Hunger Games - Pokemon edition

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Moon_fire em Ter Jul 24 2018, 01:14



Depois de uma guerra que durou décadas, o mundo pokemon nunca mais foi o mesmo. O governo tinha se tornado uma ditadura, em que os recursos eram distribuídos para favorecer apenas os poderosos no comando, enquanto cada região, agora conhecidos como distritos, eram obrigados a trabalhar e servir de sustento para a poderosa capital.
Os pokemon também foram afetados. Depois de serem usados como armas, levando a extinção de várias espécies, os pokemon se tornaram menos amistosos e cada vez mais agressivos, chegando ao ponto em que era impossível conviver com a maioria e os únicos que permaneciam com os humanos eram os que eram domados duramente desde o seu nascimento, treinados para proteger o governo e seus interesses.
Com o passar dos anos uma revolução foi formada. Mesmo conseguindo utilizar alguns pokemon, a derrota dos revolucionários foi iminente. Como resultado disso, todos os anos eram selecionados "tributos", jovens de idade entre 10 e 18 anos para lutarem entre si até a morte, sendo assistidos por todos os distritos.

Em resumo, quero fazer um RPG off de jogos vorazes com pokemon aqui.

Regras e instruções:

- 24 personagens irão competir por suas vidas, mas apenas 6 players participarão (8 players e 16 NPCs);

- Os participantes serão separados em duplas e serão designados a distritos, como isso afetará o jogo não será revelado no momento;

- Os distritos serão decididos por mim no momento da inscrição, sem direito a alterações (para facilitar, espere receber seu distrito antes de fazer a ficha);

- Regras poderão ser alteradas durante o jogo, então fiquem atentos;

- Se surgir interesse ou falta dele, a quantidade de vagas poderá ser alterada;

- Em alguns momento espectadores (NPCs ou players acompanhando os jogos) poderão enviar presentes para ajudar algum dos participantes (esses itens podem ser enviados para players ou para outros personagens que também estiverem na arena);

- Players que estiverem no jogo não podem enviar itens, mesmo se seus personagens já estiverem mortos;

- A morte pode vir de várias maneiras, tenham isso em mente na hora de definir seu personagem ou fazer escolhas durante o jogo;

- O jogo acontecerá em um post que eu vou criar, já explicando como será a arena;

- Alianças entre players/npcs não são proibidas e não mudam o fato que apenas um poderá sair vivo;

- Se não responder dentro de 72 horas depois que o ultimo post foi deito será considerado que seu personagem ficou parado, correndo o risco de ser morto por algum dos participantes players ou NPCs;

-Personagens não começarão com pokemon;

- Vocês receberão 64 pontos para serem distribuídos na parte "Características", podendo colocar até 10 em uma única característica;

- Quando a narração começar, apenas as áreas "Itens" e "Status atual" poderão ser alterados. Qualquer outra alteração na ficha, sem permissão será desconsiderada;

-Qualquer duvida poste aqui ou envie MP.

Ficha:

Código:
[b]Nome:[/b]
[b]Idade:[/b]
[b]Distrito:[/b]
[b]Descrição:[/b]
[b]Personalidade:[/b]
[b]História:[/b]
[b]Características:[/b]
Força:
Destreza:
Inteligência:
Sabedoria:
Carisma:
Resistência:
Furtividade:
Natação:
Concentração:
Usar cordas:
Sobrevivência:
Luta com armas:
Luta desarmada:
Conhecimento sobre venenos e antídotos:
Conhecimento sobre a natureza:

[b]Itens:[/b] (opcional) (só pode ser preenchida com os itens que forem entregues por mim durante o jogo)
[b]Status atual: (opcional) (preenchido com as condições do personagem durante o jogo)[/b]

Distritos:

Distrito 1: Artigos de Luxo.

É um dos distritos favoritos da capital, pois produz artigos de luxo, como joias, pedras preciosas, roupas e maquiagens para a classe alta de Panem. O nível de vida no Distrito Um é bom e as pessoas quase não passam fome. As crianças só trabalham após os 16 anos e são treinadas desde cedo nas mais diversas técnicas para um melhor desempenho durante os Jogos Vorazes.

Distrito 2: Alvenaria e Armamentos.

Construído entre montanhas e pedreiras, este distrito explora a extração de pedras para construção. Entretanto, também formam candidatos a Pacificadores e possuem industrias responsáveis pela construção de armamentos, trens e suplementos para a força militar de Panem. Vulgarmente, o Distrito Dois é chamado de "bichos de estimação" da Capital. As crianças mais fortes são bem alimentadas e treinadas, visando tornarem-se Pacificadores ou Vitoriosos nos Jogos Vorazes. Após os Dias Escuros, o Distrito 2 foi recompensado com um tratamento diferenciado da Capital, recebendo melhores moradias e alimentos. Apesar disso, os trabalhadores sofrem tanto quanto os demais distritos para explorar as pedras das minas.

Distrito 3: Tecnologia.

Aqui a educação é voltada para os diversos campos da engenharia, na construção de gênios capazes de manter o nível futurista da Capital. A industria do Distrito Três é voltada a eletrônica, computação, automóveis e armas de fogo. A vastidão de industrias localizada aqui contribui para o pior problema local: a poluição. As condições de trabalho não são boas e o povo passa fome. Antes dos Dias Escuros, era o Distrito mais rico de Panem.

Distrito 4: Pesca.

É uma vasta faixa de terra no litoral sul de Panem. Este Distrito é encarregado de explorar o mar em busca de peixes e alimentos marinhos. As crianças aprendem cedo o ofício com os pais, trançando redes, usando arpões e mergulhando no mar agitado. A maior parte do que produzem é enviado para a Capital, porém ainda sobra bastante para a alimentação dos seus habitantes. Aqui as crianças também são treinadas especificamente para os Jogos Vorazes.

Distrito 5: Energia.

É uma pequena área, com poucos habitantes. É onde são geradas as fontes de energia elétrica, solar e nuclear. A energia é enviada principalmente para a Capital, partilhando apenas uma pequena parcela com os demais Distritos. É raro que as crianças daqui necessitem de tésseras para sobreviver. É o único dos Distritos onde a energia elétrica está presente 24 horas por dia, o que também significa que suas cercas mantém-se eletrificadas durante todo o tempo.

Distrito 6: Transporte.

Esta é a área onde são produzidos a maioria dos meios de transporte de Panem, principalmente os aerodeslizadores, os trens de alta velocidade e os trens de carga. Apesar disso, nem mesmo os trabalhadores tem direito a desfrutar de suas criações. Por dedicar-se apenas à objetos dos quais não tem acesso, sem uma produção de alimento própria, os habitantes do Distrito Seis sobrevivem com dificuldade.

Distrito 7: Madeira.

Ocupando uma grande área arborizada, principalmente por pinheiros, o Distrito Sete é responsável pela extração de madeira e produção de papel. Os habitantes aprendem cedo a manejar as ferramentas de trabalho, como machados, serras, martelos, etc. Mesmo o trabalho infantil é bastante utilizado.

Distrito 8: Indústria Têxtil.

A principal industria da região é a têxtil, produzindo tecido para a capital e para os demais distritos. Produzem e colhem o próprio algodão e ovelhas, além de serem capazes de produzir outros tipos de tecidos artificiais nas fábricas. Existem fábricas especializadas em produzir os trajes dos Pacificadores. O pagamento pelo trabalho nas fábricas são baixos, exigindo que grande parte dos residentes cumpram jornadas duplas de trabalho para sobreviver.

Distrito 9: Distribuição Agrícola.

Este Distrito é encarregado da produção de grãos de várias espécies. Daqui sai o trigo, milho, feijão e outros grãos que, além de chegar a Capital, também formam a base da alimentação cedida aos Distritos. São superexplorados, obrigados a trabalhar da forma mais rentável possível. Além dos campos de cultivo, grande parte do Distrito é constituído por fábricas especializadas no tratamento dos grãos.

Distrito 10: Pecuária.

É uma área quase que exclusivamente rural, destinada a criação de pokemon para o abate. A maior parte do alimento produzido aqui segue para a Capital, deixando os habitantes na miséria. Os rebanhos são rigorosamente conferidos pelos Pacificadores, havendo cotas que todas as famílias devem produzir. Os crianças do Distrito Dez sabem manejar lâminas e estão habituadas com o sangue e a matança de outros seres vivos, o que os torna Tributos perigosos durante os Jogos Vorazes.

Distrito 11: Agricultura.

É destinado a agricultura. É conhecido por seus campos imensos, com florestas, plantações e jardins. Apesar de haver bastante alimento, a população é explorada ao extremo, especialmente nos tempos de colheita. O trabalho pesado, carregando frutas e sacos de sementes por uma longa distância, torna os habitantes fortes fisicamente. Crianças geralmente são utilizadas para alcançar frutos nos galhos mais altos e frágeis das arvores. Comer a produção durante o trabalho é um crime, punido com chicoteamento em praça pública. Grande parte dos habitantes do Distrito Onze possui a pele escura.

Distrito 12: Mineração.

Um dos distritos mais pobres de Panem, produtor de carvão. A maioria dos habitantes trabalham nas minas, enfrentando o perigo de um local sem condições para sua saúde. A precariedade do distrito é tanta que muitos utilizam um sistema de troca de produtos para sobreviver. Nos Jogos Vorazes são sempre motivo de riso e geralmente estão entre os primeiros a perder a vida.

Lista de inscritos:

- Matt / Distrito 3
- Haruki / Distrito 6
- Lua_water / Distrito 8
- Luch / Distrito 9
- Gaulvists / Distrito 10
-  
-


Atenção!
Esse RPG irá conter violência, morte e sangue. Jogue/acompanhe por sua conta e risco.


Última edição por Moon_fire em Qua Ago 01 2018, 17:26, editado 14 vez(es)
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Luch em Ter Jul 24 2018, 01:24

Nome: Luch Valassa Dracolindo
Idade: 17 anos
Distrito: 9

Descrição: Um rapaz franzino, mas bem alto. Possui uma aparência descuidada e não costuma se importar em usar roupas arrumadas. Não possui aptidões físicas relevantes e foi considerado inapto para o trabalho no campo por conta disso. Seus cabelos negros são grandes, cobrindo parte dos olhos constantemente. Possui uma tosse que nunca some, o que demonstra sua fragilidade de saúde. Apesar das dificuldades, as pessoas dizem que seus olhos azuis, um tanto opacos, demonstram esperança diante das dificuldades e por isso é considerado um lutador por quem o vê vivendo dia após dia, mesmo em uma situação tão terrível.

Personalidade: Luch não gosta de pessimismo e costuma interagir com facilidade mesmo com estranhos, buscando entender suas história e seus sentimentos com certa curiosidade. Não gosta de se abrir sobre seus problemas, tentando esconder ao máximo quando tem dor ou quando está fraco, o que lhe causa alguns problemas de saúde mais agravados. Está sempre pensando no próximo, ajudando no que for possível para alimentar algum vizinho, amigo e principalmente sua própria família. Como foi considerado inapto para o trabalho no campo, conseguiu um bico de "garoto de recados", levando informações de trabalhadores na colheita para capatazes e até mesmo para funcionários dos silos. Tem uma capacidade organizativa muito boa e alguns afirmam que poderia ser um bom administrador dentro do Distrito 9, conseguindo uma qualidade de vida melhor para sua família. Isso se conseguisse sobreviver até a fase adulta, já que parecia ser bastante doente.

História: Filho de dois camponeses, Luch nasceu em condições de extrema pobreza. Seus pais não tinham capacidade de alimentá-lo como deveriam e por isso se manteve razoavelmente desnutrido por boa parte da infância. Conseguiu chegar até a adolescência aos trancos e barrancos, mas é notavelmente doente e fraco, apesar de possuir um raciocínio lógico bastante desenvolvido. Com seu bico de "garoto de recados", o rapaz consegue levar um pouco mais de comida para a mesa de casa, mas ainda não se alimenta como deveria, para que sempre sobre mais alimentos para seus pais. Na única vez que conseguiu se consultar com um médico no Distrito 9, descobriu que tinha raquitismo, por isso as pernas são relativamente tortas e fracas desde a infância. Foi receitado a Luch uma complementação vitamínica, mas pela dificuldade de obter tal medicamento, seu tratamento é continuamente interrompido e os efeitos são mínimos em sua recuperação.

Luch é sempre visto sorrindo, possuindo uma forte afinidade com os Pokémon. Infelizmente as criaturas selvagens não existem mais livremente e a única interação que tem é com Tauros e Bouffalants a serviço da Capital, que fazem a transferência dos cereais até a Estação de Trem para serem escoados até o centro do governo. Por serem domados de forma dura e desumana, acabam sendo de difícil contato, mas o otimismo do rapaz acabam por conseguir tocá-los de alguma forma. Isso acaba atraindo o ódio de alguns Pacificadores, os quais acreditam que esta atitude apenas enfraquecem as criaturas.

Desde muito cedo Luch coloca seu nome o máximo de vezes possível na Colheita para conseguir suprimentos extras para casa. Ele sempre passou a adolescência inteira acreditando ano após ano que seria chamado, mas esse momento só chegou quando começava a ter esperanças de que já não seria mais um tributo. Em uma tarde fria, típica dos dias de Colheita, o rapaz de olhos fortes encarava a urna e tentava fazer em vão a conta de quantos papéis com seu nome deveriam estar ali. Na Praça haviam poucas pessoas, apenas jovens e os moradores que foram permitidos deixar o trabalho... Teoricamente era proibido trabalhar no dia da Colheita, mas as regras já deixavam de ser seguidas há muito tempo em um local tão afastado da Capital como o Distrito 9.

Quando o nome de Luch foi chamado, o rapaz demorou um tempo para aceitar que seu destino já havia sido selado. Um grito foi ouvido na multidão vindo de uma desfalecida senhora, mãe do menino. Luch apenas a observou estático e sorriu. Um sorriso que qualquer um diria ser verdadeiro, mas que não tinha motivo algum para existir. Então, com um acesso de tosse, o rapaz subiu até o palco e foi apresentado para os presentes. Sem ter muita força para falar e ainda lutando contra o próprio engasgo, Luch disse apenas teve tempo de dizer seu nome antes de ser rapidamente arrastado para o interior do Prédio da Justiça. Não demorou muito para a sua família vir visitá-lo. Seu pai estava desolado, mas ainda conseguia conversar, diferente da sua mãe que só chorava e lamentava a própria vida em meio a tanta desgraça.  Depois de poucos minutos e com bastante truculência, o filho foi afastado dos pais já que o tempo de contato havia chegado ao fim. Luch foi levado pelos Pacificadores até a locomotiva que o transportaria para o abate, como se fosse um Pokémon do Distrito 10. Seu fim começava aqui.

Características:
Força: 0
Destreza: 4
Inteligência: 7
Sabedoria: 9
Carisma: 7
Resistência: 1
Furtividade: 7
Natação: 3
Concentração: 10
Usar cordas: 0
Sobrevivência: 8
Luta com armas: 0
Luta desarmada: 0
Conhecimento sobre venenos e antídotos: 3
Conhecimento sobre a natureza: 5

Itens:
Status atual:


Última edição por Luch em Ter Jul 24 2018, 20:21, editado 1 vez(es)
avatar
Luch
Estagiário
Estagiário

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Matt em Ter Jul 24 2018, 01:25

Nome: Arthur Abbot

Idade:17 Anos

Distrito: Distrito 03

Descrição:
Possui o típico tom de pele daqueles que no Distrito 3 vivem, sendo este um pouco acinzentado. Talvez, acredita o jovem rapaz, tal fenômeno deva-se pela grande quantidade de poluição liberada pelas diversas fabricas que ali se fazem presente. Em seu cotidiano, é comum vê-lo em péssimo estado, seu rosto sempre coberto de fuligem e/ou graxa, e suas vestes em igual situação. Contudo, por baixo de toda a sujeira de sua ocupação, ou seja, quando limpo, Arthur ostenta uma belíssima aparência e um físico agradável, apesar de não ser tão musculoso. Tá, o jovem é de causar inveja em qualquer um, fazer o que. Possui um sorriso simplesmente encantador, e sabe bem, pode conseguir qualquer coisa com um sorriso cativante e sensual junto de uma piscadela de seus olhos verdes claros e um rápido ajeitar de seu cabelo castanho.

Personalidade:
É um garoto pacífico e suave, de fala mansa e tranquila. Ou ao menos é isto o que permite transparecer aos outros. É em verdade uma pessoa muito confiante, porém o que tem de confiança lhe falta em determinação. É um autodidata que julgando desnecessário o tempo e o esforço de seus pais para mantê-lo na escolha, decidiu por abandonar os estudos já a um bom tempo, mesmo que em contradição com seus pais, físicos experimentais à trabalhar incansavelmente em uma das fábricas do distrito. Livre de ter de se preocupar com o dia a dia de uma escola, o jovem rapaz escolheu a carreira que mais lhe parecia adequada a seus pensamentos. Não passava de um simples faz tudo, um Reparista, que vivia a realizar pequenos trabalhos manuais às fábricas e também nas casas dos residentes do distrito quando necessário, daí surgindo toda a fuligem e graxa a lhe cobrir. Simpático e galante, ambos traços de personalidade a seus extremos.

História:
Autodidata, Arthur é o mais velho de dois Filhos de dois físicos experimentais. Todos esperavam que o rapaz seguisse o mesmo caminho de seus genitores, ainda mais quando levado em consideração o grande potencial que detinha, possuidor de uma capacidade incrível de memorização e raciocínio, cumulado com sua aparência belíssima. Contudo, nem tudo parece sair como esperado. Seus pais, por suas ocupações e à carga horária extensa e abusiva que tinham de cumprir, terminavam por deixar o jovem à solidão. Mas como poderia reclamar disto a seus pais se isto era em verdade uma obrigação que lhes parecia imposta. Ou era isto, ou sequer teriam do que alimentar-se. Se podia ostentar um físico razoável, não esquelético, devia isto a seus pais. E ainda assim, o gasto que tinham com Arthur e a escola à qual haviam lhe enviado, não pareciam condizer com a realidade... Resolvera então abandonar os estudos e seguir uma profissão com a qual, apesar de sua remuneração medíocre, ao menos auxiliava na situação cotidiana e evitara os gastos desnecessários de seus pais, que apesar de serem contra à esta decisão tomada, sentiram um peso aliviar-se de seus ombros.

- Veja só. Mamãe e Papai são verdadeiros gênios. Contudo... De que lhes adianta? Usar de seus dons apenas para receber em troca uma condição mínima e precária de vida? Em troca de que? Produzir alguns brinquedinhos à capital? Baboseira! - É o que o rapaz tentaria, em justificativa de seu abandono aos estudos, expor ao mundo, e a todos em seu distrito. Isto é, tentaria expor caso não vivesse em uma realidade tão manipuladora quanto a que se fazia presente. Ao proferir estas palavras o jovem rapaz.

Agora, já faziam quase 3 (três) anos desde que tomara sua decisão, da qual não se arrependera em momento algum. Continuava seus estudos com o pouco tempo livre que seus pais tinham, já que estes eram tão capacitados quanto qualquer um à sua escola. A atividade física de sua ocupação lhe permitira a manter seu físico, ao mesmo tempo em que, mesmo por baixo de toda a fuligem, seu sorriso era capaz de fazer qualquer uma se apaixonar. Relacionar-se nunca fora problema para o rapaz, que em verdade, sempre sentira a necessidade de ter alguém a seu lado, mesmo que fosse por pouco tempo. Nunca tivera muito contato com estes tais pokémons, que pareciam mais serem temidos por muitos, apesar de saber que alguns, em especial os tipos Elétricos e Metálicos, eram usados nas fabricas.

Como de Praxe, uma vez por ano ocorria a colheita, na qual, até a presente data, não havia sido sorteado, ou se voluntariado, apesar da crescente vontade. Certa vez até expos o pensamento a seus genitores, contudo, o resultado não fora como esperado, terminando com seus pais em fúria, afinal, a fama do Distrito 3 na competição não parecia ser das melhores. Contudo, isto não afastou sua esperança e desejo de sair daquele lugar junto de sua família... Eis que, no ano em completara seu Décimo Sétimo aniversário, antes mesmo da data da colheita, já tinha plena certeza da escolha que iria tomar. Voluntaria-se para participar da competição, afinal...

Desejava sim retirar sua família desta situação de miséria e pobreza... Mas seria egoísta demais dizer que simplesmente não desejava mais viver nesta condição e submeter-se simplesmente aos desejos imundos da capital? De que adiantaria crescer, e ser praticamente escravizado por eles? Logo, por opções, sim, talvez um pouco egoístas, desejava vencer a competição, aquele joguinho, ao qual estava disposto a fazer o possível para vencer, e iria definitivamente usar de seus melhores atributos para tal. Seu carisma e sua sabedoria.

Características:
Força: 5
Destreza: 2
Inteligência: 6
Sabedoria: 9
Carisma: 10
Resistência: 3
Furtividade: 0
Natação: 1
Concentração: 0
Usar cordas: 0
Sobrevivência: 5
Luta com armas: 2
Luta desarmada: 5
Conhecimento sobre venenos e antídotos: 8
Conhecimento sobre a natureza: 8

Itens: (opcional) (só pode ser preenchida com os itens que forem entregues por mim durante o jogo)
Status atual: (opcional) (preenchido com as condições do personagem durante o jogo)


Última edição por Matt em Qua Jul 25 2018, 10:58, editado 1 vez(es)
avatar
Matt
Aprendiz de Gym - Dark
Aprendiz de Gym - Dark

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Artie em Ter Jul 24 2018, 01:25

Deixo esse post aqui de inscrição, no aguardo do meu distrito para desenvolver meu personagem. o/

_________________
avatar
Artie
Administrador Chefe
Administrador Chefe

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Haruki em Ter Jul 24 2018, 01:29




Nome: Lauren Wantorch
Idade: 16 anos
Distrito: 6
Descrição:
A jovem possuí cabelos longos e pretos, além de belos olhos azulados, que nunca deu muita importância, uma vez que sua aparência sempre foi a última das prioridades. Está na altura mediana entre as mulheres do Continente, mas é considerada alta em seu distrito, já que as demais garotas não conseguem atingir o tamanho mediano com frequência. É considerada atrativa e sua aparência causa uma falsa impressão de simpatia, que não é o forte da menina.

Como a maioria dos habitantes do Distrito 6, Lauren é magra, mas não por falta de comida como os demais casos, e sim pelas jornadas duplas que precisa fazer para suprir o vício da sua mãe em morfina. Usa roupas simples, pois só tem o suficiente para comprar comida e os medicamentos, e outras substâncias, que sua progenitora a força.

Personalidade:
Lauren é astuta e controlada, apesar de todos os sofrimentos diários. Tem um espírito rebelde, contido pelas agressões psicológicas e físicas da mulher que precisa chamar de mãe. É determinada e segura de si, não vendo a hora de ver livre de casa, mesmo que isso custe sua própria vida. Ela acredita que a alma das pessoas são libertadas após a morte, até mesmo as das pessoas da Capital, embora algumas sejam castigadas e se perdendo no pós-vida.

A morena não gosta da situação vivida dentro do seu Distrito, sabendo que sua população tem menos comida disponível que os principais, considerados animais de estimação da Capital, e onde elas são cultivadas, como o 11 e o 4, o que já lhe rendeu algumas repreensões físicas e verbais de pacificadores.

Ela detesta a reputação que o seu Distrito tem graças aos Morphilings, pois seu trabalho secundário é a fabricação de medicamentos, que deveria ser a função da sua mãe, e graças à isso ela pôde acompanhar de perto os ganhadores viciados, apesar de ser compassiva com os traumas vividos por eles dentro das arenas. Sonha com a liberdade frequentemente, desejando isso para todos, e por isso não assume responsabilidades sobre outras pessoas, prometendo a si mesma só ajudar caso seja uma criança ou alguém com muita necessidade.

História:
Lauren é a filha caçula de uma mulher ex-burguesa, que após ser traída por seu marido rico afundou em um quadro grave de depressão, adquirindo um vício por medicamentos pesados, drogas, analgésicos e tudo o que era disponível em seu trabalho.  

Suas irmãs mais velhas se mudaram de casa assim que atingiram a maioridade, a deixando sozinha para sustentar a si mesma e os vícios nada baratos de sua progenitora, o que forçou a jovem a cumprir duas funções. Sendo uma a de porteira nas estações de trens e a outra de estocadora e fabricadora de medicamentos, que  Wanda, sua mãe, deveria estar responsável.

É profundamente ressentida com os seus laços, não conhecendo seu pai e nem reconhecendo suas irmãs mais velhas. O que fez a jovem não se importar em se tornar um tributo, o que seria uma aposta dentro dos Jogos Vorazes, perder e se livrar da vida que tanto odiava, ou ganhar e conseguir se livrar dos fantasmas do passado e da parasita que sugou sua adolescência. Qualquer uma das opções era perfeita para Lauren, desde que não tivesse mais que aturar a realidade.

Caso ganhe, planeja trazer comida para as crianças do seu Distrito, para dar à elas pelo menos uma refeição decente, antes de serem exploradas pelos covardes que habitam a Capital.

Características:
Força: 0
Destreza: 8
Inteligência: 6
Sabedoria: 6
Carisma: 0
Resistência: 5
Furtividade: 8
Natação: 1
Concentração: 4
Usar cordas: 0
Sobrevivência: 7
Luta com armas: 5
Luta desarmada: 0
Conhecimento sobre venenos e antídotos: 7
Conhecimento sobre a natureza: 7


Itens: (opcional) (só pode ser preenchida com os itens que forem entregues por mim durante o jogo)
Status atual: (opcional) (preenchido com as condições do personagem durante o jogo)


Última edição por Haruki em Qua Jul 25 2018, 17:51, editado 7 vez(es)
avatar
Haruki
Estagiário
Estagiário

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Moon_fire em Ter Jul 24 2018, 01:31

Distritos:

Luch: 9
Matt: 3
Artie: 2
Haruki: 6

Aumentei o número de vagas.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Chris Ayusa em Ter Jul 24 2018, 06:05

Tenho interesse
avatar
Chris Ayusa
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Arkan em Ter Jul 24 2018, 10:07

Nome:
Idade:
Distrito:
Descrição:
Personalidade:
História:
Características:
Força:
Destreza:
Inteligência:
Sabedoria:
Carisma:
Resistência:
Furtividade:
Natação:
Concentração:
Usar cordas:
Sobrevivência:
Luta com armas:
Luta desarmada:
Conhecimento sobre venenos e antídotos:
Conhecimento sobre a natureza:

Itens: (opcional) (só pode ser preenchida com os itens que forem entregues por mim durante o jogo)
Status atual: (opcional) (preenchido com as condições do personagem durante o jogo)
avatar
Arkan
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Moon_fire em Ter Jul 24 2018, 13:12

Chris Ayusa - 2
Arkan - 11

Aumentei o número de vagas de novo, mas esse é o limite. Se as fichas ficarem prontas, eu começo o jogo com a quantidade de jogadores que tivermos.

PS: cada distrito tem que ter um garoto e uma garota, então Chris e Artie que se entendam ai XD
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Artie em Ter Jul 24 2018, 14:04

@Chris Ayusa, eu tenho dois possíveis personagens para a minha ficha, um é homem e o outro é mulher. Portanto, só me avise o gênero de seu personagem para que eu possa fazer a ficha do meu!

_________________
avatar
Artie
Administrador Chefe
Administrador Chefe

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Moon_fire em Ter Jul 24 2018, 15:03

Quero saber o que vocês querem que seja narrado, além dos jogos. Votem em quais opções vocês tem interesse.

- Colheita;
- Apresentação dos tributos (o desfile de carruagens);
- Preparação para os jogos;
- Entrevista;
- Outras opções (só escolham essa se tiverem algo em mente).

Os que tiverem mais votos eu narro.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Haruki em Ter Jul 24 2018, 15:47

Voto na entrevista ou na preparação, acho as duas as partes mais legais, não consigo me decidir entre uma delas. u.u (Some esse voto à maioria que escolher entre essas duas opções)

_________________
Horários de Narração:


Segundas:
A partir das 16:00 às 18:00
Terças: De 8:30 às 10:00
Quartas: {Metade} Das 18:00 às 19:30.
Quintas: {Metade} Das 18:00 às 19:30
Sextas: Das 14:00 às 16:30
Fins de Semana/Feriados: Praticamente todos os horários antes das 20:00.
avatar
Haruki
Estagiário
Estagiário

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Arkan em Ter Jul 24 2018, 15:51

Eu ia perguntar exatamente isso. Em que ponto começaria o jogo. Acho legal deixar a Colheita como o final da história de cada um e começar da Apresentação ou Preparação.
avatar
Arkan
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Artie em Ter Jul 24 2018, 16:08

Concordo com o Arkan. A colheita deveria ser o encerramento da história do personagem na ficha e o pontapé inicial do Hunger Game.

A apresentação e a preparação são duas etapas muito boas de serem narradas e a entrevista eu acredito que poderia ser feita com um perguntas semi-prontas/adaptáveis.

A parte da preparação inclusive seria interessante para os jogadores. Haver dois limites: um de patrocínios e um de pontos de skills novos a serem adquiridos e os jogadores terem que encontrar um bom meio termo para se beneficiar antes do jogo começar.

_________________
avatar
Artie
Administrador Chefe
Administrador Chefe

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Lua_water em Ter Jul 24 2018, 16:51



Nome: Nagiku Tadomi
Idade: 16
Distrito: 8
Descrição: Nagiku é uma garota de olhos azuis como o céu noturno, iguais aos de seu cabelo, onde deixa duas fita amarelo claro uma de cada lado do cabelo, para lhe dar forças nos dois trabalhos. Por quase não sobrar tempo para se cuidar, ela geralmente usa uma blusa azul marinho, e uma saia surrada.
Personalidade:  Nagiku é uma garota calma, e muito determinada, sempre tentando achar uma maneira para que as coisas melhorem.
 Mas por ter sido deixada em um orfanato por sua família, não confia muito nas pessoas, preferindo resolver seus próprios problemas, a ter que contar com ajuda dos outros, que apesar de não confiar, ela não consegue ver alguém necessitando de ajuda, e virar as costas.
História:  Quando criança, Nagiku morava em um orfanado, lugar onde seus Pais a deixaram com seu irmão mais novo, por não conseguirem sustentar, mas também nunca foram os visitar ou procuraram saber sobre os dois. Mesmo deixando os eles para trás.
 Só que  antes de deixar os dois lá, a mãe de Nagiku prendeu duas fitas amarelas em seu cabelo e disse para ela, que estas faixas a protegeria e daria forças, o que não fez muito sentido para ela na hora, apesar que depois disso, ela sempre usou.
 Os dois foram crescendo, o que só diminuía as chances de serem adotados, e com esses os anos passando, Nagiku decidiu arrumar uma casa, onde ela poderia cuidar de seu irmão, e foi o que ela fez, mas para isso, ela começou a trabalhar, o que ocupou quase todo o tempo dela, deixando apenas algumas horas para cuidar de seu irmão.
 Quando completou 14 anos, ela percebeu que apenas com os dois empregos, as coisas estavam complicadas, a comida que conseguiam não dava para os dois, e manter a casa aquecida era mais difícil ainda, o que só pendia a piorar. Com isso, vendo que se ela vence-se os Jogos Vorazes, eles não teriam mais problema com comida, e moradia, com isso em mente, ela começou a praticar lutas de alto defesa, que aprendeu com o passar dos anos assistindo outros nos jogos, até que chegou o dia que acreditava que estava pronta, se voluntariou, e deixou o irmão sob os cuidados de uma vizinha que ajudava quando eles precisavam.
Características:
Força: 2
Destreza: 5
Inteligência: 5
Sabedoria: 5
Carisma: 2
Resistência: 10
Furtividade: 7
Natação: 0
Concentração: 6
Usar cordas: 5
Sobrevivência: 6
Luta com armas: 1
Luta desarmada: 6
Conhecimento sobre venenos e antídotos: 0
Conhecimento sobre a natureza: 4

Itens:
Status atual:


Última edição por Lua_water em Qua Jul 25 2018, 00:29, editado 3 vez(es)
avatar
Lua_water
Monotrainer - Water
Monotrainer - Water

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunger Games - Pokemon edition

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum