02 - Cidade Natal

Ir em baixo

02 - Cidade Natal

Mensagem por Canino em Seg 11 Mar 2019, 22:06


Demorou para que a mãe de Lucas terminasse de se despedir por completo, o relógio apitou duas horas quando o jovem finalmente conseguiu fechar a porta de casa, mas como diz o ditado, antes tarde do que nunca. Olhou para o lado direito e viu o prédio cede da "VALER", empresa do seu pai na qual trabalhou pelos últimos anos, apesar de tudo sentiria falta daquele lugar. Olhou para a esquerda e sentiu uma brisa suave em seu rosto, era o destino lhe chamando para o início de sua glória. O jovem não via a hora de orgulhar seus pais mantendo a tradição pesada de seus sobrenomes.

Se encaminhou para um banco próximo e começou a conversar com Ekans, sua parceira de infância.

- Nosso primeiro objetivo a curto prazo é derrotar Roxanne, ela sempre foi famosa por sua técnica em batalha então não será nada fácil... Pelo o que eu andei pesquisando ela usa três pokemons e é especialista no tipo pedra, logo alguns golpes aquáticos e terrestres poderiam ser úteis em batalha... Deixa eu pensar...

- Ssss! - Ekans parecia animada com a empolgação precoce de Lucas.

- Temos lagos na rota 104, podemos arranjar um amigo aquático para você... A rota 115 nos levaria para a praia onde conseguiríamos achar alguns pokemons marítimos também. Ao leste é a rota 112.. Não, 116! Lá podemos conseguir algum lutador ou terrestre nos rochedos. O que acha? Me parece uma boa estratégia a princípio... Três contra três, um pokemon aquático e um terrestre teríamos uma boa vantagem contra a líder. Você é Veneno puro, então seu ferrão venenoso não seria muito útil contra rocha... Precisamos fazer você aprender um golpe novo.

- SsssSss!

- Acho que também não seria uma boa ideia ir para uma rota agora... Afinal precisamos estar mais forte se quisermos capturar algum aquático ou terrestre. Decidido então. Primeiro passo vai ser fazer você ficar mais forte e aprender um novo golpe que não seja venenoso. Roxane pode esperar um pouco.

Depois de um diálogo retórico com sua parceira rastejante, Lucas levantou, ajeitou sua gravata e saiu andando em direção ao centro da cidade. - Vamos encontrar nosso primeiro desafiante garota. -  Com certeza o jovem era muito precipitado... Nunca tinha batalhado oficialmente com ninguém e já almejava sua primeira insígnia, mas parecia confiante com sua estratégia.
Canino
Canino
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 02 - Cidade Natal

Mensagem por Andros em Qui 14 Mar 2019, 15:43


Off::
Olá!
Serei seu narrador nessa sua primeira aventura. Espero que goste e se divirta.
Se tiver alguma duvida ou sugestão, fique livre para dizer.

Ainda era inicio da tarde quando o jovem Víbora, como era popularmente conhecido na cidade, saiu de sua casa para partir em sua jornada para construir seu próprio futuro. Foi uma despedida longa, já que como toda mãe, Erza sentiria muita falta do filho que nunca ficou muito tempo longe de casa.

Agora que estava finalmente livre de suas responsabilidades na empresa, e com um longo caminho pela frente, Víbora decidiu se sentar em um banco próximo para refletir sobre seus próximos passos. O jovem adulto conversava em um monologo com sua pequena serpente. A Ekans também parecia bastante animada com a aventura que os esperava. Mas parecia que seu treinador havia refletido um pouco sobre as rotas ao redor e tinha decidido conseguir alguma coisa por ali mesmo na cidade antes.

Lucas era ganancioso, mesmo sem nenhuma experiência ele já queria ir logo derrotar o ginásio. Seus planos principais eram fortalecer Ekans e em seguida aumentar sua equipe para que pudesse enfrenar Roxanne de igual para igual. Sendo assim, ele se levantava e partia em direção ao centro da cidade.

Não demorou muito para chegar em um local mais movimentado, mas se ele quisesse encontrar algum desafio em uma cidade, o melhor lugar estava ali bem próximo. O Centro Pokémon não parecia tão movimentado naquela tarde, mas o belo telhado vermelho brilhava refletindo a luz do sol. Aquele era realmente um bom lugar para um treinador iniciante conseguir alguma coisa.

Depois de observar a porta do estabelecimento por alguns segundos, Víbora viu dois jovens entrando no lugar. Um deles carregava um cinto com três esferas rubro brancas, algo que indicava que ele era um treinador assim como ele próprio. O que o jovem decidiria fazer? Tentaria algo no Centro Pokémon, ou decidiria ir em algum outro lugar?

PROGRESSOS DA ROTA:
STATUS DOS POKÉMONS:
- Ekans - HP: 18/18

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
-

ITENS E DINHEIRO:
-


_________________
Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.
Andros
Andros
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 02 - Cidade Natal

Mensagem por Canino em Qui 14 Mar 2019, 20:27


Lucas sabia que o centro da cidade era um lugar mais movimentado que os outros, logo concluiu que poderia encontrar algum desafio para sua Ekans ali. Enquanto caminhava, olhava para os lados em busca de algo que lhe atentasse, logo a frente havia um Centro Pokemon, lugar onde treinadores pokemons de todos os níveis frequentavam. Desde de um amador com um inicial da região até um desafiante de ginásio. Parecia um ótimo lugar para encontrar algum iniciante que também estivesse em busca de uma batalha.

No entra e sai não tão movimentado do CP, Víbora percebeu dois jovens entrando enquanto um portava um cinto com algumas aparentes pokebolas, provavelmente um treinador pokemon. Agora a questão era saber se algum dos dois era tão iniciante quanto Lucas. Pensando estrategicamente enquanto fazia carinho em sua serpente venenosa, o jovem concluiu que não haveria mal em abordar os garotos e tentar averiguar se algum deles estaria disposto a uma batalha contra um iniciante. Afinal estaria em um Centro Pokemon onde a segurança era supostamente segura, ou seja não se meteria em problemas.

Evitar um metido a malandro nas ruas era a maior atenção de Lucas, sabia que somente com um pokemon e com tão pouca experiencia não conseguiria resolver a situação na batalha caso alguém o forçasse a isso. Era hora de encontrar um desafiante amigável, e não um inimigo aproveitador. Pensando assim, Víbora caminha em direção ao estabelecimento de cura pokemon para abordar os jovens que tinha visto entrando.

Off: Obrigado Smile
Canino
Canino
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 02 - Cidade Natal

Mensagem por Andros em Sex 15 Mar 2019, 10:41



Depois de analisar um pouco suas opções, Lucas percebeu que o Centro Pokémon seria a melhor opção. Uma batalha contra qualquer um pelas ruas da cidade poderia ser uma coisa bastante problemática, já que ele não podia saber das intenções das pessoas antes de conhecê-las melhor. Senda assim, o jovem e sua serpente seguiram em direção às grandes portas de entrada do lugar.

Ao entrar, percebeu que os dois garotos que tinham entrado antes dele, estavam parados na frente do balcão de atendimento. Eles pareciam esperar alguma coisa enquanto conversavam.

- Nossa, você teve sorte de vencer aquela batalha. O selvagem quase te detonou... – O mais velho dizia ao mais novo. Este parecia um pouco mais experiente e era o que carregava um cinto com as três esferas. O outro era nitidamente mais novo e parecia não ser tão experiente pelos comentários do primeiro.

- Eu tive sorte? Que nada, estava tudo planejado. – O garoto disse despreocupado.

- Tudo planejado? Sei... – O mais velho respondeu com uma cara de deboche.

Víbora se aproximou para abordá-los, e sua Ekans fez um barulho que chamou a atenção dos garotos que não pareciam ter mais de treze anos. Os dois se viraram para o homem muito bem vestido que se aproximava e o olharam com uma expressão suspeita. Era mesmo algo de se desconfiar, um homem estranho e bem vestido se aproximando daquela forma. Agora Lucas deveria escolher muito bem suas palavras para poder conseguir sua batalha.

PROGRESSOS DA ROTA:
STATUS DOS POKÉMONS:
- Ekans - HP: 18/18

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
-

ITENS E DINHEIRO:
-



_________________
Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.
Andros
Andros
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 02 - Cidade Natal

Mensagem por Canino em Sex 15 Mar 2019, 23:44


Ok, o primeiro contato tinha sido feito, agora era a hora do approach, hora de Víbora usar suas skills de persuasão para convencê-los que só queria uma batalha honesta e nada mais. Ele podia mentir, se fingir de um caça talentos pokemon em busca de talentosos iniciantes que conseguissem derrotá-lo em uma batalha 1x1. Talvez colasse, afinal que iniciante recusaria uma oportunidade de mostrar seu talento, entretanto seu amigo ao lado poderia ser um problema. Aparentava ser um pouco mais velho e já tinha no mínimo três pokemons, ou seja, por já ter experiencia em campo poderia achar que seria um golpe de Lucas e o jovem acabaria sem sua batalha.

Talvez a melhor saída fosse contar a verdade, que era um iniciante apenas querendo uma batalha para treinar seu pokemon. O máximo que poderia acontecer era rolar uma suspeita por parte dos garotos suficiente para fazê-los saírem do CP sem uma batalha, caso fosse assim, Víbora só teria que procurar um outro treinador disposto a batalhar, não perderia muita coisa. Lucas então decidiu por um apelo emocional, aproveitando a deixa que ouviu da conversa dos jovens.

- Coe rapaziada. Tranquilidade? - Dizia bem informalmente para que os jovens não se assustassem ainda mais com a formalidade de Víbora. - Me chamo Lucas, entrei para o mundo de batalhas pokemon a pouco tempo e estou procurando o primeiro oponente da minha parceira aqui.

-Ssss!
- Ekans se anunciava.

- O que você me diz de uma batalha x1 contra minha Ekans? Provar de vez para ele que você é um bom treinador e não um sortudo qualquer. - Disse Lucas se direcionando para o que aparentava ser mais novo.
Canino
Canino
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 02 - Cidade Natal

Mensagem por Andros Ontem à(s) 18:32



Víbora pensava um pouco sobre a forma de sua abordagem ao se aproximar. Vendo a expressão de desconfiança nítida no rosto dos dois garotos, ele precisava arrumar uma forma convincente de mostrar que ele não era nenhum pilantra, para assim poder conseguir o que queria. Não era uma coisa muito incomum um homem daquela idade decidir ser um treinador, mas também não muito comum. Mesmo assim, ele acabou decidindo dizer a verdade, mesmo que fosse usando um vocabulário bem casual, talvez casual até de mais.

- Que estranho você... – Comentou o mais novo dando uma risadinha pelo modo como Lucas os abordou. Mas depois de ouvir o resto do que o jovem estava dizendo, o garoto pareceu bastante interessado. - Então você é um iniciante igual eu? Que legal! Não pensei que gente velha fizesse isso. – Ele disse inocentemente.

O outro o cutucou com o cotovelo e fechou a cara. - Não seja ridículo. O que você acha que os lideres de ginásio são? São todos “gente velha” igual ele. – Ele olhou para Víbora com menos desconfiança. - Peço desculpas pelo meu amiguinho aqui, ele é meio boca aberta. – Ele disse meio sem graça.

- Desculpa... – Disse o menor emburrado. - Meu nome é Thomas. E esse chato é o Marco. Você quer mesmo batalhar comigo? Eu aceito! – Ele terminou ficando animado de novo.

- Normalmente eu não permitiria meu irmãozinho aqui batalhando contra um cara como você, mas como estamos dentro do Centro Pokémon, acho que não vai ter problema. Mas antes de começar, deixa eu ver se você é mesmo um treinador, me mostra sua Pokédex. – Ele disse retirando sua própria de seu bolso. Ao ligar o aparelho, na tela eram exibidos os dados do treinador que a possuía. - E mais uma coisa. Se você perder, nós vamos querer um pouco do seu dinheiro. É claro que se ganhar vamos te dar um pouco do nosso também. É só escolher o valor da aposta.

Enquanto isso, a enfermeira Joy retornava da sala dos fundos com uma esfera rubro branca em uma bandeja. - Aqui está! – Ela disse sorrindo para o garotinho que pegava a esfera, animado.

- Obrigado!

A batalha era aceita, mas com a condição de que Víbora mostrasse sua identificação de treinador, para assim provar sua identidade. Além de ser oferecida uma aposta para animar ainda mais as coisas. O jogo parecia ter virado um pouco, e era Lucas quem teria de aceitar ou não a nova proposta.

PROGRESSOS DA ROTA:
STATUS DOS POKÉMONS:
- Ekans - HP: 18/18

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
-

ITENS E DINHEIRO:
-



_________________
Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.
Andros
Andros
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 02 - Cidade Natal

Mensagem por Canino Ontem à(s) 22:06


Aparentemente o desenrolo de Víbora tinha dado certo, o garoto mais novo era um iniciante igual a ele e seu irmão parecia ser um pouco mais experiente em batalhas e um tanto quanto protetor, mesmo sendo amigável queria eliminar qualquer suspeita que pudesse por seu irmão mais novo em problemas.

- Sem problemas! - Respondeu Lucas a Marco enquanto mostrava sua pokedex ao garoto.

Uma batalha valendo dinheiro, não era nada mal para um começo de jornada. Víbora sempre gostou mais de investimentos de riscos, e apostar uma graninha em sua parceira seria um bom modo de mostrar confiança a Ekans. A questão agora era que os irmãos tinham uma vantagem, Marcos já sabia que Lucas usaria sua serpente venenosa e pode ter falado sabendo que o pokemon de seu irmão tem vantagem contra venenosos. Seria como poker, um ótimo jogo de estratégia por sinal, estaria o irmão mais velho querendo tirar proveito da situação escondendo o jogo ou apostar em batalhas pokemon era uma pratica comum nesse ramo. Lucas conhecia bastante sobre estratégia pokemon pelos campeonatos mas não muito sobre as malícias da vida real.

- Eu não tenho muito dinheiro aqui comigo, resolvi sair de casa sem minhas economias para deixar a aventura mais emocionante. - Disse Lucas se referindo aos 1000 pokedinheiros que carregava consigo. Para quem sempre andou sobre luxo carregar somente essa quantia era quase um insulto a seu sobrenome. - O que me diz de apostarmos 300?

Apesar de ter abandonado a vida corporativa, Víbora sabia o valor do dinheiro e que até no mundo de batalhas pokemon isso era extremamente importante. Achou que apostar praticamente um terço do que tinha parecia um bom negócio. Se o jovem fosse iniciante de verdade como havia dito, aquela pokebola que a enfermeira trouxe poderia ser o único monstro do Thomas, assim as chances de ser uma batalha justa aumentavam, afinal o menino não poderia escolher um pokemon que lhe fosse mais favorável. Já que só tem um, teria que ser ele mesmo. Pelo menos era o que pensava o eterno estrategista. No máximo dois pokemons, mas mesmo se fosse o caso, os tipos venenosos possuem bem mais vantagens defensivas do que desvantagens, Lucas decidiu arriscar.

- E então um valor justo? - Falou procurando onde a dupla de iniciante batalharia exatamente.
Canino
Canino
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 02 - Cidade Natal

Mensagem por Andros Hoje à(s) 13:05


Off::
Adorei seu sprite. Você mesmo que fez? Ficou ótimo.

- Muito Justo. Combinado então! – Respondeu Marco estendendo a mão para confirmar o acordo. - Agora vamos para o campo de batalha do Centro Pokémon. Fica ali atrás. - Ele disse vendo que Lucas parecia procurar alguma coisa. - Tem um desses em todo Centro Pokémon que você for, assim fica fácil treinar, ou até mesmo batalhar com outros treinadores em suas paradas.

Os três seguiram pela porta seguindo em direção ao campo indicado. Era um local praticamente a céu aberto, se não fosse a tela que cobria o lugar. O ambiente era bastante simples, tendo um pequeno campo de batalhas pintado no chão e alguns bancos para espectadores. Em um canto mais afastado, havia alguns aparelhos que pareciam ser destinados a treinamentos e um bebedouro.

- Eu vou ficar daquele lado! – Disse Thomas correndo na direção de um dos lados do campo. - Você fica aí! – Ele gritou enquanto corria.

- Pega leve com ele Thomas! Ele parece nunca ter batalhado. – Marco parecia animado agora que o desafio estava para começar. - Lucas. Como seu pokémon já está bastante obvio, Thomas vai começar com os comandos. Assim você não fica totalmente na desvantagem. Ouviu Thomas?

- Ouvi sim! – O garoto mais novo pegou sua esfera e a lançou em direção ao centro do campo. - Vamos lá Speed! Use Growl duas vezes! - Assim que a esfera se abriu, um pequeno felino negro com alguns detalhes vermelhos se materializou. Ele lambeu uma de suas patas dianteiras e depois se sentou apenas observando a serpente enquanto ela esperava seus comandos.



PROGRESSOS DA ROTA:
STATUS DOS POKÉMONS:
- Ekans - HP: 18/18

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
-

ITENS E DINHEIRO:
-


_________________
Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.
Andros
Andros
Mestre
Mestre

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 02 - Cidade Natal

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum