Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

#01 - Deixa acontecer NATUralmente

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por Chloéthe em Sab 6 Jun - 15:54

#01 - Deixa acontecer NATUralmente



Off:
Olá! No texto eu digo que ele está procurando a saída de volta a Mauville, mas não espero que ele volte tão cedo. Minha intenção é que ele se perca um pouquinho até decidir para onde vai

A primeira noite de Jamie na cidade de Mauville foi marcada por dois acontecimentos: ele ganhou um concurso e dormiu num ponto de ônibus. O jovem passou a noite aproveitando os drinks do bar em que estava, entre alguns goles e conversas fiadas, ele se esqueceu que estava em uma cidade estranha e sem para onde ir no final da noite. Terminou por se recostar em um banco ao lado de uma placa de parada de ônibus, estava tão bêbado que aquele assento aparentava ser o melhor local para passar a noite.

Ele claramente não conseguiu ter uma boa noite de sono, passou um pouco de frio, sua coluna doía e ele acordava periodicamente, assustado, ao ouvir qualquer barulho. A última vez que acordou era por volta das 4 manhã, segundo seu relógio de pulso, Levantou-se, pôs a mochila nas costas, e  dirigiu-se para o lado esquerdo da cidade, pois era o lado do coração. Ele ainda estava sonolento e um pouco embriagado, não conseguia se localizar muito bem. Após apenas 10 minutos de caminhada as vias passavam a ter menos luminosidade e, sem perceber, Jamie estava saindo da cidade, não indo em direção ao centro.

Jamie passou por uma placa que dizia "ROTA 118 A FRENTE" e quando se tocou de que estava perdido, os primeiros raios de sol já irradiavam timidamente a luz da manhã, alguns Pokémon pássaro emitiam grunhidos enquanto voavam de lado para outro.  A presença de Pokémon o fez lembrar do prêmio que havia ganhado durante a noite passada, uma pokébola com um Pokémon raro dentro. Ele retirou cuidadosamente o objeto da sua bolsa e o encarou como se fosse um tesouro. Jamie então pressionou o botão no centro e arremessou próximo ao chão enquanto dizia:

- Vai lá trocinho! Arrase!

Uma luz foi projetada para fora da pokébola e materializou-se na forma de uma criatura circular, com um par de asas e o corpo repleto de penas, certamente uma ave. A forma da criatura claramente decepcionou James, que esperava algo mais cor-de-rosa, com mais personalidade ou com alguma habilidade incrível, aquele Pokémon certamente não possuía nenhuma dessas características, em alguns momentos não aparentava sequer manter-se em pé ou ser capaz de voar. Jamie se aproximou de monstrinho, que mantinha-se estático, e se abaixou para cumprimentá-lo com um sorrido.

- E aí carinha? Tudo bem? Me chamo Jamie e sou seu mais novo parceiro de palco. Acredito que dê para perceber logo de cara, mas eu sou uma pessoa incrivelmente talentosa e espero que possamos achar seu talento também! Olha só ontem mesmo eu ganhei você e... - Jamie continuou seu monólogo de apresentação por alguns minutos até se cansar.

A ave mostrou-se indiferente ao discurso de seu novo treinador, parecia fitar o nada o tempo inteiro. Não se mexia ou reagia à proximidade do rapaz, apenas se manteve estático. Jamie reparou  que Pokemon possuía uma pequena marca de nascença, de  cor preta, abaixo do olho, em um formato que lembra uma estrela.

- Oh, vejo que você não é qualquer um, hein? Essa marquinha aí te faz ser especial, gostei de você agora. Muito bem.. vejamos...  que as pessoas fazem com um Pokémon par conhece-lo melhor? Talvez se eu te pagar um jantar...

- Vamos andando, coisinha, temos que voltar para cidade. Você não fala muito, né? Qual seu nome mesmo?

Jamie continuou sem resposta, o Pokémon apenas empoleirou-se no braço do rapaz e o encarou.  Jamie apenas continuou andando, entre as árvores, sem saber em que direção estava indo mais, na esperança de encontrar o caminho de volta, ou algo mais interessante para fazer. Com a sensação de embriaguez e de sono passando a medida que amanhecia, Jamie se sentia preparado para qualquer coisa. Ele não possuía um grande objetivo ainda, bastava caminhar por aí e qualquer coisa que o destino atira-se contra ele, seria rebatida com um sorriso de agradecimento.

Seu mais novo plano era ganhar dinheiro performando ao lado de um Pokémon, assim poderia se manter em qualquer lugar facilmente. Agora que ele tem um Pokémon, precisa conhecer mais sobre seu parceiro. O moço que lhe entregou a pokébola chegou a mencionar o nome e que este pequeno tinha a grande habilidade de prever o futuro, no momento essa informação de maneira alguma seria crível.

- Ei - Jamie chamou atenção da criatura no seu braço - se você tem uma habilidade especial pisca três vezes.

O Pokémon pulou do braço se posicionou no ombro do treinador. Por apenas um breve momento ele pareceu grunhir algo, e como os Pokémon tem costume de grunhir seu próprio nome, Jamie presumiu que o nome de seu parceira seria "Pruh"

- Pruh, não é? Que nome estranho, acho que não combina com você. Vamos mantê-lo apenas como provisório, ok?

A ave se acomodou mais uma vez no ombro de Jamie e o jovem continuou sua caminhada.


Última edição por Chloéthe em Seg 8 Jun - 21:25, editado 1 vez(es)

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Tumblr10
Chloéthe
Chloéthe
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por  em Sab 6 Jun - 17:33

off:
eae serei seu narrador na sua primeira rota! espero que curta e desde já parabéns pela narração! ah qualquer dúvida pode perguntar em off ou pm sei la, fique a vontade e bem vindo ao fórum!

O esguio garoto tinha finalmente se livrado das amarras da grande região de Kalos e migrado para Hoenn. Para iniciar sua expedição o jovem recebeu uma pequena ave nativa de Johto que possuía uma tipagem muito significativa visto seus gostos esotéricos bem conhecidos.

Pelo seu passado, o magrelo não era de ter grandes contatos com Pokémons na infância e adolescência, na realidade passava seu tempo curtindo mimos de sua família bem-de-vida e manipulando/conquistando amizades enquanto explorava suas habilidades artísticas que não eram poucas. Para o nosso azar as tais habilidades tinham de certa forma adormecido em meio aos conflitos vivenciados com o início de sua maioridade, relacionados à sua sexualidade (seria esse um assunto delicado para o jovem? como está a sua auto-aceitação?). Cortar o cordão umbilical com os pais nunca é fácil, especialmente quando eles não se manifestam sobre um assunto importante para a sua vida e personalidade. Dizem por aí que muitas vezes se abster de tocar em algum assunto é estar do lado daqueles que oprimem o próximo.

Bem, apesar dos pesares, o jovem amadureceu e se organizou para que pudesse dar uma guinada na sua vida vindo para Hoenn. Ao lado do mais recente amigo - será que eles já são amigos -, Natu ele iniciava sua jornada onde a cartomente indicara. Talvez por sua falta de experiência com questões de treinadores o rapaz nem sabia que poderia ter passado a noite no Centro Pokémon de Mauville no maior conforto, talvez por isso tenha passado a noite bêbado “deitado no banco da praça”. Envolto em sua embriaguez ele acabou se perdendo indo para o extremo leste de Mauville.

Era ambígua a forma com que Jamie tratava a Poké Ball de Natu e o Pokémon em si, chegando a de certa forma menosprezá-lo. Para tornar o menosprezo ainda mais válido o rapaz garantia algumas falas se gabando e o pequeno psíquico permanecia estático, como se olhasse para o nada - ou para o futuro, talvez. O que o aspirante a treinador não sabia é que aquele monstrinho de bolso tinha habilidades extremamente paranormais e, quem sabe, mais confiáveis que as crenças astrológicas e futuristas de Jamie.

A interação com o parceirinho era fraca, mas vamos dar um desconto à inexperiência e insensatez. Natu não piscava, nem quando era pego no colo. O máximo de esforço físico que fez foi saltar para o ombro e depois para a cabeça de seu infeliz treinador e soltar um pio fraco ou talvez manhoso. O jovem nem se lembrava do nome da criatura e não tinha a expertise de sacar sua recém-ganha Pokédex para checar informações mais precisas de Natu. Pelo visto aquela caminhada perdido pela rota 118 ainda renderia bons monólogos e erros grosseiros para alguém que se dizia querer ser treinador. A manhã enfim começava com um sol ameno surgindo no horizonte e o céu azul claro mostrava-se completamente sem nuvens naquele momento. Se estivessem Pokémons por ali eles ainda estavam dormindo, mas certo era que o atorzinho queria sair dali caminhando mais profundamente na vegetação. O senso de localização na metrópole de Kalos pelo visto não era transferível para outras localizações do hemisfério.

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Estagiário Recorrente

Estagiário Recorrente

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por Chloéthe em Sab 6 Jun - 18:54

Off:
Hey! Obrigado por narrar a rota! Espero que possamos nos divertir aqui e paga leve comigo dhshkdhk
Como eu comecei de uma maneira diferente do usual, não sabia que possuía uma pokedex XD vou usar ela melhor agora

Não demorou muito para que Jamie percebesse que não estava indo a lugar algum. Estava rodeado por árvores, não havia nenhum sinal da cidade de onde tinha vindo, nem qualquer outro lugar por perto que parecesse com uma civilização. Pra piorar seu Pokémon não demonstrava nenhuma emoção, a tamanha apatia estava lhe dando nos nervos, o treinador tentava iniciar algumas conversas, mas não havia nenhuma resposta.

Por fim, deu-se por cansado. Sentou-se no chão, retirou a pequena ave dos ombros e a repousou cuidadosamente ao seu lado Os dois pareciam participar da mais séria competição de encarar, e nesse ritmo, o Pokémon com certeza venceria. Um barulho alto foi ouvido e este assustou até mesmo o passáro psíquico, que deu um pequeno salto para traz como reflexo. O barulho vinha do estômago de Jamie que não viu nada além de álcool nas últimas horas. Enquanto procurava por guloseimas na bolsa para comer no café da manhã, se deparou um dispositivo alaranjado.

- Eu não lembro de ter ganhado isso - Ele disse enquanto retirava o objeto da bolsa. - Como é que liga?

Sem pressionar botão algum, o dispositivo se iniciou ao ser apontado, sem querer, na direção do pássaro, o reconhecendo rapidamente.  Uma voz robótica e remotamente feminina recitou algumas descrições a respeito da criatura, aparentemente, seu nome é Natu.

- Natu, eh? Me parece realmente que você tem algo de especial aí, hein - Jamie tinha a a mistura da expressão de surpresa e alegria em seus olhos, ter um Pokémon habilidoso significaria sucesso em seus planos, o que era bom. - Me desculpe por duvidar de você, eu acredito agora. Sou meio novo nisso tudo e não te dei o devido valor. Vamos começar de novo como amigos, ok?

Apesar da aparência não vender o produto, Natu ganhou a curiosidade e, de certa forma, o afeto de seu treinador. Difícil é saber se estes sentimentos são mútuos, já que Natu raramente demonstra alguma emoção. O Pokémon simplesmente abriu suas asas lentamente, Jamie tomou essa resposta como um sim.

- Acredito que devemos prosseguir agora, mesmo perdidos, qualquer lugar é bom o suficiente para quem não sabe para onde ir. Ficar parado não nos levará a lugar nenhum. Por acaso você poderia me contar como é meu futuro? Não né, ok

Jamie se levantou, colocou o seu parceiro no ombro novamente e seguiu andando. Ele carregava um pacote de biscoito na mão e comia enquanto falava aleatoriedades sobre música, dança e búzios, como se esses assuntos tivessem alguma ligação.  

- Podemos planejar um show de adivinhações pra nossa primeira performance, Natu, o que acha? Seria tudo, não é? - O jovem parecia entusiasmado com as novas informações sobre seu parceiro - Acho que eu precisaria te ver em ação primeira, acredito que isso ainda vai acontecer


Última edição por Chloéthe em Seg 8 Jun - 21:24, editado 1 vez(es)

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Tumblr10
Chloéthe
Chloéthe
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por  em Dom 7 Jun - 0:01

off:
então, não vi seu post de início, mas naquele topico onde você solicitou o pokémon, mesmo que com início alternativo, geralmente você explica como conseguiu seus itens que estão na sua bag. então, sim, vc tem uma pokédex, old rod e poké balls. e ah, fica tranquilo que logo você vai descobrir minha fama no fórum kk

O estado pós-embriaguez e a confusão do rapaz falavam mais alto que seus conflitos internos e que rodeavam sua história na terra natal. Bem, talvez fosse melhor deixar essa questão pra lá inicialmente, afinal, existiam desafios maiores pro futuro próximo, entre eles, Natu.

POKÉDEX escreveu:
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Natu
#177 - Natu
Natu, o Pokémon passarinho. Natu não pode voar,  pois suas asas não estão ainda completamente crescidas. Se olhar nos olhos desse Pokémon ele irá encará-lo intencionalmente. Porém se você fizer qualquer movimento ele irá saltar para sua segurança.
Pelo visto, segundo as informações do mini-computador-enciclopédia, Natu era um voador que não sabia voar ainda. Contudo, as suas habilidades de salto eram na verdade impressionantes. Mesmo que Jamie ainda não tenha presenciado, o pequenino podia saltar do chão para galhos de árvores, como pulgas... Dadas as devidas proporções, é claro. Falando nisso e aproveitando a situação de inanição do novíssimo treinador de ressaca o pequeno após expressar o mínimo de reação que pôde saltou para uma das árvores da proximidade. Mesmo que o rapaz comece algumas bolachas murchas o pequeno achava muito mais apetitoso e nutritivo se alimentar de frutos e era exatamente o que a árvore avistada pela ave oferecia: maduros e frescos Oran Berries!

Em meio a falação do garoto e o reconhecimento que ele conferia ao Pokémon após aprender o mínimo sobre ele em sua Pokédex ele nem se dava conta que o psíquico saíra de seu ombro e estava já na copa daquela árvore bicando os frutos e derrubando alguns no chão caso seu treinador quisesse catá-los. Aparentemente aquela era a forma de Natu dizer que por enquanto estava aceitando a tal proposta de amizade e cortar o papo-furado sobre espetáculos. Apesar de não ser uma má ideia, só era preciso trabalhar a ideia com o recém-conhecido e apático pássaro.

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Estagiário Recorrente

Estagiário Recorrente

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por Chloéthe em Dom 7 Jun - 2:36

Off:

@zé escreveu:fica tranquilo que logo você vai descobrir minha fama no fórum
Medo @.@

Eu gostaria de equipar  uma das oran berry nele, mas o bichinho nem tem como segurar kkk, como faço?

Jamie estava tão distraído em seus devaneios que acabou por não perceber a saída repentina de Natu em direção a árvore, ele apenas se tocou quando um dos frutos azuis derrubados pelo passáro pousou próximo do seu pé. O rapaz se agachou e começou a catar algumas berrys, ele imaginou que seria útil no futuro. Passou um tempo observando o pássaro se alimentar, enquanto fitava a cena não pôde conter o pensamento de que Natu era uma criatura fofa.

- Esse jeitinho estranho dele, talvez, seja a causa do porque eu o acho, de certa forma, fofo. - Pensava Jamie - Ele me lembra o Slowpoke que a mamãe tinha. Mesmo com aquela cara de bobo, conseguiu participar em diversas novelas junto com ela.

Pensar sobre sua mãe lhe era estranho, já havia um bom tempo que isso não acontecia. Jamie deixou a casa dos pais aos 18 anos e por muito tempo lidou com isso apenas deixando para lá, ele se privou tanto desse pensamento que o mesmo deixou ter importância. Quando a vida adulta começou, a mente conturbada do rapaz precisava se preocupar com pagamento de contas e trabalho, questões como sua sexualidade, relacionamento com pais e romances pareciam ser uma parte muito pequena do problema.

Após se libertar do pequeno devaneio, o monotreinador fez um sinal para que Natu voltasse a se empoleirar em seu ombro, que, por sua vez, o obedeceu. O Pokémon pulou da árvore e pousou perfeitamente, seu corpo esférico parecia não ter  peso algum e suas garras não chegavam a arranhar o seu treinador. Mesmo que, inicialmente, ambos estejam tentando ver maneiras de como fazer essa relação iria funcionar, é também inegável que o enigmático e ainda carismático Natu tinha muitas semelhanças ao parceiro humano.  

Enquanto caminhava fitando o horizonte, Jamie sentiu sua boca seca e os pedaços de biscoito começavam a pesar em sua boca. Ele tinha fama de ser a pessoa mais desprecavida da história e, para fazer jus a tal título, é óbvio que não trouxe nenhuma garrafa com água.

- Ei, Natu. Aposto que cê tá com sede também, será que tem algum lugar com água aqui por perto?

Como resposta, Natu contentou-se em apenas soltar um piado agudo. Como Jamie não se considerava um expert em linguagem Pokémon, seguiu em frente, sem dar muita atenção.


Última edição por Chloéthe em Seg 8 Jun - 21:24, editado 1 vez(es)

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Tumblr10
Chloéthe
Chloéthe
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por  em Dom 7 Jun - 17:33

off:
kakakaka sei que fica meio sem sentido equipar itens em pokémons que parecem não poder segurar, mas ele pode mesmo assim. já coloquei na sua box! a gente releva a questão anatômica

O jovem entrava num devaneio conflituoso ao trazer a imagem de sua mãe em sua cabeça. Talvez ele sentisse falta de seus genitores apesar de uma opressão velada e o distanciamento infeliz que eles sofreram. Como forma de tentar desviar os pensamentos o rapaz acabava por recolher algumas daquelas berries e guardar em sua mochila. Com certeza elas poderiam ter sua utilidade no futuro.

Foi então que o despreparado novato começava a sentir sede, era natural uma leve desidratação numa situação pós-embriaguez então ele optava por buscar água nos arredores. As árvores balançavam com a brisa que soprava e Natu parecia não dar a mínima para onde seu treinador estava indo. Se seguissem a tal brisa eles descobririam que na extremidade daquela rota existia uma porção do mar, mas água doce não parecia estar disponível facilmente por ali a não ser que chovesse e o céu não dava nenhum indício. Eles começaram a caminhar até Natu mudar para onde ele apontava seu olhar vago. A curiosidade do rapaz seria atiçada ou ele continuaria na caça à água?

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Estagiário Recorrente

Estagiário Recorrente

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por Chloéthe em Seg 8 Jun - 21:48

A busca por água foi por água a baixo quando Jamie se deu conta de que não haveria nenhuma água potável por perto. A "epifania" aconteceu quando ele se deu conta que mesmo se houvessem rios ou poças com água por perto, ele não se atreveria a dar um gole sequer por medo de haver impurezas na água. O rapaz nunca tinha bebido água que não fosse comprada em uma garrafa plástica e não estava disposto a começar.

Se sentiu estupido por ter sequer pensado nisso, logo seu pensamento pulou para uma situação diferente, e se um dia precisasse realmente fazer tal coisa parar sobreviver, seria capaz? O jovem iria desistir do conforto e aceitaria se render à situações extremas? Ao final do devaneio, decidiu esperar para ver como iria realmente se portar, terminou sem chegar a conclusão alguma.

O Natu em seu ombro começou a lentamente mudar de posição, passando a fitar outra localização. Esse movimento certamente afetou a curiosidade de Jamie, que agora era ciente dos poderes sobrenaturais do Pokémon. O lugar que ele estava apontando poderia ser um sinal para aquilo que o treinador estava desejando, qualquer uma das dezenas de coisas que Jamie já desejou hoje.

- Ei Natu! Você tá curioso pra saber o que tem ali? - Depois de uma pausa, Jamie continuou - Acho que você já sabe o que tem ali, não é? De qualquer forma, vamos para aquela direção então.


_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Tumblr10
Chloéthe
Chloéthe
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por  em Ter 9 Jun - 16:26

O rapaz se colocava em uma situação de conflito interno ao imaginar um pouco do que um treinador poderia se submeter durante suas aventuras em rotas pelo continente. Por ter sido sempre muito mimado na infância ele exigia certas regalias, apesar de ter no dia anterior experimentado uma noite precária em situação de rua que com certeza destoava de suas vivências em Lumiose.

Com a atenção de Natu voltada para o interior daquela rota, Jamie também se sentiu curioso acerca do que o pequeno Pokémon poderia estar sentindo ou vendo. Assim, optou por desviar da trilha principal daquela rota e adentrar na área mais arborizada do bosque, definitivamente uma decisão de dificultaria sua volta à Mauville. Conforme avançava ia seguindo a direção que seu Psychic-Type apontava silenciosamente com seu bico, como uma bússula. Foi então que se deparou com uma criatura fuçando entre alguns arbustos despretensiosamente. Talvez fosse uma boa oportunidade para começar a praticar suas habilidades de batalha até então inexistentes.

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Wurmple

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Estagiário Recorrente

Estagiário Recorrente

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por Chloéthe em Ter 9 Jun - 18:50

Jamie se aproximou silenciosamente da pequena lagarta próxima aos arbustos, observou com cuidado o movimento da mesma enquanto ela parecia estar procurando por alguma coisa. Natu fixava sua atenção na mesma direção, mas dessa vez seu corpo estava arqueado para frente, como se estive pronto para avançar. O treinador retirou o dispositivo vermelho chamado pokédex de sua bolsa, imaginou que assim como recebeu informações sobre o Natu, também conseguiria informações sobre o Pokémon que estava a sua frente.

Apontou o objeto enquanto tentava passar despercebido e após ouvir aquilo que queria, bolou um plano para derrotá-lo. Por mais que inexperiente, Jamie não era de todo burro, ele sabia sobre as vantagens de tipos, porque era de conhecimento comum. Seu pokémon era um tipo voador além de psíquico, com certeza teria vantagem contra um inseto. Uma batalha seria uma situação perfeita para testaras habilidades de seu parceiro de palco.

O rapaz estudou um pouco os movimentos aprendidos por Natu em sua pokédex, o movimento mais adequado seria o Peck, então cochichou para o pássaro em seu ombro:

- Natu, ataque o Wurmple com o Peck, depois se afaste dele para não ser atingido de volta.

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Tumblr10
Chloéthe
Chloéthe
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por  em Ter 9 Jun - 19:33

off:
nao sei se viu isso nos guias ja, mas já pra avisar: aqui no rpg as batalhas tem turnos e rodadas. 1 rodada é um post do narrador e cada rodada compreende dois turnos de batalha. nisso, vários moves acabam sendo adaptados para isso. mas o que importa e que gostaria de te dizer é que em cada post seu numa batalha você pode ordenar até dois moves para que eu narre os dois turnos que compreendem a rodada. não sei se ficou confuso, mas qualquer coisa dá uma olhada numa batalha em qualquer outra rota pra vc ter uma ideia! qualquer duvida só falar

Aparentemente o garoto havia pego o jeito de utilizar a enciclopédia Pokémon e logo tratou de utilizá-la para saber mais sobre Wurmple. Apesar de ser muito aspirante, o garoto conhecia um pouco sobre vantagens de tipagem e queria testar as habilidades de seu Natu em grande estilo. Por se tratar de um tipo inseto teria fraqueza à golpes Flying-Type como o Peck de Natu.

O Bug-Type comia folhas despretensiosamente naqueles arbustos e foi pego de surpresa pela bicada de Natu ordenada pelo monotreinador. Como reação de defesa natural a larva ouriçou seus espinhos que ficam na traseira de seu corpo, numa forma de ameaça e proteção. Pelo visto Jamie tinha ganho a atenção do pequeno e ele entraria numa batalha contra a ave que já tinha agilmente saltado para o lado de seu mestre novamente.



Status:
Normal
Hold Item:
None
Ability:
Shield Dust

Lv. 07 Wurmple


18/23
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Wurmple
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Natu
Lv. 05 Natu


19/19
Ability:
Synchronize
Hold Item:
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente OranberryOran Berry
Status:
Normal

Campo: Área arborizada do bosque, com vários arbustos na região. Grama baixa. Sol ameno, céu limpo.


_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Estagiário Recorrente

Estagiário Recorrente

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por Chloéthe em Ter 9 Jun - 21:18

Off:
Eu li os guias, mas esqueci totalmente desse detalhe dos dois golpes. Muito obrigado. Uma dúvida: desviar/esquivar conta como movimento?

O treinador tinha conseguido pela primeira vez estar em uma batalha Pokémon, era um sentimento estranho lutar contra outra criatura, sem motivo algum e sem que ela tenha um treinador, mas ainda sim o fez. Natu matinha seus olhos atentos ao adversário, como se estivesse pronto para qualquer movimento.

Jamie começou a elaborar uma estratégia para garantir a vitória a qualquer custo, ele tinha a necessidade de ser o melhor em tudo que fazia. Não demorou até que tivesse as próximas ordens na ponta de sua língua:

- Natu, use o campo como sua vantagem! Pule para o alto das árvores e lá de cima utilize o movimento Peck duas vezes! Estar no alto deve previnir que você seja atingido por ele!

O rapaz se sentiu animado ao dar as ordens e percebeu que aos poucos se envolvia mais na batalha. Seu espírito de competição estava aflorado e o monotreinador estava pronto para qualquer situação

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Tumblr10
Chloéthe
Chloéthe
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por  em Ter 9 Jun - 22:01

off:
nao conta como movimento! mas em batalhas oficiais isso não costuma ser considerado, como vs gym ou pvp. contra npcs e selvagens depende de cada narrador, mas eu costumo narrar algumas evasivas sim! mas mesmo que solicite evasiva (que pode funcionar ou n) você pode dar ordem de dois ataques (a não ser que seja um move de 2 turnos, sabe? tipo dig ou fly!

Se parássemos muito para pensar era realmente de pouco sentido usar um animal para atacar outro despretensiosamente apenas para tornar seu monstrinho mais poderoso, ter posse sobre outros seres e assim se tornar mais poderoso em consequência. Entretanto, o espírito competidor do rapaz natural de Kalos falava mais alto e ele começava a explorar suas primeiras estratégias de combate:

Aproveitando a habilidade de pular de Natu, o jovem solicitou que o pequeno saltasse para a copa de uma das árvores das redondezas, o que garantiu que o pássaro evitasse os espinhos venenosos que Wurmple lançava em sua direção como contra-ataque pela bicada recebida anteriormente. Natu então aproveitou a guarda baixa de seu oponente e “voou” sem suas asas para bicar o inseto mais duas vezes, garantindo um salto em sequência para retornar ao galho da árvore em que se alojava. Wurmple enxergando que precisava de um golpe de longa distância disparou seu String Shot que acertou em cheio o psíquico e, apesar de não derrubá-lo da árvore, deixou-o todo grudento tentando arrancar a seda que o envolvia com seu bico.


Status:
Normal
Hold Item:
None
Ability:
Shield Dust

Lv. 07 Wurmple


08/23
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Wurmple
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Natu
Lv. 05 Natu


19/19
Ability:
Synchronize
Hold Item:
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente OranberryOran Berry
Status:
-1 Speed

Campo: Área arborizada do bosque, com vários arbustos na região. Grama baixa. Sol ameno, céu limpo.


_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Estagiário Recorrente

Estagiário Recorrente

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por Chloéthe em Ter 9 Jun - 22:39

O golpe do Wurmple aceitou o Natu em cheio,  Apesar de seu corpo estar aparentemente preso, não parecia ser difícil sair daquela situação. Jamie tentou manter a calma ao ver seu parceiro atingido, de início se preocupou com ele, mas o Pokémon não parecia ter sofrido dano algum.

Não se podia dizer o mesmo do Wurmple, que estava ferido e ofegante, seu oponente voador estava em clara vantagem. Jamie, mais uma vez, deu os comandos ao seu perceiro:

- Natu! Vamos terminar com isso e vencer de uma maneira espetacular! Utilize a mesma estratégia de antes, acerte dois pecks nele!

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Tumblr10
Chloéthe
Chloéthe
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por  em Qua 10 Jun - 13:12

Jamie e Natu mantinham a mesma estratégia, o voador estava mais lento, mas ainda assim atacava primeiro desferindo sua bicada contra o inseto assim que conseguiu se soltar da seda que envolvia seu pequeno corpo redondo. Quando Natu voltou para o galho com um salto para trás Wurmple lançou um novo tiro de estilingue e dessa vez fez questão de trazer Natu para perto de si quando puxou a seda, deixando-o vulnerável para receber seus numerosos espinhos venenosos que por pouco não deixavam o monstrinho de Jamie envenenado. Usando a proximidade que acabava de dar vantagem para a larva, o Flying-Type repetiu seu Peck finalizando a batalha contra o selvagem.

Essa era a primeira vitória do garoto! Agora ele podia decidir capturar o Pokémon, apesar de que para um monotreinador não era vantajoso tentar treinar outros tipos de Pokémon.

bico.


Status:
Fainted
Hold Item:
None
Ability:
Shield Dust

Lv. 07 Wurmple


00/23
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Wurmple
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Natu
Lv. 05 Natu


16/19
Ability:
Synchronize
Hold Item:
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente OranberryOran Berry
Status:
-2 Speed

Campo: Área arborizada do bosque, com vários arbustos na região. Grama baixa. Sol ameno, céu limpo.


“PROGRESSO” escreveu:
+820 de EXP para Natu, subindo para o nível 10 e aprendendo Teleport! Natu ganhou 10 pontos de Happiness!
Obs: Bottle Caps serão contadas no final da rota.

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Estagiário Recorrente

Estagiário Recorrente

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por Chloéthe em Qua 10 Jun - 18:01

Jamie comemorou a vitória um grande grito, seguido da sua famosa dancinha da vitória, ele estava muito feliz por sua primeira conquista como treinador, o rapaz sempre foi de comemorar suas conquistas, sejam grandes ou pequenas. Ao ver o Wurmple debilitado no chão, Jamie sentiu pena. Ele tinha vencido a batalha, o que era bom, mas não estava acostumado a ver um Pokémon desmaiado. Não tinha muito o que fazer, pegou o Pokémon minhoca nos braços, com cuidado para que não se machucasse com espinhos e o moveu para perto de um tronco de árvore, onde ficaria escondido e não vulnerável. Jamie pensou em levar o bichinho consigo, mas não estava com tanta pena assim.

Após cuidar do pequeno inseto, dirigiu-se ao Natu, que também parecia estar feliz com a vitória. Jamie esboçou um grande sorriso para seu parceiro, sentia que tinha feito um belo trabalho em conjunto, era um ótimo começo.

- Viu como fomos ótimos?? - Disparou o treinador ao seu Pokémon. Enquanto falava, não conseguia conter um segundo sorriso. - Aquela estratégia foi brilhante!! Você mandou bem também, parabéns Natu. Você sabe o que isso significa, não é? É um sinal do universo que teremos um bom futuro juntos.

O pokémon levantou as asas e deu pulinhos, em aprovação. Empoleirou-se novamente no ombro de seu treinador, porque se sentia confortável ali, e passou a apontar em outra direção, dessa vez, ao leste dali. Jamie seguiu mais uma vez a intuição de Natu e se perguntava o que o aguardava daqui pra frente.

_________________
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Tumblr10
Chloéthe
Chloéthe
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Left_bar_bleue0 / 100 / 10307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

307 - #01 - Deixa acontecer NATUralmente Empty Re: #01 - Deixa acontecer NATUralmente

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum