Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

[Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Artie em Ter Fev 23 2016, 21:20



Littleroot Town, manhã de quinta-feira.

Mais um belo dia de sol tomava conta da cidade de Littleroot. O clima de paz e tranquilidade tomava conta da cidade, que naquele horário contava com poucas pessoas circulando pelas ruas. Algumas crianças corriam e brincavam pelos parques, algumas donas de casa aproveitavam para estender as roupas no varal e a feira local contava com um movimento um pouco mais calmo.

Não muito distante dali, um jovem de cabelos negros e portando uma touca esbranquiçada caminhava cuidadosamente pela calçada rumo à casa ao lado da sua. Metódico, o jovem prestava atenção aonde colocava seus pés, evitando pisar em qualquer rachadura no concreto. Logo bateu na porta e foi bem recebido por uma simpática de meia-idade.

Bom dia, Ruby! – O tom da mulher era amigável e receptivo. Fazia sentido, já que Ruby era praticamente de casa.  –  Saphire ainda está na sala assistindo televisão. Gostaria de espera-la aqui?

Bom dia, senhora Birch! Não se preocupe, pode deixar que eu a chamo! Não temos pressa para sair hoje.

O jovem então caminhou até a sala e se deparou com sua amiga estirada no sofá. Em seu colo, um imenso pote cheio de salgadinhos. Ao observar a mão engordurada da garota, assim como os vestígios de salgadinho em torno dos lábios, estava bem claro que ela já havia devorado vários.

Não me apressa! – Disse Saphire, claramente mal humorada. – Tô esperando para ver os comentários da Copa Hoenn. Quero saber o que eles acharam da batalha do Tyrant Torres ontem, mas eles só falam dessa porcaria dessa enchente em Kanto e Johto! Até parece que é verdade essa história que um Pokémon lendário tá solto por aí fazendo isso tudo!

Calma, calma! Não estou com pressa não, pode assistir o jornal! – Foi a resposta de Ruby, claramente encabulado e intimidado pela entonação de sua amiga. – Só acho que você deveria ser mais solidária. Muita gente perdeu ficou desabrigada e você só quer saber de assistir um monte de batalha Pokémon!

E qual o problema de assistir batalhas Pokémon?  – A garota exibiu um sorriso cínico e malicioso antes de fazer o comentário seguinte. – Quando você tava assistindo o confronto da Winnie Freda, vi que você não tirou os olhos da tela!

O comentário de Saphire deixou Ruby claramente constrangido. Os olhos dele estavam arregalados, o rosto completamente corado. Saphire achou a cena hilária, mas não ia comentar mais. Já havia constrangido Ruby o suficiente... Pelo menos naquela manhã. A dupla terminou de assistir o noticiário e então Saphire subiu as escadas, rumo ao seu quarto. Ao contrário da maioria das garotas de sua idade, arrumou-se rapidamente. Logo retornou para a sala e saiu acompanhado de Ruby. Iriam ajudar o Professor Birch nos afazeres do dia. Para alguns, algo tedioso. Para eles, algo que mudaria suas vidas completamente.

Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Hayto em Ter Fev 23 2016, 22:26



Littleroot Town,  quinta-feira, meio dia.

Quando finalmente saíram de casa, o sol já estava em seu auge. Felizmente o laboratório não ficava muito longe de suas casas, então não passariam por grandes problemas. Saphire, uma líder nata, tomava a dianteira e andava com passos largos e desajeitados. Ruby, por sua vez, a acompanhava calmamente, sempre prestando atenção por onde pisava.

Acho muito legal o fato de seu pai querer nos incluir nas pesquisas dele. – A sinceridade transparecia na fala de Ruby.  –  Até hoje eu sou agradecido por ele ter me dado meu Pokémon inicial!

Sinceramente? –  A entonação de Saphire já entregava: ela iria discordar de Ruby. –   Acho que ele me chama pra fazer essas atividades para ele porque tem medo que eu vá embora. O mais longe que ele já me deixou ir de casa foi pro Rusturf Tunnel!

Ele é seu pai, Saphi. Tudo o que ele quer é te proteger!

Pra você é fácil falar! Se você falasse pro seu pai que queria sair em jornada, aposto que ele até daria o Slaking dele para você!

Isso se eu fosse me tornar um treinador Pokémon disposto a batalhar, não é? –  Ruby deixou escapar uma expressão de desânimo. – Posso ser bom com estratégias, mas não gosto de batalhas. Você sabe disso. E se eu falar a verdade pro meu pai, tenho medo de ele ficar com vergonha de mim.

Ruby... – Saphire sentia-se culpada. Havia tocado em um assunto delicado. Mas, de uma hora para a outra, sua expressão mudou. Estava com um plano em mente. – Vamos para o laboratório! Eu tive uma ideia!

Assim que chegaram no laboratório do Professor Birch, Saphire levou Ruby direto para o escritório de seu pai. A documentação com os detalhes da pesquisa que ele queria auxílio dos jovens estava ali, esperando para ser lido e colocado em prática. Mas, ousada e irresponsável, Saphire tratou de ligar o computador de seu pai e revirar os arquivos do computador, imprimindo um documento que estava no Desktop.

O que você está aprontando Saphire? – Por mais que fossem amigos, muitas vezes a forma como Ruby falava fazia parecer que ele era pai dela. – Não quero problemas com seu pai, hein?

Pode ficar tranquilo, meu chapa! – Os olhos da garota brilhavam conforme ela lia o documento. – Estamos cansados  de explorar a rota 101, certo? Pois bem, tudo o que fiz foi pegar uma tarefa em outra cidade! Fazemos o que temos que fazer e, quando voltarmos, provaremos para nossos pais que somos capazes de nos virar sozinhos!

Ruby não gostou muito da ideia no começo. Parecia algo irresponsável. Porém, a tentação tomou conta de seu ser. Sempre fora um jovem correto, agindo dentro dos conformes. E por essa mesma razão nunca teve coragem de enfrentar seu pai para seguir seus verdadeiros sonhos. Talvez um ato de ousadia era tudo que ele precisava provar para si mesmo que poderia enfrentar seu pai.

Curioso, pegou o papel das mãos de Saphire e leu o mesmo por alguns instantes. A missão não parecia arriscada, pois envolvia uma espécie de Pokémon marinha que era amigável. Estavam sendo irresponsáveis, mas não corriam risco algum.

Mu Island? Nunca fui para lá. Mas algo me diz que é o momento perfeito para isso!

Hayto
Hayto
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Artie em Ter Fev 23 2016, 22:55



Mu Island,  quinta-feira, oito horas da noite.

Apesar da ideia de fazerem uma tarefa para Birch em outra cidade, a dupla percebeu que não seria tão fácil assim. Primeiramente, precisaram arranjar uma forma de dispensar o assistente responsável pela tarefa. Felizmente Saphire conseguiu resolver essa questão após um breve telefonema, alegando que “o prontuário estava incorreto e precisava de correções.”

O segundo problema foi encontrar uma forma rápida de irem para Mu Island. Não havia transporte direto para a ilha e a rota mais rápida era por Petalburg. Mas isso significava que teriam que passar pela cidade do ginásio do pai de Ruby, o que era completamente fora de cogitação. Após algumas pesquisas, encontraram um transporte viável, mas demoraria horas para chegar lá. E foi aí que surgiu o terceiro problema: como os dois iriam explicar para seus pais que passariam a noite fora de casa?

A solução mais uma vez foi na base das ligações de telefone. Num disse-não-disse confusa, Saphire bolou uma rede de mentiras . A mãe de Ruby acreditou que os dois iriam passar a noite na casa de Saphire. Senhor e senhora Birch acreditaram que os dois iriam fazer uma excursão para Rustboro acompanhados de Norman. E, por fim, a mesma desculpa foi contada para Norman, mas dessa vez que os “acompanharia” seria Birch.

Com tudo pronto, enfim viajaram para Mu Island. Chegaram no final da tarde e passaram as suas primeiras horas explorando a cidade, maravilhados com a estrutura da mesma. Não bastava ser uma ilha, era uma cidade industrial. Completamente diferente de Littleroot e das cidades de Johto. Por sorte, conseguiram também uma hospedagem no Centro Pokémon da cidade, podendo retornar para Littleroot no dia seguinte sem problemas.

Acomodados e com tudo resolvido, leram o prontuário da missão: aparentemente havia um bando de Corsolas que migrou para uma praia próxima da cidade. Aquele comportamento era estranho e fora do comum, tendo em vista que Corsolas são espécies encontradas apenas em alto-mar e raramente vão para a costa. A ansiedade foi tanta que a dupla decidiu começar a observação, por mais que no período noturno os aquáticos rosados costumam dormir.

Logo encontraram a praia indicada no prontuário. Ao chegarem lá, não demoraram para encontrar o bando de aquáticos: as Corsolas haviam se acomodado num banco de pedras que ficava próximo do farol da praia. Cientes de que sua aproximação poderia espantar as rosadas, decidiram observá-las a distância, num mirante que ficava a poucos metros dali. Ruby observava o grupo com seus binóculos e Saphire usava uma câmera fotográfica com zoom potente para registrar imagens. Assim, observavam sem serem notados.

Após aproximadamente uma hora, já com o céu escuro e estrelado, Ruby acabou percebendo algo peculiar em uma Corsola que se movimentava em busca de uma pedra específica. O jovem acompanhou a movimentação da mesma e logo percebeu que havia algo escondido ali.

Saphire! Eles estão escondendo ovos nas pedras! – A conclusão de Ruby deixou Saphire surpresa. – Eles devem vir para a praia ter os filhotes em segurança, longe de predadores no alto-mar!

A lógica de Ruby fazia muito sentido. Infelizmente, havia algo que as Corsolas não sabiam: há também predadores na costa. Sem fazer muito alarde, um barco misterioso e furtivo se aproximou do farol e lançou uma grande rede nos Corsolas. O grupo de corais ficou preso ao barco, sem ter como fugir! Os dois treinadores acabaram avistando a cena através de suas lentes e perceberam que precisavam agir o mais breve possível. Caso contrário, os filhotes poderiam nascer órfãos.


Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por eldem em Qua Fev 24 2016, 00:13




A dupla não sabia ao certo o que fazer. O correto seria chamar a polícia, mas sabendo que havia o risco do barco ir embora antes das autoridades chegarem, decidiram agir por conta própria. Logo desceram do mirante e retornaram para a praia, ficando horrorizados ao verem a rede sendo puxada e arrastada para dentro do barco. Os Corsolas acabaram ficando espremidos ali, claramente alguns sairiam feridos.

Quando se aproximaram o suficiente do barco, perceberam o primeiro problema: havia um homem de guarda na entrada do navio. Suas vestes eram negras, com detalhes azuis e o símbolo de uma caveira, parecendo com um pirata. A dupla se escondia na lateral do barco, conseguindo um bom ângulo de visão do homem sem serem notados.

Eu vou quebrar a cara desse desgraçado! Ele está fazendo os Corsolas sofrerem! – Resmungou Saphire, se controlando para não gritar. – Vou batalhar com ele, quero nem saber!

Mas antes que Saphire sacasse sua pokébola, Ruby a segurou e pediu silêncio. Por mais que estivesse sofrendo observando tudo aquilo, sua mente não havia parado. Estava pensando em uma estratégia para que entrassem no barco. Foi então que ele teve uma ideia:

Chamar a atenção dele para uma batalha direta não é uma boa ideia. Ele está na entrada do navio e não teria dificuldade para chamar seus colegas. Temos é que arranjar uma distração para ele para conseguir entrar!

Não demorou para que Saphire avistasse uma janela pequena no qual um deles poderia usar para entrar na embarcação. Combinaram entre si que Ruby entraria no barco por ali após conseguir garantir a entrada de Saphire no barco. Separados, teriam mais sucesso para chegar nos Corsolas. A dupla basicamente tinha duas tarefas: arranjar alguma forma do barco não zarpar e libertar os Corsolas.

Ruby então contornou o barco e se aproximou da entrada do mesmo, se fazendo de desentendido. Não demorou para que o capanga se aproximasse dele com agressividade, deixando-o com medo, mas dando a brecha perfeita para Saphire entrar no barco.

Com licença. Você poderia me dar uma informação? – Disse Ruby, gaguejando.

O que um pirralho como você está fazendo por aqui? – Resmungou o rapaz, pegando Ruby pela gola de sua blusa. A atenção dele estava completamente focada no jovem, não percebendo Saphire entrando no barco.

Calma, calma! Eu sou só um turista perdido!

Pouco me importa. Suma daqui antes que eu use a força!

O homem então soltou Ruby e deixou que o garoto fosse embora. Cabisbaixo, ele saiu do campo de visão do homem, saindo da praia. Ao menos foi o que o capanga pensou. Pois pouco tempo depois Ruby retornou para a janela que ele e Saphire haviam encontrado e escalou pela mesma. Estava numa sala onde aparentemente a tripulação guardava os coletes salva-vidas. Por sorte, não havia ninguém. Restava saber se Saphire também havia conseguido entrar no barco sem ser encontrada também.

eldem
Monotrainer - Bug

Monotrainer - Bug

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Nerkon em Qua Fev 24 2016, 00:33




Ainda em dúvida se seu amigo Ruby estava bem, Saphire decidiu focar no objetivo da missão: salvar os Corsolas. O barco parecia abandonado ou com uma tripulação pequena, já que ela conseguiu andar pelos corredores sem encontrar uma pessoa sequer. Talvez estivesse certa e teria sido mais prático ter derrotado o segurança na entrada.

Mas nem perdeu muito tempo pensando a respeito. Após cruzar alguns corredores, acabou se deparando com uma porta que continha os dizeres “Sala de comando”. Com um sorriso malicioso no rosto, a jovem sabia que ao menos teria como garantir que o barco não iria zarpar tão cedo.

~ x ~

Após entrar pela janela do lado de fora, Ruby percebeu que a sala que estava ficava vazia a maior parte do tempo, mas o corredor que dava acesso à sala não. Aparentemente duas pessoas estavam dialogando no corredor a respeito de seus planos e Ruby acabou escutando parte deles. Pelo visto nem tudo que o noticiário dizia era mentira...

Senhor, para onde que vamos exportar essas Corsolas mesmo? Aposto que vão render um bom dinheiro!

Já lhe disse, vamos exportá-las para Sinnoh! Lá elas são raridades e com certeza vão garantir o dinheiro que o Team Aqua precisa para capturar o Kyogre. Desenvolver equipamentos capazes de deter os poderes dele custam caro, sabia?

Aquelas palavras pegaram Ruby de surpresa. Kyogre não só existia como também há uma equipe criminosa buscando ele a todo custo! Aqueles piratas não eram simples piratas. Eram uma verdadeira máfia. E foi então que o jovem percebeu: ele e Saphire estavam correndo mais riscos do que podiam imaginar...

Nerkon
Nerkon
Treinador

Treinador

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Convidado em Qua Fev 24 2016, 01:06




Whismur, finalize com Disarming Voice!

Apesar de tudo ter parecido precipitado da parte de Saphire, ela conseguiu perfeitamente virar o jogo. Ao entrar na sala de comando, acabou surpreendendo um capanga, mas o mesmo tinha apenas um Pokémon em seu arsenal e com o golpe super efetivo, o Poochyena do homem logo foi abatido.


Poochyena:
Nocauteado
Trait:
Run Away

Lv. 8 Poochyena


0/24
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Poochyena
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Whismur
Lv. 10 Whismur


20/33
Trait:
Rattledl
Whismur:
Normal

Campo: Sala de comando do barco. A sala é pequena, com uma grande mesa no centro e com um enorme painel no fundo, onde está os controles do barco, assim como o leme.

Vitoriosa, Saphire preferiu nem celebrar. Após ver o homem pegar seu Poochyena que estava nocauteado em cima da mesa, ela ordenou que Whismur encurralasse o homem.

O negócio é o seguinte: quero que você desligue o painel ou faça qualquer coisa pra não deixar o barco sair daqui tão cedo! Entendido?

O homem, indignado por ter sido intimidado e derrotado por um pequeno Pokémon rosa, se sentiu na obrigação de aceitar as ordens. Porém, logo mudou de atitude. Um terceiro elemento adentro a sala e isso não era nada bom para Saphire...

 x

Ainda tentando ouvir e captar mais a respeito das conversas dos capangas, Ruby cometeu um erro: escorregou e deixou um colete cair no chão, fazendo o maior escândalo. Os dois homens agora sabiam que ele estava ali.

Sem delongas, adentraram na sala e pegaram Ruby no flagra tentando se esconder. Antes de fazer perguntas, liberaram seus pokémons. Assim poderiam intimidá-lo com mais facilidade.

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Zubat[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Poochyena

Senhor, veja só! Temos um intruso entre nós! O que você acha que devemos fazer?

Diga-me garotinho, quais suas intenções? O que estava fazendo espiando os adultos?

Ruby poderia ter mentido assim como fez na hora que entrou no barco, mas preferiu ser sincero dessa vez. Estava fazendo algo que nunca havia feito antes: estava bancando o herói. E foi exatamente com isso em mente que o rapaz olhou nos arredores e encontrou uma solução. Poderia estar encurralado, mas não seria ali que ele teria que batalhar com seus pokémons, algo no qual ele tinha repulsa.

Estou aqui para resgatar os Corsolas. Não vou deixar que vocês levem eles embora! Vocês estão separando uma família, sabia? Os filhotes deles estão para nascer!

Os dois vilões da equipe Aqua apenas riram daquilo, claramente debochando e menosprezando o garoto por achar que eles iriam fazer o que ele pediu. Mas logo a expressão deles mudou quando viram um pequeno Pokémon se materializar de uma pokébola de Ruby:

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Torchic

Torchic, vamos fugir daqui! Use seu Ember naquele detector de fumaça!

As labaredas do Pokémon de fogo acertaram em cheio o dispositivo. Sem perder tempo, Ruby retornou seu Pokémon para sua pokébola e nos segundos seguintes a atenção de todos naquela sala era para o alarme de incêndio ativado, jorrando água para todos os lados e atrapalhando a visão.

Quando os capangas voltaram a si, Ruby já havia fugido. Aquele improviso foi ótimo e deu tempo para que o treinador fugisse e enfim encontrasse a sala onde os Corsolas estavam presos.

É uma pena que teremos que eliminar esse garoto. Ele tem potencial de sobra!



Experiência:
Pela vitória contra Poochyena, o Whismur de Saphire ganhou 800 pontos de experiência!
Com isso, ele subiu para o nível 12 e aprendeu o movimento Howl!
Convidado
Convidado



Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Tyrant em Qua Fev 24 2016, 15:09




Inicialmente contente por ter derrotado o primeiro capanga, Saphire acabou sendo surpreendida pelo líder da operação. Apesar de não ser um Admin, o rapaz era um Aqua de patente maior que os demais marujos e, pela mesma razão, trazia consigo um Pokémon mais forte: um Mightyena, a forma evoluída do monstrinho que havia sido derrotado anteriormente.

Claramente mais poderoso do que o monstrinho rosado de Saphire, o canino logo intimidou o Whismur com um forte rosnado, reduzindo assim o poder ofensivo dele. Mas a dupla estava determinada a não desistir. Lutariam até o final. Mesmo se perdessem, já teriam ganhado o tempo que Ruby precisava para salvar os Corsolas.

- Whismur, ele só é um Poochyena gigante, não se intimide! Use seu Disarming Voice duas vezes!

- Não pense que será tão fácil assim. Mightyena, deixe eles atacarem primeiro enquanto você usa seu Howl. Em seguida, termine a luta com um Crunch.

O canino do tipo Dark uivava e isso fazia com que seu ataque aumentasse um pouco. O movimento fez com que ele ficasse vulnerável ao golpe de Whismur, que, com um forte grito, derrubando livros das prateleiras aos arredores e atordoando a todos, causou danos leves. Mesmo sendo super efetivo, o golpe não havia feito nem cócegas.

Logo o desespero de Saphire tomou conta. O canino saltou contra seu pequenino capturado no Rusturf Tunnel e com uma única mordida, o nocauteou.


Mightyena:
Atk. +1
Trait:
Intimidate

Lv. 20 Mightyena


52/58
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Mightyena
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Whismur
Lv. 12 Whismur


00/33
Trait:
Rattledl
Whismur:
Nocauteado

Campo: Sala de comando do barco. A sala é pequena, com uma grande mesa no centro e com um enorme painel no fundo, onde está os controles do barco, assim como o leme.

Assustada, Saphire então retornou seu Pokémon para sua pokébola. Sem perder tempo, sacou uma segunda pokébola e chamou seu segundo parceiro: o inicial aquático, Mudkip!

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Mudkip

Mas logo a situação ficou um pouco mais séria. Além da batalha, Saphire e o comandante perceberam que uma sirena havia sido disparada no barco. O que seria aquilo? Teria acontecido alguma coisa com Ruby?

- Por favor, Ruby... Fique bem!


~ x ~

A fuga de Ruby acabou sendo um ótimo improviso. O rapaz teve muita sorte de ter avistado um detector de fumaça na sala. Deu a abertura ideal para o jovem escapar, mas isso fez com que um alarme disparasse em todo o barco, denunciando a presença dele por ali.

Correndo o mais rápido que podia para garantir distância dos dois capangas que o encontraram, logo encontrou uma escada que levava para a parte inferior do barco. Claramente era ali onde os Corsolas estavam. O filho de Norman não pensou duas vezes e logo desceu as escadas, deparando-se com o grupo de corais presos na rede. Ao perceberem a presença do garoto, os aquáticos ficaram desesperados, fazendo muito barulho e se contorcendo dentro da rede.

Fiquem calmos! Estou aqui para ajudar vocês!

O garoto então retirou um canivete de sua mochila, usando a faca do mesmo para tentar rasgar a rede. Mas o material era mais resistente do que ele pensava. Fato que fazia sentido, pois se a mesma fosse sensível, provavelmente os Corsolas já teriam destruído a mesma.

Claramente precisando de alguns minutos a mais para descobrir como libertar as aquáticas, Ruby acabou sendo surpreendido ao ouvir uma voz já conhecida.

Como você é previsível. Estava na cara que iriamos encontrar você aqui. Renda-se e talvez deixemos você ir embora em segurança.

Ao olhar para trás e ver a dupla de capangas com seus pokémons, Ruby sentiu um aperto no peito. Mas não era medo: era seu orgulho ferido. Não tinha outra escolha: ele teria que batalhar. Com os olhos marejados, ele então pegou as duas pokébolas que tinha consigo e convocou seus aliados.

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Torchic[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Lotad


_________________
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! NF6H32I[Rota Especial] Uma missão não autorizada! LVQ7Qib

Aggron's Mountain:

All who enter his mountain lair.
From their body, the skin will tear
With his claws, as strong as iron
Even grown men, will be cryin

You will not, leave this place.
Without knowing, what's beneath your face.
You will drown, in your blood.
While he stomps, you in the mud.

There is no way out of here.
Your final wish, will soon be clear.
To die real fast, and take away your fear.
The sounds are louder, he is almost near.

You cannot run, you cannot hide.
All who have come, will surely die.
If you come across his mountain path,
there is no escape from Aggron's wrath.


Tyrant
Tyrant
Administrador

Administrador

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Lyce em Qua Fev 24 2016, 15:43




Com Mudkip em campo, a batalha acabou ganhando um novo gás. Saphire sentia-se mais confiante quando acompanhada de seu companheiro e, mesmo ciente da grande diferença de nível, não desistiria.

- Mightyena, comece com mais um Crunch! Se não for o bastante, um simples Snarl deve ser o bastante para acabar com esse bicho esquisito.

- Bicho esquisito? Vou fazer você engolir suas palavras! Mudkip, espere Mightyena se aproximar e use Mud-Slap na hora certa! Depois, afaste-o com seu Water Gun!

Mais veloz, Mightyena logo saltou na direção de Mudkip. Fazia questão de exibir suas presas e intimidar os adversários. Mas o reflexo de Mudkip o salvou no último instante. Assustado, ele jogou lama contra o cão e o acertou nos olhos, fazendo com que ele errasse o salto e o ataque. Isso deixou o inicial de Saphire confiante e ele logo usou seu Water Gun para empurrar o Pokémon Dark para longe.

Mas Mightyena não desistiria. Mesmo de longe, usou um ataque que causou bons danos no aquático. Tratava-se do Snarl, um golpe sonoro que diminuía o Special Attack de quem fosse acertado.


Mightyena:
Atk. +1
Trait:
Intimidate

Lv. 20 Mightyena


47/58
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Mightyena
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Mudkip
Lv. 12 Mudkip


23/34
Trait:
Torrent
Mudkip:
Sp. Atk -1

Campo: Sala de comando do barco. A sala é pequena, com uma grande mesa no centro e com um enorme painel no fundo, onde está os controles do barco, assim como o leme.

A batalha havia acabado de começar e claramente não estava nada boa para Saphire. Conseguiria ela virar o jogo?

~ x ~

Encurralado, Ruby não viu outra alternativa a não ser batalhar. Ele e seus pokémons estavam claramente desconfortáveis com a situação mais isso não queria dizer que eles não levavam jeito para o combate. Estrategista, o jovem observava o campo de batalha nos mínimos detalhes, pensando em todos os movimentos possíveis.

O que você acha da gente focar naquele azul pequeno com a folha na cabeça primeiro? Acho que ele não aguenta um golpe!

Me parece uma boa ideia! Poochyena, use seu Poison Fang duas vezes naquele Lotad!

Zubat, use o Leech Life no mesmo alvo que seu parceiro!

Ruby observou as jogadas adversárias e não gostou nem um pouco da ofensiva completa ser para cima do pobre Lotad. Foi então que ele teve uma ideia arriscada, mas que poderia lhe garantir a vitória:

Torchic, fique na frente de Poochyena e receba os golpes dele! Deixa ele usar a Poison Fang em você! Depois, quero que você use seu Focus Energy e o ataque com Ember! – O Torchic ficou chocado com aquelas ordens, mas obedeceria sem problemas. – Lotad, use Leech Seed nos dois adversários!

Zubat foi o mais veloz e drenou parte das energias de Lotad num golpe fraco, porém super efetivo. A resposta do Pokémon vitória régia foi lançar sementes nele, drenando suas forças. Enquanto isso, Poochyena corria na direção de Lotad e Torchic se jogou na frente, recebendo o Poison Fang em cheio.

O Torchic então respirou fundo e concentrou suas energias. Logo uma nova leva de movimentos se iniciou e Zubat atacou Lotad mais uma vez. Dessa vez o vitória régia focou em jogar suas sementes em Poochyena, conseguindo com sucesso. O canino noturno então mordeu Torchic mais uma vez, dessa vez envenenando-o.

Claramente cansado, o Torchic então respondeu ao golpe de Poochyena com um Ember, causando danos aceitáveis. O turno terminava com Torchic exausto, mas aquilo não parecia incomodar Ruby. O que estaria passando pela mente dele?


Poochyena:
Leech Seed
Zubat:
Leech Seed
Trait:
Run Away
Trait:
Inner Focus

Lv. 10 Poochyena


13/27
Lv. 8 Zubat


23/25
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Poochyena[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Zubat
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Torchic[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Lotad
Lv. 12 Torchic


17/33
Lv. 10 Lotad


20/28
Trait:
Blaze
Trait:
Rain Dish
Torchic:
Toxic Poison
Focus Energy

Lotad:
Normal

Campo: Sala mal iluminada e úmida onde os Corsolas são mantidos como refém.



_________________





CONTEST TEAM
ROSEMARY




✿ emma
Lyce
Lyce
Estagiário Recorrente

Estagiário Recorrente

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Convidado em Qua Fev 24 2016, 16:06




Os Corsolas pareciam tensas enquanto observavam o duelo. Com Torchic enfraquecido, os Aqua estavam com a certeza que ganhariam a batalha sem dificuldades, por mais que o jovem não conseguisse disfarçar o sorriso que estava em seu rosto. Torchic demonstrava claramente que confiava em seu dono, a ponto de desprezar os danos e o envenenamento.

Acho que nem precisamos nos esforçar muito para derrotar o garoto, ele mesmo está deixando o Torchic dele cair sozinho!

Pois eu acho que deveríamos dar um empurrãozinho! Poochyena, ataque com seu Bite!

Zubat, use o Supersonic!

A confiança de Ruby na vitória era tanta que ele nem precisou dar comandos para seu Lotad encerrar a luta. Bataram apenas quatro palavras para Torchic.

Facade. Comece pelo Zubat.

O final da batalha acabou sendo rápido demais. Torchic saltou na frente de Zubat e, com um único golpe, o lançou contra a parede e o nocauteou. Poochyena então mordeu Torchic, causando alguns danos. Mas ele consumiu uma Oran Berry que tinha equipada e restaurou parcialmente os danos recebidos. Por fim, Torchic usou um segundo Facade e Poochyena estava nocauteado.


Poochyena:
Nocauteado
Zubat:
Nocauteado
Trait:
Run Away
Trait:
Inner Focus

Lv. 10 Poochyena


00/27
Lv. 8 Zubat


00/25
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Poochyena[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Zubat
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Torchic[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Lotad
Lv. 12 Torchic


14/33
Lv. 10 Lotad


25/28
Trait:
Blaze
Trait:
Rain Dish
Torchic:
Toxic Poison
Focus Energy

Lotad:
Normal

Campo: Sala mal iluminada e úmida onde os Corsolas são mantidos como refém.

Vitorioso e vendo que seus adversários não tinham mais pokémons, Ruby não teve muita dificuldade em render a dupla. Aparentemente os Corsolas estavam salvos!

~ x ~


Enquanto isso, do outro lado da embarcação, Saphire não estava se dando muito bem. Mudkip usava seu Mud Slap com agilidade e sabedoria para evitar golpes diretos, mas uma hora ou outra o inevitável aconteceria:

- Mightyena, insista no seu Crunch!

Assim como contra Whismur, bastou apenas uma única mordida do canino e Mudkip acabou sendo nocauteado. Sem pokémons para se defender, Saphire claramente estava vulnerável.


Mightyena:
Atk. +1
Trait:
Intimidate

Lv. 20 Mightyena


43/58
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Mightyena
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Mudkip
Lv. 12 Mudkip


00/34
Trait:
Torrent
Mudkip:
Nocauteado

Campo: Sala de comando do barco. A sala é pequena, com uma grande mesa no centro e com um enorme painel no fundo, onde está os controles do barco, assim como o leme.



Experiência:
Com a vitória, o Torchic e a Lotad de Ruby receberam 900 pontos de experiência cada um! Torchic subiu para o nível 14 e aprendeu Peck! Lotad subiu para o nível 12 e aprendeu Nature Power!

Com a derrota, o Mudkip e o Whismur de Saphire receberam 500 pontos de experiência cada um! Mudkip subiu para o nível 13 e aprendeu Foresight! Whismur subiu para o nível 13!
Convidado
Convidado



Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Artie em Qua Fev 24 2016, 16:32




Com os vilões rendidos e amordaçados com uma corda que Ruby havia guardada em sua mochila, o jovem agora tinha tempo suficiente para libertar os Corsolas. Antes, porém, ele retirou um Antidote em sua mochila e o borrifou em seu Torchic. Recuperado do envenenamento, o Pokémon de fogo ficou mais animado e bem disposto.

Peço desculpas por ter feito isso com você, Torchic. Você sabe que eu odeio batalhas, né? Foi um mal necessário.

O pokémon de fogo não parecia guardar rancor de seu dono. Pelo contrário: estava animado. Afinal, faz parte da natureza de um pokémon batalhar. Ruby, Lotad e Torchic então começaram a se concentrar na tarefa de arranjar uma forma dos Corsolas saírem da rede.

O canivete não havia funcionado muito bem. Ordenar Torchic e Lotad atacarem a rede diretamente era loucura, pois poderia ferir mais ainda os aquáticos. Foi então que após investigar mais um pouco, Ruby encontrou um ponto da rede que parecia ser a base da mesma.

Torchic, você aprendeu um golpe novo, certo? Tente usar Peck nessa parte da rede! Vamos ver se funciona!

O bico do pássaro então ficou tomado por um brilho. Após disparar várias bicadas, a base da rede então começou a se romper e afrouxou aos poucos, permitindo então que os Corsolas conseguissem enfim sair da rede. Desesperados, eles logo começaram a atacar o navio. Logo uma abertura surgiu: era o buraco do qual a rede havia sido disparada para capturar os Corsolas. Aos poucos os aquáticos começaram a pular na água, para o alívio de Ruby.

Agora que havia cumprido sua tarefa, o rapaz decidiu que iria atrás de Saphire. Ela poderia estar precisando de ajudar. Mas não demorou muito para que ela chegasse aonde ele estava. Acompanhada, ela o cumprimentou cabisbaixa. E a companhia não era nem um pouco agradável, deixando Ruby claramente intimidado.

Desculpa, Ruby. Eu estraguei tudo, não foi?


Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Artie em Qua Fev 24 2016, 16:46




Para Saphire, a pior situação possível naquele navio seria ter ficado encurralada por bandidos ou dar de cara com algum criminoso famoso. Isso quase aconteceu com ela, mas teve a sorte de ser salva no último instante. Ainda assim, sentiu muito medo e percebeu que se tornar independente não seria tão fácil assim.

Porém, para Ruby, o seu maior medo havia se tornado real. A única pessoa que ele esperava não encontrar ali o observava com um olhar de reprovação. Não dizia uma palavra sequer, mas seu olhar transmitia milhares de mensagens. Enganar e desobedecer seu pai pode trazer consequências sérias e o filho de Norman estava prestes a encará-las.

Pai? O que você está fazendo aqui?

Eu que deveria perguntar isso para você, não acha? Eu achei muito estranho esse passeio que Birch iria fazer com vocês e liguei para ele em seguida. Não demorou muito para ligarmos os pontos e descobrirmos que vocês estavam aprontando algo. No início ficou tudo confuso, até o auxiliar de Birch ligar para ele perguntando quando que o prontuário ficaria pronto.

Culpada! – Respondeu Saphire, dando uma risada constrangida. Estava tentando amenizar o clima ali, sem sucesso. Norman estava realmente furioso com os dois. – Acho que eu preferia ter sido capturada pelos bandidos.

O trio seguiu o resgate dos Corsolas em silêncio. Fizeram questão de garantir que todos estavam bem e aguardaram a polícia chegar do lado de fora do barco. Enquanto os oficiais não chegavam, Norman tentou elogiar o desempenho deles, mas acabou saindo algo mais puxado para uma crítica.

A intenção de vocês foi muito boa! Mas vocês deveriam pensar mais nos riscos antes de agir dessa forma. Perceberam que haviam poucos agentes do barco? Cheguei em Mu Island antes de vocês e os vi entrar no barco. Tomei conta da maior parte deles enquanto vocês passeavam por dentro dele.

Ruby sentia raiva dentro de si ao ouvir aquele comentário de seu pai. Sempre foi seu objetivo de vida ser motivo de orgulho para o seu pai, mas os seus modos diferentes de verem o mundo sempre foi o maior obstáculo para que isso acontecesse. Enquanto Norman era um batalhador nato, Ruby era estrategista e preferia evitar confrontos ao máximo. Pelo visto o drama familiar era maior do que a captura dos Corsolas.


Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Artie em Qua Fev 24 2016, 17:04




Aparentemente Ruby e Saphire fizeram bem em ter agido sem chamar a polícia primeiro. Os oficiais foram chegar depois da meia noite e demonstraram ser ineficientes. Fizeram alguns questionamentos sem sentido para os dois jovens e Norman e levaram os bandidos para a penitenciária, mas era provável que eles seriam liberados.

Indignado com a situação, Norman tentou conversar com os policiais e explicar do crime ambiental que havia sido cometido. Mas aquela conversa não parecia levar a lugar algum e apenas fazia com que todos perdessem ainda mais o seu tempo.

Enquanto isso, Ruby estava cabisbaixo, olhando para o mar. Saphire estava ao seu lado, nervosa. Queria dizer alguma coisa para ele, abraça-lo... Qualquer coisa que pudesse servir de conforto para ele. Mas esse não era o forte da jovem. Ela tinha um bloqueio para lidar com os próprios sentimentos, sentimentos alheios então era ainda mais complicado.

Mas logo uma distração surgiu e animou um pouco Ruby. Um pequeno Pokémon rosado subiu as pedras do coral e aproximou-se do jovem, cutucando-o e sorrindo para ele. Era um Corsola que havia sido aprisionado na rede. Pelo seu tamanho reduzido, provavelmente era um filhote que havia nascido na ninhada anterior.

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Corsola

Olá amiguinho! Está perdido? Quer ajuda para encontrar seus pais?

O pequenino fez um sinal negativo com a cabeça e continuava sorrindo para Ruby. Ficou cutucando ele um pouco e então conseguiu subir em seu colo, se acalmando. O jovem ficou sorridente com aquela demonstração de afeto e logo Saphire entendeu o recado.

Acho que ele não veio apenas agradecer pelo resgate. Acho que ele quer voltar para Littleroot com você!

Aquela revelação pegou Ruby de surpresa. Seus olhos estavam arregalados e ele então olhou para o pequeno Corsola, que após as palavras de Saphire, ficou ainda mais agitado.

É isso mesmo, Corsola? Você quer vir comigo? – Após um sinal positivo do coral, Ruby sorriu e retirou uma pokébola de seu bolso. – Seja bem-vindo à família! Aposto que Torchic e Lotad vão gostar de você.

E assim Ruby capturou seu terceiro pokémon. De forma um pouco inesperada, mas de fato era uma aquisição interessante ao time. Mas nem teria muito tempo para comemorar. Sabia que quando voltasse para Littleroot ele teria que lidar com os seus atos.


Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Hayto em Qui Fev 25 2016, 00:08



Littleroot, sexta-feira, cinco horas da tarde.

Ao ouvir um barulho que mais parecia uma bola de demolição quebrando as paredes de sua casa, Ruby estava com uma certeza: Saphire estava subindo as escadarias e indo em direção ao seu quarto. O jovem bufou, virou-se de lado e tapou seu rosto com o travesseiro. Não havia saído da cama desde que retornara para casa. Estava exausto física e psicologicamente.

Quando Saphire abriu – praticamente derrubou – a porta do quarto do rapaz, ele não se moveu nem um pouco. O contraste dos jovens era interessante. Enquanto Saphire nunca esteve tão elétrica, o rapaz estava mais calado do que nunca. A garota tentou chamar a atenção de seu amigo a todo e qualquer custo, mas foi em vão. Ele estava furioso: não necessariamente com Saphire, mas com a situação que haviam chegado.

Saphire, que parte de “eu estou de castigo” você não entendeu? Vai pra sua casa e não me incomoda?

Mas é isso mesmo que você quer, bobinho? – Saphire respondia num tom animado, em partes debochado. – Se eu for para casa agora, é possível que a gente não acabe se vendo por um bom tempo! Vim para cá justamente para me despedir.

Ruby então se levantou rapidamente. Estava surpreso com a revelação da garota. Se ela estivesse se referindo ao que ele estava pensando, ao menos a história havia terminado bem para ela. Permaneceu estático por alguns segundos, observando-a enquanto ela fazia um sinal afirmativo com a cabeça.

Emocionado e com os olhos marejados, ele enfim se levantou da cama e abraçou sua amiga, deixando-a levemente corada. Meio sem jeito, ela se afastou um pouco do garoto e explicou a situação.

Quando voltamos para Littleroot, eu briguei horrores com seu pai pela forma como ele e meu nos tratavam. Acho que nossa aventura no final das contas deu certo e abriu os olhos deles. Seu pai conversou com o meu e Norman senpai me ajudou a conseguir autorização para sair em jornada!

A jovem então abraçou Ruby mais uma vez e deu um beijo na bochecha dele, se despedindo dele e se retirando de seu quarto. Poucos segundos se passaram e Norman apareceu na porta do quarto do Ruby, com um sorriso no rosto.

Podemos conversar? Acho melhor começarmos logo. Caso contrário, você não conseguirá alcançar Saphire!


Hayto
Hayto
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Sajin em Qui Fev 25 2016, 00:42




Assim que a mãe de Ruby viu ele e Norman descendo as escadas, decidiu se retirar da cozinha e dar espaço para os dois conversarem. Sabia que aquela conversa seria longa e que eles iriam querer privacidade. Ainda assim, estava com um sorriso em seu rosto. Sabia que aquilo iria apenas estreitar os laços de pai e filho.

Não demorou para que Ruby se sentasse próximo da mesa e pegasse um pão e o saboreasse. Não havia comido nada desde o dia anterior, então qualquer comida era praticamente um banquete. Logo Norman sentou em sua frente e os dois se encararam, seriamente. Permaneceram em silêncio por um bom tempo, até que Norman desistiu e começou a falar primeiro.

Filho, que tal um momento de sinceridade entre nós? Fale logo para mim: por que você não saiu em jornada até hoje?

Ruby claramente levou a pergunta como uma acusação e tratou de ficar na ofensiva. Franziu suas sobrancelhas e suas pupilas dilataram. Não estava exatamente mal-humorado, mas sentia-se encurralado.

O que você tá querendo dizer com isso? Tá querendo me expulsar de casa? Ontem você tava brigando comigo por sair de casa e hoje não quer que eu volte para cá! Qual o sentido disso?00

Norman ficou um pouco surpreso com a reação do garoto, se levantou e o abraçou. Ruby sentia todo o afeto de seu pai naquele gesto e acabou deixando algumas lágrimas escaparem. A verdade é que estava apavorado. Não queria desapontar seu pai nunca. E, pelo visto, estava falhando miseravelmente nessa missão.

Calma, calma! Não precisa ficar assim. Ontem eu e a Saphire conversamos sobre você. E ela me contou suas razões e eu apenas confirmei o que eu já sabia. E daí que você não gosta de batalhar? Isso não o impede de se tornar um bom treinador.

Ao ouvir aquilo, Ruby sentiu um grande peso sair de suas costas. Tinha medo de seu pai lhe rejeitar assim que constatasse o óbvio. Mas pelo visto ele não ligava para isso. Queria apenas a felicidade de seu filho. Sorridente, Ruby então aproveitou para primeira vez falar algo com seu pai que nunca havia falado antes: seus sonhos e ambições.

Não é que eu não goste de batalhas, pai. Adoro a parte das estratégias, o uso de movimentos visualmente apelativos, surpreender as pessoas... – Os olhos de Ruby brilhavam ao declarar aquilo. – Eu não gosto de simplesmente ter que envolver meus parceiros numa luta aquele que eles fiquem sem força, sabe? Acho isso muito bruto.

Entendo perfeitamente aonde você quer chegar.

Norman então retirou um panfleto de seu bolso e o entregou para Ruby. “Nova temporada de Contests em Hoenn!”. Provavelmente não era o que o jovem tinha inicialmente em mente para sua jornada, mas parecia de fato ser algo que combinaria com ele e seu estilo de batalhas.

Enquanto você não se encontra no que realmente quer, por que não tenta começar sua carreira em Contests? O foco deles é completamente na estratégia e no uso de combinações. Combina com você.

Então você não se importa se eu não quiser tentar minha sorte disputando os ginásios de Hoenn?

Mas é claro que não! O que eu quero é que você seja feliz!

Ruby enfim se entregou e começou a chorar de vez. Mas não eram lágrimas de tristeza: eram de felicidade! Norman então fez o jovem se levantar, o abraçou mais uma vez e então o alertou:

Se eu fosse você, me aprontava logo! O primeiro contest será em Slateport e eu aposto que a Saphire deve partir em breve. Se quiser a companhia dela, apronte-se antes que ela vá!

Dito e feito. Ruby não perdeu tempo e logo subiu as escadarias. Ligou para Saphire pedindo para espera-lo e logo arrumou suas coisas. A jornada dos prodígios de Hoenn estava apenas começando...

Sajin
Sajin
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Artie em Qui Fev 25 2016, 00:52




Em algum lugar misterioso...


Um rapaz de cabelos brancos aguardava calmamente em sua sala por uma visita. Sentado numa cadeira de escritório e com as pernas inclinadas para cima, com os pés apoiados em uma mesa cheia de documentos, o homem limpava as lentes de seus óculos. Queria ficar apresentável para a jovem que chegaria ali a qualquer momento.

E, por mais que a jovem fosse silenciosa, ele logo percebeu a presença dela. Com uma voz suave, em certo ponto até sensual, ele então a cumprimentou:

Olá, Sabrina! Estava ansioso para finalmente conhecer você.

A jovem apenas observava o rapaz em silêncio. Ele então se levantou, caminhou até ela e lhe estendeu o braço, com a intenção de trocarem um amistoso aperto de mãos. Irritada, a garota rejeitou o gesto.

Mr. D, não me venha com formalidades. Sabe exatamente porque estou aqui. Conte-me logo o que você e o Koga estão planejando com os Aqua.

O homem exibiu um sorriso cínico para a jovem. Não estava disposto a entregar seus planos tão facilmente.

E se eu não contar? Sei que não vai querer fazer nada comigo. Você e Koga são aliados. Logo, eu e você também somos.

Sabrina simplesmente sacou uma pokébola de seu bolso. Se não queriam revelar a verdade para ela por bem, seria por mal.

Depois não quero você lamentando. A escolha foi sua.



Continua...

Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota Especial] Uma missão não autorizada! Empty Re: [Rota Especial] Uma missão não autorizada!

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum