Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Miki Mayoke em Qui Maio 15 2014, 17:37

Off1: Concordo plenamente, a infância é a melhor parte da vida. Pena que também é a que acaba mais rápido x.x Tentarei acelerar a rota então, só espero que meus professores colaborem ç.ç
Off2: Nesse caso, vou querer ajuda sim. Não dar o chocolate que está me devendo para alguém é um crime mundial u.u
Off3: ;D8
Off4: E um... - escorrega e cai no chão antes de conseguir concluir a frase – também não nasci para isso ç.ç
Off4.1: Cuidar do Daichi era terrível x.x Eu precisava passar o dia inteiro com o aspirador de pó na mão x.x
Off4.2: Tem razão, vai ser condecorada como a maior Ranger do século em questão de enfrentar criminosos XD
Off4.3: Ter um Ditto no time pode ser muito útil quando for preciso conseguir ovos XD. Você e a sua irmã podia montar um berçário XD.
Off4.4: Obrigada, algo me diz que vou mesmo precisar de sorte ç.ç Talvez possa sair um pouquinho melhor sim, mas otimismo não é uma qualidade minha x.x
Off5:
“Come little children, come with me
Safe and happy, you will be
Away from home, now let us run
With Hypno, you'll have so much fun…”
Isso responde a sua pergunta?
Off6: ^-^
Off7: Pior do que já acontece comigo ela não pode fazer, então não tenho com o que me preocupar u.u
Off8: Verdade u.u Detalhes são importantes u.u
Off9: A minha só é tentadora em 49% do tempo XD. Mas, uma vez que eu cedo à tentação, é tão difícil sair dela ç.ç
Off10: Obrigada, ajudou muito ^^. Ah, e eu acabei calculando o HP da Sneasel incorretamente no ultimo turno. Isso que dá esquecer de levar o nível dos Pokémons em consideração, minha memória é terrível, sorry
Off11: Obrigada ^^ Não se preocupe, seus posts também estão bons ^^
Off12: Seria um verdadeiro massacre XD Ele ficaria paralisado de amor mesmo sem estar sob o efeito do Attrack (ou seja lá como se escreve x.x) XD. Acabei dando um pouquinho de destaque para a Ruby nesse post, Sneasel é o Pokémon de gelo que eu mais gosto XD.




As palavras de Alakazam faziam com que Rayssa se lembrasse do TM Flash que permanecia em sua bolsa, porém o disco de nada ajudaria sem algum Pokémon que pudesse aprender o ataque contido nele. Shaun fazia falta em momentos como aquele.

Infelizmente, a escuridão não era seu único problema. Ruby sempre tivera uma personalidade difícil, aquilo não era novidade para ninguém, porém seu orgulho acabou trazendo-lhe problemas naquela batalha. Rayssa olhava ao redor preocupada, procurando pelo menor indício que pudesse revelar a localização de Sneasel, porém não conseguia ver nada além das trevas que dominavam o lugar. Helena procurava algum modo de ajudar sua treinadora, porém não obtinha sucesso, ela ainda não possuía poder suficiente para iluminar direito o lugar.

Dois problemas, nenhuma solução. Sem ter mais opções, a garota tira da bolsa uma caneca e um espelho, usando os itens para canalizar a luz que a chama de Helena produzia para criar uma lanterna improvisada. A tática funcionou, porém a iluminação extra gerada novamente acabou não sendo o suficiente para localizar Ruby, e muito menos Gastly.

Sneasel! – Rayssa pôde ouvir Ruby bradar de algum lugar fora do alcance de sua visão, a voz da Pokémon de gelo tremia de raiva. A garota precisava orientar sua Pokémon, caso contrário as consequências seriam drásticas.


***


Sneasel usava suas garras para alisar a pena que tinha na cabeça, uma atitude que poderia ser considerada comum, porém no rosto da Pokémon estava uma mistura estranha de raiva e apreensão. Gastly tinha voltado a desaparecer, parecia finalmente ter percebido que subestimar sua oponente não acabaria bem para ele, e estava se aproveitando da vantagem territorial para tentar alcançar a vitória. Ruby possuía boa visão noturna, no entanto, até mesmo seus apurados reflexos tinham dificuldade de se adaptar a um ambiente tão escuro, o que retardava um pouco sua reação.

Snea... – Ela pensou ter visto um vulto se movendo nas sombras, e não pensou duas vezes antes de avançar contra ele, porém suas garras novamente não acertaram nada. Aquilo já estava se tornando frequente, o fantasma estava apenas brincando com ela, tentando deixá-la apreensiva e fazer com que ela abaixasse a guarda.

Gaaaaaaaaaaaaaaaasssssssssss... – Uma voz arrastada já familiar soou vinda de algum lugar à esquerda de Ruby, que novamente tentou atacar. Ela teve um breve vislumbre do sorriso sínico de Gastly, porém a Pokémon de gelo novamente não conseguiu acertá-lo. O ser fantasmagórico continuava se escondendo nas sombras, apenas esperando uma boa oportunidade para atacar. Sneasel voltou a alisar sua pena, porém o movimento demonstrava ainda mais nervosismo do que antes. Sua situação não estava boa, e ela sabia disso.

Ruby! – A Pokémon de gelo ouviu alguém chamar seu nome, a voz lhe parecia muito familiar... Ela balançou a cabeça, provavelmente aquilo era apenas fruto de sua imaginação. – Tente se acalmar!

A mesma voz ecoou novamente, fazendo Ruby perceber que não poderia ser apenas algo da sua cabeça. Era a voz de Rayssa, sua treinadora não tinha desistido dela, estava tentando aconselhá-la para que pudesse vencer a batalha.  

Se agir impulsivamente, arriscará sua vitória! Use seu faro para achar o Gastly e, dessa vez, use o Faint Attack cruzado pouco antes dele lhe atacar. – A Sneasel ouvia atentamente as ordens de sua dona, abrindo um pequeno sorriso. Embora nunca admitisse oralmente, ela se sentia feliz por saber que poderia sempre contar com Rayssa, sua treinadora jamais a deixaria na mão.

Gastly percebeu que sua presa havia ficado parada de repente, e achou que aquele poderia ser uma boa oportunidade para atacar. Doce engano o dele, a Pokémon de gelo estava apenas se concentrando para encontrá-lo por meio do olfato, assim como havia sido ordenada a fazer. Desse modo, ela não teve problemas em perceber a presença do fantasma, e pulou para o lado bem a tempo de desviar de um Lick.

A língua da bola de gás acabou denunciando definitivamente sua posição, e Ruby não hesitou em avançar contra ele, pronta para usar um Faint Attack cruzado. O fantasma arregalou os olhos, não esperava por uma reação tão rápida, mas acabou conseguindo flutuar para fora do alcance de Ruby no ultimo segundo, de modo que o ataque acertou-o apenas de raspão.  

Sneasel pousou no chão novamente após ter realizado um salto na tentativa falha de alcançar Gastly, e logo foi surpreendida pela bola de gás em questão, que literalmente surgiu do nada na sua frente, os olhos brilhando em um estranho tom arroxeado. Ruby sentiu seus olhos pesarem, e a ultima coisa que viu foi uma espiral roxa vindo em sua direção, depois disso acabou desabando adormecida.




Hora da Batalha
Campo: Um local indefinível onde a escuridão reina, sendo tão soberana que não parece existir nada além dela. Um pequeno círculo de luz causado pela chama de Charmander, porém a iluminação ainda é muito fraca.

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Sneasel
Vs.
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Gastly

Sneasel ♀
Trait: Inner Focus
Hold Item: ~X~
Lv. 11
84%
Status: Sleep



Gastly ♂
Trait: Levitate
Hold Item: ~X~
Lv. 20
50%
Status: Normal



Última edição por Miki Mayoke em Sab Maio 17 2014, 11:00, editado 1 vez(es)
Miki Mayoke
Miki Mayoke
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Rayssa em Qui Maio 15 2014, 21:40

off1: no stress ;D e curte que 12 anos a vida ainda é mto boa )o) a coisa começa a ficar feia nos 15/16, quando a sombra do vestibular começa a pairar sobre nossas cabeças x.x
off2: vamos processar sua professora por descumprimento de contrato u.u
off3: ;D 9 -qual a utilidade desse off? XD
off4: bancar a líder de torcida dói ç.ç
off4.1: imagino x.x lobisomens são trabalhosos x.x mas vampiros se acham e são alérgicos a alho (adoro colocar alho na comida x.x), esqueletos são exibidos na dança x.x, fantasmas tem a péssima mania de arrastar correntes no sótão ¬¬, múmias fedem a coisa velha @.@ e acho que dessa turma os únicos que mais ou menos se escapam são os membros da família Stein.
off4.2: distintivo pra Ray )o) supondo q ela sobreviva XD
off4.3: Mel ta pensando nisso XD mas ela quer q eu compre os eggs pra ficar ganhando 5 pontos e subir de rank x.x
off4.4: mas tenha fé \o/ por Arceus o/
off5: agora pensei na minha personagem do outro fórum XD ela ficou em coma por 16 anos mais ou menos, após ter sido hipnotizada por um Hypno e agora fica cantarolando essa música )o)
off6: ;D - começando de novo? XD
off7: nunca duvido da capacidade da Lei de Murphy @.@ ela é mto criativa @.@
off8: detalhes são tudo \o/ e neles reinam o diabo e a perfeição... portanto eles nunca devem ser desprezados u.u
off9: camas são mto fortes x.x é difícil vencer o aperto delas depois que elas se agarra em nós x.x
off10: no problem ;D tava brincando aqui de calcular a exp que ela ganharia se vencesse XD com 0% de bônus ela vai pro level 14 @w@ com o máximo (e só no máximo x.x) ela vai pro 15 @w@
off11: mas podem melhorar, o problema é que ando com tanto sono e mentalmente esgotada x.x sem falar que sempre decaio na hora da batalha @.@
off12: Ruby alega que a atenção extra n é nada mais que o mínimo a ser feito x.x ela se acha demais x.x
off13: to há 2h olhando para a rota, tentando narrar e sendo chamada a cada 5 minutos por alguém x.x


Rayssa tentava aguçar a audição, procurando qualquer sinal de seu Pokémon, porém sem muita sorte. Sons que evidenciavam uma batalha chegavam aos ouvidos da Ranger. A morena conhecia sua Pokémon o suficiente para reconhecer o nervosismo na voz da mesma, porém enquanto a ouvisse, Rayssa conseguia se manter no controle de suas emoções. O maior dos problemas, no entanto, começou quando o único som que chegava aos ouvidos da garota era a risada de Gastly.

- Ruby?...

O primeiro chamado foi fraco e amedrontado. Charmander também chamou pela companheira, sem receber nenhuma resposta em troca. Há quanto tempo Ruby acompanhava a garota? Rayssa nem ao menos sabia precisar mais. Diversas lembranças lhe inundavam a mente, recontando os momentos ao lado da Sneasel. Seu hábito de perturbar Bariri, seu olhar superior, sua crença de que era a melhor, sua astucia, sua lealdade e sua perseverança... Agora, porém, sua Pokémon não respondia aos novos chamados, cada vez mais desesperados e frequentes. No escuro, Rayssa não sabia o que acontecera com sua companheira, só sabia que ela não respondia mais. A dor e o medo começaram a apertar o coração da morena, até que esta soluçou assustada. Helena, preocupada, roçou a cabeça na perna da Ranger, tentando lhe dar algum conforto.

Em meio à tristeza, a garota recuperava a esfera de Akihiro. Seu fiel guardião e o melhor farejador de sua equipe. Não tinha a luz de Shaun, mas rezava para que seu cão fosse capaz de lhe guiar até o outro lado em segurança. A luz momentaneamente iluminou ao seu redor e logo o Pokémon fogo surgia mais uma vez. Sua expressão não era das melhores ao perceber que ainda estavam envoltos por trevas e, após o reconhecimento, a postura protetora era assumida.

- Preciso de sua ajuda. - Rayssa começava, ganhando a atenção do cão. - Preciso que me leve até Ruby.

Enquanto Akihiro farejava, Helena usava sua cauda como lanterna, guiando sua treinadora e procurando pela Pokémon de gelo. Durante a caminhada, a Ranger constantemente gritava, chamando por sua Pokémon e esperando ansiosa por uma resposta da mesma.
Rayssa
Rayssa
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Miki Mayoke em Sex Maio 16 2014, 21:07

Off1: Verdade, fico tanto tempo pensando no passado que acabo esquecendo de aproveitar o presente x.x
Off2: Pode adicionar minha professora de história no processo, a partir de hoje ela também está me devendo um chocolate u.u Descobri um ótimo modo de ganhar doces: desafiar suas professoras para descobrir quem termina um livro primeiro XD.
Off3: ;D10  -também queria saber XD
Off4: Acho que não nasci pra seguir essa carreira ç.ç
Off4.1: Resumindo, todo esse pessoal sobrenatural é uma péssima escolha de bichinho de estimação para se ter em casa. Só se salva a família Stein, o restante pode continuar no Limbo XD.
Off4.2: Por isso que eu disse para contratar logo um batalhão inteiro, daqui a pouco até os Rockets de Kalos vão estar perseguindo a Melissa XD (existem Rockets em Kalos? @.@).
Off4.3: Vender ovos para a irmã deve ser uma boa forma de conseguir pontos XD. Mas acho que não é tão lucrativo assim para você XD.
Off4.4: Acho que todos nem os lendários juntos podem me deixar otimista, muito menos Arceus sozinho x.x Ao menos não preciso ter pressa para terminar a ficha, algo me diz que não vou conseguir sair da Rota 29 esse ano x.x
Off5: Deixe-me adivinhar, por acaso o nome dela seria Alice, ela teria como inicial um Drowzee chamado Morfeu, que a ama mais do que a própria vida, porém a hipnose faz com que ela raramente perceba a presença dele? Por acaso Morfeu sempre tenta ler a mente da sua personagem em busca de alguma informação sobre ela, mas nuca consegue ver mais do que um ser amarelo balançando um pêndulo? Ele deseja libertar Alice daquele estado mais do que tudo? Se eu pudesse chutar, diria que ela e Morfeu já apreciaram o amanhecer juntos. Acertei?
Off6: ;D ² -é o que parece XD
Off7: Pior que eu não posso duvidar, a Lei de Murphy já vez cada coisa bizarra acontecer comigo que nunca mais questionarei a criatividade dela x.x
Off8: Os detalhes governarão o universo um dia u.u
Off9: Camas são os objetos domésticos mais fortes que existem, isso é comprovado cientificamente u.u
Off10: Acho que fiz certo então em colocar o Gastly em um nível alto, quando o criei coloquei-o no lv 20 apenas para não ser massacrado tão facilmente, mas isso acabou tendo outra utilidade XD (e obrigada por me poupar de alguns cálculos XD)
Off11: Às vezes é difícil fazer um post criativo em uma batalha, principalmente quando não se pode vê-la XD. Mas minha criatividade está se esgotando também, eu realmente não esperava que você soltasse Akihiro e pedisse que ele lhe guiasse até Ruby, isso acabou me forçando a improvisar alguma coisa, então desculpa se tiver ficado confuso x.x Ah, e só pra avisar, eu escrevi enquanto ouvia a Hypno’s Lullaby, não me pergunte o porque @.@
Off12: Ela não tem culpa da espécie dela ser o máximo XD
Off13: Sei bem como é, acontece comigo o tempo todo x.x


A risada de Gastly ecoava pela escuridão, porém nenhum outro som chegava aos ouvidos de Rayssa, a garota não conseguia identificar o menor ruído que pudesse indicar uma resposta por parte de Ruby. A Ranger chama por sua Pokémon, sua voz soava fraca e amedrontada, o que provavelmente lhe renderia uma bronca por parte da Pokémon de gelo caso ela pudesse responder, mas no momento a Sneasel estava perdida no mundo dos sonhos, sem ter a menor ideia do que acontecia ao seu redor e nem mesmo podendo ouvir os chamados cada vez mais desesperados de sua treinadora. A Ranger queria acreditar que sua companheira estava bem, porém então por que ela não lhe respondia?

O desespero começava a tomar conta de seus pensamentos, enquanto diversas lembranças inundavam sua mente. Apesar de sua arrogância, Ruby era muito querida por Rayssa e por seus companheiros de time, a simples hipótese de perder a Pokémon de gelo seria muito mais do que a humana poderia suportar. A dor e o medo apertavam o coração da morena, e ao perceber isso Helena tentava confortá-la, porém não obtinha grandes resultados.

Akihiro era liberado, o valente farejador era sua ultima esperança de encontrar Sneasel. O Growlithe não pareceu muito satisfeito por estar de volta àquela escuridão infinita, mas não tardou em perceber a tristeza de sua dona, e fez o que ela ordenou sem reclamar. Charmander seguia o canídeo de perto, usando sua chama para tentar fornecer alguma luz ao ambiente, mas esse pequeno fato passava despercebido para o cãozinho, que parecia determinado em encontrar sua companheira de equipe.

Horas, minutos, segundos, era impossível dizer quanto tempo havia se passado desde que iniciaram a caminhada, nenhum deles saberia dizer em qual direção estavam andando, a única coisa que a Ranger tinha certeza era que ainda não havia achado Ruby.

Enquanto isso, um segundo fantasma observava tudo das sombras, longe do alcance dos olhos do trio, e exibia um sorriso cínico no rosto. Gastly estava fazendo um bom trabalho em manter a Sneasel distraída, agora bastava eliminar o Growlithe que aquela situação estaria quase resolvida. Tudo aquilo não era nada além de um jogo para ele e, agora que a Dama estava incapacitada, bastava derrotar alguns Peões para dar um xeque-mate naquela partida. A única coisa que se colocava entre ele e a vitória certa era o canídeo, o único Bispo daquele tabuleiro, e a única ameaça presente por ali. Seu sorriso aumentou ainda mais, seria divertido mergulhar cada Pokémon ali presente em terríveis pesadelos, no entanto não poderia se desviar muito de seu objetivo.

Uma gargalhada cortou a escuridão, porém dessa vez a voz não pertencia à Gastly. Era mais autoritária, aparentava ser mais velha, e possuía uma crueldade que não se encontrava no coração do Pokémon gás, ele era apenas travesso, não chegava verdadeiramente a ser mau. Infelizmente, o mesmo não poderia se dizer do dono daquela voz um tanto diabólica...

Akihiro rosnou para as trevas e se colocou protetoramente na frente de Rayssa, parecia tentar proteger a Ranger de alguma coisa. Olhando com mais atenção, a menina pôde distinguir um sorriso cínico entre as trevas, e dois olhos demoníacos que a encaravam maldosamente. Sim, agora faltava pouco, bastava eliminar o pequeno Bispo, e a garota estaria perdida... Seria muito fácil dar um xeque-mate...

Enquanto isso, Sneasel continuava caída no chão, sem saber do perigo que cercava sua dona e nem mesmo daquele em que ela mesma se encontrava. Gastly estava fazendo de tudo para se aproveitar da situação, queria usar o estado vulnerável em que ela se encontrava para causar o maior dano possível.

O fantasma usou sua língua como uma espécie de chicote, acertando-a fortemente contra o corpo da Pokémon de gelo, um dos vários modos de se usar um Lick. Em sequencia, ele aproveitou-se de que ela não poderia contra-atacar para usar novamente o mesmo ataque, porém dessa vez de forma diferente. A bola de gás amarrou a língua em um dos tornozelos de Ruby, lançando a mesma para cima logo em seguida, e fazendo com que ela recebesse danos extras pela queda.

Gastly parecia se divertir com isso, sabia que não sofreria dano nenhum por algum tempo, e isso só o deixava ainda mais animado em continuar o duelo.



Hora da Batalha
Campo: Um local indefinível onde a escuridão reina, sendo tão soberana que não parece existir nada além dela. Um pequeno círculo de luz causado pela chama de Charmander, porém a iluminação ainda é muito fraca.

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Sneasel
Vs.
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Gastly

Sneasel ♀
Trait: Inner Focus
Hold Item: ~X~
Lv. 11
70%
Status: Sleep



Gastly ♂
Trait: Levitate
Hold Item: ~X~
Lv. 20
50%
Status: Normal



Última edição por Miki Mayoke em Qui Jun 19 2014, 21:46, editado 1 vez(es)
Miki Mayoke
Miki Mayoke
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Rayssa em Dom Maio 18 2014, 15:37

off1: sei bem como é isso x.x mas to me policiando e tentando curtir o tempo que me resta antes de começar a trabalhar )o)
off2: gostei da estratégia @w@ dois processos a caminho )o)
off3: ;D11 - uma hora descobrimos XD agora, será que antes ou depois da Rayssa achar a Ruby?
off4: por isso faço direito u.u sou eu, alguns muitos livros e um problema u.u
off4.1: e tem algum bicho que não de trabalho? @.@
off4.2: errrrrrr........ não sei @.@ mas nada impede das outras organizações colocarem o olho nela para tentar descobrir pq os rockets querem ela @.@
off4.3: eu diria que não é nada lucrativo x.x e treinar tudo isso? @.@ ai meu pai x.x
off4.4: o que ta rolando na rota 29? '-'
off5: uia! vc é boa no palpite XD
off6: ;D³ - então lá vamos nós )o) - começa a cantar: Um pé na estrada eu vou botar...
off7: nem me fala x.x eu queria ter 1/10 da criatividade dela, dai nunca mais teria problemas em narrar )o)
off8: vote em Detalhes o/ eu apoio u.u
off9: acho que tem só um que tenta competir: banheiras... pq, sinceramente, ficar mergulhada em uma banheira, ouvindo música, com hidro.... tb tem seu valor @w@
off10: XD de nada o/ tenho uma superplanilha no note, que vai somando as exp dos pokés e dizendo para que level ele vai, incluindo missão e tudo mais XD (modo nerdice: on)
off11: come little children, come with me, safe and happy you will be @w@ essa música inspira mto \o/ outra boa é a réquiem for a dream \o/ mto boa tb para momentos tensos XD
off12: Ruby concorda e ta pedindo mais elogios verdades x.x Sneasel arrogante XD
off13: dessa vez narrei antes de responder os off \o/ acho que funcionou XD


O tempo corria, porém Rayssa não sabia dizer se era rápido ou lento... Era impossível precisar quantos segundos lhe escaparam. Eles já teriam se transformado em horas? Akihiro e Helena persistiam em sua busca, guiando a Ranger por um caminho desconhecido. Talvez estivessem andando em círculos, talvez se afastassem cada vez mais do portão da Lua, talvez se afastassem do portão que deveriam encontrar... Como saber? A única certeza é que não encontravam paredes e, principalmente, não encontravam Ruby.

Os gritos de Rayssa, chamando por sua Pokémon, lhe custavam cada vez mais de seus pulmões. O peito inteira ardia ao tentar elevar o tom de voz. O desespero inundado sua voz. O medo por sua Pokémon era palpável em seu olhar. Contudo uma risada cortou a voz da morena, se elevando cruel e diabólica entre o grupo. Akihiro parou no exato momento, rosnando furioso. Seu pelo arrepiado e as presas à mostra, indicando que o canino não estava disposto a brincadeiras. Olhos cruéis surgiam na escuridão, mirando o grupo. Helena rosnava também, igualmente insatisfeita com a situação. O nervosismo corria pela coluna da garota, lhe causando um arrepio gelado.

- Akihiro, fique atento!

Sem encontrar Ruby, a morena não estava disposta a perder tempo. Seu cão afastava as patas e mantinha o olhar fixo, contudo sua orientação era guiada, na realidade, pelo focinho potente. As chamas começando a brilhar no interior da boca. Fosse o que fosse a criatura na sua frente, Estrela Pulsar precisaria de poucos segundos para ser lançado. Estrelas luminosas que perseguiriam seu alvo, iluminando o caminho até ele e revelando sua verdadeira identidade. O faro ajudaria Growlithe a evadir de quase qualquer ataque e, se havia algo que Rayssa poderia ter certeza é de que podia confiar em seu cão. A falta de resposta de Ruby poderia lhe distrair, no entanto Akihiro era inteligente e sabia lutar por conta própria se fosse necessário, como ele já fizera em outras ocasiões.

- RUBY!!! - Um último e desesperado chamado. Acompanhado pelo grito de Helena, que também tentava invocar sua parceira. Em meio às trevas, a união era a melhor escolha. Juntos conseguiriam pensar em como superar as trevas, separados seus pensamentos ficariam descoordenados pela preocupação com o outro.
Rayssa
Rayssa
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Miki Mayoke em Dom Maio 18 2014, 19:31

Off1: Eu já tentei me policiar dessa forma também, mas é difícil x.x
Off2: Vou continuar com essa estratégia, e em pouco tempo vou ter doces para dar e vender XD. Você se oferece para processar as professoras que não quiserem pagar a aposta? XD
Off3: ;D 12 – Não sei... Talvez quando derem Arceus na Rota 1 XD
Off4: Eu já pensei em cursar direito, mas não sou boa falando em público, então acho que não me daria bem nessa carreira. Na verdade, agora que parei para pensar, já planejei ser várias coisas durante toda a minha vida, mas desisti de tudo @.@ Atualmente não tenho nem mesmo um sonho para tentar seguir x.x
Off4.1: Tem sim, minha jabuti. Ela passa o dia inteiro escondida no quintal e só aparece na hora de comer. Não dá um pingo de trabalho, como eu amo ela @w@
Off4.2: Não duvido, vamos adicionar novas organizações na lista de pessoas que perseguem a Melissa XD. Algo me diz que essa lista vai ser beeeeeeeeemmmm longa...
Off4.3: Até onde sei, quando os ovos chocam, os Pokémons não saem em um nível muito alto... Deve dar muito trabalho treiná-los XD.
Off4.4: Nada demais, só meu narrador que tomou chá de sumiço (outra vez) x.x Mas não faz mal, tenho outras rotas para narrar e me manter distraída XD.
Off5: Legal, acertei! Vou tentar de novo, por acaso a Alice faz sacrifícios à Giratina? Se eu pudesse chutar, diria que o primeiro sacrifício que ela fez foi o de um Purrloin, estou certa?
Off6: ;D4 - Procura a continuação da música na internet e começa a cantar também – Que já tá na hora de ir... (É essa a continuação da música? Eu juro que não faço ideia, acho que minha mãe está certa em dizer que eu não tive infância x.x)
Off7: Me arrependi plenamente de ter desafiado a Lei de Murphy, advinha só o que me aconteceu? Acabei pegando uma gripe, em pleno fim de semana e justamente no dia anterior ao início das provas finais. Como raios vou conseguir responder as provas de matemática e química amanhã desse jeito? x.x Ah, e novamente vou pedir desculpas se o post tiver ficado ruim, narrar estando com dor de cabeça não é muito legal x.x
Off8: Meu voto vai para Detalhes, sem dúvidas u.u
Off9: Vou ter que concordar. Na casa do meu pai tem uma dessas, felizmente. E depois ele ainda me pergunta por que e demoro duas horas para sair dela...
Off10: Queria ter uma dessas x.x
Off11: Concordo, essa música é muito inspiradora (ao menos pra mim, meu primo vive dizendo que a Hypno’s Lullaby é macabra demais para o gosto dele...), acho que sem ela eu não teria conseguido narrar hoje XD. Outras duas que eu gosto de ouvir enquanto escrevo são Spiritual Awakening e World of Dreams (ambas são da Future World Music). Claro que depende bastante do tipo de texto que você quer fazer, mas considero essas duas muito boas.
Off12: Claro, posso passar o dia inteiro falando elogios verdades para a Ruby XD. Sneasels são os melhores Pokémons de gelo que existem, nenhuma outra espécie se compara à eles (exceto por Articuno, mas não conta pra ela que eu disse isso).
Off13: Também tentei, e parece funcionar XD.




Rayssa continuava sua busca por Ruby, embora não obtivesse nenhum resultado. Aos poucos a menina já começava a se sentir esgotada tanto física como mentalmente, seus pulmões ardiam como fogo após serem forçados além do limite pelas constantes tentativas da Ranger de chamar por sua Pokémon, até mesmo respirar se tornava uma tarefa complicada. Helena esfregava a cabeça contra a perna de sua treinadora, pedindo que ela não forçasse tanto a si mesma, porém o pânico que a garota sentia fez com que a ação da Charmander passasse destemida aos olhos da mesma. O medo por sua Sneasel impedia que qualquer pensamento não direcionado a Pokémon de gelo passasse por sua cabeça, a mente da Ranger parecia prestes a entrar em colapso.

Essa situação apenas piorou quando uma risada cruel e diabólica se ergueu cada vez mais alto nas trevas, fazendo com que o grupinho cessasse sua caminhada imediatamente. Akihiro rosnava furioso, seu pelo eriçado e as presas à mostra, indicando que o canídeo não estava ali para brincadeiras. Até mesmo Helena rosnava, embora ela parecesse um pouco temerosa ao encarar os olhos e o sorriso demoníacos que surgiram em meio à escuridão. Ao contrário dos outros dois, a observadora inicial de fogo não tardara em perceber que aquele ser, fosse quem ele fosse, representava uma ameaça mil vezes maior do que Gastly jamais representaria.

Rayssa não estava em condições de se concentrar naquela situação, porém Growlithe logo tomou a frente. O canídeo preparou seu combo, Estrela Pulsar, lançando estrelas alaranjadas e de alta temperatura após serem fundidas com o Ember na direção daquele sorriso cínico que parecia irritá-lo. Estranhamente, o ser não fez nenhum esforço para desviar. Um súbito tremor nas sombras indicou que ele realizara algum movimento, provavelmente com o braço, e imediatamente o combo de Akihiro se desfez. Mesmo com a iluminação gerada pelas estrelas incandescentes, era difícil ter certeza do que ocorrera ali, Rayssa não conseguiria dizer se o fantasma havia usado algum ataque para anular a combinação ou se apenas batera o braço nas estrelas com força o suficiente para desfazê-las.

A mesma gargalhada de antes ergueu-se novamente entre o grupo, a voz fantasmagórica parecia adentrar na alma de Rayssa, fazendo-a lembrar de seus piores medos, desde os recentes acontecimentos no Limbo até mesmo algumas opções nada agradáveis do que poderia ter acontecido com Ruby.

A Ranger gritava um ultimo e desesperado chamado para sua Pokémon, porém novamente não houve resposta.

A risada do fantasma só se intensificou ainda mais, ele parecia se divertir imensamente com o desespero da menina. O ser ergueu uma mão, ou ao menos foi isso o que pareceu aos olhos da menina, pois seu braço era tão obscuro como o corredor em si, o que tornava quase impossível distingui-lo em meio aquela escuridão sem fim. Uma esfera negra luminosa se formou, iluminando levemente o usuário da técnica, porém era um brilho sombrio e nebuloso, o que só realçou ainda mais a crueldade nos olhos da criatura. A esfera aparentava ser uma Shadow Ball comum, apenas um pequeno detalhe a diferenciava das outras: aquela era ao menos três vezes maior que Akihiro, um tamanho assustador e que a garota jamais julgara ser possível.

Growlithe rosnou, juntamente com Helena. Ambos se colocaram na frente da Ranger, pareciam determinados a protegê-la, apesar de também sentirem um pouco de receio. Porém, quando a criatura sombria parecia prestes a lançar a esfera, a voz de Alakazam se pronunciou novamente, dessa vez não apenas na cabeça de Rayssa, a fala do poderoso Big Boss pareceu ecoar por todo o corredor.


“Não! Ainda não chegou a hora, Osíris, você sabe que é contra as regras interferir antes que ela chegue em uma câmara específica! Você será livre para fazer seus joguinhos quando ela chegar na sua câmara, porém ainda não é o momento!” Osíris, ou seja lá como se chamava aquela coisa, pareceu um pouco desapontado, porém nem mesmo ele seria louco a ponto de discutir com o Big Boss. Alakazam era a autoridade suprema naquele labirinto, ninguém ali jamais questionaria suas decisões. O fantasma lançou um ultimo sorriso sínico para a garota, e logo em seguida se dissolveu em sombras. “Fantasmas, se acham livres para fazerem o que bem entendem... Você está bem, Rayssa? Osíris é de longe o ser mais problemático daqui, duvido muito que aquele demônio possua algum sentimento... Você precisará lidar com ele em breve, pequena Ranger, então é melhor se preparar. Entretanto, a prioridade momentânea é encontrar sua Sneasel. Ela está viva, isso eu posso lhe garantir, porém pode não permanecer desse modo por muito tempo se você não se apressar. Lhe darei outra dica: viajantes perdidos geralmente procuram por paredes quando tentam atravessar lugares escuros, encontrá-las pode fazê-los ver luz no fim do túnel. Boa sorte, Rayssa.”

A voz de Alakazam desapareceu, mergulhando o corredor novamente no silêncio, e deixando a menina livre para refletir sobre o que acontecera ali.


***


Enquanto isso, Gastly prosseguia atacando impiedosamente. O fantasma ganhava cada vez mais confiança no combate agora que Sneasel estava completamente indefesa, e aproveitava-se do estado de sua adversária para usar o ataque que já virava sua marca registrada: Lick. Dessa vez ele não se deu o trabalho de fazer nada criativo, apenas usou sua língua para chicotear a Pokémon de gelo duas vezes consecutivas, causando-lhe alguns danos.

A bola de gás gargalhava abertamente, parecia se divertir, mas logo algo que não estava em seus planos aconteceu: um com estranho chegou aos ouvidos do fantasma. O ultimo chamado de Rayssa, provavelmente o mais desesperado, chegara até o lugar onde o confronto ocorria. Gastly revirou os olhos, sem acreditar na persistência daquela garota, mas a Pokémon de gelo teve uma reação diferente. O corpo de Ruby começou a tremer, ela pareceu identificar o desespero e a preocupação na voz de sua dona, e estava inconscientemente reagindo a isso. O vínculo que existia entre Rayssa e seus Pokémons era forte o suficiente para fazer com que a Sneasel ganhasse forças extras para lutar contra a sonolência que lhe aprisionava, e agora parecia prestes a acordar.


Hora da Batalha
Campo: Um local indefinível onde a escuridão reina, sendo tão soberana que não parece existir nada além dela. Um pequeno círculo de luz causado pela chama de Charmander, porém a iluminação ainda é muito fraca.

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Sneasel
Vs.
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Gastly

Sneasel ♀
Trait: Inner Focus
Hold Item: ~X~
Lv. 11
62%
Status: Sleep



Gastly ♂
Trait: Levitate
Hold Item: ~X~
Lv. 20
50%
Status: Normal



Última edição por Miki Mayoke em Qua Maio 21 2014, 17:59, editado 1 vez(es)
Miki Mayoke
Miki Mayoke
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Rayssa em Dom Maio 18 2014, 20:55

off1: é mto difícil x.x mas uma boa musica ajuda =3
off2: to topando \o/ mas cobro 1/3 dos chocolates ganhos u.u pode ser?
off3: ;D13 - prefiro Mew para rota 1 XD
off4: direito só tem público se for penal, q dai tem o júri e bla bla bla. Pq de resto, é mais burocracia e pega papel e lê e escreve e entrega papel x.x e paga taxa x.x e recebe o pagamento vencendo ou perdendo. bom resumo? =3
of4.1: parece meu porquinho da índia XD mas tenho um peixe pra compensar x.x ele acha que é um cachorro @.@ morde minha mãe, ataca tudo o que tem dentro do aquário e já queimou um filtro x.x
off4.2: vamos \o/ começando:
1) Rockets. Eles que começaram \o/
2) Aqua e Magma são os de Hoenn né?
off4.3: saem level 5 se me lembro bem @.@ potencialmente problemático @.@
off4.4: @.@ quem era seu narrador? Rayssa ta ajudando a te distrair o suficiente? =3
off5: quase \o/ Alice sacrificou um Glameow como primeiro sacrifício ^^ mas agora ela ta se distraindo com alguns atentados públicos e causando um pouco de caos u.u
off6: ;D5 - Essa mesma \o/ Irmão Urso )o) - Com um lindo horizonte e um céu azul
off7: não se preocupa ;D seu post ta maravilhoso \o/ e recomendo uma colher de chá de mel por dia, mais um comprimido multigripe e mto chazinho de cidreira \o/ dai vai ficar nova em folha \o/
off8: e Detalhes lidera na pesquisa )o) será que ele chega a presidência?
off9: banheira Vs cama... disputa complicada @.@ se bem q se a cama ganhar a ajuda do notebook ou de um bom livro mais a ajuda do chocolate quente... acho q se torna impossível derrota-la XD a não ser que a banheira se alie a boa música... ai meu pai @.@
off10: fiquei algumas horas fazendo no excell x.x o ruim é que ela não é prática para narradores, mas para player estimar o quanto seus pokés vão ganhar @.@ o bom é que me ajuda a ver quais pokés deverei levar nas missões \o/
off11: não sei pq, mas uma vez escrevi algo tenso em uma batalha ouvindo a música que toca quando a Vanallope aprende a dirigir em Detona Ralph XD situação bizarra, mas ok XD
off12: Ruby ta de peito estufado x.x (seu segredo está bem guardado ;D) agora ela vai ficar se achando por dias x.x mas meus tops são Arcanine @w@ Dewgong @w@ Charizard Shiny é lindo demais @w@ Nine shiny tb @w@ Rapidashs, normal ou shiny \o/ so beautiful @w@ falta um vulpix shiny para ter os meus tops \o/
off13: sim \o/ acho q meu post melhorou na nova ordem, o q acha?
off14: não sei pq... mas acho q vou morrer nesse labirinto XD


A voz de Alakazam ecoava no ambiente, afastando o ser chamado Osíris. Rayssa ficava sozinha com seus pokémons. As pernas ficavam bambas e escorregavam para o chão. Helena e Akihiro se aproximavam, igualmente preocupados. Os braços da ranger rodeavam o corpo da pequena salamandra e a pegavam no colo. Helena, retribuía envolvendo os seus braços no pescoço de Rayssa. Akihiro, por outro lado, voltava a farejar o chão. Por mais que quisesse um abraço, o cão queria primeiro localizar Ruby.

- As paredes...

Rayssa tentava colocar os pensamentos em ordem. Lembrava-se de ter tentado localizar as paredes logo que entrou no corredor escuro, sem sucesso. Contudo a garota estava encontrando dificuldade em organizar seus pensamentos. Paredes, esferas negras gigantes, trevas, Ruby, um sorriso cínico e cruel, Osíris... Tudo se mesclava em uma profusão de imagens incoerentes.

- Ruby...

O chamado escapava mais como um sussurro. Helena afastou a cabeça e mirou os olhos de Rayssa. As trevas absolutas eram poderosas e poderiam facilmente levar uma pessoa a loucura. A pequena Charmander percebia que a Ranger mirava fixamente sua chama. Ela buscava forças e Helena daria toda que possuía se fosse necessário. A morena fechou os olhos por um momento, forçando sua respiração a um ritmo constante. Quando os abriu, a pequena viu o mesmo olhar daquele dia, um olhar de quem reconhecia o perigo a frente, mas estava disposto a lutar apesar de tudo. O olhar que manteve a esperança de liberdade em Helena, quando Sassy a perseguia insistentemente.

- Vamos nessa. - Rayssa alegou se erguendo e ainda carregando Helena no colo. - Akihiro, use o Estrela Pulsar para os lados. Precisamos localizar uma parede para nos guiar e evitar que andemos em círculos. - Growlithe latiu feliz, virando-se de costas para a dona e preparando seu ataque. Ao mesmo tempo Rayssa colocava Helena no chão, passando uma mão na cabeça da mesma e outra nas costas de seu cão. - Helena, ajude com seu Ember. Tentem fundir três embers, antes do Swift. Assim teremos mais iluminação e poderemos ver se as estrelas encontram as extremidades desse corredor.

Enquanto os dois combinavam seus ataques, a morena olhava o caminho das estrelas luminosas. A lembrança do sorriso cruel de Osíris e a facilidade com a qual ele se livrou do ataque lhe preocupava. Alakazam lhe avisara que uma hora teria de enfrenta-lo e, se o ataque mais forte de seu Pokémon mais forte não fizera nada, Rayssa pressentia uma batalha muito difícil se aproximando... Apesar do medo, Rayssa respirou fundo. A menina não via Ruby, porém se recusava a acreditar que a mesma estivesse perdida.

- RUBY! LOGO ESTAREI COM VOCÊ! - A morena gritava com todas suas forças. - ATÉ LÁ, NÃO SE RENDA! USE O FAINT ATTACK CONTRA O GASTLY!
Rayssa
Rayssa
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Miki Mayoke em Qua Maio 21 2014, 18:11

Off1: Ajuda, mas isso continua sendo uma tarefa complicada x.x
Off2: Pode sim, algo me diz que vou conseguir chocolates o suficiente para dividir com você e com mais metade do mundo XD
Off3: ;D14 Concordo, Mew são melhores XD
Off4: Ótimo resumo. Agora talvez eu volte a considerar a opção de estudar direito, mas ainda tenho algum tempo para tomar essa decisão...
Off4.1: Eu já criei alguns peixes, mas nenhum era como o seu, felizmente @.@ Tem certeza que ele é um peixe e não um tubarão?
Off4.2: Continuando:
1) Rockets, eles começaram tudo.
2) Aqua e Magma são os de Hoenn sim.
3) Galactic... Eles vivem no mundo da lua, mas cedo ou tarde vão ficar sabendo sobre a Melissa e irão atrás dela.
4) Plasma... Tudo bem que Unova fica muito longe de Kanto, mas nada que um avião não possa resolver.
5) Miss Dakota, foi a primeira a tentar matar sua irmã.
6) Ninjas... Sério que a Melissa já conseguiu se envolver em confusões até com ninjas? @.@
Off4.3: Bem, poderia ser pior. Já imaginou se eles nascessem no lv 1? Seria muito mais problemático treiná-los x.x
Off4.4: Ahn, é uma história meio longa, mas vou resumir. Primeiro foi o Ord, mas depois o Hunter assumiu. Então do nada ele sumiu, apareceu, sumiu de novo... Criei a rota no dia 28 de fevereiro e até hoje não passei da segunda página. Mas o Hunter deve ter seus motivos, e eu também não sou a narradora mais rápida do mundo para narrar, então não estou em posição de reclamar... E sim, você está ajudando muito a me distrair, Rayssa, estou me divertindo muito narrando sua rota ^^
Off5: Sério? Por mim que ela havia sacrificado primeiro um Purrloin para virar Giratinista, e apenas depois, nas ruas de uma certa cidade ela encontra e sacrifica um Glameow... Será que eu errei?
Off6: ;D 6 - Agora me lembro, eu conheço essa música, já assisti Irmão Urso )o) (talvez eu tenha tido sim um pouco de infância, afinal) - O que mais eu poderia pedir?
Off7: Obrigada, tanto pelo elogio como pelas recomendações ^^ Eu fiz o que você sugeriu, e realmente parece estar funcionando ^^ Mas, infelizmente, aconteceu um outro pequeno incidente, eu lhe contei sobre isso ontem... Nem preciso contar que sou um pouquinho desastrada...
Off8: Se depender do meu apoio, Detalhes será o maior presidente do século XD
Off9: É difícil demais escolher @.@ Seria preciso uma votação para decidir algo como isso @.@
Off10: Bem, uma amiga me recomendou uma calculadora de experiência que fica na MR (como raios eu não vi ela antes? @.@), então acho que a partir de agora não vou mais ter problemas com cálculo de experiência, agora os únicos cálculos que me preocupam são os da prova de matemática x.x
Off11: Já vi Detona Ralphy, e lembro dessa música. Sem dúvida um modo bem original de conseguir inspiração para batalhas XD
Off12: Ela tem o direito de se achar um pouquinho, afinal está ganhando facilmente de um Gastly no lv 20. Seus tops são ótimos, também gosto muito de todos eles @w@ Mas os primeiros da minha lista seriam Riolu @w@ Eevee @w@ Lucario @w@ Mew @w@ e... Ah, são muitas opções, é difícil escolher apenas um grupinho específico x.x Adoro muitos outros, mas por enquanto ficam esses...
Off13: Sim, seu post está ótimo, melhor que o meu ^^
Off14: Calma, você não vai morrer (não ainda)... Mas admito que Osíris realmente gostou da possibilidade...




Alakazam expulsava Osíris do ambiente, o que era um alívio tanto para Rayssa como para seus Pokémons. A menina sentiu suas pernas ficarem bambas e caiu de joelhos no chão, sentindo-se esgotada e mentalmente entristecida por não ainda não ter conseguido encontrar Ruby. Helena e Akihiro se aproximaram, parecendo preocupados. Os braços da Ranger rodearam o corpo da pequena Charmander e a pegaram no colo, gesto que logo foi retribuído por Helena, a pequena queria reconfortar sua treinadora, embora um abraço parecesse tudo o que ela pudesse fazer naquela situação. Akihiro farejava o chão, se sentia na obrigação de encontrar Ruby e, por mais que também quisesse um abraço, parecia disposto a deixar demonstrações de afeto para depois caso isso significasse poder encontrar sua parceira de time mais rapidamente.

Às vezes é difícil enxergar luz no fim do túnel. Rayssa tentava pensar nos concelhos que Alakazam lhe dera, porém todos os recentes acontecimentos se embaralhavam em sua mente de modo que ficava difícil formar pensamentos coerentes. Paredes, esferas negras gigantes, trevas, Ruby, um sorriso cínico e cruel, Osíris... Eram muitas informações dadas de uma só vez, e nenhuma delas era agradável, a mente da garota parecia prestes a entrar em colapso. A escuridão também não ajudava, muito pelo contrário, aquelas trevas sem fim ameaçavam roubar a sanidade da Ranger a qualquer momento e, caso isso acontecesse, sua alma ficaria presa para sempre naquele lugar, vagando perdida ou apenas sendo devorada pelos fantasmas que lá habitavam. A chama de Helena, apesar de iluminar um pouco o ambiente a sua volta, nada mais era além de uma pequena vela, um fiapo de esperança que poderia a qualquer instante se extinguir.

Porém, até mesmo a menor esperança pode fazer a diferença. Helena e Akihiro, seus dois queridos companheiros, era neles que Rayssa deveria buscar forças para superar aquela situação. A Ranger olhava fixamente para a chama de sua Charmander, e a pequena estava disposta a lhe dar toda a força que possuía, caso fosse necessário. A morena fechou os olhos, e ao abri-los a Pokémon de fogo viu que ela havia encontrado a determinação para seguir em frente.

A menina ordena que Akihiro usasse o Estrela Pulsar para os lados. O melhor a se fazer naquele momento era seguir as orientações de Alakazam e tentar encontrar as paredes o mais rápido possível. Helena também é orientada a ajudar no combo, e a Charmander pareceu feliz em poder ajudar.

Akihiro usou Ember, exemplo que logo foi seguido por Helena.
Os dois ataques de fogo se fundiram, ganhando assim mais volume e poder. Charmander ainda usou um terceiro Ember, as brasas geradas pelo ataque logo se juntaram às outras, dando ainda mais força à combinação. Growlithe logo deu continuidade ao combo com seu Swift, as estrelas luminosas foram ao encontro das chamas, fundindo-se com as mesmas. O combo Estrela Pulsar, que já era o ataque mais forte do arsenal da Ranger no estado normal, agora tinha adquirido um poder e uma luminosidade impressionantes, a combinação parecia quase tão poderosa quanto a Shadow Ball de Osíris... Quase...

As estrelas, agora de coloração avermelhada, foram lançadas em direções opostas, algumas para a esquerda e outras para a direita. Enquanto observava o trajeto que elas seguiam, Rayssa refletia sobre o que Alakazam lhe dissera. De acordo com o Pokémon psíquico, logo chegaria o momento em que a Ranger precisaria enfrentar Osíris, mas ela não sabia se estava preparada para tal confronto, nem mesmo seu ataque mais forte surtia efeito no ser fantasmagórico. A menina estava tão distraída que quase caiu para trás quando um barulho ensurdecedor interrompeu seus pensamentos da maneira mais abrupta possível. A Ranger ergueu os olhos a tempo de ver as estrelas resultantes do combo colidirem contra alguma coisa roxa e parcialmente transparente que contornava todo o corredor.

A luz gerada foi o suficiente para iluminar razoavelmente bem o corredor pela primeira vez, e Rayssa pôde ver que o ataque não havia acertado a parede em si, esta era rochosa e de coloração escura que se erguia até onde a vista alcançava, e sim em algo que lhe servia como uma “camada”, semelhante a uma barreira que a protegia e impedia que ameaças externas a atingissem. Fosse o que fosse aquilo, parecia ser resistente a ponto de resistir ao combo aprimorado. Outro fato que chamou a atenção da Ranger foi que as estrelas começavam a encolher e ficar de aparência mais frágil, até desaparecerem completamente. Quando o ataque se extinguiu, a barreira desapareceu com ele e a tão procurada parede voltou a ficar oculta pela escuridão.

“Parabéns, você conseguiu encontrar a barreira.” Alakazam se pronunciou novamente naquele momento. “Agora está um passo mais perto de desvendar os segredos do Corredor da Noite. A parede resolverá grande parte de seus problemas caso você consiga alcançá-la, entretanto terá que atravessar a barreira que a protege primeiro. Deixo avisado desde já que isso não será fácil, como você já deve ter percebido, ela absorve todo e qualquer ataque que seja lançado contra ela. Não posso ajudar mais do que isso, mas lhe garanto que suas chances de sair daqui e encontrar sua Sneasel dependerão de você conseguir ou não chegar à parede. Boa sorte, pequena Ranger.”

Após isso o Big Boss voltou a ficar em silêncio, deixando Rayssa livre para refletir sobre suas palavras. Estava confirmado que destruir a barreira seria o único modo de encontrar Sneasel e sair daquele corredor escuro, porém aquilo poderia se mostrar uma tarefa bastante complicada, nem mesmo o Estrela Pulsar aprimorado fora o suficiente para destruir aquele campo de força.

A garota estava em uma situação complicada, embora ela já duvidasse de que houvesse algo simples naquele labirinto, porém precisaria pensar em algo efetivo, seria no mínimo humilhante perder o desafio tão cedo. No entanto, o destino pareceu se solidarizar com Rayssa o suficiente para fazer com que algo bom lhe acontecesse pela primeira vez desde que entrara naquele lugar. Uma voz chegou aos ouvidos da Ranger, e esta lhe parecia indescritivelmente familiar...

SNEASEEEELLLL! – Bradou alguém, porém o ser em questão estava fora do campo de visão da garota, completamente escondido pelas sombras. Mesmo assim, a Ranger não pôde deixar de sentir alívio, aquele tom desafiador era inconfundível. Depois de tanto tempo em silêncio, a voz de Ruby novamente ecoava pelo corredor, oferecendo uma nova fonte de esperança para sua treinadora.
***

Gastly fitava a Pokémon de gelo na sua frente, completamente abobalhado. Alguns segundos atrás ele estivera prestes a atingi-la com outro Lick, porém justo naquele instante o grito de Rayssa chegara aos ouvidos de ambos, despertando definitivamente Ruby. Infelizmente, ela não acordara a tempo de desviar da lambida, porém agora encarava o fantasma com um olhar ameaçador o suficiente para intimidar até mesmo a ele. Gastly pareceu temeroso pela primeira vez desde que o combate começara, Ruby não via a hora de causar nele o triplo de cada dano que o Pokémon gasoso lhe causara.

Em uma tentativa de recuperar vantagem na luta, Gastly novamente tentou usar o Hypinosis, porém a Sneasel não parecia disposta a cair no mesmo truque duas vezes. Ela pulou para o lado, desviando facilmente da espiral arroxeada, e ao sentir seus pés tocarem o chão imediatamente pegou impulso para dar um segundo salto, dessa vez na direção do fantasma. Gastly ainda tentou desviar, no entanto a velocidade de Ruby era muito maior que a dele, de modo que a Pokémon de gelo o acertou facilmente com o Faint Attack, causando grandes danos na bola de gás.

O ser fantasmagórico olhou para Sneasel, parecendo muito aborrecido e pela primeira vez não exibia seu sorriso cínico, mas Ruby não pareceu incomodada com isso. A Pokémon de gelo estava radiante, tinha um sorriso convencido estampado em seu rosto e havia voltado a demonstrar superioridade, uma atitude bastante comum para ela.




Hora da Batalha
Campo: Um local indefinível onde a escuridão reina, sendo tão soberana que não parece existir nada além dela. Um pequeno círculo de luz causado pela chama de Charmander, porém a iluminação ainda é muito fraca.

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Sneasel
Vs.
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Gastly

Sneasel ♀
Trait: Inner Focus
Hold Item: ~X~
Lv. 11
50%
Status: Normal



Gastly ♂
Trait: Levitate
Hold Item: ~X~
Lv. 20
32%
Status: Normal

Miki Mayoke
Miki Mayoke
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Rayssa em Seg Maio 26 2014, 19:19

off1: dificilmente algo é fácil... paradoxal n? XD
off2: chocolate )o)
off3: ;D15 Mew @w@
off4: tem mto tempo \o/ eu demorei para me decidir XD
off4.1: as vezes chamo ele de tutubarão =3 mas ele é só meio louco u.u
off4.2: e aumentando
1) Rockets, eles começaram tudo.
2) Aqua e Magma são os de Hoenn sim.
3) Galactic... Eles vivem no mundo da lua, mas cedo ou tarde vão ficar sabendo sobre a Melissa e irão atrás dela.
4) Plasma... Tudo bem que Unova fica muito longe de Kanto, mas nada que um avião não possa resolver.
5) Miss Dakota, foi a primeira a tentar matar sua irmã.
6) Ninjas... Sério que a Melissa já conseguiu se envolver em confusões até com ninjas? @.@ (pior que é @.@)
7) Espíritos bipolares do limbo @.@
off4.3: no outro fórum nascem no 1 =P e to com um egg de magikarp lá @.@ imagina treinar isso? @.@
off4.4: @.@ a situação ta ruim x.x
off5: errar errar n errou XD mas é q a rota anterior nunca existiu XD então fica naquela coisa meio indefinida... primeiro sacrifício narrado foi o Glameow, mas a história diz q foi o Purrloin...
off6: ;D7 músicas de desenho são tudo )o) - preguiça de procurar a letra e colocar a próxima parte XD
off7: @.@ Murphy pegou no seu pé mesmo x.x mas mantenha a calma \o/ logo ela enjoa e parte para a próxima vitima ;D
off8: podemos fazer uma revolução e torna-lo rei do mundo @w@
off9: pior q n sei em quem votar @.@
off10: matemática é divertido \o/ pelo menos enquanto n chega no último estágio @.@ olha só isso: https://i.imgur.com/SXOY5Fc.png e como ex-aluna de física vou te advertir, faculdades com números são do mal @.@
off11: a inspiração vem das fontes mais inesperadas as vezes xD
off12: meus são, na maioria, da primeira geração XD aumenta a geração reduz o número de pokés que gosto @.@
off13: discordo u.u seu post tá infinitamente melhor u.u
off14: o ainda n é animador XD


O grito de Sneasel era uma fonte de esperança para Rayssa. Enquanto as estrelas reduziam de tamanho e eram absorvidas pela barreira, a voz de sua Pokémon lhe alcançava, ecoando não só em sua mente, mas em seu coração também. As últimas instruções de Alakazam também pareciam se repetir insistentemente em seu interior, lhe lembrando que precisaria se livrar da barreira para reencontrar sua Pokémon. A escuridão não poderia dominá-la, não agora...

- Muito bem. A barreira absorve os ataques, certo?

Akihiro e Helena miraram sua treinadora e depois voltaram os olhos para onde, por um momento, a barreira brilhou. Nada era visto além das trevas, mas eles se lembravam bem de onde a colisão ocorrera.

- Akihiro, Helena, usem novamente a combinação do Estrela Pulsar reforçado. Vamos tentar nos aproximar um pouco da barreira.

Após concordarem com a cabeça, a dupla retomou a atacar, dessa vez sempre na mesma direção. A cada nova colisão das estrelas, o trio avançava alguns passos mais perto e somente enquanto havia luz. Um novo ataque, mais cinco ou sete passos. O avanço era lento e do lado de fora o som de Ruby lutando fortalecia a determinação de Rayssa.

- Ruby! Se ele sumir, use o Screech ao seu redor para localizá-lo e reduzir as defesas dele. Quando o encontrar, ataque-o com o Faint Attack mais forte que conseguir! Com a defesa dele baixa seus danos serão maiores!

A morena gritava enquanto avançava mais um pouquinho em direção a barreira até estar há cerca de 10 passos da porta de sua prisão. O desejo de encontrar sua Sneasel ardia tão intensamente quanto a chama de seus pokémons. A ranger fechou os olhos e respirou fundo, abrindo-os novamente. Osíris, o labirinto, o medo... Tudo ficaria para depois que se reencontra-se com vovô e estivesse muito mais forte. Agora precisava vencer o desafio.

- Muito bem gente, vamos nessa! - Sem pensar duas vezes, a morena liberou Dean, Gabriel e Michael. Agora todo seu time estava fora das pokébolas. - Há uma barreira na nossa frente que absorve os ataques. Um estrela pulsar reforçado não fez um único arranhão. Então, o que acham de descobrirmos quanto tempo de ataques ela consegue absorver antes de rachar e quebrar? - Talvez fosse o tom de voz usado ou talvez fosse a postura que não parecia mais a de uma criança, mas os cinco pokémons se posicionaram lado a lado, preparando seus ataques. - Dean, Water Spout, Akihiro, Estrela Pulsar, Helena, Dragon Rush, Gabriel, Poison Blade, Michael, Iron Head!

Os cinco pokémons avançaram, lado a lado, cada um com seu ataque mais poderoso. Rayssa estava determinada a descobrir se a barreira possuía um limite de absorção ou não. Caso possuísse, o grupo a encontraria. O ataque de Dean estava com pleno poder, já que o mesmo possuía toda sua energia. Akihiro mantinha um fluxo constante de Estrela e Fogo. O alho poró de Gabriel possuía uma lamina roxa o rodeando e, junto com Helena e sua aura azul em forma de dragão e Michael e sua cabeça envolta pelo que parecia prata, atacavam sem descanso.
Rayssa
Rayssa
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Miki Mayoke em Sex Maio 30 2014, 13:30

Off1: E facilmente algo é difícil... É mesmo bastante paradoxal XD
Off2: Chocolate é o rei dos doces )o)
Off3;D 16 Mew é tão fofo @w@
Off4: Algo me diz que não vou conseguir decidir tão cedo XD
Off4.1: Será que existe alguém normal nesse mundo? @.@
Off4.2: E aumentando mais ainda
1) Rockets, eles começaram tudo.
2) Aqua e Magma são os de Hoenn sim.
3) Galactic... Eles vivem no mundo da lua, mas cedo ou tarde vão ficar sabendo sobre a Melissa e irão atrás dela.
4) Plasma... Tudo bem que Unova fica muito longe de Kanto, mas nada que um avião não possa resolver.
5) Miss Dakota, foi a primeira a tentar matar sua irmã.
6) Ninjas... Sério que a Melissa já conseguiu se envolver em confusões até com ninjas? @.@ (pior que é @.@)
7) Espíritos bipolares do limbo @.@
8)Um crocodilo azul gigante e um crocodilo azul em miniatura que adorariam ter sua irmã como “convidada especial” para o jantar.
Off4.3: Não quero nem imaginar @.@ E eu que pensava que o Maximus ia dar trabalho @.@
Off4.4: Tá mesmo x.x
Off5: Então foi por isso que não consegui achar sua ultima rota? @.@  Passei horas me perguntando como exatamente sua personagem iria fazer o teste, estando hipnotizada e tudo mais... Ao menos eu não errei (não tecnicamente) u.u
Off6: ;D8 músicas de desenho são tudo )o)²
Off7: Pegou no meu pé literalmente, né? Mas não acho que ela vai mudar para uma próxima vítima tão cedo, você não faz ideia do que me aconteceu...
Off8: Vamos! Detalhes governará o universo! @w@
Off9: Pior que eu também não sei @.@
Off10: Meu santo Arceus, fiquei com dor de cabeça só de olhar @.@ Eu juro que amava matemática antes das letras aparecerem, depois que elas surgiram a matemática nunca mais foi a mesma... E olha que geralmente eu gosto de letras x.x
Off11: É verdade, uma vez consegui inspiração depois de passar meia hora vendo gotas de chuva agitarem a água do mar @.@
Off12: Até que as novas gerações tem alguns (e apenas alguns) Pokémons legais, mas a maioria está ficando muito bizarra @.@
Off13: Obrigada ^-^ Mas eu realmente gosto da sua narração.
Off14: Então se você soubesse o que eu tinha planejado para você...



Usando o Estrela Pulsar para ativar a barreira repetidas vezes, Rayssa e seus dois Pokémons avançavam lentamente na direção da parede. Apesar da escuridão continuar incomodando a menina, ela tinha encontrado a força para prosseguir, e estava mais determinada do que nunca a destruir a barreira e encontrar Ruby. A cada impacto das estrelas flamejantes contra a barreira, o grupo avançava mais um pouco, cada passo dado diminuía a distância entre Rayssa e os segredos do Corredor da Noite, e cada centímetro percorrido fortalecia sua determinação. A Ranger podia ouvir claramente os sons causados pelo confronto de Sneasel e Gastly, sua Pokémon continuava lutando bravamente sem nem mesmo cogitar a possibilidade de desistência, e isso ascendia uma nova fonte de esperança no coração de sua dona.

O que antes era apenas uma pequena faísca prestes a se extinguir, agora havia se transformado em uma poderosa chama que ardia intensamente. A escuridão, Osíris, o medo... Tudo isso era tolerável, no entanto o fracasso seria inaceitável. Vovô acreditava que ela poderia vencer o desafio, caso contrário nunca a teria deixado entrar no labirinto, e Rayssa não poderia desapontá-lo.

A Ranger libera Dean, Gabriel e Michael, a partir daquele instante todo o seu time estava fora de suas Pokébolas. Cada monstrinho de bolso foi ordenado a usar seu ataque mais poderoso, Rayssa queria saber se havia um limite da absorção. Por um momento, seus Pokémons apenas a olharam um pouco surpresos, mas logo se colocaram lado a lado, formando uma fileira, todos pareciam determinados. Talvez a garota não notasse as mudanças em si mesma, mas seus fieis companheiros percebiam que aquela menina não parecia mais a criança com quem eles estavam acostumados a lidar, ela parecia mais segura e determinada, talvez até mesmo um pouco mais prudente. O Labirinto de Alakazam fizera mais além de testar os limites psicológicos de Rayssa, aparentemente também forçara a Ranger a crescer, mesmo que fosse um pouco.

Os cinco monstros de bolso começaram a carregar seus ataques, era hora de testar a resistência da barreira.  Akihiro novamente lançou suas estrelas de fogo, Gabriel atacava com uma lâmina de coloração arroxeada que havia se formado ao redor de seu alho poró, Helena estava cercada por uma aura azul em forma de dragão e Michael tinha sua cabeça envolta por algo semelhante à prata, e o ataque aquático de Dean pareciam estar com pleno poder. Ao receberem o sinal de Rayssa, todos começaram a atacar incansavelmente, cada um mirando em um ponto específico da parede.

O impacto causado foi muito maior do que o de um único Estrela Pulsar, e por um tempo a barreira pareceu prestes a ceder, porém Rayssa logo reparou outro detalhe inusitado. Ao redor de cada ataque, por exemplo o Iron Head de Michael, uma sequência de mini ondinhas se propagavam, semelhante ao que ocorre quando se joga uma pedra em um rio. Com o tempo, os movimentos dos Pokémons começaram a perder poder, até se desfazerem definitivamente.

“Muito bom.” Elogiou a voz de Alakazam. “A maior parte dos desafiantes que vieram antes de você ficava insistindo em um único ataque até que seu Pokémon ficasse esgotado demais para utilizá-lo. Ao menos você tem bom senso. Seu plano poderia ter dado certo, se não fosse por um pequeno detalhe, atacar a barreira em vários pontos diferentes não vai funcionar. Pode-se dizer que ela propaga a força do ataque, basicamente divide o impacto entre toda a sua extensão, minimizando assim o dano que um certo ponto levaria. Para derrubá-la, você deve mirar em um único ponto, quanto menor ele for, com mais facilidade ela se quebrará. Concentre toda a sua força em um só lugar e poderá prosseguir”.

O Big Boss novamente aconselhava Rayssa, deixando claro o que ela deveria fazer. Mas, apesar de parecer fácil falando, poderia se mostrar uma tarefa complicada ao ser posta em prática. Afinal, como ela conseguiria concentrar poder o suficiente em um único ponto?


***


Àquela altura, Ruby já estava adicionando fantasmas no topo da sua lista de inimigos mortais. Lutar com alguém que pode desaparecer quando bem entender já é irritante em condições normais, mas fazer isso no meio das trevas absolutas era simplesmente enlouquecedor. A Sneasel olhava ao redor, procurando por seu oponente.  Era difícil saber se ele tinha desaparecido novamente ou se apenas estava escondido nas sombras, nem mesmo sua visão de sensibilidade típica de um Pokémon noturno era capaz de identificar um fantasma escondido em um lugar tão escuro como o Corredor da Noite.

Cansada de esperar por um ataque surpresa que ela sabia que viria, a Sneasel optou por seguir as ordens de Rayssa e usar o Screech, e já estaca tomando fôlego para realizar seu ataque, porém acabou sendo interrompida da maneira mais abrupta possível antes que pudesse concluí-lo. Ruby sentiu algo úmido e quente se enroscar em seus tornozelos, e só teve tempo de pensar “Maldição!” antes de perder o equilíbrio e cair no chão, exatamente o que tinha acontecido com sua dona na primeira vez que viram o fantasma. A risada de Gastly voltou a ecoar em seus ouvidos, aparentemente o ser fantasmagórico se divertia muito ao fazer alguém cair com seu Lick.

Indignada, Ruby se levantou com o olhar fixo em seu adversário, parecia determinada a não deixá-lo sumir de seu campo de visão novamente. Agora que o temor inicial pelo despertar de Ruby havia passado, Gastly voltava a gargalhar abertamente da situação de Ruby, porém dessa vez tendo o cuidado de não desviar os olhos dela. O Pokémon bola de gás novamente tentou usar seu Lick, porém Sneasel não parecia disposta a ser derrubada novamente. Ela saltou, desviando assim da língua do fantasma, rapidamente o acertou com um Faint Attack. Gastly recuou um pouco para trás após receber o golpe, parecia estar começando a ficar cansado.




Hora da Batalha
Campo: Um local indefinível onde a escuridão reina, sendo tão soberana que não parece existir nada além dela. Um pequeno círculo de luz causado pela chama de Charmander, porém a iluminação ainda é muito fraca.

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Sneasel
Vs.
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Gastly

Sneasel ♀
Trait: Inner Focus
Hold Item: ~X~
Lv. 11
37%
Status: Normal



Gastly ♂
Trait: Levitate
Hold Item: ~X~
Lv. 20
26%
Status: Normal

Miki Mayoke
Miki Mayoke
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Rayssa em Dom Jun 01 2014, 17:08

off1: a vida é um belo paradoxo )o) - momento filosofar XD
off2: ele tem até música @w@ chocolate )o) a choco choco )o)
off3: imagina mew e mew shiny brincando com bolhas rosas e azuis @w@
off4: mas n te esquenta com isso ;D curte a vida por enquanto \o/
off4.1: analisando as pessoas ao meu redor e a própria imagem no espelho, te diria que não XD mas isso é só uma suposição ^^
of4.2: e mais um pouquinho ainda:
1) Rockets, eles começaram tudo.
2) Aqua e Magma são os de Hoenn sim.
3) Galactic... Eles vivem no mundo da lua, mas cedo ou tarde vão ficar sabendo sobre a Melissa e irão atrás dela.
4) Plasma... Tudo bem que Unova fica muito longe de Kanto, mas nada que um avião não possa resolver.
5) Miss Dakota, foi a primeira a tentar matar sua irmã.
6) Ninjas... Sério que a Melissa já conseguiu se envolver em confusões até com ninjas? @.@ (pior que é @.@)
7) Espíritos bipolares do limbo @.@
8)Um crocodilo azul gigante e um crocodilo azul em miniatura que adorariam ter sua irmã como “convidada especial” para o jantar.
9) os pais dela, que querem matar ela por ter fugido de casa e depois colocar ela de castigo por uns 60 anos
off4.3: Maximus é um bom garoto )o) e viva as missões ranger XD exp pra ele sem lutar XD
off4.4: só n me ofereço pra virar narradora aqui e pegar sua rota pq n aguentaria @.@ imagina... trabalhar 8h por dia, estudar 4h por noite, narrar 8 rotas no outro fórum, fora as minhas 3 rotas (incluindo PM), mais dar atenção pra mel e manter meu namorado apaixonado @.@ vai ser cansativo... e querem me colocar na academia x.x só n sei em qual horário x.x
off5: ;D tecnicamente n errou mesmo XD mas se n fosse esse privilégio de staff, eu ia surtar com essa personagem no teste @.@ ela nunca desvendaria os enigmas @.@
off6: são as mais divertidas e dificilmente não possuem uma letra legal \o/
off7: não sei se pergunto ou fico com medo de perguntar @.@
off8: *começa a fazer cartazes e placas para a campanha Detalhes Rules
off9: será que tem como fundir os dois? tipo a fusão de dragon ball? XD
off10: letras e números não deveriam se unir tão intimamente @.@ tipo, cadê o respeito? matemática é dos números e me parece que as letras querem assumir o controle da área @.@
off11: mas ver chuva no mar é a coisa mais linda e inspiradora que tem @w@
off12: a maioria legal tá nas primeiras gerações. Mas devo admitir que gostei do desenho do Talonflame... Falcão @w@
off13: também gosto muito da sua \o/ tanto que vou esperar XD
off14: conta o que era? @w@


- Um único ponto...

A garota murmurava para si mesma enquanto seus pokémons recuperavam o folego. Como poderia ordenar um ataque em um único ponto? Os golpes de Dean e Akihiro eram especiais, de Gabriel, Michael e Helena eram físicos... Os cinco não conseguiriam atacar um único lugar ao mesmo tempo... Porém...

- Talvez não precise ser ao mesmo tempo...

A garota continuava falando alto algumas partes de seu pensamento, confundindo seus pokémons. No entanto uma ideia surgia em sua mente. A criança realmente parecia um pouco mais crescida e seus pokémons sentiam isso. Como os monstrinhos fiéis que eram, aguardavam o comando para voltar a atacar. Estavam todos determinados a não serem derrotados pela barreira. Assim colo vovô confiara em Rayssa e ela não estava disposta a decepcioná-lo, seus pokémons dariam todo seu poder a sua treinadora. Era hora de vencer o corredor da noite...

- Muito bem todo mundo. - AO som do chamado os cinco miraram a garota. A chama de Helena permitia o mínimo de visibilidade e todos eram gratos por isso. - Precisamos atacar o mesmo ponto até ele se romper. Então, em fila todos vocês. Os mesmos ataques. Quando sentirem que o ataque vai começar a perder força, batam o pé no chão e o de trás irá começar a atacar imediatamente. Ao pararem de atacar, fim da fila. Assim todos poderão descansar enquanto o outro ataca. Vamos descobrir quanto tempo essa barreira aguenta desse jeito.

O plano era simples e o grupo pareceu aprovar. Se ordenar a todos que atacassem ao mesmo tempo parecia suicídio, já que, por exemplo, Water Spout atingiria Helena e Michael, por outro lado, um ataque constante e incessante no mesmo ponto poderia ser a solução. Ninguém atacaria até ficar sem ar. Todos iriam ter o tempo de 4 ataques para se recuperar e, quem sabe, a barreira se partiria. Dean seria o primeiro, seguido de Gabriel, Akihiro, Michael e por fim Helena. Como pedras em um lago, as ondas fiariam cada vez maiores até serem tão constantes que uma irá sobrepor a outra, desestruturando toda a barreira e permitindo o reencontro com Ruby.

A Sneasel por sua, ouvia Rayssa dar ordens aos demais Pokémons e percebia que sua ranger queria reencontrá-la a qualquer custo. Determinada, a Pokémon negra se ergueu no mesmo lugar e tentou ignorar a ira que lhe dominava. Precisava se manter calma e atenta, para ouvir a aproximação de Gastly. Tinha de desviar e só possuía um segundo para isso, tempo para ouvir e farejar o ataque, identificar sua origem e desviar. Se desse tudo certo, conseguiria atingi-lo com mais dois Faint Attack. O desejo de Ruby, neste instante, era rir sobre o corpo nocauteado do fantasma e ela se manteria calma e concentrada para tornar este desejo realidade.
Rayssa
Rayssa
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Miki Mayoke em Qua Jun 18 2014, 12:57

Off0: Eu... Não... Acredito... Você realmente me esperou, Rayssa? Mesmo depois de eu dizer que viajaria e que não sabia quando voltaria? Bem, obrigada, agora poderei dar a continuação que planejei para a rota ^^ Peço perdão pela demora, mas você já sabe o motivo.
Off1: A vida é como um grande oceano o qual você precisa atravessar apenas com uma canoa. No percurso poderá encontrar ilhas que lhe oferecerão descanso e suprimentos, porém você não poderá ficar em nenhuma eternamente. Algumas duram pouco tempo antes de serem engolidas pelas ondas, assim como amizades passageiras que logo se vão. Outras são mais resistentes, as quais você pode recorrer sempre que precisar, assim como sua família. No entanto, é impossível permanecer nelas por muito tempo, do mesmo modo como não podemos ser dependentes de nossos parentes para sempre. Existem momentos onde o mar está tranquilo, porém também haverão ferozes tempestades que poderão facilmente lhe derrubar. Nesse oceano existem peixes que lhe farão companhia e podem ser de alguma ajuda, assim como seus amigos na vida real. No entanto, também existem perigosos tubarões, que representariam os perigos existentes no mundo. Apesar de tudo, é provável que a maior dificuldade em cruzar esse oceano seja encontrar alguns animais marinhos que no início parecem amigáveis, mas que virarão sua canoa na primeira oportunidade, do mesmo modo como falsas amizades podem representar um perigo muito maior do que o pior dos assassinos. – Momento filosofar² (Santo Arceus... Acabei exagerando @.@)
Off2: Não há quem duvide que chocolate é o doce mais famoso )o)
Off3: Me pergunto como Mews conseguem ser tão fofos @w@ - abraça um boneco de pelúcia de Mew e Mew Shiny
Off4: Vou tentar, agora só falta saber se a vida vai cooperar...
Off4.1: Pior que eu também cheguei na mesma conclusão ^^ mas continua sendo apenas uma suposição...
Off4.2: E ainda mais um tantinho:
1) Rockets, eles começaram tudo.
2) Aqua e Magma são os de Hoenn sim.
3) Galactic... Eles vivem no mundo da lua, mas cedo ou tarde vão ficar sabendo sobre a Melissa e irão atrás dela.
4) Plasma... Tudo bem que Unova fica muito longe de Kanto, mas nada que um avião não possa resolver.
5) Miss Dakota, foi a primeira a tentar matar sua irmã.
6) Ninjas... Sério que a Melissa já conseguiu se envolver em confusões até com ninjas? @.@ (pior que é @.@)
7) Espíritos bipolares do limbo @.@
8)Um crocodilo azul gigante e um crocodilo azul em miniatura que adorariam ter sua irmã como “convidada especial” para o jantar.
9) os pais dela, que querem matar ela por ter fugido de casa e depois colocar ela de castigo por uns 60 anos
10) O seu Darumaka, que já quebrou a perna dela uma vez
Off4.3: Essas missões estão sendo a sua salvação. Se bem que Magikarps não devem ser subestimados, há alguns anos eu estava jogando um jogo hack de Pokémon, meu Eevee tinha acabado de nascer e estava no lv 1. Eu decidi usá-lo contra o Magikarp lv 25 de um pescador, pensando que seria experiência grátis, mas descobri que estava errada quando o peixe usou o Tackle x.x Derrotou o Eevee facilmente, e na época eu nem sabia que esses peixes vermelhos podiam aprender outro ataque além do Splash...
Off4.4: Vida agitada... E eu que pensava que estava sobrecarregada com essas provas próximas demais uma da outra x.x Queria ter a sua disposição para aguentar uma rotina como essa XD
Off5: Estava pensando a mesma coisa, procurei por todo o fórum essa rota inexistente para tentar descobrir como sua personagem desvendaria os enigmas. Acho que seria impossível, considerando que até mesmo nas batalhas é o Morfeu que precisa passar instruções mais elaboradas.
Off6: Sim, é por isso que eu gosto tanto delas \o/
Off7: Acredite, é melhor ficar com medo de perguntar...
Off8: *começa a espalhar os cartazes e placas para a campanha Detalhes Rules
Off9: Talvez em um futuro distante, mas acho que por enquanto ainda não... Você cursa direito não é? Então processe os cientistas do mundo por ainda não terem criado um modo de fundir essas duas u.u
Off10: Isso mesmo, as letras deviam ficar no Português que é o lugar delas u.u
Off11: Concordo, mas eu disse isso para a minha mãe uma vez, e ela me chamou de bocó. Se bem que ela me chama disso todo santo dia, então acho que eu não deveria levar em consideração...
Off12: Não tem como um Pokémon baseado em um falcão não ficar legal @w@
Off13: Ainda não acredito que você realmente esperou, eu tinha certeza de que iria procurar outra pessoa para narrar a sua rota... Mas realmente fico feliz em poder dar continuidade ao que eu planejei para você ^^
Off14:Talvez eu ainda possa reutilizar a ideia mais para o final do labirinto, então até lá não falo nada u.u
Off15: Mal voltei para o fórum e já começo exagerando no tamanho... O -Ord  tem razão, eu preciso imediatamente aprender como resumir x.x



Depois do fracasso que havia sido a ultima tentativa, os cinco Pokémons tentavam recuperar o fôlego perdido. Entre eles, Michael parecia ter sido o mais afetado. O pequeno Cubone já possuía uma personalidade depressiva por natureza, falhar na tarefa que a Ranger lhe dera apenas deixara o Pokémon ainda mais chateado do que o normal. Assim como os outros quatro Pokémons, ele também tentava recuperar o fôlego, mantinha as mãos apoiadas nos joelhos para tentar continuar de pé. Outros Pokémons, no caso Akihiro e Helena, já sabiam que seus ataques seriam absorvidos facilmente, por isso nem mesmo se surpreenderam quando sentiram suas forças sendo drenada aos poucos, porém aquilo fora uma surpresa para os outros três. Rayssa os havia advertido sobre o poder de absorção da barreira, porém ouvir falar e sentir pessoalmente eram duas coisas bastante diferentes. Não apenas Michael estava chateado, Dean e Gabriel também não pareceram gostar de ver seus ataques mais poderosos perdendo força daquela maneira.

Apesar de estar distraído com seus próprios pensamentos, Cubone percebeu que Rayssa parecia ainda mais pensativa, murmurava para si mesma algumas palavras, mas mantinha um tom de voz tão baixo que o Pokémon solitário não conseguiu entender o que ela dizia. Assim como seus cinco companheiros, a Ranger não estava satisfeita com o ultimo resultado e refletia sobre as instruções que Alakazam lhe dera.  Infelizmente, seria impossível acertar um único ponto com vários ataques ao mesmo tempo, considerando com os golpes de Michael, Gabriel e Helena eram físicos, enquanto os de Dean e Akihiro eram especiais. A menina sabia que agir sem pensar poderia acabar em algo desastroso, um passo em falso e os golpes de um poderiam atingir o outro, então o melhor a se fazer naquela situação seria refletir bem antes de tomar alguma decisão.

Alguns minutos se passaram, tempo suficiente para que uma ideia surgisse na mente da garota: e se os ataques não precisassem ser lançados ao mesmo tempo? A diferença de alguns poucos segundos entre um e outro poderia ser o suficiente para evitar que seus Pokémons acabassem acidentalmente acertando uns aos outros, e provavelmente não ofereceria à barreira o tempo necessário para que ela se recuperasse do ultimo golpe. A Ranger agora já tinha um plano formado, o que fez com que um singelo sorriso aparecesse em seu rosto, confundindo um pouco seus Pokémons. Rayssa continuava murmurando para si mesma, o que fez com que Michael a olhasse com uma expressão confusa, assim como Gabriel. No entanto, Dean e Akihiro conheciam sua dona o suficiente para saber que ela devia ter encontrado uma solução para aquele problema, e logo se colocaram de pé novamente, aguardando novas ordens. Helena olhou significativamente para o Pokémon pato, que entendendo o recado também se levantou, dando uma bicada em Michael para que ele fizesse o mesmo. A frustração que atingira o grupo pouco tempo atrás havia se transformado em determinação, todos se recusavam a perder para aquele labirinto, não decepcionariam sua dona sob hipótese alguma.

Com todos os Pokémons preparados, Rayssa deu a eles instruções claras sobre o que deveriam fazer, pedindo que formassem uma fila e atacassem um de cada vez. Os monstrinhos de bolso imediatamente seguiram as ordens, sorrindo levemente por perceberem o quanto a criança estava mais crescida. O primeiro a atacar foi Dean, que logo lançou seu Water Spout contra a barreira. Ao redor de seu ataque as já conhecidas mini ondinhas começaram a se propagar, e logo o movimento de Squirtle começou a perder força. Ao perceber que seu ataque estava prestes a se desfazer, a tartaruga bateu o pé duas vezes no chão, assim dando o sinal para que o próximo da fila atacasse. O inicial aquático saiu da frente da barreira, e um par de segundos depois Gabriel a atingiu com seu Poison Jab. Cerca de trinta segundos se passaram antes que a lâmina que cercava o alho poró do pato perdesse força, fazendo com que o mesmo batesse o pé no chão e voltasse para o final da fila, deixando o caminho livre para que Akihiro usasse seu combo Estrela Pulsar.

Era difícil saber quanto tempo havia se passado desde que aquele ciclo de ataques começou, porém Rayssa já conseguia perceber que os resultados estavam sendo muito melhores do que os da ultima tentativa. Como pedras em um lago, as “ondas” ficavam cada vez maiores, uma chegava até mesmo a sobrepor a outra, era possível notar que toda a estrutura da barreira parecia desestruturada, provavelmente não demoraria muito para que ela fosse desfeita.

Michael estava prestes a atacar pela sexta vez, o Pokémon terrestre avançou contra a barreira, o crâneo em sua cabeça envolto por um brilho metálico, e logo a cabeceou. As ondas formadas por esse ataque por fim foram o suficiente para abalar definitivamente a estrutura da barreira, que acabou por se desfazer em uma pequena explosão. Esta, apesar de não ter sido muito forte, acabou por jogar tanto Rayssa quanto seus Pokémons alguns metros para trás, fazendo com que a Ranger novamente machucasse um pouco os joelhos. Por sorte, Akihiro acabou servindo como um “travesseiro” que impediu que a cabeça da garota batesse no chão. Cubone, por estar mais perto da barreira no momento da explosão, acabou por ser lançado com um pouco mais de força, no entanto não parecia machucado, apenas um pouco atordoado. O barulho provavelmente deve ter causado mais danos do que a explosão em si, deixando todos os presentes naquele local atordoados e com um pouco de dor de cabeça.

“Você conseguiu, afinal.” Disse Alakazam. “Nada mal, considerando que seus Pokémons ainda não são de um nível muito alto. Sabe, acho que está um pouco escuro demais por aí, não concorda? Por que não se aproxima um pouco da parede? Talvez assim você possa conseguir ajuda na sua tarefa de encontrar Ruby.”

Quando o Big Boss termina de falar, Rayssa por fim percebe que a parede, antes protegida pela barreira, agora está ao alcance de suas mãos. A estrutura rochosa se erguia até onde a vista alcançava, mas, exceto pelo tamanho, não parecia tão diferente assim das paredes que se encontram em cavernas normais. No entanto, se ela era normal, por que havia uma barreira tão complexa para protegê-la? Alakazam lhe dissera que viajantes perdidos procuram por paredes ao cruzarem lugares escuros, encontrá-las muitas vezes os faziam enxergar luz no fim do túnel. Será que essa metáfora tinha algum sentido? Talvez o melhor a se fazer fosse se aproximar da estrutura rochosa e verificar pessoalmente.


***

Ruby ouvia cada palavra que era pronunciada por Rayssa, abrindo um pequeno sorriso ao perceber que sua Ranger estava determinada a encontrá-la. Gastly permanecia escondido, mas parecia levemente impressionado com a insistência daquela garota. O que Ruby chamava de “determinação”, o fantasma conhecia apenas como “teimosia”.

A explosão de alguns minutos atrás não havia machucado a nenhum dos dois combatentes, porém o barulho acabou atordoando um pouco a Pokémon de gelo. Gastly também parecia incomodado com aquele som desnecessariamente alto, porém se safara de qualquer efeito colateral ao desaparecer. A Sneasel tentava se concentrar, entretanto agora contaria apenas com o olfato para encontrar o fantasma, sua sensível audição ainda não havia se recuperado completamente.

Tentar farejar um fantasma seria algo novo para a Pokémon de gelo, porém o corpo de Gastly era composta em 95% de gases tóxicos, então aquela não poderia ser uma tarefa tão difícil, apesar de ser desagradável e provavelmente arriscado. Fechando os olhos, tentou se concentrar.

Enquanto isso, Gastly havia chegado a uma conclusão: não queria sofrer mais dano nenhum naquela batalha. Seu principal ataque, Lick, era físico, porém o usuário não precisaria necessariamente estar frente-a-frente com seu oponente. Ainda escondido, Gastly expandiu sua língua, tentando acertar Ruby de uma distância segura.  A Pokémon de gelo continuava concentrada, esforçando-se para controlar a enorme ira que sentia, e logo percebeu o ataque que o fantasma lançara contra ela. Com um salto para o lado, Ruby desviou do Lick, e em seguida correu na direção em que o ataque viera, parecia estar prestes a usar o Faint Attack. No entanto, antes mesmo que ela pudesse alcançar o Pokémon bola de gás, este se mostrou bastante insistente ao fazer sua língua mudar de direção, realizando uma curva e atingindo Ruby por trás.

O impacto acabou desequilibrando a Sneasel, que caiu no chão. Contando mentalmente até dez para tentar controlar sua irritação, a Pokémon de gelo tentou se levantar. Infelizmente a ação realmente não passaria de uma tentativa, pois Ruby logo percebeu que seu corpo não queria obedecer. Com um esforço bem maior do que ela julgava ser necessário, ela conseguiu se colocar de pé, mas não conseguia realizar nenhuma outra ação. Para o azar de Ruby, o ultimo ataque a havia deixado paralisada.



Hora da Batalha
Campo: Um local indefinível onde a escuridão reina, sendo tão soberana que não parece existir nada além dela. Um pequeno círculo de luz causado pela chama de Charmander, porém a iluminação ainda é muito fraca.

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Sneasel
Vs.
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Gastly

Sneasel ♀
Trait: Inner Focus
Hold Item: ~X~
Lv. 11
23%
Status: Paralisada



Gastly ♂
Trait: Levitate
Hold Item: ~X~
Lv. 20
26%
Status: Normal

Miki Mayoke
Miki Mayoke
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Rayssa em Qui Jul 03 2014, 15:12

off0: claro que eu ia esperar ;D o labirinto tá muito divertido @w@ e quero ver o que você pensou pra ele \o/ e se eu demorar, me desculpa. A última prova do semestre é dia 9 e a quantidade de matéria é assustadora x.x
off1: filosofou mesmo '-' foi a saudades né? =3 -apanhaXD
off2: pior é que já conheci um doido que disse n gostar de chocolate x.x
off3: basta ser eles @w@ com aquele ar infantil e aquela ingenuidade e aquela vontade de brincar e aquela carinha fofa @w@
obs: não veja o spoiler se não quiser virar diabética u.u:

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Cutest-pic-pokemon-mew-29929580-300-300
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Tumblr_mjivk7S8R11s7113zo2_r1_1280
off4: mas e ai? a vida tem colaborado? =3
off4.1: por outro lado... como seria uma pessoa "normal"? seria alguém interessante de se conhecer?
off4.2: só mais um pouquinho XD
1) Rockets, eles começaram tudo.
2) Aqua e Magma são os de Hoenn sim.
3) Galactic... Eles vivem no mundo da lua, mas cedo ou tarde vão ficar sabendo sobre a Melissa e irão atrás dela.
4) Plasma... Tudo bem que Unova fica muito longe de Kanto, mas nada que um avião não possa resolver.
5) Miss Dakota, foi a primeira a tentar matar sua irmã.
6) Ninjas... Sério que a Melissa já conseguiu se envolver em confusões até com ninjas? @.@ (pior que é @.@)
7) Espíritos bipolares do limbo @.@
8)Um crocodilo azul gigante e um crocodilo azul em miniatura que adorariam ter sua irmã como “convidada especial” para o jantar.
9) os pais dela, que querem matar ela por ter fugido de casa e depois colocar ela de castigo por uns 60 anos
10) O seu Darumaka, que já quebrou a perna dela uma vez
11) o meu Elekid. Ela ousou não deixá-lo lutar contra um Nincada na HF u.u mas isso é temporário XD ele sai da lista em pewter, quando ver o presente que ela deixou pra ele no delivery XD
off4.3: eles aprendem tackle no 15 x.x até lá é tenso x.x mas o maximus vai virar um lindo gyarados logo \o/
off4.4: viva o chocolate )o) energia que dá gosto e deixa feliz XD cientificamente comprovado u.u
off5; viva privilégio de staff XD pq eu adoro ela \o/ se bem que agora ela vai a falência com a criança que ela adotou x.x ai meu pai x.x
off6: me too \o/
off7: -ficaencarandocomcaradecuriosamassemcoragemdeperguntar
off8: precisamos começar a coletar informações para ter as estatísticas de impacto da nossa campanha... quantos votos será que já garantimos?
off9: é uma boa o/ -começa a juntar documentos para o processo e ri maldosamente
off10: e os números na matemática u.u amo os dois, mas cada um no seu canto, por favor né XD
off11: outra coisa bonita que acontece aqui em casa e linda de se ver: tem um beija-flor que gosta de tomar banho quando rego as plantas do jardim e faço tipo chuveirinho com a mangueira XD ele fica bem doido xD
off12: não duvide de nada x.x os criadores podem nos surpreender x.x
off13: ;D sou paciente ^^ e qualidade é algo pelo qual vale a pena esperar \o/
off14: ç.ç mas eu sou geminiana... e geminianos são curiosos ç.ç
off15: eu discordo ^^ tá ótimo o post \o/ o meu é que ficou curtinho x.x to estudando XD dei uma pausa só para narrar XD
off16: bem-vinda de volta Wink


- Conseguimos...

A primeira palavra de Rayssa soou baixa e não foi ouvida por seus pokémons. A pequena explosão lançara todos longe e agora, com uma pequena dificuldade devido ao som atordoante, o grupo se reerguia. Helena esfregava uma pata na cabeça, Gabriel se certificava de que seu alho poró estava inteiro e parecia satisfeito ao confirmar que realmente estava, Akihiro sacudia a cabeça, tentando se livrar da sensação e Dean lutava para se erguer, já que caíra de barriga para cima.

- Nós conseguimos!

A jovem gritou mais uma vez, mal ouvindo as últimas palavras de Alakazam. Helena ajuda Dean a se levantar, Gabriel e Akihiro se aproximavam, ao mesmo tempo Rayssa erguia o ainda atordoado Michael e rodava com o mesmo, o parabenizando. Depois de duas voltas e abraçada ao pokémon terra, a menina olhou para os outros, agradecendo a todos por a terem ajudado.

- Vamos nessa gente. Precisamos de luz. Ruby ainda não está conosco.

Após essa palavra, Helena e Akihiro voltaram a soltar embers para cima, aumentando a visibilidade. Os demais se aproximavam da parede que parecia tão normal quanto qualquer outra parede de caverna. Todos buscando algo que pudesse acabar com a escuridão. Ser o último a atacar e, consequente, aquele que sentiu a barreira ruir parecia fazer muito bem para a autoestima de Michael. O pequeno Cubone parecia empenhado em acabar com as trevas que rodeavam o grupo.

Enquanto o grupo procurava uma forma de acabar com as trevas, Ruby lutava contra a raiva que sentia de Gastly. Certamente aquele fantasma ganhara todos os prêmios de pokémon mais antipático e irritante na opinião da pokémon de gelo. Também lhe irritava o fato de ter somente um ataque ofensivo contra o fantasma, já que o adversário era fantasma e, portanto, imune ao Scratch e ao Quick Attack. O som da explosão lhe prejudicara no final e agora, paralisada, as chances não estavam boas. Por outro lado, seu orgulho lhe impedia de se render e, principalmente, lhe instigava a acabar com gastly antes que Rayssa a encontrasse. Por mais que quisesse a Ranger por perto, queria mostrar que ainda mantinha um lado selvagem e era muito bem capaz de lutar sozinha. Jamais admitiria-se domesticada e preferindo batalhar ao lado da garota, afinal ela era Ruby, a Sneasel.

Após sacudir um pouco mais a cabeça e verificar sua audição, a pokémon gelo resolveu mudar a estratégia. A paralisia lhe dificultaria os movimentos, então quanto menos fizesse, maiores as chances de ter sucesso. Determinada a acabar com Gastly antes que Rayssa chegasse, Sneasel decidiu ficar parada. Mostraria para Gastly o que acontece quando se luta contra quem tem garras... No exato momento em que a língua se aproximasse com o velho Lick que ele insistia em usar, usaria suas belas garras para perfurar a língua e prende-la contra o chão, dessa forma imobilizando o fantasma. Imediatamente depois e antes que ele entendesse, o puxaria pela língua e o jogaria contra o chão, exatamente ao seu lado e lhe desferindo o faint attack duplo que, com sorte, terminaria o trabalho. Um sorriso se desenhava nos lábios negros, deixando clara sua confiança em seu plano. Venceria o fantasma a qualquer custo.
Rayssa
Rayssa
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cinnabar Island: Treinamento Intensivo - Página 2 Empty Re: Cinnabar Island: Treinamento Intensivo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum