho que concordar contigo, as vezes pode ser muito monótono né? Mas podemos ter ótimas experiencias no caminho também. - Owen sempre tivera um grande coração e ja se sentia intimo da garota, ela com seu vestido branco transparecia ser uma pessoa de bem e sendo assim o rapaz não se conteve e manter um sorriso no rosto enquanto falava com ela e comia seu lanche devagar.

Ao perceber que os olhos da garota haviam se perdido em sua mão, Owen balançou o lanche devagar para os lados e pode ver que a garota tinha o foco nele. - É lanche natural? Se for, eu quero. - Ele logo entendeu que a garota poderia estar com fome, e também muito cansada, o mesmo não sabia de onde ela estava vindo ou para onde estava indo. Então apoiou seu lanche sobre sua pernas o afastando de leve da garota, talvez essa ação possa ter dado um sentido errado para a situação, como se ele não fosse dividir, porem ao soltar o lanche, enfiou a mão dentro de sua mochila e retirou outro embrulhado de dentro e colocou sobre a mão da garota.

-É de geleia, espero que goste, receita da minha mãe.- Ele sorriu enquanto dizia essas palavras, e logo colocou a mão em sua mochila novamente, retirando dessa vez um cantil.

-Tome um pouco de água também, não vai querer se desidratar durante a caminhada.- Após abrir o cantil e deixar ao lado da garota, Owen pegou seu lanche novamente e voltou a comer devagar, enquanto falava com a boca cheia.

-Esse é o Sentret, meu melhor amigo.-
avatar
Owen Piet
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 001# Pra onde vamos?

Mensagem por Matt em Dom Set 25 2016, 20:38

Um dos lanches do rapaz agora estavam na posse da garota, que por um momento o examinara com uma certa expressão de dúvida, como se estivesse se perguntando se aquilo seria realmente bom. Chegara até mesmo a distraidamente separar a parte superior do lanche, para que pudesse ver melhor o que realmente havia dentro do lanche. Com o lanche ainda em mão, a garota sentia seu estômago revirar. Não, não era sobre o lanche exatamente, era mais um ronco de fome. A garota estava faminta. Com um último olhar para o lanche, a garota então decidiu prová-lo. Lentamente levou o alimento até seus lábios, e com seus dentes rancou um pedaço do mesmo. No momento seguinte, sua expressão havia mudado brusca e repentinamente. Não havia mais dúvida em seus olhos, em sua mente. Realmente apreciara o lanche.

- Isso é! - Sua voz parecia ligeiramente desconcertada, mas ao mesmo tempo, maravilhada em sentir o gosto daquele lanche de geleia. - Isso é maravilhoso! - Com sua face mais uma vez voltada ao lanche, deu mais uma mordida no mesmo, e logo em seguida revirou sua face em um gesto um tanto exagerado de satisfação, seus longos fios de cabelo se revirando ao ar. - Realmente maravilhoso!

Não demorou muito para que o lanche fosse completamente devorado pela garota, que agora pegava as migalhas que haviam caído sobre seu vestido. Assim que todas as migalhas maiores haviam sido escolhidas à dedo pela garota, ela simplesmente bateu sua mão sobre o tecido, arremessando as migalhas pequenas demais para a grama. Com a mesma mão, pegou o cantil do rapaz, que este havia colocado a seu lado, e mais uma vez o encarou com um olhar duvidoso, mas não demorou muito para que então o levasse até a boca e despejasse o líquido em sua boca, mesmo que tentando fazer com que a boca do cantil não lhe tocasse o lábios.

- Bom... Ele não tem cara de doente, acho que estou segura. - Pensara ela consigo mesmo enquanto despejava ainda mais líquido em sua boca. Não intencionalmente algumas gotas pingavam sobre seu ombro, a que ela pouco se importou. Segundos depois, esticara então seu braço na direção do rapaz, para devolver-lhe o cantil. - Muito obrigado. - A voz da garota era surpreendentemente infantil, mesmo que em sua aparência ela já não aparentasse mais ser tão nova assim. - O lanche estava muito bom. Sua mãe está de parabéns.

Seu olhar então era voltado à criaturazinha, a quem Owen apresentara a garota anteriormente. De imediato ela não sentira nada de mais sobre a criatura. Decididamente ficara interessada por nunca haver visto tal criatura em Hoenn anteriormente, não que já tivesse tido tanto contato com natureza em sua vida, mas nunca o tivera visto nem em programas na televisão. - Sentret, é um prazer te conhecer. - Emitira a moça cordialmente, com um fino sorriso em sua face e um gesto de sua mão. Sua face então voltava-se para o rapaz, seu sorriso aumentando um pouco. - Prazer em conhecer-te também. Me chamo Louisa.

_________________
avatar
Matt
Estagiario de Moderação
Estagiario de Moderação

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 001# Pra onde vamos?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum