Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

009 - PAEDOR

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty 009 - PAEDOR

Mensagem por Food Ter Abr 06 2021, 20:48



offtopic escreveu:Bom dia, boa tarde e boa noite, Narrador!
Essa rota é para cumprir uma missão da Virtuum. É a seguinte:
Spoiler:
Responsável: Virtuum
Cliente: Cidade de Aztlán
Objetivo: Limpar os canais
Descrição: Para comemorar a chegada do ano novo, a cidade de Aztlán sempre faz um grande festival. Todavia, alguns dias depois, os canais que atravessam a cidade inteira, sendo muito importantes para a mobilidade urbana, apareceram bastante sujos e fétidos. O secretário de turismo da cidade creditou isso à abertura do festival para gente de fora, aumentando a quantidade de lixo jogada no rio. Porém, a equipe de limpeza da cidade, mesmo tentando retirar os detritos, não conseguiu achar a origem da poluição e do cheiro que parecem vir do fundo ou algo similar. Para acabar com a pressão sobre seu ombro, o Secretário ofereceu um contrato para despoluir o rio de vez.
Tipo de Missão: Limpeza e Investigação.
Fama/Reputação Necessária: Nenhuma
Fama/Reputação Ganha: +100 Fama / +25 Reputação com a Cidade de Aztlán
Recompensa: PK$ 3.000 + Black Sludge

Fora o óbvio objetivo de completar a missão, estou trazendo alguns Pokémon mais fraquinhos para treinar com lutas, é claro, além de dois ovos (já aprendi minha lição; não vou levar quatro ovos por aí nunca mais). Estou aberto para qualquer plot divertido que o senhor bolar! Espero que seja uma rota legal!
(Ah, é! Eu também queria ver de brincar um pouco com o novo Pokémon; Scraggy mordomo. Vou vendo se consigo achar brechas no meio da rota, então não se preocupe muito, haha.)

Enquanto acariciava as minhas madeixas — agora curtas, graças ao Arthur — eu caminhava de forma bem relaxada em direção ao meu novo destino.

Que eu não sabia qual era, na verdade.

Suspirei, encarando o céu. O símio de dois metros, curioso como sempre, seguiu meu olhar em busca do que quer que fosse o que eu estava encarando. Como não encontrou nada, apenas pegou seu coco e começou a jogar para cima, brincando de pegar ele bem quando estivesse próximo de cair no chão.

Arthur. Pelo que entendi, precisamos fazer uma... Missão aqui. Eu não sei direito, mas deve ter a ver com limpeza de algo. Sei que seus grandes braços são bem musculosos, então não deve ser tão difícil para você! — Comentei. É óbvio que, na minha cabeça, se tratava de levar sacos de lixo de um ponto para o outro, mas... Acho que as missões de sociedade nunca são tão fáceis, né? Eu provavelmente ia acabar tendo que lutar com um jacaré do esgoto, com certeza...

Ah, Karen... Por que você foi aceitar fazer isso...?

É claro, não pode ser algo tão nojento, né? Eu só vou limpar um esgoto e descobrir a possível causa de... Aí meu Arceus, quem eu estou querendo enganar, honestamente? Ainda bem que eu trouxe roupa velha. Bem, de qualquer modo, preciso primeiro encontrar o cliente da missão, para ficar por dentro do que deve ser feito. Se acalme, Karen!


Controle escreveu: Day Care:
009 - PAEDOR 624 - 103

Eggs:
009 - PAEDOR 674 - 25
009 - PAEDOR 532 - 25



PAEDOR


_________________
009 - PAEDOR TzhT6he
Food
Food
Especialista Fighting I

Especialista Fighting I

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Pacify Qua Abr 07 2021, 11:35

OFF::
Bom dia, Food! Vou assumir sua rota! Espero que sobrevivamos à essa rota possamos nos divertir muito! Qualquer dúvida, angústia ou sugestão, não hesite em me mandar mensagem, aqui, por MP ou no Discord! Boa rota pra gente ✰

Aztlán era uma cidade única; localizada em cima de um lago, a metrópole conservava hábitos anteriores à grande parte das civilizações modernas de Hoenn. Sua arquitetura unia tradição com modernidade, sendo um deleite aos olhos de quem vê! Era uma cidade muito festiva também, famosa por seus grandes festivais que duravam semanas e traziam muita alegria e prazer para os habitantes locais. Bem, isso durante as festividades, já que depois a cidade era largada às traças. Muitos forasteiros desavisados contribuíam para entulhar a cidade de lixo. Era comum no dia seguinte a um grande evento as ruas amanhecerem abarrotadas de lixo: guardanapos, copos e canudos plásticos, bebidas alcoólicas. Um horror. A parte terrena de Aztlán era fácil de se limpar; o secretário organizava uma força tarefa junto de vários Machamps e pokémons forte e em poucas horas, as ruas da cidade estavam limpinhas. Já os canais, era outra história. Ninguém se disponibilizava para limpá-los; primeiro porque eram fétidos e fechados, podendo até mesmo conter certos tipos de pokémons não muito agradáveis de se lidar. Segundo que a cidade era muito supersticiosa, e acreditava-se que as águas que cruzavam por debaixo de toda a metrópole eram inauspiciosas, já que boa parte da ossada dos mortos dos nativos era ofertada lá embaixo, nas catacumbas de Aztlán. Mas isso Karen não sabia; ainda...

A garota de cabelo curto se dirigia a um café onde o assistente do secretário estaria esperando-a para discutir pormenores sobre a missão. Não precisou andar muito sob o sol escaldante característico da região para encontrar: era um local pitoresco e charmoso, com mesas na rua ao ar livre debaixo de guarda-sóis amarelos listrados. O tal sujeito estava sentado num desses, com um Swablu no ombro, serenamente limpando suas asinhas. Quando avistou a garota com as características listadas (o cabelo rosado era inconfundível), acenou, fazendo Karen sentar-se na cadeira oposta, apertando sua mão em saudação:

- Bom dia, você é a Karemachena, né? Eu li a sua ficha! Meu nome é Ameyal, aliás. Sou o secretário do secretário. Infelizmente, o meu superior não pôde estar conosco hoje, mas garanto que podemos resolver essa questão com facilidade hoje! - O homem era sorridente e simpático, usava um óculos arredondado, uma camisa polo branca e calça cáqui, além de uma alpargata azulada. Tinha a pela alva e rosada, com as bochechas bastante coradas, e o cabelo calvo era castanho. Tinha algumas rugas na testa e rosto que denunciavam sua idade avançada. Devia ter uns 50 anos. Os olhos eram pequenos e castanhos. - Parece que você é exatamente o que procuramos! Seu time deve bastar para nossos... objetivos. - Ele tinha uma prancheta com várias folhas e estava sempre folheando-as, como se procurasse algo. Até que abaixou os documentos, ajeitou os óculos e adquiriu um tom sério, fitando bem a fundo os olhos da menina - Você, é... cof, cof... Você sabe no que está se metendo, moça? Os esgotos de Aztlán podem ser bastante.... traiçoeiros, por assim dizer. Tem certeza que consegue resolver o nosso... probleminha?

E tomou uma golada do seu café, o Swablu aninhado em sua cabeça. Será que Karen iria se intimidar?

_________________
009 - PAEDOR Tretta_Fairy_type
Pacify
Pacify
Monotrainer - Fairy

Monotrainer - Fairy

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Food Qua Abr 07 2021, 17:56

 

offtopic escreveu:Obrigado por assumir a rota, colega. Qualquer coisa, pode me chamar no Discord tbm. Valeuuu

Para minha sorte, não é difícil saber quem eu sou, graças a cor dos meus cabelos. Isso corta um pouco dos nossos problemas na hora de realizar um encontro com um cliente, ou coisa do gênero. Aproveitando disso, o senhor secretário logo me encontrou e me chamou para conversar.

Ah, sim. Ele sabia meu nome de verdade.

ELE SABE MEU NOME DE VERDADE?!

K-karen. — Falei, tossindo e limpando a garganta, chamando atenção do senhor secretário (do secretário). — Eu me chamo Karen.

Não sei quem da Virtuum disponibilizou minha ficha, mas... Se essa pessoa sabe meu nome, ela com certeza vai contar pros outros membros. Se isso acontecer, adeus respeito que eles ainda tem por mim. Eu tinha conseguido manejar, e com certa proficiência tinha conseguido o incrível feito de esconder meu nome real por quase um ano, já! E AGORA UM SUBALTERNO VAI REVELAR TUDO?

Haha, não se preocupe, senhor Ameyal. — Espera, isso não parece nome de refrigerante de outra região? Estranho. Não mais que o meu, entretanto. — Eu... Tenho... — Quase. — Tenho certeza de que meus amigos da sociedade não me empurrariam em um serviço que não posso dar meu melhor, haha. A Virtuum com certeza vai resolver seu problema, e em breve o senhor vai estar com um sorriso de orelha a orelha! — Geeeeente, que vergonha. Eu nunca havia "vendido" meus serviços para alguém. Sou péssima com Marketing, e o senhor já estava teoricamente me contratando. Era só não falar besteira!

Bem, acho que tá tudo certo. Arthur com certeza é forte, mas eu queria dar atenção para meus outros bichinhos... Será que isso seria possível? Ele estava ficando num patamar muito além do resto do time! Isso não era legal. Espera, a missão.

Mas, se me permite perguntar... O que pode ser tão traiçoeiro no esgoto? — Tirando que deve ser fedido.


Controle escreveu: Day Care:
009 - PAEDOR 624 - 104

Eggs:
009 - PAEDOR 674 - 26
009 - PAEDOR 532 - 26


PAEDOR

_________________
009 - PAEDOR TzhT6he
Food
Food
Especialista Fighting I

Especialista Fighting I

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Pacify Qua Abr 07 2021, 21:01

Off:
Não sabia que Ameyal era nome de refrigerante mexicano kkkkkkkkkk eu só pesquisei nomes astecas e acabei gostando do significado e som desse

O secretário do secretário pareceu perceber a agitação de Karen ao se deparar com seu nome verdadeiro, mas para ele parecia apenas nervosismo por se apresentar para a tal missão. Talvez por isso ele tenha perguntado se a garota se sentia realmente pronta para suas incumbências, uma vez que o secretário tinha consciência que o subterrâneo da sua cidade podia ser bastante... desafiador. Checava com Karen se ela estaria pronta mais por medo de ter de lidar com o escândalo que seria se uma menina forasteira sumisse nas catacumbas de sua cidade do que qualquer outra coisa. Ele precisava ter certeza de que a administração de Aztlán estava confiando na pessoa certa, ou a responsabilidade cairia toda nos seus ombros.

- Bem, confiamos na Virtuum. Tenho certeza também que não mandariam uma novata para uma tarefa assim. - ele terminava de assinar algo, indicando para Karen onde ela deveria depositar sua assinatura também. - O esgoto de Aztlán pode ter alguns pokémons, assim como toda cidade cosmopolita. É importante que você leve um time preparado para batalhar, caso os pokémons selvagens se tornem agressivos demais. Fora isso, os habitantes daqui parecem acreditar que o subterrâneo é meio... inauspicioso, eu acho? Sou de Galar e trabalho aqui a alguns anos, então não entendo muito bem qual é a paranoia dos Aztlantes com os rios que passam por debaixo da cidade. Só sei que costumam depositar as ossadas de suas famílias em criptas subterrâneas, como se fosse um cemitério debaixo da terra. Mas você não tem medo de fantasmas, né? hihihi...

E finalizava de assinar os documentos finais com certa pressa. Bebeu então seu café num só gole e levantou subitamente de sua cadeira, assustando o Swablu que repousava em seus ombros.

- Bom, foi um prazer fazer negócios com a Virtuum. - e estendeu sua mão - Espero você ao final do dia na sede da prefeitura. Talvez você leve mais de um dia para fazer a limpeza, mas o ideal é que terminasse hoje, por favor. Se você descer aquela rua ali - e apontava para a sua esquerda - e virar a direita, vai dar de cara com o canal 6. É só entrar e limpar o máximo que der, até chegar ao canal central. O canal central fica no coração de Aztlán, e nossa informação é que o problema mora lá. Aparentemente uma grande quantidade de lixo entupiu no canal central e é por isso que todos os outros canais estão uma imundície. Se conseguir desentupir esse canal, todos os outros estarão livres e o lixo que esses turistas mal-educados largaram na nossa cidade poderá ser limpo com maior facilidade. - O homem limpou sua roupa dos farelos restantes e sorriu de olhos fechados para a garota. - Bom, te espero com o serviço concluído no meu escritório. Recomendo que use os sacos de lixo que deixamos na entrada do canal 6 e os descarte corretamente quando voltar. Até mais!

E foi embora, parecendo meio apressado, deixando a garota para trás. Agora era só ela e seu time, que deveriam seguir para o tal do canal 6.

_________________
009 - PAEDOR Tretta_Fairy_type
Pacify
Pacify
Monotrainer - Fairy

Monotrainer - Fairy

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Food Qui Abr 08 2021, 14:02

 

offtopic escreveu:Hahaha, eu usei o Google pra ver se era alguma referência ou sacada kkkk Não sabia também.

Comecei a assinar o papel das burocracias de Sociedades que não entendo. Rubriquei tudo e em seguida sorri para o senhor com nome de refrigerante, tentando demonstrar confiança.

Hahaha... Fantasmas... — Disse, em tom irônico. Eu poderia dizer que eles não existem, mas depois do ocorrido em Lilycove... É mais como se eu quisesse que eles não existissem.

Certo, o secretário do secretário queria tudo feito até o final do dia. Ele explicou a situação e logo começou as exigências. Bem... Acho que isso que é ser empregada para fazer algo. Tudo bem, eu confio na força de Arthur. Ele com certeza consegue!

... Eu espero. Fantasmas são um problema para Lutadores.

Muito obrigada pela confiança! — Disse, apertando a mão do senhor. Pouco tempo depois, após dar mais algumas instruções, ele se foi.

Bem, agora não tinha volta! Fui até o banheiro do CP trocar as roupas, colocando umas velhas que poderiam sujar sem problemas. Guardei tudo no meu quarto que ficava por lá e em seguida levei apenas minha bolsa com os Pokémon. Era hora de ir até o tal Canal 6.

—  Espero que você não fique mais fedido, Arthur. — Disse para o símio, que riu e deu de ombros. — Vamos, então!

Eu e o símio partimos rumo o esgoto. Entretanto, ouvi uma explosão vindo de minha bolsa. De repente, um pequeno ser alaranjado saiu de lá. Seus olhos me encararam com certo desdém, e ele apenas soltou um murmúrio enquanto deixava um braço atrás de suas costas e outro segurando uma bandeja.

SCRAGGY MORDOMO! — Eu exclamei, surpresa. O Pokémon assentiu e em seguida fez uma reverência extremamente chique. Nossa, eu precisava comprar um terninho para ele! — E-espera, estamos indo para um esgoto. Você quer vir com a gente?

Ele pareceu indiferente, mas assentiu positivamente. Em seguida, começou a se aproximar de Arthur e escovar seus pelos, que estavam todos desgrenhados. O Passimian me encarou com confusão, mas estava gostando do mimo, então ficou parado...

... Que dupla, hein?

Bem, no caminho a gente pensa num nome pra você. Vamos! — E assim nós três começamos a nos direcionar para o local indicado pelo secretário.



Controle escreveu: Day Care:
009 - PAEDOR 624 - 105

Eggs:
009 - PAEDOR 674 - 27
009 - PAEDOR 532 - 27


PAEDOR

_________________
009 - PAEDOR TzhT6he
Food
Food
Especialista Fighting I

Especialista Fighting I

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Pacify Qui Abr 08 2021, 15:47

Scraggys são - por definição e natureza - pokémons trombadinha. Amam causar pequenos escarcéus por onde passam e dizem que se você olhar mais fundo em seus olhos, levará uma cabeçada. Mas o pokémon de Karen era uma exceção que confirmava a regra: ao contrário de seus irmãos de espécie, o pequeno era polido e temperado, tendo um prazer irremediável em ser prestativo. Enquanto caminhavam, por exemplo, ele ficava prostrado nas costas de Artur, desfazendo nós nos pelos grossos do primata e penteando sua crista como dava, as vezes até mesmo dando pequenas lambidinhas que auxiliavam no processo.

Pois bem, treinadora e pokémons se dirigiam à entrada do canal 6. Ao virarem a rua que o secretário do secretário indicara, deram de cara com uma escadinha de pedra que dava para um frondoso rio. Haviam alguns barquinhos empacados, sem sinal de pescadores ou afins. De longe, o rio nem parecia tão sujo, fazendo a treinadora até mesmo se aliviar, pensando que o trabalho seria simples. Mas foi então que se aproximou. Pela rua lateral ao canal, dava para perceber a infinidade de coisas que jaziam na água: pokémons de pelúcia, copos plásticos, confete e serpentina, almofadas... Todo tipo de lixo. Ao virar-se à direita, Karen pôde ver que piorava: o canal se direcionava para um túnel escuro que, conforme se chegava mais perto, a água parecia mais suja, adquirindo tonalidades bizarramente coloridas, uma mescla arco-íris que não parecia nada natural. De toda forma, Karen precisava trabalhar em equipe com seu time para retirar a maior parte dos sólidos, para então adentrar o túnel e limpar o canal central.

No chão, havia uma série de sacos de lixo pretos tamanho família, um par de luvas de borracha amareladas e três bastões grandes de pontas afiadas. Será que seriam para afugentar pokémons selvagens? De todo modo, era bom Karen botar a mão na massa.

OFF:
Agora começa a parte meio entediante da rota, que é a limpeza. Vou tentar deixar o mais divertida possível, mas ainda é trabalho duro e esforço.

(Referência ilustrativa). Pense no canal parecido com esse, porém mais recluso da sociedade e mais estreito também, desembocando num túnel.

_________________
009 - PAEDOR Tretta_Fairy_type
Pacify
Pacify
Monotrainer - Fairy

Monotrainer - Fairy

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Food Qui Abr 08 2021, 21:12

 

offtopic escreveu:Tranquilo, pô. Ossos do ofício.

O Scraggy Mordomo (ainda sem nome) era bastante prestativo e educado! Isso me impressionou um pouco, mas, vindo do treino com a senhora Nara, não me impressiona tanto que ele seja tão educado e bonzinho. Dei uma pequena risada em voz baixa, muito feliz que tinha meu próprio mordominho! Ele era tão fofo!

Eu PRECISO de um terninho pra você. E de um nome lindo, também. — Comentei. Ele pareceu meio indiferente com o comentário, continuando seu trabalho. Ah... Ele é tão disciplinado!

Ah sim, voltando para a missão! Como primeira impressão, o local parecia até ok, eu diria. Mas, quando chegamos mais perto e percebi na furada em que eu tinha me metido... Misericórdia.

Ai, meu Arceus... — Localizei os tais sacos e as luvas que o secretário do secretário havia me indicado. Bem... Era hora de serviço pesado...

Soltei todos os Pokémon que estavam comigo. Lancelot e Gawain eram os que ainda estavam em suas esferas, mas logo se prontificaram a aparecer. O Heracross, como sempre, flexionou seus braços e fez sua clássica pose de combate. Já Gawain... Gente, ele tinha evoluído, mas continuava preguiçoso. Com um de seus olhos fechados, apenas me olhou com indiferença de canto com seu outro olho cerrado. Em seguida, fechou ele e começou a roncar.

Ah. Eu havia me esquecido de sua preguiça. Será que ele vai se prontificar a me ajudar?

—  G-gawain... Preciso de você. Para limpar essa sujeira... E é só o início. — Fui franca, mas acho que foi indiferente. Ele bocejou e virou para o outro lado.

Um a menos, então...

Gente, pedir pro ovo limpar conta como trabalho infantil e ilegal? Espera, ele nem tem bracinhos, né? Deixa pra lá.

Coloquei as luvas e peguei um dos bastões. Respirei fundo e com a outra mão, abri um dos sacos de lixo. Era hora de começar a catar essas porcarias!

Pessoal, vamos lá! Quero todo mundo ajudando a... Bem, a catar esses trambolhos! — Menos o Gawain...

Arthur e Lancelot assentiram e logo pegaram uma sacola, cada. Scraggy Mordomo colocou sua bandejinha em cima do corpo de Gawain e pegou um dos bastões, tudo com extrema finura e etiqueta. Logo, nós quatro começamos a pegar pesado no serviço.

Ao som dos roncos de Gawain.



Controle escreveu: Day Care:
009 - PAEDOR 624 - 106

Eggs:
009 - PAEDOR 674 - 28
009 - PAEDOR 532 - 28


PAEDOR

_________________
009 - PAEDOR TzhT6he
Food
Food
Especialista Fighting I

Especialista Fighting I

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Pacify Qui Abr 08 2021, 21:55

Enquanto o pokémon sapo venenoso tirava sua enésima soneca do dia, Karen e o resto da sua equipe puxavam as mangas e se jogavam no trabalho sujo, de preferência não literalmente. O sol de Hoenn castigava os lombos dos lutadores mas não os impedia de trabalhar.

Arthur se equilibrava nas quinas e beiradas para buscar até mesmo os dejetos mais longínquos, aproveitando da sua longa estatura para ajudar melhor seu time. Era o mais animado do grupo, soltando seus grunhidos característicos para animar seus companheiros. Lancelot também trabalhava bem, acompanhando o ânimo de seu querido colega símio e carregando os sacos cheios para lá e para cá, com o fito de liberar mais espaço, que já era pouco devido a estreiteza do canal. Karen capturava muitas porcarias com sua longa lança pontiaguda, se perguntando o que um Dratini de pelúcia sem os olhos fazia ali no riacho, por exemplo. E Scraggy, bem... Scraggy era o mais prejudicado, devido a sua estatura baixa, então se continha em pegar pequenas quinquilharias ainda na calçada de pedra lateral ao canal e colocar nos sacos de lixo. Tentava até mesmo varrer o chão com uma vassoura improvisada que fizera de folhas que coletou, tamanha era sua vontade de ajudar. E Gawain, como era de se esperar, permanecia "deitado eternamente em berço esplêndido."

Trabalharam assim por um bom tempo, Arthur sendo o responsável por manter a animosidade alta com seu espírito de trabalho em equipe. Prosseguiram assim até perceberem que já haviam enchido tantos sacos de lixo que não havia mais espaço para andar na calçada, praticamente. Se quisessem continuar com o serviço, deveriam carregar aquele amontoado para algum outro lugar que não fosse atrapalhar seus movimentos. Até mesmo Gawain dormia aninhado em cima de alguns sacos maiorzinhos, tamanha era a pilha que haviam amontoado. Quase não dava para ver o pequeno mordomo. Era bom que fizessem algo com aqueles sacos, ou o trabalho ficaria impossível de se realizar.

_________________
009 - PAEDOR Tretta_Fairy_type
Pacify
Pacify
Monotrainer - Fairy

Monotrainer - Fairy

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Food Qui Abr 08 2021, 23:03

 
offtopic escreveu:Tô meio cansado, desculpa se o texto ficar muito repetitivo ou redundante agora kkk

O trabalho estava indo muito bem! Apesar das dificuldades do Scraggy Mordomo, ou das minhas, como uma humana pequena, mas... Estávamos manejando!

Entulhando aquele monte de dejetos, chegou um momento que estava tudo lotado de lixo! Ótimo, tínhamos que colocar aquilo em algum lugar... Hum... Espera, onde eu poderia botar aquilo, mesmo? Se não me falha memória, o senhor secretário me pediu para "descartar corretamente", seja lá o que isso queira dizer... Espera. Será que eu vou ter que caçar um local para descartar isso? Até aí, tudo bem, mas... Como eu vou transportar TUDO ISSO?!

Suspirei.

Arthur... Você pode continuar enchendo os sacos com o Lancelot? Vou com o Scraggy mordomo ver se encontro uma lixeira tamanho GGG. — Disse, meio desanimada.

O Passimian deu de ombros e assentiu, continuando seu trabalho, mesmo limitado pelo seu espaço, até onde dava. Lancelot apenas quis imitar seu "irmão mais velho"... Bem, peguei o pequeno mordomo nos braços. Ele parecia estar sumindo no meio daquele monte de sacos, então abracei ele com força e comecei a levar ele para longe.

Vamos ver se encontramos algo então, Scraggy! Enquanto isso, me conte um pouco sobre você. Quem sabe assim penso num nome! — Comentei, começando a procurar por... Bem, por lixeiras gigantes.

Ele coçou sua cabeça e começou a procurar por algo. No começo, pensei que estava me ajudando com as lixeiras, mas logo me toquei da verdade: ele queria a bandejinha dele!

Hum... Vamos voltar para lá daqui a pouco, Scraggy. Antes, quero ver se conseguimos uma lixeira grandona, ok? Tem alguma sugestão...?

Ele franziu o cenho em dúvida, mas logo depois assentiu e começou a olhar de um lado ao outro, com seus aguçados sentidos de mordomo. Acho que não seria difícil encontrar uma lixeira, então não me incomodava tanto com isso. Minha maior preocupação era depois, na hora de levar tudo aquilo para lá e descartar.


Controle escreveu: Day Care:
009 - PAEDOR 624 - 107

Eggs:
009 - PAEDOR 674 - 29
009 - PAEDOR 532 - 29


PAEDOR

_________________
009 - PAEDOR TzhT6he
Food
Food
Especialista Fighting I

Especialista Fighting I

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Pacify Sex Abr 09 2021, 13:15

OFF:
Não ficou não, inclusive gosto muito da sua escrita! Divertida e dinâmica!

Karen e o pequeno mordomo decidem então por procurar pelo tal "local correto de descarte" que o secretário do secretário mencionara. Enquanto isso, a dupla dinâmica permanecia trabalhando, ensacando o máximo de tranqueiras que podiam. Logo o canal 6 estaria livre da influência fétida dos turistas mal educados que emporcalharam a metrópole solar, e então só precisariam limpar o canal central, o que já liberaria boa parte do lixo acumulado.

Debaixo daquele sol impiedoso, treinadora e mordomo pokémon vasculhavam as ruas de Aztlán em busca de uma caçamba grande o suficiente para abrigar a quantidade massiva de sacos cheios que extraíram do riacho. As ruas eram largas e cheias de gente, mas nem sinal de depósito de lixo... Andaram pouco quando Karen notou as caras feias que recebia. Por onde olhava, os habitantes pareciam evitar passar perto da garota, levantando (e alguns até tapando) o nariz em claro desagrado. Trocavam de calçada e se afastavam da presença de cabelo rosa. Alguns chegaram até mesmo a xingar de longe, coisas como "turista porca" ou "volta para a sua cidade". Uma coisa era certa: não havia nem sinal da caçamba, nem boa recepção dos Aztlantes, que não tinham medo de demonstrar seu profundo desprezo por quem eles julgavam ter emporcalhado os canais da cidade. Xenofobia não era comum em Aztlán, mas parecia que a situação atual dos seus aquedutos mudara essa mentalidade. Sem caçamba e sem complacência, o que restaria à Karen fazer?

_________________
009 - PAEDOR Tretta_Fairy_type
Pacify
Pacify
Monotrainer - Fairy

Monotrainer - Fairy

Alertas :
009 - PAEDOR Left_bar_bleue0 / 100 / 10009 - PAEDOR Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

009 - PAEDOR Empty Re: 009 - PAEDOR

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum