Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Lilycove: O desbravar dos destroços

Página 14 de 27 Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15 ... 20 ... 27  Seguinte

Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por  Sab Out 03 2015, 19:42

- Meu filho é um treinador. Seu nome é Elliot! - O homem enxugava seu suor. - Ele saiu ontem de casa, passou no meu comércio que fica próximo à praia e disse que iria explorar o navio. Eu fui contra, mas ele insistiu... Esperei, esperei... E nada! - Uma breve pausa. - Já tem 24h que ele não aparece e nem dá sinal. Estou desesperado, mas não tenho nenhum Pokémon para entrar naquele navio. Nem imagino o que possa estar lá.

Agora restava saber se a história seria suficiente para fazer Joul ir atrás de Elliot, já que o alvará para Litleo acompanhar o treinador já fora dado pela enfermeira.

_________________
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por Joul Dom Out 04 2015, 01:07



Diante de todos os dizeres do homem, Joul, que contaria com o apoio de Litleo naquela empreitada, pokémon este que já se encontrava do lado rapaz, resolveu dar um voto de confiança para o homem, afinal, se o filho dele estivesse mesmo desaparecido, ajuda-lo deveria ser a atitude mais nobre que o treinador de Cinnabar poderia ter, mesmo que isso envolvesse entrar novamente nas imediações daquele torturante lugar. Assim, o jovem, depois de iniciar uma preparação psicológica, tratou de responder o perturbado senhor:

- Ok, eu entendi toda a situação. Então vamos o mais rápido possível em direção ao navio. Tente imaginar o caminho traçado por seu filho até lá, pois, querendo ou não, poderemos, por sorte, encontrar alguma pista que nos ajude a aprofundar melhor na situação.
– E enquanto já seguia, com Litleo junto dele, em direção a porta do estabelecimento, Joul, com um tom de voz calmo, disse: - Não se preocupe! Do que depender de mim, seu filho estará junto a você em poucas horas. Contudo, você ainda não me disse seu nome. Qual é? E, por sinal, meu nome é Joul Terri e sou do continente de Kanto. – Disse o jovem no pokémon em que ele já dava o primeiro passo rumo ao exterior do centro pokémon.

Com isso, restava saber o que aquela nova aventura guardaria para o treinador, afinal, ele ainda não tinha certeza a respeito da veracidade do que havia lhe sido dito. Entretanto, ele só descobriria mais a respeito se seguisse mesmo rumo ao lugar apontado pelo desesperado comerciante. Enfim, agora, eram questão de tempo para que os eixos entrassem mesmo em seu curso normal.

Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por  Dom Out 04 2015, 08:50

- Perdão, estava tão nervoso que acabei esquecendo de dizer meu nome. É Fred. - O homem olhava em volta. - Minha casa é vizinha ao Centro Pokémon, mas meu comércio fica próximo à orla portuária. Muito obrigado pela sua ajuda, Joul, sei que conseguirá encontrar meu filho e me ajudar!

Rapidamente, Terri começou a correr ao lado de Litleo, o qual também estava ansioso para ajudar o homem de meia-idade. A dupla então, refez o caminho traçado no dia anterior até a embarcação parcialmente naufragada.

Terri se espantou ao encarar a embarcação: de um dia para o outro ela estava ainda mais inclinada e surgiram outras aberturas no casco. Umas mais próximas à praia, outra em andares mais altos e outras em alto mar, que só poderia ser acessada com ajuda de um Pokémon aquático. Talvez o instinto de Litleo poderia ser usado para escolher como adentrar no navio a fim de buscar o filho de Fred.

_________________
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por Joul Dom Out 04 2015, 15:06

Post pelo cel =/


Não demorou a Joul e Litleo se verem novamente nos destroços da embarcação, fato que provocou um calafrio no treinador logo no primeiro momento. Entretanto, o dever de ajudar Fred falava mais alto, e, por isso, durante alguns segundos, o herdeiro dos Terri avaliou novamente o cenário, afinal ele tinha mudado drasticamente de um dia para o outro, a procura de qualquer possibilidade de adentrar ao navio de uma forma segura.

A paisagem do desastre a frente de Joul demonstrava, diferentemente do dia anterior, diversas maneiras de embarcar nos restos do navio. No entanto, como a segurança era a principal limitação, o treinador Pokémon resolveu pedir ajuda a Litleo para definir a melhor entrada:

- Litleo, como você já esteve no interior do barco, me ajude a encontrar o caminho mais seguro. Por favor, seja o mais precavido possível, não quero cair em uma cilada como da última vez. Enfim, quando você chegar a uma conclusão, não tenha medo de seguir pelo caminho. Vamos terminar isso o quanto antes.

Ao final de suas palavras, o nativo de Cinnabar colocou-se a postos para seguir no encalço do pokémon até o lugar apontado por ele. Depois, eles precisariam contar com a sorte, e um pouco de calma, para definir a real localização do treinador chamado Elliot.
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por  Dom Out 04 2015, 16:24

Após refletir um pouco, Litleo, usando de seu instinto, faro e sensibilidade, latiu para Joul indicando uma abertura que estava em um nível bastante baixo - na verdade, no mesmo nível da entrada feita por Joul no casco no dia anterior. Entretanto, para chegar ali eles precisariam caminhar alguns metros no mar. Litleo odiava se molhar como qualquer Fire-Type, logo, a criatura pedia colo para o garoto.

Com o Pokémon nos braços, o treinador caminhou alguns metros, molhando suas vestes até a altura dos joelhos. Diante da abertura Terri respirou fundo, aquela sensação ruim já estava lhe embrulhando o estômago, afinal ele sabia o que estava lhe esperando. Assim, ao adentrar novamente na embarcação, Joul se sentiu tão desconfortável quanto na visita anterior. A falta de luminosidade, o ambiente úmido, o cheiro de mofo, a falta de ventilação e os ambientes fechados causavam as piores sensações possíveis no jovem.

Litleo, que não percebia que o seu salvador estava se sentindo mal, saltou dos braços deste assim que adentraram no pequeno cômodo do navio. O pequeno felino então tomou a dianteira e começou a correr em direção a um estreito corredor bem semelhante àquele que Joul passou em sua jornada pela embarcação no dia anterior.

O herdeiro dos Terri engoliu seco e seguiu o Pokémon à passos largos para ficar o mínimo de tempo possível naquele corredor maldito e também para não perder de vista a criatura flamejante, já que a luminosidade estava bem escassa.

Após muito caminharem, o treinador de Cinnabar já estava suando frio quando Litleo latiu novamente, indicando com o seu focinho uma escada que dava acesso à um cômodo inferior. A escada era longa, mas o cômodo parecia ser melhor iluminado. Quando o garoto e o Pokémon começaram a descer eles ficaram espantados com o que viram: o teto daquele cômodo também havia despencado e ao olhar para cima Joul via que o teto daquele cômodo era o piso do cômodo que estava em chamas de onde Litleo foi resgatado. Logo, a luminosidade vinha do convés do navio, já que o teto desse outro cômodo também despencou quando Joul ainda estava dentro dele.

Mas as surpresas não paravam por aí, graças a essa luminosidade Joul pôde notar muito bem o que estava acontecendo naquele grande cômodo. Um rapaz de cabelos escuros e traços fortes estava com suas pernas presas em grandes fragmentos de madeira. O que tudo indicava era que o garoto estava no cômodo que Terri apagou as chamas previamente, mas o frágil piso acabou cedendo, trazendo o jovem à baixo. Aquele rapaz preso estava cheio de ferimentos, parecia muito cansado e sua expressão era de desespero.

O que justificava o desespero era examente aquilo que primeiro chamou a atenção de Joul quando ele entrou naquele cômodo: existia uma enorme criatura que nadava na extremidade oposta do recinto em relação à onde estava o garoto ferido. Isto é, devido à inclinação do navio, a água estava infiltrando na embarcação mas se acumulando na região mais baixa do cômodo. Contudo, o nível da água estava subindo e já estava começando a molhar o rapaz preso. Logo, seu desespero se justificava pela presença de tal criatura e pelo risco de se afogar.


Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Dragalge


- PELO AMOR DE DEUS ME AJUDE A SAIR DAQUI! ESSE MONSTRO DERROTOU TODOS OS MEUS POKÉMONS! - Bradou o rapaz de cabelos negros assim que notou a presença de Joul descendo as escadas.

_________________
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por Joul Seg Out 05 2015, 00:48



Mesmo ciente de suas limitações, Joul se esforçou ao máximo para conseguir acompanhar Litleo por todos os corredores da embarcação que continuava a naufragar. Contudo, no instante em que o cada vez mais incomodo treinador encontrou o desaparecido garoto, em um cenário que poderia justifica o sumiço do jovem, ele foi surpreendido pela aparição de uma criatura que ele nunca havia visto anteriormente em sua jornada pokémon. Monstro este que, enquanto nadava pelas águas que subiam a cada novo segundo, demonstrava uma espécie de raiva que tornava aquele momento algo realmente preocupante.


Dragalge
Doramidoro


Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 718

Contos dizem que navios que vagam pelos mares onde vive Dragalge nunca voltam. Seu veneno é forte o suficiente para atravessar o casco de um tanque. Ele pode cuspir o veneno em qualquer um que entre em seu território.

Depois de descobrir um pouco mais a respeito do agora identificado pokémon, fato que poderia vir a auxiliar Joul a saber como agir, o treinador pensou logo sobre o que fazer naquele momento. Assim, de posse de duas de suas pokébola, o herdeiro dos Terri, que demonstrava ter desenvolvido uma estratégia em busca de tentar derrotar aquele pokémon, falou enquanto cada uma das criaturas se materializava no interior do lugar:

- Weepinbell, comece usando seu Sleep Powder neste pokémon. Caso erre, repita o ataque, caso acerte, use seu Stun spore. Já você Charmeleon, quero uma sequência de Dragon Rage com força total. Vamos tentar, o máximo possível, atrasar esta criatura.

Ao final de suas palavras, enquanto empunhava uma terceira esfera, fato que caracterizava a existência de uma estratégia, Joul começou a olhar a procura de uma forma de ajudar o ferido rapaz enquanto seus pokémons ficavam com o trabalho pesado. Afinal, Elliot realmente não estava em uma situação muito favorável.
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por  Seg Out 05 2015, 17:11

Como Dragalge era um venenoso bastante lento, Charmeleon e Weepinbell logo partiram para o ataque. O Fire-Type com uma técnica de dano fixo, já Weepinbell com seu pó sonífero.

Após ambos obterem sucesso, Dragon Rage fora repetido, enquanto o gramíneo paralisava seu alvo adormecido e agora bastante vulnerável, deixando-o ainda mais lento.



Status:
Normal
Ability:
Adaptability

Lv. 50 Dragalge 


85/125
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Dragalge
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Charmeleon
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Weepinbell
Lv. 32 Charmeleon 


80/80
Lv. 22 Weepinbell 


61/61
Ability:
Blaze
Ability:
Chlorophyll
Status:
Normal
Status:
Normal



Campo: Cômodo grande e bastante inclinado em um dos andares mais inferiores do navio. Alguns buracos no casco por onde a água está entrando. Muitos destroços devido desmoronamento de cômodos superiores. A água está acumulada na região onde se encontra Dragalge, mas o nível está subindo em todos os pontos.

_________________
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por Joul Ter Out 06 2015, 09:34



A aflição sentida por Joul ficava cada vez mais aparente, afinal, diante de todo aquele cenário, o treinador não conseguia mais segurar sua respiração de forma compassada, fato que tornava as coisas para ele cada vez mais complicadas. No entanto, o aspirante a mestre pokémon sabia que não poderia deixar que isso o abatesse, e enquanto ele continuava sua peregrinação em busca de uma maneira de ajudar Elliot, ele acompanhou seus parceiros alcançarem resultados realmente importantes diante do poderosíssimo pokémon.

Só que, mesmo com aquele avanço, o aspirante a mestre pokémon tinha conhecimento de que aquilo não seria o bastante para parar aquele pokémon. Por isso, lançando rapidamente a pokébola que ele tinha em mãos, que foi seguida pela materialização de Farfetch’d sobre o campo de batalha, Joul prosseguiu com a orientação ao trio de pokémons:

- Weepinbell, vamos jogar com a estratégia agora. Quero que você continue cobrindo o corpo de Dragalge com seu Sleep Powder, mesmo que a técnica falhe por ele ainda estar dormindo, prossiga com o movimento, porque, afinal, ele terá que acordar um dia. Já você Charmeleon, use mais dois Dragon Rage. Mantenha-se completamente na ofensiva. Quanto a você Farfetch’d, direcione seu fortíssimo Brave Bird na direção deste pokémon. Use o ataque o máximo possível. Esta pode ser a nossa única chance!


As palavras de Joul demonstravam o quanto o treinador tinha conhecimento do tipo de adversário que ele enfrentava. Com isso, agora, enquanto procurava livrar Elliot da posição alarmante que o jovem se encontrava, restava ao herdeiro dos Terri apenas torcer pelo sucesso de seu empenhado trio de parceiros.

Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por  Ter Out 06 2015, 11:18

No início da nova rodada, Dragalge continuava dormindo. Weepinbell lançava novamente seus esporos soníferos, entretanto, devido à baixa precisão da técnica, o pó se diluía na água onde o monstro nadava. Já Charmeleon, utilizava seu primeiro Dragon Rage. Farfetch'd, que havia acabado de se materializar em campo, por sua vez, observava atentamente seu alvo e então alçava voo com toda a sua fúria para aplica rum Brave Bird com danos críticos!

Ao fim do turno, o monstro venenoso despertava, furioso, especialmente com Weepinbell por tê-lo induzido a um sono profundo. Assim, a criatura atacou com Venoshock, nocauteando o gramíneo sem piedade! Em seguida, Charmeleon repetia a dose de Dragon Rage e Farfetch'd com seu Brave Bird. Mesmo paralisado, Dragalge não se detinha e atacava com um poderosíssimo Hydro Pump contra o Pokémon inicial flamejante de Joul, derrotando-o com sobra de danos!

Devido ao Life Orb segurado pelo dragão, ele já se encontrava muito fraco para continuar a lutar. Então, o monstro começou a lançar um Hydro Pump de poder maior do que o normal. A vazão de água era extremamente alta saindo da boca daquele Pokémon, fazendo com que o nível de água no cômodo subisse com bastante agilidade. O garoto, que supostamente era Elliot, gritava desesperado, afinal, por estar preso a água já estava alcançando o seu tórax. Já para Terri, a água passava a altura de seus joelhos. Farfetch'd batia as suas asas a fim de evitar se molhar, já seus parceiros flutuavam desmaiados sobre a água.

Como Joul faria para salvar o rapaz preso e sair do recinto a tempo de não se afogar?! Era preciso se safar do Dragon-Type o mais rápido possível...



Status:
Fainted
Ability:
Adaptability
Item:
Life Orb

Lv. 50 Dragalge


20/20
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Dragalge
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Weepinbell
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Charmeleon
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Farfetchd
Lv. 22 Weepinbell


00/61
Lv. 32 Charmeleon


00/80
Lv. 22 Farfetch'd


47/55
Ability:
Chlorophyll
Item:
None

Ability:
Blaze
Item:
None

Ability:
Keen Eye
Item:
Stick
Status:
Fainted
Status:
Fainted
Status:
Normal
Campo: Cômodo grande e bastante inclinado em um dos andares mais inferiores do navio. Alguns buracos no casco por onde a água está entrando. Muitos destroços devido desmoronamento de cômodos superiores. A água está acumulada na região onde se encontra Dragalge, mas o nível está subindo em todos os pontos.


+5524 de EXP para Charmeleon, Weepinbell e Farfetch'd!

Charmeleon aumentou um nível, Weepinbell e Farfetch'd dois níveis cada. Weepinbell pode aprender Acid, gostaria de fazer alguma substituição?

_________________
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por Joul Ter Out 06 2015, 15:23



Joul e sua equipe acabaram não sendo páreos para a força descomunal da criatura selvagem, e com a queda precoce de Charmeleon e Weepinbell, a situação deles partia por um caminho cada vez mais sem volta. Assim, o treinador, que não conseguia mais conter o desespero, somado a todas as outras sensações que ele sentia, só conseguiu, mesmo com todos os Hydro Pump que eram lançados em todas as direções, correr em busca de ajudar o acidentado a se livrar daquele complicado momento.

Mas o herdeiro dos Terri, ciente que tudo poderia ir pelos ares, tratou, apoiando-se em Farfetch’d, de tentar destrair a visão do monstro marinho:

- Farfertch’d! Voe para o exterior do navio. Faça o possível para que o Dragalge te siga até lá. Evite o máximo que conseguir ser atingido por ele. Por que, no fim, esta pode ser a nossa única chance de nos salvar.

Enquanto acompanhava seu pokémon pássaro tentar atrair o selvagem para fora da embarcação, Joul, que logo recolheu Weepinbell e Charmeleon para suas pokébolas, com um movimento rápido, convocou Scizor para resgatá-lo. E depois que o inseto se materializou e entendeu do que se tratava, a criatura logo se colocou a espera de qualquer tipo de orientação que seu treinador pudesse dizer. Atitude esta que o aspirante a mestre pokémon logo tomou:

- Scizor, use seu poder cortante para livrar este garoto de todo estes escombros. Em seguida, ajude-o a se levantar. Se for preciso, use seu poder de ataque para abrir caminho pelas paredes do navio. Mas faça de tudo para nos salvar!

Todo o desespero sentido por Joul ficava claro diante das palavras ditas por ele, afinal, com todo aquele cenário, o treinador de Cinnabar não conseguia mais saber o que fazer para safá-los daquele momento. Por isso, aquela jogada, que não parecia muito original, acabou sendo a forma encontrada pelo rapaz para livramos daquilo tudo. Sendo assim, agora, era questão de tempo para que a resposta que o rapaz tanto buscava surgisse diante dele.

Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Lilycove: O desbravar dos destroços - Página 14 Empty Re: Lilycove: O desbravar dos destroços

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Ir para o topo Ir para baixo

Página 14 de 27 Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15 ... 20 ... 27  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos