Você chama de veneno, eu chamo de vida mesmo....

Ir em baixo

Você chama de veneno, eu chamo de vida mesmo....

Mensagem por Perriraz em Dom Abr 15 2018, 21:23

Off: Olá! Espero que seja um evento legal para ambos ^^

 Klaus olhava para a escultura em forma de Seviper sem entender muito o motivo dela estar ali, por falta de informação ou implicância, achava que seria melhor ela estar em Kanto ajudando a resolver todo o problema da inundação e não aqui fazendo um evento.

- Se é o que temos para hoje... Vamos ver até onde podemos chegar, não é? - dizia o jovem criador ajeitando a barra de sua calça sob os olhos calmos de Caim.

 O Vileplume, por outro lado, adorava a ideia desse evento ali e não era tão rabugento nesse sentido ou em processo de "taciturnização" como seu treinador. Não se importava com Kanto, Hoenn ou seja lá onde. Só queria estar junto e ajudar Klaus, até no inferno se for possível e se esse lugar existir mesmo.

 Barras dobradas para evitar tocar no chão e desgastarem - fazendo o criador lembrar de como sua mãe reclamava de suas calças com barras gastas ou sujas de barro - era hora de adentrar o local. Na mente do jovem ele se questionava o motivo de participar de outro evento com batalhas, sendo que não era seu forte, pendendo a balança vinha suas experiências que mostraram que mesmo não sendo bom e nem gostando das batalhas, precisava se fortalecer, nunca se sabe quando uma Arma Alfa pode surgir por ai. Calafrios...

 Barra limpa?

_________________
Coisas:


By Hayto



Prêmios:


avatar
Perriraz
Estagiário Senior
Estagiário Senior

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você chama de veneno, eu chamo de vida mesmo....

Mensagem por Artie em Ter Abr 24 2018, 17:40

Off:
Oie!
Que saudades, faz tempo que um de nós não narra o outro, né?
Espero que o evento seja divertido pra ambos!
E espero que, para o seu bem, meu lado sádico não se aflore muito.


E mais uma vez o destino levava Klaus para um caminho peculiar. Ele ainda não sabia ao certo o porquê, mas mais uma vez estava presente em um evento onde batalhas eram o foco principal. Sua indignação quanto a indiferença a Kanto era compreensível, mas talvez a calma de Caim pudesse ajudá-lo a aceitar melhor a situação. Quem sabe com a experiência que ele adquiriria ali ele não conseguiria futuramente salvar a sua terra natal?

O rapaz então adentrou o misterioso túnel em forma de Seviper e viu que sua entrada continha uma escada que o levava para o subterrâneo. Lá, várias pessoas uniformizadas recebiam treinadores e os encaminhavam para portas aleatórias. Não demorou muito para que uma mulher se encaminhasse até Klaus e desse boas vindas para ele:


- Seja bem-vindo ao Battle Pike! Aqui, você não é guiado apenas por seus instintos de batalha, mas também por sua sorte... Ou será que é o destino?

A mulher então o conduziu até uma porta branca com vários bordados dourados e lhe explicou a regra. Após passar a primeira sala, ele sempre teria duas opções de caminho a seguir. Se chegasse ao final, ele poderia enfrentar a dona do local e ganhar um prêmio por causa disso. A atendente então pediu para que Klaus equipar itens em seu pokémon caso precisasse. Dentro do desafio, ele estaria sendo monitorado e não poderia usar itens em momento algum.

Quais seriam as medidas que ele tomaria para se organizar? Já estaria pronto para o desafio? Que surpresas o aguardavam pelo caminho misterioso da serpente?

_________________
Prateleira de prêmios do Tutu ~



avatar
Artie
Administrador Chefe
Administrador Chefe

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você chama de veneno, eu chamo de vida mesmo....

Mensagem por Perriraz Ontem à(s) 17:59

Off: Meu Arceus, 50% feliz, 50% preocupado huauaauhuauhauha

 As explicações foram breves e logo o jovem podia avançar pelo local, para sua sorte já havia equipado os itens necessários em todo seu sexteto atual, um sexteto difícil de se construir levando em conta quantos monstrinhos de bolso, possuía no momento. A expressão pensativa combatia fortemente com a expressão feliz de seu Vileplume, muito mais espirituoso que seu dono ele era quase o protagonista dessas linhas, feliz por estar ali de onde não deveria nunca ser tirado. Do lado de Klaus.

 O criador, por outro lado, olha para o gramíneo com uma expressão estranha, como se visse algo muito interessante no mesmo: mesmo em seu último estágio ainda mantinha algo de Oddish em sua forma de levar a vida. Não deixar a criança morrer era a resposta para essa felicidade? Não era hora de questões filosóficas, olhou para o teto tentando lembrar se havia feito tudo que queria anteriormente e avançou pela primeira porta.

 Caim a seu lado e tudo em ordem.

_________________
Coisas:


By Hayto



Prêmios:


avatar
Perriraz
Estagiário Senior
Estagiário Senior

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você chama de veneno, eu chamo de vida mesmo....

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum