Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Pela estrada a fora...

Página 1 de 9 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Pela estrada a fora...

Mensagem por Ayzen Dom 26 Set 2021, 22:43

Off escreveu:Arô! Esta rota será em dupla com o @Luch que deve chegar algum dia. Espero que possamos nos divertir.
Objetivo é fazer as missões. Sim, "as"! São duas:
Missão Ranger:
Nome: Meu cupido é GARI
Rank: Capitão
Tipo da missão:  Ambiental
Local: Ilex Forest
Descrição: As grandes sociedades estão enviando sujeitos para explorar a Ilex Forest. Faça o mesmo! Porém, faça com conscientização. Faça a rota principal catando os lixos grossos que poluem nossa querida floresta e proteja nossa fauna e flora!
O Guardião da Ilex Forest - EM DUPLA:

Cliente: População da cidade de Azalea
Objetivo: Invocar o Guardão da Ilex Forest
Descrição: Os habitantes da cidade de Azalea  notaram que muitos incêndios, tráfico ilegal de madeira e de Pokémon tem acontecido na Ilex Forest. Eles tentaram conter os crimes sozinhos, contudo sem muito sucesso. Eles decidiram então recorrer ao Guardião da Floresta, mas para isso eles precisam que duas pessoas de fora encontrem o santuário e invoquem o Guardião. Assim decidiram recrutar membros de Sociedades, já que o perigo ao entrar na Ilex Forest é enorme e precisam de treinadores experientes.
Tipo de Missão: Invocação
Fama/Reputação Necessária: Nenhuma
Fama/Reputação Ganha: +100 de Fama / +10 de Reputação com a cidade de Azalea
Recompensa: 4 Rare Candy + Uma parte da Relíquia Estranha que o jogador não tenha (Para cada um)
Atenção: Este contrato deve ser feito obrigatoriamente em dupla com alguém de outra Sociedade que não seja a sua.


Ayzen não parava. O ranger parecia ligado nos 220 volts enquanto tentava dar conta das diferentes áreas de sua vida. Embora aquela missão duplamente qualificada fosse um jeito diferente para que ele pudesse pensar melhor, trabalhar e exercitar o ócio criativo são situações bem diferentes, né? Veja bem! O loiro era cercado de burocracias, afinal, ser ranger não é só ação, bater em bandido, ou tirar a donzela indefesa de um trem desgovernado. Tudo tinha que ser registrado e relatado às instâncias superioras, mas desde que se tornou Capitão, parecia que toda esta burocracia se multiplicou! Multiplicou tanto que Ayzen não deu conta...

Após alguns muitos atrasos na entrega de relatório e na abordagem dos diversos workshops que o rapaz faltou, Ayzen agora fora notificado pelo RH e parecia ter um plano para fazer o ranger pensar melhor, no meio do mato, catando lixo!  Não há nada errado em catar lixo, veja só. Mas alguém como Ayzen, pesquisador, treinador de longa data, MBA e outras pataquadas a parte, catar lixo parecia um desperdício de força. Se o RH estava querendo ferir o ego do rapaz, devo dizer que tentou errado. Ayzen é humilde demais para se sentir ofendido. Na verdade, sentiu-se bem ao perceber que estava em uma missão mais simples do que qualquer outra que colocaria sua vida em perigo.

Outro personagem nesta história que estava adorando o momento era Ambipom. A símia agora pulava de galho em galho, usando suas caudas para se lançar de um lado para o outro como uma verdadeira acrobata. Isso deixava a macaca viva e cheia de energia, mas enrolando para ajudar o seu treinador ali no caminho da floresta. O rapaz carregava consigo um saco de mais de 100L azulado de um lado, enquanto do outro ele usava uma ferramenta pontiaguda que espetava o papel ou o plástico jogado ali para poder segurar e soltar dentro do saco.

O rapaz teve que assobiar bem alto para que a macaquinha lembrasse do que estava fazendo ali, retornando para o solo para ajudar, com suas várias mãos, a catar o lixo no caminho, desvendando cada passo até encontrar o objeto de segundo contrato: o ritual!!! Devo dizer que Ayzen não sabia o porquê daquela missão logo para ele, mas ele faria com empenho. Mesmo se o ritual não der em nada...





Obs.: Por se tratar de uma missão ranger também, Ayzen está uniformizado de modo padrão: uniforme ranger, de bota preta de trilha, blusa preta e um colete laranja com o símbolo de Ranger e Capitão, com um boné laranja e óculos escuros. Em seu pulso esquerdo, pouco acimado Z Ring, ele tem um bracelete que é onde o pequeno drone dele está compactado. Nem dá para notar!
Além disso, algumas skill funcionam aqui:
Poder em dobro: Climas induzidos pelas habilidades dos Pokémons do Ayzen não podem ser tirados. Prático
Pistola atordoante: Sim! Ayzen está armado! Pode atordoar humanos ou causar efeitos negativos em Pokémons 1x no inicio de cada rodada. (Burn, Poison, Paralysis, Confusion) Limite de uso: 6 vezes. Interpretativo e prático.
No alvo: no pulso do Ayzen tem um drone pequeno de alta tecnologia que ele usa como espionagem. Ele garante que um Pokémon dele comece a batalha com +2 de Accuracy. Interpretativo e prático.
Bônus de XP: ACE III e Bônus de Pesquisador para todos que tenham +70 Happ.
Ayzen
Ayzen
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por Luch Qui 30 Set 2021, 17:43

021 - A Invocação do Bem


Assim que deixei Mísia sozinha em Olivine, com o Capitão do navio e os fósseis Pokémon para cuidar, voei diretamente para o vilarejo de Azalea, no extremo oposto de Johto. Isso porque havia uma missão nova a ser concluída pela Virtuum e eu era definitivamente a opção mais próxima para realizá-la. Os moradores supersticiosos do pequeno vilarejo não pareciam estar passando por tempos de "Miltanks gordas" e atribuíam os problemas à falta de presença do guardião local, claramente um Pokémon. Eu já havia escutado algumas lendas sobre um Pokémon protetor da Floresta de Illex, localizada ao oeste deste vilarejo, mas em Unova os detalhes não eram muito profundos sobre a sua identidade. De todo modo, esse não era um fato que realmente interessava no momento. Certamente eu teria maiores informações ao chegar lá...

Sly? Enquanto deixava a cidade de Azalea em direção à Floresta, mantinha sobre meu ombro o pequeno Pokémon Starly, uma espécime fêmea que havia pertencido ao Haruki, antes de "aposentar-se" da carreira de Coordenador. A Pokémon era bastante forte apesar da sua forma básica e, intuitiva até por demais, parecia desconfiar de algo adiante no caminho. Estaria eu no caminho errado ou era algo muito mais profundo? Enfim... Como ficaria sem sinal em breve, tratei de mandar uma mensagem aos membros da Virtuum antes de prosseguir. Vai que...

PokéZap Virtuum escreveu:
Vocês tem certeza que é em Illex a Missão? Eu nem tive tempo de trocar de roupa direito, saí de Olivine e estou aqui em Azalea, entrando na Floresta. Vou ficar sem sinal, então... Até!

Apertei então o botão de "Enviar" e guardei o Rotom Phone entre meus pertences. Eu precisava ficar de olhos bem abertos, pois ainda tinha de encontrar uma pessoa de outra Sociedade para começar a missão. O Contrato afirmava que era um serviço complicado demais para uma pessoa apenas... Enfim, que seja, né? Só precisaria mesmo é de alguma dica de onde achar essa pessoa. Por sorte, havia um Guarda Florestal - ou algo do tipo - à distância. Ele tinha roupas laranjas bem chamativas, ainda mais em um bosque majoritariamente verde. Não pensei duas vezes antes de me apresentar...

— Opa, amigo! — Disse, com uma saudação aérea e um sorriso no rosto. A Starly também emitiu um "pio". — Tô precisando de uma força...
É que tenho que encontrar uma pessoa de uma Sociedade diferente da minha, parece que vamos atrás do Guardião local, essas coisas, entende? Tá sabendo de algo? Tem alguma orientação? —
Perguntei, de forma amigável, mas claramente perdido. Eu vestia uma blusa bem larga, preta e com uma estampa de um Cramorant mordendo uma caixa de som no lugar do aquático de praxe. Também estava com, uma calça jeans com um rasgo comercial, de fábrica, na altura do joelho esquerdo e uma corrente amarrada entre os bolso da perna contrária. Calçava tênis preto e branco, além de detalhes vermelhos. O que eu não sabia mesmo era que o guarda é exatamente a pessoa que eu procurava... Fazer o quê? Acontece...


Resumo escreveu:
Olá Narrador! Bora!

- Swablu (Day Care): 45 Posts
Luch
Luch
Especialista Flying I

Especialista Flying I

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por Ayzen Qui 30 Set 2021, 20:22

A minha atenção estava toda voltada para catar os pequenos pedaços de lixo pelos cantos das raízes e colocar dentro do saco azulado. Enquanto caminhava vagarosamente pelo ambiente, Ambipom mudava sua direção, subindo e descendo de árvore, feliz igual um Torchic no lixo. Bem, estava tudo tranquilo, até sentir o movimento mais do que o normal no meio da floresta. Ora, era comum o próprio vento mover os galhos e arbustos pelo caminho, provocando sons interessantes. Eu, por outro lado, nem notei o garoto que surgiu do nada.

“Do nada” é um termo muito forte, mas estava mais centrado naquela “missão-punitiva” do que deveria. Talvez fazer missões que não coloquem minha vida em perigo – com um Aggron com Z move devorador de vidas – me deixou um pouco desligado. Mas ao menos não foi um susto maior do que deveria. - Ei- cumprimentei o rapaz. E lembrei, naquele período, que eu não tinha só que ser punido pelo RH da base, como também estava ali para aquele contrato que a Requiem assumia. Felizmente, não me preocupei tanto com a segunda missão, mas esta missão veio até mim!

- EI!- um bom de sentimentos positivos me fez soltar um “ei” com mais intensidade do que o normal. Sabe aquele momento monótono em que você não espera nada de novo e o novo acontece? Pois é! É aquilo que eu estava falando. O caucasiano parecia ser de uma idade próxima da minha, talvez uns 2 anos mais novo, quem sabe. - Bem, eu sou um dos caras que está procurando outro cara de outra sociedade também.- sorri, enquanto elevava a mão até a minha nuca, enquanto a outra mão segurava o instrumento catador de lixo. - Ayzen Kitshomo. Sócio-proprietário da Requiem...- claro que no momento olhei diretamente pro uniforme, enquanto o cumprimentei com aperto de mão. - E ranger também. - sorri sem graça, dessa vez. Era meio estranho o acúmulo de patentes, títulos e funções que eu acumulei nos últimos anos, mas não tinha pra onde correr. Nem falei que sou pesquisador-júnior do Laboratório Carvalho...





Obs.: Por se tratar de uma missão ranger também, Ayzen está uniformizado de modo padrão: uniforme ranger, de bota preta de trilha, blusa preta e um colete laranja com o símbolo de Ranger e Capitão, com um boné laranja e óculos escuros. Em seu pulso esquerdo, pouco acimado Z Ring, ele tem um bracelete que é onde o pequeno drone dele está compactado. Nem dá para notar!
Além disso, algumas skill funcionam aqui:
Poder em dobro: Climas induzidos pelas habilidades dos Pokémons do Ayzen não podem ser tirados. Prático
Pistola atordoante: Sim! Ayzen está armado! Pode atordoar humanos ou causar efeitos negativos em Pokémons 1x no inicio de cada rodada. (Burn, Poison, Paralysis, Confusion) Limite de uso: 6 vezes. Interpretativo e prático.
No alvo: no pulso do Ayzen tem um drone pequeno de alta tecnologia que ele usa como espionagem. Ele garante que um Pokémon dele comece a batalha com +2 de Accuracy. Interpretativo e prático.
Bônus de XP: ACE III e Bônus de Pesquisador para todos que tenham +70 Happ.
Ayzen
Ayzen
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por RafaelLuck Sex 01 Out 2021, 18:40

Introdução:
Será um enorme prazer narrar os senhores. Espero que gostem do que tenho planejado e que se divirtam bastante. Sem mais delongas vamos dar início a essa bela história.

A maior floresta de Johto. Um lugar de paz e tranquilidade. Um santuário natural. Haviam varias formas de se referir aquele espaço divino que emanava ondas positivas. O dia ventava pouco e sol estava agradável. Perto da floresta a umidade local refrescava os viajantes que habitavam ou não a floresta.

Ayzen estava com uma missão bem diferente das costumeiras. Um pouco de calma e paz talvez ajudasse a reduzir um pouco sua voltagem. Nesse ponto a floresta, ar fresco, junto com um clima tropical talvez o ajudasse. Sua Ambipom pelo menos estava muito feliz com aquela "missão" apesar de vez ou outra esquecer que estava ali a trabalho. O saco de 100L já estava quase na metade quando uma voz trouxe nosso primeiro protagonista de volta para o mundo sociável.

Luch por sua vez estava preocupado com sua nova companheira Starly. Ela parecia bem em seu ombro e chegava a ser fofo a maneira como os dois combinavam um com o outro. Não tardou para encontrar exatamente quem esta procurando. Ao contrário do que ele pensava o sinal continuava a funcionar normalmente até aquele momento.

O destino reuniu os dois homens de sociedades distintas que estavam na mesma estrada. Cada um deles com suas motivações pessoais mas com um mesmo objetivo em mente: Ajudar a população da cidade de Azalea (e ganhar uns rare candys :p + parte da relíquia cof cof) a realizar um ritual que trará o guardião da floresta e que de alguma maneira irá dar fim aos incêndios, tráfico ilegal de madeira e de Pokémon mas como nossa dupla de protagonistas iria fazer isso? É nesse momento que a primeira senhora de nosso conto aparece em cena com sua bengala e caminhando devagarinho na direção oposta aos jovens Ayzen e Luch. Ela levantou a bengala para o alto e deu um sorriso.

- Já não era sem tempo seus moços! Me pediram para explicar para vocês o que tem que fazer na floresta. Vocês trouxeram papel e caneta?

Sim...ela era dessas senhoras que não acompanhou a tecnologia então não sabia que ambos tinham seus próprios meios de registrar as informações sem necessariamente recorrer a registros físicos.

- Primeiro. Vocês devem ter umas namoradas muito bonitas. Dois partidões. O que eu estava falando antes mesmo? A sim. O ritual e como chegar no santuário né?

Ela "arranhou a garganta" um pouco e começou a explicar. Nesse momento algo captou a atenção de Starly que saiu do ombro de Luch por alguns instantes.

- Segundo nosso folclore popular. O santuário fica escondido na floresta. Não no nosso mundo mas sim no mundo espiritual e para chegar lá vocês vão precisar de algumas coisas que precisam se encontradas dentro das entranhas da Ilex. A floresta viva irá testar as suas intenções antes do santuário ser revelado. O que vocês buscam são duas placas em especial que precisam ser lidas ao mesmo tempo para abrir esta passagem. Além disso existe um musgo especial produzido em uma arvore onde os Heracrosses se alimentam. Mais uma coisa um incenso especial que tem que ser acesso na hora que estiverem entoando a prece de entrada. Esse tipo de incenso só pode ser fabricado com uma resina especial de forretress. Recomendo tentarem pegar os restos das armaduras deles que podem ser queimados para ter o mesmo efeito. Por fim: o primeiro item que vocês precisam achar: a esfera de luz que se esconde no topo das árvores. Esse item ira guiar vocês até as placas.

Quando a senhora terminou sua fala um vulto ágil e amigável surgiu dos céus: Starly voltava com um item em suas garras e o deixou na mão de Luch (Pela estrada a fora...  Lightball) enquanto aguardava um elogio por seja lá o que fosse aquele item brilhante que ela havia encontrado.

Itens a serem encontrados para o ritual:


  • 2 Placas ritualisticas;
  • 1 Musgo especial (Seivas onde os Heracross se alimentam);
  • 1 Incenso especial (Feito com pedaços das armaduras de Forretress);
  • 1 Light Ball (Pela estrada a fora...  Lightball);


Progresso Ayzen:
Exp + felicidade + stats:
Itens utilizados ou recebidos:
Bcs:
Condição dos pokémons:
Todos no 100% por enquanto

Progresso Luch:
Exp + felicidade + stats:
Itens utilizados ou recebidos:
Bcs:
Condição dos pokémons:
Todos no 100% por enquanto

_________________
Pela estrada a fora...  GY5mtw0Pela estrada a fora...  9Ik1gPBPela estrada a fora...  7ELOX3YPela estrada a fora...  Y0OFg1n
RafaelLuck
RafaelLuck
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por Luch Seg 04 Out 2021, 21:01

Eu tinha dado uma "fora" bem grande. Não era um Guarda Florestal qualquer e sim a pessoa que eu procurava. Ele estava acompanhado de um ou uma Ambipom. O Pokémon emanava uma aura de experiência e certamente não era uma criatura para se subestimar. E bem, por falar em criaturinhas, a Starly pareceu entender o que se passava ali, com o "Pansage" danado que paguei, ou como chamam hoje em dia, eu havia sido bastante "cringe". Enfim... Wyetta riu de mim, ao seu modo

— Ah! Caraca, foi mal! Eu não sabia. Falaram que era um cara loiro e tudo mais, mas não falaram nada sobre Ranger... Eu já conheci muitos Rangers. Tem a Sophia, o Tyrant, o Daisuke... E outros aí! — Comentei com o rapaz, que se identificou como Ayzen, um dos sócios-fundadores da Réquiem. A sociedade que abrigou muitos dos ex-membros da Virtuum. Ou melhor, da Circulus Virtutum.

— Hmmm! A Requiem do Nicholas e da Winnie, certo? Eles já foram da mesma Sociedade que eu... Aliás, eu sou o Luch Valassa Drac. Criador, Especialista em Pokémon Voadores e Healer da Virtuum, que é tipo uma Cúpula de Liderança. Prazer em conhecê-lo! — Disse em um tom amistoso, esticando a mão para que ele apertasse e dando espaço para que falasse mais também, reagindo às novidades sobre tantos possíveis conhecidos...

Pois bem... A conversa até que fluía, mas fomos interrompidos pela chegada de uma terceira pessoa. Pelo início do discurso parecia ser o contratante ou alguém enviado pelo contratante. De todo modo, fomos aprendendo um pouco mais sobre a nossa missão por ali. Considerando que Ayzen era um Ranger, poderíamos dizer que para ele pelo menos, missão dada era missão cumprida. Ou quase isso... Já sobre mim e minha Starly, o que aconteceu foi que a Pokémon simplesmente ignorou a explicação que recebíamos e se meteu no meio da mata. Enfim... Tínhamos muito trabalho pela frente, haviam Pokémon para encontrar e enfrentar, árvores para vasculhar e um artefato que liberava outros dois. Um inferno!

— Acho que entendi... Então o primeiro passo é encontrar essa tal Light Ball? Perguntei, quando vi que Wyetta voltava com algo em seu bico. Algo... brilhoso? Será que a danada havia roubado de alguém?! Logo na frente do Ranger? — Eeeei, o que é isso? O que tu tá fazendo menina? Pegou isso de onde? — Questionava, muito sem graça, recolhendo a esfera, tentando não ficar tão na cara o que havia ocorrido. Mesmo assim, falhava miseravelmente... O que será que iria ocorrer?


Resumo escreveu:

- Swablu (Day Care): 46 Posts
Luch
Luch
Especialista Flying I

Especialista Flying I

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por Ayzen Seg 04 Out 2021, 21:31

Não era bem como eu iria querer encontrar outro líder de uma grande sociedade. Ainda mais a sociedade antiga em que Winnie e Nicholas fazia parte. Ao menos, por saber disso, eu deveria me sentir mais à vontade, mas não foi esta informação que me deixou mais livre. Luch Valassa era um rapaz muito educado e gentil, o que me fazia me sentir mais aberto às opções que ele me dava. Suspirei fundo, principalmente quando Ambipom resolveu descer para ver as pessoas novas dali.

- A propósito, esta é Ambipom, minha parceira de longa data. Ela ama floresta, mas normalmente somos escalados para as cidades, então raramente ela ver tantas árvores assim. Inclusive, estava em missão.- eu estou em missão. Meio sem jeito, eu levantava o saco de lixo com o que tinha colhido do inicio da floresta até agora. Não havia vergonha em catar lixo. O problema era que se tratava de uma punição do RH. Coisa de burocracias. Para me salvar de explicar a briga que tive com aqueles que assinam minha folha de pagamento, a contratante surgia.

Era uma senhora, que deixava um pouco envergonhado, mas passou rápido. Sorri para ela e para a sua fala frenética deste ritual. Cá entre nós, era uma missão bem lucrativa, então, deveriam estar desesperados mesmo. Luch entendia bem, pois rapidamente a ave dele conseguia um item estranho, porém, que talvez se encaixasse com a descrição de um dos itens do ritual. Ele ficou bem desconfortável, porém, aquela Starly parecia saber o que estava fazendo.

Eu não notei de inicio. Mas ambipom sim! A macaquinha usou uma de suas caudas para sacudir a minha calça, fazendo com que eu notasse melhor a forma esfera e iluminosa. - Pera aí!- soltei enquanto caminhei para perto de Luch. - Será que isso não é a esfera de luz?- esfera e luminoso, parecia ser. Agora levar até uma das placas? Bem, eu acharia um pouco complicado isso acontecer sem muita tecnologia. Não que coisas sobrenaturais não ocorressem todos os dias, né? Nos últimos meses, o sobrenatural começou a se tornar natural.... - Será que é isso mesmo? Sua Starly é muito boa nisso!- elogiava o criador Pokémon. Mas o que eu esperava mesmo era que a senhora ali confirmasse a veracidade do item.




Obs.: Por se tratar de uma missão ranger também, Ayzen está uniformizado de modo padrão: uniforme ranger, de bota preta de trilha, blusa preta e um colete laranja com o símbolo de Ranger e Capitão, com um boné laranja e óculos escuros. Em seu pulso esquerdo, pouco acimado Z Ring, ele tem um bracelete que é onde o pequeno drone dele está compactado. Nem dá para notar!
Além disso, algumas skill funcionam aqui:
Poder em dobro: Climas induzidos pelas habilidades dos Pokémons do Ayzen não podem ser tirados. Prático
Pistola atordoante: Sim! Ayzen está armado! Pode atordoar humanos ou causar efeitos negativos em Pokémons 1x no inicio de cada rodada. (Burn, Poison, Paralysis, Confusion) Limite de uso: 6 vezes. Interpretativo e prático.
No alvo: no pulso do Ayzen tem um drone pequeno de alta tecnologia que ele usa como espionagem. Ele garante que um Pokémon dele comece a batalha com +2 de Accuracy. Interpretativo e prático.
Bônus de XP: ACE III e Bônus de Pesquisador para todos que tenham +70 Happ.
Ayzen
Ayzen
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por RafaelLuck Ter 05 Out 2021, 12:58

Fortes emoções. Será que nosso Ranger teria que prender seu companheiro de missão antes mesmo de entrarem na floresta? Starly fez um carinho no pescoço de Luch antes de ser recolhida para a pokébola mostrando que ela entendia a ação de seu novo dono, mas nem por isso gostava menos dele. A senhorinha puxou um monóculo de sua bolsinha de mão cor de rosa e começou a inspecionar a esfera de luz a distância. Passados poucos segundo e um sonoro Ohhhhh ela começou sua fala.

- Parece que a floresta já começou a prova de vocês mocinhos. Essa é uma Lightball de fato. Dizem que ela só aparece para almas puras e de bom intento para com a Ilex Forest. Se alguém mal intencionado encostar nela sua cor perderá o brilho e ganhara o peso de um Snorlax prendendo a pessoa no lugar para todo o sempre até que se arrependa de suas escolhas.

Ela saia da posição curvada de volta ao centro de gravidade normal onde a bengala a apoiava confortavelmente. Um feixe de luz fraquinho apontava para dentro da floresta. Um rastro de sujeira e lixo seguia na mesma direção que a Lightball apontava e Ambipom não parava seu trabalho por nada nesse mundo. Na verdade ela parecia estar se divertindo bastante durante a execução e o resultado final a deixa ainda mais alegre. Suas quatro mãos facilitavam a coleta mas algumas vezes ela cutucava seu dono quando encontrava algo de aparência gosmenta ou grudenta. A senhorinha fazia um carinho na cabeça dela quando voltava com os lixos.

- Ótima macaquinha. Se pelo menos os humanos fossem tão bons quanto vocês...bom jovenzinhos. O tempo urge. Vou voltar para minha casa. Tenho a impressão que vamos nos ver de novo em breve. Se cuidem e fiquem bem! Na volta vou preparar um café com bolinho para nós comemorarmos.

E assim ela seguiu lenta e gradualmente na direção de Azalea deixando Luch e Ayzen sozinhos com seus pokémons na floresta. Eles teriam algum preferência por onde começar? Quiçá um plano de ação para agir na maior floresta de toda a Johto?

Itens a serem encontrados para o ritual:


  • 2 Placas ritualísticas;
  • 1 Musgo especial (Seivas onde os Heracross se alimentam);
  • 1 Incenso especial (Feito com pedaços das armaduras de Forretress);
  • 1 Light Ball (Pela estrada a fora...  Lightball) -> Apontando para o centro da floresta.;


Progresso Ayzen:
Exp + felicidade + stats:
Itens utilizados ou recebidos:
Bcs:
Condição dos pokémons:
Todos no 100% por enquanto

Progresso Luch:
Exp + felicidade + stats:
Itens utilizados ou recebidos:
Bcs:
Condição dos pokémons:
Todos no 100% por enquanto

_________________
Pela estrada a fora...  GY5mtw0Pela estrada a fora...  9Ik1gPBPela estrada a fora...  7ELOX3YPela estrada a fora...  Y0OFg1n
RafaelLuck
RafaelLuck
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por Ayzen Ter 05 Out 2021, 13:25


Nossa! Essa fora rápida. Não estava duvidando do teor do contrato com Azalea, mas encontrar logo o primeiro item, e ele de fato ter uma aura mística, deixou-me bem impressionado. Luch parecia ser um criador experiente, ao menos só isso justificaria ter treinado um Starly com tão bons olhos. Graças ao Pokémon dele, conseguimos ter o vislumbre do “item-bússola” daquela missão. Mas o que me deixava ainda mais curioso era como que funcionava aquele orbe, pois, de fato, eu não tinha a menor ideia de que seria seguro confiar naquilo.

Segurança era também questionada ao retorno da senhorinha para Azalea. Ela passaria pela floresta assim desprotegida?!! Talvez seus anos de experiência ali a deixou mais do que cheia de superstições, mas também de destreza para poder sair dali. Eu não me lembro de ter passado por aquela floresta em algum momento, mas sabia que Ilex, como toda e qualquer floresta, era traiçoeira. - Acho que não temos muitas escolhas, né?- brincava com o meu parceiro de missão. Curiosamente, o caminho que o orbe apontava era o mesmo que tinha mais e mais lixo. Ambipom sabia disso! Por isso se prontificou para pegar o máximo que conseguisse de antemão.

O problema de ir pro centro da floresta é que quanto mais densa e escura ela fosse, mais perigosa. Tudo bem que eu não era um especialista em ambientes como aqueles, mas o básico eu tinha de cabeça, né? Deixei com que Luch se sentisse mais à vontade. - Então a LightBall aponta para as placas... E ainda tem seiva e pedaços de Forretress... - pensava alto. Como Luch tinha encontrado a esfera, com seu Pokémon, deixei sob os cuidados dele, enquanto me preocupava de manter o RH feliz: catando lixo!

- Você acredita mesmo nesse lance de “invocação”?!- queria dizer que não acreditava, mas depois do meu encontro com Jirachi e o trio de aves lendárias, sabia que existia um motivo para o lendário ser raro.




Obs.: Por se tratar de uma missão ranger também, Ayzen está uniformizado de modo padrão: uniforme ranger, de bota preta de trilha, blusa preta e um colete laranja com o símbolo de Ranger e Capitão, com um boné laranja e óculos escuros. Em seu pulso esquerdo, pouco acimado Z Ring, ele tem um bracelete que é onde o pequeno drone dele está compactado. Nem dá para notar!
Além disso, algumas skill funcionam aqui:
Poder em dobro: Climas induzidos pelas habilidades dos Pokémons do Ayzen não podem ser tirados. Prático
Pistola atordoante: Sim! Ayzen está armado! Pode atordoar humanos ou causar efeitos negativos em Pokémons 1x no inicio de cada rodada. (Burn, Poison, Paralysis, Confusion) Limite de uso: 6 vezes. Interpretativo e prático.
No alvo: no pulso do Ayzen tem um drone pequeno de alta tecnologia que ele usa como espionagem. Ele garante que um Pokémon dele comece a batalha com +2 de Accuracy. Interpretativo e prático.
Bônus de XP: ACE III e Bônus de Pesquisador para todos que tenham +70 Happ.
Ayzen
Ayzen
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por Luch Ter 05 Out 2021, 16:56

Ainda não conhecia profundamente Wyetta, então não sabia se a Pokémon gostava de surrupiar coisas alheias como Meo-Mey costumava fazer quando era mais nova. Eu fiquei tão nervoso com o possível "furto" que só me toquei que a Light Ball era o tal artefato quando Ayzen cogitou a possibilidade. Obviamente a vergonha caiu sobre mim imediatamente, me forçando a um descontraído riso, levando a mão até a nuca para afagar meus próprios cabelos cheios e um tanto despenteados — Essa Wyetta sempre surpreendendo! Já ia perguntar onde ela havia aprendido esses "modos", mas parece que ela só foi mais atenta e espera do que eu... — Disse, tentando me justificar. Em seguida, mais compenetrado, observei a esfera luminosa próxima do rosto, ouvindo o que a velhinha tinha a dizer sobre ela. Aparentemente era um objeto envolto em uma aura mística... Apenas os merecedores poderiam carregar aquela esfera pequenininha e encontrar os materiais que despertavam a invocação. Sério mesmo? Eu realmente era cético com algumas coisas e essa era uma delas, mas ao mesmo tempo olhava para o passado e lembrava de todas as coisas absurdas que havia visto, principalmente em Hoenn. Isso certamente me fazia ser mais aberto ao desconhecido.

— Certo... Nos mostra o caminho e... Parece estar apontando para lá mesmo... — Comentei, usando o dedo indicador para apontar o local. A velhinha corroborou com a minha informação e depois acabou atraída pela ação de limpeza da Pokémon de Ayzen, a Ambipom. Ao que parece, era parte de uma missão do próprio Ranger ou talvez apenas seus princípios de defesa da natureza. Quem sabe... De todo modo, a senhorinha que nos recebeu iria se retirar, aguardando que voltássemos com tudo que precisávamos. Em pouco tempo era apenas Ayzen e eu novamente. Observei ao redor, pensando ter sentido uma presença diferente me observando. Talvez fosse pura impressão ou o vento soprando, mas... Que seja... Antes de tomar qualquer decisão, foi o Ranger que veio falar comigo.

— As coisas estão acontecendo mais rápido do que eu consigo processar... Mas realmente é como você disse... pelo menos até onde entendi, precisamos começar pelas placas e depois a seiva e o Forretress... Certo? Eu até cogitaria nos dividirmos, mas... Só há uma Light Ball para nos guiar. Vamos juntos mesmo, assim não nos perdemos também... — Disse, sendo respondido pela Starly, que quase concordava comigo. — Aliás, quer ajuda para catar o lixo do chão? Se quiser posso dar um apoio enquanto caminhamos. Mas não há muito onde colocar esse lixo todo no final, né? Você pretende carregar por aí o tempo todo? — Perguntei, tentando ser solicito. Independente da resposta do rapaz, seguiríamos o trajeto e continuaríamos a conversa.

Em certo momento o Ranger me questionou sobre minha credulidade quanto à tal "invocação"... Eu tinha minhas dúvidas, mas sabia que algo ocorreria naquela floresta. É como se eu sentisse... — Te digo que... Tem algo aqui... Agora se é uma "invocação" mágica ou apenas vamos despertar a ira dos Pokémon daqui com esses "ingredientes", o que vai nos levar a algum Guardião especial, eu não sei... hehe


Resumo escreveu:

- Swablu (Day Care): 47 Posts
Luch
Luch
Especialista Flying I

Especialista Flying I

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por RafaelLuck Qua 06 Out 2021, 12:50

Muitos mistérios ainda precisavam de resposta como por exemplo: onde Ayzen iria colocar aquele lixo depois? Porque havia apenas uma lightball? O que estava acontecendo na floresta? Esses eram só alguns dos muitos mistérios que haviam por ali mas quanto ao primeiro talvez este humilde narrador possa dar uma força para nosso ilustre Ranger dizendo que sua tropa havia confirmado a presença de grandes containers para recolher lixo em pontos estratégicos da floresta e o próximo não estava muito longe da direção que estavam indo.

Quando a presença que Luch dizia sentir: de fato ele sentia algo os vigiando. Algo muito sutil como um brisa que vez ou outra dava o ar da graça para lembrar que estava por ali. Este sentimento em peculiar começou a aflorar mais intensamente depois que segurou a esfera brilhante.

A dupla seguia estrada a fora...bem juntinhos já que havia apenas uma light ball para guiar o caminho até as placas. Alguns detalhes curiosos começavam a surgir conforme iam avançando: o chão que antes era de terra batida começava a ficar menos presente até dar lugar a um tapete verde de grama. Algumas arvores tinham marcações de cortes como se laminas muito afiadas tivessem sido polidas nos largos troncos que seguiam subindo até o topo da floresta.

Depois de andarem por volta de uns 20 a 30 minutos catando lixos e resquícios de poluição humana um som alto e crescente trazia uma onda de ar quente na direção de nossos protagonistas. Ao olharem naquela direção conseguiriam ver um mini cogumelo atômico se formando e expandindo até o ponto em que a "nuvem de chamas e calor" chegou ao máximo de sua área para depois recolher sua fúria devastadora.

A Fauna e Flora certamente chorariam se pudessem já que um evento daqueles tinha a capacidade de alterar drasticamente o local caso houvesse sido provocado por uma causa externa. O caminho que a Light ball apontava seguia reto enquanto a explosão em questão curvava para o lado oeste da floresta. Os cortes comentados anteriormente seguiam no lado leste.


Tentativa de mapa 1:
Reto pela estrada principal: Caminho da Light Ball;
Oeste da estrada principal: Explosão misteriosa;
Leste da estrada principal: Madeiras com cortes;

Itens a serem encontrados para o ritual:


  • 2 Placas ritualísticas;
  • 1 Musgo especial (Seivas onde os Heracross se alimentam);
  • 1 Incenso especial (Feito com pedaços das armaduras de Forretress);
  • 1 Light Ball (Pela estrada a fora...  Lightball) -> Apontando para o centro da floresta.;


Progresso Ayzen:
Exp + felicidade + stats:
Itens utilizados ou recebidos:
Bcs:
Condição dos pokémons:
Todos no 100% por enquanto

Progresso Luch:
Exp + felicidade + stats:
Itens utilizados ou recebidos:
Bcs:
Condição dos pokémons:
Todos no 100% por enquanto

_________________
Pela estrada a fora...  GY5mtw0Pela estrada a fora...  9Ik1gPBPela estrada a fora...  7ELOX3YPela estrada a fora...  Y0OFg1n
RafaelLuck
RafaelLuck
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Pela estrada a fora...  Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pela estrada a fora...  Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pela estrada a fora...  Empty Re: Pela estrada a fora...

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Ir para o topo Ir para baixo

Página 1 de 9 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos