Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

[04] How does a moment last forever?

Página 6 de 16 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 11 ... 16  Seguinte

Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por Sleepy Ter Dez 29 2020, 00:08


Route 12
How does a moment last forever?
Se eu já tinha motivações para superar minha timidez, agora essas motivações se agravaram mais ainda. Como Lariel é... é... simplesmente maravilhosa. Se eu fosse extremamente tímida e fechada em meu próprio mundo, eu não seria capaz de conhecer Lariel, Yoshiro hoje e também outras pessoas maravilhosas que eu encontrei antes. Não conheceria a Requiem, não conheceria Daisuke. Existem pessoas ruins no mundo? Existem, porém, ao mesmo tempo, existem pessoas maravilhosas, esse tipo de pessoa pode estar em menor quantidade, mas, existem. De certa forma Lariel e eu tínhamos experiências parecidas, nunca fomos pessoas de muitos amigos em nossas infâncias e adolescências, eu por exemplo, a única pessoa que eu tive por um tempo considerável foi o meu pai, que era mais uma dessas pessoas maravilhosas.

- Quando eu perdi minha mãe eu não queria mais sair de casa, não queria fazer nada, não falava com os poucos amigos que eu tinha. Meu pai ficou extremamente protetor, mas teve um tempo, que eu tive que decidir e decidi fazer o que a minha mãe gostaria de ver: viajar e me tornar uma treinadora, ela queria me ver livre. E essa foi a melhor decisão de minha vida, tenho certeza de que ela está orgulhosa. - Falava em resposta aos monólogos da loirinha, enquanto tentava ajeitar minha postura no abraço, um pouco desengonçada, o que acabava me fazendo corar, pois parecia que eu queria me soltar, mas não era o caso, apesar de que a diferença de altura não contribuía para o conforto, porém, conforto não era um problema naquele momento.: - Sim, eu sei que tem muitas outras pessoas que se importam comigo, me amam e tem expectativas. Claro que as vezes eu me sinto uma inútil para eles, sinto que apenas ganho e não dou nada em troca. Por isso eu quero ser forte para ser capaz de retribuir essas pessoas maravilhosas. - As palavras de Lariel, em uma visão superficial pareciam algo óbvio, mas realmente significavam algo a mais e realmente me tocavam. Acho que é por causa da maravilha da espécie humana no geral: somos tão semelhantes mas tão diferentes ao mesmo tempo.

Terminada aquela longa interação cheia de ternura entre Lariel e eu, a questão agora era um dilema ético de Yoshiro. Ela se sente mal pelo Caterpie que acabou de capturar e vou ser sincera apesar de eu ser uma treinadora pokémon e mais experiente que Yoshiro, eu só tive uma captura de pokémon. Sim, a maioria dos meus pokémon foram presentes ou chocaram de ovos, arremessar uma pokébola contra um pokémon selvagem foi algo que eu fiz apenas uma vez, mas nessa vez eu não parei para pensar nessas questões que Yoshiro levantou. Por sorte Lariel tinha uma articulaçao muito melhor do que a minha e conseguia soltar palavras muito mais confortantes do que qualquer coisa que poderia sair de minha boca. Mas mesmo assim não fiquei em silêncio, seria rude e maldoso para uma pessoa como Yoshiro, ainda mais que ela veio diretamente até mim.

- Pode me chamar de Kath sem problemas e umm... pode me abraçar também. - Então eu tomava a iniciativa de abraçar Yoshiro, porém eu era completamente desengonçada ao fazer isso. Se a diferença de altura entre Lariel e eu já era grande, com Yoshiro era ainda maior. Ok, eu tentei colocar meu braço na cintura dela, mas não encaixava. Finalmente eu desisti e fiquei envergonhadíssima graças a tentativa falha de abraço: - Ok, isso não funcionou, me desculpe, mas estou feliz de te conhecer mesmo assim. Talvez há males que vem para o bem sim. - Dizia fazendo referência a travessura de Dimentio contra Sapphire, o Mudkip de Yoshiro: - Embora eu fiquei com pena do seu Mudkip, hehe.

Passada as gostosas interações com as duas, finalmente decidíamos seguir em frente: - Peony, nos guie. - Me ajoelhava para o pokémon cogumelo de outono de Lariel e então me virava para Venger, o meu Swoobat: - Querido, acho que você consegue ajudar. O seu sonar é sempre útil. Então quem sabe você sente algo? Ainda mais que se for como Lariel disse e os pokémon da floresta forem mais fortes, bem, não queremos que eles nos pegassem de surpresa.

_________________
[04] How does a moment last forever? - Página 6 FF3OUQS

BY MAHIRO
Sleepy
Sleepy
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por Gugazito Qua Dez 30 2020, 00:27

[04] How does a moment last forever? - Página 6 CETnXsm

How Does a Moment Last Forever?

Off:
Meu deus, me perdoem se eu deixar alguma coisa pra trás. Aliás... podem girar o dado já. <3

A pequena salamandra de fogo evoluía, tornando-se mais robusto e com uma coloração de um vermelho mais forte. Impossível não notar o quão maravilhoso era ver mais uma evolução de um dos iniciais de Kanto. Primeiro Rozen e agora Hephaestus. Yoshiro estava cada vez mais preparada para o que estava por vir, mesmo que não fizesse ideia do que encontraria pela frente.

Para a alegria de Sapphi, aquilo não seria motivo para fazer com que ele viesse a evoluir logo... claro, tudo no seu devido tempo, afinal, os monstrinhos tem sentimento também, assim como vontade própria. E era isso que fazia com que Yoshiro se diferenciasse da maioria dos treinadores mundo a fora, sua empatia com os monstrinhos era linda.

Apesar de ter começado com o pé esquerdo, Lari e Kath começavam a se entender melhor, inclusive a mais novata até começava a fazer alguns trocadilhos, tentando trazer uma descontração pra conversa. E os pokémon de ambos seguiam o exemplo de suas treinadoras. Aos poucos se aproximavam e criavam o inicio do que parecia ser uma amizade.

Após alguns minutos de conversa, Kath cedia um abraço para a outra loira, imaginando que mal não iria fazer. E felizmente estava certa, o abraço durava pouco tempo mas era algo agradável. Logo era interrompido pelo ígneo de Yoshiro, que chegava todo orgulhoso de sua nova forma, roubando completamente a cena.

Entretanto, Lariel e Kathryne notavam a diferença no jeito da garota de cabelos negros, algo parecia estar errado de fato. Talvez no jeito em que a garota falava ou até mesmo em sua feição cabisbaixa, mas era o suficiente para chamar a atenção de ambas as loiras.

Meio nervosa com a situação, Yoshiro começava a contar um pouco sobre sua preocupação quanto aos pokémon selvagens e em especifico o pequeno Caterpie recém capturado.

Não era normal ver essa preocupação fazer parte da vida dos treinadores, mas é claro que alguns se conectam mais com os monstrinhos e outros simplesmente os usam para seus caprichos, como por exemplo, batalhas perigosas e entre outras coisas que podem deixar o pokémon machucado não só fisicamente, mas também psicologicamente.

Yoshiro abraçava Lari e logo a soltava, talvez um pouco envergonhada. Claro, o momento era tenso e aos poucos o trio de garotas iam se entendendo melhor, assim como se abriam uma para outra.

O momento terminava com as garotas combinando para onde iriam, e com isso, algumas ideias maravilhosas surgiam para ajuda-las. Mais uma vez Morelull fazia grande parte do plano das garotas e com suas raízes, guiaria o caminho até a floresta. Já Swoobat ajudaria na procura dos pokémon estrangeiros.

Enquanto as garotas seguiam o plano, era possível observar uma fumaça escura vindo exatamente da direção de onde o trio estava indo... o que poderia ser aquilo?

PROGRESSOS DA ROTA DE HANAKKO:
POKÉMON:
[04] How does a moment last forever? - Página 6 258
Sapphire Lv.25
Status: Normal

60/60
[04] How does a moment last forever? - Página 6 262
Koda Lv.18
Status: Normal

53/53
[04] How does a moment last forever? - Página 6 002
Rozen Lv.19
Status: Normal

52/52
[04] How does a moment last forever? - Página 6 004
Hephaestus Lv.17
Status: Normal

17/37
[04] How does a moment last forever? - Página 6 607
Atsui Lv.1
Status: Normal

12/12
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Egg
Sandile Egg Lv.1
Status: Normal

09/40

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
- Rozen evoluiu para Ivysaur
- +10 happiness para Rozen [58]
- +1534 de Exp para Hephaestus upando para Lv. 15 [27/571]
- + 8 Hapiness para Hephaestus [08]
- Hephaestus pode aprender Dragon Breath
- Capturou uma Gossifleur
- Capturou um Caterpie
- +1772 de Exp para Hephaestus upando para Lv. 17 [549/809]
- + 4 Hapiness para Hephaestus [12]
- Hephaestus pode evoluir
- Hephaestus pode aprender Fire Fang
- Hephaestus evoluiu para Charmeleon
- +10 happiness para Hephaestus [22]

ITENS E DINHEIRO:
-

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Bottlecap BOTTLE CAP:
Total: 06
- +1 Bottle cap por evoluir um pokémon
- +1 Bottle cap por derrotar pokémon selvagem.
- +1 Bottle cap por derrotar pokémon selvagem.
- +1 Bottle cap por capturar um pokémon.
- +1 Bottle cap por capturar um pokémon.
- +1 Bottle cap por evoluir um pokémon

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Goldbottlecap GOLD BOTTLE CAP:
Total: 00
-

PROGRESSOS DA ROTA DE SLEEPY:
POKÉMON:
[04] How does a moment last forever? - Página 6 528
Venger Lv.31
Status: Normal

83/83
[04] How does a moment last forever? - Página 6 196
Dimentio Lv.22
Status: Normal

61/61
[04] How does a moment last forever? - Página 6 081
Turbulence Lv.14
Status: Normal

31/31
[04] How does a moment last forever? - Página 6 307
Prudence Lv.29
Status: Normal

50/57
[04] How does a moment last forever? - Página 6 686
Eldritch Lv.3
Status: Normal

16/16
[04] How does a moment last forever? - Página 6 121
Alya Lv.36
Status: Normal

89/89

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
- +2448 Exp para Prudence upando para Lv. 29 [171/2960]
- + 2 Hapiness para Prudence [54]
- Capturou um Rookidee

ITENS E DINHEIRO:
-

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Bottlecap BOTTLE CAP:
Total: 02
- +1 Bottle cap por derrotar pokémon selvagem.
- +1 Bottle cap por capturar um pokémon.

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Goldbottlecap GOLD BOTTLE CAP:
Total: 00
-

PROGRESSOS DA ROTA DE LAURA:
POKÉMON:
[04] How does a moment last forever? - Página 6 312
Ninian Lv.09
Status: Normal

28/30
[04] How does a moment last forever? - Página 6 755
Peony Lv.16
Status: Normal

39/39

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
- +580 Exp para Ninian upando para Lv. 9 [54/201]
- + 8 Hapiness para Ninian [28]
- Ninian pode aprender Spark
- +580 Exp para Peony upando para Lv. 16 [14/679]
- + 2 Hapiness para Peony [02]
- Peony aprende Sleep Powder
- Capturou um Yamper

ITENS E DINHEIRO:
- Utilizou o TR Charm em Ninian

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Bottlecap BOTTLE CAP:
Total: 02
- +1 Bottle cap por derrotar pokémon selvagem.
- +1 Bottle cap por capturar um pokémon.

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Goldbottlecap GOLD BOTTLE CAP:
Total: 00
-

Gugazito
Gugazito
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por Hanakko Sex Jan 01 2021, 13:18

Off:
Mil perdões pelo tamanho, e principalmente pela demora. Esses dias foram muito apertados e eu não consegui escrever nada antes, me desculpem.

Aliás, só a Laurinha vai sortear agora, porque eu e o Sleepy faremos isso apenas na enseada. Mas se puder colocar algum selvagem nativo ou NPC para podermos batalhar também, eu agradeço muito <3


Embora não estivesse muito acostumada com abraços, Kathryne acabou cedendo ao pedido de Lariel. Um carinho talvez um pouco desengonçado, já que a diferença de estatura realmente não cooperava, porém a mais nova compensou com um discurso que fez todos ao redor se calarem. Até os meus colegas de time, que não tinham nada a ver com o assunto e provavelmente nem sabiam o que estava acontecendo ali, ficaram anormalmente quietos, sentindo que não deveriam interromper. Essa aspirante a coordenadora tem mesmo uma boa lábia… mesmo sem nunca ter pisado em um palco real, já conseguia cativar seu público melhor até do que alguns veteranos na carreira.

Yoshiro não estava olhando diretamente para elas, talvez com medo de ser intrometida, mas ainda assim era incapaz de esconder sua surpresa pelo que ouvia. Conforme as loiras falavam, descobriam ser mais parecidas do que pensaram inicialmente… e, em certos pontos, suas histórias condiziam também com a da minha treinadora. Não quanto à perda que Kathryne precisou enfrentar - minha humana teve a sorte de nunca passar por algo semelhante… no entanto, viver presa e sentir-se um fardo àqueles ao seu redor não lhe são novidades. Talvez, e apenas talvez, conhecer duas pessoas que passaram por situações parecidas fosse reconfortante para a morena…

Voltei-me para Yoshiro, buscando por qualquer confirmação da minha hipótese. Dessa vez, ela notou meu olhar sobre si e virou um pouco o rosto, escondendo-o entre as mechas do seu cabelo. Balançou o indicador em um gesto negativo e logo em seguida apontou discretamente para as outras meninas, como se tentasse me dizer sem qualquer palavra que aquele momento não era dela. Derrotado, achei melhor deixá-la quieta. Lariel já estava no fim de sua fala e, após separar-se de Kath, veio até Yoshiro com um pedido que nós não estávamos esperando. Outro abraço…? Ué, mas elas não tinham acabado de fazer isso?

Carente como é, claro que a menina não recusou. Mesmo morrendo de vergonha, principalmente pela forma fixa que Lariel a olhava, retribuiu o toque com a mesma ternura. Sem uma diferença de tamanho tão expressiva, creio que tenha sido mais fácil, a novata até conseguiu apoiar seu queixo sobre o ombro da minha dona. O silêncio entre elas não durou muito tempo, pelo visto Lariel tinha mais um discurso guardado. De onde ela tira essas coisas…? Não faço ideia, mas acho que preciso arranjar umas aulas, porque minha humana pareceu se acalmar bastante com aqueles dizeres. Seu corpo relaxou, como se um peso lhe fosse tirado das costas, e ela apertou a mais nova com um pouco mais de força contra si.

- Obrigada… muito obrigada… - O tom foi abafado, tive um pouco de dificuldade para ouvir. Entretanto, após alguns momentos, as duas enfim se separaram e Yoshiro ousou erguer a cabeça. Encarou a amiga (será que já posso chamá-las assim?) com um sorriso radiante no rosto, dando uma risadinha baixa antes de continuar. - Você é maravilhosa, Lariel. Pode ter saído de casa há pouco tempo, mas é uma das treinadoras mais sábias que já conheci. Quando começou a viajar, acho que não foi você quem ganhou o mundo… foi o mundo que lhe ganhou. Espero que as pessoas que você encontre depois daqui também tenham a chance de lhe ouvir, tenho certeza de que elas teriam muito a aprender. - Tomou uma das mãos da menina entre as suas, beijando-a delicadamente, até com um pouco de formalidade. - Se for a vontade daquele Caterpie, então vou ajudá-lo a ficar mais forte e a evoluir. Mas se ele quiser voltar pra casa, respeito isso também… depois que resgatarmos os Pokémons perdidos, ainda vou ter muito tempo pra conversar com ele.

Francamente, esse drama todo por uma lagartinha? Eu nunca vou entender essa trouxa que preciso chamar de treinadora… Bem, pelo menos ela está com a consciência mais tranquila agora, crente de que poderá fazer as pazes depois. É claro, por que não poderia? O Caterpie não tem como ir a lugar nenhum… e não é como se alguma estrela mágica tivesse por acaso brilhado demais e transformado o coitado em um cacto dançarino, ou qualquer loucura do tipo. Não, não, essas coisas não acontecem. Aquele inseto certamente ainda estaria esperando-a quando voltasse para o Centro Pokémon...

Lindo, mas já podemos ir?” Estiquei minhas patas dianteiras, as quais começavam a ficar dormentes, e lancei um olhar meio impaciente para a minha humana. Justamente quando eu queria ser notado, claro que ela não reparou. A atenção da garota agora estava totalmente voltada para Kathryne, e, ao ver a cena, eu nem pude culpá-la por isso. Embora Yoshiro tivesse deixado bem evidente que queria poder abraçar a treinadora de psíquicos também, eu não esperava mesmo que Kath fosse ter essa iniciativa. Acho que nem a morena esperava, pois pareceu bastante surpresa também.

Dessa vez, não deu tão certo. Mesmo tentando, a loira não conseguia segurar direito alguém tão menor. Afastou-se envergonhadíssima, pedindo desculpas e me arrancando alguns risinhos no processo. Admito, essa menina é bem fofa. Yoshiro não pareceu incomodada pela falta de jeito dela, muito pelo contrário: sorria alegremente para a loira, dando-lhe uma piscadela brincalhona antes de responder. - Se importa se eu tentar? Quase todo mundo é mais alto que eu, então estou acostumada. - Ah, com certeza está acostumada… essa pirralha já conseguiu abraçar até um poste, mais conhecido como Luch.

Embora um pouco desengonçada, passou seus braços ao redor dela, curvando-se um pouco para apoiar a cabeça no abdômen da garota e aconchegando-se ali o melhor que pôde. - Sinto muito pela sua mãe, Kath, e também por tudo que passou depois daquilo… você é bem mais corajosa do que pensa, sabe? Conseguiu não só sair de casa, mas ainda se tornar uma treinadora tão forte. Eu fico admirada… e, se lhe ver livre era o desejo da sua mãe também, então ela com certeza não poderia estar mais orgulhosa da filha que teve. - Yoshiro preferiu parar por ali, sabia que estava tocando em um tema delicado e não queria deixar Kathryne desconfortável. Diferente de Lariel, minha humana não tinha nenhum dom com as palavras. Restringiu-se, então, a soltar a treinadora após um tempinho, sorrindo-lhe ternamente.

Depois disso, as treinadoras pareceram lembrar que estávamos no meio de uma missão de resgate. As loiras preferiram buscar pela floresta primeiro, então apenas deixamos que o cogumelo e o morcego guiassem o caminho. Parecia tudo tranquilo… até enxergarmos um foco de fumaça à nossa frente. Fogo, aqui? Isso não pode ser bom sinal…

- Ei, olhem lá! - Como se a fumaça já não fosse chamativa o bastante por si só, Yoshiro ainda fez questão de avisar as outras duas. O tom alarmado era bem evidente em sua voz, e não sem motivo. - Melhor irmos ver… se for um começo de incêndio ou algo assim, precisamos impedir.
Hanakko
Hanakko
Treinadora

Treinadora

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por Sleepy Sex Jan 01 2021, 16:55


Route 12
How does a moment last forever?
- Sim, a perda doeu muito no momento e estaria mentindo se não doesse até agora. Mas acho que fazê-la orgulhosa é o que ajuda a amenizar essa dor. Também acredito que ela está me vendo de algum lugar e está cheia de orgulho pelo o que me tornei. - Respondia Yoshiro, enquanto aceitava o abraço dela, que por sinal era bem menos desengonçado que a minha tentativa: - Eu sinto que temos bastante em comum. Sabe? Você me parece tão tímida quanto eu. E bem, começar uma jornada foi o que te ajudou a se "desenvolver", igual o que aconteceu comigo. Enfim, você também vai longe, Yozinha. - P-pera aí. Yozinha? De onde eu tirei isso? - Q-quer dizer, umm... Yoshiro.

As semelhanças que eu via em Yoshiro eram inúmeras. Não duvido que ela tenha tido poucos amigos durante sua infância e adolescência, assim como eu. Ela deve ter tido uma adolescência tão complicada quanto a minha, eu queria saber mais, mas sinto que seria rude começar a especular sobre a vida dela, se ela quisesse contar, ela contaria, espontaneamente. Mas que temos semelhanças, isso é notável mesmo sem que eu saiba sobre a vida da morena.

Mas de semelhanças, também vinham as diferenças e essas diferenças eram evidentes no modo de agir como treinadoras pokémon, além dela saber abraçar os outros e eu não. Ao contrário de Yoshiro, eu nunca tive problemas com batalhas, quer dizer eu era meio relutante quando eu tinha apenas um Abra, e também teve outros episódios que me cortaram o coração como a batalha contra Anabel. Mas acho que pelo fato de meu primeiro pokémon ter sido justamente um Abra, um pokémon que queria se livrar o mais rápido possível de sua forma pequena e fraca. Yoshiro não vivenciou algo do tipo.

Entre meus devaneios e devaneios eu via Yoshiro chamando atenção pra algo e eu notava e não era uma visão muito bonita de se ver, na verdade nada bonita. Fumaça, muita fumaça, uma fumaça escura. Ótimo, tudo o que eu queria era testemunhar um incêndio florestal. Ah, achei que seria apenas uma aventura calma com as amigas que acabei de conhecer. E eu já estou pensando em Yoshiro, porque dependendo da magnitude dos estragos, ela não vai lidar muito bem com o que pode ver ali. Espero que não seja nada grave.

- Certo, vamos logo, eu tenho um water-type para ajudar. - Então eu me virava para a minha Starmie que estava fora de sua pokébola: - Alya, agora eu precisarei de você mais do que nunca. Entendo se você não gostar de mim ainda, mas o que você vai fazer não é por mim, mas sim pelos outros pokémon. - Então a enigmática Starmie reagia, com sua feição ainda mais enigmática e girando a estrela em suas costas. Teria ela concordado? Parece que sim, espero que sim.

_________________
[04] How does a moment last forever? - Página 6 FF3OUQS

BY MAHIRO
Sleepy
Sleepy
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por LauraLostLove Sex Jan 01 2021, 19:17


Humanos são criaturas peculiares, eu pessoalmente acho muito incrível como eles podem ser tão diferentes um do outros, quantos humanos são treinadores que dedicam sua vida aos seus aliados pokémon e quantos apenas desejam viver uma vida mais centrada naqueles de sua própria espécie? Há aqueles ainda que rejeitam o conceito de luta, ou trabalham muito para trazer paz no mundo para todas as espécies... Não é por nada não, mas eu não vejo outro ser com tantas ambições diversas... Seria por causa do poder que humanos tem? Provavelmente não fisicamente, pois se esse fosse o caso quem mandaria no mundo seriam Gyarados ou outros tiranos de destruição... A inteligência então? Mas, então por que os psíquicos como o Alakazam é que não estão tomando conta de tudo? É estranho, porém creio que minha treinadora Lariel, a cada dia que passa, faz com que eu entenda a resposta... O jeito que ela se comunicou com as outras duas é impressionante, seria assim que se cria uma amizade duradoura? Todos parecem ter se calado ouvindo suas palavras, qual seria a impressão de cada um nessa situação? Não dava para saber ao certo, contudo Kathryne e Yoshiro pareciam... Felizes... Lari não estava para trás quando se tratava de mostrar emoção, sua feição serena tinha um sorrisinho enquanto falava suas palavras e ouvia de volta das outras duas. Talvez esse foi o melhor momento de todos para mostrar o que ela de fato era e expor o seu brilho, como treinadora e como amiga... A especialista psíquica compartilhou seu passado para o grupo, não deve ter sido fácil tirar isso do seu peito, ao menos é isso que quero imaginar; Já a jovem generalista replicou o carinho que lhe fora dado, retribuindo com mais elogios e palavras de coragem para o futuro da novata, que eu espero caminhar cada passo ao lado dela... Apesar de toda a sua doçura e astúcia, no entanto, sei que minha mestra tem seus defeitos além de sua insegurança, como a sua vontade de se destacar sempre – ou seja, uma competitividade – e receber aprovação... Há quem analise a situação e conclua que o verdadeiro intuito é manipular o coração das outras garotas para seu próprio benefício e mimos, no entanto isso não me passa de uma visão fria e hostil, não seria algo que a adolescente que eu passei vários anos com faria, confio na sua bondade de espalhar amor... Receber atenção seria apenas consequência de seus atos, não o intuito...

B.Bem, acho que acabei viajando demais na maionese com pensamentos depressivos... A verdade é que a doçura dela é algo que eu espero muito que permaneça com seu crescimento, os desejos da Yoshiro eu desejo de coração: que ela encontre mais pessoas, crie laços e seja feliz... O beijo que lhe foi dado em seguinte é algo que eu realmente não esperei! Sei que abraços e apertos de mãos todo amigo faz, todavia o ato de colocar seus lábios no corpo da outra... Eu só vi as mães fazendo isso com suas crianças. Se foi na mão, não tem problema, né? Talvez eu só tenha estômago fraco quando o assunto é intimidade tão forte assim, seria ciúmes de eu perder minha Lari para outra pessoa? Talvez... Por sorte, esse ato foi uma das últimas coisas que as duas interagiram diretamente, pois a cara da minha coordenadora não mentia constrangimento, não do tipo ruim, mas aquele em que não dá para evitar um sorriso estranho de se formar e estender sobre a face rubrica. Caso tivesse sorte, a morena não observou a cara de besta parada da minha loirinha; Caso notasse, ela teria que viver sabendo que beijos são um dos pontos fracos da mocinha, digo isso quando experimento toda a animação que ela tem quando dou um selinho em suas bochechas, apesar disso é a primeira vez que eu vejo ela ter uma reação tão distinta... Passando disso, as duas veteranas também tiveram seu momento de amizade, é tão divertindo vendo tanto afeto sendo lançado, a amizade é realmente algo muito gostoso. Isso tudo é muito bom, não obstante tenho que concordar com o Mudkip, caso vacilemos demais no nosso trabalho, os náufragos podem ficar mais perdidos ainda, quem sabe até uma tragédia, como um incêndio, possa acontecer? - A Peony e o Venger vão nos guiar para o sentido da floresta, enquanto prestamos atenção junto com o Sapphire para ver se um caminho para a enseada é liberado! Qualquer um dos dois que aparecer a gente já pode ir para lá, que tal? – Lariel comenta, recitando o que nós devemos fazer. É verdade que basicamente foi estabelecido que todas são capazes, ainda assim será que as outras duas se incomodariam com a atitude proativa da mais jovem? Consigo imaginar muitos humanos que sim, poderia ser humilhante ou até rude, assim como Yoshiro se sentiu quando Lari deu uma de suas ideias para acharmos as áreas em primeira instância... Digo isso pois não quero que elas sintam desgosto de nós logo após termos um momento tão bonito momentos atrás...

A estranha ainda se percorria um pouco, e graças ao Ingrain da cogumelo, não era possível que ela se locomovesse sem que estivesse sendo colocada e retirada de sua pokébola constantemente, o que poderia ser entediante, mas dava dados preciso sobre onde iríamos... Depois de passarmos por muito chão, “Sangre-la” já estava no nosso campo de visão, um dos dois destinos possíveis que estávamos buscando: a floresta temperada! Só que... O que é esse gás preto que está subindo?! Se não fosse a exclamação da Yo, eu não teria olhado para cima. Isso não me parece boa coisa... Meus instintos entraram em disparada com a cena, é como se as árvores estivessem fumando, assim como alguns adultos fazem... Uma coisa é certa: para nenhum dos dois casos isso é bom para quem está exalando os fumos nocivos... A situação não me parecia boa, será que devemos ir mesmo? O que estou dizendo, claro que sim! Se há algum problema acontecendo, é nosso dever como voluntárias resolver! É o lar de várias criaturinhas, não é? Deixá-las lidar com esse problema não me parece sábio, então vamos, a vante! As experientes tinham seus companheiros aquáticos, elas poderiam lidar com o coração do problema facilmente, não é? No entanto... O que nós podemos fazer? Eu não consigo apagar chamas, no máximo criá-las com meus choques, a Peony apenas se queimaria também... Que droga, acho que no fim de tudo, voltamos a estaca zero de utilidade, apenas patinhas sentadas... Minha companheira humana compartilhava uma cara de incerteza e angústia, nós duas sentimos encurraladas sobre o que fazer, apenas esperar seria a escolha fácil... - Eu... Não se preocupa, Ninian, já sei o que devo fazer.... – Lari disse a mim, mandando um sorriso incerto, será que lá vem mais uma de suas loucuras?... Por favor não tente bancar a heroína, mocinha... Nós somos novatas, elas entenderiam... - Kathzinha, Yozinha, preciso que me escutem. – A mais jovem respira fundo, pronta para dar sua ideia. Ai, que sensação ruim na barriga... - Preparem o que for preciso para extinguir as chamas, caso aja, sei que vocês são capazes de lidar com esse serviço. Eu irei adiante em busca qualquer pokémon que esteja preso ou com medo, talvez não consigam dar conta de apagar tudo antes que alguma causalidade aconteça... – Minha treinadora bota a unha do seu dedão da mão na boca, quase que roendo-a, e com bom motivo: Isso não é trabalho simples, seria um risco que ela realmente iria querer tomar só para salvar outros bichinhos...? Será que ela está querendo provar para as outras e para si mesma de que é capaz ou ela realmente apenas quer garantir a segurança de todos? Agora eu realmente não sei... Não tenho tempo para pensar nessas coisas, se ela vai ter audaciosa, tentarei puxar o mesmo nível de coragem!

- Peony, muito obrigada mais uma vez pelo seu trabalho, não é seguro você entrar conosco, então por favor descanse bem, tudo vai acabar logo, eu prometo... – Lariel diz para a gramínea que está com uma cara tristonha, ela também teme do que a loirinha iniciante pode tentar fazer assim como eu tenho medo... No fim ela entende e dá seu voto de confia, retornando para sua pokébola mais uma vez... Dentre a fumaça nós entramos na primeira passagem para a floresta que nos é apresentada, se há algum pokémon preso ou se prejudicando entre a fumaça, poderemos achar mais rápido indo diretamente a ela... Quem sabe o culpado desse fumaceiro seja um dos naufragados... Ou então algum humano descuidado ateou fogo... Quem sabe até mesmo um ato natural? Não importava, o que importava para nós agora era garantir a segurança de quem for...

Andando para o caminho da fumaça, nós encontramos...
LauraLostLove
LauraLostLove
Treinadora

Treinadora

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por Red Sex Jan 01 2021, 19:17

O membro 'LauraLostLove' realizou a seguinte ação: Lançar Dados


#1 '[SWARM] Galar-Flores' :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Toxel

--------------------------------

#2 'Ability' :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 9MUSLVQ

--------------------------------

#3 'Egg Move' :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Ka4h3wx

--------------------------------

#4 'Shiny' :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 XCeitOo
Red
Red
Administrador

Administrador

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


https://pokemyrpg.forumeiros.com

Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por Andros Sab Jan 02 2021, 02:53



xxx



Off: Olá! Como já sabem, vou continuar a narração da rota de vocês, já que o Guga está com alguns probleminhas pessoais.
Confesso que não consegui ler muito do que escreveram antes, mas já consegui ter uma ideia do que está acontecendo. Então, se eu deixar passar alguma coisa, só me avisar.
Por fim, um Feliz 2021 para vocês, e se divirtam com essa chuva de exp e itens que tá vindo. Wink

PS: Eu já ia colocar os itens nesse post, mas vou deixar para colocar depois, para ter mais sentido. Mas já foram sorteados.

As garotas ainda não eram tão próximas ao ponto de se sentirem muito intimas, mas aquilo parecia começar a mudar. Com Lariel quebrando aquela barreira aos poucos, elas iam se aproximando cada vez mais, já começavam a se sentir como amigas de verdade. Mas não era só aquele momento de abraços e palavras bonitas que as unia. Ouvir umas sobre as experiências de vida das outras, fazia com que ambas percebessem que tinham muito em comum, mesmo com personalidades um tanto distintas em alguns aspectos, e o diferente nível de experiência de vida é claro.

Mas aquele momento precisava ser deixado um pouco de lado, já que ainda tinham muito a fazer por ali. Os pokémon ainda estavam soltos por aí, esperando para serem resgatados antes que algo pior pudesse acontecer. E visando a continuidade da busca, elas começam uma rápida discussão para definir o próximo destino da busca. Enfim, era definido. Primeiro, seguiriam pela floresta, e em seguida procurariam um caminho para a enseada. Não era exatamente uma tarefa muito complicada, já que a floresta que ficava mais ao sul da rota precisaria ser atravessada de qualquer forma para que a enseada fosse alcançada.

Com os objetivos definidos, elas seguiam acompanhadas de seus pokémon. Lariel ia na frente, já que tinha a difícil tarefa de liberar e retornar Peony de sua esfera. A pequena gramínea tinha mais facilidade em guiar o caminho entre as árvores, indicando o caminho em que podiam encontrar mais vegetação, e assim aumentar a chance de encontrar um pokémon escondido. Mas a tarefa de guia não ficava só com a pequena planta, Venger também ajudava, com seu radar sonoro captando tudo o que estava ao redor.

A floresta temperada não era tão densa como uma floresta tropical, mas mesmo assim poderia ser um ambiente bastante perigoso para quem não estava acostumado. Mas aquelas garotas pareciam estar bem cientes disso. Elas seguiam por uma trilha natural que atravessava a mata. As árvores eram grandes, e suas folhas pareciam ganhar uma coloração mais amarronzada por causa da época do ano. Talvez por causa daquilo, o ambiente parecesse um pouco mais seco do que o normal. Ou talvez fosse por outro motivo.

Enquanto caminhavam, Yoshiro acabava vendo algo bem problemático. E apesar de não ter sido a única a ver, foi a primeira a comentar sobre. Uma densa fumaça surgia de algum lugar à frente. Ainda não dava para ver ao certo de onde vinha, mas parecia ser fumaça bastante para acusar um incêndio. Provavelmente aquele, era o motivo de o ambiente estar mais seco.

Após um breve momento de reflexão, as garotas decidiam partir em direção à fumaça para tentar ajudar. Não dava para ter certeza do que estava acontecendo ali, e nem as proporções. Mas a coragem e a vontade de ajudar, não deixava elas pensarem muito sobre o assunto. Assim, as três seguiam mata à dentro. Lariel tomava à frente para formalizar um plano de ação, tomando para si a responsabilidade de um possível resgate. Enquanto as outras duas tomariam conta das prováveis chamas do esperado incêndio. Avançando entre as árvores, e começando a fazer contato com a fumaça, as garotas percebem que não dava para apenas avançar daquela maneira. Por estarem dentro de uma floresta, a fumaça se alastrava por todo o ambiente, e deixava o ar bem difícil de respirar. Então, após se aproximarem um pouco mais, a situação começava a ficar perigosa.

Com a aproximação, elas já podiam ver o vermelho do fogo em algum ponto mais à frente. O problema era que a quantidade de fumaça as impedia de avançar em direção às chamas. Mas era estranho, com tanta fumaça, era para ter um foco de chamas bem maior do que o que aparentava. Mas apesar de não parecer um grande incêndio, o pânico estava instaurado. Um grupo de Oddish passavam correndo por elas, enquanto Ekans e Bellsprout deslizavam para longe. Os insetos também tentavam se refugiar ou fugir, sem saber exatamente para onde correr. Mas o que mais chamava atenção, era um pequeno bebê arroxeado que chorava ao pé de uma árvore não muito longe dali. Ele estava nitidamente assustado, e não parecia conseguir se mover. A fumaça estava bem próxima dele, mas não chegava a cobri-lo.

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Toxel.full.2782064
Imagem Ilustrativa


Enquanto as garotas se aproximavam da fumaça, uma silhueta surgia no meio dela.

- Estou te ouvindo por aqui! – Uma voz masculina e abafada vinha da fumaça. Parecia ser alguém que procurava pelo bebê. - Não vai conseguir escapar por muito tempo. Saiba que tem um bom preço por você no mercado negro.... – A voz se aproximava ainda mais, até que a figura se materializava para fora da fumaça a uns três metros ao lado de onde estava o bebê. Ele não parecia ter notado ainda a presença das garotas e seus pokémon.

[04] How does a moment last forever? - Página 6 527-5275703_mascaras-de-gas-anime-clipart
Imagem Ilustrativa






PROGRESSOS DA ROTA DE Yoshiro:
POKÉMON:
[04] How does a moment last forever? - Página 6 258
Sapphire/Mudkip Lv.25
Status: Normal

60/60
[04] How does a moment last forever? - Página 6 262
Koda/Mightyena Lv.18
Status: Normal

53/53
[04] How does a moment last forever? - Página 6 002
Rozen/Ivysaur Lv.19
Status: Normal

52/52
[04] How does a moment last forever? - Página 6 005
Hephaestus/Charmeleon Lv.17
Status: Normal

17/37
[04] How does a moment last forever? - Página 6 607
Atsui/Litwick Lv.1
Status: Normal

12/12
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Egg
Sandile Egg Lv.1
Status: Normal

24/40

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
- Rozen evoluiu para Ivysaur
+10 happiness para Rozen [58]
+1534 de Exp para Hephaestus upando para Lv. 15 [27/571]
+ 8 Hapiness para Hephaestus [08]
- Hephaestus pode aprender Dragon Breath
- Capturou uma Gossifleur
- Capturou um Caterpie
+1772 de Exp para Hephaestus upando para Lv. 17 [549/809]
+ 4 Hapiness para Hephaestus [12]
- Hephaestus pode evoluir
- Hephaestus pode aprender Fire Fang
- Hephaestus evoluiu para Charmeleon
+10 happiness para Hephaestus [22]

ITENS E DINHEIRO:
-

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Bottlecap BOTTLE CAP:
Total: 06
+1 Bottle Cap por evoluir um pokémon
+1 Bottle Cap por derrotar pokémon selvagem.
+1 Bottle Cap por derrotar pokémon selvagem.
+1 Bottle Cap por capturar um pokémon.
+1 Bottle Cap por capturar um pokémon.
+1 Bottle Cap por evoluir um pokémon

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Goldbottlecap GOLD BOTTLE CAP:
Total: 00
-


PROGRESSOS DA ROTA DE Kathryne:
POKÉMON:
[04] How does a moment last forever? - Página 6 528
Venger/Swoobat Lv.31
Status: Normal

83/83
[04] How does a moment last forever? - Página 6 196
Dimentio/Espeon Lv.22
Status: Normal

61/61
[04] How does a moment last forever? - Página 6 081
Turbulence/Magnemite Lv.14
Status: Normal

31/31
[04] How does a moment last forever? - Página 6 307
Prudence/Meditite Lv.29
Status: Normal

50/57
[04] How does a moment last forever? - Página 6 686
Eldritch/Inkay Lv.03
Status: Normal

16/16
[04] How does a moment last forever? - Página 6 121
Alya/Starmie Lv.36
Status: Normal

89/89

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
+2448 Exp para Prudence upando para Lv. 29 [171/2960]
+ 2 Hapiness para Prudence [54]
- Capturou um Rookidee

ITENS E DINHEIRO:
-

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Bottlecap BOTTLE CAP:
Total: 02
+1 Bottle cap por derrotar pokémon selvagem.
+1 Bottle cap por capturar um pokémon.

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Goldbottlecap GOLD BOTTLE CAP:
Total: 00
-


PROGRESSOS DA ROTA DE Lariel:
POKÉMON:
[04] How does a moment last forever? - Página 6 312
Ninian/Minun Lv.09
Status: Normal

28/30
[04] How does a moment last forever? - Página 6 755
Peony/Morelull Lv.16
Status: Normal

39/39
[04] How does a moment last forever? - Página 6 835
Yamper Lv.15
Status: Normal

00/42
[04] How does a moment last forever? - Página 6 0
Pokémon Lv.00
Status: Normal

00/00
[04] How does a moment last forever? - Página 6 0
Pokémon Lv.00
Status: Normal

00/00
[04] How does a moment last forever? - Página 6 0
Pokémon Lv.00
Status: Normal

00/00

EXP, FELICIDADE, STATS E CAPTURA:
+580 Exp para Ninian upando para Lv. 9 [54/201]
+ 8 Hapiness para Ninian [28]
- Ninian pode aprender Spark
+580 Exp para Peony upando para Lv. 16 [14/679]
+ 2 Hapiness para Peony [02]
- Peony aprende Sleep Powder
- Capturou um Yamper

ITENS E DINHEIRO:
- Utilizou o TR Charm em Ninian

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Bottlecap BOTTLE CAP:
Total: 02
+1 Bottle cap por derrotar pokémon selvagem.
+1 Bottle cap por capturar um pokémon.

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Goldbottlecap GOLD BOTTLE CAP:
Total: 00
-





_________________


Horários de Narração:
Segunda à sexta: Pode acontecer a qualquer hora do dia, depende de como está o trabalho.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.


Andros
Andros
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por LauraLostLove Sab Jan 02 2021, 16:35

OFF:
Estou no celular, então perdão qualquer erro grande rsrsrs. É muito bom te ver, Andros, espero que se divirta nessa rota com a gente!! Inclusive, eu não pretendo lutar contra o Toxel (por motivos de plot) então eu poderia lutar contra um selvagem de nível alto ou um npc, por favor?


O plano da Lariel pode até ter tido bravura de início, todavia sem certeza de como procederia ou como faria seus possíveis resgates, não passava de tolice em vão... Será que Lariel tinha ciência disso e apenas não queria se aceitar como obsoleta? Eu também não iria querer isso para mim na situação dela, eu acho... Humanos em geral parecem-me muito competitivos em comparação a minha espécie, por exemplo... Eu cresci em meio a humanos, então acho que é natural ter pegue uma característica ou outra deles, não nego, talvez seja por isso que penso tanto neles e como agem, ir em direção às chamas assim resgatar pokémon que nem sequer conhecem ou tem afeto, quantos outros pokémon fariam tal ato? Talvez eu apenas conheça pouco demais desse mundo para responder com convicção, quem sabe exista um mundo onde pokémon se especializam em buscas e resgates e eu simplesmente seja ignorante a ele... Seja quais forem suas motivações, a loirinha parecia ter bravura demais para o bem dela, ou talvez um ego muito frágil, e eu, o bobinho da corte, vou com ela. Mas é claro, eu jamais poderia abandoná-la... A passagem que nós seguíamos era um traçado orgânico, imagino que os próprios moradores da área moldaram o solo que pisamos, e pensar que todo seu trabalho pode ser arruinado assim com um desastre como um incêndio, que tristeza... Adiante, a fumaça ficava cada vez mais evidente sobre sua verdadeira natureza, apesar de estar rodeando por toda a folhagem, um cheiro pode invadia nossas narinas, não de fezes ou de decomposição, não havia mais dúvida: tinha de ser o queimar que a cortina de fumaça exalava... Mesmo que a situação tenha se esclarecido mais, avançar dessa forma não era seguro para Lari e eu, não podemos respirar um ar tão poluído, algo que temos pouquíssimo costume pelo contraste da cidade que morávamos por tantos anos ser límpida e fresca, Verdanturf... Tossindo um pouco, eu alerto minha treinadora sobre esse risco que estamos levando: - Lariel, nós precisamos de outra estratégia... Não podemos ir assim... – Suplicava e protestava para a jovem, seus pulmões também estavam reclamando das condições, pois não conseguia evitar de colocar sua mão fechada nos lábios e fazer o mesmo ato que eu. Malgrado de ela não conseguir identificar minha língua pokémon palavra-por-palavra, até a mocinha é capaz de entender, dada a ocasião em que estamos...

A garota olha para mim e acena com a cabeça, ela entendeu o recado, continuar respirando esse ar era a última coisa que vamos querer fazer, contudo como remediar a situação? - Não se preocupe, Ninizinho, vai ficar tudo bem... Tá vendo a folhagem das árvores? Se conseguirmos ficar debaixo dela, suas folhas podem absorver a fumaça e suas toxinas, assim fica um pouco melhor de respirar... Por via das dúvidas, é sempre bom tampar o nariz com a mão. – Sua explicação estava clara, o jeito era ela engatinhar e eu ficar no chão, nós duas tomando proteção debaixo de galhos e arbustos, quem sabe o contato mais direto com a flora permitiria que nós observássemos insetos e outras criaturinhas para auxiliarmos elas a evitarem o gás nocivo e de qualquer fogo. Falando no próprio, era possível observar a fonte de todas as nossas preocupações: uma ignição que estava queimando não muito longe de nossa posição... Também ficou evidente que essa situação desagradou muitos moradores dessa mata, era uma debandada de diversos nativos da região! Um grupo de gramíneos corriam para longe da área, passando perto de nós, mas sem parecer dar muita importância para nós “intrusas” da localidade, a prioridade parecia sobreviver. Outros pokémon que pareciam ser mais fortes, como uma cobra roxa rastejando o mais rápido possível, também não queria estar naquele lugar podre. Isso não me parece ser coisa boa... Com tanta discórdia na selva, haveria algum malfeitor por trás? Minha mestra estava preocupada observando as criaturinhas escapando da concentração de fumaça, parecia aliviada que eles estão tomando essa iniciativa, no entanto poderia estar se perguntando o que causou isso em primeiro lugar. Honestamente, eu imaginei que um inferno estaria se alastrando rapidamente sobre as árvores, devido ao tamanho da fumaça, mas não era o caso... Acho que nem era preciso de um aquático para extinguir o fogo fátuo que estava fazendo algo de seu combustível…

Apesar de todo o alvoroço animalesco, nem todos os pokémon tinham fugido, ainda havia um que estava, pelo o que parece, chorando de medo com todo o caos que havia se estabelecido na floresta. Acima de tudo, ele não parecia se mover, estava paralisado diante o perigo, droga de instintos inúteis… Lariel também percebeu que o monstrinho estava mais a frente na fumaça. Enquanto o sentimento de salvá-lo era enorme, como faríamos sem termos falta de ar? Podíamos prender a respiração e correr até lá, verdade, contudo eu não confio não haver uma pedrinha ou um graveto que causaria um tombo feio… Eu mesmo não acho que eu poderia fazer o resgate sozinho… - Olha que bebezinha linda, Ninian… A gente não a pode deixar nas mãos do destino, vamos resgatá-la… - A adolescente comenta para mim, como se isso não fosse evidente; Claro, qualquer sensato deveria agir assim, não que eu culpe os outros pokémon por possivelmente terem ignorado o bebê. Antes que pudéssemos pensar em algo, no entanto, fomos interrompidos de nosso planejar momentâneo por uma voz sinistra, ela quase parecia vir de um pokémon fantasma… A pior parte de tudo isso foi o que ele dizia, suas intenções eram longe de serem boas… Vender um pokémon que nem lhe pertence - na verdade, mesmo se fosse dele - não é certo, é diabólico, como que podem ter humanos de coração tão podre assim? Dentre a nevoeira penumbra saia a silhueta de um homem, uma figura que usava um equipamento rigoroso, provavelmente para andar na fumaça que ele mesmo causou… Lariel não estava feliz com o que ouviu, sua cara era de ambos medo e desgosto… Compartilho essa raiva, companheira…

- Esse cara, droga, por que temos que nos meter numa situação desse tipo? Não quero lhe forçar a batalhar, amorzinho, porém a gente tem que salvar a garotinha em apuros… - Dizia Lari, cheia de aflição, mas focada em dar o melhor que ela pode para salvar a vida da criaturinha jovem de sofrimento nas mãos de gente gananciosa e podre. Embora eu não goste de batalhar, se no fim não houver escolha, farei o que tiver de ser feito… Será que ele tem pokémon forte? E acima de tudo, por que se aliariam à alguém como ele? Não podíamos perder muito tempo, esse humano estava se aproximando perto demais da criança, o que fazer, o que fazer… - Escuta bem, Ninian, eu vou pegar a minha vara-de-pescar e enganchar a minha berry para atraí-la; aposto que está com muita fome, então ela pode se mover para pegar… Vale a tentativa, não é? - A minha coordenadora sussurra para mim, garantido que seu som não entre no ouvido do arsênico corrupto. Ela já estava preparando a vara e colocando a fruta no anzol, dessa forma nós conseguimos evitar mais contato com a fumaça que apenas fica mais densa para o lado do homem e ainda afastamos o seu alvo para nossa direção, colocando-nos na vantagem se funcionar! Em quase nenhum tempo de preparação a isca já foi lançada! Quem disse que precisamos de água para usar esse equipamento? Estou feliz, não obstante seria isso tempo o suficiente? Ele estava se aproximando a uma distância consideravelmente curta, e não é como se o garotinho fosse rápido… Precisamos distrair o homem de alguma forma!

- Nini, pode me fazer um favor? Poderia jogar essa pedrinha aqui atrás desse monstro? Refiro-me a esse homem e não a bebezinha. Não atinja ele, apenas faça barulho o suficiente para que possamos ganhar tempo, quem sabe assim a Kath e a Yoshiro consigam me acompanhar a tempo e nós três podemos enfrentar esse panaca. - A loirinha dava uma ideia de distração, talvez seja exatamente isso que precisemos… Enquanto em ocasiões normais ele obviamente notaria o projétil lançado, a fumaça talvez faça ele desperceber, afinal ele disse que pode ouvir a criaturinha, não vê-lo, o que me faz acreditar que esse gás seja demais até para esse monstro. Não custa tentar, agora é lançar pedrinhas grandes o bastante para fazer barulho e quem sabe ele pense que há alguém atrás dele enquanto a Lariel vai guiando um lanchinho para o chorão e que ele acabe vindo para nós.


Última edição por LauraLostLove em Dom Jan 03 2021, 07:45, editado 1 vez(es) (Motivo da edição : Pequenas correções gramaticais.)
LauraLostLove
LauraLostLove
Treinadora

Treinadora

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por Sleepy Sab Jan 02 2021, 18:29


Route 12
How does a moment last forever?
- Tem certeza de que quer fazer isso mesmo Lariel? Pode ser muito perigoso e pode até ter algo que reagiria com o fogo e você sabe, explodir. - Ok eu não tinha ideia do que poderia explodir ali no meio da natureza, era só preocupção sem fundamento de minha parte e eu de fato estava preocupadíssima com a loirinha. Porém não consegui impedí-la e ela já disparava na frente, então só me restava seguí-la, junto com Yoshiro para apagar o fogo e claro, eu conversava com a morena sobre o que fazer:

- Ok Yoshiro, sinto muito em dizer isso, mas é provável que Sapphire precise fazer a maior parte do trabalho. Pois veja, o único movimento aquático que Alya tem é o Surf, que bem, pode substituir o incêndio por uma enchente, hehe. Logo um jato mais concentrado seria muito mais eficiente do que uma onda. - Dizia enquanto andava ao lado da morena e percebendo a fumaça ficando cada vez mais forte, fazendo com que eu tossisse e meus pokémon também não gostavam muito do ambiente logo eu retornei todos menos Alya que era quem atuaria no combate ao fogo: - Estamos chegando perto.

E de fato eu encontrava o epicentro do incêndio, que para uma surpresa positiva, era bem menor do que o esperado. Eu via então no pé de uma árvore, uma pequena criaturinha arroxeada, um pokémon que eu sei bem qual é. Era um Toxel, o conheço, pois Luke tem exatamente um desses, quer dizer tinha, já havia evoluído. Em qualquer situação eu ficaria feliz de ver algum dessa espécie, pois eles são uma gracinha, mas a visão no momento era de agonia e preocupação. Preocupação com o pequeno bebê e preocupação também com Lariel, afinal eu não conseguia mais encontrá-la.

Se eu dissesse que a situação não podia ficar pior eu estaria errada. Agora eu ouvia uma voz, uma voz pesada, que era ou um pokémon fantasma se comunicando telepaticamente ou uma pessoa com equipamentos pesados, muito provavelmente a segunda opção. E da fala de tal pessoa era a razão pela qual a situação piorou. Ele queria vender o pequeno Toxel no mercado negro. Não preciso dizer que isso é errado em todos os sentidos, literalmente todos. Se um dia os pokémon se rebelarem contra a humanidade seria por causa de pessoas como aquele homem misterioso. Os pokémon são criaturas inteligentes, cada um com sua peculiaridade, é completamente antiético tratá-los como mercadoria. Uma raiva se construía dentro de mim, mas eu precisava ficar calma, seria insensato arrumar uma briga assim subitamente. Talvez esperar a fumaça abaixar. Falaria com Yoshiro caso ela estivesse perto de mim e não se perdido também.

- Yoshiro, vamos ficar quietas. Por mais que queremos impedir aquele cara, ele pode ser mais forte que nós duas. - Sussurrava para ela: - E você está conseguindo ver onde Lariel está? Estou ficando preocupada, a perdi de vista. - Dizia depois de ir até debaixo de uma árvore, onde seria mais fácil de respirar.

_________________
[04] How does a moment last forever? - Página 6 FF3OUQS

BY MAHIRO
Sleepy
Sleepy
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por Hanakko Sab Jan 02 2021, 23:20

Off:
Olá, Andros! Muito obrigada por assumir a nossa rota, e espero que se divirta também ^^

Aliás, vou usar meus 4 Exp. Candies S no Litwick. Se os cálculos estiverem certos, ele vai pro Lv. 19 [37/1145]
Se estiverem errados, foi a Laura quem fez



Eu não sei dizer se Lariel é muito corajosa ou apenas muito inconsequente. Uma mistura dos dois, talvez. A verdade é que, conforme andávamos, a situação se mostrou bem mais preocupante do que eu esperava: a fumaça havia se espalhado demais, era impossível contorná-la. Não seria fácil chegar ao foco do incêndio assim, e admito que correr contra o trânsito também não ajudava. Mais de uma vez tive que desviar de algum Oddish desgovernado que, com toda a razão do mundo, estava muito mais preocupado em fugir dali do que em não atropelar um pobre anfíbio no seu caminho. Sendo bem maiores que eu, as humanas não pareciam sofrer do mesmo problema, mas até elas estavam tendo muita dificuldade para avançar. A fumaça ardia em nossos pulmões, e aos poucos notei minha respiração ficando mais rala. Embora distantes, o calor das chamas sugava a umidade da minha pele, e minhas guelras formigavam em protesto. Ugh, cadê esse fogo pra eu poder apagá-lo de vez…?

Bem, foi mais ou menos nesse contexto que Lariel resolveu tomar a frente. Enquanto Yoshiro e Kathryne lutavam para puxar o ar, a loirinha já tinha sumido em meio ao caos, afirmando que iria cuidar dos resgates enquanto as outras duas lidavam com o incêndio. Com medo de que a mais nova acabasse se machucando, minha humana até tentou ir atrás dela, mas logo a perdeu de vista. Tossindo e já com seus olhos lacrimejando, a morena recuou um pouco e resolveu retornar meus colegas para as suas esferas, pois eles também estavam sofrendo com aquilo. Kathryne teve a mesma ideia e, em questão de instantes, apenas eu e Starmie continuávamos com elas.

- Pode deixar conosco, Kath. - Yoshiro assentiu diante das explicações da outra, sabendo o quão problemático poderia ser usar o Surf ali. A loira até mencionou algo sobre um jato d’água, contudo, por sorte tenho um movimento mais adequado agora… tá difícil até de respirar, não estou com muito fôlego para gastar num Water Gun agora, sabe? - Sapphire, Rain Dance! - Minha humana até tentou usar um tom forte e corajoso, porém o ardor em sua garganta não ajudava nisso. Bem, o que importa é que as ordens foram dadas, não é? No mesmo instante fechei os olhos e apenas deixei que meu corpo realizasse os movimentos que já lhe eram tão familiares, encerrando-os após alguns breves momentos. Isso deve bastar… quando as gotas de chuva começaram a cair sobre mim, até me atrevi a suspirar de alívio, crente de que os nossos problemas tinham acabado.

Pra variar, eu estava errado. Muito errado.

Afinal, quem diabos é esse homem…? Surgiu em meio à fumaça quase como uma assombração, e aquela máscara esquisita o tornava tão intimidante quanto. Parecia estar procurando por alguém… mais especificamente, por um filhotinho que estava sentado perto de uma árvore, não muito longe de nós. A voz do caçador alarmou todos os meus instintos, era ameaçadora ao ponto de fazer Yoshiro encolher-se no lugar. A garota respirava com certa dificuldade, mas dessa vez acho que não é pela fumaça. Seu olhar se alternava nervosamente entre o humano e o Pokémon arroxeado, e pela primeira vez ela pareceu entender a gravidade da situação em que estávamos.

Devo avisar que a minha humana não costuma reagir bem sob pressão, e mais de uma vez a vi paralisar diante de um desafio que parecia grande demais. Por sorte, Kathryne estava ali para não deixar que isso acontecesse. As palavras da loira trouxeram minha treinadora de volta à realidade, fazendo-a perceber que não era hora para fraquejar. Tínhamos um filhote para proteger, e Lariel ainda estava perdida.

- Kath, aqui embaixo… - Yoshiro ajoelhou-se e puxou a mão da maior para que ela fizesse o mesmo. Próximo ao solo, era provável que a fumaça não estivesse mais tão predominante, então creio que elas vão parar de tossir… e também será mais difícil de o homem vê-las, claro. - Melhor ficarmos escondidas... A chuva se formou rápido demais, ele vai notar que não é natural. Já deve saber que tem alguém aqui... - O aviso não passou de um murmuro, mas a tensão era bem evidente na voz da menina. - Vamos… vamos tentar levá-lo pra longe daquele filhote, ok? Peça para a Alya criar distrações com seus poderes psíquicos, por favor. Pode arremessar alguma pedra pra fazer barulho, ou então manipular a fumaça para confundi-lo... Qualquer coisa que leve ele pro caminho errado.

Ao encerrar esses dizeres, Yoshiro segurou a mão da outra menina, e nesse momento pude notar o quanto a minha humana estava tremendo. Ela nunca passou por uma situação assim antes, não me surpreendo que esteja com medo… no entanto, ainda assim conseguiu forçar um sorriso para Kath, não querendo preocupá-la mais. Mostrou, então, o último parceiro que ainda tinha por revelar.

- Eu tenho um bom distrator aqui também… Atsui é um fantasma, então é perfeito pra esse tipo de coisa. Ele é bem novinho ainda, mas... tenho algo aqui que pode ajudar. - Após libertar a vela, deu-lhe alguns docinhos. O Litwick aceitou de bom grado, comendo os quitutes enquanto contemplava a cena que se desenrolava ali. Um bebê chorando, um psicopata atrás dele, chuva caindo, restos de fumaça que ainda não se dispersara… não era algo bonito de ver, mas o fantasminha apenas deu de ombros, nem um pouco impressionado. Atsui não sabia o que estava acontecendo e tampouco se importava: só queria ter permissão para fazer suas travessuras em paz. Yoshiro deu isso a ele. - Querido, está vendo aquele homem ali? Quero que o atraia para longe daquele neném. Pode fazer ruídos, imitar o choro que estamos ouvindo, fique à vontade. Só tenha cuidado para não ser pego, ok?

Ela não precisou pedir de novo. Com uma risadinha mansa, a qual em nada combinava com o brilho traquina em seus olhos, o pequeno observou sua próxima vítima e logo depois desapareceu. Sim, do nada. Ai ai, esses fantasmas… só posso torcer para que dê tudo certo. Não sei até onde esse aspirante a Gasparzinho é confiável...

- Eu não a vi... mas ela está aqui por perto, com certeza. A Lariel é muito esperta, ela já deve ter algo em mente. Vamos ficar de olho e garantir que o caçador não a encontre também, certo? - Yoshiro por fim soltou a mão da loira, dirigindo-lhe um sorriso desconcertado que mais parecia um pedido de desculpas. Em uma situação crítica como aquela, era espontâneo para a minha humana procurar conforto em sua acompanhante... pelo menos aquilo tinha dado um pouco mais de coragem para a menina. Que bom, porque sinto que ela vai precisar de muita.

Onde quer que tenha se metido, espero que aquela loirinha esteja bem. E com algum plano na cabeça, de preferência. Se você disse que iria resgatar o Pokémon, Lariel, é bom se apressar…

Hanakko
Hanakko
Treinadora

Treinadora

Alertas :
[04] How does a moment last forever? - Página 6 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[04] How does a moment last forever? - Página 6 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

[04] How does a moment last forever? - Página 6 Empty Re: [04] How does a moment last forever?

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Ir para o topo Ir para baixo

Página 6 de 16 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 11 ... 16  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos