Pokémon Mythology RPG 13
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Página 4 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Artie Dom Maio 08 2016, 03:35

E mais uma vez a tentativa de Blake tentar resolver o problema foi por água abaixo. Aquilo deixou o Magma pensativo e, ao invés de McBride comprar tempo, acabou fazendo algo pior: decidiram encaminhar a dupla até o líder da operação. Provavelmente esse encontro não seria nem um pouco agradável. Mas obviamente eles não iriam até lá conscientes: os capangas decidiram que iriam levá-los até o homem enquanto estivessem inconscientes, talvez para que não fosse descoberta a localização da base secreta.

O resultado disso? Tentaram apagar Margo com um lenço umedecido com algum líquido. Pelo conhecimento de biologia que McBride tinha, provavelmente clorofórmio. A jovem obviamente não aceitou aquilo e, num reflexo desesperado, conseguiu se livrar do capanga que a segurava e, de sobra quebrou o braço do mesmo. McBride chegou a desviar o olhar, pois a forma como o braço do homem havia se desviado era agoniante. Aquilo apenas piorou a situação para a dupla, pois a segurança foi reforçada.

Se Blake tinha alguma esperança de se soltar, havia perdido completamente: agora eram 4 capangas que o seguravam, dois deles inclusive apertavam os seus pulsos. Não que aquilo fossem adiantar muito, já que o rapaz não sabia nada de artes marciais. A musculação e natação até haviam garantido um bom físico para o rapaz, mas nada de noções de defesa pessoal. Logo um dos capangas apareceu com uma arma de choque e Blake ficou simplesmente paralisado de medo. Olhava para aquele aparelho como se o mesmo fosse levar o rapaz até sua morte.

O jovem simplesmente fechou seus olhos, respirou fundo e preparou-se para o pior. Não havia mais escapatória. O rapaz apenas se desculpou mentalmente para Nicholas, inconformado por não conseguir salvar Margo e, por fim, em Miranda. Teria sido ótimo ter visto sua amada mais uma vez.

_________________
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 ZefdeCE
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 E6OvPHN


Hall da Fama:
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Convidado Dom Maio 08 2016, 21:10

17:12 – Rota 103 - Proximidades de Oldale.


Temos que salvá-lo logo, vovô! – Revirei os olhos, esses jovens de hoje não conseguem ficar parados, entretanto a jovem loira pareceu não perceber. Mas eu conseguia entendê-la, seu namorado havia sido capturado por criminosos, pois isso que a Team Magma são. Eles tentam ser passar por boas pessoas, mas seus verdadeiros movimentos são executados nas sombras. Não muito diferente do Team Aqua, apesar de terem objetivos opostos, os dois grupos são bastante parecidos em seus métodos. Eles compartilham a crença de que os fins justificam os meios.

- Aposto que ele tentou da uma de herói novamente! Ele sempre está fazendo isso! E quem era aquela garota! – Sorri para Miranda, não era a primeira vez que ela dizia coisas do tipo. Realmente parecia gostar do rapaz chamado Blake, na verdade, eu fiquei bastante curioso sobre ele. Apenas não imaginei que o encontraria tão cedo e em uma situação tão critica, entretanto, isso já demonstrava o seu valor e que ele era exatamente o tipo de pessoa que eu estava procurando.

Nós havíamos nos encontrado quando ela estava saindo da Ciclying Road, eu estava na rota com o objetivo de estudar os espécimes raros que estão aparecendo em Hoenn. Não é todo dia que se tem a chance de estudar Pokémon de outro continente livres na natureza, até mesmo capturei alguns, poderão ser úteis no futuro. Conversamos bastante, ela me falou de sua profissão, do seu namorado e de suas aventuras juntos. Sua descrição de Blake gerou meu interesse e decidi relatar para ela meus objetivos e o que estava procurando. Assim como eu, ela achou que Blake pudesse ser o que eu estava buscando e concordou em nos apresentar. No caminho para Slateport percebi a movimentação dos Magma e resolvi que era melhor escondermos e observamos, foi quando ela viu seu namorado e outra garota desmaiados sendo levados. Se eu não estivesse ali na hora, Miranda provavelmente atacaria o grupo de Magma’s e também seria capturada. Foi muito difícil conseguir convencê-la e não fazê-lo e o que o melhor seria esperar.

Para o nosso azar, os dois foram Teleportados por uma Gardevoir e não sabíamos para onde. Miranda ficou desesperada. Ainda mais quando notei que seria difícil seguir os Magma que estavam a pé, pois eles estavam procurando algo na área e por muito pouco não nos encontraram. Depois de um tempo, aparentemente desistiram de procurar, encontraram o que buscavam ou receberam ordens para voltar. Foi então que os seguimos até a rota 103, próximo de Oldale, onde encontramos uma base improvisada pelos Magma. Oculto pelas árvores, estava uma barraca de médio porte e aparentemente era lá que estavam sendo mantidos os dois jovens. Não sabíamos o que os Magma queriam com ele, mas eu tinha certeza que estavam sendo interrogados, com ou sem tortura, eu esperava que sem e tinha medo de dizer essa possibilidade em voz alta para Miranda.

- Certo, é hora de agir. – Miranda virou-se para mim, seu rosto uma mescla de diversas emoções; raiva, determinação, preocupação, confusão. – Primeiro temos que entrar no barracão e ver como seu namorado e a garota estão. Se estão acordados? Se estão presos. Quantas pessoas têm lá dentro. – Não era possível saber o número de pessoas na barraca, ela parecia grande o suficiente para até 15 pessoas. O movimento era intenso, ao redor havia no mínimo vinte Magma’s. – Mas como vamos entrar lá, Netero? – Esse era o problema, eu tenho uma ideia em mente, mas seria muito arriscada. No entanto, a situação exigia que riscos fossem corridos.

- Eu tenho um Ditto. Ele pode entrar disfarçado como um Magma, mas ele teria problemas em nos comunicar o que viu e poderia falhar em uma fuga. Ele também pode disfarçar um de nós como Magma, o traje e o rosto ou apenas o traje. Eu creio que apenas o traje seja melhor, caso copiemos o rosto de algum Magma podemos acabar dando de cara com ele. Por outro lado, não ser reconhecido também pode ser um problema, mas com o grande número de Magmas presentes, talvez isso não chegue a acontecer. – Esperei alguns segundos enquanto ela absorvia a ideia. – Parece um plano perigoso... Mas farei o que for preciso para salvar Blake! – Sorri para ela, eu sabia que ela faria isso. – Então temos que decidir quem irá. – Eu queria muito ir, ela poderia perder o controle quando visse Blake, dependendo do estado que ele esteja. Mas... Não vi nenhum velho entre os Magma, eu seria notado rapidamente. – Eu irei! Não se preocupe, eu serei discreta e voltarei para relatar qual é a situação dele. Não tentarei agir sozinha, sei que estamos em menor número e preciso de sua ajuda, vovô! – Assenti para ela, esperava que na  hora H ela conseguisse cumprir o prometido.

- Primeiro farei meu Ditto se transformar no Gallade, se algo acontecer, a transformação estará na memória e imediatamente ele irá usar Teleport até aqui. Mas não demore muito, Dittos tem uma memória fraca, ainda mais depois de usar outra transformação. – Ela concordou com a cabeça, então peguei as esferas dos dois Pokémon. – Olá, queridos. Ditto, estamos em uma situação critica, como nos velhos tempos. Você terá que se transformar no Gallade, depois quero que copie essa roupa no corpo dela. – Mostrei uma foto ampliada de um dos Magma e em seguida apontei para Miranda. – Vocês dois irão se infiltrar naquela barraca, verão o que está acontecendo lá dentro e voltarão em seguida, entendido? – Ditto grunhiu uma resposta, então se transformou em Gallade de imediato graças a sua habilidade. Mudou para Ditto mais uma vez e pulou no corpo de Miranda, fazendo com que ela liberasse um grito involuntário. No segundo seguinte ela estava vestida como um Magma.

- Só eu acho isso estranho? – Não consegui evitar a risada, sabia o que ela estava falando. – Não se preocupe, ele está por cima de sua roupa. Agora, haja normalmente, não fique olhando muito para os lados, nem mesmo pareça nervosa. Espere alguém entrar lá dentro e o siga, tente se manter discreta. Se perguntarem o que faz lá dentro, diga que queria ver os prisioneiros. Se alguém perguntar quem você é, diga que é um Grunt novato que foi chamada para ajudar. – Enquanto eu falava ela assentia, embora parecesse nervosa, estava determinada. – Mantenha a calma. Você sabe o que deve e o que não deve fazer. Boa sorte.

Ela ficou cerca de um minuto parada, respirando fundo, então começou a caminhar na direção do acampamento. – Se aproxime as escondidas, não deixe ninguém lhe ver chegando!
Convidado
Convidado



Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Artie Seg Maio 09 2016, 00:48

off:


O fato da jovem Miranda ter encontrado Netero naquela rota havia sido uma benção para a jovem. Ele era um homem sábio e agia com cautela. Provavelmente se ele não tivesse feito alguma intervenção, a loira já estaria passando por sérios apuros, já que é claramente temperamental e age mais por impulso do que de forma racional.

Os dois logo formularam um plano de infiltração utilizando o Ditto de Netero. O mesmo mostrou suas excelentes habilidades metamórficas ao se transformar em um traje da Equipe Magma e se envolver ao redor de Miranda. Apesar da aparência do material ser a de um uniforme perfeito, o mesmo era gelado e úmido, sem falar que passava uma sensação muito estranha de se descrever. Essa acabou sendo a verdadeira razão de Miranda precisar respirar e se acostumar com o plano, já que mal havia se vestido com aquele Ditto e já sentia a necessidade de se livrar daquilo.

Porém, logo começou a colocar o plano em prática. Ao contrário de Blake, era péssima no improviso e provavelmente seria uma péssima atriz. Mas, felizmente, era uma jovem com olhar e andar confiantes, cheios de atitude. Ao andar assim, sem demonstrar insegurança, provavelmente não chamaria a atenção. E mesmo se chamasse e precisasse conversar, a garota era do tipo curta e grossa. Uma resposta rápida e grosseira talvez resolvesse a maior parte dos questionamentos.

A loira de Slateport então seguiu até o bendito esconderijo dos Magma. Esperava pelo melhor, não só para ela, mas também para o bem estar de Blake.

_________________
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 ZefdeCE
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 E6OvPHN


Hall da Fama:
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Convidado Seg Maio 09 2016, 17:13

- Tragam-me algo para beber! – Gritei para ninguém em especial, sabendo que minha ordem seria obedecida de imediato, como esperando um Grunt qualquer saiu da barraca para atender o meu pedido, como ele voltou de imediato deve ter mandando outra pessoa trazer. À minha frente estava a garota que causara todo esse problema, suas madeixas prateadas colocadas ao seu belo rosto por causa do suor. Seus pés e mãos estavam acorrentados, assim como a de seu amigo, ambos estavam apenas de roupa intima para que o trabalho ficasse mais fácil.

O homem que se chamava Blake se mostrou bastante fraco e não resistiu a surra, desmaiando logo no começo e não acordou até agora. Quando ele acordasse, torturaremos a jovem na sua frente, assim obteríamos todas as respostas. O idiota achou que acreditaríamos que eles haviam enterradas as pedras, bastou uma revista rápida para que encontrássemos ambas. – Tem certeza que eles são do Team Aqua? – Perguntou para Dargos, que estava sentando em uma cadeira com a cabeça enfaixada. – Sim, senhor Tabitha. – Ele respondeu no meio de gemidos, o incompetente conseguiu ser derrotado pela garota duas veze seguidas. – Hehehe... Aqueles idiotas são burros demais para executar um plano desses.

Já ia gritar pela minha água quando uma garota loira apareceu com um cantil. – Está gelada? – Ela era muito bonita e parecia nervosa em minha presença, decidi não xingá-la, dessa vez. – Hehehe, não importa. – Tomei o copo de sua mão e o bebi, então caminhei na direção do jovem. Estava na hora de forçá-lo acordar. – Me tragam as facas, alicates e todo o resto. – Ordenei ao mesmo tempo em que jogava o resto da água no rosto do prisioneiro.
Convidado
Convidado



Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Artie Seg Maio 09 2016, 22:51

off:


Felizmente Miranda conseguiu se infiltrar bem dentro do esconderijo. A primeira abordagem que recebeu foi praticamente uma ordem, fato que a deixou um pouco furiosa. Mas ela tinha que seguir o disfarce, então simples aceitou o comando. Aparentemente o comandante da operação estava com sede e precisava que alguém levasse água para ele. Logo Miranda percebeu que o líder deveria estar com Blake e a tal garota misteriosa, então ficou contente com a situação.

Sem perder tempo procurou a copa ou algo do tipo do esconderijo. Assim que encontrou uma fonte de água, percebeu que o Ditto ainda tinha a memória de Gallade e poderia teletransportar o trio para longe dali, mas para isso ela precisaria ficar sozinha com eles. Como estava prestes a entregar água para seu "líder", Miranda se deu conta de que estava com a faca e o queijo na mão. Logo que encheu o cantil com água, aproveitou para olhar gavetas, armários e qualquer coisa do tipo em busca de algo que pudesse apagar o afastar o homem. Um laxante, comprimido para dormir... Qualquer coisa que ela conseguisse encontrar serviria!

Bem sucedida ou não, a jovem seguiu até a sala e prontamente entregou para o homem, que foi chamado como Tabitha por um capanga todo enfaixado. Aquele sujeito provavelmente havia levado uma surra de alguém. Seria Blake capaz de ter feito aquilo? De qualquer forma, a garota percebeu que não conseguiria executar seu plano de teletransportar o trio após apagar o líder, já que também tinha o sujeito surrado como testemunha de qualquer ato de Miranda por ali.

A jovem observou seu amado por alguns segundos e acabou transparecendo uma expressão de nervosismo. Felizmente o tal Tabitha não ligou muito para aquilo e, após tomar sua água, jogou uma porção no rosto de Blake e pediu instrumentos de tortura.

Miranda fechou os olhos, contou até cinco e ao abrir seus olhos, trocou olhares rapidamente com a tal mulher de cabelos platinados. Tentou disfarçadamente fazer uma expressão que desse a entender que os ajudaria, mas com dois capangas na sala aquilo seria uma tarefa difícil. Sem delongas, a jovem se retirou, comprometendo-se a trazer os tais instrumentos.

Um pouco perdida, começou a procurar os instrumentos. Assim que os encontrasse, provavelmente iria procurar algum lugar isolado, reverteria Ditto de volta à Gallade e então contaria o relatório da situação para Netero.

_________________
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 ZefdeCE
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 E6OvPHN


Hall da Fama:
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Convidado Ter Maio 10 2016, 12:11

Blake havia acordado novamente, embora parecesse bastante desnorteado. – Hehehe... Acorde garotão. – Peguei um instrumento de choque e toquei de leve em seu abdômen, fazendo o homem gritar e ficar mais acordado. – Certo, Blake... – Tentei me lembrar do sobrenome do sujeito, sem sucesso. – Qual é o nome completo dele, Dargos? – Perguntei sem me virar para ele, Blake ainda estava com um olhar perdido e provavelmente ainda não conseguiria responder nada. O incompetente de Dargos não respondeu a pergunta, irritado me virei para ele, apenas para lhe ver com um olhar perdido. – Qual seu problema? – Estava começando a achar que ele estava com problemas graves, entretanto só estava pensativo. – Aquela garota... A da água, eu não a conheço. – Mesmo no seu estado, ele parecia certo disso. Dargos tinha um memoria infalível, principalmente para rostos, foi dessa forma que ele reconheceu Blake. Também era por isso que ele era responsável pelo recrutamento e sabia o nome e o rosto de todos os membros da equipe. – Venham comigo!

Sai da barraca com os outros Magmas em meu encalço. – Cadê a Grunt loira que trouxe a água? – Comecei a procurar em volta do acampamento, ela deveria está procurando as ferramentas. – Ali está ela! – Proferiu um agente do meu lado, no segundo seguinte também consegui vê-la. – Peguem ela! – Ordenei já sacado minha esfera. Malditos intrusos, essa seria a segunda vez! Mas eu iria garantir que fosse a última.
Convidado
Convidado



Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Artie Ter Maio 10 2016, 15:04

Enquanto Miranda buscava pelas ferramentas de tortura e fazia o possível para se livrar delas, ela percebeu que os capangas começaram a correr por todos os lados, procurando algo. Provavelmente já suspeitavam dela e começaram a busca. Pelo visto o plano falhou miseravelmente e tudo que restava para a garota era fugir. Tentou procurar algum lugar onde Ditto poderia ser revertido em Gallade para teletransportar em segurança, mas o destino fez questão de intervir:

- Ali está ela! - Gritou um agente do Team Magma, apontando para a loira.

- Peguem ela! - Dessa vez quem falou foi aquele tal de Tabitha, o que deixou a garota contente. Isso significava que Blake provavelmente estava sozinho.

Sem perder tempo, Miranda pediu para que Ditto retornasse para sua forma normal e então se transformasse em Gallade. Se ver livre daquela coisa gosmenta e gelada em volta do seu corpo era um grande alívio, mas a adrenalina não deixava Miranda pensar muito no assunto. Rapidamente ela se segurou no rosado transformado em psíquico e fez um pedido para ele.


- Ditto, use seu Teleport e nos leve para aquela sala onde estavam os reféns!

Assim que eles vissem Gallade se teletransportando, a última coisa que pensariam é que a garota adentrou o próprio esconderijo deles, já que o passo mais óbvio era fugir. Logo que o teletransporte ocorreu, Miranda prontamente aproximou-se de Blake. O rapaz parecia atordoado, confuso. Olhava para Miranda como se a mesma fosse uma alucinação. Curta e grossa, ela deu um tapa na cara do rapaz e o trouxe para perto dela.

- Acorda para cuspir, seu tapado! Vim aqui para resgatar você e ainda tenho que aguentar você me atrapalhando...

Miranda então olhou o restante da sala, em busca da jovem de cabelos platinados. Se ela estava com Blake, ela provavelmente era inocente e deveria ser resgatada depois. Deixaria para ter crises de ciumes e acusar Blake quando ambos estivessem seguros. A questão do plano de resgate improvisado de Miranda era: será que apenas os dois estavam ali. Ela se lembrou daquele capanga todo ferido. Se apenas ele estivesse ai, provavelmente ela poderia teletransportá-lo também. Netero era forte e provavelmente o deteria sem dificuldades. Seria interessante reverter o jogo e ameaçar os Magma com um refém.

_________________
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 ZefdeCE
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 E6OvPHN


Hall da Fama:
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Convidado Ter Maio 10 2016, 18:13

Miranda se saiu bem inicialmente, conseguiu se aproximar do acampamento sem ser vista. Chegando lá, ficou um pouco desnorteada, sem saber o que fazer. Até o momento que um Magma saiu da barraca e lhe ordenou algo. Percebi que teria que chegar mais perto, para poder ouvir o que era dito e saber se ela ficasse em perigo. – Gallade, nos leve para aquela árvore, certo? Vamos ficar no topo. – Meu amigo colocou os braços em volta de minha cintura e usou Teleport, senti meu corpo ser sugado no ar e no segundo seguinte estava em um galho alto da árvore. Se não fosse por ele, teria caído no chão – Obrigado, companheiro.

Miranda havia sido ordenada a buscar água, ela foi rápida encontrando a copa do acampamento e enchendo um cantil que levou para alguém dentro da barraca. Provavelmente algum líder dos Magmas. Esse seria o momento mais tenso, se ela fosse “reconhecida” tudo estaria perdido. Alguns minutos se passaram, não ouvia nenhum som de luta, o que significava que o plano estaria ocorrendo bem. Esperava que Miranda se conte-se e não tentasse nenhum atitude heroica. Embora eu ache isso difícil acontecer, já que ela reclamou tanto do namorado pelo mesmo motivo.

Finalmente ela saiu. Parecia ter recebido outra ordem e estava atrás de algo. Melhor você voltar logo, garota. A sorte nunca dura muito tempo. Concordando comigo, o destino fez com que vários Magmas saíssem da barraca. Um mais gordo, que provavelmente era o líder, gritou procurando por Miranda. Fuja antes que lhe vejam!

Tarde demais. Um Magma perto do gordão apontou para ela, do outro lado do acampamento. Vamos, Miranda, você ainda tem tempo. Ela foi rápida, fez com que Ditto se transformasse em Gallade. Não consegui ouvir suas ordens, mas ela deve ter ordenado que ele usasse Teleport. Entretanto, o Magma gordo havia antecipado seu movimento e libertado um Pokémon roxo com os olhos de diamante. Consegui identificar que ele usava o movimento Taunt, o que impediu que Ditto usasse seu Teleport. Caramba, isso é ruim.

Será que não tem ninguém na barrac? Olhei para Miranda, ela já estava cercada de Magmas que começavam a libertar seus Pokémon. – Hehehe, deixem que eu cuidarei da intrusa! – Anunciou o líder dos vermelhinhos. Miranda, espero que você consiga aguentar firme, pois temos uma chance única nas mãos. – Companheiro, nos leve para aquele barracão.

Teleport era muito desnorteador, odeio isso. Como imaginei, não havia ninguém dentro da barraca. Amadores. O namorado de Miranda e bela garota estavam alteados por correntes em seus braços e pernas, ambos em roupas intimas. Estava claro que haviam sido torturados, embora nada grave como arrancar unhas ou dentes. Apenas uma boa surra. Blake estava desmaiado, a garota estava acordada, não obstante seu olhar estava meio perdido. – Quebre as correntes, Gallade. – Me aproximei da garota, para que ela não caísse no chão. Gallade foi rápido e eficiente como de costume, segurei o corpo da jovem e a coloquei no chão. – Estou velho demais para essas coisas. – Depois foi à vez do Blake, que quase me derrubou no chão com seu peso. O joguei no chão, mais alguns machucados não fariam diferença. Comecei e tentar arrastá-lo para perto da garota, então percebi que seria mais fácil fazer o contrário. – Nos leve para onde estávamos. – Ordenei com as mãos nos dois prisioneiros.

- Ótimo, aqui eles estão em segurança. – Percebi, pela segunda vez, que ambos estavam seminus, eu deveria ter procurando suas roupas. Tarde demais, não posso fazer tudo. Acho que devo fazer algo em relação aos seus machucados, principalmente a garota, que estava em um estado horrível. Mas verdade seja dita, ela parecia mais resistente que o grandalhão. – Amigo, use Heal Pulse nos dois. – Sorri enquanto Gallade usava o belo movimento, isso realmente me lembrava dos velhos tempos. Bem, se ia voltar à ativa, era melhor começar a me acostumar.

Incrível ver a velocidade de recuperação de ambos. Quando Gallade estava próximo de terminar o movimento de cura, ambos já estavam sentando na grama, embora desnorteados.

- Onde estamos? Quem é você? – Inquiriu a garota, recuperando-se mais rápido que Blake que ainda parecia confuso e sem saber porque está de cueca. – Podem me chamar de Netero. Mas não temos tempo para conversa, temos que salvar sua namorada dos Magma. – Disse apontando para Blake.

Spoiler:
Convidado
Convidado



Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Artie Ter Maio 10 2016, 21:04

Miranda Musgraves


A tentativa da garota de cumprir seu plano acabou indo por água abaixo. Tabitha conseguiu neutralizar os planos da jovem sem grandes dificuldades ao invocar de sua pokémon um pequenino pokémon de corpo roxo e olhos de diamante. O espécime não parecia gostar muito da claridade do local, mas ainda assim cumpriu a ordem de seu mestre com sabedoria e, com isso, impediu que o Ditto - agora transformado em Gallade - usasse seu Teleport. Claramente apavorada e encurralada, a jovem simplesmente fez o melhor que poderia fazer naquele momento; deixou escapar um palavrão, falando num tom de voz alto e irritado. Aquilo assustou um pouco o Ditto em forma de Gallade, que a observou esperando algum comando de como deveria agir.

Ao observar os seus arredores, percebeu que os Magma apenas observavam a batalha. Provavelmente levaram a sério a tal história do seu líder de que ele mesmo tomaria conta da loira. Ao menos em um confronto um contra um ela teria alguma chance de sobrevivência. Com seu coração disparado e suas pernas bambas, a jovem então retirou uma pokébola de sua cintura: era a de seu inicial, Swampert.


- Quero que você saiba que eu não vou me render sem uma boa luta! Marshall, comece com seu Rain Dance e use seu mais poderoso Scald logo em seguida! Ditto, se você soube algum ataque que seja afetado pelo Taunt, use-o contra esse pokémon!

A garota não sabia o que esperar daquele confronto. Mas pretendia dar muito trabalho para aquele tal de Tabitha em caso de derrota. Torcia também para que Netero logo desse falta da jovem e viesse para o resgate.




Blake McBride


Após ter sido rendido, Blake não se lembra de nada do que aconteceu. Por vários momentos ficou atordoado, acordado e desmaiado ao mesmo tempo. Ouviu vozes, viu vultos estranhos e sentiu dores inexplicáveis, mas nunca soube dizer quando era sonho (ou melhor: pesadelo) ou realidade. Quando retornou a si, começou a resmungar, pois seu corpo estava completamente dolorido. Ao olhar para seu corpo, ficou em estado de choque duplamente: primeiro ao reparar os inúmeros machucados em seu corpo, depois por perceber que estava no meio de um gramado utilizando apenas as roupas de baixo. (Se ao menos fosse uma cueca de cor neutra para disfarçar, seria menos constrangedor. Mas nãooo... Blake tinha que estar usando uma cueca vermelha, já pensando em seu reencontro com Miranda mais tarde.)

O rosto do rapaz ficou completamente corado e ele então começou a olhar para os arredores, voltando a si aos poucos e recordando-se da situação. Logo percebeu que Margo também estava ali - e também com roupas de baixo, o que fez o rapaz ficar ainda mais constrangido - e também um homem idoso, de postura séria. Acabou ouvindo apenas a parte final da fala de Netero, fazendo com que seu coração acelerasse.


- A Miranda está com os Magma?!? Ela não tem nada a ver com a situação, temos que resgatar ela imediatamente! - Disse o nativo de Slateport, levantando-se num salto, resmungando de dor e recuando timidamente, pois o rapaz estava de cueca, tornando aquela situação séria em algo constrangedor.

Agoniado com aquilo, o rapaz se deu conta de outra questão importante: suas pokébolas estavam junto de suas roupas! Não só sua amada estava nas mãos daquela máfia como também seis de seus mais preciosos amigos. Desesperado, implorou para Netero e Margo planejarem algo para resolver a situação:


- Eu poderia ajudá-los detendo aquele bando de marginais, mas sem meus pokémons eu sou um inútil. Precisamos voltar para lá imediatamente! As pedras também devem estar por lá, já que estou sem minhas roupas...

Blake então tapou sua boca, percebendo que havia falado demais. Ele não sabia se Netero era aliado de Margo, então talvez tivesse acabado de fornecer informação privilegiada para um estranho.

_________________
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 ZefdeCE
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 E6OvPHN


Hall da Fama:
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Convidado Ter Maio 10 2016, 22:26

Se a situação não fosse séria, eu teria rolado na grama de tanto rir. Blake pareceu muito constrangido por está apenas de cueca, ainda mais uma cueca tão... Reveladora como a que usava. Seu constrangimento piorou quando viu que estava na frente da garota e mais ainda quando percebeu que ela também estava com roupas de baixo. Outro homem não teria tirado o olho da garota, Blake realmente possuía uma alma pura.

- Sim, ela foi para investigar a situação, entretanto foi descoberta. Mas para nossa sorte criou a brecha perfeita para que eu os resgatasse, agora só temos que resgatá-la. – Foi ainda mais engraçado ver sua explosão de surpresa e determinação e sua súbita mudança para timidez.

- Desculpe, eu me esqueci de pegar suas roupas. – Resolvi tirar meu casaco e entregar para garota, uma dama não poderia ficar nessa situação. – Pegue. – Ela aceitou com um sorriso preocupado, embora o motivo não fosse sua própria nudez. – Eles já encontraram as pedras, Blake. E o Tabitha está com nossos Pokémon, o máximo que vamos encontrar será nossas roupas. Embora eu ache perca de tempo ir procurá-las se sua namorada está em perigo. – A garota proferiu enquanto se cobria com o casaco. – Eu concordo com ela, estamos perdendo tempo!

Os dois não seriam de grande ajuda sem Pokémon. Decidi que lhes emprestaria os Pokémon que havia capturado horas antes, eles não são treinados, mas devem servir para alguma coisa. – Vocês não podem ficar sem Pokémon. – Peguei 3 esferas do bolso e estendi para eles. – Eu os capturei hoje mais cedo, são fortes, mas sem treinamento. - A jovem foi a mais rápida e pegou a do meio, deixando as duas últimas para Blake. – Obrigado, Netero.


Última edição por Ran em Qua Maio 11 2016, 15:48, editado 1 vez(es)
Convidado
Convidado



Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 14 - Um resgate inesperado! - Página 4 Empty Re: Capítulo 14 - Um resgate inesperado!

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Ir para o topo Ir para baixo

Página 4 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir para o topo

- Tópicos semelhantes

 
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos