Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Koujiro em Ter Maio 05 2015, 16:36

Off::
Bem, me desculpe o péssimo post, mas estou meio enferrujado hahaha, com o tempo vou melhorando de novo ^^
E boa rota para nós...

Havia se passado exatamente uma hora desde que Kazuo partiu do laboratório Pokémon. Um largo sorriso estava exposto em seu rosto e um pequeno lagarto alaranjado de aproximadamente 70 cm caminhava ao seu lado. Com um rápido movimento, Kazuo ajeitou a mochila em suas costas, deixando seu andar mais confortável e disse para seu pequeno e desconfiado companheiro.

- Bem que Oak me dissera que você odiava ficar confinado. Você é um pokémons determinado sabia? E tem bastante coragem e confiança... realmente gostei de você!

Kazuo continuou sua caminhada, passos à frente do lagartinho, que agora tinha a palavra “Orgulho” estampada no rosto.
Quando estavam um pouco mais à frente, Kazuo deu uma pequena olhada em seu relógio e o mesmo apontava 17:50 h. Com um suspiro, se virou para acenando para que o Charmander parasse. Olhou em volta à procura de algum lugar para acampar e passar a noite.

- Já vai escurecer. Precisamos de um lugar para ficar. –Charmander assentiu com a cabeça, fazendo um pequeno sorriso transparecer no rosto de Kazuo. –Bem, vê se encontre algum lugar... e se achar me chame!

Kazuo andou um pouco para a direita e Charmander foi para a extremidade oposta, ambos atentos à tudo, esperando encontrar um bom local para acampar e passar a noite e se a sorte não sorrisse para seus destinos, ambos teriam que andar, pela escura rota, guiados apenas pela chama do pequeno lagarto!
Koujiro
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Surik em Qui Maio 07 2015, 10:19

OFF:
Olá rapaz! Narrar-te-ei nessa rota, espero que seja divertida. Vamos ver como as histórias se desenrolam, ok?

Você gostaria de adicionar uma particularidade, personalidade e tamanho/peso ao seu Charmander? (Particularidade não é obrigatória. Tamanho e peso são, mas podem ser "padrão", personalidade pode ser criada por você mesmo ou por mim, você que decide ^^

A Rota 01 não era a maior do continente, na verdade era uma das menores, mas ainda assim o jovem treinador decidia parar e procurar um lugar para descansar, ao invés de tentar cruzá-la. De fato, caso a noite caísse e eles estivessem caminhando, estariam à mercê de diversos perigos, naturais ou não.

Além disso, a chuva torrencial que caía há apenas algumas horas por todo aquele tempo havia dado uma trégua, mas não se sabia até quando os céus não desabariam novamente.

Charmander para um lado, Kazuo para o outro. A rota era escorregadia, e a parte por baixo da mata onde Kazuo iria também era molhada demais, com suas folhas que despejavam gotas d'água quando agitadas pelo vento. Alguns minutos se passaram, e, enquanto o jovem procurava sem sucesso, ouviu o chamado de Charmander do outro lado da rota. Será que o lagarto havia encontrado alguma coisa?

Surik
Surik
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Koujiro em Qui Maio 07 2015, 13:14

Off::
Pode escolher a personalidade do Charmander, isso deixará as coisas mais interessantes haha. Quando a particularidade, queria que ele fosse um pouco maior que o normal, uns 20 cm para não ficar exagerado! (se puder é claro!)

Kazuo olhava para todas as direções, atento a qualquer pista que indicaria um lugar seguro e confortável para descansar. Ele ainda estava bastante fatigado de sua longa viagem e o pequeno cochilo no laboratório não fora suficiente para tirar o peso do cansaço de suas doloridas costas.

O garoto queria evitar de viajar anoite, pois mesmo que ele supunha que a rota uma era supostamente segura, a sua falta de experiência poderia pô-los em rico, e ele sabia que Charmander, seu pequeno e novo companheiro, ainda não estava preparado e ambos não tinham nem um pouco de empatia e confiança para com o outro.

A cada passo, Kazuo dava uma conferida no céu, à espera que a sorte lhe sorrisse e a constante chuva que havia parado a pouco não retornasse enquanto não estivesse abrigado. – Não há nada por aqui. – disse o garoto enquanto olhava em sua volta, um tom de desesperança já retinia em sua voz, e quando o garoto estava prestes a avançar mais um pouco ouviu ao longe o grito de seu companheiro, um chamado.

Kazuo se virou em direção ao grito e começou ao andar mais rápido, com cuidado pois a rota estava bastante escorregadia e o garoto queria evitar um tombo. – Já estou indo Charmander! –Gritou avisando ao seu companheiro que ele já estava a caminho.

Koujiro
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Surik em Qui Maio 07 2015, 14:33

OFF:
Ok, então vou criar a personalidade de acordo com o que você narrar sobre ele, e algo mais, nos próximos posts, tá certo?

Bem, Charmanders tem em geral 60 centímetros. O que você acha de um Charmander com 70cm? 20cm a mais poderia ser muito em matéria de Charmanders, né? haha

Kazuo segue o alerta de Charmander, atravessando a rota horizontalmente para vadentrar na mata ao outro lado. A paisagem começava a ficar escura, mas não foi um problema encontrar Charmander porque ele mesmo emitia uma certa luz própria
(OFF: hehe).

O lagarto havia encontrado um local que seria de fato excelente para passar a noite. Uma pequena clareira que deveria ter apenas uns dois metros de raio, quase totalmente coberta pela copa de algumas árvores, um bom espaço para Koujiro deitar e passar a noite muito bem.

Entretanto, a salamandra chama a atenção do rapaz ao apontar para perto dali, onde haviam algumas coisas no chão. Uma mochila, que continha alguns materiais para trabalhar madeira, alguns pedaços de madeira já cortada, obviamente, e uma corda que não era muito grossa. Nada estava molhado, e tinham aparência de não serem muito antigos.

Surik
Surik
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Koujiro em Qui Maio 07 2015, 17:42

Off:
70 cm está ótimo ^^. Mas um charmander de 1 metro não ia ser ruim hahahah. Quanto a personalidade por mim tudo bãozis!

Kazuo atravessou a rota e adentrou a mata. Já estava escuro e alguns minutos já haviam se passado desde o chamado do lagarto alaranjado, e para sua infelicidade, os traços obscuros da noite pairavam sob sua cabeça. Alguns passos após, uma pequena luz começou a surgir ao horizonte e com um leve sorriso Kazuo agradeceu pelas luminosas chamas que viviam a dançar sobre a cauda de seu parceiro. Alegres e Avermelhadas, mas também raivosas e mortais.

Charmander encontrou um local perfeito para passar a noite, uma clareira que possibilitaria uma fogueira e abriga contra a chuva, já que a mesma era coberta pelas copas de algumas árvores que rodeavam o local. Sem pensar duas vezes, Kazuo com a mão direita retirou uma das alças da mochila de suas costas, e um rápido alívio transcorreu toda a sua extremidade, fazendo com que o garoto soltasse um suspiro de alívio e agradecimento. Olhou para o Charmander, pronto para agradecê-lo, quando foi interrompido por Charmander que apontava para um dos lados da clareira, claramente querendo mostrar algo para o garoto.

-O que é pequeno!? –Disse enquanto se virava para o local indicado. A escuridão atrapalhava a visão de Kazuo e ele teve que esperar alguns segundos para que seus olhos se acostumassem. Deu um passo à frente e seus olhos rapidamente se moveram de um lado a outro da clareira. –Isto é uma mochila... Hmm... tem alguns materiais aqui... e algumas madeiras que parecem ter sido recém cortadas.  –Resmungava com sigo mesmo enquanto estava ajoelhado diante dos itens.

Levantou-se rapidamente e olhou em sua volta, atento a mais alguma pista... mas a escuridão era um empecilho. Se aproximou de Charmander e colocou suas mãos em sua cabeça, acariciando-o enquanto dizia em um tom baixo, quase um sussurro, para que nem o vento pudesse escutar a não ser seu estimado companheiro.

-Parece que tem mais alguém por aqui. Não sei se ele está acampando aqui, pois não consigo ver vestígios de um acampamento... mas a escuridão está me atrapalhando. De qualquer forma fique atento, pode ser um cara bom, ou um cara de mal caráter. –Kazuo se sentou ao lado de Charmander e mergulhou em seus pensamentos, tentando lembrar se alguma vez na vida avia escutado se desmatar as áreas da rota um era ilegal... isso poderia ajudar a formar uma imagem do sujeito, mas ele não lembrava de nada. A ansiedade tomava conta dele, estar ali poderia ser perigoso e foi aí que um largo sorriso transpareceu em seu fatigado rosto. “Sinto o cheiro da minha primeira aventura! Se for um cara mau, ele lembrará para sempre o meu nome!
Koujiro
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Surik em Sex Maio 08 2015, 11:25


OFF:
Vamos colocar minhocas na cabeça do player? MUAHAHAHA

O treinador compreendia que havia mais alguém por aquelas bandas. Entretanto, o traço de coragem marcante do treinador o impedia de se esconder ou mesmo ir embora. Charmander ainda estava se acostumando com aquilo tudo, então seu primeiro contato com Kazuo de fato determinaria muito de seu caráter, agora e possivelmente para toda a sua existência.

O tempo passava, e nada acontecia. Kazuo e Charmander permaneceram na clareira, provavelmente esperando que alguém aparecesse. Provavelmente o dono daqueles pertences. Entretanto, nada aconteceu.

De repente, passou pela cabeça de Kazuo que ele e Charmander poderiam estar sendo vistos, observados. Bem, o fato é que a cauda de Charmander chamava muita atenção, era uma enorme claridade em uma intensa escuridão.

Havia muitos questionamentos. Será que de fato havia alguém ali? Ou o treinador apenas experimentava uma sensação de estar sendo observado, mas que não era nada além de sua imaginação? Se havia alguém ali, por que não se aproximou?

Cabia a Kazuo a decisão do que fazer naquele jogo de xadrez.

Surik
Surik
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Koujiro em Sex Maio 08 2015, 13:01

O tempo passava lentamente, um minuto era um século. Os olhos do garoto passavam por toda a área em rondas constantes, na espera que em algum momento alguém entraria na clareira e o “mistério” da mochila seria descoberto. Um sorriso estava exposto em seu rosto e sua mão estava posta na cabeça de Charmander, que havia sentado ao seu lado.

Kazuo estava começando a gostar da companhia do pequeno, e mesmo que estivessem juntos a pouco tempo, o garoto já havia desenvolvido um certo carinho pelo Pokémon. Olhou para Charmander e seus olhos foram diretos para a calda, fitando as brilhantes chamas. De repente lhe veio algo a mente. “Epa! Quando eu ouvi o chamado do Charmander e vim em seu encontro, pude ver a luz de suas chamas de longe. Por isso o sujeito ainda não apareceu! Ele nos viu aqui e deve estar nos vigiando!”

Kazuo tentou manter a calma, seu coração estava disparado e ele podia sentir a adrenalina percorrer as suas veias. Enquanto seus olhos se moviam ao redor, pelas densas vegetações, à procura de algum movimento fora do normal, Kazuo travava uma batalha silenciosa no covil de sua mente.

“Estamos expostos... vulneráveis!”
“Calma Kazuo, você nem sabe se realmente tem alguém aqui!”
“Mas... e se tiver!? Pode estar sentindo medo de mim. Afinal, e se eu for um bandido!? Não... é improvável, um jovem com um Charmander não seria uma mente criminosa... mas ainda na rota um, é claro que ele sabe que sou um treinador iniciante!”


Kazuo poderia recolher o Charmander, mas isso só pioraria as coisas caso fosse atacado, e ele duvidava que o pequeno aceitaria. Então só lhe restava uma opção, a mochila! Se ele estivesse sendo vigiado, e começasse a mexer na mochila o dono poderia se mostrar, ou se a sorte lhe sorrisse, poderia ter uma lanterna em seu interior e como lá atrás, Charmander e ele se separariam, ambos iluminando ao redor da clareira em busca de pistas!
Koujiro
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Surik em Sex Maio 08 2015, 14:44


O tédio se apoderou do orapaz, e após este veio a paranóia, que podia ou não ser real, quem saberia? Chegou a boas conclusões, seguindo uma mesma linha de raciocínio, e atingiu uma nova tática, um bom plano para revelar a identidade de quem quer que o estivesse espionando daquela maneira.

Revirar a mochila do desconhecido não foi realmente algo inspirador ou revelador. Descobriu ali uma pequena e velha vara de pescar, duas ou três frutinhas, uma tama de garrafa.. Não, sem lanternas por ali. E o pior de tudo, quem disse que alguém apareceu diante da dupla para reclamar pelo "abuso"?

Um grito interrompeu as buscas. Não humano. Depois, outro exatamente igual ao primeiro. E sucessivos gritos. Era algum Pokémon, mas qual? Onde? E por que gritava? Teria alguma relação com o dono da mochila?
Surik
Surik
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Koujiro em Sex Maio 08 2015, 17:50

Off::
Caramba, você coloca o maníaco do parque na minha primeira aventura?
Off²: Estou gostando bastante da sua narração e da rota. Ganhou selo Koujiro de qualidade hahaha!

Kazuo se aproximou lentamente da mochila e se agachou, em sua frente, e começou a caçada. Tudo era suspeito, mas nada revelador, só mais indicações ou falsas pistas por assim dizer. Dentro da mochila continha uma simples vara de pescar, algumas frutinhas e outros itens básicos. Mas infelizmente, nada de lanterna.

Coçando o queixo, depois de averiguar se alguém tinha aparecido, voltou os olhos mais uma vez para os itens agora postos ao lado da mochila. Tudo ali indicava serem itens básicos de um treinador Pokémon iniciante, ou um aventureiro. Não tinha armas, Pokébolas ou itens que realmente comprovassem nenhuma teoria, ou dava base para criar novas, só itens que trazia mais perguntas ao garoto. “Hmmm, que lugarzinho foi esse que o Charmander encontrou hein!? E eu pensando que finalmente teria uma noite de sono.”

Quando o jovem treinador ia voltar a mexer na mochila, um grito surgiu na floresta. Os pelos da nuca de Kazuo se arrepiaram pelo inesperado susto e em um salto se levantou. Charmander um pouco mais adiante, estava virado para onde o grito vieira e pela posição da calda e da mão, estava preparado para atacar. De repente, cortando o silencio momentâneo da noite, outro grito surgira, não era humano, isso Kazuo tinha certeza, mas não sabia de que Pokémon era. Outros gritos acompanharam o segundo em uma constante incrível, e com eles a voz de Kazuo se espalhou na clareira.

-Vamos Charmander! –Disse o garoto enquanto começava a correr em direção aos gritos, com Charmander ao lado, iluminando o caminho!
Koujiro
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Surik em Sex Maio 08 2015, 18:09


OFF:
A satisfação é nossa em atendê-lo senhor. Sua aventura é também a nossa aventura!

hahah

O treinador assustou-se com o barulho repentino na mata, e após perceber que os gritos eram constantes, e seguiam, portanto, um padrão, começou a caçada com seu lagarto. Charmander tinha ouvidos melhores, obviamente, e acabou por guiá-lo para o lado supostamente correto.

Não demorou muito a chegarem à origem dos gritos na verdade. Kazuo viu, mesmo de longe, em meio à densa mata, uma engenhoca: uma espécie de placa de madeira cobria certa extensão do chão à sua frente. Nada muito grande, ele conseguiria cobri-la com dois ou três passos. Em seu fundo, uma bola de pêlos arroxeada era iluminada pela cauda de Charmander. Seus olhos eram grandes e vermelhos, suas antenas se moviam como se tentasse assim rastrear algo no ar.

A tampa de madeira estava presa ao buraco. Em cima dela haviam quatro rochas que provavelmente impediam o Pokémon de sair dali. Não eram muito grandes, qualquer ser humano as poderia tirar com facilidade. Cada uma das quatro rochas estava amarrada a uma corda, semelhante à encontrada perto da mochila na clareira, que se perdia na copa das árvores.

Será que aquele emaranhado de cordas tinha algum propósito?

Surik
Surik
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Koujiro em Sex Maio 08 2015, 20:38

Guiado pelo Charmander, o Pokémon lanterna super ouvinte vivo, Kazuo finalmente chegara ao local de onde os gritos se originavam. De longe, o garoto já havia avistado a engenhoca a qual estava posta agora em sua frente. Era uma espécie de armadilha, tendo em base que algum ser vivo estava presa em seu interior. Era claro que se tratava de um Pokémon, mas por falta de experiência e conhecimentos (além da escuridão da noite), Kazuo não fazia a mínima ideia de que espécie era.

Kazuo se aproximou e começou a inspecionar a armadilha. Era uma espécie de placa de madeira, de tamanho aproximado a quatro passos de diâmetro, com um buraco onde estava preso o Pokémon capturado. Uma tampa de madeira estava presa ao buraco e em cima dela haviam quatro rochas que serviam como tranca. Não eram grandes e por isso deveriam ser leves. Todas as quatro rochas estavam amarradas por uma corda, semelhante à encontrada perto da mochila na clareira, que se perdia nos troncos das árvores.

Após ver tal geringonça, não sobrara dúvidas de que o dono da mochila era quem o tinha feito. Haviam as madeiras, como as cortadas na clareira e as cordas. Kazuo se aproximou de uma e disse ao Charmander.

-Fique atento. Quem fez isso também escutou os gritos do coitado aí! –apontou para a bola de pelos.

Respirando fundo e sem saber o que realmente aconteceria, Kazuo cuidadosamente tentou levantar uma das pedras para ver o que aconteceria. –Tenho que soltá-lo!
Koujiro
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Surik em Sab Maio 09 2015, 18:22


O jovem Kazuo resolveu se arriscar, tentando de alguma maneira libertar o Pokémon que estava preso, apesar dele mesmo ainda não conseguir identificá-lo. Seu plano inicial era simplesmente agir de forma direta: se as pedras é que estavam impedindo o Pokémon de sair, então ele tiraria as pedras para que ele pudesse ser libertado.

É claro que, com isso, ele estava correndo enormes riscos. Quem preparou aquilo tudo poderia colocar uma armadilha para quem tentasse mover aquelas pedras. Ou não...

Uma das quatro pedras foi escolhida. Charmander montava guarda. Tensão extrema no momento, algo poderia acontecer. Kazuo se aproximou, levantou a pedra.... E nada aconteceu.

Será que ele teria a mesma sorte em relação às outras três?

Surik
Surik
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Koujiro em Dom Maio 10 2015, 15:48

Arfante, gerado pela expectativa e o receio, Kazuo pegou uma das pedras e a levantou. Segurou o ar por um segundo, olhando atentamente a gerigonça na espera que ela desarmaria ou surgisse uma armadilha na armadilha. Nada aconteceu. Suspirando fundo, colocou a pedra no chão e olhou para Charmander, dando-lhe um sorriso e acenando positivamente com a cabeça... um alívio percorria ser corpo. Charmander sentia coisa igual, seu pequeno corpo estava tenso e úmido, seus olhos vidrados e sua calda brilhava com mais ardor. Quando viu que tudo deu certo, abaixou as chamas de sua calda e duas pequenas chaminés de fumaça surgiram em suas narinas.

Kazuo deu um passo para o lado e se posicionou na frente da segunda pedra. Só o silêncio podia ser escutado, interrompido apenas pelos tambores que batiam em seu peito. “Bem, a primeira foi sem problemas... mas não creio que todas sejam assim, está fácil demais! Se ele usa isso para capturar Pokémon, seria muito fácil roubá-los... a não ser que tenha uma “chave” de segurança...”. Com um movimento corajoso esticou as mão e as colocou envolta da segunda pedra e prendendo a respiração, tentou levantá-la.
Koujiro
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Surik em Seg Maio 11 2015, 09:09


OFF:
Ri um bocado do Char agora haha

Uma tensão além do comum perpassa corpo e mente dos três envolvidos com a armadilha. Kazuo e Charmander, envolvidos na tentativa de libertar o pobre Pokémon ali embaixo. As tentativas de Kazuo eram parcialmente cautelosas. Parcialmente, se diz, porque mesmo sabendo que poderia haver uma armadilha na armadilha, ele não agia para a impedir. Era um ato de coragem sem tamanho do treinador.

A segunda pedra escolhida foi levantada, com cuidado, com calma, e mais uma vez nada ocorreu. Charmander liberou um pequeno som de alívio, e agora Kazuo estava com duas pedras restantes impedindo o Pokémon de levantar a tampa de madeira e sair por si só.

Mas, estatisticamente, os riscos para os envolvidos estavam aumentando em uma progressão geométrica.
Surik
Surik
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Koujiro em Seg Maio 11 2015, 09:44

Off::
Hahaha, vai ser um Charmander engraçado ^^

Outra pedra removida e mais um sentimento de alívio. Kazuo se virou para seu companheiro Charmander e acenou positivamente com a cabeça, e o mesmo retribuíra da mesma forma. Sorrindo, o garoto foi para o lado das outras pedras e ficou entre as duas faltantes. Suas mãos tremiam levemente, poderia ser a adrenalina do risco, ou um medo infundado, em base em puras suspeitas e achismos. Olhou concentradamente para as pedras, pensando em qual levantar. Se um tivesse algum mecanismo para acabar com sua vida, era 50% de chances de acioná-la, “E se estiverem nas duas?” Suou frio.

-Bem, qual eu pego? A decisão é sua. – Disse olhando para Charmander.

De princípio, Charmander só acenou positivamente com a cabeça, mas após perceber o que a falar queria dizer, seus olhos se arregalaram e ele começou a dar paços para trás, acenando negativamente com a cabeça, mãos e calda.

-Charrr, Charmander! Charrrr, Charrr! –Seja lá o que quer dizer.

Kazuo segurou uma inesperada gargalhada e fitou eu pequeno companheiro.

-Relaxe, é só brincadeira. –Com um movimento rápido, pegou com as duas mãos a pedra da direita e a ergueu, enquanto uma gota do mais frio suor escorria pela sua pálida face.
Koujiro
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória! Empty Re: Capítulo 01 - Que seja feita a minha glória!

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum