Bastardos Inglórios

Página 2 de 12 Anterior  1, 2, 3, ... 10, 11, 12  Seguinte

Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Luch em Ter Dez 11 2018, 21:42



Obstinação de Granito

A extração dos minérios havia sido muito bem sucedida, mas Will estranhava o fato de encontrar apenas fragmentos perdidos ao invés de uma peça maior. Talvez este fato estivesse ligado ao semi-desabamento causado um pouco antes, possivelmente pelo Pokémon do treinador recém-atacado ou podia ser até mesmo consequência de quem ou o que fez o túnel lateral, com o qual havia esbarrado há pouco tempo. De qualquer modo era aquilo que ele havia encontrado e não havia nada mais por ali, não de forma visível pelo menos. Sendo assim, o treinador e seus Pokémon resolveram seguir em frente ou melhor, seguir atrás, já que voltaram um pouco pelo túnel até encontrar aquela passagem dupla, para a direita e para a esquerda. Will pensou um pouco antes de tomar uma decisão, mas resolveu escolher a direita. Quem sabe o que não encontraria por ali?

O caminho escolhido era idêntico ao da esquerda, sendo diferente apenas pela posição em que se encontrava. Todo o túnel tinha paredes de concreto bem sólidas, mas mesmo assim haviam sido cortadas de forma bem rente, deixando um trabalho final impecável. Era como uma broca perfuratriz, que certamente devia ser trabalho de um Pokémon metálico dos grandes. Se o rapaz resolvesse investigar os pequenos detalhes, confirmaria essa teoria ao encontrar pequenos fragmentos de metal encrostado no granito, algo que não era natural dos túneis. Mas enfim... O Túnel não tinha um trajeto linear, mas fazia diversas curvas para a direita e para esquerda, de forma bem leve, como o serpentear de uma cobra. Era bem mais longo do que a passagem quase desabada e bloqueada onde encontrou os Shards e parecia também estar fazendo um trajeto final circular, contornando algum espaço vazio.

Após um bom tempo percorrendo o caminho sem sinal de quaisquer outras criaturas ou objetos, a equipe de Will finalmente chegou no final do túnel, que dava alguns metros acima de um grande salão. O local onde ele havia chegado com seus Pokémon funcionava como um "camarote" de teatro esculpido na rocha e haviam outros muitos "camarotes" parecidos ao longo da parede, mas nenhum tão bem moldado como esse, que claramente não era natural. Lá no fundo, há cerca de uns dez metros para baixo havia um pequeno riacho cuja água vinha de dentro das rochas e seguia seu rumo até uma pequena gruta próxima ao solo. No lado oposto de onde vinha também havia uma clara evidência de desmoronamento, o que talvez fosse o local exato onde Will havia estado anteriormente e onde ouviu o treinador tentando capturar alguma criatura.

Enquanto Will observava tudo ao redor, notando tantas informações novas, uma espécie de vulto, indecifrável daquela distância, aproximava-se com cautela de alguma coisa largada no solo. Apesar de não ser possível explicar o que era, o vulto claramente andava sobre quatro patas e possuía um focinho, que usava para tentar cheirar algo misterioso. Como não entendiam do que se tratava e talvez pensassem ser uma ameaça, os Pokémon de Will, principalmente Deino, começaram a emitir sons de aviso ao tal vulto, fazendo-o entrar em alerta ao levantar o que talvez seria sua cabeça. Apesar de continuar imóvel. O que Will faria diante dessa situação?

Progresso da Rota:

Situação Pokémon:

- Dewott (Netuno): HP: 97/97
- Heracross (Aquiles): HP: 69/69
- Quilladin (Thorin): HP: 61/61
- Meditite (Shiva): HP: 54/54
- Deino (Kiron): HP: 58/58

Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

-

Capturas:

-

Itens:

- Will encontrou um Red Shard e um Green Shard. [+1 Red Shard][+1 Green Shard]
Luch
Luch
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Arkan em Qua Dez 12 2018, 11:49


Granite Cave!
_____________________________________________________

- Esse túnel não é natural. – Comentou para seus Pokémon enquanto passava a mão na parede de “rocha pura”. – Algum Pokémon bem grande abriu esse caminho. Percebem como o túnel muda de direção? – O caminho se provou mais longo do que o anterior, deixando Will um pouco nervoso com a perspectiva de se encontrar com a criatura que tinha feito aquilo. Mas seja lá quem tinha aberto a passagem, não estava por perto, afinal um Pokémon para abrir um túnel como aquele deveria ser um verdadeiro monstro. Se ele simplesmente se movimentasse por ali, sentiriam a vibração no solo.

Demorou algum tempo, mas encontraram a “saída”. Para a surpresa da equipe, a passagem terminou em uma espécie de camarote. Aquilo aguçou a curiosidade do jovem, tinha ouvido falar sobre vestígios de uma civilização antiga por ali, seria esse um indício? Sem perder tempo começou a analisar o lugar lançando a luz de sua lanterna para todos os lados.

- Ei, vejam! Acho que aquele túnel bloqueado dava ali. – Will deixou a sua luz incidir por um tempo em um amontoado de rochas. – Acho que são aquelas rochas que estavam nos bloqueando. – Constatar isso fez o jovem se lembrar do treinador em perigo. Parecia que seus destinos estavam entrecruzados. – Procurem pelo homem que pediu socorro. Precisamos ver sua condição. Se fosse eu no lugar dele, desejaria que alguém fizesse isso por mim. – Enquanto procurava, Deino chamou a sua atenção para uma criatura que no escuro ficava difícil decifrar. Sentiu falta de seu Charizard nesse momento, uma rajada de fogo para o alto seria muito bem-vinda para iluminar aquele lugar. – Calma, Kron! Ele está longe e precisamos descer para ver a situação do homem. Procurem por um caminho que possamos usar.

Se não achasse nenhuma passagem, o treinador teria que improvisar. Recolheria seus Pokémon e liberaria Heracross de sua Pokébola. Em seguida pediria uma carona ao Inseto/lutador que voava, para levá-lo até a parte onde estava o riacho. Aquiles, além de grande era bem forte, então não devia ter problema para pelo menos “planar” até o fundo do lugar.

_____________________________________________________
TEAM


Arkan
Arkan
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Luch em Qua Dez 12 2018, 22:03



Obstinação de Granito

Fatalmente Will percebeu que o Salão onde se encontrava era o mesmo que havia visto o treinador e onde supostamente ele havia sido atacado. Sendo assim, resolveu investigar um pouco melhor o local. Sobre o vulto que Deino havia notado, o treinador decidiu que era melhor deixar para lá, por estar longe e simplesmente resolveu focar na busca pelo possível desaparecido. Afinal, estaria ele ainda vivo? Para descobrir isso, Will teria que descer do túnel artificial e chegar até o nível mais baixo. Não havia corda com ele, nem haviam escadas próximas, nem ao menos existiam espaços seguros para uma escalada, mesmo que a mão livre. A única escolha possível no momento era recolher seus Pokémon e usar Heracross para "plainar" até o térreo, e assim ele o fez.

Agarrando bem o inseto lutador, Will conseguiu descer de uma forma turbulenta até o andar de baixo, mas batendo no chão com força ao pousar, afinal o Pokémon que utilizou para tal missão não era um especialista nesse tipo de transporte. Agora que estava onde queria, restava investigar. Logo de cara haviam informações bem expressivas sobre o que poderia ter acontecido... Na lama um tanto úmida que compunha o solo, haviam rastros de algum Pokémon numa forma de serpente, semelhante ao que deveria ter cavado o túnel. Entretanto, havia uma grande marca que destoava das "trilhas" comuns, pois era maior e parecia ser produto de uma queda desse grande Pokémon. Talvez derrotado?

Will virou a luz das lanternas que possuía para o redor, numa vista geral e não parecia achar qualquer vestígio de um treinador por perto, muito menos de seus pertences. Contudo, ao apontar em uma certa direção, notou dois brilhos amarelados que revelaram-se parte de um vulto em movimento. Era difícil descrever o que era, mas talvez possuísse feições caninas ou lupinas. Infelizmente quando retornou a luz para o mesmo ponto, a criatura não se encontrava mais lá, mas um som de alta voltagem percorrendo a escuridão poderia indicar que algo ou alguém ainda estava ali à espreita. O que Will faria?

Progresso da Rota:

Situação Pokémon:

- Dewott (Netuno): HP: 97/97
- Heracross (Aquiles): HP: 69/69
- Quilladin (Thorin): HP: 61/61
- Meditite (Shiva): HP: 54/54
- Deino (Kiron): HP: 58/58

Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

-

Capturas:

-

Itens:

- Will encontrou um Red Shard e um Green Shard. [+1 Red Shard][+1 Green Shard]
Luch
Luch
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Arkan em Qui Dez 13 2018, 08:56


Granite Cave!
_____________________________________________________

- Ok, Aquiles! Voe acima de mim que eu vou me segurar nas suas pernas. Depois é só nos levar lá para baixo! – Heracross não estava acostumado a transportar pessoas, então o treinador sabia que talvez a descida poderia ser mais rápida do que desejaria. Por isso preferiu descer dependurado. Para quem fazia de 20 a 25 barras pronadas, essa não seria uma tarefa muito difícil, vantagens de um corpo atlético e treinado.

- Tente manter o equilíbrio, não se preocupe em descer devagar... – A descida foi turbulenta, Heracross se balançou muito mais do que Will desejava, mas apesar das dificuldades, alcançaram o chão sem nenhum ferimento. – Funcionou! – Comentou surpreso e empolgado ao mesmo tempo, enquanto movia as articulações das pernas e dos braços para afastar a tensão. – Obrigado, Aquiles! Ainda vamos melhorar isso... valeu! – Will o retornou para a Pokébola, percebendo que ele não estava muito confortável naquele ambiente escuro e trouxe de volta Deino e Quilladin, seus dois parceiros de exploração. – Ok, pessoal. Procurem por pistas!

O indício que primeiro chamou a atenção do treinador foi a grande marca de um Pokémon na lama, parecia que uma serpente gigante tinha passado por ali. – Será um Onix? Mas esse aqui parece ser bem maior que o normal! – A primeira associação do treinador foi com o Pokémon rochoso natural de Kanto, o único que ele conhecia com dimensões proporcionais as marcas, mas algo não parecia se encaixar. – Tivemos uma batalha aqui. Essa lama toda é culpa de um Pokémon aquático ou por causa desse riacho? – As dúvidas eram muitas e as informações escassas. Will imaginou que iria encontrar o treinador por ali, morto ou inconsciente, mas não foi isso o que aconteceu. Mas por que? Ele fugiu? Algo ou alguém o arrastou para outro lugar? Continuou a procurar...

Sua luz “voou” de um ponto ao outro naquela galeria, nada! Parecia que o treinador tinha virado fumaça e não conseguia encontrar nenhum novo rastro. Contudo, uma criaturinha curiosa surgiu em seu campo de visão, Will não conseguiu identificá-lo, pois tinha passado muito rápido com o feixe de luz por ele, mas notou o brilho amarelo em seus olhos e sua forma quadrúpede, semelhante a um canídeo. Voltou o mais rápido possível com a luz para a posição onde o viu, mas ele tinha sumido. A criaturinha se escondia e parecia ser a mesma que Deino tinha visto anteriormente. – Kron, Thorin, venham para perto! – O treinador caminhou alguns passos na direção em que tinha visto a criatura e posou um joelho no chão. – Ei, amiguinho! Não queremos lhe fazer mal, não precisa ter medo. – Sua voz soava tranquila e em um tom leve, uma tentativa de não intimidá-lo. Tentava passar tranquilidade ao Pokémon. – Você pode nos ajudar? – Acendeu a lanterna tipo lampião para iluminar em 360º a galeria. – Pode me dizer o que houve aqui? – Sem desistir, Will insistiu. – Se estiver com fome, eu tenho comida, veja! – Pegou um pouco de ração Pokémon em um pote e colocou a sua frente. – Vamos lá, não tenha medo! – Até aquele ponto o treinador ignorou o som de eletricidade que escutou, mas se o Pokémon não se aproximasse, só lhe restaria seguir aquele barulho.

_____________________________________________________
TEAM


Arkan
Arkan
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Luch em Qui Dez 13 2018, 19:32



Obstinação de Granito

O que Will tinha tirado dessa breve investigação era que o Pokémon que passou por ali, seja ele qual for, devia ser bem grande para deixar tais marcas no chão, assim como o possível Pokémon que abriu caminho pelo granito, nos túneis laterais por onde ele chegou ali. Entretanto, no meio de sua pesquisa, um som de Pokémon selvagem e alta tensão curiosamente lhe chamaram a atenção.

Quem sabe não seria o motivo do desaparecimento do treinador ou o catalisador de um mistério ainda maior? Will então resolveu colocar o lampião no chão para iluminar bem ao redor, num círculo ao seu redor. Como não recebeu mais nenhum sinal da criaturinha, chamou Thorin e Kron para bem perto de si e apostou em ração Pokémon para atrair o tal vulto.

Em um primeiro momento, apenas um leve rosnado de curiosidade veio da escuridão, mas conforme o tempo passou, aquele vulto de outrora começava a surgir com certo medo e bastante fome. Os olhos que pareciam amarelos em contato direto com a lanterna, agora se mostravam de um belo azul e estavam cheios de expressão. A criaturinha feita com alguns pedaços de rocha tinha uma aparência canídea, andava sobre as quatro patas e balançava seu rabo para os lados, com bastante alegria em sentir o cheiro de comida, talvez depois de um bom tempo sem comer.

Quando estava a apenas alguns metros do treinador entretanto, o Pokémon notou a presença de Thorin e Kron, assustando-se pela surpresa e ficando em posição de ataque, com os dentes a mostra, recobertos por uma energia elétrica fortíssima e sendo capaz de emitir até alguns raios. Era o movimento Thunder Fang preparado para uso a qualquer momento. O que Will faria?


Progresso da Rota:

Situação Pokémon:

- Dewott (Netuno): HP: 97/97
- Heracross (Aquiles): HP: 69/69
- Quilladin (Thorin): HP: 61/61
- Meditite (Shiva): HP: 54/54
- Deino (Kiron): HP: 58/58

Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

-

Capturas:

-

Itens:

- Will encontrou um Red Shard e um Green Shard. [+1 Red Shard][+1 Green Shard]

Luch
Luch
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Arkan em Qui Dez 13 2018, 22:18

off:

Rockruff *.*
Ainda imaginei que fosse ele, mas os olhos amarelos me deixaram na dúvida kkkk

Granite Cave!
_____________________________________________________

A criaturinha estava receosa e não era para menos. Quando Will o viu, soube de imediato que ele não era natural daquele lugar, afinal, tinha feito o dever de casa antes de ir a Granite Cave. Leu sobre as características de diversos Pokémon típicos do bioma e nenhum tinha aquela aparência. – Olha só você! Nunca tinha visto uma espécie como a sua... Você é um carinha bem bonito. – Brincou, fitando os seus olhos azuis expressivos. – Você me parece cansado e faminto. Pode comer, não tenha medo.

A fome parecia estar vencendo, o que permitiu Will ver a criatura ainda mais de perto. Ainda abaixado, o treinador manteve seu sorriso e o encorajou a se aproximar. A tática parecia estar funcionando, um laço estava se criando, mas quando ele percebeu os parceiros do treinador, recuou pronto para um confronto. – Calma rapaz, não tenha medo. Eles são meus amigos, esse é o Kron e aquele o Thorin. Estamos apenas explorando a caverna. Não queremos lhe fazer mal. – Will não tinha movido nenhum músculo enquanto falava, mas logo depois empurrou o pote com ração para mais perto do Pokémon e levantou-se lentamente, dando dois passos para trás, dando espaço para ele. – Por favor, coma. E se ainda quiser batalhar, podemos fazê-lo. Mas primeiro você precisa recuperar suas forças. – Voltou a se abaixar, dessa vez ao lado de seus Pokémon e fez carinho nos dois, acariciando a cabeça de cada um para mostrar a relação de afeto que eles possuíam.

Depois, o treinador sacou sua Pokedex do bolso, desligou o som para não assustar o Pokémon e leu as informações que ela tinha a lhe oferecer. – Nossa, você é natural de Alola, Rockruff – Quase soletrou o nome, fazendo questão do Pokémon ouvi-lo de outra pessoa. - Sabia que não era de Hoenn... Aquele/Esse Thunder Fang foi bem legal. Você é cheio de surpresas... Mas como você veio parar aqui? – Será que era esse Pokémon que estava fugindo do outro treinador desaparecido? Aquilo tudo estava deixando o Carateca ainda mais confuso.

_____________________________________________________
TEAM


Arkan
Arkan
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Luch em Sex Dez 14 2018, 01:30

OFF:
O olho amarelo foi só para dar mais surpresa auauhauha E é um belo Rockruff mesmo hein!

Obstinação de Granito

O Pokémon natural de Alola havia se aproximado do treinador pela fome, mas não tinha perdido seus instintos de proteção ao notar os dois Pokémon servindo de guarda-costas de Will. A reação natural foi ameaçá-los com seu curioso golpe, um movimento que certamente ele gostava de exibir como uma tentativa de intimidação. Quando o jovem resolveu acalmá-lo e apartar a situação ele manteve-se atento, mas aos poucos afastava-se centímetro por centímetro, tomando distância para agir se fosse necessário. O treinador resolveu mostrar ser amistoso ao acariciar seus companheiros, como se dissesse que todos ali poderiam estar em harmonia, mas a única coisa que aquebrantou Rockruff foi quando WIll empurrou novamente o prato de ração para perto dele.

Indo contra toda sua selvageria inicial, o Pokémon deu um semi-latido de alívio e enfiou o focinho dentro do prato, comendo com voracidade o "banquete" oferecido. De vez em quando ele levantava o olhar para saber se estavam aproximando-se ou armando algum bote nesse momento em que se sentia indefeso, mas logo voltava a comer e o silêncio reinava, por um tempo. Quando tudo parecia calmo, uma movimentação de rochas foi ouvida no teto do local, cessando logo em seguida. Após um novo espaço de tempo, o mesmo barulho surgiu, o que fez o canídeo latir uma vez só, de forma bem aguda em direção ao teto antes de voltar a comer. Teria algo de estranho acontecendo lá ou eram sons naturais da caverna. Diante da maior mansidão de Rockruff, o que Will faria agora?

Progresso da Rota:

Situação Pokémon:

- Dewott (Netuno): HP: 97/97
- Heracross (Aquiles): HP: 69/69
- Quilladin (Thorin): HP: 61/61
- Meditite (Shiva): HP: 54/54
- Deino (Kiron): HP: 58/58

Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

-

Capturas:

-

Itens:

- Will encontrou um Red Shard e um Green Shard. [+1 Red Shard][+1 Green Shard]

Luch
Luch
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Arkan em Sex Dez 14 2018, 13:15


Granite Cave!
_____________________________________________________

Will observou a criaturinha faminta se alimentar com olhos cheio de compaixão. Sabia bem o que era fome e isso o fazia simpatizar ainda mais com a situação de Rockruff. O treinador continuou abaixado observando, deixando o Pokémon se alimentar à vontade, se Thorin ou Kron tentassem se aproximar, Will os impediria, dizendo a eles para deixarem ele comer em paz.

“Parece que você estava com fome, mesmo”, “coma devagar, rapaz, ou pode se engasgar”, não se preocupe, não iremos incomodá-lo”, foram algumas das frases ditas pelo Carateca enquanto o via devorar a ração. Aquilo tinha um motivo, queria que ele se acostumasse com a sua voz e sua presença. Mas durante todo aquele tempo, uma pergunta não saia de sua mente, como ele havia chegado ali? Seria o Pokémon de um treinador? Ou seria selvagem? O homem que tinha ouvido mais cedo parecia querer capturar um Pokémon naquela área, seria o Rockruff? Provavelmente sim, um Pokémon raro como ele em Hoenn iria fazer a cobiça de muitas pessoas coçar.

O jovem observou com cuidado a pelagem do filhote, procurando por algum ferimento ou indício de ele ter entrado em combate. - Ei, rapaz, você está sozinho? Gostaria de vir conosco? Isso é claro, se você quiser ser nosso amigo... – Antes de ouvir uma resposta um barulho estanho, como se pedras se movessem, veio do teto. A reação do treinador foi automática, levantou-se e direcionou a luz para o local que acreditava ter sido a origem do som.

_____________________________________________________
TEAM


Arkan
Arkan
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Luch em Sab Dez 15 2018, 14:15



Obstinação de Granito

Rockruff se alimentava com bastante voracidade, enquanto Will lhe falava com cuidado, dando-lhe sugestões para comer mais devagar ou ficar tranquilo sobre a aproximação de outros Pokémon. O treinador fazia isso para que o canídeo se acostumasse com o som da sua voz e ficasse mais calmo, podendo talvez capturá-lo futuramente. O motivo da chegada daquele Pokémon em uma caverna tão distante de casa ainda era um mistério para o carateca, mas talvez tivesse algum envolvimento com a confusão que se instaurou na caverna, com túneis estranhos surgindo e desaparecimentos ocorrendo.

Enquanto Will buscava algum sinal de ferimento que ligasse o Pokémon à batalha que se desenrolava anteriormente, um som do teto chamou a atenção de Rockruff do próprio treinador. O Pokémon ladrou algumas vezes para o teto, incomodado com o barulho que surgia, mas logo que Will apontou sua luz para o local, Rockruff deixou de se incomodar e continuou a se alimentar. Já o treinador, agora iluminando o teto da caverna, conseguia ver que aqueles "camarotes" talhados na parede da rocha na verdade não eram algum trabalho humano e sim uma espécie de ninho para uma espécie de Pokémon. Ali, em cada um desses nichos, havia alguns Graveler e dezenas de Geodude, sendo cuidados por eles. Um belo cenário da natureza selvagem que o rapaz tinha o prazer de vislumbrar.

A cena distraiu Will e seus Pokémon tempo suficiente para que o canídeo que haviam encontrado, terminasse de comer e depois escapulisse de novo. Contudo, dessa vez ele não foi muito longe na escuridão e uma busca com a lanterna para frente seria o suficiente para reencontrá-lo por ali. Ele havia deixado o prato de ração para trás e agora cheirava alguns objetos próximos que pareciam ser pedaços de mochila e trapos de blusa misturados à lama. Rockruff cheirava os objetos e depois erguia a cabeça, sentindo no ar o odor e caminhando em uma certa direção depois. Teria ele rastreado o tal treinador ou seja lá quem fosse os donos daquilo? O que Will faria?

Progresso da Rota:

Situação Pokémon:

- Dewott (Netuno): HP: 97/97
- Heracross (Aquiles): HP: 69/69
- Quilladin (Thorin): HP: 61/61
- Meditite (Shiva): HP: 54/54
- Deino (Kiron): HP: 58/58

Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

-

Capturas:

-

Itens:

- Will encontrou um Red Shard e um Green Shard. [+1 Red Shard][+1 Green Shard]



Última edição por Luch em Qua Dez 19 2018, 21:13, editado 3 vez(es)
Luch
Luch
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Arkan em Sab Dez 15 2018, 16:10


Granite Cave!
_____________________________________________________

A iluminação lhe revelou algo inesperado, Will ficou tenso e ao mesmo tempo maravilhado. Era a primeira vez que testemunhava o habitat natural de Graveler e Geodude, Pokémon naturais de sua terra. – Incrível, não sabia que eles viviam assim... – Comentou surpreso e cada vez mais temeroso com o número de Pokémon que estava vendo. Se eles considerassem Will e sua turma ameaças, as coisas ficariam bem complicadas. Quando esse pensamento gritou em sua mente, decidiu que precisavam sair dali o quanto antes. – Ok, pessoal, precisamos nos apres... Rockruff?

O pequeno Pokémon de pedra havia sumido, ele tinha aproveitado a distração do treinador para partir. Aquilo, de certo modo, deixou o treinador decepcionado, pois acreditava que tinha conseguido algum progresso com a criaturinha. Avançou até o pote, guardando-o em sua mochila, preparando-se para deixar o local. Mas antes de escolher um caminho, procurou ao redor para ver se Rockruff não tinha apenas se escondido. Encontrou-o cheirando alguns objetos misturados à lama e percebendo que o Pokémon parecia ter encontrado um rastro, Will caminhou até o local. – Essas coisas pertencem ao seu treinador? – A criaturinha já se adiantava, mas Will primeiro se abaixou no local e passou a mão pelos objetos procurando alguma coisa que pudesse ser salva e devolvida ao homem no caso de encontrá-lo. – Vamos segui-lo, pessoal! Precisamos ajudar. – Levantou-se e começou a seguir o pequeno canídeo.

_____________________________________________________
TEAM


Arkan
Arkan
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Luch em Qua Dez 19 2018, 21:13



Obstinação de Granito

Diante de um cenário tão incrível e assustador, Will resolveu que era melhor seguir adiante e deixar a família de Graveler em paz, antes que lhe considerassem uma ameaça. Entretanto, ao tentar contactar Rockruff, o Pokémon havia desaparecido. Demoraram alguns segundos até que o rapaz encontrasse o canídeo em meio à escuridão, e com ele, um rastro de alguém que parecia ter desaparecido. Will até perguntou para Rockruff se os pertences eram de seu treinador, mas o Pokémon apenas inclinou a cabeça para o lado e emitiu um grunhido de dúvida, antes de começar a andar por conta própria na direção do pequeno riacho que cruzava aquele salão. O Pokémon apenas parou no ponto onde aquele curso d'água atravessava uma parede, adentrando uma gruta de teto um pouco baixo.

O Pokémon deu dois latidos curtos para Will e depois fez com que seus dentes brilhassem em um forte tom amarelo pelos raios que produzia, iluminando um pouco a sua frente. Em seguida, simplesmente entrou na gruta sem esperar que o treinador o seguisse, por um cantinho da parede que lhe permitia ficar seco. Aos poucos o Pokémon de pedra ia aprofundando-se mais no túnel, até que sua própria iluminação ficava distante demais para Will enxergá-lo. O que o rapaz faria? Seguiria Rockruff pelo túnel encharcado ou tentaria convencer o Pokémon a voltar e tomar outro caminho? O que Will faria?

Progresso da Rota:

Situação Pokémon:

- Dewott (Netuno): HP: 97/97
- Heracross (Aquiles): HP: 69/69
- Quilladin (Thorin): HP: 61/61
- Meditite (Shiva): HP: 54/54
- Deino (Kiron): HP: 58/58

Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

-

Capturas:

-

Itens:

- Will encontrou um Red Shard e um Green Shard. [+1 Red Shard][+1 Green Shard]

Luch
Luch
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Arkan em Qua Dez 19 2018, 21:51


Granite Cave!
_____________________________________________________

O rastro que Rockruff tinha encontrado, do possível treinador, levava direto para uma gruta por onde o corpo d’água adentrava. Will o seguiu até a passagem, acreditando que os latidos fosse um chamado. – Você quer ir por ai, mesmo? – Olhou com desconfiança para o caminho, mas a criaturinha não lhe deu muitas opções, antes mesmo que o alcançasse, ele adentrou a gruta.

Parou bem na entrada do novo caminho e avaliou a situação, como não tinha visto nenhum novo indício da tragetória do homem, suspeitou que Rockruff tinha pego seu cheiro. - Vamos continuar, pessoal. Se ficar muito ruim para caminhar lá dentro, eu irei retorná-los para as Pokebolas.

Assim fez o treinador, junto de seus Pokémon, seguiu pela passagem estreita evitando se molhar, apressando o passo para não se perder da criaturinha do tipo pedra. Caso o caminho se mostrasse impossível de transpor pela margem e o riacho se mostrasse fundo, iria recolher sua equipe e seguir viagem sozinho atrás do Rockruff.

_____________________________________________________
TEAM


Arkan
Arkan
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Luch em Qua Dez 19 2018, 22:43



Obstinação de Granito

Will observava Rockruff adentrar pela caverna e inevitavelmente decidiu segui-lo rumo ao desconhecido. O treinador avisou seus Pokémon que caso o caminho ficasse complicado, ele os traria de volta para a Pokébola, mas por enquanto gostaria que eles continuassem o seguindo. Sendo assim, todos eles foram se espremendo pela margem do riacho, acompanhando os passos do canídeo de pedra que seguia logo a frente. No início do trajeto, pisar com os pés de lado pela margem e ir aos poucos era fácil, mas goteiras começavam a surgir no meio do caminho e iam ficando cada vez mais fortes, como se chovesse por ali. Rockruff desviava velozmente das gotas, saltando de um lado para o outro da margem com bastante facilidade. Entretanto, para Will não seria tão simples assim e manter-se seco ficava impossível.

Em certa parta do trajeto, o treinador não teve mais opção a não ser entrar na água, que devido às inúmeras goteiras preenchendo-a constantemente, estava mais funda do que antes. A água chegava um pouco acima da coxa do treinador, o que seria uma ameaça para seus Pokémon. Por isso, Will os trouxe de volta para suas respectivas cápsulas. Rockruff quase não parava, apenas mantinha sua cabeça elevada farejando o rastro e pouco olhava para trás para verificar se Will o seguia. Conforme eles andavam, os sons ambientes se transformavam. Primeiro houve um silêncio absoluto, depois uma sinfonia de goteiras e agora um grito de uma grande cascata aumentava de volume a cada passo.

Quando alcançaram um certo ponto do túnel, uma luz que parecia natural, do Sol, começou a surgir adiante. Will caminhou nesse sentido e se deparou com algo incrível. Havia naquele trajeto algumas "janelas" naturais que davam para um novo salão, dessa vez incrivelmente profundo e que terminava em um lago. A água do riacho em que ele estava, extravasava por essas janelas e se transformava em uma caudalosa cascata natural que alimentava o lago. Já para cima, havia um buraco natural, quase perfeitamente redondo, que permitia a entrada de luz do Sol. Rockruff, que estava mais adiante, abanava o rabo e observava também o lago, apontando em seguida com a pata o final do túnel, que agora se transformava em uma trilha rochosa e extremamente úmida pela parede do salão, descendo em espiral até próximo do fundo. Seja lá o que ou quem ele estava farejando, havia descido por ali também.

Entretanto, enquanto observava o canídeo de pedra, Will notou três coisas interessantes. No próprio túnel, entre ele e Rockruff, haviam dois pedaços de minérios presos a parede, um Green Shard e um Red Shard. E logo acima do Pokémon e da "janela" natural da rocha, encrustado na parede do salão, havia um pedaço grande de minério verde, que certamente poderia ser repartido em uns dois ou três fragmentos de valor. Entretanto, esse último exigia um grande risco por parte de Will, ainda mais na proximidade de uma cascata dessas. Antes de seguir o Pokémon pelo caminho que faziam, o que o rapaz decidiria? Valeria a pena retirar os minérios que ele buscava? E se sim, por qual começaria? O mais arriscado ou os dois mais fáceis? O que Will faria?

Progresso da Rota:

Situação Pokémon:

- Dewott (Netuno): HP: 97/97
- Heracross (Aquiles): HP: 69/69
- Quilladin (Thorin): HP: 61/61
- Meditite (Shiva): HP: 54/54
- Deino (Kiron): HP: 58/58

Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

-

Capturas:

-

Itens:

- Will encontrou um Red Shard e um Green Shard. [+1 Red Shard][+1 Green Shard]

Luch
Luch
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Arkan em Qui Dez 20 2018, 09:19

off:

Não ficou claro a posição do minério, se estava do lado oposto ou não do salão, como meu personagem “viu”, presumi que ele tinha ângulo para a tentativa que narrei. Qualquer coisa, só ignorar.
Vlw!


Granite Cave!
_____________________________________________________

Apesar de suas dificuldades naturais, o caminho não se provou tão difícil de se transpor. Em um certo ponto, Will se viu obrigado a recolher sua equipe, preservando-os da necessidade de nadar por sabe se lá quanto tempo. Encarou a água sem medo, apenas lamentando ter que molhar seu tênis e calça, mas assim que possível faria uma pausa e os secaria em uma fogueira – claro, se encontrasse galhos. Caminhou com cuidado, pisando lentamente/cautelosamente pelo caminho, mas em um ritmo firme para não perder seu guia. Rockruff se mostrava bem habilidoso, ágil e determinado, um Pokémon tipo pedra provavelmente pensaria duas vezes antes de encarrar um percurso d’água como aquele, mas o pequeno não, aquele ali era diferenciado. Will em momento algum atrapalhou a concentração do filhote, apenas o seguiu em silêncio, sem reclamar ou opinar, admirando-o cada vez mais pelos seus feitos.

- Finalmente, luz! – Comentou quando viu a luz natural no final do túnel, colocando a mão a frente dos olhos para minimizar o efeito da diferença de intensidade luminosa. Dali já era possível ouvir o som da água caindo, foi fácil associar isso a uma cachoeira antes mesmo de vê-la. – Incrível! – A paisagem era de se tirar o fôlego, tanto o lago quanto a abertura na parte superior pareciam obras primas, mas o verdadeiro toque final era a cascata que parecia complementar todo o cenário. – Essa visita está cada vez melhor, ninguém falou nada sobre isso. – Olhou de lado para o canídeo e o agradeceu, admirando o cenário por mais alguns segundos, antes de voltar para a realidade. – Bem, temos trabalho a fazer. Por favor, espere um pouco Rockruff!

Will voltou pelo caminho e desprendeu a picareta da mochila, não desperdiçaria a oportunidade de retirar algumas shards pelo caminho. Aproximou-se dos minérios preso a parede e começou a trabalhar, se estivesse difícil o serviço, usaria o Brick Break de sua Meditite para enfraquecer a rocha que prendia as duas shards. O problema real seria o minério maior que estava preso. – “Como eu pego aquilo?” – O treinador pensou por um tempo e decidiu que não seria sábio ir tentar pegá-lo, o melhor seria derrubá-lo, com sorte ele iria parar no andar do lago ou mesmo na água deste. Ali, caso conseguisse chegar lá, poderia minerá-lo. Escolheu para essa tarefa o seu Quilladin, lembrando de sua boa mira na extração anterior. – Thorin, está vendo aquele minério? – Apontou a posição ao seu Pokémon, colocando seu indicador na linha de direção dos olhos do gramíneo. – Preciso que use o seu Seed Bomb como da última vez, mire ao redor dele e tente quebrar a rocha que o prende. – Se a tarefa se mostrasse muito perigosa, desistiria do seu plano e voltaria a seguir o Rockruff, caso contrário, faria algumas tentativas para derrubar o minério, desistindo também no caso da rocha ali se provar muito forte para o ataque de seu Pokémon.

Após a tarefa, tendo êxito ou não, Will recolheria sua equipe mais uma vez e seguiria pela trilha rochosa, direto para baixo. Caso Rockruff o tenha esperado, ele tentaria acariciar a cabeça do animal. – Obrigado por esperar, garoto. Agora podemos ir, mostre o caminho!

_____________________________________________________
TEAM


Arkan
Arkan
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Luch em Qui Dez 20 2018, 13:45

OFF:
Eu inventei um lugar complexo demais, fica até difícil descrever tudo certinho, mas você compreendeu bem. É isso aí mesmo o/

Obstinação de Granito

Diante da situação, Will resolveu buscar primeiro os Shards mais fáceis, que estavam presos na parede do próprio túnel. Por não ser uma caverna muito alta, o trabalho era razoavelmente simples, necessitando apenas das ferramentas certas e um pouco de paciência, para retirar aqueles fragmentos sem comprometer a qualidade do material. Enquanto o treinador trabalhava, Rockruff o encarava com bastante curiosidade, enquanto mostrava sua língua arfando devagar e também abanava o rabo. O procedimento, quase cirúrgico, durou apenas alguns minutos e nada parecia estar errado por ali, com exceção de novas goteiras que se formaram a partir do buraco que sobrou após a retirada dos shards.

Agora restava apenas o pedaço maior, preso a parede do túnel. Rockruff levantou-se antes de Will e caminhou até uma rocha que ficava na pontinha de uma das "janelas" naturais, olhando para baixo e depois para cima, onde ficava o minério. Ele sabia o que Will faria e apenas aguardava para assistir. Já o carateca, trouxe para fora de sua Pokébola o seu companheiro Thorin, que já se mostrou possuidor de uma mira exemplar. A ideia do treinador era derrubar aquele grande pedaço de minério e depois buscá-lo lá embaixo se fosse possível. Enfim, tendo tudo preparado ele ordenou o ataque por parte de Quilladin, que lançou sua rajada de sementes diretamente no alvo. Rapidamente o minério começou a se deslocar, mas algo um pouco estranho acontecia simultaneamente.

Um som de quebra foi ouvido ao longo do paredão de rochas escuras onde o alvo se encontrava e o som aumentava a cada novo golpe de Thorin, como se algo se rasgasse. Certamente esse barulho não era indicativo de algo bom, até mesmo o canídeo de pedra parecia preocupado, abaixando suas orelhas e recuando. Era notável também que o número de goteiras havia aumentado e algumas delas se transformavam em pequenas torneiras. Além disso tudo, o cheiro de maresia também parecia ter invadido o local, talvez vindo daquele buraco no teto por onde entrava Sol. Diante disso tudo, o que Will faria? Continuaria a extração ou desistiria e seguiria em frente?

Progresso da Rota:

Situação Pokémon:

- Dewott (Netuno): HP: 97/97
- Heracross (Aquiles): HP: 69/69
- Quilladin (Thorin): HP: 61/61
- Meditite (Shiva): HP: 54/54
- Deino (Kiron): HP: 58/58

Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

-

Capturas:

-

Itens:

- Will encontrou um Red Shard e um Green Shard. [+1 Red Shard][+1 Green Shard]
- Will encontrou um Red Shard e um Green Shard. [+1 Red Shard][+1 Green Shard]

Luch
Luch
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bastardos Inglórios

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 12 Anterior  1, 2, 3, ... 10, 11, 12  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum