#01 Étude, Op. 01: Beginning

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

#01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Draken em Ter Maio 23 2017, 16:45

Rota 111, 15:36

O canto dos pássaros e o cheiro de grama agradariam à todos os transeuntes daquela rota naquele momento. Agradavam ao jovem treinador que recém-iniciou sua jornada, pelo menos. Ele amava a vida urbana com toda a certeza, mas a sensação abarcante de bucolismo não poderia deixar de lhe invadir naquele momento. Suas narinas se abriram e seu pulmão inflou calma e vigorosamente enquanto apreciava a vista daquela estrada. O chão batido que orientava a jornada dos viajantes lhe ditava o caminho, mas ele estava se sentindo aventureiro; tudo o que conhecia no mundo era a sua cidade natal, a Iron Island e Mauville, além de uma breve passagem pela rota 110. Tinha muito o que viver, muito o que aprender. E, numa resposta ao seu subconsciente, começou a caminhar.

A luz solar viajava pelo ar refrescante da estrada e aquecia a pele metálica do pokémon imã que andava ao lado de Bart, e ele parecia adorar aquele tipo de clima - ou talvez só estivesse curtindo a viagem, não saberemos -, pois cantarolava num chiado ininteligível para humanos. O Magnemite de nome Oz dava curtas piruetas flutuantes e instigava que o rapaz fizesse o mesmo. Por mais que já estivessem juntos por seis meses, foram cinco longos meses de um humano desacordado que lhe afligiram, já que o monstrinho pouco entendia sobre medicina e como o jovem já estava longe de perigo há muito. No último mês fizeram várias coisas juntos, e isso permitiu que o pokémon criasse um certo vínculo com seu treinador.

A medida que avançavam pelo caminho demarcado, os olhos de Bart transitavam entre as árvores e ali ele viu várias criaturinhas em seus respectivos ninhos, e isso lhe chamou a atenção. "Então é assim que os pokémon vivem na natureza. Parecem felizes." Pensou. O contato humano quase sempre era destrutivo, e isso entristecia o jovem. Ficou ponderando se alguma vez já tivera alguma postura agressiva em relação à algum monstro de bolso. Perdeu-se em pensamentos e não percebeu que seguia na direção da floresta. Oz o acompanhava, despreocupado e cantarolante. Um começo comum para uma jornada comum de um jovem comum.

Off:
Oi pessoa que vai me mestrar! Atualiza os dados do meu Magnemite, por favor? Smile
Apelido: Oz
Altura/Peso: 0,23m/7,3kg
Particularidade: Ligeiramente menor e mais pesado que os seus companheiros de espécie, possui uma pele um pouco mais esbranquiçada, parafusos um pouco mais escuros, e a coloração dos seus imãs é mais forte. Possui um código de barras no centro de suas costas com alguns símbolos legíveis abaixo deste (OZR-M936).
Personalidade: Enérgico e fugaz, o monstrinho elétrico de metal tem um caráter um tanto quanto extrovertido. Está sempre aberto à novas experiências e ama viajar. É bastante curioso, e isso tende a colocá-lo em situações problemáticas. Foi assim que acabou dentro de uma jaula. É muito grato por Bart ter salvo sua vida e lhe dado liberdade outra vez, por isso resolveu seguir o rapaz. Tem um forte senso de justiça e não quer que outro pokémon passe pelo que ele passou. Gosta mais de comer energia de eletrodomésticos, porque, segundo ele, elas são mais impuras e carregadas que as que são direto de uma bobina de uma usina ou de postes da rua.
Último Cruzamento: -x-
avatar
Draken
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Sun em Qua Maio 24 2017, 11:01


#01 Étude, Op. 01: Beginning
Vamos nos divertir humano!
OFF:
Olá Draken, já atualizei os dados do seu pokemon ^-^
só confirma pra mim se quer assim  ou quer q deixe só Oz ou só Magnemite
Bem estarei te narrando e espero que se divirta .-.

Acompanhado de seu parceiro, o jovem aventureiro saia da cidade de Mauville em direção a rota  111, a qual tinha um longo caminho. A cidade ficou para trás e a percepção de que havia chego na entrada era notado pelo jovem, o solo duro coberto por um gramado nos mais variados tamanhos e tons, estavam abaixo dos pés do jovem.


Ligados por uma história e tanto, ambos andavam distraídos e pareciam se divertir cada um do seu jeito porém pareciam estar em sintonia um com o outro. O jovem estava tão distraído que não notou que adentrou a floresta, estava encantado com a natureza que seus passos seguiram por entre as árvores junto com seu pokemon metálico. Os rochedos sumiram devido as árvores ao redor dos mesmos a grama já era mais alta, tanto que o garoto tropeçou em uma raiz e notou que havia saído da trilha, percebendo que o treinador havia tropeçado Oz também parou e ficou olhando ao seu redor parando de cantarolar, os barulhos da floresta tomavam conta do lugar, cheiros diferentes algumas casulos no chão de onde estavam, o que eles fariam?


Sun
Membro
Membro

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Draken em Qua Maio 24 2017, 13:47

A forma como luz invadia aquela floresta era um tanto estranha, para não dizer bizarra. A mistura de odores e sons com aquela tonalidade meio macabra da vegetação evidenciavam que a mãe-natureza também poderia ser seu algoz. Bart tinha plena ciência de tudo isso, mas ainda se deixava levar por suas multi-teorias sobre o contato dos humano com pokémon. Talvez aquele tempo todo no meio civilizado o tenha deixado mole. Ou pode ser que a companhia do monstro metálico ali era o que bastava para dar ao jovem rapaz um pouco de tranquilidade mental. Poderia contar com a ajuda dele para cuidar das suas costas. Pelo menos ele faria o mesmo por Oz. Sentiu um trancão em seu pé esquerdo e, no momento seguinte, estava com a cara beijando a grama. Onde estava? Podia jurar que ainda estavam na estrada de chão batido!

- Ei Oz, tudo bem contigo?

O treinador não pôde deixar de questionar. Conhecia muito bem aquela situação em que se encontrava. Estava sozinho no meio da natureza, onde ninguém viria salvá-lo. E mais importante, agora tinha outra vida sob sua responsabilidade; não deixaria que o Magnemite se ferisse nem que isso o matasse. Usou os braços para virar por seu corpo com as costas no chão e finalmente sentou-se. Limpou a grama de sua camisa de linho e sua mão esquerda natural e calmamente invadiu sua bolsa de couro, tateando em busca de um objeto específico: o aparato tecnológico enciclopédia pokémon all rights reserved. Tinha dado uma estudada na pokédex no dia anterior e vira algumas informações interessantes. Entendeu o propósito daquele objeto. Se algum pokémon aparecesse, ele poderia obter informações sobre o tal.

Apoiou o peso do seu tronco sobre a mão direita na grama e girou a cabeça, checando seus arredores. A criatura elétrica de metal observava uma rota atentamente, e após algum tempo, virava seu olhar para outra rota. Seus imãs giravam em seu próprio eixo freneticamente, e algumas faíscas azuis circulavam por sua pele de aço. Bart entendia muito bem a agitação do pokémon, afinal, estava sentindo a mesma coisa. Respirou fundo e olhou para o seu parceiro. Ele precisava de seu treinador. O rapaz pôs-se de pé e começou a tirar terra da parte de trás da sua calça, quando notou alguns casulos no chão. Sua mente começou a trabalhar rapidamente: "Os bichos não costumam formar casulos longe de seus ninhos, ou pelo menos foi isso que li." Mordeu a unha do polegar da sua mão direita, um gesto que indicava nervosismo. Sua face continuava completamente sem expressão - como sempre -, mas um furacão se formava no interior do rapaz. "AH DROGA!"

- Ei! Oz!

Bart sussurrou enquanto tentava caminhar de maneira silenciosa. Seu objetivo era pegar o Magnemite e esconder-se atrás de alguma árvore e analisar aquela situação em que se encontrava com mais calma. Se estivesse certo, tinha caído no ninho de algum pokémon que poderia ser muito forte e eles estariam ferrados. Estava suando frio, mas tinha que dar conta de se esconder a tempo. A vida de Oz e a sua própria dependiam disso. É, um erro comum para um iniciante comum. Certamente se lembraria de não andar distraído num ambiente selvagem outra vez.

Off:
Obrigado Sun! Pode deixar só "Oz" mesmo.
Espero que se divirta também. Smile
avatar
Draken
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Sun em Qua Maio 24 2017, 18:25

#01 Étude, Op. 01: Beginning
Vamos nos divertir humano!
Notando o local que estava, o garoto rapidamente se limpou e tentou se esconder, sabia que estava em um lugar ao qual parecia ser um ninho devido aos casulos, e então depois de pegar seu parceiro ele se escondeu atrás de uma árvore, mas não esperava o que vinha de cima.

Algumas cascas do tronco da árvore caíram sob a cabeça do garoto sujando-o um pouco, quando o mesmo olhou para cima pode ver uma pequena criatura que o olhava curioso, ele era vermelho e bege, tinha olhos um tanto grandes e amarelos, também tinha chifres. Que pokemon seria aquele e o que o garoto iria fazer a respeito?



Sun
Membro
Membro

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Draken em Qui Maio 25 2017, 00:03

Bart se sentiu como um dos ninjas que via na sua infância em programas de televisão: pegou Oz no colo sorrateiramente e escondeu-se detrás de uma árvore qualquer. Abaixou-se com o monstrinho ainda em seus braços e percorreu o olho pelo ninho em busca de algum sinal de movimentação. Sentia-se aflito porque nada parecia detectar; talvez nem tivessem outros seres vivos ali. E como estava enganado! Mal tivera tempo de absorver as informações daquele ambiente e já dera um salto, tamanho o susto que tomou. Deixou escapar um chiado baixo, tentando suprimir o grito e causar algum alarde. O magnemite pulou para longe do seu peito e começou a exalar faíscas instintivamente, olhando de cara fechada para todos os lados, tentando bravamente afastar qualquer ameaça que se aproximasse de seu salvador. Mas o bicho não estava no solo.

O jovem demorou um pouco para processar que o que caíra em sua cabeça e ombros eram cascas de árvore. Ainda um pouco chocado - principalmente por causa de sua reação exagerada -, ergueu seus olhar para a copa da árvore. Suas íris demoraram algum momento para se ajustar à exposição de claridade (ainda que pouca naquele ambiente) excessiva. Se fosse possível no mundo real, uma interrogação se materializaria flutuaria sobre o rapaz neste instante. Que bichinho era aquele? Certamente era familiar com a sua forma, tinha o visto em um livro sobre a fauna de Hoenn, mas não se lembrava do nome da criatura. Os grandes olhos amarelos o encaravam, curiosos. O monstrinho parecia inofensivo, mas Bart sabia como as coisas eram na natureza: nada é o que parece. Tirou a pokédex de sua bolsa de couro e apontou o instrumento para o pokémon desconhecido, na espera de conseguir informações mais detalhadas. Enquanto os dados baixavam no dispositivo, resolveu interagir com a outra parte.

- Oi! - Disse com um sorriso sincero estampado na boca. - Não se espante com Oz, ele não fez por mal.

O magnemite colocou seu grande olho na direção do interlocutor para o qual Bart se dirigia e começou a analisá-lo. Será que ele faria algum mal para seu treinador? Parou de circular sua eletricidade para não causar nenhum desconforto ao monstrinho desconhecido, mas estava muito atento para qualquer movimentação desconhecida dele. Se aquele pokémon ferisse seu benfeitor, ele não conseguiria se perdoar. O rapaz queria um contato tranquilo e leve, e Oz resolveu que seguir o curso era a melhor ação a se tomar. Emitiu um chiado metálico amistoso e alegre, tentando parecer amigável para a criatura.

- Tudo bem contigo? - Bart perguntou, despretensioso.
avatar
Draken
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Sun em Qui Maio 25 2017, 09:43


#01 Étude, Op. 01: Beginning
Vamos nos divertir humano!
Depois de receber as informações da pokedex que era um Wurmple o garoto decidiu conversar com o garoto, olhando Magnemite desconfiado, ele rodou no tronco da árvore até que chegará no chão. Wurmple apareceu de novo aos lado esquerdo do treinador, ele carregava consigo uma fruta, que estava quase completamente comida, e ao dar fim nela sua boca ficou rosa.

Ele parecia estar sozinho, seria hora de caçar? Ele seria um bebe? estaria abandonado? Nessa hora magnemite se aproximou bastante do pokemon lagarta o que o fez assustar por hora, mas ao ver que o pokemon parava de soltar faíscas ficou mais tranquilo. O pokemon então comprimentou amigavelmente ambos, e parecia chamar Oz, pedindo para que ele o seguisse, o pokemon indicou ao seu treinador, mas qual seria a reação dele? Seguir o pokemon para onde ele chamava, ou seguir seu caminho e ignorar o pequenino?




Sun
Membro
Membro

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Draken em Qui Maio 25 2017, 10:30

Um beep característico sinalizou para Bart que as informações que requisitara sobre o verme haviam chegado. Wurmple, era esse o nome! Teve certeza de memorizar bem a espécie da criatura. Quando viu que o monstrinho não era do tipo ferro sentiu um breve desânimo. Mas também não tivera nenhum contato duradouro com outros tipos, então por que se abatia? O rapaz levantou seus ânimos e sorriu pra minhoca na copa da árvore.

- Não temos a intenção de te machucar! Só me distraí um pouco e acabei entrando na...

O pokémon desceu habilmente do topo da planta até o chão, e surgiu ao lado do jovem humano. Parecia ter comido alguma fruta. Certamente o tal Wurmple conhecia toda aquela área ali, e talvez pudesse informar para o rapaz onde encontraria um Onix! Hahaha, coitado. Bart muitas vezes acabava se iludindo com seus pensamentos fantasiosos. Percebeu a saudação do verme e sentiu-se feliz, logo fazendo uma reverência em resposta também. Oz soltou um chiado de animação e seus olhos pareciam sorrir. Que bicho simpático, esse tal de Wurmple! Mas o que ele fazia sozinho ali? Enquanto ponderava essas questões, o selvagem começou um diálogo com o monstro de metal. O magnemite chiava, questionador, e logo balançou seus imãs em resposta à algo. Que pokémon gesticulador!

- Sobre o que estão falando, Oz? - O treinador perguntou, curioso. - Hã? Seguir? Tudo bem!

Depois de se comunicar com Bart e receber o aval, ele começou a seguir o pequeno verme, seja lá qual fosse o seu destino. O monstrinho estava um pouco desconfiado ainda, mas, naquele momento, estava completamente tomado por sua curiosidade. Tinha de ver até onde aquilo iria dar. E seu treinador estava no mesmo barco. Estavam se conhecendo ainda, mas o magnemite sentia que se dariam muito bem no futuro.
avatar
Draken
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Sun em Qui Maio 25 2017, 10:58


#01 Étude, Op. 01: Beginning
Vamos nos divertir humano!
Seguindo a lagarta por entre as árvores, o jovem e Oz seguiam por dentro da floresta que se fechada mais a cada passo. Aquilo começou a ficar cansativo, já que a lagarta demorava para andar, depois de longos 20 minutos caminhada, que se fosse feito sem a lagarta daria 10. Finalmente chegaram em um lugar que tinha um pequeno muro de arbustos e o pokemon atravessou o mesmo por baixo.

Seguir o pokemon o treinador teria que atravessar os arbusto, ele iria se machucar se passasse, porém não tinha outra passagem, Em meio as frestas do tal muro de folhas, tinha um paredão rochoso, e era possível ver diferentes tipo de pokemon ali, o que estaria acontecendo? O que teria ali atrás? Oz olhou para seu treinador e aguardou sua reação.




Sun
Membro
Membro

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Draken em Qui Maio 25 2017, 12:03

A cada passo que dava, Bart sentia mais calor. Aquele sol não estava fazendo corpo mole em seu trabalho de aquecer a superfície do planeta, e aquela floresta - que se fechava cada vez mais - parecia suar mais, reter mais calor em seu interior e dar uma sensação térmica muito maior que a temperatura de fato. Gotas de suor brotavam da testa do rapaz e se misturavam com seus cabelos encaracolados, deixando eles com um aspecto colado engraçado na cabeça do treinador. A velocidade do verme não ajudava muito; parecia que já tinham dado trezentas voltas em torno da Iron Island, mas o espaço que eles haviam percorrido não era nem 1/20 do que aquela ilha era. O magnemite não parecia incomodado. Bart sentiu uma pontada de inveja da capacidade de flutuar do seu parceiro.

O humano percebeu que seu amiguinho inseto havia desaparecido. Gastou algum tempo olhando em volta e só então reparou uma fresta num muro de folhas para o qual Oz apontava. O monstrinho elétrico de metal dava sinais de que queria continuar, queria saber o que estava do outro lado daquela parede de folhas, mas não iria sem seu treinador. Bart não pensou muito e se agachou. Olhou pelo vão do arbusto e reparou que havia uma grande pedra.

- Mas o que...?

Aquilo não era uma pedra! Era um paredão rochoso! E aqueles pokémon que via ali? Eram de vários tipos de criaturas diferentes, e o rapaz não conseguiu deixar de se sentir maravilhado. Sua curiosidade era uma das coisas que amava em seu jeito de ser, e ter seguido aquele verme estava realmente valendo a pena. Não ficaria ali agachado olhando tudo por um buraco, queria ver tudo mais de perto, conhecer aquela micro-sociedade pokémon, fazer amizade com os bichos.

- Ei Oz, venha comigo.

Bart começou a esgueirar-se por entre as folhas e galhos, e acabou se cortando em vários lugares. Mas tentava atravessar da forma mais cuidadosa possível. O magnemite vinha logo atrás como instruído. A esperança do humano era que se fosse primeiro com o seu parceiro logo atrás, o pokémon de ferro não se machucaria.
avatar
Draken
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Sun em Qui Maio 25 2017, 15:09


#01 Étude, Op. 01: Beginning
Vamos nos divertir humano!
O treinador então se aventurou por entre o os arbustos, se arranhando um pouco com os galhos mais protegendo o seu pokemon metálico. Ao chegarem do outro lado, Oz e seu treinador viram melhor o paredão rochoso com mais de 7 metros de altura, a área era de dez metros quadrados até os arbustos que bloqueavam a passagem.

No alto do rochedo possuía alguns pokemons que ao ver o humano se esconderam, os demais que estavam no chão fizeram uma barreira protegendo um pokemon que estava no chão, ele parecia machucado. Nessa hora Wurmple tentava comunicar-se com os pokemons, que após demorarem um pouco para se resolverem deixaram o garoto passar, porém alguns se esconderam do mesmo indo em direção aos arbustos.


O pokemon caído estava esfolado, sujo de terra, e bastante ferido, parece que a queda do alto da parede rochosa havia lhe machucado muito. Devido a estar ali o que o garoto faria? E o pokemon ferido o que ele faria a respeito?



Sun
Membro
Membro

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Draken em Qui Maio 25 2017, 23:20

Aquela ação pareceu tomar algum tempo; Bart sentia como se tivessem passado minutos desde que ele começara a engatinhar. Ou talvez tenham passado mesmo, não saberemos. Mas o rapaz conseguiu cruzar o arbusto com sucesso, colocou-se de pé e limpou as folhas de sua roupa. Levou um tempo até achar o verme vermelho com seus olhos, e foi quando percebeu uma movimentação estranha. Várias criaturas se esconderam logo que o treinador se fez presente, e as poucas que sobraram pareciam proteger algo. Oz surgiu de trás do seu parceiro e analisou a situação. Escutou a verbalização do Wurmple, que parecia estar convencendo de que o humano poderia ajudar. Ajudar em quê? Seu grande olho então avistou uma figura esparramada atrás do cerco protetor de monstros e soltou um grunhido metálico

- O que está acontecendo...?

Só então o viajante percebeu a criaturinha que estava deitada no pé do rochedo. Os outros bichos pareciam ter chegado a uma espécie de acordo, e a barreira pokémon se desfez. Bart conseguiu ter uma boa visão do que estava acontecendo: aquilo não era um monstrinho deitado, ele estava todo ferido e sujo. O rapaz logo correu para o lado daquele machop e ajoelhou-se rapidamente. Olhou com atenção cada parte do corpo do lutador humanoide e nada parecia quebrado, mas parecia ter se machucado. Arrancou a manga esquerda da sua camisa e começou a limpar o pokémon.

- Ele está muito ferido! O que aconteceu?

Bart nem esperava uma resposta; precisava agir rápido, e não é como se falasse a língua dos pokémon, então jamais teria certeza do que os bichos estariam tentando lhe dizer. Trabalhava com cuidado no monstrinho de bolso, limpando da forma mais hábil que conseguia, apesar de suas mãos tremerem e o estado de nervosismo em que se encontrava. Sentia um misto de angústia e medo. Ver essas criaturinhas sofrendo realmente mexia com o rapaz. Enfiou a mão na bolsa e pescou um dos itens que recebera de Mark no dia anterior, uma poção, e preparou-se para aplicá-la no machop.

- Galera, isso aqui é um remédio que vai deixá-lo fora de perigo. - Explicou enquanto tirava o lacre do objeto. - Não vou machucá-lo, prometo.

Enquanto tentava acalmar os outros pokémon, Bart espirrou a solução curativa em diversas partes do humanoide da forma mais rápida e eficaz que poderia conseguir naquele momento. Dobrou a manga rasgada em um quadrado e colocou sobre a barriga do machop. Olhou mais uma vez para a platéia e seus olhos eram brancos, sem nenhum brilho aparente, mas convergiam uma seriedade e preocupação sincera. Ajeitou o ferido e preparou-se para pegá-lo no colo.

- Oz, vê com eles se existe algum centro pokémon ou algum outro lugar que eu possa levá-lo para ser curado!

Caso os monstrinhos não soubessem de nada, Bart já estaria preparado para correr para o hospital de Mauville. Não entendia muito de medicina, mas queria ver o pequeno fora de perigo logo. Conheceu alguns machops na Iron Island e gostava da ingenuidade infantil deles, então ver aquela cena mexeu bem mais que o necessário com o rapaz.
avatar
Draken
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Sun em Sab Maio 27 2017, 10:44


#01 Étude, Op. 01: Beginning
Vamos nos divertir humano!
O pokemon relutou para a aproximação do humano, mas por fim deixou o mesmo lhe carregar. Oz tentava se comunicar com os outros pokemons para saber onde poderiam conseguir ajuda, e a resposta foi que seria apenas na cidade. Quando o garoto se virou para o muro, ele tinha uma abertura, parece que os pokemons gostaram da ajuda dele que ele não precisaria se machucar para sair do local.

Enquanto seguia rapidamente para o Centro Pokemon de Mauville, o jovem trombou com algo que lhe surgiu de repente na frente.

- Ai minha cabeça.. - a garota disse colocando a mão na cabeça, parecia um pouco zonza, e logo se levantou - Você não presta atenção por... - ao notar o Machop machucado a garota fica desesperada - O que houve? Não vai me dizer que você fe...- antes de finalizar a fala é interrompida pelo gemer de dor do pokemon.

Ela então, pega sua mochila, e a abre - Vejamos no que eu posso ajudar.. - a garota mexia loucamente na sua bolsa, até que encontra um potinho onde possuía algo verde. - Coloque-o no chão, alias meu nome é Anna Blewsh, sou criadora - ela terminou de falar pegando o pokemon das mãos do garoto e começou a passar aquela pasta verde no pokemon. - Oque houve com ele? -



Sun
Membro
Membro

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Draken em Sab Maio 27 2017, 18:09

Após alguma desavença, o rapaz finalmente conseguiu erguer o monstrinho no colo. Não conseguiu a resposta esperada e já estava preparado para correr até Mauville. Olhou para o seu parceirinho metálico um tanto aflito, com medo de não chegar no hospital a tempo. Respirou fundo e balançou a cabeça fortemente, pensaria nisso quando a hora chegasse. Virou-se para o muro mais uma vez e viu que os pokémon lhe indicavam a saída, um meio mais rápido de sair dali sem machucar a criatura em seu colo. Sentiu um alívio interno e começou a correr.

- Vamos Oz!

O magnemite fez algumas reverências para os bichos que ficaram e disse que logo mais estariam de volta; sua intenção era tranquilizá-los para que não ocorresse nenhum mal entendido. Certo disso, deu meia-volta e disparou como uma bala para acompanhar seu treinador. O rapaz corria como quem carregava quase vinte quilos no colo conseguiria correr; tinha uma certa vantagem sobre outras pessoas porque sua especialidade era peso, mas ainda assim não era muito fácil. Num desses momentos de medo de deixar o machop cair, não notou o que estava em sua frente e trombou com tudo. Girou seu corpo no ar pra proteger o monstrinho na queda e sentiu o impacto com as costas.

Bart escutava alguém ralhando com outrem, mas não conseguia interpretar muito bem a situação ainda. Sua cabeça girava muito e seus ouvidos pulsavam fortemente. Tinha batido a cabeça no chão. Isso não era bom. E seu magnemite? E o machop que carregava no seu colo? Sentou-se muito rapidamente e o canto de suas vistas escureceu, estava perto de desmaiar. Respirou fundo e tentou focar seus olhos em algo, e viu uma moça que se colocava de pé em sua frente. Os longos cabelos castanhos dela lhe chamaram atenção imediatamente. O rapaz ainda sentia-se um pouco estranho, mas já estava voltando ao seu estado normal. Conseguiu escutar as palavras ajudar, Anna e criadora. Começou a experimentar uma terrível inquietação quando a garota pegou o pokémon do seu colo, e misturando ao seu nervosismo quando está perto de uma garota, o treinador tinha certeza de que não estava nada bem. Oz surgiu de seu lado e ajudou-o a se levantar.

- V-v-você sabe o que está f-fazendo? - Perguntou com uma voz trêmula e cabeça um tanto zonza. - Essa c-criança está muito m-machucada. P-pelo que pude entender, ele p-parece t-t-ter caído do topo de um rochedo.

Viu que ela passava algo verde no humanoide lutador e ficou um pouco nervoso, não entendia o que ela estava fazendo.

- Acho m-melhor levá-lo ao-ao hospital pokémon.

Agachou-se do lado do machop e tinha realmente a intenção de levá-lo embora, a menos que aquela garota conseguisse lhe convencer de que ela daria conta de curá-lo ali.
Off:
RIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIN <3 <3 <3
avatar
Draken
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Sun em Dom Maio 28 2017, 15:07

#01 Étude, Op. 01: Beginning
Vamos nos divertir humano!
OFF:
kkkk
- Ta tudo bem eu sei o que estou fazendo - ela limpou o suor da testa com a costa da mão - Vai funcionar não ser que ele esteja com algo quebrado, irá demorar mais do que em um centro pokemon, mas vai melhorar - ela terminava de passar a mistura no pokemon enquanto o garoto ainda falava.

- Se quiser pode leva-lo você que sabe - ela fechou o pote e limpou as mãos com o pano e ficou olhando o pokemon. Machop ainda machucado perecia estar melhor do que antes. A garota então guarda as coisas na mochila, e se levanta - Tome cuidado na próxima vez que estiver andando loucamente dentro de uma floresta. - ela terminou de falar e começou a se afastar do garoto, parecia estar brava.

Machop se levantava e olhava para Oz agradecendo, mas logo cai de joelhos, era notável que ele precisava descansar. A garota então ia andando entre as árvores, saindo de vista do jovem, nessa hora Machop fez força e se levantou, começou a andar em direção oposta a garota, ia andando se segurando nas árvores. O que ele faria? De quem ele iria atrás?


Sun
Membro
Membro

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Draken em Seg Maio 29 2017, 10:22

Se não fosse pela cor que começara a voltar para a pele do machop, o rapaz teria carregado o pokémon rapidamente para um hospital apropriado. Sentia-se mal por ter duvidado da garota, ainda mais porque, aparentemente, a mistura verde pastosa que ela passara no monstrinho estava surtindo efeito. Estava andando de um lado para o outro há alguns instantes, e já estava suando muito. Seu nervosismo tinha alcançado o pico dos nervosismos, e um bicho todo machucado sob sua responsabilidade não deixava nada melhor. Nunca tinha interagido por tanto tempo com uma garota, e Bart só reparara nisso naquele momento. Agachou-se do lado do humanoide lutador para checar seu estado e percebeu a movimentação da viajante.

- O-obrigado Anna. - Disse, controlando-se muito para não gaguejar descontroladamente. - E, hã, desculpa pelo t-trombão. Ver o machop nesse estado me fez perder um p-p-pouco da noção. E desculpa por ter d-duvidado de você também, o-obrigado mesmo.

Bart inalou uma quantidade massiva de ar pelo nariz; seus pulmões permaneceram inflados por um instante, e ele logo expirou pela boca. Estava um pouco mais calmo. A luz que refletia na pele do pokémon machucado mostrava para o treinador que, apesar de vagarosa, uma melhora era evidente. Aquilo lhe tranquilizou. O lutador ergueu-se com um pouco de dificuldade, e chegou a cair de joelhos uma vez. O jovem correu para ajudá-lo, mas era claro que a criatura precisava de um bom descanso. E a transeunte que lhe ajudara estava indo embora sem que nem tivessem conversado direito. "Aaaah, eu sou muito ruim nisso!"

- ANNA! O MACHOP SE LEVANTOU E ESTÁ INDO POR AQUI! - Gritou.

Não sabia se teria uma resposta da moça, mas não podia deixar o pokémon sozinho, não naquele estado. Pegou um galho, desenhou uma seta no chão que apontava para a direção que o monstrinho lutador seguia e olhou para o seu parceirinho de metal. Ambos menearam a cabeça num acordo mútuo silencioso e começaram a seguir o bicho, que andava com dificuldade.
avatar
Draken
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #01 Étude, Op. 01: Beginning

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum