Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

001 - O Vento sobre as Flores

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Luch em Qua 3 Jan 2018 - 2:02

O Vento sobre as Flores


Com uma recheada mochila nas costas e um sorriso arrebatador no rosto, finalmente deixava o calor do meu lar em Verdanturf e seguia em direção à novas aventuras no imprevisível da estrada. Ou quase isso.... Por ser praticamente o meu "quintal", eu já tinha algum conhecimento sobre o que encontraria na Rota 117, porém o que mais me interessava no momento não era explorar e sim chegar em Mauville, o coração de Hoenn. Para isso, precisava atravessar uma longa distância através de dois belos lagos cravados dentro de uma densa floresta. Era tentador seguir o caminho mais rápido e seguro pela pradaria, mas eu jamais seria um bom treinador se não tivesse um contato mais selvagem com os Pokémon, por isso resolvi seguir uma trilha que cruzasse o centro da floresta, de preferência alcançando um lago. Acreditava ser a escolha mais inteligente dentre as mais perigosas, pois pelo menos não ficaria longe de água e não correria o risco de colocar Meo-Mey e eu em perigo. Por falar em Mey, deixei que ela saísse de sua Pokébola e caminhasse ao meu lado, pois nunca se sabe quando teríamos um combate. - Meo-Mey... Vamos seguir pela floresta... Mas não se assuste, os Pokémon são nossos amigos, certo? Vamos caminhar entre as árvores até achar o lago. Você vai adorar, é bem grande e cheio de água! - Disse animado, enquanto a Meowth caminhava entre minhas pernas e subia no meu ombro, parecendo um pouco incomodada quando toquei no assunto da água - Bem, talvez não goste tanto por ter água, né?... Mas de longe é bem bonito, você vai adorar!

Com um pouco de suor em excesso sendo nosso principal problema nesse início de aventura, finalmente alcançamos nosso primeiro vislumbre de um dos lagos da Rota, a imagem era deslumbrante, pois a água extremamente calma e brilhante se estendia até quase o horizonte, onde parecia se mesclar às altas árvores da floresta. Ao redor da margem, um tapete de flores multicoloridas parecia bailar uma dança complexa com o vento fresco e perfumado. Neste ponto já não era quase mais perceptível diferenciar para onde era Mauville e onde era Verdanturf, já que não havia estrada com placas ou algo do gênero. A única exceção, que nos permitia alguma localização era o imponente Monte Chimmey, que se erguia por detrás das árvores. Era quase hora do almoço e o calor começava a incomodar, afinal o Sol estava à pino. Caminhei mais devagar até uma rocha na beirada do lago que me proporcionava uma pequena sombra vinda de uma árvore próxima e me sentei, colocando a mochila entre as pernas e a abrindo. Meo-Mey rapidamente veio fuxicar o que acontecia, colocando sua cabeça lá dentro. - Ei, espera, nem eu sei direito o que tem aí, vamos ver juntos... - E com cuidado, coloquei a Meowth ao meu lado, segurando-a pelo corpo. Em seguida, comecei a fuxicar o interior da mochila procurando o que de bom tinha ali. Aparentemente tinha a Pokédex, um dos itens principais da minha jornada, além de uma vara de pescar retrátil, que quase não ocupava espaço, mas poderia ser útil. Havia também Pokébolas, cinco delas, uma poção e uma quantidade razoável de dinheiro. Guardaria parte daqueles dólares para uma possível viagem de transporte público se o cansaço batesse ao chegar em Mauville. Trouxe até perto de mim a Pokédex e a abri, apontando para Meo-Mey e vendo o que ela tinha a dizer:

"Beep! Meowth. Pokémon Arranhão. Este Pokémon adora objetos circulares, principalmente os brilhantes, como moedas. Possui hábitos noturnos e tende a dormir durante todo o dia. A partir do entardecer sai em busca de quaisquer objetos que possa pegar sorrateiramente nas grandes cidades, acabando por entrar em conflito com Murkrows selvagens, com quem disputam prendas e presas. Beep! Boop!"

- Nossa, passamos já bastante tempo juntos e eu não sabia disso! Esse aparelhinho é dos bons mesmo! Então quer dizer que você gosta de dormir, né? Mas vamos pescar antes, depois eu juro que te deixo tirar um cochilo... Ok? - Perguntei a Meo-Mey, mas acredito que ela não entendeu muito bem, pois apenas virou sua cabeça para o lado, indicando certa confusão e soltou um sonoro Mew?. Apenas sorri e passei a mão pela sua cabeça, fazendo-a ronronar e se deitar, de olhos fechados e as patas unidas, formando um "9" com o corpo e o rabo. Deixei-a quieta por um tempo, abaixando-me para pegar a Vara de Pescar e desdobrá-la, conferindo se estava tudo no lugar e finalmente lançando o anzol na direção das águas transparentes do lago. Ao se chocar contra a água, respingos voaram em Meo-Mey, fazendo-a acordar irritada, mas logo focando seu olhar para as pequenas ondas concêntricas que a boia do anzol causava na superfície do lago. Paciência era uma virtude, principalmente na pesca. Infelizmente nunca fui o mais paciente, por isso nunca pesquei muito com meu pai, mas gostaria de saber se algo aconteceria de interessante ali no meio dessa floresta,
Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Andros em Sex 5 Jan 2018 - 10:46

O jovem de Nimbasa, acabava de começar sua jornada de redenção pelas rotas de Hoenn. Ele tinha o objetivo de se tornar um grande criador e protetor dos pokémons, mas por enquanto, ele queria apenas chegar em segurança em Mauville. Tudo estava indo perfeitamente bem, céu estava limpo, o Sol brilhava bem forte quase em seu ápice. Depois de pensar um pouco sobre as opções que teria para seguir, ele resolveu caminha pelo interior das árvores, assim poderia se abrigar do Sol. Então, com sua companheira felina fora de sua esfera, ele começou a seguir uma pequena trilha.

O caminho não era muito complicado, visto que o terreno ali era todo plano e o caminho seguia quase que em uma linha reta. A vegetação crescia intensamente ao redor da trilha, e roçava as pernas de Luch na altura do joelho enquanto ele caminhava. Meo-Mey andava um pouco atrás de seu treinador, e por vezes ela parava e encarava a grama alta que a cobria por inteiro. Até o momento estava sendo uma caminhada tranquila, sem nenhum encontro inesperado, apenas o suor escorrendo por causa do calor. Depois de alguns minutos de caminhada, Luch e Meo-Mey, finalmente chegavam em uma clareira. Um tapete de grama forrado de flores cercava o belo lago no centro da clareira, a água cristalina refletia o azul límpido do céu, deixando a visão bastante agradável. O jovem caminhou na direção do lago, e se acomodou debaixo de uma árvore que ficava mais próxima da margem. Sentou-se com as pernas esticadas e colocou sua mochila no meio. Assim que abriu a mochila, Meo-Mey veio em sua direção e enfiou a cabeça dentro dela, querendo saber o que tinha ali que poderia ser interessante.

Depois de colocar a felina de lado, Luch finalmente conferiu o que havia ali dentro, não era nada de mais, apenas os itens que todo treinador recebia ao começar sua viagem e uma quantia em dinheiro. Ele aproveitou o momento, para testar sua PokéDex, a apontando para a Meowth e aprendendo um pouco mais sobre sua companheira. Depois disso, ele deixou a felina descansar um pouco, e pegou sua vara de pesca, indo em direção a margem do lago.

Luch preparou a vara, a esticando e ajeitando o anzol, e logo em seguida fez um movimento forte e arremessou o anzol contra a água. A água que até então estava calma, começou a vibrar formando pequenas ondas que surgiam de onde o anzol havia caído. Pescaria não era uma coisa muito emocionante, pelo menos não pra quem não estava acostumado com aquilo. Se passaram alguns minutos e nada fisgava o anzol. A superfície da água já estava calma novamente, e não parecia ter nenhum sinal de vida, pelo menos não olhando lá de cima. O tempo continuava passando, e aquilo se tornava cada vez mais entediante, até que... “Blup!” Uma grande bolha surgiu ao lado da linha, e em seguida uma fisgada. Até Meo-Mey teve sua atenção concentrada na linha, ela também queria saber o que sairia dali. Luch nem precisou fazer força, e assim que levantou a vara, uma pequena carpa vermelha começou a se debater para fora da água.

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Images?q=tbn:ANd9GcS-MmgVMs9J2rph8QXddMmhsNNRPdvYtjlI1C-t7FKPQI1lojB9eg

A pequena Meowth se levantou e começou a ficar animada. Parecia que finalmente aconteceria alguma coisa. Luch moveu a vara, e o peixe pulou para a grama, se debatendo ainda mais.
Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Luch em Sex 5 Jan 2018 - 12:25


Não demorou muito para algo acontecer. Parece que essa velha Vara de Pescar não nos decepcionou. Ao observar as bolhas surgindo na água e um leve puxão na minha mão, coloquei um dos pés sobre a rocha em que estava sentado e enrolei uma vez o carretel, já fazendo com que um Pokémon vermelho surgisse como um míssel da água, indo parar sobre a grama, se debatendo. Meo-Mey ficou agitada e bastante animada, deveria estar pronta para um combate, mas precisávamos ter calma. Abri a Pokédex e apontei para a criatura, ouvindo um beep de inicialização:

"Magikarp. Pokémon Peixe. Este Pokémon é considerado patético por muitos, inclusive pesquisadores. Seus músculos fracos o impedem de nadar contra a mais fraca corrente. Ele não sabe se defender bem, apenas sacolejando e causando respingos ao saltar para fora e sobre as águas. Pode ser encontrado em quase qualquer área com um mínimo de água, seja limpa ou não. É extremamente fértil, sendo fonte de alimentos para outros Pokémon, como Pidgeottos. Lendas dizem que já foram muito poderosos, mas agora não parece terem qualquer vestígio deste poder. Magikarps mais velhos podem saltar tão alto quanto uma montanha, é o que contam algumas lendas. Beep! Boop!"

- Erm... Coitado, nem a Pokédex parece levar ele a sério. Já gostei! - Ri e guardei a Pokédex, assumindo uma postura mais ofensiva. - Ok, Meo-Mey, ele não deve nos dar muito trabalho. Vamos começar saltando sobre ele com um Scratch, em seguida desvie dos sacolejos dessa causa estranha do Magikarp e a golpeie com outro Scratch!
Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Andros em Sex 5 Jan 2018 - 14:08

Depois de rir um pouco das informações que a PokéDex mostrava sobre o Pokémon que ele havia encontrado, Luch tomou uma postura mais ofensiva e ordenou os ataques contra a criatura indefesa. Meo-Mey rapidamente se colocou à frente, e com rapidez, ela desferiu um forte arranhão contra o peixinho. A pequena Magikarp então encarou a felina com os olhos cheios de esperança, e se debateu tentando mostrar seu poder. Meo-Mey deu um salto para trás, apesar de não precisar, e em seguida avançou novamente contra a oponente, que recebeu o segundo ataque e tentou se debater de volta para o lago.

A batalha era unilateral, e a coitada Magikarp nem ao menos conseguia fugir dali. Ela era filhote, e parecia ter acabado de nascer. Era tão pequena, que se Meo-Mey tentasse come-la, ela conseguiria com apenas uma bocada.


Pokémon:
Normal
Hold Item:
---
Trait:
Swift Swim

lv01 Magikarp


7/11
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Magikarp
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Meowth

lv05 Meo-Mey


19/19
Trait:
Technician
Hold Item:
---
Pokémon:
Normal

Campo: Margem do lago. Terreno gramado e florido, com algumas pedras espalhadas.
Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Luch em Sex 5 Jan 2018 - 18:51


Observava os golpes de Mey sobre a pequena Magikarp e notava o quanto era discrepante a diferença de tamanho entre as duas. O peixe parecia ser do tamanho da pata da Meowth. E esses seus olhinhos... Que dó! Lembrei-me imediatamente de como Meo-Mey também já foi uma filhote recém-nascida e em pouco tempo de vida sofreu tanto com a violência humana. Eu não poderia continuar com aquilo. O filhote ferido tentava chegar de volta ao lago desesperado, mas ele certamente não resistiria aos predadores naturais, que são muitos. - Meo-Mey, não! Pare! Por favor, faça um cerco a esta Magikarp e não deixei ela chegar até o lago. Então use Growl para intimida-la, estou chegando! - E enquanto dava a ordem para a Meowth, corria na direção da Magikarp tentando segura-la firme com as mãos. Se a pegasse distraída talvez não fosse uma tarefa muito difícil.
Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Andros em Seg 8 Jan 2018 - 7:38

Para a sorte da filhote de Magikarp, Luch se preocupava bastante com os pokémons, e ele ficava um pouco comovido com os pequenos olhinhos dela. O jovem pedia para Meo-Mey interromper a batalha, e apenas chamar a atenção da carpa, para ele poder pega-la.

A felina saltou para entre o lago e a Magikarp, e deu um grunhido para faze-la recuar. A Magikarp saltou ferozmente, se debatendo de um lado para o outro, e enquanto isso Luch se aproximava por trás dela. Assim que a pequena parou de se mover, o treinador se abaixou e tentou agarra-la firme, mas ela era bastante escorregadia, e ele teve um pouco de dificuldade. Meo-Mey correu para ajudar, e chegou bem na hora que o peixe escapou das mãos do jovem, ela então conseguiu prender a cauda da Magikarp com uma de suas patas dianteiras, e com a outra ela a segurou para que não saltasse.

A Magikarp estava bastante assustada, e seu coração parecia que iria saltar por sua boca aberta. - Karp-karp karp-karp... - Ela murmurava loucamente, enquanto tentava se soltar das patas de sua oponente.
Meowth recebeu 25 de EXP, pela batalha interrompida.

Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Luch em Seg 8 Jan 2018 - 13:19


Assim que o Pokémon ficou preso pela pata da Meowth, começou a se debater ainda mais e soltar um som característico dessa espécie. Possivelmente a coitada acreditava estar próxima de ser devorada e não a julgaria por isso. Bem, até que minha manobra para pegar a Magikarp funcionou, mas eu jamais conseguiria sem a ajuda de Meo-Mey. Infelizmente não foi nossa primeira grande batalha, mas não valeria a pena derrotar de forma tão brutal uma Magikarp tão pequenininha, Mey entenderia certamente. Fiquei pensando se gastaria uma Pokébola para capturar este Pokémon peixe ou o levaria em um saquinho com água, de tão diminuta que era. Porém... Se for um gasto ou não, quem se importa? Já me apeguei bastante a essa pequena carpinha e mesmo que não servisse para o combate, certamente seria uma ótima companheira de viagem. - Segure firme, Meo-Mey. Essa poderá ser a primeira captura menos gloriosa da história, porém a mais engraçada e será toda nossa. - E com uma Pokébola em mãos, a toquei com cuidado sobre o corpo da Magikarp - Vamos lá, pequena. Que tal vir comigo? Você pode conhecer o mundo, prometo ser melhor do que já fui até agora! - E ao terminar de dizer, vi o Pokémon se desmaterializar e preencher a cápsula de captura, que começou a se debater como o próprio peixe fez anteriormente. Meo-Mey e eu então abaixamos perto da Pokébola e aguardamos ansiosos o desfecho desta tentativa.
Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Andros em Ter 9 Jan 2018 - 12:27

Luch parecia entender perfeitamente o que a Magikarp estava sentindo naquele momento, já que ela demostrava claramente. Ele pegou uma pokébola vazia de sua mochila, e se aproximou da criatura. Nesse momento a carpa parou de se mexer, talvez estivesse se fingindo de morta, mas seus olhos fixaram-se na esfera e pareceram se arregalar ainda mais. Luch encostou a esfera na Magikarp enquanto falava com ela, e soltava a esfera no momento em que ela se abria e absorvia a criatura. A Meowth e o treinador, se afastavam e se abaixavam para observar o que aconteceria em seguida.

A esfera se balançou uma vez, e uma segunda vez, e em seguida emitiu um som como se fosse um cadeado se fechando, e parou. Captura concluída! Essa era a primeira captura de Luch, e ele parecia feliz apesar de tudo.
Parabéns! Você capturou um Magikarp.

Apelido / Magikarp:
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Magikarp
Magikarp Apelido
Lv. 1 [O/50]
Trait: Swift Swim
Hold Item: ???
Happiness: 00
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Pokeball
MOVESET
- Splash
- -x-
- -x-
- -x-
- -x-
- -x-
STATS
HP: 20
Atk.: 10 + 0
Def.: 55 + 0
Sp. Atk.: 15 + 0
Sp. Def.: 20 + 0
Speed: 80 + 0
Altura/Peso: 0.40 m/3.5 Kg
Particularidade: Muito pequena.
Personalidade: Bastante curiosa. Essa pequena Magikarp não tem medo de se aventurar para descobrir coisas novas. Mas não demonstra muita coragem quando as coisas apertam.
Quando foi capturada, passou por um momento muito assustador, e por isso, morre de medo de Meo-Mey, a Meowth de seu treinador. Por isso, tenta sempre manter distância dela.
Último Cruzamento:

-1 Pokébola
Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Luch em Ter 9 Jan 2018 - 12:48

Após duas leves sacodidas, a Pokébola emitiu um som bem característico de captura. Ergui o punho fechado para o alto exclamando um sonoro "Isso!", sendo acompanhado de Meo-Mey, que saltou enquanto fazia um som de comemoração em "Meowthnês". Bastante contente, me aproximei da Pokébola que ainda descansava sobre a grama e a peguei em mãos, olhando para a cápsula na direção de botão de abertura. - Ok, é hora de sair e nos conhecermos melhor com calma, certo? - E tocando no botão, fiz com que um raio brilhante deixasse a bola em direção ao lago,, até obter a forma da pequena Magikarp que se encontrava agora dentro d'água. - Bem-vinda ao grupo! Eu sou Luch, a pessoa que vai tomar conta de você a partir de agora. Essa aqui com quem você teve uma pequena luta é a Meo-Mey, minha Meowth. Ela vem me acompanhando desde muito longe, então espero que sejam amigas! - Dizia com bastante calma, como se falasse com um bebê recém-nascido. Notei então que desde o momento que saiu da Pokébola, o Pokémon peixe não tirava os olhos da Meowth, possivelmente ainda com medo dela, até tremia. Era melhor afastar um pouco Mey, até a pequenina se acalmar... - Mey, pode ver se encontra algumas frutas por favor, mas não vá longe... Fique apenas perto das árvores na margem do lago, ok? - E então me voltei para o peixinho novamente - Amiguinha, ela não vai te machucar, pode ficar calma... Eu te chamarei de Lira, é um nome que pensei agora do nada, mas acho que combina com você. O que acha? - E enquanto esperava a reação da Magikarp, mantive sua Pokébola em mãos para poder tomar uma ação rápida caso algum predador tentasse me surpreender atacando a minha inofensiva nova companheira de jornada.


off:
Fiquei com pena dessa Magikarp, mal nasceu e já tá traumatizada uahuhahuahuaa Já vi que vou sofrer pra treinar ela
Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Andros em Qua 10 Jan 2018 - 12:04

Luch comemorava a captura, assim como Meo-Mey. Em seguida ele pegava a pokébola recém preenchida, e liberava a Magikarp em direção ao lago. A pequena Magikarp saia de sua nova moradia, e encarava seu novo treinador rapidamente. Ela não sabia muito o que esperar daquela situação, mas estava bastante curiosa para descobrir o que aconteceria. A pequena só interrompeu seus pensamentos, quando viu a felina ao lado do jovem, e o medo começou a percorrer seu corpo, a fazendo tremer da ponta da cabeça até a cauda. Percebendo a reação da Magikarp na presença de Meo-Mey, Luch pede a felina para se retirar por um momento, assim Magikarp poderia ficar mais calma. Meo-Mey então seguia em direção ao conjunto de árvores ali perto, e apesar de preferir dormir do que trabalhar, ela subiu em uma das árvores e foi procurar pelas frutas.

Agora que estavam a sós, Luch deu um apelido para a Magikarp, que agora seria chamada de Lira. Ela parecia gostar da ideia de ter um nome, e parecia tentar sorrir com aquele rosto sem expressão, apenas seus olhos se fechavam um pouco. Mas pelo menos dava pra ver que estava mais relaxada agora que Meo-Mey não estava por perto. Lira começava a nadar em círculos, e começava a se soltar um pouco enquanto pensava em como seria sua vida a partir dali. Essa Magikarp parecia ser bem esperta, diferente das outras de sua espécie, que normalmente mais pareciam ter nada em suas cabeças.

Enquanto isso, Meo-Mey pulava de galho em galho nas árvores. Ela farejava para tentar sentir o cheiro das frutas, e seguia na direção de onde vinha o aroma. Apesar de não ser tão boa em encontrar objetos, as frutas não eram tão difíceis de serem encontradas, já que o aroma era bem evidente. Não demorou muito para encontrar uma árvore cheia de Oran Berry, que eram as mais comuns de serem encontradas. Meo-Mey deu um sorriso, e pulou até um galho próximo que tinha uma Oran bem na ponta, abocanhando a fruta com seus dentes afiados. Depois de comer uma, ela pegou o máximo de frutas que conseguia, e saltou para o chão novamente, tendo que continuar o caminho apenas nas pernas traseiras. Ela caminhava de volta para onde Luch e Lira estavam, e levava quatro Oran Berry.

Enquanto Luch e seus pokémons aproveitavam seu tempo, algo os observava de trás de uma pedra ali perto. Um rostinho amarelado com uma espécie de coque acima da cabeça, vez ou outra aparecia e se escondia novamente. A criatura parecia animada observando tudo que acontecia, e dava algumas risadinhas esquisitas. Mas não era só ela que estava por ali, um pequeno grupo de pokémons que pareciam ser de uma outra espécie se aproximava do lago, vindo da direção da pedra. Eles passaram pelo pokémons escondido, e o ignoraram. Os pokémons que chegavam, eram muito bonitos, e dançavam balançando as flores que tinham no lugar de suas mãos, e continuavam seguindo em direção ao lago. Eram seis no grupo, e todos eram idênticos, e os seis pareciam nem se importar com a presença de Luch e Lira.


_________________


Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.


Spoiler:

001 - 001 - O Vento sobre as Flores 9ibJsnl
001 - 001 - O Vento sobre as Flores XBZWvTx
Obrigado a todos que votaram!

Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Luch em Qua 10 Jan 2018 - 16:30

off:
Olá! Não tinha certeza se a Meowth já havia chegado ou não, então interpretei que ainda não e por isso também não usei as frutas que ela encontrou
Lira esbanjava alegria nadando em círculos em seu habitat natural. Fiquei muito feliz de vê-la tão animada e parecia até ter aceitado muito bem o seu novo nome. Sentei-me na margem do lago para ficar mais próximo dela, mas não deixava de olhar sobre os ombros a todo momento para ver se Meo-Mey chegaria logo. Ela não estava acostumada a andar sozinha por uma floresta tão grande e há muitos perigos por aqui. Quando voltei meus olhos novamente para Lira no lago, pensei ter ouvido algum som vindo de um lado e depois de outro, como se movimentasse. Olhei ao redor rapidamente, mas não vi um rastro sequer. Seja o que for, Pokémon ou humano, não era o melhor dos sinais no momento. Se resolvesse atacar eu estaria em grandes enrascadas, já que apenas Lira se encontrava ali e o pequeno peixe já tinha se mostrado incapaz de encarar um combate sozinho. Peguei então a Pokébola da Magikarp e fiquei a postos para chamá-la de volta em uma ocasião de perigo. Foi aí que ouvi pela segunda vez a risada vindo bem da minha esquerda. Levantei-me abruptamente e olhei nesta direção, onde se encontrava a grama alta e uma pedra. De lá surgiu um grupo de Pokémon bem conhecidos nesta região. Eram Roselias! Não perdi tempo e utilizei a Pokédex para verificar mais informações além das que eu já sabia:

"Beep! Roselia. Pokémon Espinho. Roselia atirará espinhos afiados como projéteis em quem tentar roubar as flores de seus braços. Estas flores são encontradas nas cores azul e rosa, mas em ocasiões extremamente raras é possível encontrar Roselias com um conjunto de cores diferentes do habitual. Os espinhos em sua cabeça contém um veneno incrivelmente devastador e o aroma que este Pokémon exala é conhecido por trazer serenidade para os seres vivos ao seu redor. Beep! Boop!"

- Ok, melhor não tocá-las, vou respeitar seu espaço e ficar de longe... - Disse guardando a Pokédex e observando a complexidade e a beleza das Roselias. Nunca havia visto elas assim de tão perto e agindo de forma tão espontânea. - Incrível! Com certeza seria uma ótima adição para o time, não é mesmo Lira? - E me sentei novamente, de forma mais relaxada para acompanhar aquele belo balé de Roselias que pareciam seguir a direção dos ventos com suas rosas coloridas. O perfume que exalavam era muito relaxante e assim que terminaram a "apresentação", sorri e bati palmas em comemoração - Bravo! Bravo! Vocês são incríveis, Roselias! Por acaso alguma de vocês gostaria de vir comigo em uma viagem? Eu, minha Magikarp Lira e minha Meowth Meo-Mey estamos tentando chegar em Mauville. É o início da nossa jornada! - Perguntei para as curiosas Pokémon Planta, mas realmente não sabia se entenderiam ou não. Estava apenas esperando a chegada de Mey para partir, era melhor seguir em frente logo caso aquele som que ouvi mais cedo fosse outro Pokémon diferente e mais perigoso do que Roselias.
Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Andros em Sex 12 Jan 2018 - 9:43

Luch teve sua atenção chamada pelas risadinhas do ser que estava escondido atrás da pedra, e graças a isso, teve a oportunidade de ver a dança das Roselias que estavam indo até o lago. Depois de analisar o grupo com sua PokéDex, ele manteve uma distância segura e se sentou para observar. Como Meo-Mey ainda não havia chegado, ele a aguardava pacientemente enquanto assistia ao fim da dança, mas estava um pouco preocupado por ela estar sozinha. Pensando que seria bom ter uma daquelas Roselias em sua equipe, ele fez um convite para qualquer uma que se interessasse, mas elas apenas o ignoraram como haviam feito desde que chegaram. Parecia ser um grupinho bem “nariz em pé”, e estavam ali apenas para beber água do lago. Mas ele acabou não sendo totalmente rejeitado, já que de trás da pedra próxima das Roselias, um pequeno brotinho de rosa saltou todo serelepe, e balançava os pequenos botões em sua cabeça, como se dissesse: “Eu! Eu! Me escolhe!”. Mas o pequenino não era uma Roselia, e mesmo tentando dançar como elas, ele não conseguia.

Nesse momento, Meo-Mey aparecia vindo de trás de uma árvore. Ela andava devagar, para não deixar as frutas caírem. Ainda de longe olhava para seu treinador e em seguida virava seus olhos na direção em que ele olhava, percebendo todos aqueles pokémons desconhecidos. Lira ainda nadava tranquilamente, perdida em seus pensamentos, e nem deva muita atenção ao resto do mundo. Enquanto a felina se aproximava do treinador chamando sua atenção para lhe entregar as frutas, as Roselias começaram a encarar a pequena criatura que havia saído de trás da pedra, elas olhavam com cara de desdém, e a rejeitavam. Uma das Roselias chegou a dar um tapa no pequeno pokémon com sua rosa vermelha. O pequenino tentava não se incomodar e passava por elas, indo em direção a Luch, na tentativa de ser capturado por ele.


_________________


Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.


Spoiler:

001 - 001 - O Vento sobre as Flores 9ibJsnl
001 - 001 - O Vento sobre as Flores XBZWvTx
Obrigado a todos que votaram!

Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Luch em Sex 12 Jan 2018 - 10:59

Aqueles Pokémon não estavam ali para fazer um show aparentemente e até mesmo ignoraram o meu convite se alguma delas gostaria de vir comigo em viagem. Bem, não se pode vencer sempre, não é mesmo? Porém, em meio ao grupo de Roselias, uma figura se destacava, pois era bem menor do que as dançarinas esnobes e de certa forma lembrava um broto. Seu rosto era bastante engraçado, pois em um corpo tão pequeno, acabava sendo extremamente expressivo. Acenei para ele, pois o pequeno parecia falar comigo, mas antes de maiores interações com a criaturinha, fui surpreendido pela volta de Meo-Mey, que trazia as frutas que eu havia pedido - Você é incrível Mey! A Meowth mais ágil e esperta do mundo! - Disse acariciando seu pescoço e fazendo um carinho em sua cabeça, do jeito que ela gostava. Peguei então as quatro Oran Berries, dando uma para Lira comer e recuperar a energia de nosso último combate, entreguei uma para Meo-Mey segurar e guardar em casos de emergência e guardei as duas restantes dentro da bolsa. - Lira, espero que as frutas estejam deliciosas! Vai se sentir muito melhor em breve, venha descansar! - E segurando sua Pokébola, fiz com que o Pokémon voltasse para o interior se desmaterializando em um raio vermelho.

Enquanto interagia com minhas duas companheiras, a criaturinha de outrora ainda insistia em se aproximar de mim. Em sua tentativa atrapalhada de dança, ela apressou-se em vir na minha direção, sendo agredida por uma daquelas dançarinas esnobes. Parece que estas Roselias realmente não eram "flor-que-se-cheire". - Ei! Suas metidas! Xô! Xô! - Disse para as Pokémon, fazendo um gesto de enxotamento com os braços, enquanto me aproximava do pequeno broto e o pegava no colo, segurando-o e ninando-o como um bebê, enquanto voltava até Meo-Mey e minhas coisas. - Sh! Sh! Sh! Tá tudo bem, coleguinha... Elas são umas otárias! Roselias más! Muito más! - E peguei a Pokédex para averiguar mais sobre ele:

"Beep! Budew! Um Pokémon Broto. Este Pokémon vive ao redor de lagoas cristalinas e limpas. Durante todo o inverno, ele mantém seu broto fechado para resistir ao frio, abrindo-o novamente durante a primavera. Budew floresce quando sob o Sol quente, liberando uma quantidade de pólen no ar, que pode ser tóxica ou simplesmente causar ataques alérgicos em pessoas mais sensíveis. Beep! Boop!"

- Desculpe não ter notado que queria novos amigos, Budew! Você quer vir comigo, Mey e Lira? - E dependendo da resposta positiva de Budew, pego uma Pokébola e a encosto no Pokémon para capturá-lo.
Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Andros em Ter 16 Jan 2018 - 11:49

Off: Desculpe pela demora... Finalmente consegui... rsrs

Meo-Mey se sentiu bastante importante com o elogio que recebeu, empinando sua cabeça em sinal de grandeza. Luch deixou uma das frutas com a felina, e uma outra ele separou para Lira, a chamando para comer, e guardou as outras duas em sua mochila. A esperta Magikarp rapidamente respondeu ao chamado, e recebeu a fruta com uma expressão de felicidade, e logo depois de comer, foi retornada de volta para sua esfera. Assim que terminou de socializar com suas pokémons, Luch voltou a olhar na direção das Roselias, percebendo que elas estavam maltratando o pequenino que queria sua atenção. Luch imediatamente foi na direção deles, e tentou espantar as Roselias, e em seguida pegou o pequenino no colo e retornou para onde estava Meo-Mey e seus pertences. Ele ninou o pequeno pokémon, e em seguida usou sua PokéDex para descobrir um pouco sobre ele.

Depois que o aparelho descreveu o pequeno Budew, Luch perguntou se ele gostaria de se juntar a eles. Ele deu um salto até o chão, e fez uma dancinha desengonçada, terminando com um grande sorriso. Talvez aquilo fosse um “sim”. As Roselias continuavam ali, e olhavam para o treinador com desgosto, como se ele tivesse feito a coisa mais abominável de todas.

Luch acabava de conseguir mais um companheiro para sua viajem, que mesmo sem ter sido capturado ainda, já poderia se considerar da equipe. Mas nem tudo eram rosas por ali, um estrondo vindo do meio das árvores, acabou chamando a atenção de todos. As Roselias imediatamente correram dali, seguindo pelo contorno do lago em direção à outra margem. Logo em seguida ao barulho, um bando de Taillows saiu voando, e um grito de uma garotinha vindo do mesmo lugar do estrondo foi ouvido: - SOCORRO! - E alguns segundos depois, uma garotinha veio correndo com algo em seus braços. Assim que saiu do meio das árvores, a primeira coisa que ela viu, foi Luch e seus pokémons, e foi correndo direto até eles. - Moço, me ajuda. Tem um homem mau me procurando. – Ela passou por Luch e se escondeu atrás dele. Ela se vestia com um short e uma blusa rosa, e estava com os cotovelos e joelhos ralados, e além disso, estava muito suja.

Não demorou muito para uma outra voz, dessa vez masculina e mais madura, ser ouvida. - ONDE VOCÊ ESTÁ? SUA PIRRALHA FEDIDA! – A voz estava bem próxima.

- Moço, moço. Faz alguma coisa. Ele vai me matar! – Dizia a garota com as lagrimas começando a escorrer por seu rosto.

O que Luch faria diante de tão inesperada situação? E sem ter uma boa força de combate naquele momento.
+ 4 Oran Berry

- 1 Oran Berry



_________________


Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.


Spoiler:

001 - 001 - O Vento sobre as Flores 9ibJsnl
001 - 001 - O Vento sobre as Flores XBZWvTx
Obrigado a todos que votaram!

Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Luch em Ter 16 Jan 2018 - 19:45

OFF:
uhahuauha Tudo bem, eu também estava fora de casa nesse final de semana e só voltei hoje. Boa semana!
O pequenino Budew interessou-se imediatamente em me acompanhar nesta jornada Pokémon por Hoenn e com isso, aumentava minha equipe para quatro contando comigo. Enquanto isso, as metidas Roselias dançarinas pareciam enojar-se com nossa alegria, mas bem... azar o delas, afinal meu brotinho era muito melhor que essas rosas murchas com seu freestyle. - Isso aí amigão, mostra pra elas como se faz! - E enquanto ria do Pokémon e toda sua alegria, segurei minha Pokébola em mãos, pronto para capturá-lo oficialmente. Entretanto, fui interrompido por um som estranho vindo do meio da floresta. Os Pokémon presentes entre as copas das árvores também sentiram a tensão no ar e se exaltaram, formando uma revoada sobre os céus. Abaixei-me e peguei Budew nos braços, ficando preparado para qualquer coisa que viesse na nossa direção e também avisei Meo-Mey, para que ficasse alerta - Mey, fica na atividade. Tem algo vindo aí, parceira...

As árvores e arbustos sacudiam fortemente, como se algo viesse na nossa direção, mas o que surgiu da floresta não era tão ameaçador assim, apesar de ter uma poderosa e aguda voz que clamava por ajuda. A figura vestia rosa e estava bastante ralada, assim como imunda, fugindo de algo enquanto parecia proteger outra coisa nos braços. Era uma menina, bem jovem, que estava realmente assustada com algo ou alguém que a perseguia e acabou se escondendo atrás de mim. - Calma colega, o que houve contigo? - Tentava conversar com ela, talvez acalmá-la, mas parecia em vão. Ela me informou que um homem a perseguia e queria fazer mal a ela, mas antes que eu pudesse refletir sobre isso, o tal perseguidor bradou em alto e bom som do mesmo lugar por onde ela veio, enfurecido em sua busca pela garota. A jovem estremeceu e afirmou que ele a mataria. Pelo tom de voz dele, não seria realmente algo muito impossível de acontecer. Precisava pensar em algo, de preferência que não me levasse para um combate com alguém que pudesse ser muito mais preparado do que eu. Antes do homem surgir de trás das árvores, virei-me para a garota e fiz um pedido - Por que não se esconde ali atrás das rochas? Não deixe ele te ver, vou tentar conversar com esse cara e ver se consigo despistá-lo, sei lá... - Disse rapidamente, pois ele surgiria a qualquer momento. Isso me daria algum tempo para pensar em uma solução e não ser apenas um obstáculo entre a menina e a fúria do homem.
Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
001 - 001 - O Vento sobre as Flores Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - 001 - O Vento sobre as Flores Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - 001 - O Vento sobre as Flores Empty Re: 001 - O Vento sobre as Flores

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum