Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Diário de Dr. Kahn

Ir em baixo

Diário de Dr. Kahn Empty Diário de Dr. Kahn

Mensagem por Artie em Seg Nov 23 2015, 23:29

Provavelmente muitos de vocês nunca ouviram falar a respeito de Dr. Kahn. Ele é um pesquisador nascido em Fuchsia, possui 32 anos e desde que se formou na Universidade de Kanto, trabalha incansavelmente em um projeto que teve quando era mais jovem. Para ele, o aparelho que desenvolveu será de extrema utilidade para manter a fauna nos oceanos de Cinnabar. Porém, para a surpresa dele, a descoberta dele acabou resultando em algo grandioso...

A seguir, vocês encontrarão páginas do diário dele, contando sobre sua rotina no período em que as chuvas danificaram várias cidades de Kanto e Johto, fazendo com que um grande número de pessoas migrassem para Hoenn:

Fuchsia, 14 de junho de 2014.

Hoje foi um grande dia para as minhas pesquisas! Apesar de muitos colegas de profissão duvidarem da minha capacidade e da necessidade de desenvolver um sonar ultrassônico, o meu dispositivo acabou detectando uma atividade diferente nas redondezas das Seaform Islands.
Como Lapras são espécies ameaçadas de extinção no meio selvagem, desenvolvi um sonar capaz de detectar atividade biológica de espécies marinhas. Nos últimos meses meu sonar não identificou nenhuma atividade, o que deixou algumas pessoas duvidando da capacidade do aparelho que criei.
Porém, para a minha surpresa, hoje o meu sonar detectou algo e a resposta foi muito maior do que a esperada. Não sei dizer se foi devido a um erro de calibração do aparelho, se temos mais Lapras circulando a área do que o esperado ou até mesmo se, por acidente, descobri uma espécie nova de pokémon.
O mais estranho de tudo é que após três horas de atividade intensa, de repente os níveis voltaram a ser praticamente nulos.
Fuchsia, 15 de junho de 2014.

Aparentemente minha intuição estava certa. Após trocar informações com o Instituto de Climatologia de Kanto, concluí que o sinal detectado com o sonar que desenvolvi pode ter relação com o ocorrido em Cinnabar na noite anterior.
O período em que a chuva intensa durou e castigou a Ilha de Cinnabar coincidiu perfeitamente com a duração em que o sinal de atividade biológica de meu radar entrou em ação.
Soube também que a cidade de Cianwood foi prejudicada no mesmo período, mas meu sonar não tem um alcance tão grande para chegar na região de Johto e determinar se os dois ocorridos são relacionados.
Passarei os próximos dias aperfeiçoando meu dispositivo e estudando as condições do clima das duas regiões. Sinto que algo grandioso está por vir.
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Diário de Dr. Kahn Left_bar_bleue0 / 100 / 10Diário de Dr. Kahn Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Diário de Dr. Kahn Empty Re: Diário de Dr. Kahn

Mensagem por Artie em Seg Nov 23 2015, 23:30

Vermilion, 22 de junho de 2014.

Com o aumento da intensidade das chuvas, percebi que a atividade biológica irregular tem começado a agir de forma inconstante por várias regiões de Kanto. Agora tenho a certeza que as criaturas encontradas pelo meu sonar não se tratam de Lapras.
Após relatar do ocorrido para meus superiores, os mesmos demonstraram grande interesse na minha pesquisa e fui promovido. Agora estou no laboratório de Vermilion, desenvolvendo mais sonares para espalhar pela costa de todas as cidades litorâneas de Kanto e Johto. Assim, poderemos ter um controle maior da atividade biológica.


Vermilion, 25 de junho de 2014.

Hoje foi o primeiro dia de atividade dos sonares novos instalados na região de Johto. Os níveis de atividade biológica por lá estão ainda maiores do que na região de Kanto. Fato que não me surpreende mais, visto que as chuvas lá estão mais intensas do que por aqui.
Ainda assim, fico me perguntando: qual é a espécie de pokémon que está causando tanto desequilíbrio? Os cardumes devem ser grandes, visto que eles são detectados em várias cidades. Mas ainda assim, nenhum pesquisador ou pescador relatou ter encontrado algo anormal.

Vermilion, 26 de junho de 2014.

O nível de atividade biológica em Vermilion chegou a um novo pico e, como já era de se esperar, o clima na cidade fugiu do controle. Vários pontos de inundação, o nível do mar aumentou consideravelmente e, pelo que vi no jornal, mais de 600 pessoas estão desalojadas.
Felizmente o laboratório fica em uma área segura da cidade e a Defesa Civil não precisou evacuar nossa área. Pretendo passar a noite no laboratório monitorando os resultados dos sonares na esperança de encontrar algum comportamento padrão que possa explicar essa estranha série de fenômenos.


Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Diário de Dr. Kahn Left_bar_bleue0 / 100 / 10Diário de Dr. Kahn Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Diário de Dr. Kahn Empty Re: Diário de Dr. Kahn

Mensagem por Artie em Seg Nov 23 2015, 23:35

Olivine, 30 de junho de 2014.

Felizmente, a intensidade da chuva diminuiu um pouco. Ainda assim, os sonares identificam um nível relativo de atividade biológica. Isso me preocupa, pois pode ser o prelúdio para uma catástrofe ambiental.
Após uma reunião com meus superiores, decidimos fazer uma pesquisa de campo. Fiquei encarregado de liderar uma equipe para circular pelos oceanos de Johto em um submarino com uma versão do meu sonar que possuí um alcance menor, mas uma sensibilidade aproximadamente dez vezes maior. Pretendemos nos aproximar dos locais com picos de atividade biológica e conseguir imagens. Espero que a solução para nosso problema seja encontrada em breve.

Cianwood, 7 de julho de 2014.

Hoje fizemos nossa primeira parada após o início da pesquisa de campo. Chegamos na cidade de Cianwood e estamos horrorizados com a situação da cidade. Há escombros por todos os lados e, como a população local evacuou a cidade, a mesma parece mais com um cenário de filme de terror.
Alguns biólogos estão prestando apoio para algumas espécies de pokémon locais, visto que várias acabaram ficando sem abrigo.
Na nossa travessia pelo oceano, nenhuma atividade foi detectada. Coincidentemente, hoje foi o primeiro dia ensolarado desde que as chuvas começaram.

Olivine, 13 de julho de 2014.

Após nossa passagem por Cianwood, retornamos para Olivine com uma grande surpresa. Enquanto passávamos por Whril Islands, detectamos um nível baixo de atividade biológica. Ao nos aproximarmos, nos deparamos com um pokémon gigantesco de corpo azulado! O mesmo estava adormecido, então conseguimos tirar algumas imagens dele.
A princípio desconfiamos que se tratasse de um Wailord, mas Mark, um biólogo marinho da região de Hoenn nos disse que nunca havia visto um pokémon como aquele. Desconfio que acabamos de descobrir uma nova espécie de pokémon!




As informações que constam nesse diário chegaram nas mãos de diversos pesquisadores e treinadores de toda a região de Johto e trouxeram uma consequência que mudará o rumo da história do RPG. Curiosos para saber o que aconteceu?
Preparem-se, pois nesta sexta-feira, dia 27 de novembro, uma rota especial será postada em [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] as 13:00!
Acompanhe o decorrer da rota no chat junto com os demais jogadores e preparem-se para receberem todas as respostas!
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Diário de Dr. Kahn Left_bar_bleue0 / 100 / 10Diário de Dr. Kahn Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Diário de Dr. Kahn Empty Re: Diário de Dr. Kahn

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum