Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Mr.Gunner em Qui Set 07 2017, 19:30

O garoto havia acabado de sair de sua cidade natal, ao lado de seu pokemon, companheiro e melhor amigo, no caso, amiga, como a enfermeira Joy havia falado, se tratava de uma Misdreavus fêmea, mas isso não mudara a fato de ser sua melhor amiga, o garoto estava entrando na floresta de petalburg wood, o mesmo olhou atentamente para dentro da floresta escura e em seguida olhou para sua companheira, com um sorriso simples e simpático começou a caminhar ao lado da mesma

-parece que nossa jornada ja começa nessa floresta escura...isso pode ser bom pra você Mis, você parece gostar desses lugares escuros

o garoto rio com o comentário que havia feito para Misdreavus, e pela expressão que Misdreavus havia feito, parecia que ela tinha entendido o que o garoto tinha falado, enquanto caminhava o garoto se via em meio a grandes árvores, para não se perder ali dentro o garoto pegou sua pokedex olhando o mapa da região em que estava

-Mis, parece que naquela direção fica a cidade de Rinshin, que tal começarmos por la, pode ser legal

o garoto falava com seu pokemon enquanto andava na direção da cidade de Rinshin, mas sabia que ainda tinha um longo caminho a percorrer, e que não iria ser fácil chegar la
avatar
Mr.Gunner
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Selene em Sab Set 09 2017, 14:04





INTO THE WOODS
Quando acordei, a lua ainda pairava, a noite tão negra que a escuridão cantarolava


Um novo iniciante pairava pela floresta de Petalburg obscura e ausente de luz, a noite estava agradável para iniciar uma jornada com Misdreavus. Algusn barulhos aconteciam ao redor, mas nada muito agravante. O jovem tinha um objetivo e este era chegar na cidade de RInshin, mas poder chegar lá com vida não seria fácil quando a longa noite chegar e assombrar tudo. O novato estava preparado para enfrentar riscos que ele nem mesmo imaginaria?

OFF escreveu:Oi Gunnerc: Serei a sua narradora, espero que goste do plot que eu tenho planejado para você!

Template by Freya, don't copy bitch!

_________________
avatar
Selene
Estagiária de Moderação
Estagiária de Moderação

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Mr.Gunner em Sab Set 09 2017, 14:38

O garoto começou sua caminhada pela floresta escura, mas o medo que deveria tomar seu corpo era amenizado pela sua companhia, o garoto o Misdreavus caminhavam juntos enquanto algumas histórias eram contadas para ver se o tempo passava mais rápido, mais era algo que aparentemente não estava dando muito certo, o garoto andava por entre as árvores enquanto olhava atentamente que elas formavam um grande zig zag, e isso despertou certo desejo de aventura no garoto.

-Vem Mis, olha...aqui parece ser um bom lugar pra começar nosso treinamento, se a gente correr por entre essas árvores aposto que vai te ajudar muito durante as batalhas em lugares fechados assim.

O garoto começou a correr ao lado de sua Misdreavus enquanto olhava pro chão procurando não cair ou tropeçar em alguma raiz no chão, o garoto poderia deixar sua Misdreavus treinar sozinha, mais algo dentro dele dizia que iria ser mais emocionante se eles treinassem juntos nessa jornada longa.

-veem Mis, mais rápido, você consegue, você so precisa flutuar em zig zag

O garoto falava em um tom alto suficiente para sua pokemon o ouvir claramente, buscando palavras animadoras para fazer a mesma se divertir enquanto treina.


Off : Ola, espero que a gente se diverta muito ^^
avatar
Mr.Gunner
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Selene em Sab Set 09 2017, 15:34





INTO THE WOODS
Quando acordei, a lua ainda pairava, a noite tão negra que a escuridão cantarolava


O rapaz andava pela floresta junto de sua Misdreavus e logo deparavam-se com uma situação inusitada. Dois Wurmples estavam jogados no chão e com eles havia um Silcoon que chorava pela morte dos dois irmãos mais novos. O que o treinador e sua Misdreavus podiam fazer?

OFF escreveu::3

Template by Freya, don't copy bitch!

_________________
avatar
Selene
Estagiária de Moderação
Estagiária de Moderação

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Mr.Gunner em Sab Set 09 2017, 16:27

Enquanto corria ao lado de seu pokemon por entre as arvores, o garoto para bruscamente ao ver a cena triste em sua frente, de dois pokemons mortos e um chorando, o garoto deu alguns passos lentos na direção do pokemon que chorava pela perda, se ajoelhou de frente para eles enquanto olhava a cena sentindo seu coração apertar.

-eu sei que ta triste, eu perdi minha família também, faz pouco tempo, e isso ainda me deixa muito mal, sei como voce deve ta se sentindo.

o garoto falava com o Silcoon a sua frente na esperança de que ele entendesse o que estava falando, logo o garoto viu sua Misdreavus ficar flutuando em volta dos dois pokemons mortos, o garoto olhou para ela entendendo o que ela queria dizer, logo o mesmo se aproximou de Silcoon calmamente para não assusta-lo e falou baixo.

-e melhor a gente tirar eles daqui, levar eles para algum lugar onde eles poderão descansar em paz, acho que eles iriam gostar.

O garoto falava com o Silcoon sem nem saber se ele estava o entendendo, mais ainda tinha esperança de poder ajudar ao menos um pouco.
avatar
Mr.Gunner
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Selene em Seg Set 11 2017, 14:12





INTO THE WOODS
Quando acordei, a lua ainda pairava, a noite tão negra que a escuridão cantarolava


O novato ajudava Silcoon e prestava as devidas condolências pelo falecimento dos dos Wurmple, mas o que não queria calar era: o que de fato aconteceu ali naquele lugar? Porque fizeram aquilo com aqueles pobres pokémon? O que o rapaz poderia fazer para ajudar? Silcoon estava de luto e ignorava o treinador, ela não queria se aproximar de nenhum humano. Talvez estivesse com medo do que o outro humano fizera ao seus filhotes?

OFF escreveu::3

Template by Freya, don't copy bitch!

_________________
avatar
Selene
Estagiária de Moderação
Estagiária de Moderação

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Mr.Gunner em Seg Set 11 2017, 21:22

O garoto olhou para Silcoon que se mantinha afastado, parecia estar com medo de se aproximar, após enterrar os pokemons mortos que estavam ali me levanto e olho em volta, a floresta ainda parecia a mesma, vazia e sem rastro de qualquer pessoa, exceto pelos pokemons mortos e pelo medo de Silcoon, o garoto se aproximou de Silcoon em passos lentos e se abaixou perto dele.

-ei...eu não vou te machucar, eu não sou mal como as pessoas que fizeram aquilo, eu não vou deixar nada de ruim acontecer com você, não se preocupe,pode perguntar ao Misdreavus.

O garoto olhou seu Misdreavus pedindo para que ele tentasse conversar com o outro pokemon, em seguida parou e ficou esperando alguma reação do Silcoon, qualquer coisa que mostrasse que ele estava entendendo que o garoto queria apenas ajudar.
avatar
Mr.Gunner
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Selene em Ter Set 12 2017, 15:28





INTO THE WOODS
Quando acordei, a lua ainda pairava, a noite tão negra que a escuridão cantarolava


As coisas não iam nada bem para o rapaz, tachado como malfeitor de pokémons por aquela Silcoon que não confiava mais nos humanos após o fatídico acidente com seus dois Wurmples falecidos. Misdreavus tentava convence-la da verdade, mas ela não acreditava na pokémon fantasma e então logo lançou fios de seda em ambos, agora eles estavam enrolados naqueles fios resistentes e não conseguiam sair. Isso fez com que a pokémon ganhasse uma brecha para escapar, como o treinador iria reagir a isso?

OFF escreveu::3

Template by Freya, don't copy bitch!

_________________
avatar
Selene
Estagiária de Moderação
Estagiária de Moderação

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Mr.Gunner em Ter Set 12 2017, 17:34

O garoto olhou para Silcoon a sua frente e logo mesmo o ataca usando seus fios de seda, o garoto mexeu os braços tentando sair daquele lugar mais em vão, o garoto olhou para seu Misdreavus preso também e sorriu.

-Mis, atravesse esses fios de seda, você e um tipo fantasma, você consegue atravessar paredes, não deve ser difícil, a gente precisa ir atrás daquele Silcoon, precisamos ajuda-lo

O garoto se empurrou ate uma pedrar no chão, pegando a mais fina que achasse, e em seguida começou a cortas os fios de seda para poder se livrar dali logo.

-Mis, não deixe aquele Silcoon fugir...conto com você

O garoto voltou a cortar as linhas o mais rápido que podia enquanto olhava sua pokemon.
avatar
Mr.Gunner
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Selene em Qua Set 13 2017, 15:03





INTO THE WOODS
Quando acordei, a lua ainda pairava, a noite tão negra que a escuridão cantarolava

A pokémon logo conseguia sair dos fios de seda de Silcoon e sobrevoava a procura de Silcoon, esta estava escondida e provavelmente não queria ser encontrado, seu estado era de preocupação já que ela estava com medo. O que o treinador faria?

OFF escreveu::3

Template by Freya, don't copy bitch!

_________________
avatar
Selene
Estagiária de Moderação
Estagiária de Moderação

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Mr.Gunner em Qua Set 13 2017, 15:32

O garoto logo conseguiu se livrar das teias de Silcoon, e se levantou indo atrás de seu Misdreavus, no meio do caminho pegou uma frutinha e foi seguindo as pegadas de Silcoon até ver o mesmo escondido, o garoto se aproximo devagar olhando o mesmo

-ouça Silcoon, eu sou seu amigo,  não quero te machucar nem nada

O garoto falou baixo perto de Silcoon enquanto estendia a frutinha na direção dele vendo se o mesmo iria pegar a frutinha

-aqui Silcoon, uma frutinha pra voce comer. ..deve estar com fome
avatar
Mr.Gunner
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Selene em Qui Set 14 2017, 20:43





INTO THE WOODS
Quando acordei, a lua ainda pairava, a noite tão negra que a escuridão cantarolava

A Silcoon observava o treinador aproximar-se e lhe entregar uma frutinha, mas ela aceitava de bom agrado e em sequência usou o seu jato de seda para lançar na face do jovem, ele grunhiu um pouco de dor, pois estava apertando muito a sua cara, mas ele encontraria uma brecha para sair dali. Misdreavus analisava tudo amedrontada, mas aguardava as novas artimanhas daquela pokémon.

OFF escreveu:~~

Template by Freya, don't copy bitch!

_________________
avatar
Selene
Estagiária de Moderação
Estagiária de Moderação

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Mr.Gunner em Qui Set 14 2017, 22:36

O garoto viu o pokemon pegar a frutinha e sorriu achando que finalmente estava se entendendo com o mesmo, e logo e atingido pelo tiro de seda do pokemon, após um pouco tento tentando puxar aquela seda para tirar de seu rosto o garoto caiu sentado no chão cansado, ele olhou para o pokemon e começou a rir sozinho enquanto olhava o mesmo

-você realmente me enganou desta vez Silcoon, eu sei que você não faz isso por mal, so esta com medo, mais ja disse, não precisa ter medo de mim.

O garoto pegou mais umas frutinhas e coloco perto de Silcoon, olhando atentamente para o mesmo, ele parecia estar cansado, depois de tanta fuga até o garoto estava se sentindo meio cansado, ele chamou Misdreavus para próximo dele e se deitou na grama ao lado de Silcoon

- ok Silcoon, se parar de tacar essa teia em mim eu paro de correr atrás de você

Ele falou em um tom calmo e gentil enquanto olhava Silcoon, o garoto pegou uma das frutinhas do chão e começou a comer também ao lado de Silcoon
avatar
Mr.Gunner
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Selene em Dom Set 17 2017, 16:02





INTO THE WOODS
Quando acordei, a lua ainda pairava, a noite tão negra que a escuridão cantarolava

O jovem tentava convencer a pokémon, mas ela ainda não sentia-se segura perto dele. Misdreavus tentava conversar ainda mais com ela e conseguia ao menos uma trégua por enquanto. Era visível no olhar da pokémon o seu sofrimento, perder dois filhotes não era uma coisa boa e talvez ela só iria descansar em paz quando ver o malfeitor preso na cadeia. O que o jovem faria para ajuda-la?

OFF escreveu:~~

Template by Freya, don't copy bitch!

_________________
avatar
Selene
Estagiária de Moderação
Estagiária de Moderação

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Mr.Gunner em Dom Set 17 2017, 18:24

O garoto olhava a expressão que o pokemon fazia, reconhecia nela a mesma expressão de frustração por não poder fazer nada, o garoto se sentou de frente para o pokemon enquanto olhava para o mesmo

-não vou deixar mais nada acontecer com você...eu prometo...vou fazer de tudo para pegar a pessoa que fez aquilo com seus filhotes

O garoto falou num tom baixo, enquanto olhava atentamente para o pokemon, o garoto se aproximou do pokemon a sua frente levando a mão até sua cabeça, ficou acariciando devagar enquanto ficava calado por alguns minutos apenas aproveitando o silêncio

-não se preocupe...eu e Mis iremos encontrar eles..cedo ou tarde eles irão pagar pelo que fizeram
avatar
Mr.Gunner
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta de Petalburg, o começo de uma jornada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum