Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

O Cenário de Bonecas Vivas

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por LauraLostLove Ter 2 Fev 2021 - 18:10

OFF:
Olá, narrador! Essa aqui é só uma rota de treino para a Cherry Cup, eu não pretendo fazer um plot grande nem demorado, eu conseguindo treinar o suficiente até dia 16 tá ótimo pra mim! Pretendo começar o treino já no próximo post, mas você que comanda, chefia.
OBS: Eu narro na visão de um Minun, o Ninian. Lariel é a personagem e sua treinadora.

~♪

Para reabastecer a magia,
Um pouco de energia é necessário.
Essa sua personalidade animada.
Vamos pegar um pouco disso!
Egg: 14/40

Alguns dias atrás, fazendo uma viagem para Slateport, encontramos muitas pessoas interessantes. A grande maioria delas, inclusive, eram membros de uma sociedade que acabou nos acolhendo, foi um dia intenso, treinar tanto como nós treinamos foi exaustivo, nunca vi tantos pokémon evoluírem na minha vida toda, mal consegui narrar direito! Felizmente, conseguimos descansar nesses por dois pequenos dias e já estamos recuperados para continuar nossos esforços valorosos, ou ao menos é isso que minha treinadora, a Lariel, diz. “Você dorme, você perde” é o ditado e parece que a loirinha está bastante empolgada para ficar mais forte, proclamando querer vitória em um torneio que está por vir... Eu espero não ter que participar, Lari tem companheiros muito mais capazes, e não é como se meu papel de suporte fosse brilhar em lutas que não sejam com duplas, não é...? Sem tomar café-da-manhã, porém dando ração o suficiente para mim, nós saímos da base da Black Stars e mais uma vez para o sol ardente desse país tropical...

- Bom dia mais uma vez, Ninian! Você está pronto para treinarmos?! – Não, certamente não estou... Porém o mínimo que posso fazer é estar em bom espírito quando estou lidando com minha mestra, então simplesmente aceno, ainda meio-dormindo.

- Como nós precisamos treinar, é melhor acharmos uma área mais reclusa do município, assim não atrapalhamos ninguém e nem somos atrapalhadas. E como dizem, onde menos há humanos, mais tem tesouro, quem sabe conseguimos achar algo de valor? – Diz a mocinha, esperançosa sobre o dia de hoje. O que exatamente ela quis dizer com tesouro? Talvez esteja apenas desejando alto para que alguma entidade superior nos ouça, como se Arceus fosse ter pena de nosso couro... Acho que estou pessimista demais hoje, hora de mudar essa atitude para melhor!

Apressando o passo, nós andamos pelas ruas da cidade que já está movimentada mesmo o sol tendo acabado de nascer, cada uma com sua vida individual e também comunitária. Há muito do que se observar, porém pouco tempo para apreciar, essa é uma cidade bela, quem sabe podemos nos divertir quando o treino acabar...

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas I5ZpHTJ
"A Thin Line Between Heaven and Hell"
LauraLostLove
LauraLostLove
Treinadora

Treinadora

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por Victoria Sab 6 Fev 2021 - 0:23


OFF: Oi Laura, tudo bem?! Deixa eu te falar uma coisa, eu tenho o costume de narrar os pokémons dos players em treino (não só costume... acredito que tenha esse dever, né?), mas como você narra o Minum em primeira pessoa, não me sentirei a vontade de narrá-lo. A ele só darei desafios, ok?! Os outros pokémons, peço a liberdade de usá-los um pouco. Espero que possamos nos divertis.

----

Cedo demais para comer ração. Nick até tentara me dar uma barra de cereal que ele tinha mordido um lado, mas eu recusei. Eu não gostava dessa rotina de treinos estúpida e nunca gostarei. De manhã, nada meu funciona; muito menos meu estômago. Comer um processado é sempre sinônimo de azia o restante do dia. Bleh! Ele que coma essa merda de barra de cereal. Fechei a cara, emiti um grunhido sem graça e andei para o canto do cômodo. Ainda estávamos no restaurante do hotel quando ele "tento fazer isso".

Nessas horas eu até prefiro ficar dentro da pokebola. Depois de muito rosnar meu, ele entendeu que eu não queria contato e respeitou meu mau humor matinal. Deitei no sol-da-manhã, deixei que ele terminasse o café dele e rezei para que ele roubasse alguns bolinhos-de-queijo com requeijão para mim. Por favor, Nicholas, é sua obrigação me alimentar melhor!

Quando ele finalmente acabou, estalou seus dedos e me convocou para seguí-lo. Andamos um bom trajeto e depois de algumas esquinas eu entendi onde eu estava indo... o desgraçado ia me levar para o veterinário. Isso mesmo, ao Centro Pokémon. Dei um latido irritadício, arqueei a sobrancelha e mordi a barra de sua calça. Quando ele olhou para mim fixamente, eu "fiz que não" com a cabeça e tentei insistir. Sentei no chão gelado-matinal, rosnei para meu próprio dono e dei um pulinho para trás.

Maldito seja você. Toda vez é essa mesma história, ou me manda para o depósito, ou faz com que aquela vad*a enfie coisas em mim. Na-na-ni-na-não. Eu não vou! Eu to bem e não tem porque eu ir... eu vou é vazar daqui. Isso mesmo! Corri em direção a praça. O problema é que nem tinha "pessoas suficiente" para eu me camuflar. Já era uma praça vazia... mas tudo bem né?! Não é como se eu pretendesse fugir. O nome da minha operação é "fugindo do veterinário", e ela consiste em planejar algo diferente um-dia-de-cada-vez. Hoje eu só quero fazer ele perder o horário.

Corri, corri, corri e.... POW! Quando eu olhei para trás, verificando se Nick estava mesmo me seguindo, trombei com uma garota estranha, que tinha ao seu lado um Minun. Eu reagiria... o problema é que bati minha cabeça tão forte na panturrilha da garota que eu tava meio desorientado. Tentei levantar, mas minhas patinhas-negras, contornadas por um anel branco, estavam todas guenzas e foi difícil me-por-de-quatro novamente. Uma hora eu desisti, balancei a cabeça assustado e lati algumas vezes em direção a garota.

Logo atrás vinha Nick, que finalmente me alcançava.

Meu Deus do céu, todo o dia uma mulher bonita pra me f*der.
- MEU DEUS NICK - Pausa dramática para falar que SIM, esse filho da p*ta botou o mesmo nome em mim. É um egocêntrico mesmo, humano é tudo um monte de m*rda - PRA QUE ISSO?

Ok, hora de abanar o rabinho e fazer carinha de fofo pra essa mulher ali. Minha pata melhorou rapidinho! Olhei para a garota, de um latido fino, arregalei os olhos e fiz A CARINHA DE FILHOTE MANHOSO. Até me derrubei no chão, mostrando a barriguinha. Vai que ganho ainda um lanchinho gostoso de brinde?

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas ZFOY5mW
Victoria
Victoria
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por LauraLostLove Sab 6 Fev 2021 - 15:57

OFF:
Ooooi Vitoria!!!!! Fico muito feliz com a oportunidade de poder experimentar sua narração, só peço que não coloque expectativas altas demais na minha narração (não são lá tão boas kkkkkkk)
Sei que você acabou de vir, mas... Você pode fazer umas atts? Como você vai narrar meus pokémon (o que eu não tenho nenhum problema), eu gostaria colocar descrição de personalidade para eles para que você tenha um norte sobre onde ir. Além disso, pode substituir o Magneton pelo Rotom? Eu estava pensando em usar ele, mas como fiquei parada por esse tempo, acho que tenho que substituí-lo pelo Rotom o mais cedo possível, pois ele precisa de uns niveizinhos. E sobre o Minun, para evitar tanta demanda de nós duas, acho melhor isentá-lo do treino, se estiver tudo bem com você.
Egg: 15/40
Substituir Magnetom (Bastet) por Rotom;
Colocar nome de Rotom para “Cheap Trick”;
Personalidades:

Personalidade de Zebstrika: “Wonder of You”, mais chamado como “Wonder”, é tímido quando vê outras pessoas que não sejam seus companheiros de batalha ou sua treinadora, não demonstra se abrir rápido para outros. De certa forma, é medroso quando colocado em uma situação inesperada, e tenta seu melhor para fugir com suas reações instintivas. Seu hobbie favorito é galopear em um campo à alta velocidade, sempre querendo terminar seus serviços com agilidade. É dito que qualquer um que tente aproximá-lo ou aproximar sua treinadora quando ele está fora de sua pokébola possa ter uma maré de azar...
-----------
Personalidade de Charjabug: “Heaven’s Door” é muito apegado à sua treinadora, sendo ela a primeira coisa que ele viu ao nascer. Analogamente, por nascer em meio de muitas batalhas que estavam acontecendo, seus instintos de combate parecem ser aguçados, sendo até mesmo violento e não pegando leve quando manda algum golpe. Versátil, procura qualquer maneira possível de lançar seus golpes para obter maior eficácia durante combate e deixar sua treinadora com orgulho.
Particularidades: Por obter uma carga exagerada de hormônios em seu corpo, cresceu mais do que o normal de sua espécie.
Altura/Peso: 0,7m / 14,7 Kg
-----------
Personalidade de Toxtricity: “Brady” é um jovem rebelde. Após quase ser sequestrado por um bandido e seus Pokémon, ele quase criou um desgosto por outros seres vivos. Porém, graças à sua treinadora, Brady aprendeu a centralizar sua raiva em algo mais produtivo: gerar música com sua voz e com o órgão no seu tórax. Quando sua treinadora não está olhando, seu lado rude e agressivo pode se tornar aparente, no entanto ele se sente compelido a ajudar qualquer outro ser que esteja em apuros, pois sente a empatia de já ter estado nessa situação quando era mais fraco.
-----------
Personalidade de Rotom: “Cheap Trick”, assim como outros de sua espécie, adora fazer brincadeiras. Seu passatempo favorito é ficar invisível e ir para as costas de outros Pokémon e até mesmo humanos, rindo de forma assustadora ou sussurrando coisas maléficas e pensamentos negativos para quem possa o ouvir, nem que seja por meio de outros aparelhos como celulares, computadores e televisões. Sádico como é, adora ver outros serem entrarem a loucura ou sentirem dor. Ele espalha rumores de que quem tentar se livrar de sua possessão à força morrerá, apesar disso não passar de boatos e provavelmente pegou disso de algum desenho ou gibi bizarro..

A nossa passeada matutina dessa vez foi substituída por uma travessia sobre a cidade que estava acordando. Pelo o que posso observar no ombro da minha companheira, as casas de múltiplos andares abriam suas janelas aos poucos, é possível ouvir donos e donas-de-casa preparando seus cafés, adultos de roupas formais com suas maletas indo trabalhar... Ao menos eu acho que vão trabalhar, tomara que eles não sejam parte de um culto que os obrigue a usarem roupas tão chiques e que possuam objetivos malignos... Já minha humana não parecia ter a mesma vista que eu estou tendo, afinal ela é a “motorista” desse veículo carnudo cujo qual estou sendo a carona. Limitando sua visão para... Espera, para o seu celular?! E eu aqui, o tolo, pensando que a jovem estaria olhando para onde anda, sou mesmo o ápice da idiotice... Em vez disso, não para de ficar navegando no Pokégram com seu Rotom-phone. Eu entendo que as redes sociais sejam de tão importância para uma estrela em ascensão, mas acho que tomar cuidado por onde pisa não vai te matar, pelo contrário na verdade! Felizmente para ela e infelizmente para mim, isso aqui acaba de se tornar um trabalho em duplo... Farei questão de tomar cuidado por onde anda e avisá-la se qualquer coisa tombar sua frente...

Adiante, aproximamo-nos de uma praça que é impossível eu não reconhecer: Foi o local onde treinamos tanto com outros membros da Black Stars dias atrás. Como posso esquecer-me daquele Dragon Claw que levei na fuça e desmaiei em um só golpe? Ou como encontramos Miranda, Drake, e os outros. Boas lembranças... Agora é hora de chegarmos um pouco mais próximas do pode deles, caso tivéssemos a mesma potência que esses especialistas e às, como seria nossa popularidade, o que faríamos com toda essa carga? Que benefício nós traríamos ao mundo?... - Olha, o vestido dessa atriz é bonito, quanto será que custa? – Sem notar, eu comento, vendo a postagem de uma tal de “Diantha” no celular... É mesmo, eu devia voltar a olhar a estrada, não é-

- Ai! – Lariel exclama a dor que sentiu com a pancada que recebe. O que diachos aconteceu?! Olhando para baixo, um cachorro sombrio acaba de dar uma cabeçada na minha treinadora, ora essas, qual o problema dele?! Parece que ele também não se sentiu muito bem com o golpe, visto que está no chão se debatendo... Agora, com a loirinha tendo um membro inferior machucado, ela recua com um olhar preocupado ao ver o canino latindo para ela... Não que ela poderia entendê-lo, porém não sentiria hostilidade de um Pokémon que lhe ataca e então late?! Ele está a merecer uns choques... Porém o que aparenta ser seu dono finalmente aparece... Ele aparente está chamando o pequeno de “Nick”...

- Desculpa... E. Esse é o seu Houndour? O que fez para ele... fugir? – Lari parece que estava tão concentrada no seu aparelho que nem parece ter certeza das intenções... Forçada a dar essa iniciativa, a pequena não consegue evitar um medo inicial de ter que começar um diálogo com outra pessoa, todavia que escolha ela tem...? Estranhamente, o sombrio flamejante estava agora com uma atitude muito mais diferente, parecia mais amigável... Talvez estaria pedindo desculpas ou... De qualquer forma, não acho que consegui um voto de simpatia dessa garota seja tão fácil depois do ocorrido... Os olhos da garota me dizem que ela não se sente segura ainda nessa situação... Oh deus, lá vamos nós de novo...

- Vocês estão vindo do centro pokémon? Eu estou indo para lá, sem contar que tenho um dia ocupado... Sabe, sou uma treinadora muito forte e uma artista que deve treinar bastante meus passos. Pode me acompanhar, claro, só que não sei se posso te garantir uma batalha, caso seja o que seu canino quer... – Minha coordenadora anuncia com um ego certamente mais exagerado do que comumente é... Acha que realmente vão acredita nessa sua história? Tirando o Bastet e o Wonder, não temos nenhuma Kathryne para nos defender... Certamente é uma reação de defesa, porém não deixou de soar meio rude...

Seguindo caminho para o estabelecimento vermelho, Lari faz uma troca de esferas em um dos computadores que há no centro... Não tenho certeza como irá o restante do dia, porém certamente tivemos um início distinto...

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas I5ZpHTJ
"A Thin Line Between Heaven and Hell"
LauraLostLove
LauraLostLove
Treinadora

Treinadora

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por Victoria Seg 8 Fev 2021 - 18:10


OFF: Feito <3

Essa vagabunda deve ser muito mau-caráter mesmo para não cair nesse olharzinho fofo que eu fiz. Sinceramente, eu que não vou perder meu tempo, eu devia ter mordido ela. Na verdade eu estou puto... PUTO. Como que ela me recusa assim?! Olhei para Nick com uma das sobrancelhas arqueadas e PELA PRIMEIRA VEZ EM MUITO TEMPO, ELE ME CORRESPONDEU. O garoto achara ainda mais bizarro que eu a atitude da garota e eu dei um suspiro aliviado. Andei até o pé dele e fiquei ali do lado, sentado, olhando-a com a testa franzida, mas evitando transparecer meu ÓDIO INTERNO.

Ai, ai... mimadinha, mimadinha, mimadinha. Nick finalmente teve um cérebro e reparou logo de cara que aquela conversa não ia para bom tom. O garoto de altura-boa (1,84), ombros curtos, cabelo cacheado até os ombros e pele alva lhe devolveu a fala com um riso um tanto incrédulo e falou:
- Eu tava indo para a Feira de Slateport mesmo, comprar umas Vitaminas pra preparar esse imbecil aqui para a Cherry Cup - EI?! VOCÊ TA DO LADO DE QUEM MEU RAPAZ? IMBECIL É A SUA MÃE - Mas Centro Pokémon é caminho né... eu não vou batalhar com ele não, certamente ele é muito fraco para ti, mademoiselle.

Bicho, eu espero que ele tenha sido irônico porque eu sinceramente não vou aceitar esse desaforo. Virei-me para ele, fechei a cara, deixei que as rugas de minha testa caíssem sobre meus olhos e deixei meu focinho reto e empinado. Eu parecia um 'pitbull'!!! Eu estava muito bravo!! Ele reparou que eu tava muito bravo e abaixou... espero que venha me dar um petisco e... NÃO, A COLEIRA NÃO! FILHO DA PUTA! Ele me pegou com os dois braços, com força, e prendeu a corrente dele em mim.

Meu Deus, é sério que ele vai me usar pra impressionar a menininha mimadinha e acompanhar ela até o Centro Pokémon?! Puta merda, é um p*nheteiro de merda mesmo esse garoto. Fiz QUESTÃO de chorar alto o trajeto todo, me jogar para os lados das pistas e fazer força contrária, na tentativa de fazê-lo soltar:
- Quer vir na feira com a gente depois disso?! - Ah, namoral seu arromb*ado, me volta pra pokébola, não me faz morrer de nojo de vocês dois não.

Arg, sinceramente, a única coisa que faz meu coração ainda bater é saber que PELO MENOS não vou no Centro Pokémon pra ver o Veterinário.

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas ZFOY5mW
Victoria
Victoria
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por LauraLostLove Seg 8 Fev 2021 - 19:39

Egg: 16/40

Para a minha completa surpresa, o rapagão alto estava muito mais receptivo do que eu esperava, fazendo até questão de tratar com um pronome formal... Não, aí tem coisa. Ele certamente notou a farsa e está, no máximo, fazendo a vontade da pequena, para qual motivo eu ainda não sei... Colocando seu dedão sobre seu queixo e mordendo o indicador, Lariel pareceu tanto intrigada e satisfeita com o primeiro contato que os dois tiveram, levantando um pequeno sorriso enquanto fazíamos caminho para o centro. Estranhamente (ou não), o cachorro raivoso não parecia nem um pouco feliz, teve que ir para a sua coleira grunhindo todo o caminho. Para nossa sorte, os afazeres no estabelecimento foram rápidos e já saímos do hospital de Pokémon.

- Para falar a verdade, eu também pretendo ir para a Cherry Cup, estou buscando um treino justamente para a ocasião. Dito isso, acho uma excelente ideia passar no mercado... Como que é seu nome? Eu me chamo Nuvelle e certamente sei dar um show no campo de Contest e de batalhas também~. – A loirinha finalmente se introduz, mantendo sua mania desnecessária de usar seu sobrenome em vez de primeiro nome... Ela realmente acha que ficar utilizando isso a deixa com um ar de importância? Não obstante, acho que ela não consegue confiar inteiramente no moço e seu tipo sombrio... Sabia que em lugares distante eles são considerados do tipo “maligno”?! Acha que eu posso mesmo confiar num canino do tipo? Porém creio que é melhor ao menos tentar ficar no lado bom dessa criaturinha ao menos que realmente recebamos uma mordida ou brasas no nosso pelo e vestido... Traçando caminho adiante para o que aparenta ser uma das áreas mais movimentadas da cidade, a “Feira de Slateport”, eu me pergunto se vamos acompanhar o adolescente-adulto apenas por educação ou se minha treina planeja treinar lá, talvez trazer um pouco para si mesma? Talvez conquistar o coração de alguma vítima coitada por meio de um mini show e ganhar algo? Eu não tinha certeza, no entanto ao menos esse cara tem interesse de nos levar lá.

- Você pretende ganhar algum prémio significante no torneio? Eu creio ser uma oportunidade excelente para espalhar minha marca por aí, para vender um produto precisa de audiência e publicidade, então vou com tudo, por isso quero treinar forte. Quais são suas expectativas? Mesmo você tendo dito aquilo, acredito que seu Houndour seja forte dentre os concorrentes... Só cuidado que essa garota aqui também sabe morder~ – Quase soou como um elogio decente se não fosse o moxie no fim... Ademais, creio que realmente não há muito que se fazer além de bater um papo sobre nosso possível oponente lá... O que Lari ganha com isso? Talvez procura tirar mais informações para derrota-lo? Quem sabe dando mole para aproveitar do garoto?

De qualquer maneira, sinto que não estamos muito longe do mercado, o que será que nos espera lá?

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas I5ZpHTJ
"A Thin Line Between Heaven and Hell"
LauraLostLove
LauraLostLove
Treinadora

Treinadora

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por Victoria Seg 8 Fev 2021 - 20:15


Sinceramente eu vou vomitar. Se eu precisar treinar com os pokémons dessa mimadinha eu JURO que vou morder um deles e fingir que foi sem querer. Impossível Nick ficar tão em cima da guria e não me defender numa briga. Eu vou fazer um fuzuê! Ele que lute para se livrar disso... de verdade. Eu não sou competitivo não, quando me falam isso eu fico até com raiva! O problema é que eu ODEIO ser dado pra trás... isso não é ser competitivo, ta? Isso é só ODIAR SER FEITO DE TROUXA. Não vou ficar pra trás desse projeto-de-pikachu não, to nem ai que ele morde.

Eu mordo muito mais!

- Eu não quero muito não... eu só quero pegar o item para a Poke Mansion.... min - Ele parou por ai. Eu sei porque ele parou por ai, mas sabe o que realmente me surpreendeu? Que ele começou a contar essa história.

Na verdade, quando ele cogitou começar a contar essa história, eu fiquei um pouco inclinado a me calar. Levantei uma das orelhas e o ouvi com atenção, esperando certa continuação. Ele não o fez, nem o terminou com um "ah, só quero visitar lá!" ou algo do tipo. Ele simplesmente mudou de assunto:
- Mas eu não quero te enfrentar não, madmoiselle, eu só ia te convidar para fazer um treino comigo - Ele parara um pouco, engolira a seco e aproveitou meu silêncio para me puxar para mais perto - Quer dizer... com a gente.

Bleh, eu juro que vou vomitar.

- Com nós dois. Os Nicks.... inclusive, prazer, meu nome é Nick.

Ok, eu vou oficialmente vomitar. A gente já tava bem perto da feira e a garota não "mudou o rumo" da viagem. Isso quer dizer que eu vou REALMENTE ter que ficar com ela por ali?! A única coisa que me animou foi o cheiro dos açougues-de-feira e dos outros aromas gostosas. Sério, eu juro que eu tava ME SEGURANDO NISSO pra não vomitar nesse dois.

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas ZFOY5mW
Victoria
Victoria
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por LauraLostLove Seg 8 Fev 2021 - 22:25

Egg: 17/40
Treinar Sp.Atk no Toxtricity (Brady);
Treinar Sp.Def no Rotom Heat (Cheap Trick);

A nossa passagem para o local foi, de certa forma, tranquila. O canino não parecia estar gostando tanto assim quanto seu dono, esse humano também parecia haver seus próprios segredos que vão além do olho nu... Sua ida para o torneio deve ter um motivo bem distinto do que o da minha mestra, que é conseguir fama para ela e sua sociedade... Não tenho posição para julgar sobre os objetivos de outros, então só espero que ele faça bom uso desse item, caso ele consiga obter. Chegando próximo de nosso destino, parece que estamos em um lugar apropriado o bastante para dar início a alguma coisa, não? Creio que a pequena tenha um pensamento similar ao meu, pois dá uma pequena pausa para se alongar e se pronunciar mais uma vez...

- Acho que aqui possa ser um lugar que não vai atrapalhar muita gente... O que diz de treinarmos aqui? Como você vai fazer umas comprinhas, nós te esperamos por aqui e você pode se juntar a nós quando voltar. Apesar de que aposto que o Nick esteja animado para treinar também, ou me morder. Um dos dois ou os dois ao mesmo tempo. Infelizmente, não consigo mais falar com Pokémon, hehe... – A mocinha compartilha o que fará, pegando duas esferas dicromáticas de sua bolsa e concluindo com um comentário direcionado ao Houndour, do jeito que ele parece estar meio rabugento, só deus sabe como ele vai reagir à provocação...

- Saiam, queridos, vamos mostrar para o mundo do que somos capazes! – Lariel exclama, liberando o rabugento Brady e um último “coleguinha” que ela recebera hoje após um acordo pela internet... Um forno que levita? Olhando bem, parece que tem algum ser controlando esse aparelho, o que faz mais sentido... Seus poderes de levitar certamente evidenciam alguma atuação ou eletromagnética ou fantasmagórica... Olhando seus arredores, o ser que emana um calor forte apenas ri , chacoalhando seu corpo numa gargalhada estranha...

- O que você quer? Ma? – O lagarto fala, coçando um de seus lados como se estivesse com uma preguiça... Embora sua cabeça estivesse na direção da loirinha, seu olhar era desviado. A fornalha também vira para a jovem que lhe convocou, analisando a pequena e seu olhar... Lari fita para ambos com um olhar de alegria e um sorriso aberto... Uma feição um pouco esquisita, porém ela deve ter algo em mente...

- Eu trouxe vocês dois para fora pois queria fazer um breve treinamento para nossa amiguinha “Cheap Trick” e eu acho você, Brady meu amado, o melhor candidato, aproveitamos e melhoramos suas capacidades também! – Assim como tinha dito antes, parece que a hora chegou... Nós nunca treinamos antes, como será que minha humana lidará com isso? Será que vai saber dar as ordens corretamente? Tomara que não saia nenhum ferido...

- OK, Brady, quero que você fique tocando a sua “guitarra” assim como eu te mostrei, aproveite a eletricidade que vai gerar e amplifique suas cordas vocais usando sua voz... Faça seu melhor para gerar ondas sonoras e direcione-as ao “Cheapy”. Já você, amorzinho, tente bloquear o som criando uma carga elétrica que envolva o seu corpo todo, usando Charge você pode proteger sua defesa especial, então faça seu melhor para aguentar e bloquear o som. – Então essa é a estratégia que será usada? Parece sólida o bastante que talvez gere algum resultado, mas será que o venenoso vai ser capaz de treinar seu Rock o bastante para fazer um som significante? Ele tem testado suas capacidades após ter evoluído, todavia apenas agindo para ver como será o resultado.

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas I5ZpHTJ
"A Thin Line Between Heaven and Hell"
LauraLostLove
LauraLostLove
Treinadora

Treinadora

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por Victoria Ter 9 Fev 2021 - 1:49


Bem, acho que Nick só tinha a mim, porque ele não liberou mais ninguém para o treinamento. Na verdade ele se perdeu no sorriso "esquisito" de Nuvelle e fez o pior tipo de comentário que podia fazer, me fazendo ter CERTEZA que meu treinador era um idiota:
- Quem é que quer te morder?! - Indagou... aquilo não faria sentido nenhum sozinho, esqueceu de introduzir um "qual Nick quer te morder?" e perdeu a oportunidade de fazer uma cantada ainda mais tosca.

Quando ele reparou a gafe, levou uma das mãos na face e fez o que eu queria fazer: demonstrar vergonha. No meu caso, vergonha alheia, no caso dele, vergonha de si mesmo:
- Desculpa, desculpa. Eu vou treinar só o Nick, ok?! Melhor que não fica tão tumultuado.

Ok, talvez o treino seja até bom... né?! Eu sei lá, normalmente é treino de velocidade e eu AMO ficar correndo por ai. AMO! Ele me joga uns ossos e eu fico por ai... meu humor até ficou um pouco melhor! Imagina só se eu só precisar correr pelo parque, ir atrás de gravetos, morder um ossos e ainda ganhar uns biscoitos. Que delícia! Arg vai ser perfei...
- Nick, vamos de defesa! Vou te jogar bolinhas de lama e você vai ter que defender!?

Ah, namoral, vai pra casa do caralho, fí! Ele pegou e foi desenhar um golzinho... enquanto isso me joguei incrédulo no chão e fiquei olhando aqueles dois ali. Aquele largatão roxo tava PER-DI-DA-ÇO mermão. Perdido! Ele simplesmente começava a tocar sua guitarra e depois olhava o movimento da rua. Aquele falatório todo estressava ele pra car*lho mermão. Muito mesmo! Ele parava o tempo todo porque ninguém dava a mínimo. Ele parecia até pensar que aquela galera tava desrespeitando a música dele.

Na real eu até concordo com ele. O parça ta ali, suave, fazendo seu treino, criando entretenimento, e esses humanos nem param pra olhar. É muita zuação mesmo! Ele pareceu ficar cada vez mais incomodado com isso, isso tava influenciando na música dele. O pior é que eu vi a malícia daquele Rotom ali. Ele se aproveitou MEXMO do mal-estar do garoto. Ao invés de ficar se defendendo com o choquezim lá, ele viu que era melhor sussurrar "bulshits" no ouvido do lagartinho. Eu não conseguia ouvir o que ele tava falando não, mas certamente coisa boa não era...

Sério, eu até pensei em falar uns bagulhos, o lagarto já não tava bem, mas sei lá, quando eu levantei levei uma bolada de lama na cara e Nick gritou um "ACORDA, CÃO DOS INFERNOS" que me fez ficar PUTO. Corri até esse cuz*o e fui ver de qual é. A gente até começou o treino lá, mas em certo ponto um homem da barraca de vitaminas gritou:
- OW, EU TO PRECISANDO DE TREINADORES MODELOS. QUEREM TREINAR NA MINHA BARRACA NÃO? VAI DAR IBOPE PRA MIM! - Disse ele, se aproximando. A medida que se aproximava, ele falava mais baixo - Pago cada um com uma vitamina. Hoje é Dia D aqui na feira, vou perder pro outro vendedor se não fizer um merchanzinho melhor...

Ah pelo amor de Deus. Faz-me rir! Nick de modelo?! Só se for modelo de um pedaço de merda.
Treino: 1/8

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas ZFOY5mW
Victoria
Victoria
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por LauraLostLove Ter 9 Fev 2021 - 18:43

”OFF”:
Já disse que AMO esse Houndour? Não seguro a risada com ele kkkkkkkkkkkkkkkkk
Egg: 19/40

Nós nos juntamos com duas figuras certamente divertidas. Minha treinadora não conseguiu evitar a risada com o comentário do Nick seguido por sua cara de vergonha por ter entendido errado. O cachorro flamejante também pareceu não se sentir muito bem pelo comentário, algo que eu simpatizo muito pelas altas macacadas que essa loirinha faz... Já sobre o treino, as coisas não estavam tão boas quanto esperadas. Na verdade, Brady não conseguia focar o suficiente em sua tarefa com o passar das pessoas... E como não tinha o que desviar, o fogão flutuante simplesmente largou o que foi pedido para ficar tirando sarro do venenoso...

- Ninguém está se importando contigo... Você só foi chamado para treinar outro, simplesmente isso, qual seu real valor nesse mundo? Para eles, perto de nada... – Se não fosse minhas orelhas de roedor, eu não conseguiria captor esse sussurro críptico do fantasma... Ei, essa fala realmente parece está irritando o guitarrista, calma, calma! Num surto de ira, o réptil solta mais faíscas e potência elétrica...

- Aaah que raiva, que raiva! Por que nada que eu faço é bom o suficiente?! Me deixa, seu porra! – Brady exclama com “sangue nos olhos”, como é dito na expressão, liberando eletricidade pelo seu “cabelão”. Felizmente ou não, Cheap Trick não parece ter se ferido no processo, talvez algum Charge que ele usou logo o fez mais resiste a esse golpe especial? Não sei dizer... Lariel não ficou feliz com o que está acontecendo, então logo meio em cena para dar um stop no conflito.

- Opa opa, calma aí, queridos. Brady, foco em mim. Respire fundo, exale lentamente, não fique se estressando por besteira. Você estava incrível, inclusive! Caso for para tocar para alguém, toque para mim, entendido? – A jovem diz tentando remediar esse caos. Parece que as coisas também não estão indo tão bem quanto esperado para nossos acompanhantes também e, para adicionar mais um elemento a esse caldeirão de confusão, um homem estava vindo em nossa direção, proclamando que tem a cara todinha da Lari estampada nisso, não por ela ser modelo, mas sim por adorar uma oportunidade para se apresentar e trazer atenção... Sem nenhuma surpresa, a cara da menina se abriu, um brilho percorria em seus olhos, nem a pau que ela perderia essa oportunidade...

- Mas é claro, senhor. Pode contar comigo que aqui é serviço profissional. O que me diz, Nick? Essa pode ser uma ótima oportunidade de termos um treino que presta, eu vou indo! E você? Inclusive, podem mostrar o quão capazes e fortes são para uma audiência! – Lariel diz, empolgada e certamente com a mente feita, lançando a pergunta para os Nicks, virou para o Brady e o Cheap Trick, chamando-os também... - Agora vai ser sua oportunidade de mostrar o quão bom você é para uma audiência de verdade, meu amor! Confia em mim, você é capaz! Já você, “Cheap”, eu vou ficar bem de olho sobre suas capacidades, sei que você é capaz então me mostre o que consegue fazer.~ – Avisando os dois pokémon encrenqueiros, esse comentário pareceu mais para dar um alerta indireto, será que ela observou e percebeu o que estava acontecendo assim como eu? Seguindo o vendedor de vitaminas com uma proposta muito chamativa, nós vamos até sua barraca e nos preparamos para dar início ao nosso “show”. Aliás, ela disse que é profissional? Com... Certeza... Não somos...

- Senhoras e senhores, treinadores de todas as idades, venham, venham! Peço apenas um momento da atenção de vocês. – Esbanjando seu vozeirão, minha coordenadora exclama para as pessoas do mercado colocarem parte de seu tempo no produto que o homem quer vender: pontos de treinamento. - Sabem o que define a uma vitória e uma derrota durante um combate Pokémon? Não só os pontos de vitalidade de nossos companheiros, mas também suas capacidades de ataque, defesa e velocidade! É por isso que é nossa obrigação, como treinadores, fazer exatamente o que está no nosso nome: amplificar o potencial de nossos Pokémon! – A garota continua fazendo uma introdução meio extensa, todavia talvez seja o necessário para dar continuidade... Não tenho certeza o que ela está fazendo, desde que funcione e dê resultados para os três humanos, deve estar tudo certo...

- É por isso que treinar stats dos nossos monstrinhos é sempre uma boa ideia e com certeza lhe colocaram a uma vantagem palpável! Vejam como meus poderosos aliados treinam suas características, tudo com a ajuda dos frasquinhos com eficácia fora desse mundo~. – Lariel então aponta para Toxtricity e o Rotom, parece que ela está pronta para dar a eles comandos, é bom que eles não vacilem no momento...

- Brady, meu amor, toque a sua melhor sintonia com sua “guitarra”, aumente sua carga elétrica e lance seu som contra a fornalha astuta. Cheap Trick, mostre sua esperteza usando Double Team para se proteger contra os golpes especiais do seu companheiro de treino, forme barreiras com seus clones para ter a oportunidade de desviar dos movimentos e tomar menos dano deles! – Agora dando seus movimentos, o que eu posso fazer é dar meu apoio a ambos com meu Helping Hand, encorajando eles a fazerem seu melhor. Não vou de fato treinar, porém eu posso ser a carinha fofa que dá a eles vontade de darem seu melhor, quem sabe?! Agora é ver como eles e o Nick vão se esforçar...

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas I5ZpHTJ
"A Thin Line Between Heaven and Hell"
LauraLostLove
LauraLostLove
Treinadora

Treinadora

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por Victoria Qua 10 Fev 2021 - 12:32


Não me era muito agradável defender as bolinhas de lama, na verdade era muito melhor "tomar gol". Eu não via objetivo em sujar meu pelo, ressecar minha cútis, arriscar quebrar minhas garras e manchar meu marfim por um treino ridículo. Nick devia ao menos pensar em algo melhor! Eu simplesmente sai do gol e deixei que ele jogasse o quanto quisesse... o problema é que isso não pareceu deixá-lo muito contente, e ele começou a me provocar. Pegara uma bolinha de lama e jogara bem na minha barriga e eu preciso admitir que aquilo doeu:
- Vai lá, pançudo. Ta com medo de se sujar?! Eu to metendo a mão na lama pra ti, vê se faz alguma coisa - Nick, eu PRECISO MESMO FALAR QUE EU ODEIO TERRA?! Você é um treinador de bosta se não consegue entender isso, eu sou um pokémon de fogo, para pelo amor de Deus - AI VAI MAIS UMA!!! - Ah... ele vai continuar...

Na verdade, já era a terceira bola de lama que eu tomava. A primeira na barriga, a segunda na bunda e a terceira no meio da testa. Ela até escorrera entre meus olhos... eu já tava pronto pra ACABAR COM ELE quando o velho lá começou a gritar com a gente. Graças a Deus um adulto pra botar moral nessa bagaça! Aquela proposta de ser "modelo de pedaço de merda" me pegou um pouco desprevenido e eu tive que rir. Certamente ninguém entendera que som esguichado era aquele que eu estava emitindo, na verdade uma mulher na rua parara para ver se eu estava bem. Por um instante ela confundiu a risada de um Houndour com ataque epiléptico! Vê se pode um negócio desses.

Enfim... enfim... continuando. Nick não falou nada, na verdade ele mal conhecia Nuvelle, mas já tinha CERTEZA que ela ia aceitar. A garota mostrou-se muito chegada a performances então não era difícil imaginar sua resposta. O que era difícil de imaginar, era a prepotência do ato... quando ela começou a gritar, o dono da banca já resolvera lhe dar um microfone logo. Ele tinha um amplificador de ótima qualidade e via em Nuvelle uma boa porta-voz.

A menina falava bosta, mas preciso admitir que ela falava bosta muito bem. Era carismática, divulgava o produto e até me enganava... o problema é que Nick não sabia como se por naquela situação. Esse mongol ai não tem pokémons evoluídos, não tem porra nenhuma, como seria modelo de treino?! No fim ele baixara a cabeça e se aproximara de Nuvelle com o "rabo entre as pernas" me chamando para mais perto.

Óbvio que não fui, eu lá vou me apresentar todo sujo de lama?! Pois pensasse antes de me sujar, seu trouxa. Ele ficou ali, passando vergonha sozinho, ao lado da garota que ele gosta. Eu fiquei rindo mais um pouco... você acredita que MAIS UMA VEZ uma outra mulher veio verificar se eu tava tendo um ataque epiléptico?! Sinceramente, ninguém respeita a risada do Houndour aqui. Vou começar a rir latindo... ai ninguém chega perto.

Ah, que seja, só sei que de longe eu vi aquela dinâmica e já pensei: vai ter showzinho gratuito hoje, em! Guitarra, mulher bonita no microfone, fogão... cenário per-fei-to. Pera, fogão?! Que que um fogão vai fazer ai. A lagartixa guenza já se preparava para tocar sua "guitarra", tapava e destapava seus buracos na cintura e começava a emitir um som bem lento, uma espécie de balada. Quando Nuvelle dissera que a música era para ela, aquele bicho ali entendeu que seria uma serenata.

Ele se abaixara, ajoelhara para sua treinadora e começava uma música um tanto quanto lenta. Nick não era bobo, né?! Já sabe o que ele fez. Finalmente deixou de abaixar a cabeça e foi até a garota, estendendo a mão e a chamando para dançar. Rotom não entendera bem seu papel naquilo, as faíscas não lhe atingiam muito, e as que afingiam, não machucavam. Sendo assim, ele apenas se posicionou de lado e ficou abrindo-e-fechando a boca do fogão, tentando engolir alguma "radiação" daquilo tudo.

Tentativa Ok.

Realidade? Tava parecendo um retardado, bicho. Sinceramente, dei meu segundo ataque epiléptico de risada quando vi aquele forno bocó. Aqueles quatro ali eram mó comédia, o único que salvava era o Minum, mano. Namoral, tava ri-dí-cu-lo. Quando o roedor bateu palma o lagartinho tocou mais alto, vamos ver esse fora que o Nick vai levar?! Vai ser muito bom...

2/8

_________________
O Cenário de Bonecas Vivas ZFOY5mW
Victoria
Victoria
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
O Cenário de Bonecas Vivas Left_bar_bleue0 / 100 / 10O Cenário de Bonecas Vivas Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

O Cenário de Bonecas Vivas Empty Re: O Cenário de Bonecas Vivas

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum