Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Artie Dom 30 Ago 2020 - 0:06

Off:
Ai, agora até eu fiquei nervoso! Blake almoçando com os pais da Miranda? Eu nunca nem imaginei com eles seriam!
Hauahauahauahuahuahaua


Após Blake e Miranda saírem, a loira fez um convite para seu namorado: almoçar em sua casa. O convite foi um pouco inesperado, mas o rapaz aceitou o convite prontamente. Só precisava resolver uma pequena questão: já que não almoçaria em casa, seria bom avisar Jolene primeiro. Com seu Pokénav em mãos, o jovem escreveu uma mensagem para sua mãe: "A Miranda me convidou para almoçar na casa dela hoje. Prometo fazer a janta hoje a noite para compensar!". A resposta foi praticamente espontânea. Jolene foi direta em sua resposta, dando a impressão que não estava tão contente. "Tudo bem, filho. Até mais tarde."

- Já deixei avisado que não vou almoçar em casa. Como cheguei hoje, era bem a cara da minha mãe inventar de fazer um banquete no almoço...

Como havia aceitado o convite, Blake achou que deveria causar uma boa impressão para os pais de Miranda. Já se conheciam faz tempo, mas era uma situação diferente agora. Afinal, ele era o namorado da filha única deles! Como ainda estavam na feira, o criador decidiu a passar nas tendas de alguns vendedores de hortifruti.

- Espero que não me leve a mal... Mas eu vou comprar algumas verduras para preparar algum prato. Você e sua família não são vegetarianos, então eu não quero dar mais trabalho pra vocês.

- Tudo bem! Eu já ia escalar você para trabalhar na cozinha mesmo... - Respondeu Miranda.

A lista de compra não foi grande: alguns tomates, couve, alface, nozes e algumas frutas para fazer um suco. Com a garantia que não faria desfeita diante de seus sogros, Blake agora sentia tranquilo para ir até a casa da Miranda. Seria um sucesso ou um fiasco?

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OHHVZarCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 GwgKTzNCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 MNDnG6pCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 HLlz7A0Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 IIs2sihCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 8gzktHjCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ORIry71
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XOulu7k


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OinUoEd
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 FGENpG0
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Koi Dom 30 Ago 2020 - 17:45

Blake não pensou duas vezes em aceitar o convite para almoçar com os pais da namorada. Já não era sem tempo, considerando o status do relacionamento deles. Além disso, Miranda sabia que precisava aproveitar uma das raras oportunidades em que eles dois estavam em Slateport, principalmente porque o criador vivia sua aventura de forma invejavelmente dinâmica.  

Conforme subiam as ruas de volta para a área residencial, refazendo o caminho até a casa dos Musgraves, Miranda parecia começar a ficar ansiosa. Ela tinha feito o convite no calor do momento e agora se afligia com as imagens mentais que fazia das possibilidades daquele encontro. Ela não temia que Blake causasse uma má impressão à seus pais, ou vice-versa. Não, a preocupação de Miranda era a clássica dos filhos: "espero que não me façam passar vergonha...", era o pensamento mais comum que vinha na mente dela.

– Pronto?! – perguntava, já diante da porta de sua casa; independente dos pensamentos, ela não voltaria atrás – Mãe, pai, voltei! Trouxe o Blake pra almoçar com a gente! – falou num tom de voz mais alto logo que passou pela porta, para a sala de estar.

– Blake??? – respondeu uma voz masculina, vinda do andar superior.

– Blake!!! – completou a voz feminina de algum ponto mais ao fundo da casa.

Enfim, chegava o momento. Como os pais de Miranda reagiriam? Afinal, também teriam sido pegos de surpresa!


Artie - Slateport City - Manhã, tempo ameno e brisa litorânea

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 D2KsFu7
Mahiro s2
Koi
Koi
Especialista Flying I

Especialista Flying I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Artie Dom 30 Ago 2020 - 22:40

Blake havia aceitado o convite espontâneo de sua namorada, mas só sentiu a pressão da surpresa após ouvir Miranda questioná-lo. "Pronto?" O que a loira queria dizer com isso? Será que o rapaz estava apresentável o suficiente? Seu coração disparou por alguns segundos e ele discretamente conferiu seu hálito para se certificar que não estava com bafo.

Antes de entrar, o casal retornou seus iniciais para suas respectivas pokébolas e Blake fez questão de deixar o seu calçado na entrada da casa. Educação em primeiro lugar! Richard e Beverly, os pais de Miranda, pareciam surpresos com a chegada do rapaz, cada um de sua maneira. Enquanto Beverly parecia muito alegre, Richard praticamente fuzilava o jovem com o olhar, fazendo com que ele engolisse seco. O jovem não podia deixar o silêncio continuar, então interrompeu mostrando as sacolas de compras da feira.


- Trouxe algumas coisas, vou ajudar a fazer o almoço! Espero que gostem de nozes e mostarda!

Após a declaração, os pais de Miranda agiram de formas distintas: Richard simplesmente resmungou e voltou a sentar sem sua poltrona, lendo o seu jornal. Beverly, por sua vez, fazia questão de puxar o saco de seu genro.

- Que gentil de sua parte, Blake! Você é um jovem muito atencioso!

Miranda já pressentia o que iria acontecer e, revirando seus olhos, pegou Blake pelo braço e o puxou em direção a cozinha. Era visível que ela estava constrangida e não queria que sua mãe a fizesse passar vergonha.

- Mãe, não precisa se preocupar! Pode deixar que eu e o Blake preparamos o almoço sozinhos!

Será que Beverly aceitaria a imposição de sua filha ou ela iria fazer questão de participar do preparo do almoço?

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OHHVZarCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 GwgKTzNCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 MNDnG6pCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 HLlz7A0Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 IIs2sihCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 8gzktHjCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ORIry71
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XOulu7k


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OinUoEd
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 FGENpG0
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Koi Seg 31 Ago 2020 - 14:47

As primeiras reações, entre todos, não poderiam ser mais distintas. O Sr. e a Sra. Musgraves pareciam opostos complementares no quesito simpatia e, juntos, mostravam nítidas diferenças da personalidade da filha, que agora se esforçava para não se constranger, enquanto o namorado dançava entre o nervosismo e a polidez.

Objetiva, Miranda tratou de tirar Blake daquelas impressões esquisitas, levando-o até a cozinha. Diferente da casa dos McBride, a cozinha dos Musgraves não era tão espaçosa o que, na analogia da receptividade dos anfitriões, sugeria que aquele não era o cômodo principal da casa. Ainda assim, tudo ali era metodicamente organizado e limpo, com cada coisa exatamente em seu lugar, e tinha um aroma peculiar de Lavanda, vindo do vaso que encontrava a corrente de ar, na única janela.

– Miranda, filha, mostre ao Blake onde ficam as coisas. – Beverly vinha logo atrás do casal e ficava parada no portal da cozinha, observando – Blake, pode ficar à vontade! Ali naquele armário ficam as panelas. Naquela gaveta as tábuas de corte. As facas estão no balcão bem ali... – ela não hesitava em enumerar o lugar das coisas.

–  Mãe, pode deixar, eu digo pra ele onde ficam as coisas! – a loira tinha o tom um pouco incisivo, mas a mãe não pareceu se incomodar; provavelmente ambas já estavam acostumadas àquilo.

– Tudo bem então. Divirtam-se! – disse antes de sair, se encaminhado pelo corredor em direção aos fundos da casa.

Miranda era prática - como sempre - e surpreendentemente ágil naquela cozinha. Ela logo colocaria sobre o balcão algumas facas, bowls, e uma tábua. Separava também um escorredor e o deixava junto à pia, julgando que Blake pudesse querer usá-lo para higienizar as coisas que comprou. De uma gaveta, arranjou para eles um par de aventais, ambos cheios de babadinhos nas bordas, mas ela pegou para si o que tinha a estampa mais sóbria, vermelho com bolinhas brancas, deixando para o namorado o acessório com estampa floral.

– Quer fazer tudo vegetariano? – perguntava com a cara dentro da geladeira, onde verificava algumas opções.

Hum-hum... – Richard pigarreava para anunciar sua entrada – Então o Blake cozinha, uhm?! – sem cerimônia e bem decidido ele passou direto até a bancada, onde pegou um copo para se servir de água, mas parou no meio do processo, surpreso ao ver o rapaz pronto para vestir (ou já vestindo) um avental florido – O Blake também bebe? Fuma? – no quesito objetividade e falta de filtro, talvez o pai realmente lembrasse um pouco a filha.

– Blake, não responda! Pai... Pode, por favor, deixar a gente cozinhar?

Era bom não contrariar Miranda num espaço fechado contendo vidros e facas afiadas! Sabendo disso, Richard também deu meia volta e deixou o cômodo. Porém, ele não voltou à sala de estar, e sim seguiu o mesmo caminho da esposa. Teria ido se encontrar com ela? Se sim, será que conversariam sobre o jovem McBride? Provavelmente sim. Coisas de pais.


Artie - Slateport City - Manhã, tempo ameno e brisa litorânea

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 D2KsFu7
Mahiro s2
Koi
Koi
Especialista Flying I

Especialista Flying I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Artie Seg 31 Ago 2020 - 23:58

Off:
Blake fazendo piada de tiozão pq é exatamente assim que eu me sinto em relação ao seu último post! Huahauahauahaua
E no episódio de masterchef de hoje, estou narrando literalmente o que eu comi no almoço.


Diante da passagem de Johny pela cozinha, Blake ficou apenas constrangido. Era visível que o homem havia ficado incomodado com o fato de que Blake colocara o avental cheio de frufrus e logo fez perguntas que Miranda não permitiu que seu namorado respondesse.

- Esqueça o prato vegetariano... Para o almoço de hoje teremos uma torta de climão! - Disse o rapaz, rindo.- Mas falando sério... Seu pai não parece do tipo que dispensa um filé... Não gosto de impor minha dieta pros outros, pode preparar o que quiser que a minha parte da refeição eu garanto!

- Tudo bem, você decide! Mas tem uma coisa que você não poderá recusar: aqui em casa, temos que ouvir um pouco de música enquanto cozinhamos!

Miranda abria o Spokéfy em seu Pokénav e o colocava uma trilha sonora para ouvirem. Como já era de se esperar da jovem, a trilha sonora era uma playlist de rock: Mienfoo Fighters, The Catchers, The White Spindas e vários outros. Enquanto ouviam música e cantarolavam juntos, o casal lavava as frutas e verduras e organizavam os ingredientes.

As compras já haviam sido higienizadas, então podia iniciar o preparo. Com uma faca, Blake começou a cortar os tomates, uma cebola e a couve. O rapaz juntou parte dos tomates com a cebola e fez um vinagrete, temperando-o com vinagre e alguns temperos da dispensa da família Musgraves. A couve, depois de cortada, foi refogada com um pouco de azeite em um frigideira, sendo temperada com um pouco de mel, mostarda e ganharam um toque crocante com nozes picadas. Por fim, Blake fez também uma salada fria, servindo com folhas de alfaça, o restante do tomate picado e temperado com sal, limão e azeite.

Neste meio tempo, Miranda havia preparado uma porção bem generosa de arroz, que ganhou um toque amarelado graças a uma pitada bem generosa de açafrão. Faltava apenas a garota fritar os bifes que Beverly havia guardado na geladeira. Enquanto Miranda preparava a carne, Blake fazia um suco misturando frutas doces e cítricas.


- Quando você estava passando uns dias lá na fazenda, nunca quis cozinhar comigo! Olha só como fizemos o almoço rapidinho! Somos uma dupla dinâmica! - Disse Blake, animado.

- Com esse avental eu não consigo te levar a sério, para mim você parece apenas uma linda Bellossom! - Respondeu Miranda, de forma debochada.

O almoço estava prestes a ser servido. O que os pais de Miranda achariam da refeição. Aliás... Como seria o clima do almoço? Seria o início de um festival de perguntas constrangedoras?

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OHHVZarCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 GwgKTzNCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 MNDnG6pCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 HLlz7A0Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 IIs2sihCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 8gzktHjCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ORIry71
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XOulu7k


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OinUoEd
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 FGENpG0
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Koi Ter 1 Set 2020 - 15:59

Apesar dos pequenos constrangimentos, principalmente por parte do Sr. Musgraves, o clima entre o casal não foi afetado, então conseguiram tirar o melhor daquele tempo cozinhando juntos. Até cantarolavam umas músicas que provavelmente fugiam do gosto antiquado dos anfitriões, mas Miranda só respondia com um clássico revirar de olhos, levando aquilo com naturalidade, humor, e se empenhando para que o namorado não se afetasse com a situação.

Quando tinham a comida toda pronta era hora de pôr a mesa, na sala de jantar que ficava no cômodo da frente. Aquele espaço também era diferente da casa de McBride, sendo menor e com uma mesa retangular e simples, de seis lugares. Mas a decoração era charmosa e elegante. Miranda foi quem tomou a liberdade de determinar os lugares: seus pais ficariam nas pontas, Blake sentaria à direita de Beverly e Miranda à seu lado.  

– Mãe, pai, podem vir, estamos terminando de pôr a mesa! – a garota anunciou, quando terminaram de distribuir as louças.

De volta à cozinha era hora de levarem as comidas, e enquanto faziam isso os anfitriões já se dirigiam à sala de jantar. Johny foi o primeiro a se sentar, enquanto Beverly se prontificou a ajudar o jovem casal a transportar alguns recipientes, além da jarra de suco.

Uhmmm! O cheirinho tá muito bom! – ela elogiava o aroma do suco e do refogado de couve – Depois eu quero a receita, hein Blake?! – se esforçava para se enturmar enquanto depositava o recipiente ao centro da mesa.

– O que é isso? – Richard questionou, juntando as sobrancelhas quando viu as coisas.

– São vegetais, meu bem, fazem bem pra saúde. – o comentário de Beverly num tom exageradamente maternal fez Miranda soltar um riso discreto; e aquele deboche sutil fez a mãe lembrar a filha – Blake fez a gentileza de preparar vários acompanhamentos para nós, hoje. Ele entende muito bem da procedência dos alimentos: ele tem uma fazenda! Ai, como eu adoro o campo! – a matriarca suspirava, agora já sentada e começando a se servir.

– Uma fazenda, é?! E o que faz lá? – Richard pareceu subitamente interessado naquela parte, e já não tinha a voz arrastada de desaprovação, talvez McBride tivesse ganho um ponto com o sogro por "administrar terras" ou algo assim – Tem Tauros? Bouffalant?

Assim como os questionamentos, os pratos também se agitavam ao redor da mesa agora que todos estavam devidamente sentados. Não, não tinham um momento de oração e agradecimento pelo alimento nem nada do tipo. Além disso, Beverly era quem começava a olhar curiosa para Blake, depois de se dar conta que a travessa de bifes passou pelo rapaz e ele não se serviu... Será que ela sabia/lembrava que ele era vegetariano? Será que aquilo seria um problema para os Musgraves? Bem que achei estranho ela chamar os pratos de Blake de "acompanhamentos"... Para quem?!

Off:
Sogros foram feitos para causar climão! kkkkkkkk
Brinks :3
Oh. Pelo menos você vai ter ótimas referências pra defender seu tômpero!
E convencer os jurados de que deu tudo certo -q


Artie - Slateport City - Manhã, tempo ameno e brisa litorânea

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 D2KsFu7
Mahiro s2
Koi
Koi
Especialista Flying I

Especialista Flying I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Artie Ter 1 Set 2020 - 18:26

Off:
Novidade que povo acha que vegetariano passa fome kkkkkkkkk
Eu ainda não sou 100% vegetariano (reduzi meu consumo de carne e não como mais carne vermelha), mas já passei por algumas situações do tipo...

Ah, no meu último post eu troquei o nome do Richard e do Johny e você acabou indo na minha onda, desculpa! Huahauaahauahau


A interação entre a família Musgraves era interessante. Richard não fazia questão de facilitar a situação para Blake, enquanto Beverly tentava equilibrar tudo na base dos elogios, mesmo que alguns deles não tivessem um impacto tão positivo assim... Miranda, por sua vez, apenas parecia se divertir com todo o caos instaurado ali, principalmente quando sua mãe alfinetava seu pai.

Na hora em que Beverly passou a carne para Blake e o rapaz discretamente passou a travessa direto para Miranda, houve um certo climão, mas o rapaz preferiu não se explicar para não causar mais constrangimentos. Ao invés disso, começou a falar sobre um assunto que entendia bastante e que parecia ter chamado a atenção Richard. Ao questionar sobre Tauros e Bouffalant, ficou visível que ele e Blake tinham visões diferentes sobre fazenda.


- Na verdade criação de bovinos não é bem meu foco... Minha principal especialidade é breeding. Eu crio ambientes confortáveis para que os pokémons possam se reproduzir. Mas eu também faço plantações e fiz um curso faz um tempinho sobre produções de pokébolas de apricorn. Meus clientes ficaram satisfeitos com a qualidade dos produtos! Mas eu estou cogitando começar a trabalhar com outros meios de produção também. Vou construir um celeiro para poder produzir leite de Gogoat.

Por mais que Blake não tivesse mentido em nenhum detalhe de sua fala, ele se sentia mal. Omitia a verdade para Miranda, pois os planos de contruir o celeiro eram algo que ele definiu fazer em sua fazenda... em Johto. O jovem não havia falado sobre a mudança de propriedade com Miranda e achou que a situação seria ainda pior se ele falasse isso pela primeira vez justamente com os pais dela.O rapaz decidiu então trocar de assunto de maneira discreta.

- Com certeza eu vou fornecer uma parte do leite de Gogoat que eu produzir na minha fazenda para os meus pais. Os doces que eles preparam são a base de leite de Miltank, mas eu acho que eles seriam capazes de preparar algo incrível com um ingrediente novo. Vocês já comeram alguns dos doces deles? Eu fui pego de surpresa com o almoço de hoje, mas numa próxima visita posso trazer doces pra vocês!

Conseguiria Blake desviar do assunto com sucesso? E Richard? Continuaria interessado na carreira de Blake mesmo sabendo que ele não trabalha no ramo dos bovinos?

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OHHVZarCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 GwgKTzNCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 MNDnG6pCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 HLlz7A0Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 IIs2sihCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 8gzktHjCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ORIry71
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XOulu7k


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OinUoEd
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 FGENpG0
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Koi Ter 1 Set 2020 - 23:50

Blake não estava realmente interessado em iniciar uma defesa das suas escolhas alimentares, por isso se esquivou dos olhares da anfitriã e pegou o gancho do raro instante em que Richard não estava sendo indiscreto nem invasivo.

No primeiro momento o Sr. Musgraves assumiu uma expressão de estranheza sobre aquela conversa de o rapaz ser especialista em criar ambientes confortáveis para reprodução... O homem inevitavelmente olhou de esguelha para sua filha, mas Miranda estava concentrada - ou fingia estar - na comida. A propósito, Blake talvez pudesse notar que a namorada tinha escolhido a menor das fatias de carne para  si, provavelmente para "mediar" as coisas na presença dele.

Contudo, logo a expressão de Richard retornaria ao relaxamento e à curiosidade, chegando enfim à atenção e sutil satisfação quando McBride disse palavras como "clientes", "produtos" e "trabalho". Aquilo deu um ar sério e profissional que agradou o anfitrião, tanto que ele murmurou um "empreendedor, uhm?!", mais para si do que para qualquer um à mesa.

Realmente, Blake fez bem em desviar do assunto mais uma vez, assim que pôde, pois quando falou em explorar outros meios de produção, foi Miranda quem o olhou. Não de esguelha, nem de maneira discreta, ela literalmente parou de cortar as coisas no prato para girar a cabeça e olhar o namorado. Mas, ao contrário do que ele imaginava, ela não se questionava sobre as novas instalações da fazenda - até porque ele já tinha comentado que faria reformas -, mas sim o fato de vê-lo ambicionar o progresso, que significava mais aulas, mais tempo na fazenda e etc. Enquanto ela ainda estava "estagnada"...

– Miranda comentou dos doces maravilhosos. Tive oportunidade de comprar alguns uma vez, quando fui na feira. Nós gostamos bastante, lembra, querido? – direcionava a pergunta ao marido que se limitava a acenar em resposta – Seu pai é uma graça, Blake! E será que sua mãe não se importaria em me dar a receita?! Ou quem sabe você mesmo me passa a receita, Blake! Percebi que gosta de trabalhos manuais.

– Mãe?! – Miranda tentava intervir ao achar que o assunto se tornava muito invasivo; nem se dando conta de engolir a comida antes de falar.

– Que foi, filha!? – Beverly bebeu um curto gole do suco, mas não dava tempo da garota responder – Ah! Se bem que, melhor: quem sabe não marcamos um jantar aqui em casa e você traz seus pais, uhm?

– Mããããeee! – a jovem mesclava surpresa e irritação, com o rosto começando a ficar avermelhado.

Ao lado dela, Richard tossia copiosamente, a ponto de levar a mão ao copo de bebida para aliviar a comida que tinha entalado com o susto. Era nitidamente uma pergunta inesperada para todos, e pela reação geral até Beverly percebeu que talvez tivesse passado dos limites. No mesmo instante ela corou, ficou um pouco mais séria e sorriu desconcertada.

– Desculpe, meu bem. Eu estava só brincando... Saiu assim, sem querer, ha ha ha! – sua mão pousou sobre a do rapaz, em cima da mesa. Com sorte, aquele pedido de desculpas seria o suficiente para diluir a torta de climão que tinha sido servida!

Off:
Pior é que a troca de nomes foi literalmente um surto, pq errei aleatoriamente uma vez, nem eu sei pq, na real kkkkkkk
Ah, super entendo. Convivi bastante com vegetarianos e presenciei um bocado dessas situações -q


Artie - Slateport City - Manhã, tempo ameno e brisa litorânea

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 D2KsFu7
Mahiro s2
Koi
Koi
Especialista Flying I

Especialista Flying I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Artie Qua 2 Set 2020 - 3:57

Off:
Eu tinha falado que iria fazer isso apenas depois do final da rota, mas não resisti! Oficializei a Miranda como personagem secundária!
O que isso vai mudar no rumo da rota? Absolutamente nada, mas pelo menos agora ela tem o mesmo valor que o Blake, digamos assim. kkkkkkk


O rumo da conversa estava simplesmente caótico. Blake percebia que o rosto de Miranda estava mais vermelho que um pimentão e, por mais que tentasse disfarçar, estava se divertindo com tudo aquilo. Sentia que, após passar o nervosismo inicial, finalmente estava conseguindo se dae bem com os pais de sua namorada!

Beverly desde o início havia sido um poço de simpatia e era muito generosa com Blake, mas Miranda acabava podando um pouco os diálogos entre os dois. E Richard, apesar da constante estranheza e julgamentos, demonstrava - mesmo que pouco - algum respeito pela carreira de criador do Blake.


- Eu posso te passar algumas das receitas sem problema nenhum, senhora Musgraves! Eu não tenho tanta técnica quanto a minha mãe, mas sei alguns segredinhos! - Foi a resposta de Blake ao falar sobre os doces de sua família. Ele ansiava por falar sobre a forma como uma pitada de canela fazia a diferença no preparo, mas Miranda protestava e reclamava.

McBride não se importava nem um pouco em falar sobre sua família ou sua vida para os Musgraves, então ao ouvir a proposta de reunir as duas famílias em um jantar não o incomodou. Na verdade, na cabeça do jovem até havia pensado na possibilidade de convidar Beverly e Richard para o seu jantar de aniversário. Porém, ao perceber as reações de sua namorada e seu sogro diante do comentário da matriarca, era melhor não. Talvez o treinador estivesse indo um pouco rápido demais...

Mas uma coisa era fato: Beverly havia se empolgado e ficou meio sem graça com as interrupções. Tentou disfarçar que era uma brincadeira, mas Blake percebia que não. Tentou responder em um tom de brincadeira, mas acabou apenas instaurando o caos.


- Não tem problema! Mas uma hora não teremos como escapar disso! Quer dizer, se um dia Miranda e eu nos casarmos...

Blake nem conseguiu terminar a frase. Ao ouvir uma simples referência a casamento, Miranda, que estava tomando um gole de suco naquele instante, acabou cuspindo a bebida por toda a mesa. "Casamento? Mas que porra é essa? A gente nunca nem falou sobre isso!" foi tudo o que passou na mente de Blake nos breves segundos entre a sua fala e a chuva de suco.

- C-c-ca-casamento? N-nossa... Eu não quis dizer isso! - Disse Blake, gaguejando de tão nervoso. - Q-q-quer d-dizer... E-e-eu q-q-quero casar com Miranda s-sim! Mas não agora! U-um d-dia ta-ta-talvez?!?

A tentativa de corrigir sua fala só piorou a situação. Blake havia tentado apagar o fogo no parquinho... usando gasolina.

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OHHVZarCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 GwgKTzNCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 MNDnG6pCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 HLlz7A0Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 IIs2sihCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 8gzktHjCapítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 ORIry71
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XOulu7k


Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 OinUoEd
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 FGENpG0
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Koi Qua 2 Set 2020 - 22:12

Vendo sua sogra numa situação desconfortável, McBride agiu como um perfeito e gentil cavalheiro, demonstrando empatia e até aceitando repassar os segredos das receitas de seus pais. Até ali estava tudo ótimo, ele inclusive conseguiu arrancar um sorriso sincero de Beverly.

Indo além, Blake aceitou o convite de reunir os pais. Mas, o que ninguém esperava era o complemento de sua proposta! As reações foram as mais diversas possíveis, mas a de Miranda certamente chamou mais atenção, afinal uma cusparada que encharcou parte da mesa não passaria despercebido. Richard largou os talheres sobre o prato, mas não é possível dizer se foi por causa da tentativa de explicação do genro, ou só porque realmente sua refeição estava perdida em uma poça de suco. Beverly por sua vez começava a ficar corada, mas também não saberíamos dizer qual das situações a teriam constrangido.

A gaga tentativa de explicação "morreu" no ar, porque o silêncio que ficou na mesa era absoluto. No que pareceram longos minutos, inesperadamente foi Miranda quem quebrou o incomodo silêncio, mas evitando olhar para qualquer pessoa, enquanto usava o próprio lenço para amenizar a sujeira que fez e transformava isso na oportunidade para não os encarar.

– Me desculpem, ok?! Foi muita informação ao mesmo tempo... – ela também tentava disfarçar as bochechas levemente coradas jogando o cabelo para frente.

Hum-hum... – antes que mais silêncio se formasse, a anfitriã tomou a palavra – Blake, querido, ficamos muito felizes que você tenha essas intenções com a nossa filha. – ali, Miranda girou a cabeça depressa para encarar a mãe e já fazia menção de protestar, mas a mulher apenas levantou o indicador para silenciá-la por um instante – Nós, como pais, sempre queremos tudo de melhor para nossos filhos. E, apesar de Miranda não ser um poço de transparência, é nítido o impacto positivo que você tem na vida dela. Por isso, Richard e eu ficamos muito satisfeitos em saber que você tem essas boas intenções. Não é, Richard? – passava a bola para o marido.

O pai estava de braços cruzados, olhava da filha para o namorado dela, respirava fundo... Sutilmente dava de ombros e acenava positivamente com a cabeça, concordando. Ao lado de Blake, Miranda assistia as coisas acontecerem com um olhar de surpresa. Será que estaria incomodada em ser o alvo principal da conversa, como se ela nem estivesse ali? Ou estava realmente surpresa por seus pais estarem se portando daquele jeito e, mais ainda, apoiando seu relacionamento?

– Nós gostaríamos de conhecer seus pais, sim. – não foi exatamente a resposta para a pergunta, mas era uma forma de concordar, afinal.

– Pronto. Tudo resolvido. Agora, se nos dão licença, podemos tirar a mesa? – era difícil dizer se Miranda estava aborrecida ou apenas sendo prática, como sempre. Mas, uma coisa é certa: quem comeu, comeu; quem não comeu, faz um lanche depois. Ainda tem suco! Servido?

Off:
Sem problema! Mas me avise se precisar mudar algo na forma de interpretá-la e tal. Ainda não sei bem se tem jeito diferente de lidar com personagens primários e secundários quando estão na mesma rota.


Artie - Slateport City - Manhã, tempo ameno e brisa litorânea

_________________
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 D2KsFu7
Mahiro s2
Koi
Koi
Especialista Flying I

Especialista Flying I

Alertas :
Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 28 - Vinte e três primaveras - Página 3 Empty Re: Capítulo 28 - Vinte e três primaveras

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Ir para o topo Ir para baixo

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos