Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Building bridges

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir para baixo

Building bridges Empty Building bridges

Mensagem por Lix Sab Dez 12 2020, 19:42


Off:
Bom dia narrador/narradora. A ideia inicial aqui é participar do Swarm claro, mas tem duas coisas que eu queria aproveitar a rota pra explorar:

1. Eu tenho trabalhado o Thomas como um cara que realmente acha que não é um bom treinador, que até tem as vitórias dele, mas no geral ele atribui a outras coisas. Basicamente ele tem síndrome do impostor e tô querendo abordar mais isso a partir de agora.
2. Aproveitar pra trabalhar a relação dele com o Aron. Como tu pode ver ele tem uma personalidade meio depressiva, até porque a felicidade dele tá negativa. A ideia da rota é ao menos zerar ela (se der pra deixar positivo melhor) e evoluí-lo. Ele já tem até nível pra evoluir, mas seria interessante fazer isso em um momento maneiro da rota.

Enfim a introdução ficou longa e eu espero que não te assuste com o plot que eu queria abordar. Apesar de ter dito isso a rota é uma página em branco e tu pode usar o plot que tu preferir. Agradeço desde já pela tua parceria e espero que a gente se divirta.

Ah é, tô com Litwick de Flame Body no time, então a contagem de posts pro ovo chocar diminui pela metade. Eu vou fazendo o controle conforme for postando como é de praxe.

Phanpy Egg [31/40]

Ao descer em Lavender decidi que era melhor nem ficar muito tempo por ali, afinal toda pessoa que cresceu em Tohjo conhecia as histórias assustadoras envolvendo a cidade. Não queria ser logo eu a encontrar alguém tocando o tal "Lavender Song" e de uma hora para outra ficar maluco (ou algo do tipo). Assim deixei a cidade de lado e segui para onde realmente importava: Rota 10. Com uma Kanto e Johto recém-estruturadas era fácil imaginar que várias das rotas estariam mais tecnológicas ou algo assim, porém qual foi a minha surpresa quando encontrei um local em que era basicamente feito de várias pontes ligando pedaços de terra a outros. Na verdade tudo parecia bem rústico e talvez não tivesse sido construído do zero após as enchentes, provavelmente apenas alguns trechos haviam sido modificados.

Olhei para o horizonte e a única coisa à minha frente eram quilômetros e quilômetros de caminhada, acima da minha cabeça o sol batia à pino e eu já imaginava que teria que encarar um dia cheio. Na verdade ao ver tudo que teria que caminhar me toquei que talvez eu nem devesse estar ali. Sério, pra quê procurar mais Pokémon? Eu já tinha monstrinhos o suficiente para deixar o Professor Elm ocupado por dias e a rotação do meu time estava começando a ficar complicada. Certos deles eu não conseguia ver quase nunca, o que deixava muitos deles quase inutilizados. E pra que isso contribuía? Bem, além de fazer com que eu tivesse um time relativamente fraco - afinal não podia focar em apenas alguns deles - a relação com alguns membros do meu time era complicada. O caso de Aron, ou melhor dizendo Alfredo, era um desses. Capturado no Valley of Steel, o monstrinho nunca havia conseguido se encaixar no time direito. Professor Elm me contara que enquanto o resto dos Pokémon brincava no laboratório ele era um dos únicos que ficava de lado, quase sempre sem interagir com ninguém e comendo muito pouco.

Voltei meus olhos para a saída de Lavender e pensei novamente se devia voltar ou não. Sentia que talvez fosse um desperdício do meu tempo fazer aquilo, afinal eu já não era um treinador muito bom e ainda tava indo buscar mais sarna pra me coçar. Na verdade na maior parte do tempo eu sentia que era um treinador dos bem ruins mesmos, pois até já havia ido bem em alguns campeonatos, mas quase sempre era porque tinha parceiros fortes comigo como no caso do Battle Tower. Me virei para sair da rota e todas as Pokébolas caíram do bolso, quase como me dando um alerta, porém o que me chamava a atenção mesmo era a Pokébola de Alfredo. Eu nem havia me tocado que quando fiz a transferência de time ele estaria comigo, então quem sabe aquela seria a melhor hora para utilizá-lo? Talvez tentar aumentar meu laço com ele e fazer umas batalhas pra treiná-lo fosse uma boa ideia, ao invés de voltar para o Centro Pokémon e procrastinar assistindo uma série de TV ruim.

Juntei todas as esferas do chão, guardando-as no bolso, mas deixando especificamente a de Aron na minha mão. Era uma Great Ball, o que não significava nada, mas normalmente Pokémon capturados nesse tipo de esfera eram conhecidos por não serem pouca coisa. Liberei o monstrinho em campo, que na verdade não parecia entender bem o que estava fazendo ali e me olhava curioso com a situação.

- Então Alfredo, te trouxe aqui pra gente aproveitar esse dia. Professor Elm me disse que você parecia meio abatido no laboratório e eu logo pensei em deixar você livre um pouco. Vamos fazer uma viagem curta que tal? Assim nos andamos, batalhamos, podemos até comer uma coisa no meio do caminho. O que me diz?

O rochoso me olhou profundamente com aqueles olhos azuis, claramente tentando entender minhas palavras. Aron ficava parado uns dois minutos ainda me observando, mesmo que eu já tivesse falado tudo, e aí... ele sentava no chão.

É, aquele seria um longo dia mesmo.
Lix
Lix
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por Ayzen Dom Dez 13 2020, 22:22

Building bridges Xp63rMd
Aconteceu alguma coisa!
Um Delibird de Natal passa em sua rota e te presenteia com 03 Building bridges Exp.candym Exp. Candy M em nome da Confederação da Liga Pokémon!
Ayzen
Ayzen
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por RafaelLuck Seg Dez 14 2020, 15:27

Off de introdução:
É um prazer narrar sua rota e creio que teremos um ótimo aproveito e quiçá uma ótima superação do trauma de Aron. O plot vai encaixar perfeitamente com o que você pediu na introdução e quaisquer dúvidas ou situações imprevistas que surjam, fique a vontade para conversarmos e resolvermos. Um ótima rota para nós e espero que goste do que tenho planejado Smile.

Thomas conhecia bem os rumores e o que esperar em Lavander. Mesmo a cidade tendo sido reconstruída recentemente, o espirito de daqueles que a buscavam permanecia similar ao que outrora fora. Escapou com sucesso da música de introdução clássica e macabra da cidade e para sua não tão grande surpresa, pouco havia mudado. Em essência, a cidade continuava a mesma de sempre, mas um problema em suas redondezas poderia mudar drasticamente a calmaria rotineira de seus habitantes.

Thomas tinha um ótimo questionando em mente enquanto seus pés pagavam o preço da caminhada: ele realmente precisava de mais pokémons? Um questionamento muito válido e precioso. Não valia mais a pena ele cuidar bem dos que já tinham para que juntos atingissem seu potencial máximo ao invés de continuar a capturar mais e mais camaradas? Somado a isso tudo, um dos seus camaradinhas estava pagando silenciosamente o preço de ser um entre muitos.

Como um golpe de sorte do destino, um "acidente" aconteceu trazendo a consciência do treinador a tona, precisava passar mais tempo com seu amigo e companheiro se quisesse chegar na raiz do problema para descobrir como Alfredo realmente estava se sentindo. Liberando o pokémon metálico a primeira interação em eras finalmente era vinha a acontecer.

Alfredo olhou para seu treinador e o pesar era evidente em seus olhos safíricos. Ele não sabia se era especial ou se tinha uma função real para cumprir dentro da equipe de Thomas, mas sentia a falta de seu treinador. No fundo todo pokémon capturado sente né? Desejam estar sempre juntos daquele que os capturou e viver grandes aventuras, quem sabe até evoluir um dia? Infelizmente, nem todos os treinadores acabam conseguindo ter tempo ou a disposição para poder cuidar com o mesmo carinho de todos e essa situação, até que comum, precisava do alerta dos professores pokémons para ser revertida. Felizmente para Alfredo, havia tempo de mudar sua situação.

Passados os dois minutos, o quadrúpede metálico levanto e foi até Thomas. Ele apoiou sua cabeça nos pés do dono e deitou. Ficou ali quietinho aproveitando o calor que um corpo humano poderia emitir. O silêncio da cena se fez presente e Thomas sabia: aquele pokémon estava muito cansado de fica sozinho. Cansado demais para agir naquele momento. Ele precisava de uma demonstração de seu dono que ele ainda era importante.

Off fo chororo:
Abraça ele Thomas, por favor TT.

Progresso:

Exp:

Capturas:

Itens:

- 03 exp candy M adicionados pelo Delibird ;

RafaelLuck
RafaelLuck
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por Lix Qua Dez 16 2020, 13:43

Off:
O prazer é meu Rafael, até o momento já gostei bastante do que você propôs. Ansioso pra ver o desenrolar de tudo kkkk.
E pode deixar que eu vou abraçar ele sim.

Phanpy Egg [33/40]

Passado o momento em que o Delibird me encheu de doces (é válido lembrar que volta e meia eles fazem isso) me foquei novamente em Alfredo. O metálico enfim se levantava de seu descanso eterno (ok, foram dois minutos, mas pareceu bastante tempo), se aproximava de mim e deitava no meu pé. Apesar do peso o Pokémon era extremamente delicado ao fazer isso e não me causava dor alguma, claro eu não conseguiria me mexer porque Arons tem 50kgs, mas o que acabava me deixando abalado mesmo era o fato de que ele era realmente um Pokémon carente.

Alfredo fechava os olhos e apenas curtia o momento, admito que ver aquela cena me deixou com um aperto no coração. Era óbvio que por vezes eu me esquecia de alguns dos meus monstrinho no sistema de Storage, mas vendo o metálico deitado ali me decidia que era hora de focar mais em que Pokémon eu treinaria a partir de agora.

Me abaixei para ficar na altura de Aron e fiz um cafuné por trás de sua máscara de metal, em seguida abracei o do jeito que consegui.

- Desculpa por ter te deixado tão sozinho, mas vamos aproveitar o dia então. Sei que a gente nem se conhece tão bem, mas acho que essa é a hora.

Então esperei o monstrinho se levantar, afinal era o peso de um bujão de gás em cima do meu pé. Eu não conseguiria sair dali nem se eu quisesse.
Lix
Lix
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por RafaelLuck Qua Dez 16 2020, 15:17

Dois minutos podem ser uma eternidade para aqueles que estão esperando por algo. Com um cafuné carinhoso e um abraço, Thomas sentiu algo muito mais pesado que o solitário aron em seus pés sair de suas costas. Focar nas necessidades de seu quadrupede metálico era um bom começo de valorizar Alfredo. Os profundos e tenros olhos azuis seguiam fechados, mas sua mente eternizava aquele momento em sua lembrança passando por dentro de sua armadura metálica e rigida até chegar em seu pequeno coraçãozinho. Ele estava sendo amado e Thomas o enxergava novamente. O Butizãozinho Alfredo levantou e fitou seu treinador. O que ele tinha em mente para aquele dia a dois?

Talvez Wilkerson não lembrasse disso, mas havia um local secreto na rota 10 que era famoso por suas massagens. Seu principal slogan trazia uma mensagem coerente com os mitos de lavander. Venham experimentar! Vocês irão sentir como se um gengar tivesse saído de sua sombra!

Ele poderia buscar por algum treinador disposto a batalhar também, haviam muitos procurando pelas raras espécies que fugiram do carregamento de Sienna. Haviam frutas capazes de aumentar a alegria de Alfredo em meio a mata também, mas sem orientação alguma de como ou onde encontra-las, talvez fosse um tiro no escuro.

Afinal, qual era o plano de Thomas para reconquistar o coração de Alfredo?

Progresso:

Exp:

Capturas:

Itens:

- 03 exp candy M adicionados pelo Delibird ;

RafaelLuck
RafaelLuck
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por Lix Qua Dez 16 2020, 15:49

Off:
Vou ensinar o golpe Sandstorm pro Aron usando o TR que eu tenho (vai ser no lugar de Protect), gostaria que tu aproveitasse o momento e tirasse o "em treinamento" do EQuake. Daí adiciona nas particularidades um "Golpes aprendidos por TM/TR:" e coloca os dois, pfvr?
Phanpy Egg [35/40]

Ver que Aron começava a interagir mais me deixava feliz, afinal assistir o crescimento de um Pokémon sempre era algo ótimo. Era como se um peso real saísse das minhas costas. Alfredo levantava e ficava me observando com seus olhos azuis arregalados, bom parecia que o Pokémon entendera e topara minha proposta de diversão. Havia apenas que decidir para onde ir agora e o que fazer naquele dia ensolarado. De acordo com o narrador haviam várias possibilidades para deixar o metálico mais feliz, mas ei isso é um RPG e eu não conhecia nenhuma delas. Na verdade eram todas boas ideias, mas por que não aproveitar para se divertir do modo que os treinadores fazem?

- Certo, vamos começar te deixando mais forte.

Me agachei em um joelho apenas e retirei a mochila das minhas costas, passando para frente do meu corpo. De dentro dela pude retirar um item que havia comprado especialmente para o metálico usar: o TR Sandstorm. Peguei a Pokédex do bolso traseiro da minha calça e coloquei o disco nela.

- Esse movimento vai ser bem útil pra você. Fique paradinho que você já vai aprendê-lo tá bem?

Após o golpe ser aprendido me levantei e fitei a rota à frente. Era um caminho longo, mas eu já havia andado por lugares mais inóspitos, aquilo seria molezinha.

- Tá bem, vamos seguir em frente. Dizem que alguns Pokémon escaparam e estamos aqui para encontrar eles. Talvez eles queiram uma batalha com a gente e daí podemos treinar seu novo golpe. Pode ser que encontremos treinadores também, tudo vai depender da nossa sorte.

Após isso segui em frente, esperando ser acompanhado pelo Pokémon
Lix
Lix
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por RafaelLuck Qua Dez 16 2020, 17:13

Off:
Coloco Sim, sem problemas, Ao ler essa mensagem provavelmente já estará colocado hehe.

Alfredo ficou curioso com o que havia dentro da bolsa e quando Thomas puxou o TR e se aconchegou com seu Alfredo, ele se sentiu acolhido.

"Um Tr! Só para mim? Nossa eu nunca imaginei que um dia teria um TR só para mim! Vou me dedicar a aprender essa técnica pelo Thomas!"

Era isso que se passou na mente de Alfredo. No fundo ele estava contente, só precisava de um empurrãozinho para ficar mais feliz.

Ao ouvir a menção de batalhas os olhos azuis se perderam no infinito mais uma vez.

"Batalhar...ficar mais forte...quem sabe eu consiga? Thom estava pensando em mim esse tempo todo?

Um misto de sentimentos ainda vagava pelo coração de Alfredo. Ele levantou e seguiu seu treinador aproveitando todas as vitaminas que o som trazia para seu corpo rochoso e metálico. Não demoraram muito para encontrar um treinador. O lugar estava socado deles e ao ver Alfredo o gurizote peguntou para Thomas.

- Caraca meu! Um Aron! Parece bem durão. Ei quer batalhar com o meu Corphish? Somos novos por aqui e queria aproveitar que estamos pertinho do centro pokémon para treinar. Acho que pode ser bom para nós dois. O que acha?

Progresso:

Exp:

Capturas:

Itens:

- 03 exp candy M adicionados pelo Delibird ;
- -01 TR Sandstorm ;

RafaelLuck
RafaelLuck
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por Lix Qua Dez 16 2020, 18:09

Off:
Obrigado.
Phanpy Egg [37/40]

O metálico agora começava a dar sinais de mais interesse nas coisas, parecendo ter vontade até mesmo de aprender um novo movimento. Com um novo golpe aprendido e Aron pronto para encarar os rolês da rota 10 decidimos que era hora de pegar estrada (ou melhor, pontes).

Não demorou para encontrarmos os primeiros treinadores na rota, na verdade vários deles estavam ali. Entretanto, um em especial havia demonstrado bastante interesse em Alfredo e até mesmo sugeriu uma batalha contra seu Corphish.

- Uma batalha é? Pode ser sim.

Corphish era um Pokémon que eu conhecia bem, já havia tido uma que agora vivia feliz na fazenda de um colega de sociedade, Hayato. Sabia, entretanto, que era um espécime forte e não seria interessante subjugá-lo. Esperei que o treinador enviasse seu Pokémon e dei as primeiras ordens ao metálico.

- Alfredo comece com seu golpe recém-aprendido, use Sandstorm. - Trazer uma tempestade de areia para uma batalha tinha um motivo bem específico. Quando aquele tipo de condição climática era invocado em campo os Pokémon do tipo rocha tinham um aumento de 50% em sua defesa especial. O que ajudaria a me defender dos prováveis golpes que meu adversário ordenaria para sua lagosta. - Em seguida ataque com força total. Head Smash! - O golpe do tipo rocha era parte essencial daquela luta, pois além de seu poder ofensivo naturalmente alto, o stab também haveria de beneficiar aquela luta. Além disso a habilidade de Alfredo, Rock Head, impediria o dano recoil de acontecer, dando ao Pokémon apenas a parte boa do golpe.
Lix
Lix
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por RafaelLuck Qua Dez 16 2020, 19:38

Tudo estava devidamente combinado com os treinadores, agora tinham que ver se os pokémons estavam de acordo.

- Sai Corphish!

O caranguejo saiu levantando sua pata.

- Cumprimente seu adversário dessa vez!

Ele fez um simpático gesto de balançar a patinha para a esquerda e depois para a direita.

Alfredo mais uma vez encarrou Thomas com seus orbes anis e depois olhou para o desafio a sua frente.

"Thom conta comigo. Eu vou conseguir!"

- Corphish! Use sua sequência de Bubblebeam!

Turno 01

Corphish era um pouco mais ágil (5 de diferença) e por conta disso ele tinha a iniciativa. O primeiro jato pegou com tudo em Alfredo (-19 de HP). Ele sacudiu seu corpo espalhando a água para longe usou a técnica. A sua técnica especialmente escolhida a dedo. Uma tempestade de areia se formou ao redor da ponte balançando Corphish e seu dono.

Turno 02

Tendo que ajustar sua mira, um segundo jato de bolhas foi disparado e infelizmente...acertou Alfredo (-13 de HP). Chegou a hora de revidar. Nosso pokémon protagonista da rota pegou velocidade com suas quatro patinhas e avançou com uma cabeçada muito poderosa em seu adversário que o arremessou violentamente para trás (-25 de Hp). O turbilhão de areia atrapalhou a visão de todos além tirando Alfredo, mas agora ele tinha uma vantagem.

A tempestade de areia foi nociva com o caranguejo e causou prejuízo para ele (-3 de hp) ao final da rodada. A luta poderia ser definida com o próximo ataque de Alfredo, mas chegou ao ponto os cada mínimo detalhe faria diferença no resultado final.


corphish:
~x~
Hold Item:
~x~
Trait:
Hyper cutter

lv22 corphish


23/51
Building bridges Corphish
Building bridges Aron
lv22 Alfredo


28/54
Trait:
Rock Head
Hold Item:
~x~
Alfredo:
~x~

Campo: Sob uma ponte na rota 10 e com uma tempestade de areia funcionando por 5 turnos. 2/5

Progresso:

Exp:

Capturas:

Itens:

- 03 exp candy M adicionados pelo Delibird ;
- -01 TR Sandstorm ;

RafaelLuck
RafaelLuck
Ace Trainer III

Ace Trainer III

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por Lix Sab Dez 19 2020, 12:49

Off:
Phanpy Egg [39/40]

O que aquele Corphish tinha de simpático ele também tinha de safado. O treinador com quem eu batalhava abusava da efetividade de tipo que levava contra meu Pokémon e ordenava que o lagostim usasse vários golpes aquáticos seguidos, deixando Alfredo em maus lençóis. Por sorte Aron também era osso duro de roer e o golpe recém-aprendido por ele, Head Smash, era poderoso o suficiente para quase derrotar o adversário em um só hit.

Após a primeira rodada era hora da verdade, pois a julgar pela aparência dos monstrinhos os dois estavam quase igualmente cansados. O metálico entretanto era mais lento e talvez não conseguisse aguentar aos golpes seguidos do aquático.

- Alfredo resista aos ataques dele e use mais um Head Smash certeiro. Se o primeiro não funcionar tente atacar novamente com Head Smash. Eu acredito em você garoto!

A dose certa de incentivo talvez fosse o que meu parceiro precisava para ganhar, se Alfredo necessitava de um empurrãozinho eu daria isso a ele.

Enquanto batalhava tentei puxar assunto com o outro treinador, já que algo havia me chamado atenção quando reparei nele pela primeira vez.

- Desculpa perguntar assim do nada, mas o que tu veio fazer na rota 10?
Lix
Lix
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
Building bridges Left_bar_bleue0 / 100 / 10Building bridges Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Building bridges Empty Re: Building bridges

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Ir para o topo Ir para baixo

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos