[Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Akstrike em Seg Maio 27 2019, 05:00

"Memórias. Se fosse tão fácil esquecê-las como é fácil perder-se nelas..."

    Próximo a saída norte de Littleroot, em torno de 9h da manha, Lorrigan viu Birch despedir-se e retirar-se de modo a retornar às suas atividades. Ficou observando enquanto este se afastava, os dedos passando entre as mechas lisas de seu cabelo, pensativo. Aquilo realmente o intrigara. Todo aquele diálogo e comportamento do professor com relação a ele foram completamente inesperados. Afinal, apesar de não ser tão conhecido na época e provavelmente estar iniciando as pesquisas em sua área acadêmica escolhida, Birch tem a cidade das pequenas raízes como sua cidade natal e, portanto, obteve conhecimento do incidente  da criança amaldiçoada, modo como o caso ficara conhecido na época. E então,  ali naquela exata mesma cidade e frente  à própria criança amaldiçoada, ele não esboçara reação nenhuma. Nenhum sinal  de reconhecimento ou de repúdio, atitude a qual Lorrigan estava habituado a perceber nos olhares das pessoas sobre ele, transparecera perante a breve conversa travada entre os dois. Nada. Ele simplesmente não conseguia entender. Sua aparência mudara tanto no passar desses 11 anos em que estivera fora da cidade morando com a velha Sadie, em Oldale? Porém, mesmo que essa fosse uma das motivações, o seu cabelo, mesmo muitas vezes mais comprido, ainda era impossível de não ser reconhecido. Negro feito piche e serpenteado por mechas púrpuras em toda sua extensão, era a única característica física a qual as pessoas se referiam quando, nas raríssimas vezes em que o faziam, falavam sobre a criança amaldiçoada. Na maior parte do tempo fingiam que ela simplesmente não existia, agiam como se ele fosse uma simples peça do cenário da cidade. Dedicavam-lhe tanta atenção quanto dedicariam a um arbusto ou uma pedra na beira da estrada, quase como se fosse invisível. Por muito tempo Lorrigan sentiu vontade de odiar aquele cabelo, aquele traço maldito qual, sem que o menino fizesse a menor ideia do porquê, o fizera passar por tanta desgraça e sofrimento e o levara a ver seu irmão morrer na sua frente, mergulhado em uma poça do próprio sangue. Sangue esse que ficara gravado na memória do garoto, imantado naquelas gotas espirradas em seu rosto, quando a faca deslizara próxima a seu pescoço momentos antes de, em um último esforço sobre-humano, Kane salvá-lo novamente do assassino. A única coisa que o impedira de odiá-lo foi o fato de aquele cabelo ser a única memória que lhe restava de sua mãe. As lembranças de brincar com aquelas mechas bicoloridas enquanto era amparado no colo e ouvia palavras que aqueciam seu coração ou os tons de preto e púrpura esvoaçando quando ela o deixara aos cuidados de seu irmão e partira apressada, dizendo que um dia voltaria e explicaria tudo.
     Aquela série de pensamentos permeados por memórias passaram por sua cabeça em uma rápida sucessão e lhe trouxeram sentimentos distintos de raiva e incompreensão, de modo que essa incongruência nas atitudes de Birch o levaram a julgar a situação erroneamente e a descartar, no momento, a possibilidade  de que o professor possuísse alguma informação relevante com relação ao acontecimento de 14 anos atrás. Pensamentos estes interrompidos por um chamado com um tom levemente alterado de Kane, o Gastly que Lorrigan acredita ser a alma de seu irmão que permaneceu a seu lado após sua morte para protegê-lo e acompanha-lo, demonstrando certo descontentamento. Aparentemente, aquela não era a primeira vez que ele interagia com o mancebo naquele momento e era ignorado enquanto o outro estava perdido em pensamentos.

Perdão Kane, eu me distraí por um momento. Você viu como a reação dele foi estranha? Ele agiu como se fosse a primeira vez que soubesse da minha existência!  — O jovem proferiu, em um tom de voz levemente elevado, apontando para a direção que o professor tomara, já que este não estava mais no seu campo de visão, e continuou, em um tom mais moderado — Com a repercussão que houve, me parece impossível que um morador de Littleroot desde aquela época não saiba do incidente. Não sei se fico feliz ou surpreso.

     Gastly tornou a observá-lo, agora que estava prestando atenção, com um tom levemente acusador. Haviam combinado de permanecer naquela cidade somente o tempo necessário para obtenção da Pokédex e demais itens e já estavam se estendendo. Desmaterializou-se e materializou-se alguns metros a frente, mais próximo ainda da divisão composta por árvores e fazendas que marcava o fim da pequena cidade e o começo da Rota 101. Vira seu mestre passar por maus tratos suficientes naquele lugar e não tinha desejo de ficar ali mais tempo. Lorrigan entendia seu sentimento e, sinceramente, compartilhava dele. Também não se sentia bem naquele local e não queria ficar mais muito tempo por ali. Pediu um momento a Kane e retirou seu casaco branco e, dobrando-o para que não arrastasse no chão, amarrou-o na cintura. Remangou, em seguida, sua camiseta social preta e deixou a mostra um elástico de cabelo branco preso ao pulso, elástico esse que foi utilizado de modo a prender seu cabelo em um rabo de cavalo onde sobravam duas mechas, de cores distintas, pendentes uma de cada lado do rosto. Iniciou uma corrida leve, afagando a cabeça de Gastly na passada.

Tudo bem, vamos sair daqui. Também não suporto muito mais este lugar. Bom, com nosso nível atual acredito que não estejamos nem perto de conseguir a sua vingança, ainda mais com este déficit de informação. — Pronunciou, abrindo uma leve distância do pokémon que o observava — Podemos começar melhorando nossa velocidade enquanto não descobrirmos nada novo, provavelmente será um dos nossos pontos mais fortes futuramente. Vamos lá, me acompanha.

     E acelerou um pouco mais a velocidade de seus passos ritmados. Porém, foi alcançado facilmente pela criaturinha flutuante que agora seguia ao seu lado enquanto corriam em rumo a Rota 101. Seu rabo de cavalo balançava seguindo o ritmo dos passos. No momento seguinte rompeu a cadência, hesitando um passo, quando Kane desmaterializou-se e apareceu alguns metros a frente, olhando com um ar de leve superioridade para trás ao ver a distância obtida entre Lorrigan e ele.

Ei, isso é trapaça. Me acompanha de maneira justa, por favor. Senão como você vai poder se gabar da sua vitória? — Disse. E sorriu, ao ver um ar de determinação tomar conta do semblante da criaturinha gasosa.

    Enquanto disparavam em uma velocidade moderada em direção a extensão da Rota 101, o mancebo exercia seu velho hábito de, mesmo concentrado na tarefa atual, manter-se observando tudo a que lhe compreendia seu campo de visão. Um hábito que fazia a velha Sadie dizer que ele possuía "Olhos inquietos". Necessitava de quantos detalhes fossem possíveis de modo a saciar sua ansiedade. Lhe parecia que alguma coisa sempre estava prestes a dar errado e, infelizmente, ele gostaria que estivesse errado mais vezes. A Rota 101 fora tranquila na ida, mas o que ela reservaria para o retorno deles?

Spoiler:
Oi pessoa que vai narrar pra mim, bem vinda haha. Eu tentei dar uma base da minha história mais aprofundada nas memórias aqui e começar a treinar aos pouquinhos a minha velocidade e a do Gastly também. Eu não sei muito bem como funciona quanto ao desenvolvimento da história e à quanto o meu background afeta o mundo, então, se tu puder me explicar como tu acha melhor pra gente trabalhar junto, eu ficaria feliz. Abração o/
Akstrike
Akstrike
Treinador

Treinador

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Tielo em Qui Maio 30 2019, 01:10







Rota 101



A rota 101 era conhecida por ser a inicial dos treinadores. Porque? A maioria decidia pegar seu Pokémon inicial diretamente das mãos do Professor Birch em pessoa, aproveitando o momento para pedir dicas e ensinamentos. Sendo assim, a primeira rota a partir dali, seria a 101.

É claro que agora ela estaria completamente tranquila. Não era temporada de quantidades grandes de treinadores formando, então, tudo estava quieto àquela hora. Mas tudo poderia ser tão complexo quanto desejasse, afinal, quem procura encrenca, acha. E com uma certa facilidade até neste plano terrestre.

Apesar da história de vida, o jovem treinador tinha que concentrar-se em sua evolução, deixando seu passado de lado. Não o suficiente para esquecê-lo, pois essas mesmas lembranças lhe dariam forças. Mas também não deveriam estar tão presentes à ponto de distraí-lo.

O sol estava leve, e acolhedor. Esquentava apesar das brisas frias que passavam vez ou outra para balancear. Além disso, poucas nuvens eram vista no céu. Talvez não fosse o ambiente preferido para um fantasma. Mas Gastlys eram famosos por suas traquinagem, então isso pouco à importaria. Gastly parecia um pouco competitiva, cometendo pequenos atos de trapaça enquanto corria à frente de seu treinador. Logo sendo advertida, mas isso fazia parte do espírito dela, talvez.

Por fim, agora era o momento dele explorar a rota 101 da melhor forma que poderia. Seja lá qual fosse o pesadelo que tivesse passado ali, agora ela era uma simples e inofensiva (até então) caminhada até Oldale. E essa caminhada se bifurcava entre uma pradaria verde, plana e extensa. Ou a Selva mais densa com concentração maior de árvores e gramado muito alto.


Por onde o jovem decidiria ir?

Opa, vou ser seu narrador, prazer. Qualquer dúvida me mande MP ou me chame no Discord (como preferir). Vou tentar responder suas perguntas da melhor maneira:

A sua história pode ser livre desde que ela, literalmente, não afete o mundo. Por exemplo, você não pode ter títulos grandes como um campeão da liga ou ter qualquer vínculo de algum NPC famoso (líderes de ginásio por exemplo). Pois isso afeta o sistema do jogo. De resto, você monta seu background da forma que preferir, e encaminhe para como desejar. Sugiro que mantenha sua mente livre e dê asas à imaginação que vá além de Pokémon. Isso dá um diferencial maior. E que é o que você está fazendo, no caso, tenho uma história só sua e não algo mais genérico como simplesmente sair lutando contra gym leaders.

Vai ser difícil algo em relação a história ser barrado, mas qualquer coisa você será comunicado sobre, e encaminhamos para algo que seja mais próximo possível.

Quanto ao que você disse sobre treinar. Você pode fazer um treinamento, que vai lhe render stats bônus permanente (nas regras tem um tópico para isso), e que se desejar fazer é só falar, pois tem um sistema para isso. Ou você pode tentar fazer EXP de alguma outra forma (batalhando contra selvagens para capturar ou com NPCs), além de outra infinidade de objetivos.

Espero ter sido claro, mas como disse, qualquer ponta solta que eu tenha deixado, me procure.

Aliás, você parece que já apelidou sua Gastly, gostaria de adicionar isto à ficha? Lembrando que os Pokémons que vêm sem personalidade base, você é livre para editar como quiser, basta me dizer o texto que eu adiciono à ficha.


Progresso de rota!:
Progresso de Pokémon: Nenhum!

Ganhos de itens: Nenhum!

Pokémons capturados: Nenhum!

Perdas: Nenhuma!



Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Akstrike em Sex Maio 31 2019, 05:07


"Um treinamento na forma de uma brincadeira. Viria ele a trazer algumas lembranças?"

    Seguiam por uma certa distância naquela ritmada corrida leve. Mesmo com tempo ensolarado sendo acalentado por uma brisa suave e não estando realmente quente,  a evidência do esforço já começava a aparecer na forma de algumas gotas de suor que brotavam na testa de Lorrigan e escorriam ao longo da lateral do rosto, seguindo o caminho abaixo das mechas bicoloridas que permaneciam soltas do rabo de cavalo e contornavam sua face. Diminuiu então seu ritmo, secando o líquido salgado que a qualquer momento poderia cair sobre os olhos com as costas da mão, e passou a uma caminhada ritmada devido ao fato de que sua constante observação lhe chamara a atenção para o detalhe de que dois caminhos, diferentes, jaziam à sua frente. O primeiro deles, à sua direita,  levava a uma pradaria extensa e poderia, talvez, ser uma boa continuação à corrida que eles já vinham praticando desde a saída de Littleroot. O segundo, à sua esquerda, os conduziria para dentro da floresta que constituía as cercanias da Rota 101 e possuía a grama alta e densa. Em um momento inicial o primeiro caminho e a primeira metodologia  lhe pareciam atraentes, porém ao visualizar a direção que os levaria para dentro da floresta, o mancebo percebeu uma possibilidade distinta e mais interessante. Afinal, correrem pelo campo possibilitaria a eles melhoria em sua resistência e em sua velocidade máxima. Porém, algo mais importante a ser priorizado seria sua capacidade de arrancada e sua percepção dos arredores. Ser capaz de atingir uma alta velocidade era, sim, algo a ser valorizado e treinado, mas futuramente. De que adiantaria sua velocidade final ser alta se, em uma batalha, o ataque disparado lhe atingiria momentos depois e você nem conseguira começar a se mover para sair do caminho dele? Neste caso, sua aceleração faria a diferença. O jovem de cabelos negros sabia disso e percebia como aplica-la ao visualizar a segunda possibilidade de direção a ser tomada. Guinou a esquerda em direção a uma brecha nas árvores que lhe permitia adentrar a floresta, surpreendendo Gastly que continuava desavisadamente em linha reta e passara um pouco da divisa que seu mestre aproveitara, fazendo com que a Pokémon exibisse um semblante de dúvida. Percebendo o movimento e a expressão, Lorrigan viu a necessidade de proferir algumas palavras em explicação.

Vamos por este caminho aqui, Kane, por gentileza. Tive uma ideia e acredito que na parte interna da floresta seja o local perfeito para a colocarmos em prática. — Enquanto falava e adentrava ainda mais,  dirigiu as mãos à nuca e ajustou o elástico frouxo de modo a apertar o rabo de cavalo que começava a se desmanchar.

    Ouvindo aquilo, Kane aproveitou então o momento para desmaterializar-se e passar por dentro de algumas árvores, juntando-se ao jovem na sequência e o acompanhando no caminho que seguia para o interior da vegetação alta. Avançando até um ponto que não era mais possível avistar com clareza a estrada que utilizavam como guia antes, o rapaz de mechas púrpuras parou então e virou-se para seu Pokémon. Pigarreando antes de falar para que suas palavras saíssem com clareza e para que sua voz não corresse o risco de exibir um dos incômodos falsetes, Lorrigan começou a explicar a ideia que o levara a trazê-los até ali.

Então. Quando eu olhei a disposição das árvores aqui e a grama alta eu tive uma ideia que pode ajudar a melhorar a sua velocidade de arrancada, de reação e a sua percepção dos arredores. Pode melhorar também a minha percepção e a minha furtividade. — Retomou o fôlego, ajustou uma mecha de cabelo que escapara do rabo de cavalo atrás da orelha e continuou — Você pode vagar por aqui como quiser, respeitando os limites da floresta, enquanto eu irei aproveitar a grama alta e as árvores para me esconder e tentar pegá-lo de surpresa. Você pode se desmaterializar para fugir de mim mas tem que permanecer visível, enquanto não sabe onde estou, para que eu possa te localizar.  Acredito que não vá ser tão simples assim, sabe que eu tenho certa experiência nesse tipo de coisa. Afinal, você viveu comigo parte do tempo em que sobrevivi me esgueirando e furtando para poder comer. Entendeu a ideia? — Se Gastly fosse um pokémon de formato humanoide teria assentido com a cabeça. Porém, o movimento assertivo de Kane utilizava o corpo inteiro e era, de certa forma, engraçado na visão de Lorrigan. — Muito bem então, vamos começar. Vá um pouco naquela direção — O rapaz disse, apontando para o sul — para que eu possa desaparecer a primeira vez. Eu sei que eu não consigo toca-lo, mas se eu passar por dentro de você em alguma região em que haveria contato em uma forma solida, conta como pegar. Vamos ver o quanto você consegue fugir de mim e o quanto eu consigo me esconder de você.

    Enquanto o pequeno pokémon se afastava, o mancebo tratava de desaparecer em meios as árvores e a grama alta, abaixando-se de forma discreta enquanto se movia. Tinha uma certa noção de como mover-se de modo a evitar que as folhas fizessem barulho com sua passagem e da maneira de evitar que quebrasse galhos secos escondidos abaixo da vegetação rasteira. Porém, não era perfeito. A sua parte da brincadeira e do treinamento consistia em melhorar sua capacidade furtiva. Entretanto, o princípio básico ele havia aprendido à anos atrás. Não podia mover-se enquanto Kane estivesse voltado em sua direção. Se ele olhasse para o seu lado, a imobilidade total era sua melhor camuflagem. Um erro de perseguidores amadores era, por instinto, ao fazer algum barulho ou correr o risco de ser visto, disparar em direção a uma proteção ou um esconderijo próximo. E nesses casos o instinto levava a falha da missão, pois o movimento brusco é o que acabaria levando à pessoa sendo seguida a identificar a posição da pessoa escondida. Não que ele fosse profissional, estava longe disso, mas Lorrigan possuía experiência. E isso era um fator crucial. Começou, então, a avançar em direção ao pokémon que agora mostrava-se atento aos seus arredores como se perseguido por um bicho selvagem que poderia assassina-lo a qualquer momento. O mancebo sorriu. Kane era extremamente competitivo e isso levaria aquilo a se tornar muito divertido.


Spoiler:
Okay, aqui vai a parte dois. A ideia é sim fazer um treinamento e ganhar melhoria no atributo da velocidade do Gastly. Gostaria, sim, que tu adicionasse o apelido a ficha. Apesar da Gastly ser fêmea, o Lorrigan desconhece isso e acredita que ela seja a alma do seu falecido irmão. Então, chama ela pelo nome dele (Kane) e a trata através de pronomes masculinos. Vou escrever a personalidade dela certinho e te mando por MP, beleza? Abraço aí.
Akstrike
Akstrike
Treinador

Treinador

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Tielo em Dom Jun 02 2019, 14:03







Rota 101



O jovem montou uma brincadeira para aproveitar com Gastly, os apetrechos da selva para treinar. Uma mistura de corrida, pega, e pic-esconde. Gastly aproveitou o momento para correr para a selva, e olhando algumas vezes para trás se o seu colega estaria roubando. E então sumiu, correndo para a área mais escura, menos iluminada, da selva.

O treinador poderia segui-lo até uma espécie de clareira, onde havia três árvores. Na entrada da clareira, era possível ouvir a risada, embora tentasse segurar, de Gastly. Era com certeza o fato de que ele estava atrás de alguma das três árvores se escondendo. Elas estavam próximas uma da outra, mas não tanto assim, cerca de dois metros.

O problema então seriam dois, o primeiro era que ao chegar ali, Gastly seguraria seus sons naturais para dar um ar de mistério a mais para o moço. O segundo problema seria que, se o jovem errasse, Gastly teria um tempo a mais para fugir do jovem. As árvores eram bastante corpulentas, embora não tão alta, conseguindo esconder o corpo e qualquer vestígio de gás que ele liberasse.

Como faria para achar o seu Pokémon?

Certo. Vou adicionar já então as especificações na sua ficha.

Lembrando que o treinamento de stats tem que ter no mínimo 1 página e então pode ser recompensado com alguns pontos a mais.


Progresso de rota!:
Progresso de Pokémon: Nenhum!

Ganhos de itens: Nenhum!

Pokémons capturados: Nenhum!

Perdas: Nenhuma!



Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Akstrike em Qua Jun 05 2019, 02:59

"Uma estratégia formidável. Infelizmente, possuía um ponto fraco."

    Aquela atitude com relação à clareira seria, realmente, uma surpresa se Lorrigan não conhecesse a personalidade e a sagacidade de Kane. Adentrar naquela clareira, com três árvores situadas em torno de dois metros entre si no centro, forçaria seu perseguidor a sair da cobertura fornecida pela floresta e ter somente a grama alta para se esconder. Além de que, mantendo-se atrás daquelas três proteções de tronco muito bonito e próximo ao centro, forneceria possibilidade de fuga independente do lado que o mancebo escolhesse se aproximar dele. O rapaz de cabelos negros tinha que admitir a inteligência da jogada feita pelo seu pokémon. Porém, essa atitude tinha uma falha e ele sabia bem como explora-la. Interrompendo seu movimento suave e constante em meio à vegetação, respirando fundo, de modo a retomar um pouco do fôlego e aproveitou para procurar ao redor por uma pedra, um galho ou algo do tipo, de pequeno porte e que pudesse ser arremessado para causar um pouco de barulho. Percorrendo o terreno com os olhos acinzentados levemente  franzidos, demonstrando um nível considerável de concentração, finalmente identificou algo que pudesse ser útil. Parcialmente escondida junto à base de uma das árvores próximas residia uma pedra com o tamanho aproximado de uma bola de tênis que serviria perfeitamente.
    Ainda mantendo-se agachado, Lorrigan cruzou os poucos metros que o separavam do item e o apanhou, carregando-o consigo em direção a entrada da clareira. A falha que ele pretendia explorar consistia no fato de que, para sua posição não ser descoberta, Gastly precisaria ficar escondido o tempo todo atrás de uma das árvores, necessitando ser guiado pelos sons para perceber a aproximação do mancebo de mechas roxas e poder ocultar completamente sua presença ao ser obstruído pelos obstáculos naturais. E era nesse ponto que a pedra encontrada pelo rapaz fazia o seu papel naquela história. Aproximando-se calmamente do centro da clareira, focou-se em não realizar quaisquer movimentos desnecessários que pudessem ocasionar algum ruído alto o bastante para ser detectado. O casaco branco amarrado na cintura sequer farfalhava contra a grama alta, que se movia somente o necessário para a passagem de Lorrigan. Ao chegar em torno de três metros da árvore localizada mais a esquerda entre as presentes ali no centro, virou-se para a direção da outra árvore que ficava mais à direita e lançou a pedra próxima aquela posição. Porém, tomou cuidado para que o arremesso não ultrapassasse o limite das árvores e fosse visto pelo pokémon escondido. Ao atingir a grama alta e o solo a pedra emitiu um barulho surdo e abafado que lembrava um passo realizado descuidadamente e com força. Então, aproveitando o efeito causado pela distração, avançou silenciosamente formando um pequeno arco pelo lado esquerdo de modo que estivesse posicionado no lado oposto ao que Kane estaria observando. Acreditava que o pokémon estaria olhando para o lado oposto e que isso lhe forneceria a possibilidade de pega-lo a primeira vez naquele jogo. Talvez Gastly até mesmo se aproximasse do lado que o mancebo se direcionava, com a intenção de se afastar da fonte do barulho, mas sua percepção estaria pelo menos distraída para o lado de onde o som viera.

Akstrike
Akstrike
Treinador

Treinador

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Tielo em Qui Jun 06 2019, 00:35







Rota 101



Gastly levava o sério o treinamento, mas parecia se divertir muito mais. Seu sorriso característico estampado no rosto apenas movimentava os olhos de um lado para o outro, tentando sentir a presença do seu treinador.

Era uma estratégia bem bolada, uma tentativa de fazê-lo perder tempo procurando-o, ainda mais com um joguinho de saber ambos que estavam no mesmo local.

Gastly não roubada, mantinha seu corpo completamente visível, embora não tanto físico. E a quietude se alastrava a cada vez mais, principalmente após o jovem anunciar sua presença com respirações ofegantes.

Ele estava ali! E se aproximando. O som dos passos pareciam cada vez mais próximos até que pararam. Novamente Gastly movia apenas seus olhos, de costas para a árvore, e então a pedra é jogada, fazendo seus olhos movimentar-se para o lado.

O som da pedra dava a entender que o moço estaria numa tentativa tosca, pulando na árvore contrária. Porque sim, Gastly estava na árvore da esquerda, e desesperadamente ela corre para esse lado, rindo alto numa gargalhada característica. Porém dando de cara com o treinador, e sem querer, numa cena inusitada, colando sua cabeça na dele, fazendo o treinador parecer ter cabeça de Gastly.

Gastly parava incomodada, sentia que havia perdido a brincadeira, e não sabia qual era o próximo passo depois que fosse pega, olhava para ele esperando novas ordens. A brincadeira estava divertida. Ela queria mais.

Progresso de rota!:
Progresso de Pokémon: Nenhum!

Ganhos de itens: Nenhum!

Pokémons capturados: Nenhum!

Perdas: Nenhuma!



Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Akstrike em Qui Jun 06 2019, 05:11


"Um lado importante das falhas é que elas tendem a se tornarem aprendizados."

    Um Gastly de 1,92 metros de altura e com um cabelo negro de mexas púrpuras seria uma ideia cômica se não fosse uma aparência trágica, pensou Lorrigan após se refazer do susto e observar a atitude que demonstrava clara incomodação por parte de Kane. Ele esperava que o pokémon estivesse de costas para sua posição ou até que viesse em sua direção, mas jamais esperava que fosse correndo e gargalhando em uma forma precipitada de comemoração. Porém, a primeira derrota havia surtido o efeito desejado e necessário para que a brincadeira se tornasse mais ativa e difícil para o rapaz de olhos acinzentados. A criaturinha roxa acreditava que manter-se fugindo dele faria com que ela vencesse o jogo, porém isso não atingiria os resultados que o mancebo esperava da parte daquilo que era um treinamento. Ele melhoraria sua furtividade, isso era fato, mas Gastly não aperfeiçoaria seus reflexos e sua velocidade e seria deprimente para Lorrigan se Kane ficasse cansado da brincadeira e suas capacidades físicas não houvessem melhorado nem um pouco. Entretanto, na situação atual isso só aconteceria por pura falha didática do mancebo de mechas púrpuras e ele sabia como evitar que aquele detalhe ocorresse futuramente. Aproximando-se um passo de seu irmão que ainda lhe observava, remexeu no elástico branco que mantinha seus cabelos presos em um rabo de cavaloe o removeu, soltando involuntariamente um suspiro de alívio quando a pressão que os fios estendidos exerciam em sua nuca e seu pescoço diminuiu até desaparecer. Exibindo uma expressão de leve provocação, Lorrigan então se dirigiu à Kane.

Bem, bem... Parece que o primeiro ponto dessa brincadeira vai pra mim, olha só. — Observou a reação esboçada pelo ser a sua frente e continuou — Mas vamos lá, não desanima não. Isso apenas começou e a partir de agora as chances vão ficar muito melhores pra você do que pra mim, pode apostar. — Passou a mão na testa removendo pequenos respingos de suor e umedeceu os lábios — Pelo que eu percebi, você me entendeu errado. A ideia que você realizou ali atrás foi muito boa, continue nesse caminho que chegaremos muito longe. O problema dela foi a sua afobação em cantar vitória. Eu pretendo contar os seus pontos somente quando você fugir do meu ataque. Ou seja, eu vou precisar me aproximar de você e tentar te agarrar. Se eu tentar te pegar e você conseguir desviar, ponto pra você. Mesmo que conseguisse fugir de mim ali disparando pra esquerda, tecnicamente não ganharia ponto nenhum, afinal, eu nem tinha conseguido chegar perto de você. — Pigarreou limpando a garganta e retomou o fôlego, prosseguindo enquanto brincava com o pequeno elástico branco de cabelo — A ideia aqui é aprimorar a minha capacidade de me esconder e os seus reflexos. Se você se mantiver o tempo todo disparando de mim, só a sua aptidão para correr que vai melhorar e isso seria útil, entretanto não seria o mais efetivo. — Observou por alguns instantes a face do pequeno pokémon gasoso, esperando um sinal de entendimento ou de dúvida. Ao perceber um sinal de entendimento, adicionou um último ponto à sua fala. — Bom, agora vamos ver quem consegue mais pontos até que um de nós comece a ficar cansado. — Hesitou, prendendo novamente o cabelo negro com o elástico que continuava entrelaçado em seus dedos e desferiu um sorriso malicioso. — Ah, só para lembrar, eu posso tentar te pegar a qualquer momento, ta? — E avançou na direção do pequeno pokémon gasoso, tentando pega-lo de imediato. Independente de ele conseguir escapar ou não, voltaria a fazer o seu próximo movimento furtivamente. Contudo, tinha certeza que o truque da pedra não funcionaria novamente.


Spoiler:
Então, pelo que eu entendi da tua mensagem vale eu continuar treinando o furtivo então, beleza. Bom que tu que pegou pra narrar pra mim então e eu posso desenvolver o meu roleplay a vontade. Eu te perguntei sobre as paradas da interpretação pq a criança amaldiçoada vai desenvolver alguns poderes e tal durante a progressão da históra, mas claro que eu não utilizaria de modo algum perante a interpretação que envolvesse outros jogadores ou mesmo batalhas pokémon né. Aí teria que prevalecer o sistema haha.
Akstrike
Akstrike
Treinador

Treinador

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Tielo em Sex Jun 07 2019, 01:23







Rota 101



Gastly acenava com a cabeça. Não sabia se tinha entendido tanto quanto deveria entender. Era um Pokémon sem muito treinamento, talvez muita expectativa pressionaria demais. Mas ele se afastou de frente para o treinador, desviando da primeira investida do mesmo, e logo depois virou as costas disparando mais rápido.

O caminho da Selva era sinuoso apesar das árvores e as trilhas. Então nunca daria para seguir em linha reta. O que seria bom e ruim para o treinamento, pois a dificuldade talvez aumentasse o tamanho da recompensa.

Gastly então ia em 'zigzag' sempre virando-se para ver se seu treinador acompanhava ou escondia-se por entre as árvores tentando agarrá-la. Ela chega então à uma área sem saída, uma parede de vinhas com espinhos tomava a frente, forçando ela a retornar. Ela olhava para os lados procurando o treinador, decidindo se iria atravessar a corrente de vinhas, onde talvez o treinador pudesse machucar-se ao passar, ou se voltaria e correria o risco de ser pega de novo. Afinal, não sabia onde ele estava.

O treinador aproveitaria essa chance, ou esperaria uma decisão da Pokémon?

Progresso de rota!:
Progresso de Pokémon: Nenhum!

Ganhos de itens: Nenhum!

Pokémons capturados: Nenhum!

Perdas: Nenhuma!



Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Akstrike em Sex Jun 14 2019, 05:28



"Explicações muito elaboradas aparentemente tendem a ser mal compreendidas."
   
    Lorrigan assistiu a indecisão da Pokémon de uma certa distância, o olhar cinza prestando atenção em suas reações quanto ao obstáculo prostrado à sua frente: uma parede de vinhas cobertas de espinhos, uma visão nada agradável aos olhos do mancebo que mantinha-se escondido na grama alta. Se Kane resolvesse desmaterializar-se e passar por ali, ele teria um problema considerável para lidar. Apesar dos anos de convivência com seu irmão, ainda não havia aprendido a se desmaterializar e, sinceramente, nem tinha esperanças de que um dia aprenderia apesar de ser uma habilidade muito interessante. Porém, enquanto seu adversário tinha uma questão a resolver, ele também possuía a própria decisão de se deveria expor-se a criatura flutuante e impedi-la de cruzar a barreira ou deixa-la chegar a uma conclusão  sozinha.
    Movendo-se em torno de um metro para a frente, ainda mantendo-se sobre a proteção que a vegetação rasteira fornecia, um movimento de hesitação em seu passo para evitar de pisar em um galho gerou outro movimento, involuntário, que levou uma mecha de seu cabelo de duas cores a desprender do elástico e cair sobre os olhos, obscurecendo cerca de metade da sua visão. Lorrigan agora via somente árvores e grama, não mais o pequeno Pokémon em estado de dúvida que deveria ser o foco principal de sua atenção. Todo esse inconveniente resultou em outra movimentação desnecessária de modo a remover o tufo mal posicionado e coloca-lo atrás da orelha, possibilitando ao mancebo ter o seu campo de visão todo de volta. Após breves momentos de observações e ações desnecessárias, percebeu que, assim como ele, Kane jamais escolheria um caminho que pudesse feri-lo. Já o vira passar por muita dor e não lhe proporcionaria mais nenhuma por conta própria. Desta forma, distanciou-se um pouco e moveu-se em direção ao ponto em que o Pokémon se direcionaria quando resolvesse seguir na direção oposta à parede de espinhos que barrava sua direção original. Quando ela chegasse ali, ele o surpreenderia tentando pega-lo, porém caso seu irmão conseguisse escapar aproveitaria o momento para interromper a brincadeira e expor o placar de 2 x 1 para Kane e tentar definir um pouco melhor a ideia, pois ficara claro que ele não fora compreendido com clareza quando o ser gasoso passou a fugir em disparada novamente pela floresta.




Spoiler:
Desculpa pelo delay pra postar.
Akstrike
Akstrike
Treinador

Treinador

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Tielo em Seg Jun 17 2019, 13:15







Rota 101



Gastly quase dava de cara com seu treinador novamente, mas ele percebia ele em meio às plantas. Então, ela rapidamente vira-se e dá a volta surpreendendo-o com uma lambida que quase paralisa-o. Ela ri de maneira exagerada como querendo contar um ponto, afinal, mesmo quebrando um pouco os meios do treino, ela havia conseguido dar a volta na intenção dele. Ao invés de ser pega, conseguiu pegá-lo.

Embora não tivesse muito para onde ir, ela ficaria ali parada, esperando ele esconder-se novamente, para desviar de qualquer ataque corporal de seu dono.

Desculpa a demora, esse final de semana peguei uma gripe forte.

Progresso de rota!:
Progresso de Pokémon: Nenhum!

Ganhos de itens: Nenhum!

Pokémons capturados: Nenhum!

Perdas: Nenhuma!



Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Rota 101- Lorrigan Dthyl] Empty Re: [Rota 101- Lorrigan Dthyl]

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum