Prefácio - As Crônicas de Fogo e Fogo

Ir em baixo

Prefácio - As Crônicas de Fogo e Fogo Empty Prefácio - As Crônicas de Fogo e Fogo

Mensagem por Raiden em Qui Ago 01 2019, 00:54

As Crônicas de Fogo e Fogo!




Os ventos vinham trazendo notícias péssimas sobre Kanto e Johto, embora não fosse em tempo que o Loiro vinha a acompanhar o canal de rádio, era por se dizer que uma catástrofe tão marcante viesse a ser divulgada ao longo de dias, senão meses inteiros com mínimas atualizações sobre o caso, a verdade é que Akashi achava que aqueles repórteres não estavam nem aí, notícias como essa davam a eles mais audiência, falar sobre isso ou ao menos ter um pedacinho do que poder divulgar a mais do que a concorrência era como uma corrida.

Sentado ao pé da cama repousando enrolado nas cobertas, mesmo que no calor matutino de trinta graus, pouco resvalando daquela luz pela janela, Akashi pode experimentar um péssimo começo de dia - Aquela mulher deve tá ficando maluca! - Resmungou fazendo bico e franzino o olhar, embora tamanho fosse o calor, ele tremia de frio com as roupas ensopadas - Eu te mato! - Bradou tomando coragem para saltar da cama de trocar as roupas. Já atrasado para a visita ao Laboratório, mesmo com os incansáveis berros da mãe, Katsuki não tinha levantado da cama, decidida que por cascudos não mais seriam suficientes, experimentou acordá-lo com um balde de água fria, bem, o resultado como esperado não foi dos melhores.

“OREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE”

Depois de mais alguns minutos se trocando, saindo do quarto vestido com uma regata preta com detalhes vermelhos e uma calça verde camuflada, desceu para tomar o café antes de sair, com os nervos a mostra, ragia os dentes ao vê-la, quis evitar contato direto, mas insistente e cuidadosa, a mãe de Katsuki resolveu escovar seu cabelo para que ficasse mais apresentável ao encontro - Ei ei! não se atrev - Tentou se afastar - Quer ir todo desarrumado no primeiro dia como treinador?! - Por motivos de força maior, também chamado de puxão de orelha mortal da mãe, teve de ceder aos caprichos e arranjos depois de quase derramar café na própria roupa - Kuso!! -

Depois de tomar uma xícara de café fulminante, pra acabar de vez com o frio que estava sentindo, resolveu olhar-se no espelho já esperando o pior, mas quando viu o tamanho da merda ficou até surpreso - Não fode! - estava ao mais elegante estilo cabelo “tigelinha”.  Saiu de casa com os punhos cerrados, querendo pegar ainda o sol no brilho do meio dia na nuca, ironicamente isso o deixava mais calmo, embora algumas vezes o calor também o fizesse ficar de cabeça quente, literalmente. “Ser acordado com um banho, cabelo de merda, não tem como ficar pior” Murmurou para si convicto de que o caminho até o laboratório seria tranquilo, mas para sua infelicidade, teve de cruzar caminho com alguns conhecidos, não eram verdadeiramente amigos já que Katsuki era um rapaz bem mais reservado.

- Estão olhando o que seus merdas?! - Resmungou quando teve de passar lado a lado com os idiotas que pareciam dar risadas dele, mais tarde quando já estavam distantes, Akashi pode ouví-los caçoarem do estilo nada natural com coisas do tipo “Índio Albino” ou “Cabelo boi lambeu” - Eu vou matar esses desgraçados! - Praguejou outra vez contendo sua raiva seguindo caminho, talvez quem estivesse passando por ali poderia ver fumaça saindo de sua cabeça, como se estivesse chegando no limite para explodir.

Depois de quase passar direto pela entrada do Laboratório e tendo que voltar alguns metros até se ver dentro da grande construção, Akashi não desejava nada além de se ver fora dali o mais rápido possível, desmanchar aquele penteado e por fim dar início a sua jornada, embora sua disposição não fosse tamanha assim para continuar andando pelo mundo afora, não estava carregando nenhum tipo e mapa e para o Loiro, pedir informação estava fora de cogitação.

Tal como a visita, Akashi fora curto e direto - Vou querer o de fogo! - não tinha fila alguma, nenhuma outra burocracia para chegar até lá, apenas e grande e gloriosa entrada como se aquele importante laboratórios de pesquisas fosse menos guarnecido do que uma casa de repouso. Sem dar tamanha importância as apresentações e considerações finais, deu as costas por pouco não deixando de levar os equipamentos iniciais, coisas acerca da jornada e as instruções dadas pelo Professor entraram por um ouvido e saíram pelo outro.

OFF:

- Inicial: Torchic
- Pretendo narrar as aventuras em primeira pessoa, mas como este é só um Prefácio, fiz em terceira embora eu não consiga fazer isso tão bem :p

Raiden
Raiden
Treinador

Treinador

Alertas :
Prefácio - As Crônicas de Fogo e Fogo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Prefácio - As Crônicas de Fogo e Fogo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Prefácio - As Crônicas de Fogo e Fogo Empty Re: Prefácio - As Crônicas de Fogo e Fogo

Mensagem por Luch em Qui Ago 01 2019, 18:29

@Raiden

Inicial entregue!
Pode começar sua jornada em Littleroot ou Rota 101! o/
Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
Prefácio - As Crônicas de Fogo e Fogo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Prefácio - As Crônicas de Fogo e Fogo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum