[RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Página 5 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Moon_fire em Qui Set 20 2018, 22:24

off: sem problemas \o



Sem conseguir nenhuma resposta da enfermeira Joy, nós seguimos até a entrada de uma sala, onde a Chansey impediu que nós continuássemos. Sem ter o que fazer e nem querendo sair dali antes de ter alguma noticia se os pokemon ficariam bem, eu e By sentamos no chão e ficamos apenas esperando, sem ter forças nem ao menos para falar uma palavra um para o outro. Ficamos apenas em silêncio, escutando e observando com atenção a porta por onde a enfermeira Joy tinha ido com os pokemon.

O tempo não parecia passar naquele lugar e ficamos apenas em silêncio, nos recuperando da corrida e de tudo o que tínhamos passado nas duas florestas. Meus pés doíam tanto que e tinha certeza que tinha conseguido alguns cortes e bolhas, mas naquele momento isso não me importava e tudo o que conseguia fazer enquanto esperava por noticias era tirar um pouco da sujeira que tinha ficado em mim.

Depois de um tempo Joy passou apressada por nós e depois de um tempo voltava para a sala, o que me fez trocar olhares preocupados com By, mas o que me deixou no limite de vontade de invadir a sala para descobrir o que estava acontecendo foi quando um homem passou, parecendo ter sido chamado as pressas pela enfermeira Joy para ajudar de alguma maneira.

- O que será que esta acontecendo lá? Quem era esse cara? - Perguntei em voz baixa, depois de chamar a atenção de By.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Ayzen em Ter Set 25 2018, 08:50

A falta de notícias era inquietante para Sophia. Ter os dois pokémons na beira da morte parecia que deixava a menina com um tom mais questionador. Tentava não pensar em nada de ruim, mas sempre vinha uma história na cabeça de que alguma coisa poderia dá errado. By não confortava a menina. Com um jeito nervoso de demonstrar sua ansiedade, o menino ficava batendo o pé no chão em frequência alternada, mas ambos se assustavam com a presença do homem que entrava na sala onde os Pokémons da Happiness Forest estavam.

- Acho que é um médico mais especializado... Os ferimentos dos dois estavam graves, sabe?

By mantinha o olhar fixado na porta, enquanto o seu pé balançava, parecendo que tremia. Engolia em seco e prosseguia tentando focar no que ia vir. Os minutos demoravam um pouco de se passar. A agonia crescia no rosto de ambos, até que o silencio voltou a reinar.

- Me desculpe... – By cortava o silencio primeiro – Eu fui um idiota lá na floresta... Um mal perdedor... Você é a melhor treinadora...
avatar
Ayzen
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Moon_fire em Ter Set 25 2018, 23:17

- Sim, eu vi.... - Foi tudo o que consegui responder enquanto ainda olhava fixamente para a porta, como se de alguma maneira isso fizesse o tempo passar mais rápido ou pudesse ajudar os pokemon de alguma maneira. Eu queria muito saber o que estava acontecendo, mas ao mesmo tempo tinha medo de descobrir. Tudo o que eu queria era que a enfermeira Joy aparecesse de novo e falasse que eles estavam melhores, que de algum jeito milagroso, eles iriam se recuperar totalmente daqueles ataques.

Depois de um tempo, By quebrou o silêncio, me surpreendendo um pouco, já que naquele momento eu nem lembrava mais o que tinha nos colocado naquela confusão no começo.

- Agora isso não importa muito, você tentou consertar isso e depois ajudou os pokemon. Agora o que importa são ele se recuperarem. - Respondi, antes de voltar a ficar encarando a porta. Ainda estava cansada e um pouco dolorida, mas decidi mudar de posição, ficando sentada e abraçando os joelhos, só esperando que o tempo passasse logo.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Ayzen em Qua Set 26 2018, 20:13

As posições para melhorar o conforto naquele corredor iam mudando de modo voluntário, para que Sophia alcançasse de algum modo a forma menos dolorida. Tudo doía. Pés, pernas, mãos. Até a cabeça da menina pesava mais do que o normal. O tempo passava. Os minutos se transformavam em horas. O sono foi inevitável, fazendo a menina cochilar no ombro de By e o mesmo descansar um pouco. Ao mesmo tempo, sonhos confusos e de aflição deixavam a menina semi-desperta.

Foi quando a porta da sala de operação se abriu que Joy apareceu e de uma vez Sophia se levantasse, como se nunca tivesse dormido. By, por sua vez, tinha uma dificuldade maior, como se a cama o chamasse para ele ir .

- Vocês estão aqui ainda?Oh, que falha minha.... Corri tanto para ajudar os Pokémons que eu me esqueci de vocês. O Charmander está ótimo, ele teve um check up rápido. Snivy está na incubadora, não corre mais risco, mas precisa de descanso. Na verdade, nunca vi um Pokémon responder tão rápido a uma operação. Já Yanma está em cirurgia ainda, o caso é mais grave, mas a própria anatomia dele protegeu diversos órgãos, precisará de suplemento para repor a placa dele...Felizmente tempos todo o material necessário... Não há motivos para ficar aqui,vamos!

Joy consolava de um modo único. Ela guiava os dois treinadores cansados de volta para recepção, enquanto devolvia a Pokébola da treinadora com o Fire dentro. Na recepção, várias pessoas ao redor do balcão, com seus Pokémons e necessitando de ajuda. A enfermeira percebia que em casos como esse, ela não tinha quem deixar o Pokémon Center com alguém. Logo, já separava a chave de um quarto para Sophia e outra para By, a fim de que ambos pudessem tomar um banho e depois comer algo.

- Mas realmente tem algo de muito diferente naquele snivy. Ele tem um poder de cura que nunca vi em nenhum Pokémon... É seu? – perguntava a Sophia,já que ela tinha trazido o grass para ali.
avatar
Ayzen
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Moon_fire em Qui Set 27 2018, 18:03

Sentados no chão do centro pokemon e sem mais nada para dizer, ou forças para pensar em algum assunto que ajudasse a passar o tempo, By e eu ficamos encarando a por ta da sala de cuidados do centro pokemon, mas por um longo tempo as únicas mudanças que aconteciam eram quando eu acabava cochilando e acordava assustada com mais um sonho estranho (se é que podiam ser chamados de sonhos). Estava tão cansada que nem ao menos percebia se By tinha dormido também e quando já estava quase cochilando de novo, a porta finalmente se abriu e eu levantei em um salto.

Ela parecia cansada, como se realmente tivesse tido muito trabalho com os dois pokemon, mas ainda assim se preocupava ao perceber que tínhamos ficado ali o tempo todo esperando por alguma noticia. Um grande peso foi tirado dos meus ombros quando ela falou que os dois ficariam bem, mesmo que Yamna ainda precisasse de mais cuidados.

- O que importa são os pokemon, nós estamos bem. - Comentei, enquanto deixávamos aquela parto do centro pokemon para trás e voltávamos para a parte da recepção, onde tinha acesso para os quartos ou para o refeitório. No meio do caminho a enfermeira comentou como Snivy estava se recuperando bem, até demais para um pokemon que tinha passado por tanto e logo ela perguntou se eu sabia algo a respeito disso. - Na verdade não. É uma história meio longa, mas resumindo, nós trouxemos eles da Happines forest depois que derrotamos os Beedrills que estavam atacando os pokemon de lá. - Respondi, esperando que isso ajudasse de algum jeito, mas provavelmente só deixaria a Joy ainda mais confusa com tudo aquilo.

Naquele momento, mais tranquila sabendo que os dois ficariam bem, comecei a cambalear um pouco de sono, então se a enfermeira não tivesse mais nenhuma pergunta, eu já pediria licença e iria direto para o quarto, onde fingiria que o chuveiro não existe e só me jogaria na cama, para finalmente descansar direito depois de tanto tempo nas florestas.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Ayzen em Qui Set 27 2018, 22:11

- Happiness Forest? - a enfermeira questionava pensativa enquanto escolhia dois cartões de acesso para os quartos do Pokémon Center. – Recentemente tem aumentado o número de Pokémons que vieram da Happiness Forest, sendo capturado pelos treinadores. Ao meu ver, eles possuem um diferencial dos demais pokémons. Alguns são maiores, outros mais rápidos, alguns muito inteligentes, e tenho visto alguns com uma capacidade de resistência muito grande...

A forma como Joy abordava os Pokémons da Happiness Forest dava a entender que aumentava o número de treinadores que tinham acesso à floresta misteriosa. A rosada deixava os dois a sós, enquanto várias pessoas, reclamonas, pediam ajuda também. A rosada suspirava fundo e começava a cuidar dos outros Pokémons com danos menos perigosos que os que Sophia e By trouxeram para o Pokémon Center.

No quarto, Sophia respondia mais por si. Em sono profundo, deitava e apagava (literalmente).

---
Os portões negros de grades ainda bloqueavam a passagem, separando a Happiness Forest dele. O nome grande escrito no alto se perdia de vista. A neve caia, enquanto Snorunt passeava com seu cachecol azulado de frente da grande porta. A Pokémon parecia verdadeiramente feliz, mas nem por isso ousava aproxima-se mais do Limbo. Detrás dos grandes muros e correntes que impediam qualquer um de passar por ali, um terreno infinito e vazio. Era como se fosse um grande deserto sem areia. Era apenas um espaço de chão escurecido, coberto por poucas pedras, de tamanhos pequenos mesmo, algumas rachaduras no chão ou fissuras mostravam um fundo quase que inexistente. Ao redor, alguns túmulos com seus “in memória”.

Tal como a Happiness Forest, enquanto ia se afastando, a paisagem mudava, mas nada de felicidade e alegria como a floresta mágica. O tom cinzento, as nuvens nubladas, o ambiente com pouca vegetação e nenhum Pokémon perpetuava-se lá. Em um ambiente, uma casa de madeira se destacava no meio do nada. De trás dela, uma roda-gigante enorme, enferrujada, com lâmpadas quebradas. Talvez, se um dia ela funcionou, ela fosse magnifica. Seguindo o olhar pelo ambiente, um carrossel, muito apagado e diferente dos carrosséis cujo objetivo é trazer alegria para mais crianças. Este, por sua vez, trazia certo terror, com seus Ponytas e Rapidash sem cabeças. O mecanismo enferrujado parecia frear qualquer movimento do brinquedo, em cima, um Pokémon encolhido, em posição fetal, com uma luz azulada ao redor do seu corpo. Ele tentava se manter o mais imóvel possível. Sua grande cauda envolvia seu corpo todo. Parecia estar descansado, procurando uma forma de se curar melhor.

“Malditos humanos...”, seu pensamento forte tentava rompear o que estava preso em seu coração. “Dei mais uma chance a eles e eles me usam como objeto...”, Mewtwo continuava sua lamentação, enquanto retirava o último caco de vidro do laboratório dos rangers de sua pele e quase que automaticamente se curava.
---
Os sons de batida na porta de Sophia ecoavam e demoravam para despertar a menina que estava em um sono pesado. Cerca de 4h da manhã, a menina não entendia bem o porquê de tanta barulheira, enquanto ela ainda mantinha as mesmas roupas da noite anterior, uma fome inexplicável que crescia conforme ela ia se movimentando na cama para acordar.

- Sophiaaa! – a voz de By despertava primeiro os outros treinadores, ao invés da treinadora do Phiro. – Snivy e Yanma sumiram...
avatar
Ayzen
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Moon_fire em Sex Set 28 2018, 01:36

off: falando em mewtwo, olha essa coisa linda que eu peguei =w= https://i.imgur.com/HFPFEpy.png



Com os comentários da enfermeira Joy só confirmando que cada vez mais treinadores estavam conseguindo ir para a Happines forest e voltar, com pokemon mais fortes, o que explicava o motivo de Snivy estar se recuperando tão bem e talvez até sendo a razão principal para ele não ter morrido para os ataques das Beedrills, eu caminhei pensativa até o quarto que tinha recebido. Meu corpo todo doía e meus olhos já estavam quase fechando sozinhos, então com isso ainda mente, só joguei minha mochila em um canto e me enrolei nos cobertores, onde dormi antes mesmo de ter a chance de arrumar melhor o travesseiro.

A noite não foi tão tranquila quando eu queria, com sonhos estranhos com grades, Beedrills e Happiness forest parecendo a todo o momento, mas tudo isso acabou com o barulho que parecia o de alguém tentando derrubar uma porta, que eu demorei um bom tempo para perceber que era realmente alguém batendo na porta do quarto e não parte de mais algum sonho. Minha primeira reação foi colocar o travesseiro em cima da cabeça, querendo só voltar a dormir, mas assim que entendi o que estava sendo dito do outro lado da porta, sai da cama em um salto, caindo e tropeçando várias vezes no caminho de colocar o sapato e alcançar a minha mochila, antes de abrir a porta de qualquer jeito.

- Que? Oque?! Como? O que a enfermeira disse? - Foram as perguntas que eu consegui formular, enquanto me apoiava no batente da porta e tentava entender o que tinha acontecido.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Ayzen em Sex Set 28 2018, 10:14

Off: UIA! Bichão poderoso!!!


De súbito a treinadora se colocava de pé e quase que instantaneamente ela causava os sapatos enquanto se direcionava até a porta. O coração acelerado recebia By que puxava a menina pelo braço. O jovem percebia que a mesma tinha ido dormir do jeito que chegou, mas não fez nenhum comentário, enquanto ambos desciam as escadas do Pokémon Center em busca de retornar ao hall principal.

- Joy avisou agora.... – dizia o menino, enquanto os dois desciam as escadas e encontrava um Pokémon Center vazio, exceto pela presença de Joy de roupão ao lado de Chansey. A cara dela era de preocupação.

- Temos um problema! – dizia a rosada em tom mais preocupante que sua feição. – Parece que Snivy se recuperou mais rápido, porém ainda ferido. Ele saiu da sua incubadora e levou Yanma consigo... Talvez Snivy se recupere sozinho, desde que esteja em repouso, mas se Yanma passar mais tempo sem monitoramento ou medicamento, não vai conseguir sobreviver. – a situação era séria e Joy, dessa vez, não poupava palavras para dizer o quão séria poderia se tornar – Vocês precisam ir atrás... Talvez tenham tentado voltar para a floresta, porém, Viridian Forest não é a floresta deles, correto?


Sophia não sentia mais o peso do sono em seus olhos, mas a responsabilidade de trazer Snivy de volta. Embora ela não fosse treinadora dele e só tinha ajudado, se o portal não fosse fonte de fuga, a menina não tinha levado os Beedrills até o Yanma e Snivy não teria sido ferido como efeito colateral. Mais do que isso, o Grass deveria estranhar todas aquelas pessoas e nessa tentativa frustrada, voltar para a Happiness Forest, sabendo-se lá quando encontraria um portal.

--

Os trovões do limbo se rompiam no meio daquele carrossel. Mewtwo não se assustava, sabia bem que aquilo não era normal, mas não era ofensivo como parecia ser. O Pokémon com sua vida quase 100% restaurada, erguia-se de seu modo de encubação, enquanto sua luz azulada sumia de seu corpo. Aos poucos, ele olhava para o céu, repleto de nuvens negras, que se mexiam de forma agitada e parecia demonstrar a ira de alguém. Ora, Mewtwo era um telepata, sabia que aquilo provinha de um ser, um ser que esbanjava dor e sofrimento pela sua prisão, porém, partilhava de um ódio tão poderoso quanto dele.

Levitando levemente para o alto, deixando o carrossel enferrujado no chão, Mewtwo aproximava-se do céu do Limbo, que parecia agitado pela presença do Pokémon Psychic feito por mãos de homens. Sua intenção era clara: fazer comunicação! No entanto, seria difícil, porém não impossível. Sua mente era limpa ao passo de que no céu, dois grandes olhos vermelhos de uma luz intensa surgiam por entre as nuvens negras.

“Ele também é telepata”, o Pokémon se surpreendia. No entanto, a comunicação era apenas dos olhos pequenos do Mewtwo encarando os olhos vermelhos do ser trancafiado nos céus.
avatar
Ayzen
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Moon_fire em Sex Set 28 2018, 21:01

off: lindão @w@



Tropeçando nos meus próprios pés, consegui pegar minha mochila e cheguei na porta, onde By já estava esperando e contou o que podia enquanto corríamos até onde a enfermeira Joy estava e ela explicou o que tinha acontecido. Já esquecendo do sono, tentei prestar o máximo de atenção e a situação de novo não era boa, dessa vez principalmente para o Yanma, que não conseguiria se recuperar tão bem quanto Snivy e poderia até morrer se não os encontrássemos.

Snivy provavelmente achava que estava ajudando os dois, já que estava se sentindo melhor, ele decidiu tentar levar os dois de volta para a sua casa, mas na verdade estava colocando os dois de novo em perigo, principalmente se conseguissem voltar para a viridian forest.

- Nós vamos achá-los. Vamos By, não temos tempo a perder. - Falei, logo já indo para fora do centro pokemon e jogando a pokeball para cima, liberando Pidgey, que assim que saiu soltou um longo bocejo e olhou pra mim, provavelmente querendo saber o que era tão importante para chamá-lo tão cedo para fora. - Nós precisamos achar um Snivy e um Yanma que provavelmente estão tentando voltar para a Viridian forest. É muito importante encontrá-los logo, eles precisam voltar para o centro pokemon ou o Yanma vai morrar. - Falei, tentando explicar e deixar bem claro a urgência em achá-los. Assim que Pidgey concordasse, eu deixaria ele ir voando na frente, enquanto By e eu o seguiríamos e ficaríamos atentos para tentar achar logo aqueles dois.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Ayzen em Sab Set 29 2018, 15:39

Os dias estavam agitados para Sophia. Se perder na Viridian Forest, tudo bem! Era normal isso e não era nada demais. Ser atacada por Beedrills, cair dentro da Happiness Forest e passar horas lá, salvar dois Happiness Pokémons e agora estar correndo atrás dos mesmo para salvá-los em uma segunda vez parecia fugir da normalidade de um treinador comum. Agora a menina se via correndo entre as ruas escuras de Pewter em direção a floresta mais uma vez.

Era frio em plena 4h da manhã. Joy prometia chamar a oficial Jenny para ajudar. By seguia correndo ao lado da menina, que seguia o sonolento Pokémon voador. Pidgey tentava ser o mais fiel possível. Seus olhos pareciam funcionar como um binóculo e com isso registrava cada movimento do alto. Logo, a ave piava apontando para algo que ocorria ao longe. Infelizmente, Sophia e By não possuíam uma visão tão boa. Sem pedir permissão, Pidgey avançava, forçando os dois treinadores correrem mais rápido ainda para poder acompanhar a pequena ave (mas ledo engano foi achar que tinham forças para isso.

---

“Quem é você?”, Mewtwo dava o primeiro passo. O Pokémon sabia que o Pokémon misterioso não estava ali, muito pelo contrário, era apenas uma ilusão, auxiliada pelo poder místico que o Limbo tinha. Era estranho pensar que o Pokémon tinha um interesse em saber quem era e o porquê do ódio dele fosse maior do que o do próprio Psychic com os humanos.

“Eu sinto o seu ódio e concordo com ele”, respondia o Pokémon de olhos vermelhos no céu negro e tempestuoso. “Proponho uma aliança contigo para que nossos inimigos caiam, um por um...”, a voz continuava. Ecoava na cabeça de Mewtwo com força. O Pokémon sabia que um poder desse só poderia ser Psychic também, mas ele não sentia isso. Não era um Psychic falando, mas um ser muito superior. “Ajude-me a sair daqui e eu mesmo estabelecerei o meu reino sobre os humanos e você será meu braço direito”.

Mewtwo se sentia tentado. “Reinar sobre os humanos?!”, seus olhos se viam em um passado remoto em que ele tentou isso, porém o próprio Mew o convenceu do contrário, assim como aquele garoto que tinha um coração tão puro que purificou o do grande Mewtwo. “Eles não merecem isso... nem todos são maus, apenas, não compreendem algumas coisas básicas. ”

“São todos maus!!! Todos merecem ser subjugados.”, a voz insistia, Mewtwo ficava estranho. Sentia algo estranho. Sua cabeça parecia não estar ali, estava meio que voando. Não percebia que os seus olhos brilhavam vermelho igual os olhos do grande Pokémon no céu. Não percebia que estava sendo dominado....

---
Embora tentasse correr tão rápido quanto Pidgey, Sophia entendia que mesmo que tivesse comido e cheio de energia, Pidgey era muito rápido voando. A menina se virava enquanto podia, mas agora ela via de longe a visão de Snivy carregando Yanma nas suas costas com as vinhas, chegando perto do limite da floresta. Pidgey ia mais rápido, na tentativa de bloquear o caminho....
avatar
Ayzen
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Moon_fire em Seg Out 01 2018, 18:11

Com Pidgey liderando a busca, By e eu fazíamos o possível para conseguir acompanhar, mas ainda estávamos cansados demais para correr, ainda mais quando Pidgey pareceu ver alguma coisa e começou a ir ainda mais rápido. Minhas pernas simplesmente não tinham mais forças, mas ainda assim eu me esforçava o quanto podia, lutando para continuar correndo e respirando. Depois de um tempo finalmente consegui ver Snivy carregando Yanma a distância e para o meu desespero, eles já estavam quase na Viridian forest.

- Snivy para! Não é sua casa, ai tem as Beedrills! - Foi tudo o que eu consegui gritar, juntando o pouco fôlego que tinha me restado. Com medo de não ter sido o bastante, respirei fundo e dessa vez decidi falar com Pidgey, mesmo que nesse ponto eu já estivesse vendo alguns pontinhos pretos quanto corria. - Pidgey, não deixei eles irem pra floresta......mas com cuidado. Use Double Team! - Ordenei, sentindo minha voz falhando um pouco no fim da ultima palavra, mas ainda assim confiante que o Pidgey tinha entendido pelo menos uma parte do que tinha dito.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Ayzen em Seg Out 08 2018, 21:09

Off: Desculpe a ausencia XD Mandei mensagem no Whats e não respondeu u.u

Subindo aquela ladeira gramada que levava para Viridian Forest, Sophia se sentia sem ar, sem saliva e exausta. Snivy continuava pequenos passos em sua frente, na tentativa de entrar na floresta, no entanto, parecia mais preocupado com o Pidgey enxerido que se colocava como barreira. Yanma em suas costas era outro fator... Logo, com um piscar branco, mais Pidgeys se juntavam na batalha. Aquilo deixava o Grass surpreso. Lutar contra um Pokémon, ok! Lutar contra um bando? Isso daria trabalho.

Yanma era deixado de lado, enquanto Snivy erguia suas vinhas como arma. Era corajoso o Pokémon. Não era à toa que tinha enfrentado dois Beedrills e ainda venceu um, mesmo na desvantagem da desvantagem. Mas este contratempo foi só o suficiente para Sophia e By se aproximassem e ofegantes pedirem um tempo para o Pokémon gramíneo.

Snivy não estava interessado em conversa. Queria voltar para casa. Seus olhos contemplavam saudosamente a floresta e não precisava entender o dialeto Pokémon para Sophia entender que o pequeno gostava muito do seu lar. Afinal, qual Pokémon em devida consciência odiaria a Happiness Forest?

---
Mewtwo sentia algo diferente em seu corpo e mente. Aquele ser gigantesco no céu estava tentando se apoderar do corpo dele. Ledo engano achar que poderia de forma tão fácil manipular um Psychic de alto nível.

“NÃÃÃÃOOOO!”, a mente do Pokémon clone de Mew quebrava o “encanto”. O Pokémon genético estava de novo sob posse de seus movimentos. O céu brigava entre trovões. As nuvens mexiam-se de forma assustadora. O ser dos olhos vermelhos revidaria... Pelo menos tentaria, mas não antes do brilho envolver o corpo de Mewtwo.

“O lugar quer me ajudar?”, Mewtwo sentia Happiness Forest revigorar por completo sua saúde e isso ajudaria o Pokémon na fuga. A luz colorida envolvia seu corpo, mudando-o para uma forma Y mais rápida e dessa vez o Pokémon saia voando em alta velocidade. Mas quanto mais ele se afastava, mais os grandes olhos se aproximavam, como se percorresse todo o caminho do limbo.
avatar
Ayzen
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Moon_fire em Ter Out 09 2018, 12:38

off: eu vi, foi mal eu esqueci de responder XD



Lutando para conseguir chegar a tempo, consegui ver que Pidgey tinha conseguido chegar bem a tempo de impedir que Snivy levasse Yanma para o interior da Viridian forest. Isso me fez respirar um pouco mais aliviada, mas como o pokemon da Happiness forest agora estava se preparando para enfrentar o meu Pidgey, nós não tínhamos tempo a perder, então só paramos quando finalmente alcançamos onde Pidgey, Yanma e Snivy estavam.

Dava para ver que Snivy estava determinado a usar todas as suas forças para voltar para a Happiness forest, mas antes de dizer qualquer coisa eu dei uma boa olhada em Yanma, esperando que ele estivesse bem e que toda essa confusão não fosse atrapalhar a recuperação dele.

- Snivy escute, eu sei que vai ser um pouco difícil de entender, mas se você realmente se preocupa com o Yanma, então é muito importante que você preste atenção. Você já pode estar se sentindo melhor, mas o Yanma vai morrer se não levarmos ele de volta para o centro pokemon, as Beedrills o machucaram demais e ele precisa descansar. - Falei, fazendo uma rápida pausa, ainda tentando recuperar o meu fôlego, antes de continuar a explicar. - E eu sei que você quer voltar para a Happiness forest, mas essa floresta aqui não é o seu lar, é o lar das Beedrills. Sua casa é muito longe daqui. É complicado de explicar, mas se voltarmos pro centro pokemon, eu prometo tentar explicar direitinho tudo o que aconteceu e enquanto isso podemos até comer alguma coisa, mas agora é muito importante levar o Yanma de volta. Por favor, confie em nós. - Falei, quase implorando para que ele me ouvisse e entendesse que precisávamos voltar logo para o centro pokemon.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Ayzen em Qua Out 10 2018, 19:49

Ao alcançar o Pokémon gramíneo, Sophia se via no desafio de tentar tocar a consciência do Pokémon grass, enquanto lutava fortemente para conseguir falar diante da falta de ar que a corrida trouxe para ela. No momento, ela tentava fazer o que achava que era certo, falar da importância de manter Yanma no Pokémon Center. O Pokémon libélula não respondia ao som de grito da treinadora, que se via quase dando uma parada respiratória para conseguir restabelecer o ar.

By dava passos mais ousados para tentar proteger Yanma. Era natural do monotreinador Bug cuidar e ter um zelo maior com os Pokémons insetos, mas a ação não foi bem vista por Yanma. O chicote verde do pequeno sacudiu no ar e assim By ia para trás. Pidgey piava alto, junto com os clones. Aquilo intimidava um pouco Snivy, que se viu na oportunidade de reagir, mas o apelo de Sophia fora tão profundo que o fez temer um pouco.

---

Mewtwo e sua forma Y mega evoluída graças ao poder da Happiness Forest dava a potência necessária para sair dali. No entanto, como sair de um lugar que mudava seu ambiente constantemente? Com tudo de si o Pokémon dava o seu máximo para sair dali. Os grandes olhos no céu negro cheio de trovões continuavam a perseguição. Não que aquele ser surreal pudesse tocar o Pokémon genético, mas a intimidação era o suficiente. O Pokémon voou de tal forma que o brilho psíquico ao seu redor parecia afinar na medida em que a velocidade atingia parâmetros extraordinários. Foi com essa força que o Pokémon arrebentava com os portões lacrados do limbo e deixava a porta escancarada enquanto um portal verde o abocanhava no ar.

---

O barulho no meio de Viridian Florest estragava o clima que Sophia, By, Snivy, Pidgey e Yanma passavam. Tudo era estranho, mas no momento, o barulho na floresta assustou todos. Parecia que algo muito pesado tinha batido em várias árvores e algumas caiam. Vários pidgeys e sperows que viviam na floresta levantavam voo quando este “algo” detonou com sua morada. No fim, os treinadores viam uma luz azul cortado os céus, saindo da floresta para o alto e sumindo. O que se veio depois foram zumbidos que tanto Sophia como Snivy sabiam identificar bem a procedência: Beedrills!
avatar
Ayzen
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Moon_fire em Qui Out 11 2018, 01:07

Mesmo parecendo alguém com uma crise de asma ou algo parecido, nós conseguimos alcançar os dois pokemon, então restava apenas explicar para o Snivy tudo e o motivo de precisarmos voltar para o centro pokemon  com urgência. Um bom começo foi que Snivy prestou atenção em tudo o que eu falei e pareceu pensar um pouco sobre o que tinha escutado, mas ainda assim ficava bem na defensiva com os "Pidgeys" ao seu redor e depois By já querendo ficar entre ele e o Yanma. Eu até conseguia entender que By queria a todo custo proteger o Yanma, mas daquele jeito nós não iríamos conseguir fazer com que os dois pokemon da Happiness forest confiassem em nós.

Antes que eu pudesse dizer mais alguma coisa, para tentar acalmar um pouco o snivy, um som alto chamou nossa atenção para um ponto distante da Viridian forest. Parecia que uma árvore tinha caído, sendo seguida de outras, mas tudo ficou ainda mais confuso quando uma luz azul saiu do mesmo lugar que o som, sendo seguida por diversos pokemon que tentavam fugir daquela região. Uma parte minha, a que não dava a minima pro quanto ainda estava cansada, queria ir ver o que tinha acontecido, mas assim que eu ouvi o som de todas as beedrills furiosas, essa vontade passou bem rápido.

- Snivy, por favor, nós temos que ir. Só queremos ajudar você e principalmente o Yanma, que vai morrer se não voltarmos logo para o centro pokemon. Eu prometo que ninguém vai te fazer mal lá e se você quiser ir embora, depois de explicarmos onde é aqui e o que aconteceu desde a batalha contra as beedrills, ninguém vai te impedir. Só precisamos voltar e garantir que o Yanma receba os cuidados que precisa. - Falei, quase implorando para que ele acreditasse e viesse logo com a gente. Toda essa confusão na Viridian forest estava me deixando nervosa e querendo ainda mais só voltar para o centro pokemon.
avatar
Moon_fire
Treinador - Ranger
Treinador - Ranger

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG OFF] Contos de uma treinadora...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum