Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

001 - PRINCIPIUM

Página 2 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Victoria em Ter 14 Abr 2020, 12:42


Para que diabos um macaco com um capacete precisaria de um chapéu?! Era óbvio que o objeto se tratava de um presente à Karen, ela deveria ter o recebido com mais carinho então. Talvez isso seja motivo do desapontamento de Passsamian; ou não. Sem nenhum tipo de aerodinâmica para sustentar-se no ar, a própria Luneta se mostrava um péssimo chapéu. Aos poucos o próprio Passamian veria na inevitabilidade de deixá-la ora nas mãos ora na bolsa. O importante é que o macaco ficara contente ao fim da trama, mas certamente se perdeu no meio.

No final dar contas, não se sabia a opinião de Arthur sobre ir em frente ou nãoEle não tomara decisão alguma e deixou a cargo de Karen seguir; ou melhor, deixou ao cargo de Food que atribuiu uma vontade repentina na personagem. Ok, ok, ela não tinha muito para onde ir; se formos ser verissímis, ela provavelmente caminharia até a tal "cidade" aos prantos... mas certamente iria.

Encaminhou-se para a direção que achou certa e danou a andar. Dessa vez, tinha mais gás; principalmente por ter um objetivo muito mais palpável e bem delimitado. Infelizmente toda sua animação fora freada pelo tão temido tempo e... cansaço?! Acho que era exatamente esse o problema. Arthur não deu mais problema algum nesse trajeto; na verdade, parecia bastante empolgado para chegar em algum lugar e por isso permaneceu andante, incentivando Karen a vencer o possível cansaço. Sem mais acrobacias ou corridas por parte do lêmure! Sem jogar seu coco e sem batucadas; o que ele queria mesmo era chegar.

E se possível, um bom gole d'água.

Já estavam conseguindo ver a alteração inevitável da linha do horizonte. Uma tonalidade marrom surgia como um ponto e, ao andar mais um pouco, o ponto virou mancha. Nenhuma movimentação aparecia em seu quadro e a única coisa que podia seguir era a imaginária esperança de uma mudança de ambiente. Se continuasse sem nenhum contratempo (que eu não daria; talvez Food queira dar alguma problemática à Karen por conta própria), chegaria a um murado fino (e baixo) de madeira, como um cercado comum curral, porém muito mais extenso e sem entrada à vista. Não se sabia ao certo se deveria, mas Karen não teria dificuldade alguma para "pular a cerca". Ela nem sequer era feita para ser impenetrável; era apenas uma delimitação que afastava Pokémons silvestres daquela região.

Ok, um cercado, mas ele cercava o que?! Bem, ele cercava uma gama de casebres de madeira e barro. Todas as pequenas construções (diferente do cubo original) tinham teto de palha e e eram retangulares; não mais quadradas. Nenhuma era realmente grande, mas certamente continham ali seus 20m² tranquilamente. No fim, aquilo parecia alguma espécie de espaço residencial ao meio de uma rota; coisa nem um pouco comum.

Os casebres eram bastante espalhados e separados e, apesar de todo o espaçamento, não se via nenhum tipo de estrada ou objeto entre eles... e nem pessoas, diga-se de passagem. Aquilo ali estava abandonado?! Bem, de fato, o cercado era grande o suficiente para Karen não saber a imensidão daquele núcleo, mas a princípio o local parecia bem esvaziado.

_________________
001 - PRINCIPIUM - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Food em Ter 14 Abr 2020, 14:39


Principium




Talvez, mas só talvez, eu estivesse começando a me arrepender de decidir andar tudo aquilo...

Claro, era uma jornada de auto conhecimento. Se você parar para pensar, eu não tinha muitas possibilidades que não fossem "andar pra caramba pra vários lugares". Arthur não tinha asas, eu não tinha muitas outras opções. Ou eu só estou pensando nisso para não me sentir arrependida? Bem, eu poderia ficar meditando no cubo para sempre, mas acho que foge da ideia de ser um "treinador".

Enquanto pensava, olho para meu lado e vejo Arthur. Ele estava relativamente quieto. Não entendi bem o porque, mas ele não batucava nem fazia nada assim. Olho para minha mão direita, que segura a luneta que ele tinha me dado.  Era bom ter algum tipo de amigo agora. Eu não tinha muitos antigamente... Nunca ganhei um presente de alguém que não fossem meus irmãos ou minha mãe. Mesmo que seja um presente um tanto quanto... Velho.

- Nossa, que sede... - Falo. Nesse exato momento, meu estômago faz um pequeno barulho, talvez imperceptível para os ouvidos das outras pessoas...

Mas não para os ouvidos de um Passimian.

Arthur corre para mais perto de mim e começa a encarar meu abdome, que estava exposta graças a blusa curta (muito bonita, por sinal) que eu estava usando. Ele começa a aproximar seu dedo, como se fosse cutucar ela.

- Nem pense nisso, Arthur. - Falo, cortando sua ação.

Ele para no exato momento em que iria me tocar. Normalmente Arthur não me obedece quando se trata de sanar suas curiosidades, mas talvez ele tenha sentido que eu estava falando sério? Não sei. Ele simplesmente "desistiu" e voltou a andar do meu lado.

- Desculpa, não quis ser rude. Troco a luneta de mão. - Obrigada por isso aqui, Arthur. Fazia bastante tempo que eu não recebia um presente! Quer dizer... A menos que você conte você mesmo como um presente? Aí faria pouco tempo...

Arthur parecia pensativo sobre a situação, mas acabou desistindo de chegar em uma conclusão, provavelmente achando que não era algo que valia ser muito pensado. Bem, ele não estava errado...

Continuamos andando por mais algum tempinho, mas eu ofegava cada vez mais. Infelizmente, eu sou uma pessoa bem fora de forma em um sentido de fazer exercícios. Não é a toa que "fugi" de casa para evitar de trabalhar com meu pai.

Acho que Arthur percebeu isso. Ele ainda tinha bastante fôlego, parecia um Pokémon bem treinado nesse sentido. Ficava andando enquanto me encarava, segurando seu coco, sem dizer muita coisa.

Parando pra pensar, ele não é muito de falar, não é? Quer dizer, ele não faz muitos barulhos ou grunhidos... Será que ele prefere batucar as coisas?

- Sério que você não está cansado? Já estou ficando exausta! - Eu falo, tentando criar assunto. - Se bem que você é bem grande e forte, não é? Afinal, é um lutador.

Arthur assente. Depois, para de andar por um minuto. Ele coloca uma mão no queixo, como se estivesse pensando em algo.

E então ele se aproxima de mim, me entregando seu coco.

Eu digo "entregando" porque dessa vez ele não simplesmente estendeu ele para mim, mas sim empurrou ele contra minha barriga e largou, como se pedisse para que eu segurasse rapidamente, e assim eu fiz.

A princípio, fiquei surpresa e sem entender o que ele estava fazendo. Mas então ele faz o que talvez tivesse pensado em fazer; me pegar no colo.

- W-whoooa! A-AaAArthur!

O Pokémon era meio desengonçado. Ele era forte, de fato, mas também era bem desajeitado. Claro, eu não podia exatamente reclamar, ele estava apenas tentando me fazer um favor e me ajudar. O Passimian começou a seguir em frente.

Apesar de me segurar no colo, ele me balançava de um lado ao outro enquanto andava. A sensação me lembrou a de um brinquedo de parque, como uma... Montanha-russa? Algo assim.

- Arthur, pode andar um pouco mais devagar? - Eu perguntei.

Ele fica pensativo e começa a andar mais lentamente.

- Obrigada...

E então assim nós avançamos por algum tempo na rota. E esse foi o mais perto de um descanso que eu tive desde que comecei a andar hoje cedo, quando cheguei em Hoenn. Mas não deu para dormir, porque ele ainda se mexia bastante. Bem, o que vale é a intenção.

...

...

...

Após algum tempo andando, finalmente, nos deparamos com algo novo. Era uma cerca baixa, do tipo que não impede muitas coisas de passarem; parecia mais uma decoração, mesmo. Entretanto, ela parecia bem longo. Eu particularmente não enxergava seu início, nem seu fim.

- Acho que... Chegamos? - Eu pergunto.

Arthur dá de ombros e me coloca no chão, sentada. Estendo seu coco para entregar ao Passimian.

O Pokémon aproxima suas mãos para pegar ele de volta. Penso por um segundo em puxar ele de volta para mim e enganá-lo, mas não o faço. Ele pega seu coco. Em seguida, me levanto.

- Obrigada pela carona. - Eu digo, olhando para os lados enquanto tirava poeira da saia. - Bem, não temos muitas escolhas. Vamos ver o que tem aqui dentro? - Pergunto.

Arthur pareceu gostar da simples ideia de buscar coisas novas, e demonstrou isso assentindo várias vezes com rapidez.

Me apoio na cerca e passo minha perna por ela, pisando no chão do outro lado. Então depois eu passo a outra perna, terminando assim de "atravessar"  aquela pequena cerca. Talvez eu pudesse ter pulado ela, mas eu com certeza iria cair de cara no chão. Já Arthur faz isso; simplesmente pula.

- Bem, vamos lá. - Eu digo.

Casebres. Pequenos casebres eram tudo que existia ali.

Comecei a andar para dentro do terreno, para checar se encontrava mais algo. Mas, a princípio, nada que não fossem pequenas casas.  Arthur me seguia fielmente, encarando tudo com o máximo de atenção possível, procurando por... Bem, espero que não por outro ninho de larvas.

- Ooooi! - Começo a bater palmas. - Alguém aí?! - Eu dizia em voz alta.

Primeiro um cubo de madeira gigante, agora uma "vila" abandonada... Essa aventura estava me parecendo bem atípica. Espero encontrar algo interessante por aqui...

Food
Food
Monotrainer - Fighting

Monotrainer - Fighting

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Victoria em Qua 15 Abr 2020, 12:17


Um novo marco na vida de Passamian; o dia que descobriu a fragilidade humana. O lêmure não só induziu a fome e a sede em Karen, como também imaginou seu cansaço fatídico baseado em sua péssima condição física. O macaco gentil decidiu carregá-la e estou certa de que nossa protagonista está muito grata ao seu criador. A obrigou andar quilômetros e mais quilômetros?! Certamente sim, mas ao menos sentiu uma certa empatia eu deu-lhe uma carona.

Talvez por isso chegou tão rápido! Quando chegou ao local, sentou-se (contra sua vontade, talvez) e encheu-se de terra batida. Ao colocar os pés eretos, precisou bater um pouco daquele pó. Nessas horas Karen pode agradecer aos céus por estar em uma rota e não mais em uma cidade; sua alergia não teria passado tão rápido se não fosse pelo ar puro. Agora a garota já conseguia falar melhor e, consequentemente, ser melhor entendida. Era essa a provável causa de aceitação de Passamian, que apenas lhe seguiu quando ela decidiu pular a cerca.

Pulou e encontrou exatamente o que narrei. Entrou um pouco mais no terreno e tomou a coragem de gritar. Ousada decisão, em Karen?! Isso pode ser caracterizado como invasão de privacidade. Consciente e proposital! Apesar disso, ela não parecia ligar; gritava por alguém e, felizmente ou não, foi atendida.
Por trás do quarto casebre (o que era bem difícil de contar; eles não estão alinhados) uma silhueta humanoide surgiu e veio andando em direção à garota. Era um homem de cabelo grande e barba cheia (porém curta), seu tamanho parecia equivaler o do próprio Passamian e era numa postura completamente ereta e bruta que ele ia encontro da garota:
- Quem és tu?! - Perguntou, de uma forma um tanto quanto esquisita e mantendo uma distância.

_________________
001 - PRINCIPIUM - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Food em Qua 15 Abr 2020, 15:14


Principium




É claro, eu não pensei muito no que estava fazendo. Eu poderia estar invadindo uma propriedade de um sujeito mal humorado? Provavelmente. Iria dar bem ruim para mim. Entretanto, tenho confiança de que Arthur iria me proteger... Eu esperava.

Quando adentramos mais na propriedade, nada parecia existir fora das casas. Nenhuma única criatura viva; humana ou Pokémon. Olho para Arthur, que também parecia estar procurando algo vivo para se socializar.

De repente, um homem apareceu.

Ele era muito alto, tinha barba e... Bem, só essa combinação de coisas já me é assustadora o suficiente quando ele diz "QUEM ÉS TU?!" e se aproxima como se eu fosse uma invasora de propriedades. O que eu realmente era, dessa vez. Mas isso não vem ao caso.

Tudo bem, Arthur iria me proteger, tenho certeza. Olho para o lado e vejo que ele ESTAVA ESCAVANDO NO CHÃO COM SEU COCO?!

- E-ei, Arthur...   - Chamo pelo Pokémon, enquanto fitava atentamente o homem distante e permanecia imóvel.

Ele não parecia se importar. Hora do Plano B.

- Hahah, que dia bonito tivemos hoje, não é mesmo, senhor? Me perdoe pelo infortúnio, me chamo Karemachena Okido! - Eu odeio revelar meu nome completo e nunca faço isso, mas temos aqui a prioridade de mostrar que não estamos aqui para fazer coisas ruins. - Eu... Eu sou uma Treinadora Pokémon! - Falo, apontando para Arthur com a mão direita, mas mantendo o resto do corpo imóvel. - Aquele é meu Pokémon.   -

Arthur para de cavar, como se tivesse encontrado algo. Ele volta sua atenção para mim, agora com um coco em uma mão, e uma... Pedra? Em outra. Não era uma pedra muito grossa, era na verdade uma bem fininha. Ela fazia um barulho irritante quando batia contra o coco, mas não tinha força o suficiente para rachar ele. Me perguntei se o coco poderia quebrar a pedra, entretanto; mas confio na habilidade do Arthur.

Espera, parece que esqueci de algo importante!

Olho para frente e encaro o homem novamente.

- Senhor... Me perdoe por entrar em sua propriedade sem sua permissão, mas eu estava procurando algum lugar para beber uma água, e como vi casas, achei que teria uma pequena vila por aqui. Me desculpe por entrar em sua propriedade. - Falo, honestamente, sem fazer movimentos bruscos.

Já Arthur não tinha o mesmo plano. Ele pega seus "instrumentos" e se aproxima do homem. Encara ele profundamente, e... Começa a batucar. Sim, ele começou a tocar uma música para o homem, ou algo do tipo. Meu queixo vai ao chão; se ele se irritar ou se assustador com a música de Arthur, é fim da linha para mim, provavelmente.

Já eu fico parada, surpresa; apenas espero que aquele moço com cara de lenhador não tenha um machado...

Food
Food
Monotrainer - Fighting

Monotrainer - Fighting

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Victoria em Qui 16 Abr 2020, 13:15


Talvez por ser pega de surpresa (e estar distante), Karen apenas percebeu as características mais marcantes do homem a princípio, que seria sua altura excessiva, seu cabelo extenso e sua barba volumosa. Apesar da rápida percepção, alguns elementos eram deixados para trás na caracterização então trago-os agora. Primeiro de tudo, o homem trajava roupas largas. Sua blusa surrada e marrom era grande-demais para seu corpo já grande-demais. Ela parecia não ser feita sob medida agora e usada apenas como... bem, como pijama provavelmente. Ao menos seu short de tactel preto revelava o quão confortável o homem pretendia estar naquele momento; definitivamente não estava vestido para receber visitas. Para além disso, seu cabelo não era apenas grande; ele era enorme! Seus cachos iam até a altura do quadril e eram amarrados por uma espécie de laço azul-claro. Sua pele era retinta, sua íris tão negra que mal se discernia da pupila! Mãos grossos, ombros largos, boca voluptuosa, rosto quadrado e bem marcado no queixo, nariz aberto e levemente achatado e sobrancelhas grossas, bem separadas e bem delimitadas.

Sua barba tinha fios grisalhos e seu cabelo duas mechas brancas, que ficavam caídas do topo da testa até o queixo do homem; os únicos fios livres daquela fita azul que narrei no parágrafo anterior. Pois bem, o homem de cabelo grande havia só ido verificar o que estava se passando ali fora. Antes disso, estava com sua esposa deitado numa rede e falando alguma besteira, com a voz de Karen, se sentiu na obrigação de entender a situação. Ao chegar lá, achou até um pouco patética a cena e não pode deixar de rir. Viu-se obrigado a segurar a gargalhada e transforma-la apenas numa risada frouxa, tentando ser o menos mau-educado o possível. Colocou até as mãos na frente da boca para disfarçar! Talvez por isso atrasou tanto sua resposta.

Na medida que sua risada parava de "vazar" por seus lábios, o homem voltava a ficar ereto e colocava uma das mãos em sua barriga, simbolizando o quanto o ato delongado de rir fizera sua barriga doer. Ok, ok, ele tinha um abdômen bastante forte... mas acho que é o diafragma que dói mais nessas situação. Ninguém força o diafragma constantemente a ponto de acostumá-lo à isso! Não havia condição física que evitasse a dor de rir-demais. E a dor de segurar-demais-um-riso também não é lá muito melhor. Fora nessas guinchadas que uma outra humanóide, preocupada com o som esguichado que aquele homem fazia, foi verificar.

Ao fundo da cena, da mesma direção que o dono-do-barraco-quatro viera, uma espécie de bicho de quatro braços coloria a cena de cinza. Uma Machamp um pouco maior que o comum da espécie se tornava personagem na minha trama. A pokemon se posicionou atrás do homem e olhou-o com um pouco de estranheza. Esperou que ele se recuperasse e cutucou-o, perguntando se estava tudo bem. Estranhamente, ele respondeu primeiro o pokemon e só depois decidiu falar algo à Karen:
- Ta tudo bem Lecca - E andou para o seu lado, não mais ficando na frente dela. Aqui era revelada uma particularidades; as 20 unhas de Machamp estavam pintadas com esmalte vermelho-vivo - O moça, tu quer só um copo d'água?! era só gritar que eu te trazia, entra ai, num tem problema. Aqui não tem dessa não - E continuou sem falar seu nome. Não porque era um mistério; o simples homem não achava importante pronunciá-lo então apenas esqueceu dessa parte.

Dito isso, apontou para o barraco, a convidando para entrar.



_________________
001 - PRINCIPIUM - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Food em Qui 16 Abr 2020, 20:59

offtopic:
Perdão se o post não estiver legal, estou fazendo na pressa pra voltar pros estudos!


Principium


Aparentemente eu tinha feito papel de trouxa.

É, o sujeito misterioso que eu estava com um POUCO de medo - apenas um pouco - começou a rir de mim, claramente. Não pude deixar de pensar que o sujeito era sem educação; ele não me disse seu nome, e ainda ignorou a música de meu Pokémon!

Tch...

- Ei! Escuta aq- - De repente, um monstro aparece atrás do homem, que já não me parecia tão assustador, pelo menos em comparação com o bicho atrás dele.

Ele era cinza e imenso, com mais músculos do que braços ( e esses existiam em anormal quantidade também) . Era bizarro. Tinha cristas em cima da cabeça e... Unhas pintadas. Eu não sei bem o que isso significa, mas espero que não seja sangue de vítimas daquele enorme Pokémon.

Acho que se tratava de um Mapamch? Lembro do nome ter uma pronúncia parecida com isso...

Olho para Arthur, que tinha parado de batucar. Ele jogou a pedra de lado e segurou seu coco com ambas as mãos. Após isso foi andando na direção da Mapamch, ignorando o senhor que parecia ser seu dono. Ele estendeu o coco para o outro Pokémon.

Não sei porque, mas aquilo me deixava tensa sempre. Eu não sei se outras pessoas e Pokémon iriam entender que Arthur gosta de brincar, apenas.

Espera, o homem falou comigo. Me esqueci disso!

- Uhh...   - Eu não prestei muita atenção no que ele tinha dito, pois fiquei mais preocupado com o Pokémon Músculo ali atrás dele. Acho que ele me convidou para entrar?

- O-obrigada... - Falo. - Senhor, hum... Qual o nome do senhor, mesmo?   - Pergunto, torcendo para que ele não tenha dito ainda, na hora em que eu estava apenas encarando seu Pokémon. - Isso do seu lado... É um Mapamch, não é? - Perguntei, tentando criar assunto.  - Eu sou muito novata nessa coisa de Treinadora Pokémon, nunca me interessei muito por eles. Eu conheço apenas alguns, como Aron, que era mascote da minha família...  - Falo. - Obrigada pelo convite, vou aceitar. Venha, Arthur. - Pedi para o Passimian, enquanto andava em direção a casa.

Arthur parecia ok com o fato de ter sido ignorado. Na verdade, pensei que ele ficaria chateado ou nervoso, mas sua atenção facilmente foi transferida para o outro Pokémon, que eu tenho a impressão que teve o nome revelado, mas, novamente, eu estava muito ocupada avaliando sua taxa de perigo. Espero que Arthur não cause uma má impressão, diferente de mim, que já tinha sido inclusive zoada pelo senhor barbudo.

Food
Food
Monotrainer - Fighting

Monotrainer - Fighting

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Victoria em Sex 17 Abr 2020, 15:32


Já era de se esperar que aquele não fosse o confronto mais acalentador do mundo. Karen era uma típica menina perdida e o homem à frente um típico homem encontrado. A combinação parece perfeita, mas no fundo essas duas línguas não se falam tão bem. Enquanto a mocinha achou-o extremamente deselegante e esquisito, o homem a achou interessante, exótica e até mesmo uma espécie de divertimento para seu dia. Não no mau sentido, é claro; não precisava olhar muito para Karen perceber que não havia muito o que fazer ali. Cara nova é sempre bom!

No mais, o homem decidiu responder os comandos de Karen finalmente; não respondeu ao batuque de passamian por simplesmente não se importar. Simples, curto e grosso; preferiu rir a singela dama que não tinha nada a ver com a música:
- Eu sou Karamakate - Talvez por isso ele simplesmente não deu uma foda sequer ao nome esquisito da garota - E não não, não é isso, ela é a Lecca mesmo. E esse aqui?! - Apontou ao lêmure.
Pode parecer uma conversa esquisita mas para Karamakate, ela ser um Machamp ou não pouco importava; ela era só a Lecca mesmo. Se Karene quisesse mesmo descobrir, que usasse a PokeDex que ganhou para sair de viagem.

Pois bem, ao se aproximar e dar seu coco, Machamp tentou pegá-lo num ato rápido, mas não fez nada mais que isso. Não sabia a resposta do Passamian e justamente por isso esperou ver para o (co)responder. Não era uma interação das mais profundas; Lecca apenas o olhava um pouco intrigada, como se nunca tivesse visto algo daquele tipo antes e... bem, realmente nunca viu. O lêmure era natural de Alola e era bem raro por estas regiões.

No mais, a aproximação do nosso queridíssimo Passamian já era vista como uma aceitação. Karen nem sequer precisou dizer que sim para que todos começassem a andar para o tal barraco do moço. Bem, ao menos dessa vez, não ficava longe dali; era necessário apenas alguns passos e pronto, estaria logo no destino. Ao atraveessar os barracos anteriores, a mennina podia ver que, no lado da frente dos retángulos, sempre um conjunto de redes espalahados pelo "quintal". Todas vazias; aquela não parecia ser a região mais badalada do... bairro? Não sei, vamoss chamar assim por enquanto. Pois bem, passou todos e chegou ao quarto barraco, o de Karamakate. O hóspede então revelou uma casa-sem-portas e, dentro dela, três crianças dormiam numa espécie de cama de palha enquanto sua esposa deixava na rede e ninava um bebê recém nascido, que parecia querer pegar num sono maiss falhava misereamente:
- Olha a branquela que se perdeu aqui hoje, Mora - E ao dizer isso, aponto para Karen. A moça então abriu um sorriso e falou de forma estridente, se se importar demais com as crianças dormindo e nem com o bebê que apoiava a cabeça em seu dorso - Oxê, mas faz meses que num aparece um desses.

_________________
001 - PRINCIPIUM - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Food em Sex 17 Abr 2020, 16:54


Principium



Espera.

O nome dele era... (pausa para verificar como se escreve) K-karamakate?

Sinto meus olhos começarem a arder e se encher de lágrimas de emoção

- O seu nome... Também é... - Eu tive uma vida inteira (Sim, dezoito anos, muito tempo) enfrentando o peso de ter um nome extremamente ridículo, e os únicos que me acompanhavam nessa luta eram meus irmãos, mas... Todos eles tinham me largado para se aventurar, então fiquei sozinha. Mas, agora, eu tinha conhecido outra pessoa com um nome extremamente diferente!

Enxugo minhas lágrimas de comoção e sigo o homem, que já estava indo em direção a o que parecia sua casa.

- L-lecca, né?  Que nome legal. Esse aqui é o Arthur. - Respondo, olhando para a Pokémon, que tinha pegado o coco do Passimian, que não conseguiu puxar ele para si a tempo de pregar uma peça na Mapamch. Agora ele que lute para conseguir o coco de volta. Mas não posso deixar de sentir pena de vê-lo cabisbaixo por estar sem seu coco.

Espera, eu posso usar aquela Pokedex para descobrir mais sobre o Mapamch, não é? Enfio minha mão dentro da bolsa surrada que carregava no ombro e começo a procurar novamente o apetrecho. Quando encontro ele, puxo-o rapidamente e aponto na direção de Lecca.

Pokédex escreveu:001 - PRINCIPIUM - Página 2 RACKRCv
Machamp; Pokémon do tipo Lutador. Seus quatro braços musculosos acertam seus inimigos com socos potentes e cortes em uma velocidade estonteante. Ele pode dar até mil socos em apenas dois segundos. É a evolução final de Machop e Machoke.

- Machamp... Como eu tinha dito anteriormente! - Abafa o caso.

Todos entraram na casa do senhor: Ele e sua Pokémon, eu e, tentando perseguir seu coco, Arthur. Surpreendentemente, quando entro na casa, encontro várias crianças, uma senhora e um bebê.

- B-branquela? - Pergunto.  - Caham! Eu não estou perdida não, senhor (um minuto, preciso checar o nome novamente)  Karamakate. Hum... Muito prazer, senhora Mora. Eu sou Karen, uma Treinadora Pokémon novata. - Falo num tom relativamente baixo, para não acordar as crianças, se é que elas já não tinham acordado por causa da própria... Mãe, eu suponho. - E eu, bem... É uma longa história como cheguei aqui, mas saibam que andei bastante. Aquele é meu Pokémon, Arthur. - Falo, apontando para meu Passimian, que estava próximo de Lecca, olhando para seu coco.

Food
Food
Monotrainer - Fighting

Monotrainer - Fighting

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Victoria em Dom 19 Abr 2020, 16:14


Lecca acabou ficando com o coco para si por um tempo. Não por maldade, mas por pura e simples curiosidade. Vejam bem; coco é algo tropical, extremamente raro em Hoenn, se Passamian perdesse seu coco importado de Alola, certamente teria um baita de um problema para conseguir outro. Apesar de todos os problemas, Lecca não pretendia o roubar, ela apenas queria analisar com mais cuidado a fruta e entender de onde vem a tal resistência de sua casca. Até porque, o próprio Arthur bateu, bateu, bateu, bateu e amassado algum parecia ocorrer! A pokemon cachoalhou com força, pôs nas vistas, nos ouvidos e até cogitou morder o objeto, mas ao fim viu a cara de desanimo e medo do lutador-novato e decidiu devolver logo para o pokemon.

Ufa, que alívio; imagina marcar nosso coco com dente-de-machamp?! Melhor deixá-lo livre de marcas e manchas... ao menos por enquanto. Talvez pela interação confusa, nem Arthur nem Lecca tomaram frente em nenhama discusão. Arrisco dizer que nem ouviram! Ao invés disso, adentraram o barrado e foram ao fundo conversasr, numa linguagem meio... batida?! Não sei ao certo. A medida que o Lêmure grunhia, a humanoide fazia um barulho mais grosso e parecia vocalizar fonemas reconhecidos por humanos, repetindo as próprias sílabas do nome com entonação ora animada ora fúnebre.

O que diziam?! Não faço ideia, o importante é que poderiam ficar ali por horas se Karen e Kara aqui quisessem. Inclusive, Karamakate também pretendia reduzir seu nome a algumas sílabas, já que a dificuldade de Karen ficara óbvia ao moço:
- Chama de Kara, moça - E avisou, mas logo foi interrompido por Mora - Oxê, mas se não ta perdida, ta indo pra onde?! - E indagou a mulher, fazendo uma pergunta bem pertinente - Deixa disso, Mora. A menina cabô de chegar, pergunta se ela quer conhecer a tribo, num fala como se tivesse esperando q ela fosse imbora - Uma discussão curta pareceu dar início aqui. Felizmente (ou não), Mora apenas deu de ombros e concordou com seu marido - Nossa sinhôra, soou assim? Cê me perdoa, mas vem ca, quer um café? - Bem, a pergunta sobre onde ela está indo estava posta... apesar da interrupção, a curiosidade de ambos continuavam, mas não retomaram o assunto - Vamo tomar um, cê quer água? Ta tudo na bica lá do centro. Vamo lá, a gente te mostra a tribo.

_________________
001 - PRINCIPIUM - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Food em Dom 19 Abr 2020, 22:55


Principium




Arthur tinha seu coco novamente em mãos. O Passimian, visivelmente feliz, abraçou ele com força e provavelmente prometeu a si mesmo nunca mais fazer aquela brincadeira boba com ninguém; ou era o que eu esperava.

Mesmo assim, ele e Lecca pareciam ter se tornado bons amigos... Estavam... Conversando, ou algo assim? Bem, virei minha atenção novamente para o casal de humanos na minha frente. Eles provavelmente poderiam me guiar melhor do que dois Pokémon debatendo.

Sim, eu estava realmente perdida, mas obviamente eu não iria admitir isso para ninguém. Entretanto, a senhora Mora, que me fez essa constrangedora pergunta, também foi quem me deu um novo motivo pra viver, dizendo: "Você quer beber água?"

Perfeito. Magistral.

- Uma... Tribo? - Pergunto, para ter certeza que ouvi direito.  - Eu aceito o convite. - Respondo.

Para mim, aquela era uma ideia engraçada; uma tribo no meio de uma rota? Eu nunca pensei nisso, mas agora que parei pra raciocinar... Faz sentido, eu acho.

Vocês moram aqui há muito tempo? - Pergunto, tentando criar assunto e me preparando para seguir eles, para onde fossem.

Arthur deve ter reparado que eu estava me distanciando, pois começou a apontar para mim enquanto grunhia para Lecca, como se sugerisse me seguir, ou algo assim. Não sei falar Passimianês.

Food
Food
Monotrainer - Fighting

Monotrainer - Fighting

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Victoria em Seg 20 Abr 2020, 17:45


Bom, fica a critério do tal Food decidir se Passamian a seguiria ou não; se ele fosse, Lecca certamente iria junto, caso contrário, ficariam ali batendo um papo. Bem, comecei pelo final do texto, não é?! Vamos voltar um pouco. Primeiro de tudo Mora ouviu a pergunta com um sorriso sincero; adorava responder aquelas dúvidas pelo simples orgulho de falar de sua terra:
- A gente nasceu aqui, branquela - Começou pelo final, assim como a narradora. Porque?! Bem, talvez eu esteja meio as avessas hoje - A gente chama de tripo, de casa, de quintalzão... mas essa rapaziada de fora daqui gosta de dizer que a gente é um quilombo. Pode ser, deve ser mesmo, o gente ta aqui a uns trezentos anos dizem pra gente, láaa atrás. A gente gosta de falar que a gente faz história, sabe? Ninguém lembra muito mas aqui é onde nasceu resistência numa época que resistir era tipo morrer - A fala era demorada e extensa, mas claro, não a fizeram sentados ou parados em casa. Todo o diálogo acontecia enquanto andavam até o tal centro.

- A gente honra essa terra com tudo que pode, sabe? Tentam tirar, querem madeira, os pokemons, construir uma estrada. Já vi fulano falando até de fazzer caminho pra Petalburg mas a gente num vai deixar não - Agora era a vez de Kara soltar a voz. Era engraçado porque ele e Mora falavam bem mais do que Karen perguntara, mas havia dois motivos para tal. O primeiro era o simples fato de eu (Victoria) ter que adiantar essa parte, se não o próprio diálogo levaria páginas. O segundo motivo era o tal interpretativo; eles tinham verdadeiro orgulho da própria história - Lá no centro vai ta o Zumbi, tem uma cara meio borocoxô, é mei feim mas é... como que vocês falam mesmo? Irado? - E colocara a mão no queixo, coçando a barba esquecida - Aaaa! É um troço assim.

No caminho Karen não vira nada até... bem, até ver. Do vazio-com-casebres o ambiente se tornou mais diverso e plural. Ao entorno as casas ficavam ainda mais espalhadas e árvores grandes sombreavam o local. Crianças corriam e desviavam por completo do rumo dos nossos três personagens e aos poucos a menina loira começava a ouvir múrmuros. O som se tornara mais alto e vira que, ao fundo, uma pedra bastante extensa reunia um homem e, ao seu entorno, outras quatro mulheres. Atrás deste homem? Um outro humanoide, muito parecido com Lecca, porém apenas com dois braços.

A medida que se aproximava, via que a tribo estava bastante movimentada. Não era dia de festa; era um dia típico de trabalho. Não havia aglomerações (além do grupo de cinco pessoas que citei agora pouco), mas um fluxo muito grande de pessoas para lá e para cá. Ao lado delas, pokemons. A estranheza era reparar que todos tinham consigo algum tipo comum (e treinado) de lutador. Machamps, Machokes, Brelooms, Tyrogues, Hitmons... bem, um pouco de tudo!

Bem, Mora e Karamakate estavam levando a moça justamente ao grupo que se sentava ao entorno da pedra. Não estavam muito próximos mas certamente podiam vê-lo bem e apontar ao moço sentado sobre a estrutura alta:
- Aquele ali que é o Zumbi, vai lá pedir benção - E indicou para que a moça fosse. Ela iria? Bem, não sei, mas a ideia fora dada.
Era possível ver a estatura alta e a barba falha, grisalha, fina e curta de do tal homem sentado, mas era impossível para Karen tirar análises mais nítidas daquela distância.

_________________
001 - PRINCIPIUM - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Food em Seg 20 Abr 2020, 19:48


Principium





Acabou que Arthur me seguiu mesmo, e Lecca foi vindo logo atrás.

Enquanto o casal me explicava coisas e respondia minhas dúvidas, novas começam a brotar na minha mente. Um quilombo? Que inusitado, eu acho. Eu sempre vivi em uma cidade grande, é claro, mas não esperava por isso de jeito nenhum. Eu nem sabia que quilombos ainda existiam!

Uma coisa me surpreendeu: quando eu cheguei aqui no quilombo, não tinha encontrado absolutamente nada que não fossem casas. Mas agora? Agora haviam muitas pessoas e Pokémon!

Enquanto Kara e Mora me guiam até o que parecia ser o "chefe" da tribo, começo a reparar em como o movimento estava tão grande e vivo por ali. Era realmente surpreendente e bem diferente do que eu estava habituada... Os Pokémon e o os humanos pareciam viver em uma harmonia diferente da "comum", se é que posso chamar assim.

Ver aquele monte de Pokémon novos me instigou a pegar minha Pokedex e checar suas espécies, mas eu tinha a impressão de que não seria muito bem visto pelos moradores, eu acho...

Enquanto eu navegava em pensamentos, começava a me aproximar cada vez mais do tal "Zumbi". Me aproximo dele com certo receio, afinal de contas, não fazia ideia do que poderia esperar vindo daquele moço, e eu não sabia onde estava Arthur no meio de todo aquele pessoal andando pra lá e pra cá.

... Oi. Eu sou a Karen. - Falo, esperando uma talvez mensagem profética ou filosófica de um ser transcendido há muito tempo. Ou isso era um esteriótipo da minha cabeça? Não sei...


Food
Food
Monotrainer - Fighting

Monotrainer - Fighting

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Victoria em Ter 21 Abr 2020, 16:48


Absolutamente nada demais aconteceu. O homem só abriu um sorriso, levantou da pedra que estava e a encaixou num abraço meio tremido e desajeitado... podia parecer um abraço tímido, mas era apenas uma hérnia nas costas que o fazia tremer todo assim que se levantava. Sem conseguir ficar muito tempo de pé, logo mais soltou a garota e sentou na pedra de novo.

Ainda sem falar nada, Zumbi olhou a menina de cima-a-baixo com um sorriso um pouco... tosco?! Não sei ao certo o que aquele sorriso significava, mas posso afirmar que era um sorriso! Mostrava os dentes da frente, meio separados e até grandinhos, mas nada além disso. Sua bochecha enrrugada parecia revelar-lhe como um homem de meia idade. Estava ali nos seus quarenta e cinco! Sua pele era ainda mais retinta pelo sol e seus braços magros, porém definidos. Em seu ombro, uma cicatriz bem grande (e que parecia ser profunda), revelando um antigo corte.

As penas já eram muito mais magras que o resto do corpo; não pareciam tão definidas assim. O homem tinha dificuldades de andar desde sempre. O cabelo era escondido numa espécie de turbante mas, se revelado, Karen veria longos dreads. Talvez isso explicasse o porque do turbante ser tão alto e aparentar pesado.
- ... Como é seu nome?! - Zumbi parecia ser muito mais um... bem, um homem com menos sotaque - Quando o sol cair tem fogueira, quer ficar? - Bom, era um convite estranho e vazio, mas certamente não estava muito longe.

_________________
001 - PRINCIPIUM - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Food em Ter 21 Abr 2020, 17:32


Principium


A princípio, o senhor Zumbi não tinha falado nada sábio ou filosófico.

Entretanto, mesmo que eu tenha me apresentado antes, ele me perguntou novamente qual era meu nome.

S-será... Que ele sabia? Meu nome verdadeiro?!

Talvez, depois de ter me abraçado (foi meio estranho, ele ficava tremendo enquanto me abraçava), ele tenha lido minha mente? Visto meu passado? Quem sabe até o meu futuro?! N-nossa, ele era realmente sábio e poderoso! Um verdadeiro eremita...

K-ka... - Eu estava receosa de dizer. Eu odiava meu nome, e existiam várias pessoas em volta dele que poderiam ouvir, mesmo que eu falasse bem baixo. Na verdade, é capaz de que ele próprio não escutasse caso eu falasse em um tom desse.- KAREMACHENA, SENHOR! - Acabo falando um pouco mais alto do que eu gostaria...

...

Desculpa... - Digo mais timidamente, fechando os olhos.

Ele tinha me perguntado se eu gostaria de ficar essa noite na tribo, também. Como eu estava meio agitada e nervosa pois cometi uma gafe bem na frente dele, não pensei muito antes de responder.

C-claro... - Respondo.

Olho para os lados, procurando Arthur. Ele era a figura mais próxima que eu tinha no momento, e mesmo assim estava desaparecido. Fico um pouco preocupada, mas levando em conta que ele é extremamente carismático, é capaz de estar se dando melhor do que eu...




Food
Food
Monotrainer - Fighting

Monotrainer - Fighting

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Victoria em Qua 22 Abr 2020, 14:48


Zumbi ouvira o grito de Karen como uma animação e não deu para trás em momento algum, apenas abriu ainda mais o sorriso e transformou-o numa gargalhada longa e ritmada. Fora um silêncio alheio enquanto Zumbi emitia suas risadas-soluçosas, se é que essa palavra existe. Ninguém falou nada até que ele parasse; ninguém rio também. Grande parte dos atos do líder eram observados e apenas isso; poucos se engajavam com suas atitudes.

Quando Zumbi fala com Karen, os outros escutam. Quando Zumbi fala com todos, todos respondem. Era basicamente esse o funcionamento a tribo; não dizia sobre hierarquia, mas um respeito e atenção. Seja o que saísse da boca de Zumbi, todos gostariam de ficar quietos para escutar.
Infelizmente nada muito útil saia até então; o homem viu a confirmação de Karen com uma extrema felicidade e voltou a se levantar. Deu-se a liberdade de praticar alguns pulinhos e, ao sentir suas costas, voltou à pedra e pediu para que o Machoke atrás de si trouxesse seus cajados:
- Ótimo, ótimo, ótimo! - Talvez tenha repetido para dar ênfase - Agora xô. Vai pro rito - E dito isso, deu as costas para a garota. Logo mais Machoke trouxe seu cajado e, entendendo o acontecido, se aproximou de Karen.

Machoke ia lhe... escoltar?! Parecia que sim. O pokemon tocou o braço de Karen e fez um sinal para que ela lhe desse o braço. Ou melhor, que passasse o seu braço por dentro do seu! O pokemon a convidara para ir com ele ao Oeste da vila de braços dados, e também procurou Passamian com as vistas:
- Inicia ela, Karamakate - E ao dizer isso, o homem apenas assentiu com a cabeça, indo logo atrás do Machoke, ao lado de Lecca.

... Talvez ela devesse perguntar que porra de rito é esse, né?! Bem, era melhor que perguntasse para Karamakate, porque Zumbi não pretendia responder e... bem, sei Machoke já estava pressionando Karen para que não enrolasse mais ali.

_________________
001 - PRINCIPIUM - Página 2 W3d8a39
Victoria
Victoria
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
001 - PRINCIPIUM - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10001 - PRINCIPIUM - Página 2 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

001 - PRINCIPIUM - Página 2 Empty Re: 001 - PRINCIPIUM

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum