A PRIMEIRA VIAGEM

Ir em baixo

A PRIMEIRA VIAGEM

Mensagem por DihDeLaVega em Ter Out 16 2018, 20:08

Ainda estava duvidando se eu realmente tinha feito aquilo tudo. Eu realmente havia fugido de casa para iniciar uma aventura em Hoenn?

Não Importava o angulo pelo qual eu olhasse, qualquer loucura que eu fizesse daqui pra frente era melhor do que viver minha antiga vida dentro da "lógica" infalível de meus pais.
Nesse momento pra mim o importante não era mais pensar no que fiz , mas sim em esticar as pernas, pois o onibus que peguei pra Cidade de Sandgem havia atingido seu destino ao fim da tardinha, e foi uma longa viagem.
"Nem creio que existem viagens de barco noturnas" Disse enquanto fazia o rápido caminho da rodoviária até o porto. A cidade era incrivelmente compacta.
Minha visão periférica estava me traindo naquele momento, pois não cheguei a ver quem ou oque me deu um belo empurrão, chegando muito perto de tomar um tombo se meu equilíbrio tivesse me traído também.
"Que isso" Fico confuso ao não perceber nada ao meu redor que possa ter causado.
De repente, dois homens de jaleco correm em minha direção pedindo para eu ficar onde estou. Chegam até mim ofegantes e aparentemente incomodados.
"Garoto voce viu aquele Misdreavus que passou por aqui? Ele estava sob nossos cuidados mas ficamos desatentos e ele fugiu."
"Misdreavus?"
Não vejo uma alma desde o onibus, portanto:
"Não vi nenhum pokémon, desculpem".
De lá cada um fez seu caminho
Ao chegar a Marina percebo que não há um barco, mas sim um Hidro-Avião lá. Daquele momento percebo um velho senhor de cap de marinheiro me olhando.
"Ei!! Ô loirinho!" ele grita a ponto de eu tapar os ouvidos."É você o Diego?"
"Sim, sou eu" Tento abaixar o tom da conversa falando calmamente.
 "Então vamos, devemos chegar à Hoenn assim que o sol raiar novamente."
 "Mas a minha passagem era pra uma viagem de barco, não um voo." Questiono ele.
 "Eu tive de adaptar o negócio para condizer mais comigo. Assim como um Wingull, eu pertenço ao céu e o mar."
 "Bom...melhor que nada."
  "Esse é o espirito! Vamos lá que o professor Birch vem ao seu encontro na cidade de Slateport.
  "Achei que o voo era pra.." Tiro o mapa da minha mochila. Meus pais pouco o usavam então não farão falta em casa. "little...root"
  "Não não, ele está fazendo uma pesquisa em colaboração com o museu da cidade em Slateport, portanto você o encontrara lá.
  "Certo."
   Depois de um de uma decolagem meio bruta, o turbo-hélice anfíbio nos leva ao alto de onde posso ver quase toda a Sandgem e arredores. Dentro de 1 hora de voo percebo minha mochila mexer e remexer como se houvesse algo lá dentro. Boto-a em meu colo e abro-a pra ganhar um sombra flutuante sair rapidamente de seu interior. O meu berro quase custa a minha vida fazendo o capitão quase virar a aeronave.
   "O que que você faz aqui?!" O pokémon olha pra mim com  curiosidade. Logo depois ele começa a passar por mim e por dentro e fora do avião, assombrosamente, como se tudo fosse uma brincadeira, sempre me observando ou bagunçando meu cabelo quando eu o contestava.
   8 Horas depois e era a hora do pouso em Hoenn. Acabou que meu merecido sono não aconteceu graças a meu amiguinho fantasmagórico, e por isso não estava tão ansioso para conhecer o tal professor.
  No raiar do sol a criatura voltou a se esconder em minha mochila, mesmo enquanto eu andava pela cidade e afins. Foi apenas no centro pokémon, onde me encontraria com o Prof.Birch que ele voltou a aparecer, me circulando como a lua circula o terra, e a terra, o sol.
"Muito prazer, jovem Diego! Aliás, muito prazer aos dois !Vejo que tem companhia meu jovem. não sabia que já tinha um parceiro, Haha!"
Novamente, um adulto berrando no meu ouvido.
"Ele não para de me seguir, mas não é meu pokémon."
"Mas será que ele não quer ser?"
Aquele comentário de fato me deixou intrigado. Olho para o Misdreavus, com olhos diferentes dessa vez. É uma encarada longa, mas profunda. Não sei bem se é assim que funciona com pokémons, mas acho que vemos a mesma coisa ao olhar um pro outro, alguém livre.
"É......tem razão. Esse pokémon meu parceiro."
"Tudo bem." Ele aponta pra uma mesa aonde nos dirigimos. De lá, ele me entrega minhas 4 pokébolas, poções e o kit inicial de um treinador, e uma pokébola separada. "Você sabe o que fazer."
Sem qualquer frase especial, atiro minha pokébola na direção de meu pokémon e espero.......e espero........e sim, tenho oficialmente meu primeiro parceiro. A meu sentimento de vitória e felicidades se mostram em um grande sorriso.
Dou meus agradecimentos ao professor, o qual exige um abraço apertando meu corpo franzino e nos despedimos.
Dali em diante sei que é o ponto onde minha jornada começa. Claro, devo ir dormir devido ao meu sono roubado, mas ainda vou viver esta aventura ao máximo, a cada desafio e batalha que ela me proporcionar.

DihDeLaVega
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A PRIMEIRA VIAGEM

Mensagem por Artie em Sex Out 19 2018, 00:38

Inicial entregue e perfil atualizado.

Fique a vontade para postar sua primeira rota em Littleroot Town ou proximidades. Boa jornada!

_________________
Artie
Artie
Administrador Chefe
Administrador Chefe

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum