Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

We Need to Talk About Pyre

Página 2 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Luch em Seg Dez 23 2019, 19:18



Tempestuoso Treinamento

Com todo o apoio e carinho, além da forte interação entre Frey e Winnie, não foi difícil para o Vaporeon alcançar o ápice de seu treinamento. Era belo de se ver... Movido pela música e as palavras de sua treinadora, o Vaporeon havia fechado os olhos e parecia sentir a movimentação atmosférica. Não eram passos no solo, mas sim nas nuvens... Com isso, não foi nada inesperado que essas mesmas nuvens, antes metafóricas, tornaram-se físicas e extremamente enegrecidas acima do corpo de Frey. Em pouco tempo o som do trovejar contido deu lugar a gotículas de chuva, cada vez mais pesadas. O toque da água sobre o corpo da criatura aquática era como uma benção pontual e a alegria do Pokémon era evidente, expressa em seu rosto e também em sua própria expressão corporal durante a dança sem fim. O domínio da técnica havia sido concluído!

Hati: Solarbeam:

Tyr e Hati travavam uma conversa bastante longa e proveitosa, onde a Canídea parecia absorver bastante informação de seu companheiro Meganium (Sem trocadilhos). Quando Winnie aproximou-se e deu suas últimas dicas e sugestões, quase nada era realmente novo para a Houndoom. A Pokémon de fogo inclusive, começava a ter seu corpo todo iluminado pela quantidade de luz que havia absorvido. A pelagem negra parecia adquirir tons de dourado, enquanto Tyr ao observar a cena, vibrava de alegria em um sacolejar de pescoço, comemorando o avanço promissor de sua companheira neste domínio de técnica. Hati estava bem próxima de alcançar seu objetivo.

Jormungand: Protect:

Gliscor havia dominado uma técnica há pouco tempo atrás, mesmo que fosse aos "trancos e barrancos". E apesar de parecer que seria ainda mais complicado iniciar uma nova sequência de treinamento, a verdade era outra... Jormungand tinha uma certa dificuldade para "aclimatar-se" às ordens de Winnie. Contudo, uma vez que ganhava ritmo, começava a ficar menos rabugento e birrento. É bem verdade que as palavras inevitavelmente duras de sua treinadora também contribuíram para "castrar" sua necessidade de contrariar. Um choque de realidade que deixou o Pokémon até um tanto cabisbaixo.

Como não era possível saber o que se passava nos confins de sua mente, restavam apenas as suposições. O fato é: Gliscor manteve sua melhor falta de expressão e apenas reagiu mecanicamente às sugestões e ordens de Winnie. Jormungand apoiava-se sobre sua cauda, como se fosse uma mola de Spoink e repetia movimentos de "vai-e-vem" aos saltos. Primeiro avançando e abrindo suas asas, depois recuando e as fechando para proteger o corpo, uma tentativa inicial de estimular a mentalidade do Protect que ainda demoraria a ter algum sucesso.


Fafnir: Smack Down:

Fafnir já estava caminhando para seu terceiro treinamento quase consecutivo. Sendo assim, era natural que estivesse demonstrando sinais - mesmo que sutis e inexpressivos - de cansaço. Muitos podiam dizer que não era possível notar uma exaustão em um Pokémon "frio" como Baltoy, mas a verdade é que Winnie podia notar isso, mesmo que não soubesse como explicar, uma espécie de intuição, talvez? Bem, é claro que isso não impedia o Pokémon de aprender, mesmo que um ritmo bem mais lento do que anteriormente.

O Baltoy azulado foi instruído a aprender o movimento Smack Down, um golpe do tipo Pedra que levava ao solo aqueles Pokémon que geralmente não são afetados por movimentos Terrestres. Algo muito semelhante ao Gravity, que ele esquecia naquele instante para abrir lugar em sua memória ao passo-a-passo da realização daquele novo. E por falar em aprendizado, apesar da perda de energia, Fafnir ainda mantinha-se bastante atento, apreendendo a informação dos mecanismos daquele golpe com uma facilidade incrível. Era certo que seu "limitante" seria a prática e foi para ela que o Pokémon rapidamente partiu. Primeiramente, controlar rochas... Usando seu poder psíquico a criatura tocou o solo, movimentando placas de terra por alguns segundos, mas sem o controle total para retirá-las de lá e então utilizá-las como arma. Enfim... Ainda havia muito caminho pela frente para o Pokémon...

Enquanto isso, Nicholas finalmente chegava até o ambiente em que Winnie treinava seus Pokémon. Realmente não era difícil notar que algo havia ali, principalmente pelo efeito já desgastado, mas ainda assim intrigante do Sunny Day de Tyr, contrastante com o pôr-do-Sol. Havia claramente muitos conflitos internos entre os dois. Seus pensamentos, que atropelavam palavras, tornavam o clima um tanto tenso e carregado de suspense para um observador terceiro. Até onde essa interação chegaria e o principal, como iria impactar o treinamento de Winnie?  

Treinamento TM Light Screen - Baltoy: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Light Screen - Meganium: 4/ 6 4 (Concluído!)
Treinamento TM Protect - Furfrou: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Protect - Poliwrath: 6/6 (Concluído!)
Treinamento TM Will-O-Wisp - Houndoom: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Brick Break - Gliscor: 8/8 (Concluído!)
Treinamento TM Toxic - Meganium: 2/2 (Concluído!)
Treinamento TM Rain Dance - Vaporeon: 6/6 (Concluído!)
Treinamento TM Solarbeam - Houndoom: 6/8
Treinamento TM Psychic - Baltoy: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Protect - Jormungand: 2/8
Treinamento TM Smack Down - Baltoy: 2/8


Resultado do Treinamento escreveu:

>> Frey recebeu 572 EXP e +1 ponto de felicidade!


Progresso da Rota - Winnie:
Pokémon Party:

Lv. 31


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Eviolite

Fafnir


52 / 65

     
Lv. 39


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Heatrock

Tyr


111 / 111

     
Lv. 31



Hati


87 / 87



Lv. 34



Jormungand


95 / 95

     
Lv. 31



Balder


96 / 96

     
Lv. 27


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Nevermeltice

Frey


107 / 107




Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

- Fafnir recebeu 684 EXP [5102/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 37].
- Tyr recebeu 909 EXP [09012/14592].
- Hati recebeu 684 EXP [1713/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 67].
- Vili recebeu 741 EXP [3219/8393] e +1 de felicidade [Happiness: 51].
- Balder recebeu 684 EXP [2397/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 71].
- Jormungand recebeu 769 EXP [3355/9484] e +1 de felicidade [Happiness: 38].
- Fafnir recebeu 684 EXP [5786/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 77].
- Frey recebeu 572 EXP [1799/4031] e +1 de felicidade [Happiness: 61].
- {POKÉMON} recebeu X EXP [XXX/XXX], X em {STATUS} e X de felicidade [Happiness: XX]. {POKÉMON} subiu para o Nível XX.

Capturas:

- {POKÉMON} capturado.

Itens:

- Recebeu um {ITEM} de {NPC}. [+1 {ITEM}]


Progresso da Rota - Nicholas:
Pokémon Party:

Lv. 38


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Expertbelt

Cruella


108 / 108

     
Lv. 47


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Leftovers

Robb


128 / 128

     
Lv. 36


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Lightclay

Lamora


85 / 85



Lv. 43



Kvothe


108 / 108

     
Lv. 44


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Rockyhelmet

Haliax


119 / 119

     
Lv. 36


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Assaultvest

Kelsier


100 / 100




Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

- {POKÉMON} recebeu X EXP [XXX/XXX], X em {STATUS} e X de felicidade [Happiness: XX]. {POKÉMON} subiu para o Nível XX.

Capturas:

- {POKÉMON} capturado.

Itens:

- Recebeu um {ITEM} de {NPC}. [+1 {ITEM}]

Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
We Need to Talk About Pyre - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10We Need to Talk About Pyre - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Convidado em Ter Dez 24 2019, 12:52

Então foi isso. Winnie encontrou com Margo enquanto ela estava em uma missão Rocket. Mas por qual motivo elas falaram sobre mim? Droga Margo, você acabou revelando a nossa identidade. É claro que eu poderia negar que sou um Rocket e dizer que sabia que Margo é uma. Mas tenho certeza que a garota não iria acreditar nessa desculpa. Ela não disse nada, mas a forma como virou as costas para mim demonstrava suas suspeitas.

- Eu virei Rocket quando voltei para Kanto. – Comecei, ainda sem saber o que dizer. – Isso foi antes da Margo sair de Unova, ela veio depois. Com a inundação de Kanto eu perdi o contato com os Rocket, até imaginei que eles tivessem acabado. Descobri a pouco tempo que estão se organizando em Hoenn. – Eu estava sendo sincero, só não deixei claro que havia voltado. – Mas os Rocket não são cruéis ou quaisquer coisas que as pessoas dizem. Não sei como foi sua experiencia com a Margo, mas tenho certeza que não foi algo ruim.

Eu não sabia muito o que dizer. Não poderia defender tanto os Rocket, pois sei que algumas pessoas lá dentro são cruéis. Mas existe pessoas cruéis em todo lugar, elas não precisam ser Rocket para isso. – De qualquer forma mais algum tempo que não realizo alguma missão ou qualquer coisa do tipo. É por esse motivo que não tenho muito contato com a Margo ultimamente.
Convidado
Convidado



Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Victoria em Ter Dez 24 2019, 14:39


Minha resposta fora seguida de uma confissão inesperada. Ok, não havia motivo algum para Nicholas mentir para mim, ainda assim não esperava franqueza sobre sua identidade. Eu não era alguém que tinha (ou teve) problema com Rockets. Nunca tive contato com essa organização e nunca me foram um empecilho; muitos treinadores falam deles como uma problemática, mas nunca me fora uma questão. A única coisa que tinha quanto à organização era, em suma, preconceito. Sei que não têm objetivos tão nobres quanto os Rangers. Sei que são baderneiros e causam problemas. Sei que há muita problemática envolvida mas... há o que fazer? Talvez a Winnie de antigamente não entendesse isso, mas hoje não consigo enxergar Nicholas como um problema.

Havia aqui uma questão a se fortalecer: uma suspeita de que não conhecia meu principal parceiro. Houve um misto de confusão e alívio quando ouvi suas últimas orações. Se por um lado senti que podia confiar nele por ter enfim revelado a verdade, cogitei o tanto que podia ter me contado e não me contou. Dei de ombros: era uma expressão de fuga, não de "não-ligo para isso"; ainda assim fora bem expressivo e não sabia o que o rapaz pensaria.
- Porque entrou para os Rockets? - Era a única pergunta que importava. Nessa hora, toquei-lhe a mão e chamei-o para vir comigo. Um beep da PokeDex anunciava o fim do treino de Frey e eu precisava verificar meus pokemons - Se importa? - Indiquei que me acompanhasse.

Felizmente não precisei ir até Vaporeon. O aquático correu à mim e pulou em meu colo animado; feliz por mais uma conclusão de treino. Acolhi seus vinte quilos no braço pelo máximo que consegui e, ao fim dos cinco segundos de força, o deixei deslizar ao chão. Voltei a tocar a mão de Nicholas; agora com a palma muito mais molhada que antes. Deixei minha mão repousar na sua por um tempo, ao menos até caminhar até Hati. Queria que falasse comigo enquanto eu fazia aquilo. O ouviria; apenas lhe pedi uma certa pausa:
- Deixe só eu fazer algumas orientações e você me conta melhor isso - A mão do rapaz era gelada assim ou era apenas uma sensação que eu tinha?

Cheguei à Hati e adiantei o processo. Eu não economizaria tempo no treino mas também não o desperdiçaria; minha conversa era, em suma, o motivo de eu estar ali. Tyr era melhor que eu naquela tarefa: deixei que continuasse seu papel sem mais intromissões. Tudo que falei, ele havia falado antes; mas é claro que sim, Winnie! Ele não só sabe efetuar bem o golpe como também é muito mais acostumado com a "linguagem pokemon". Nesta hora eu apenas acariciei-os e agradeci pelo bom trabalho; trouxe do almoxarifado um segundo alvo e posicionei-o à frente de Hati:
- Ok, vamos tentar liberar isso agora - Fora minha única instrução. Dita quando Tyr dera o sinal de que a energia estava boa.

Deixei que a canina fizesse o golpe e fiquei ali observando-a a princípio. O caminho parecia percorrido e liberar-poder-especial nunca fora um problema à Houndoom. Faltava pouco para ensinar-lhe mais um golpe e, ai fim disso, a pokemon ficaria ainda mais forte. O problema de Hati sempre fora desleixo meu; era uma pokemon fortíssima e, ao mesmo tempo, não tinha uma "lista de movimentos" muito bem trabalhada. Ficou muito tempo contente com seu Shadow Ball e Dark Pulse mas nunca fora lá muito versátil. Agradeci pela oportunidade de treiná-la e, ao vê-la melhorar, assenti com a cabeça e fui ao próximo: Gliscor.

O ato do morcego me fizera rir, e como! Tapei a boca com as mãos e deixei que a risada saísse de forma singela, sem ofender-demais. Eu sabia que até certo ponto soaria invasiva ao rir mas não pude me conter! Vejam só: o morcego birrento tentava saltar numa espécie de brincadeira infantil. Precisei parar aquilo e observar; Baltoy até fizera o mesmo (infelizmente).
- Ai Jormun, você pode não gostar de mim mas eu te amo tanto - E mantive o riso, agora destampando a boca e revelando parte dos dentes - Venha cá, não precisa avançar e recuar assim, acho que a melhor forma de continuar sobre o ar é voar alto-demais antes de tentar efetuar o golpe, que tal? Não precisa ficar pulando, vá para o alto e caia assim. Já vai ter a barreira do vento para te ajudar a expelir muitos movimentos.

Toda e qualquer fala minha fora acompanhada de um balançar de cabeças. Eu estava confirmando minha própria fala e, ao olhar ao lado, toquei-me que Fafnir bisbilhotava até demais. O pokemon parecia dar pausas entre os movimentos e isso me causara dois sentimentos imediatos: empatia e preocupação. Era o terceiro movimento seguido (quarto, se cortarmos o Pyre) que ele aprendia. Isso era, sem dúvida alguma, um abuso da minha parte. Caminhei até o a-gender e posicionei-me como quem lhe faria um carinho na cabeça. Toquei o topo do mineral e tomei um pequeno choque de  temperatura: ele era gelado. Tirei da mochila uma Chesto Berry e dei-lhe:
- Para amenizar o cansaço e mandar embora o sono - Fora aqui que me arrisquei, dando-lhe um beijinho em sua testa, sendo extremamente maternal. Como todo o bom esquisito, Fafnir não recusava simbologias maternais - Agora tente de novo. É um golpe físico então não pense demais em materializar pedras. Você já é um mineral - falei um fato. Baltoy podia não ser um pokemon-rochoso mas era um pokemon-mineral. Seu grupo-de-ovo deixava isso claro.

E voltei a face a Nicholas. Aqui toquei-me do quão estranho era beijar Baltoy ou elogiar Gliscor ao seu lado; não liguei. Grande parte disso era um processo importante para amenizar o clima daquela conversa: eu não queria que fosse pesada como deveria ser.

_________________
We Need to Talk About Pyre - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
We Need to Talk About Pyre - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10We Need to Talk About Pyre - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Convidado em Ter Dez 24 2019, 15:35

Porque eu entrei para os Rocket? Essa com certeza era uma pergunta que eu nunca tinha respondido antes. Eu nunca parei para pensar exatamente nisso. - Eu não sei ao certo... O pai de Margo era cientista de uma organização similar em Unova, acho que o que ela me contou sobre eles me influenciou. – Seria apenas isso? – Além disso é uma forma diferente de conseguir dinheiro e ficar mais forte. Eles pagam muito bem pelas missões, mesmo que eu só tenha feito duas. – Ri ao dizer isso, eu não era exatamente um Rocket, certo? Só tinha feito duas missões. – Pra falar a verdade, eu já tive mais problemas com outros Rocket do que com pessoas de fora. Uma cara chamado Máxima tentou me matar em Kanto. Outro médico maluco abriu o meu abdômen e o da Margo. – Nesse momento levantei brevemente a camisa, mostrando a enorme cicatriz que percorria meu tórax.  Eu havia feito a cauterização sozinho, então não é a mais bonita das cicatrizes.

- Talvez seja por ter liberdade de poder fazer o que eu quiser e quando quiser, sem me prender a leis ou ao governo. – Dei de ombros, o fato de ser Rocket já me fazia um anarquista. Eu observava Winnie orientando seus Pokémon ao mesmo tempo em que segurava sua mão quente. Estava confuso e receoso; será que ela deixaria de ser... Eu nem ao menos sei qual é a nossa relação. Amigos? Não é apenas isso, pelo menos não para mim. Suspirei e criei coragem para emitir o que pensava. – Se você quiser se afastar de mim por isso eu vou entender.
Convidado
Convidado



Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Victoria em Ter Dez 24 2019, 15:50


Nenhuma fala bastou. Aquilo realmente não era uma resposta: entrara numa máfia por pura e simplesmente curiosidade? Há bem como ficar forte e rico sem isso. Na verdade; as pessoas mais ricas e fortes do mundo, não se submetem a hierarquia. Eu tinha certeza que Nicholas sabia disso. Não é uma "startup"; não é um crescimento vertical, não há respeito. Seu diálogo era simplesmente contraditório e aqui ficou a questão: ele só não sabia o que responder ou preferia não fazer?! A naturalidade com que dissera sobre suas quase mortes me tocaram como um soco e larguei sua mão por alguns instantes.

Ele realmente acreditava naquilo que dizia? Seu discurso não fazia sentido algum. Um espírito Anarquista eu entendo; mas o desejo por poder de Nicholas era muito mais egóico que puramente "fim-do-poder". Ele não parecia ser uma pessoa que desejava o fim do poderio governamental em sua vida; parecia querer controlá-lo. Caso contrário, não pensaria nos Rockets como um empresa jovem de crescimento interno. Seria Nicholas um... anarco-capitalista? Argh. Balancei a cabeça num enjoo simples; pare de pensar demais, Winnie, ele só entrou e pronto. Na verdade, grande parte da vida de um treinador é assim: você só entra e pronto. Parece até que alguém controla nossas vontades; a gente só aceita algumas coisas. Além disso, pare de pensar em Nico como um empresário folgado; ele nem sequer tem patrimônio para isso. Dei de ombros: era essa minha única expressão válida. Toquei novamente sua mão e lhe disse com sinceridade:

- Eu já inscrevi a gente... né - Falei. Era uma confirmação de um contrato; aqui era o ponto chave do assunto. Ele também desistiria de mim? Acredito que não; dessa vez não dei-lhe motivo algum - Eu não vejo problemas com isso... vejo que você parece ter muito mais problemas que eu - Ao falar, inclinei-me para frente e soltei sua mão por definitivo, apontando para seu abdomen transfigurado - Se você acha que ganha algo estando nos Rockets, não vou me meter. Só me parece que é muito mais prejudicial do que positivo. Não tenho problemas com você ser masoquista, de verdade - Caçoei; ainda que risse dele, era uma opinião verdadeira.

A estranheza do discurso de Nicholas: ele soara como um "noob" no clã. Um treinador tão forte... acha mesmo que precisa disso?! Bem; em caso de família (acho que posso nomear Margo assim) a gente não se mete muito.

_________________
We Need to Talk About Pyre - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
We Need to Talk About Pyre - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10We Need to Talk About Pyre - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Convidado em Ter Dez 24 2019, 16:05

Winnie não pareceu muito convencida com minha resposta. Pra falar a verdade, eu muito menos. É claro que eu não disse nada sobre meu desejo de crescer dentro da organização e um dia virá um dos seus líderes, mas acho que isso estava implícito. – Eu tenho que confirmar minha inscrição também, certo? – Inquiri me lembrando da Battle Tower, por um momento esqueci por qual motivo estávamos na cidade. – Se é um evento de batalhas, precisamos combinar estratégias. Vejo que você já está treinando, eu preciso começar a fazer isso também.

Então o Zapdos me veio a mente. Eu ainda não tinha testado o item que ele dropou. Talvez fosse um bom momento. Mas antes disso gostaria de saber o que aconteceu com Winnie. – Como foi no Mt. Pyre? Você chegou a entrar e lutar com o Zapdos?
Convidado
Convidado



Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Victoria em Ter Dez 24 2019, 16:14


Joguei meus CDs à Nicholas num ato simples, como quem dizia "pode começar também" sem dizer absolutamente uma palavra. Nesta hora eu queria também a bolsa dele; havia dois ou três TMs que poderia usar. Ele estava certo: poderíamos combinar estratégias.
- Depois desse treino, vamos dar uma volta para ver se encontramos alguma coisa. Eu queria evoluir Fafnir também, ele não parece muito longe disso - Admiti, tentando falar baixo para não ser ouvida pelo minério.

Ao fim, retomei a mochila rente as costas e procurei um banco na sombra, virado contrário ao por do sol; não desejava vê-lo, já passei por aquela cena milhares de vezes e, até onde sei, não há belo pôr-do-sol em Mu. Ouvi a direteza de Nicholas com um pouco de aflição: tanto tempo se passou e eu ainda não me acostumara com aquilo. Engoli a seco e, provando que o ato anterior fora inútil, trouxe ao colo minha mochila. Tirei a bola-de-gude de lá:
- Parece a sua né... - Inaugurei a conversa; ainda que fosse só retórica - Eu derrotei ele... eu acho. Não sei, é confuso. Não acho que lendários possam ser derrotados assim. Eu ganhei alguns turnos... serve? - Falei devagar; muitas pausas entre as palavras - Também não sei ao certo se era verdade. Minha única prova de que estive lá é essa pedra, uma pelúcia e um novo Z-Move que ganhei - E ao fim disso, me toquei; eram muitas provas - Não sei... parece um sonho... mas se me perguntou isso, imagino que sonhou o mesmo, né?

_________________
We Need to Talk About Pyre - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
We Need to Talk About Pyre - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10We Need to Talk About Pyre - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Convidado em Ter Dez 24 2019, 16:35

Ao pegar os CD’s de Winnie primeiro libertei Infernape, Jolteon, Alakazam e Tentacruel. Também retirei meus próprios CD’s e parei para pesar um pouco nas mudanças que faria. Como era um evento sem troca, movimentos como U-Turn e Volt Switch seriam inúteis. – Eu preciso de Energy Ball. Podemos procurar uma loja de TM’s depois, vai ser melhor se tiver de uso único. – Então devolvi os TM’s dela e entreguei também os meus para que usasse. – Eu comprei Sunny Day e Rock Slide na base Rocket. – Informei com um sorriso ladino.  

Fiquei surpreso ao ver a mega stone que Winnie segurava. Então ela não apenas havia lutado com o Zapdos como também o derrotou. – Isso é incrível, eu também lutei com ele. E ganhei tudo que você disse, exceto a Mega Stone. – Então tirei a Key Stone da bolsa. – Acho que é uma Key Stone, se eu equipar ela junto com minha Alakazite o Alakazam deve mega evoluir. Mas eu ainda não testei.



Infernape: Earthquake > U-Turn
Jolteon: Protect > Volt Switch
Alakazam: Dazzling Gleam e Psychic > Teleport e Psyshock
Tentacruel: Scald e Giga Drain > Surf e Reflect Type
Convidado
Convidado



Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Victoria em Ter Dez 24 2019, 16:52


- Meu deus você não sabe o quanto eu queria esse Roost. Eu vi no catálogo da Circulus mas não tinha ido pegar até agora - Fora com essas palavras que peguei alguns dos TMs de Nicholas - Vou usá-lo, ok?! - Dei um pequeno piscar de olhos; uma postura muito mais amigável à que pidona. Eu sabia que a resposta seria sim, Nicholas nem sequer tinha pokemon para utilizar o golpe.

Liberei Balder e juntei-o ao grupo: o aquático voltaria a treinar e eu alteraria o treino de Jormungand, para a felicidade dele. Dei uma pausa em todos; mostrei-lhe alguns TMs novos e pedi desculpas ao Morcego, por interromper seu treino mais uma vez:
- Jormun, esqueça o Protect. No lugar dele vamos aprender Roost - E dei-lhe o Toxic Orb como recompensa; ele amava aquele item e, mais que isso, amava-o segurar - Com isso aqui você consegue se curar, certo? Roost é como se fosse um acúmulo desse poder de cura. Só que ao invés de usar o podere do veneno, você consegue usar seu poder de voo. Vamos começar tentando um Poison Heal mais delongado. Aqui você não precisa se preocupar com o "tempo entre turnos" - fiz as aspas com as mãos - Pode levar o tempo que precisar.

Minha esperança era que, com Jormun treinando Roost, eu me irritasse menos: ao menos era um golpe do mesmo tipo do pokemon. Além disso, certamente ele gostaria mais de lidar com algo comum para si (cura) à que proteções e posições defensivas. Sei que uma mudança abrupta podia ser problemática, mas o morcego apático não parecia ligar para meu temperamento ansioso. Dito isso, fui à Balder:
- Você vai aprender Rock Slide. É o seguinte, você já sabe Ice Punch então consegue manipular bem a temperatura de seu punho. Quero que resfrie e pare, várias vezes, os sedimentos de terra. Tentando criar pedregulhos, que tal? Quando maiores, mais fácil de os fazer rolar com a ajuda da força do peso - Expliquei.

TMs:
Gliscor: Roost no lugar de Protect (que ele está aprendendo) e Rock Slide no lugar de X-Scissoor.
Balder: Rock Slide no lugar de Brick Break
Houndoom: Sunny Day no lugar de Dark Pulse
Fafnir: Explosion no lugar de Self Destruction

_________________
We Need to Talk About Pyre - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
We Need to Talk About Pyre - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10We Need to Talk About Pyre - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Convidado em Ter Dez 24 2019, 17:29

- Pode usar. – Respondi com um sorriso. – Eu vi de bobeira na base e peguei. Winnie então se concentrou em seu treinamento e eu faria o mesmo. Resolvi também liberar Steelix e Ferrothorn, eles não iriam treinar TM’s, por outro lado poderiam aumentar seus stats.

- Vocês dois, vão treinar ataque físico. – Peguei o Rock Helmet que estava com Haliax e entreguei para o Kelsier. Já o Assault Vest eu guardei em minha mochila. Então desenhei um círculo em volta de ambos, não era muito grande. – É simples, o objetivo é tirar o outro do circulo com uma cabeçada. – Nesse momento me perguntei se Ferrothorn possuía uma cabeça ou ele todo é uma cabeça? – O bônus é que a cada ataque vocês também perderam vida, então se não conseguirem tirar o outro rápido, vão acabar desmaiando. Haliax, o Steelix é gigante, contudo seu ataque é maior e você pode se fixar no chão. Pode começar.

- Robb, você já conhece esse movimento já que muitos adversários usaram contra. Você vai criar um terremoto ao atingir um ponto especifico do solo com muita força. Você pode começar como se estivesse usando Close Combat contra o solo, contudo com menos força.

- Kvothe, já você vai aprender Protect. Como o nome do movimento diz, você cria uma proteção à sua volta. Tente acumular energia, mesmo que elétrica, ao seu redor. Você tem que criar uma barreira que cubra todo seu corpo para evitar qualquer ataque.

- Cruella, vamos começar com algo simples. Vamos trocar seu Surf pelo Scald. A diferença que o Scald é um movimento concentrado em um único alvo e você primeiro vai fazer com que a água gerada fique quente. Você precisa fazer o processo contrário do Ice Beam.


- Lamora, antes de iniciar seu treinamento, vamos testar isso aqui. – Entreguei a Alakazite para o psíquico e então equipei a Key Stone em meu Z-Ring. - Abre-te sésamo, mega evolua!
Convidado
Convidado



Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Luch em Ter Dez 24 2019, 21:50



Tempestuoso Treinamento

A chegada de Nicholas parecia ter gerado uma revolução na vida de Winnie, que antes tinha um treinamento razoavelmente tranquilo e controlado, mas agora também era preenchida de dúvidas, questionamentos e suposições bastante incômodas. Essas sensações quase a desviaram de seu objetivo com o treinamento, algo que felizmente ela conseguiu contornar, fazendo o agora revelado Rocket segui-la enquanto terminava de orientar seus companheiros e companheiras no domínio de suas técnicas.

Hati era quem terminava mais um treinamento nesse instante, com seu corpo todo envolvido por uma energia solar que deixava sua pelagem completamente dourada. Um efeito realmente belo de se observar, mas que poderia começar a causar problemas para a Canídea se não fosse disparado. Sendo assim, Winnie trouxe um alvo novo e colocou de frente para a Pokémon, a uma distância considerável e deu o aval para que ela liberasse tudo. Como um líquido escoando, a energia foi sendo transferida pelo corpo da Hondoom até ser lançado pela sua boca, como um raio solar concentrado, que simplesmente arrebentou com o alvo, demonstrando o domínio total da técnica

Jormungand: Roost:

Gliscor foi surpreendido pela risada de Winnie e também pela troca de técnicas a serem aprendidas. Ele certamente ficou um tanto confuso com as mudanças, mas já não estava muito disposto a reclamar... Aceitou de bom grado o que a treinadora lhe ofereceu, sejam as palavras ou o carinho e resolveu focar-se no movimento, além do mais era uma técnica de descanso e isso ele ficaria até feliz de fazer. Fechando suas asas e tocando o solo, o Pokémon repousou e fechou seus olhos, tentando concentrar-se na recuperação de energia.

Fafnir: Smack Down:

Continuando o treinamento de Fafnir, Winnie notou que seu Pokémon estava cansado e perdendo energias por conta do ritmo constante e puxado. Sendo assim, lhe ofereceu uma Chesto Berry que serviu para lhe deixar mais atento e pronto para ouvir as dicas de treinamento. A treinadora também lhe disse para não focar em materializar rochas, já que ele já era um Pokémon Mineral. Baltoy concordou e começou a solidificar seu corpo arenoso para tornar-se rígido como rocha. Em partes ele obteve sucesso, mas se tornou pesado demais para saltar na direção do alvo e golpeá-lo com essa "pedrara". Precisava trabalhar nisso...

Balder: Rock Slide:

Balder também tinha que dominar uma Técnica de Pedra, mas não era familiarizado com esse tipo, portanto Winnie começou o treinamento lhe pedindo para trabalhar com o Ice Punch, mas de uma forma que o gelo formado se tornasse mais rígido como pedra. Apesar de confuso, Balder cocordou em tentar e preparou um soco, girando o punho até congelá-lo. O resultado era uma pedra de gelo cada vez maior ao redor da mão do Pokémon, que se espatifou antes mesmo de ter chance de tornar-se forte o bastante. Estaria Balder entendendo errado ou era necessário realmente seguir por outro caminho?

Robb: Earthquake:

Nicholas também quis iniciar seu treinamento, algo que seria incrivelmente necessário para as batalhas do Torneio que se iniciaria em breve naquela mesma cidade. Sendo assim, ao seu fiel companheiro Infernape, o treinador ensinou o poderoso golpe Terremoto, que seria de grande ajuda contra alguns tipos específicos de Pokémon, além de já ter sido muito utilizado contra a própria criatura algumas muitas vezes. Para começar, Nicholas solicitou que o Pokémon acertasse o chão com força, o que prontamente foi feito pelo Infernape. Contudo, nada aconteceu de fato, além do poder do impacto local. Era necessário controlar primeiro o nível do poder.

Kvothe: Protect:

Outro que talvez tivesse um longo treinamento pela frente era Kvothe. O Jolteon ainda não tinha muita afinidade com a técnica, principalmente por não ser do seu tipo e também por não ser o maior defensor dentre os Pokémon de Nicholas, preferindo focar-se no ataque. De todo modo, ele estava disposto a tentar e ouviu seu treinador, utilizando sua própria eletricidade para formar uma barreira ao redor de si. Contudo, não era uma barreira muito boa, tendo bastante pontos de ruptura, além de cessar muito rápido. Parecia ser difícil ao Pokémon manter a eletricidade no ar sem estar percorrendo algum corpo físico para manter o fluxo de elétrons.

Cruella: Scald:

Produzir uma técnica de água não era tão difícil para Cruella. Era evidente que neste caso, o mais difícil era controlar a temperatura do movimento. Scald utilizava água em uma altíssima temperatura. Temperatura esta muito diferente da corporal da Tentacruel ou do habitat em que ela costumava viver. Seria certamente necessário fazer com que ela descobrisse o seu próprio corpo e como ativar algo que está lá, mas ela não sabe como ainda. Como fazer isso? Sendo criativo certamente... Talvez algum outro Pokémon de Nicholas pudesse ajudá-la....

Haliax e Kelsier: Attack Stat:

Esses dois tinham um treinamento completamente diferente... Os Pokémon precisavam potencializar suas capacidades ofensivas e certamente, nada melhor do que enfrentarem um ao outro, verdadeiras muralhas metálicas. Seria necessário realmente muito esforço e dedicação para que conseguissem superar as defesas. Para tal, Nicholas propôs um desafio divertido. Os dois lutariam uma espécie de Sumô. Havia um círculo no chão e eles teriam que usar apenas a força física bruta para arrastar o outro para fora do círculo, ao mesmo tempo que usavam tudo de si para manter-se dentro dele. Um conflito difícil, mas que parecia ter inspirado a competitividade dos dois. Assim que o Rocket os liberou para tal, os dois Pokémon avançaram um contra o outro. Ferrothorn mantinha alguns tentáculos agarrados ao chão, enquanto tentava enrolar os outros na cabeça de Steelix para girá-lo e lançá-lo para fora do campo, enquanto isso, Steelix puxava seu corpo para trás, serpenteando-o para arrastar Ferrothron para fora do círculo. Por enquanto, parecia um empate.

Por fim havia Alakazam. O Pokémon era um companheiro de longa data de seu treinador, assim como Infernape. Entretanto, diferente do inicial, Nicholas havia descoberto uma forma de levá-lo além dos seus limites físicos e mentais. A chamada... MEGA EVOLUÇÃO. Mas não só isso! O rapaz também tinha as ferramentas para tal e estava sedento por testar pela primeira vez o efeito prático daquilo em seu próprio companheiro. Para tal, o treinador preparou tudo e vociferou para o Alakazam uma ordem, como se fosse... fácil. Contudo, nada ocorreu... Talvez a Mega Evolução não fosse umc comando de batalha e sim uma ligação mais forte entre os dois. Agora, como melhorar isso?

Treinamento TM Light Screen - Baltoy: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Light Screen - Meganium: 4/ 6 4 (Concluído!)
Treinamento TM Protect - Furfrou: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Protect - Poliwrath: 6/6 (Concluído!)
Treinamento TM Will-O-Wisp - Houndoom: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Brick Break - Gliscor: 8/8 (Concluído!)
Treinamento TM Toxic - Meganium: 2/2 (Concluído!)
Treinamento TM Rain Dance - Vaporeon: 6/6 (Concluído!)
Treinamento TM Solarbeam - Houndoom: 8/8 (Concluído!)
Treinamento TM Psychic - Baltoy: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Protect - Gliscor: 4/8
Treinamento TM Smack Down - Baltoy: 4/8
Treinamento TM Roost - Gliscor: 2/6
Treinamento TM Rock Slide - Poliwrath: 2/8


Treinamento Attack - Ferrothorn: 2/16
Treinamento Attack - Steelix: 2/16
Treinamento TM Earthquake - Infernape: 2/8
Treinamento TM Protect - Jolteon: 2/8
Treinamento TM Scald - Tentacruel: 2/6


Resultado do Treinamento escreveu:

>> Hati recebeu 684 EXP e +1 ponto de felicidade!


Progresso da Rota - Winnie:
Pokémon Party:

Lv. 31


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Eviolite

Fafnir


52 / 65

     
Lv. 39


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Heatrock

Tyr


111 / 111

     
Lv. 31



Hati


87 / 87



Lv. 34



Jormungand


95 / 95

     
Lv. 31



Balder


96 / 96

     
Lv. 27


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Nevermeltice

Frey


107 / 107




Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

- Fafnir recebeu 684 EXP [5102/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 37].
- Tyr recebeu 909 EXP [09012/14592].
- Hati recebeu 684 EXP [1713/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 67].
- Vili recebeu 741 EXP [3219/8393] e +1 de felicidade [Happiness: 51].
- Balder recebeu 684 EXP [2397/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 71].
- Jormungand recebeu 769 EXP [3355/9484] e +1 de felicidade [Happiness: 38].
- Fafnir recebeu 684 EXP [5786/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 77].
- Frey recebeu 572 EXP [1799/4031] e +1 de felicidade [Happiness: 61].
- Hati recebeu 684 EXP [2397/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 68].
- {POKÉMON} recebeu X EXP [XXX/XXX], X em {STATUS} e X de felicidade [Happiness: XX]. {POKÉMON} subiu para o Nível XX.

Capturas:

- {POKÉMON} capturado.

Itens:

- Ofertou uma Chesto Berry para Fanfir. [-1 Chesto Berry (2 restantes)]


Progresso da Rota - Nicholas:
Pokémon Party:

Lv. 38


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Expertbelt

Cruella


108 / 108

     
Lv. 47


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Leftovers

Robb


128 / 128

     
Lv. 36


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Lightclay

Lamora


85 / 85



Lv. 43



Kvothe


108 / 108

     
Lv. 44


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Rockyhelmet

Haliax


119 / 119

     
Lv. 36


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Assaultvest

Kelsier


100 / 100




Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

- {POKÉMON} recebeu X EXP [XXX/XXX], X em {STATUS} e X de felicidade [Happiness: XX]. {POKÉMON} subiu para o Nível XX.

Capturas:

- {POKÉMON} capturado.

Itens:

- Recebeu um {ITEM} de {NPC}. [+1 {ITEM}]

Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
We Need to Talk About Pyre - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10We Need to Talk About Pyre - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Victoria em Qui Dez 26 2019, 19:19


Muita coisa acontecera mas, até então, o imprescindível fora a falha de Nicholas. Admito: segurei o riso. Fora difícil conte-lo; soava um pouco patético vê-lo falhar assim. Era óbvio que uma mega-evolução não era simples, porém nunca havia uma falhar assim. O que acontecera? Ah; não sei. É melhor eu não ficar por perto, se ficasse, meu riso frouxo sairia e eu magoaria alguém. Dei de ombros e contornei meus pokemons, voltando ao 'toma-lá-da-cá" de antes. Focando inicialmente (e mais uma vez) em Hati:

- Ótimo, você foi perfeita. Agora só falta o Sunny Day e você está de férias - Inspirei; nos dois sentidos. Trouxe  o ar para dentro e tentei dar esperança à canina - Sei que é um caminho contrário, a maioria faz Sunny Day antes mas... não tinha o CD. Desculpa!! Mas pelo menos você já sabe coletar energia solar, então meio caminho andado deve ter - Ao anunciar, trouxe uma das mãos ao queixo, numa espécie de estereótipo pensativo - Agora precisamos projetar no terreno. Me mostre o que consegue fazer até então? Acho que, diferente do Solar Beam, você não precisa concentrar o poder em um feixe.

Fora ao dizer isso que encarei Tyr; dessa vez ele poderia ajudar melhor. Deixei que os dois se entendesse e pedir para Meganium "corrigir" as gafes. Ao fazer isso, iria à Jormungand, o mais lerdo do rolê:
- Ei Jormun - Disse, batendo palmas - Não confunda Roost com Rest. Sei que são parecidos mas nada de dormir! Você vai des-can-sar - Disse, pontuando cada sílaba com um apontar de dedos. Provavelmente minha súplica mais atrapalhara do que ajudara mas há também uma miss-comunicação entre pokemon e treinador as vezes - Pense num ninho; se aconchegue sobre uma moita daquelas, próximas à que Hati queimou - E apontei - Tentei descansar suas asas depois de um longo tempo de voo.

E guie-o para próximo do alvo anterior. Era ali minha deixa para ir à Balder e Fafnir, que por algum motivo estavam próximos. Talvez pela afinidade do tipo rochoso do golpe. Interesses comuns movem fronteiras geográficas... eu acho.
- Balder, você precisa por sedimento nisso ai. Se não vai ser um Ice Ball ou alguma coisa do tipo. Lembra de usar os elementos a sua volta, principalmente areia. É para resfriar a areia, não criar gelo!! - Expliquei; era estranho o lutador não ter percebido isso antes - Se achar isso difícil, use suas mãos para quebrar o solo e criar sedimentos. Que tal? - E fui respondida com um aval. Ao menos fora isso que entendi.

Virei-me cento e oitenta graus, dando de cara com Fafnir e seu erro. O golpe estava arquitetado; a dificuldade era apenas técnica. Isso me dar um orgulho por si só: chamei-o para perto e lhe aconselhei:
- Vamos tentar solidificar quando já estiver alto o suficiente. Se precisar de tempo, suba mais. Assim você não precisa de muito esforço para sair do chão.

_________________
We Need to Talk About Pyre - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
We Need to Talk About Pyre - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10We Need to Talk About Pyre - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Convidado em Qui Dez 26 2019, 19:29

E nada aconteceu. Eu e Alakazam ficamos nos encarando sem saber o que fazer. Eu havia visto a atriz do teatro fazer a Mega Evolução com sua Gardevoir e pareceu algo bastante fácil. Suspirei, antes de tentar de novo iria passar os comandos para os outros.

- Robb, você está usando muita força. Concentre-se em um único pequeno ponto do solo. Ao atingir esse ponto com a força necessária, vai criar o abalo sísmico que vai se estender por todo o local.
Já Tentacruel parecia ter dificuldade em mudar e temperatura da água para algo quente. – Cruella, você deve fazer o enfeito contrário do Ice Beam. Quando você usa Ice Beam você contrai as moléculas da água, ao usar Scald você precisa agitá-las. Tente mais uma vez.

- Kvothe, vamos tentar sem usar eletricidade. Use apenas a energia do seu corpo para criar a barreira, concentre-se em cobrir todo seu corpo inicialmente, não se preocupe com o tempo.

- Haliax e Kelsier! Isso é tudo que vocês têm? Se eu colocar Infernape na roda ele consegue tirar os dois ao mesmo tempo. Vamos lá, eu darei um prêmio para quem vencer mais vezes! – Depois de avaliar o progresso de todos, poderia tentar mais uma vez a mega evolução.

Aproximei-me de Alakazam, enquanto o encarava. – Será que isso só funciona em batalha? Precisamos descobrir antes de tentar de verdade. – Lembrei que ao segurar a Key Stone pela primeira vez, senti uma forte conexão com o Alakazam. Talvez fosse isso? Toquei a Key Stone novamente, na tentativa de sentir algo. – Acho que isso não é diferente da Z-Stone, precisamos e estar conectados antes de conseguir pela primeira vez. Mas eu tenho certeza que já temos esse vínculo. Afinal você está comigo desde o começo, quando era apenas um pequeno Abra. Não apenas em batalhas, você sempre é útil para nos teleportar e como conselheiro quando precisamos tomar uma decisão importante. Sei que não é tão focado em batalhas como Infernape, mas só você tem a capacidade de ultrapassar seus limites e ficar mais forte. Até mesmo mais forte do que ele.
Convidado
Convidado



Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Luch em Sex Dez 27 2019, 00:51



Tempestuoso Treinamento

Hati: Sunny Day:

Sunny Day era um movimento razoavelmente fácil para a Houndoom. Primeiro, por ser do mesmo tipo que a Canídea, em segundo lugar, por ter visto vários dos seus companheiros utilizarem o movimento. E por último, por estar familiarizado com a energia solar. Sendo assim, a Pokémon repetiu os mesmos passos do treinamento anterior, fechou seus olhos e deixou aquela energia se formar, de forma bem mais gradual do que a anterior porque não adiantaria absorver a luz do Sol para produzir Sol. Dessa vez tinha que buscar dentro de si a energia que já lhe fazia parte para converter em um calor do Sol. Em breve a Pokémon conseguiria dominar a técnica, restava apenas tempo para isso...

Jormungand: Roost:

O Gliscor já estava quase cochilando quando levou um puxão de orelha de sua treinadora. Não deveria cochilar, apenas descansar rapidamente no solo antes de voltar ao combate. Sendo assim, o Pokémon tratou de manter-se desperto, mas esbarrava em um outro breve problema. Ele não conseguia relaxar se não fosse tentando dormir. Manter-se acordado o deixava inquieto e o Pokémon sempre deixava o solo por alguns segundos, tentando arrumar a posição por não estar totalmente confortável e estragando o progresso. Se ele conseguisse se acalmar de verdade, a técnica estaria dominada.

Fafnir: Smack Down:

Faltava muito pouco para que Fafnir dominasse aquele técnica. Sendo assim, as dicas de Winnie foram valiosas para o esforço final. O Pokémon repassou o que ouviu e decidiu aplicar na prática. Utilizando sue corpo em formato de "pião", o Pokémon saltou novamente na direção de um alvo imaginário, mas dessa vez deixou para solidificar seu corpo quando estava apenas no ar, na altura desejada. Ele torno-se realmente pesado e começou a cair, mas na trajetória parabólica ideal, em direção ao ponto que gostaria. Estava tudo muito bem construído, a única coisa que restava era aplicar a força necessária e ele poderia usar a ideia de descer com a gravidade na direção do alvo para ganhar velocidade e potência.

Balder: Rock Slide:

Claramente Balder estava indo na direção errada, produzindo um movimento de gelo ao invés de um golpe de Pedra. Entretanto, foi necessário que a treinadora o atentasse disso para que ele começasse a corrigir o problema. Dessa vez, segundo as dicas recebidas, ele passou a usar seus punhos para arrancar na marra os fragmentos de pedra, terra e areia do solo, congelando-os parcialmente na mão e lançando. Contudo, ainda não havia coesão total entre os pedaços e uma chuva de terra e gelo caia sobre um hipotético alvo.

Robb: Earthquake:

Infernape era realmente muito poderoso e ficava fácil descontrolar-se positivamente, aplicando mais força do que era necessário. Talvez fosse por isso que o Pokémon, mesmo dando tudo de si, não tenha conseguido o dano que gostaria. Nicholas então pediu que concentrasse o poder em um único ponto e a criatura realmente o fez, mas mesmo indo com menos força, apenas por ter sido um golpe pontual, houve um furo no chão rígido, afundando o pé do Pokémon. Era necessário trabalhar a técnica.

Kvothe: Protect:

Kvothe não havia se saído tão bem ao utilizar a energia elétrica para proteger-se, então Nicholas pediu que o Pokémon utilizasse apenas o poder interno para tal, mesmo que demorasse bastante tempo para tal. Sendo assim, o Pokémon fechou seus olhos e concentrou-se. Entretanto, nada ainda havia acontecido. Realmente, deste modo, seria necessário muito tempo para obter resultados...

Cruella: Scald:

Nicholas tratou de reforçar a diferença entre Ice Beam e o Scald, informando que no segundo caso era necessário agitar ao máximo as moléculas de água. Quanto mais agitada, maior energia e calor. Sendo assim, a Pokémon começou a tentar executar o ordenado. Ela fez com que água se movimentasse em seu interior e tentou lançar ela em um jato. Era notável um aumento de temperatura, mas não era o suficiente. Havia mais turbidez, ou seja, movimento macro do que movimento molecular.

Haliax e Kelsier: Attack Stat:

Nicholas pressionava os dois competidores, inclusive comparando-os à Robb, o que pareceu despertar um leve incômodo nas criaturas. Mais em Kelsier do que em Jaliax talvez, porque Steelix - num ímpeto inesperado - ergueu Ferrothorn do chão e o rodopiou no ar. Se o Pokémon não fosse tão "grudento", teria sido lançado longe. Com um jogo de vinhas contudo, ele foi capaz de apoiar-se em Kelsier e amparar-se no solo mais ma vez, só que bem próximo de cair para fora do ringue.

Mais uma vez houve o contato entre treinador e Pokémon. Nicholas e Alakazam buscavam uma forma de ativar a Mega Evolução, mesmo que momentaneamente. Ele já havia visto Sabrina utilizar o mesmo fenômeno com sua Gardevoir e sabia que era possível. Bastava ter uma forte ligação, algo que realmente possuía com Lamora. Sendo assim, ele tocou mais uma vez o Key Stone e sentiu o vínculo com Alakazam percorrer seu corpo. Os dois concentraram-se e pareciam mais relaxados, com uma certa sincronia de respirações. Surpreendentemente então, uma esfera de energia envolveu o Pokémon, de forma rodopiante, como um tufão. Esta energia pareceu se solidificar e achar, como uma casca de ovo, revelando uma nova forma para o companheiro de Nicholas. Era o Mega Alakazam!

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Alakazam-mega

Treinamento TM Light Screen - Baltoy: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Light Screen - Meganium: 4/ 6 4 (Concluído!)
Treinamento TM Protect - Furfrou: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Protect - Poliwrath: 6/6 (Concluído!)
Treinamento TM Will-O-Wisp - Houndoom: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Brick Break - Gliscor: 8/8 (Concluído!)
Treinamento TM Toxic - Meganium: 2/2 (Concluído!)
Treinamento TM Rain Dance - Vaporeon: 6/6 (Concluído!)
Treinamento TM Solarbeam - Houndoom: 8/8 (Concluído!)
Treinamento TM Psychic - Baltoy: 4/4 (Concluído!)
Treinamento TM Protect - Gliscor: 4/8
Treinamento TM Smack Down - Baltoy: 6/8
Treinamento TM Roost - Gliscor: 4/6
Treinamento TM Rock Slide - Poliwrath: 4/8
Treinamento TM Sunny Day - Houndoom: 2/4


Treinamento Attack - Ferrothorn: 4/16
Treinamento Attack - Steelix: 4/16
Treinamento TM Earthquake - Infernape: 4/8
Treinamento TM Protect - Jolteon: 4/8
Treinamento TM Scald - Tentacruel: 4/6


Progresso da Rota - Winnie:
Pokémon Party:

Lv. 31


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Eviolite

Fafnir


52 / 65

     
Lv. 39


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Heatrock

Tyr


111 / 111

     
Lv. 31



Hati


87 / 87



Lv. 34



Jormungand


95 / 95

     
Lv. 31



Balder


96 / 96

     
Lv. 27


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Nevermeltice

Frey


107 / 107




Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

- Fafnir recebeu 684 EXP [5102/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 37].
- Tyr recebeu 909 EXP [09012/14592].
- Hati recebeu 684 EXP [1713/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 67].
- Vili recebeu 741 EXP [3219/8393] e +1 de felicidade [Happiness: 51].
- Balder recebeu 684 EXP [2397/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 71].
- Jormungand recebeu 769 EXP [3355/9484] e +1 de felicidade [Happiness: 38].
- Fafnir recebeu 684 EXP [5786/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 77].
- Frey recebeu 572 EXP [1799/4031] e +1 de felicidade [Happiness: 61].
- Hati recebeu 684 EXP [2397/6573] e +1 de felicidade [Happiness: 68].
- {POKÉMON} recebeu X EXP [XXX/XXX], X em {STATUS} e X de felicidade [Happiness: XX]. {POKÉMON} subiu para o Nível XX.

Capturas:

- {POKÉMON} capturado.

Itens:

- Ofertou uma Chesto Berry para Fanfir. [-1 Chesto Berry (2 restantes)]


Progresso da Rota - Nicholas:
Pokémon Party:

Lv. 38


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Expertbelt

Cruella


108 / 108

     
Lv. 47


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Leftovers

Robb


128 / 128

     
Lv. 36


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Lightclay

Lamora


85 / 85



Lv. 43



Kvothe


108 / 108

     
Lv. 44


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Rockyhelmet

Haliax


119 / 119

     
Lv. 36


We Need to Talk About Pyre - Página 2 Assaultvest

Kelsier


100 / 100




Ganho de Experiência, Felicidade e Stats:

- {POKÉMON} recebeu X EXP [XXX/XXX], X em {STATUS} e X de felicidade [Happiness: XX]. {POKÉMON} subiu para o Nível XX.

Capturas:

- {POKÉMON} capturado.

Itens:

- Recebeu um {ITEM} de {NPC}. [+1 {ITEM}]

Luch
Luch
Administrador Bronzeado

Administrador Bronzeado

Alertas :
We Need to Talk About Pyre - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10We Need to Talk About Pyre - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Convidado em Sex Dez 27 2019, 13:39

Robb parecia conseguir controlar sua força, contudo ainda não era o suficiente para criar o terremoto. – Infernape, a força aplicada parece ok. – Talvez ele precisasse de uma demonstração didática. – Kelsier, use Earthquake o mais devagar possível e mostre ao Robb como se faz.

A troca da energia elétrica para a natural para criar o Protect foi de certa forma uma regressão no treinamento de Jolteon. Já que agora ele tinha dificuldades para criar a energia. – Kvothe, tente mesclar os dois. Sua energia elétrica com sua energia interna. Fazendo com que a eletricidade percorra pela outra.

- Cruella, você tá indo muito bem! Mas concentre-se em inicialmente mudar a temperatura da água. Só a lance quando você mesmo não conseguir mais aguentar, entendeu? Você precisa se concentrar mais pra ter total domínio sobre a água que cria.

Citar Infernape no pequeno treino de Steelix e Ferrothorn pareceu ter o efeito que eu esperava. Kelsier ficou um pouco mais agressivo, enquanto Ferrothorn permaneceu na defensiva. – Vamos lá, Haliax. Revide! Não esqueça que você é mais forte do que o Steelix! Use Curse para aumentar sua força!

Um imenso sorriso tomou conta de meu rosto ao ver a nova forma de Alakaza. Ele estava bastante diferente tanto na aparência quanto em sua “presença”. – Muito bem, nós conseguimos. Agora você é o meu Pokémon mais poderoso. – Se Winnie não tivesse ocupada, pediria uma batalha para testar o seu poder. – Depois testaremos seu poder em uma batalha. Por hora vamos treinar algumas técnicas, depois do treino terei um presente pra você. Pode permanecer nessa forma ou voltar para sua original. – Esperei que ele tomasse uma decisão. – Primeiro vamos começar com o mais fácil, ok? – Sentei-me à frente do Alakazam. – Você vai treinar Psychic. Use seu poder mental para controlar meu corpo e fazer com que eu levite no ar. Assim como você faz com seu próprio corpo.
Convidado
Convidado



Voltar ao Topo Ir em baixo

We Need to Talk About Pyre - Página 2 Empty Re: We Need to Talk About Pyre

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum