001 - A Gift From a Diva

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

001 - A Gift From a Diva

Mensagem por Haruki em Dom Jan 29 2017, 03:36

"Ela chega em meia hora", essas são as palavras que ecoaram na cabeça de Haruki. Apesar de já estar arrumado e com sua mochila pronta. O garoto estava sentado no sofá da sala e balançava as pernas devido à ansiedade pela chegada de alguém com seu Pokémon inicial. Acontece que essa pessoa não era um professor, nem mesmo um de seus assistentes. Sua mãe comentara poucas vezes a respeito dessa desconhecida, porém importante pessoa.
- Ela é a minha amiga de infância, eu não a vejo desde que ela parou de competir em Contests Pokémon. – A mulher de cabelos castanhos explicava para o filho exalando uma saudade evidente da mulher que já fora sua melhor amiga durante a adolescência.
-Você tem alguma ideia de qual Pokémon ela pode me trazer como um inicial? – Disse Haruki com expectativa de aliviar um pouco da sua ansiedade, que nesse momento estava misturada ao ânimo de um início de sua jornada como um treinador. Ele tinha um panfleto do Laboratório de Littleroot em suas mãos, nele as fotos dos três iniciais de Hoenn junto às informações adicionais. Haruki teve a opção de escolher um dos três iniciais locais ou a mais tentadora das escolhas, adquirir um Pokémon da amiga da sua mãe, que era uma renomada competidora de Contest da época da sua mãe. Só a possibilidade de receber um Pokémon de uma antiga e renomada coordenadora já fora o suficiente para descartar a primeira opção.
-Ela com certeza não lhe dará um Pokémon de sua equipe, porque além de ser injusto um iniciante ter um Pokémon daquele nível logo no início de sua jornada ela também é apegada ao seu time. Como qualquer outro treinador veterano. – A mãe de Haruki explicou.
Antes que ela conseguisse falar alguma outra coisa o Poké Nav dela começou a tocar. A mulher atende o aparelho eletrônico e fica em silêncio enquanto a outra voz está falando. Assim que a pessoa na outra linha termina de falar, a mãe de Haruki responde: -Ok...Vou falar pra ele.  – E desliga o pequeno aparelho de coloração azulada, se despedindo de quem havia ligado para ela.
-Seu pai disse que te deseja um bom começo de jornada e todo aquele discurso dele... – A mulher fala em um tom despreocupado. – Ele também pediu desculpas por ter ido para Mauville antes de poder se despedir da forma que ele queria. –Ela finaliza o que tinha para falar.
Antes que um dos dois conseguisse dizer alguma coisa escutam o barulho da campainha. Eles direcionam o seu olhar para a porta por reflexo e a mulher caminha em direção à maçaneta da porta, quando alcança o objeto de metal o gira para direita e o puxa. Quando a porta é aberta os raios de sol junto a uma brisa invadem o ambiente e da porta uma mulher, que aparentava possuir uma idade entre os trinta anos de idade caminha para dentro da casa, enquanto os seus cabelos negros e bem cuidados flutuavam devido ao vento repentino. Ela parecia ter ensaiado para esse momento, a maquiagem leve e o vestido branco adaptado para o verão davam um ar de suavidade e elegância para a mulher. Ela olha de relance para o garoto e abre um sorriso, antes de ir falar com a sua velha amiga.
-Akemi... – A morena diz em uma voz tão suave quanto sua presença – Você não mudou muita coisa desde a última vez que nos vimos. – Uma brisa calma adentrou a casa durante o diálogo que estava ocorrendo entre as mulheres.
-Você ficou velha e acabada Harper. – A mãe de Haruki debocha da amiga. – Chegou até mais cedo do que o combinado.
As duas se olham por um breve momento e com uma feição séria, mas elas começam a rir logo após. A morena se recompõe e direciona o seu olhar para o adolescente que se segurava para não rir da cena ocorrida.
-Então esse é o Haruki. – Ela olha para o adolescente o analisando, após fazer isso abre um sorriso. –Eu achava que se tratando do filho da Akemi e do Mikari ele seria um treinador com foco maior nos ginásios. – Ela se divertiu por ter sido o oposto.
Depois de dizer isso a morena colocou uma bolsa de cor perolada com alguns detalhes simples na mesa de centro da sala. Abriu o acessório e retirou uma esfera bicolor, junto a outras cinco que estavam menores do que a primeira e um aparelho eletrônico conhecido como Poké Dex.
-Eu dei uma passada no laboratório antes de vir para cá. – Harper diz, enquanto entrega os itens para o adolescente, que começou a ajeita-los na sua mochila de viagem. – Eu também pedi para o professor analisar o seu Pokémon inicial, eu queria saber se estava tudo de acordo com o professor sobre dar esse Pokémon para um treinador novato. – Ela olhava o garoto enquanto explicava.
-Obrigado por ter feito isso pra mim – Haruki teve então a sua primeira chance de falar desde a chegada, que parecia ter sido ensaiada da veterana.
-Não precisa agradecer, eu fiquei animada com a oportunidade de ajudar o filho da minha melhor amiga no início de jornada, considere isso como um presente meu. – A mulher disse isso em um tom suave que exalava um ar de experiência e felicidade ao mesmo tempo. – Fora isso eu sei que educação você teve do seu pai, porque essa ai não deve ter te educado assim. – Harper aponta para a mãe de Haruki que riu, embora ofendida, adivinhando que ela não seria poupada pela brincadeira anterior.
A morena abriu um sorriso sincero e rodopiou a esfera bicolor antes de arremessá-la ao ar. Um feixe branco se formou e dele a figura de um gato cor de rosa surgiu.
-Te apresento ao seu Pokémon inicial – A mulher disse em um tom dócil-É um Skitty. – Harper diz o nome da espécie do Pokémon para o iniciante.
- Ele é uma graça – O adolescente se agacha e chega perto do Pokémon, que imita o movimento e também se aproxima de Haruki. Assim que o Pokémon chegou perto o suficiente se aconchegou perto das pernas do garoto que o abraçou.
- Vocês são uma dupla interessante. – A morena disse entregando para o garoto a esfera bicolor que continha o seu Pokémon inicial.
-Isso me lembra de quando o Mikari ganhou a Eevee dele, tudo bem que ela hoje em dia como uma Flareon é uma abusada, mas naquela época era tão calma quanto essa Skitty. – Diz Akemi, se lembrando do momento em que o marido conseguiu o inicial.
Após um tempo conversando sobre as rotas iniciais e coisas sobre o início de jornada o garoto se despediu da sua mãe e da amiga dela. Ele retornou o gato cor de rosa para a Pokeball e ajeitou sua mochila, após conferir tudo se despediu de vez e tomou o rumo para a rota. Pensaria em um apelido para dar para seu Pokémon assim que checasse o gênero na Poké Dex. A cidade de Rustboro estava calma e menos movimentada, sendo um momento ótimo para um começo de jornada.
avatar
Haruki
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 001 - A Gift From a Diva

Mensagem por Artie em Dom Jan 29 2017, 20:19

Perfil atualizado e inicial entregue!

Fique a vontade para criar sua primeira rota em Rustboro ou proximidades! Boa jornada!

_________________
Prateleira de prêmios do Tutu ~



avatar
Artie
Administrador
Administrador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum