Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

A Rainbow-Crossed Gensokyo

Ir para baixo

A Rainbow-Crossed Gensokyo Empty A Rainbow-Crossed Gensokyo

Mensagem por Ayumi Dom Jun 20 2021, 22:50

Off:


Bem… será que esse é um bom momento para desistir? Acho que já está meio tarde, né…? Mas juro que no começo pareceu uma ótima ideia. Digo, eu tinha prometido a Lari que a levaria para sair, e não estava achando muitas opções de lugares em Verdanturf… já estava quase perdendo as esperanças quando vi alguns folhetos sobre a Battle Pyramid. Aparentemente, algum treinador bem poderoso estava nos dando a chance de explorar uma pirâmide voadora, repleta de provações e com um boss gigante no final. Embora em Lilycove eu tenha tido minha cota de Pokémons gigantes, todo o resto pareceu incrível. Lembrava-me dos livros que eu lia quando mais nova, como A Batalha do Labirinto e tantos outros… Eram sempre aventuras fantásticas, que eu sonhava tanto em experimentar um dia! Com certeza não tem lugar melhor para levar uma menina em um encontro, não é?

Pelo menos, era isso o que eu estava pensando até ver a dita pirâmide. O lugar era ainda mais imponente do que a propaganda fez parecer, e admito que a minha coragem para subir lá em cima declinou um tanto. No entanto, como eu poderia voltar atrás, depois de ter convidado Lariel até ali…? A última coisa que eu queria era fazer papel de covarde na frente dela… Por isso, mesmo com o pulso acelerado, fiz meu melhor para colocar um sorriso tranquilo no rosto enquanto esperava pela loira. Resisti à tentação de liberar Sapphire para me fazer companhia - ora, quem não se sentiria mais confiante com um Venusaur de 90kg do seu lado? -, e apenas fiquei mexendo no meu Rotomphone, respondendo a uma ou outra mensagem para pelo menos fingir que eu não estava quase surtando ali.

Não sei se fui convincente, espero que sim. Todavia, todo o meu esforço para manter a compostura quase foi por água abaixo no momento em que uma figura bem familiar entrou na minha vista. Os cabelos loiros talvez não fossem uma marca registrada por si só, mas o chapéu que trazia sobre eles dava às já belas mechas um charme que eu reconheceria de longe. Mesmo antes de eu poder fitar seu rosto, já estava bem claro de quem se tratava… e, bem, posso dizer que essa certeza não ajudou muito a minha tentativa de me acalmar. Na verdade, desde a visita que fiz à casa de Lariel, a última coisa que eu me sentia perto dela era calma. Porém, não de um jeito ruim… em meio ao caos de sensações e ao nervosismo que a menina me dava, havia algo estranhamente reconfortante. Algo que fez meu medo do desafio à frente diminuir.

- E-ei, Lari! Aqui! - Amaldiçoando-me mentalmente por ter gaguejado, acenei para a menina, depois caminhei até perto dela e recebi-a com um abraço, talvez um tanto desajeitado, mas não demais. - Obrigada por ter aceitado, espero que se divirta! Ela é bem grande, né? - Dei um passo ao lado para que a loira pudesse contemplar melhor a pirâmide. Parte de mim torcia para que ela ficasse tão fascinada com a construção quanto eu, talvez abrisse um sorriso, ou qualquer coisa que me fizesse ter certeza de que escolhi o lugar certo. - Estou levando os nenéns que você me deu também, acho que eles vão gostar do passeio. E eu tenho uma ótima babá aqui, então pode ter certeza de que ficarão seguros!

Apontei para um dócil fantasminha que vinha escondido atrás de mim. Eu realmente não entendo porque Sapphire é tão desconfiado com Atsui, ele é tão bonzinho! Até sorriu e acenou pra Lari, mais educado, impossível. Enfim... tínhamos que entrar, e descobrir sabe-se lá o que nos esperava lá dentro. Naquele momento, meu temor ameaçou voltar, e por reflexo segurei a mão de Lariel enquanto caminhávamos.

- Ei, Lari… é mesmo muito bom te ver de novo. O que está achando de ter vindo aqui? Eu passei um tempão pensando em onde deveria te trazer pra passear, mas… mas esse lugar foi o único que me pareceu, bem… marcante o suficiente. - Fui perdendo a coragem na metade da fala, mas forcei-me a terminar. Quando a loira me chamou para sair, deu-me momentos realmente inesquecíveis. Mesmo essa sendo uma situação diferente, eu queria fazer o mesmo por ela. E, bem… espero que consiga. Pelo menos se eu puder conhecê-la melhor e me divertir ao lado dela, então toda essa loucura de explorar pirâmides voadores com certeza terá valido muito a pena.


Última edição por Hanakko em Seg Jun 21 2021, 00:38, editado 2 vez(es)
Ayumi
Ayumi
Treinadora

Treinadora

Alertas :
A Rainbow-Crossed Gensokyo Left_bar_bleue0 / 100 / 10A Rainbow-Crossed Gensokyo Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

A Rainbow-Crossed Gensokyo Empty Re: A Rainbow-Crossed Gensokyo

Mensagem por LauraLostLove Dom Jun 20 2021, 23:47

OFF escreveu:OI NARRADOR! FAÇO AS PALAVRAS DA HANAKKO2 AS MINHAS

Pirâmide Emotiva



I – Odd Date


Querido diário, hoje é dia “Z” do ano “202X”... Hoje, uma menina que é minha... Amiga... Acabou me convidando para um encontro, porém seria de algo completamente diferente do normal, que haveria muita batalha e exploração e seria uma experiência imperdível... Obviamente, eu já estava bem informada sobre o evento, esse se chamando a Battle Pyramid... Para ser bem sincera, eu até tinha vontade, porém não tinha alguém para me acompanhar, sem falar que sozinha é meio que um saco?... Agora, se tem uma coisa que eu não esperei, foi que >Yoshiro<, a morena meiga e tímida, teria interesse em me levar para um lugar barbárico como esse... Interessante! Claro, ela sempre me olha de jeito engraçado, provavelmente escolheu esse lugar pensando se seria um ambiente do meu agrado... Embora ela não esteja completamente errada, não sei se uma pirâmide gigante é o lugar mais romântico para se encontrar... De qualquer maneira, eu acho que pode até ser meio divertido. Ah, e eu não tenho diário, essas coisas são demoradas e chatas de escrever, fazer um resumo de como foi seu dia em um papel e fazer isso uma rotina... Não é o meu tipo.

De qualquer maneira, agora era hora de eu me preparar, fisicamente com uma série de alongamentos, e mentalmente com um banho frio na cara, despertando todos os meus sensos para a situação na qual eu me encontro... Um encontro com uma menina bem fofa, uma série de batalhas... Pensando bem, nós conseguimos até que ficar bem próximas com o decorrer dos dias, eu também quero dar uma surpresa a ela, e meus queridinhos deixaram claro o que é... Nada de estranho uma treinadora elétrica pedir uma Thunderstone, porém ela vai ver bem para onde essa gema se foi... Continuando, eu enfim aproximei-me da área de onde a garota meiga marcou nosso encontro e, olhando bem, lá está a mesma menina que esbarrou na minha vida (ou melhor dizendo, eu que esbarrei na dela, quase literalmente). Seu cabelo está sedoso, esse é o cheiro do perfume dela? Nope, é o meu~. Eu estou bem animada, vendo-a agora, lembrando dos momentos que passei com ela e das lembranças que quero formar com ela hoje...

- Heyooo! – Eu grito, a cada passo encurtando a distância entre nós duas, trazendo meu mundo para o dela, um de animação e vivência. A minha “senpai” (quase que vomito internamente pensando isso) certamente parece encabulada em me ver, será se meus charmes naturais e o creme caro que eu comprei foram o bastante para capturar a alma dessa pobre coitada? Enfim, ela é divertida, fazendo uma pergunta dessas é tipo perguntar se a grama é verde. - Hehe, bem... Só não é tão grande quanto esse traseiro~ – E.eh... Eu disse! Isso! Uhuuu! Vai eu! Err... Certo, chega disso, que vergonha de mim mesma por dizer isso... Mas, se for a Yoshiro, não tem problema, né? ...

Por fim, a treinadora retentora do trio elemental me apresenta a um companheiro dela que eu já tinha visto antes na selva de Kanto: Litwick, é esse o nome da espécie desse camarada, não é mesmo? Claro, essa coisinha é um fantasma, e o seu sorriso fantasmagórico fala tudo sobre ele... De dar calafrios mesmo... Porém Yoshiro não parece se incomodar nem um pouco, talvez ela tenha um lado bem macabro também. Como sinal de ousadia e, acima de tudo, comprometimento, eu sinto uma sensação terna e morna conectar com minha mão, nada menos que o próprio membro superior da tímida, os cabelos negros da menina carregando uma pessoa cheia de amor e carinho a dar e receber.

- A. Ah... Também estou muito feliz de te ver de novo... – Droga, agora quem está gaguejando sou eu... Um sucinto lembrete de nossas experiências passadas agora inundando minha cabeça. - Para ser bem sincera, esse lugar foi inesperado vindo de ti, não sabia que isso era algo que você gostava. Eu mesma nunca entrei em um desses edifícios fantásticos antes, todavia é uma primeira vez para tudo... E... Se for contigo... Sei que vai ser especial – Aperto a mão que está me segurando de volta, será se eu fui muito cafona? Que seja, eu me sinto confortável desse jeito com ela... Estando na entrada da grande pirâmide, é nova vez de explorar esse complexo e sair com um mundo de memórias dele...
LauraLostLove
LauraLostLove
Treinadora

Treinadora

Alertas :
A Rainbow-Crossed Gensokyo Left_bar_bleue0 / 100 / 10A Rainbow-Crossed Gensokyo Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

A Rainbow-Crossed Gensokyo Empty Re: A Rainbow-Crossed Gensokyo

Mensagem por Gaulvists Seg Jun 21 2021, 11:25

Off:

Dia com um belo sol, poucas nuvens no céu e uma temperatura de 31 graus que deixavam um dia perfeito para tomar aquele sorvete na casquinha e diante desse belo dia duas jovens se encontravam no local onde poderia participar do evento da pirâmide..., um evento que já conquistavam todo mundo e que estavam passado direto na televisão e nos canais pagos onde você podia assinar por apenas 40pk$ para assistir 24 horas tudo que acontecia ali no evento.
Diante de tantos lugares para realizar um encontro nesse dia tão belo a jovem Yoshiro acaba marcado com Lariel participar desse evento e que lhe fazia ficar surpresa com a escolha.

- Venha participar desse grande evento e descobrir os mistérios dessa pirâmide e é só entra pela porta da frente.

Falavam um dos organizadores enquanto aportavam para uma porta que ficavam a uns 3 metros do chão e que tinha que subir uma escadaria para chegar nela.

_________________
Hora da ação:


A Rainbow-Crossed Gensokyo YDk70nf

A Rainbow-Crossed Gensokyo B446mbV
Gaulvists
Gaulvists
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
A Rainbow-Crossed Gensokyo Left_bar_bleue0 / 100 / 10A Rainbow-Crossed Gensokyo Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

A Rainbow-Crossed Gensokyo Empty Re: A Rainbow-Crossed Gensokyo

Mensagem por Ayumi Seg Jun 21 2021, 22:19

Off:



Eu queria poder dizer que levei a brincadeira de Lariel na esportiva. Também queria poder dizer que eu definitivamente não andei até o início da escada com o rosto mais vermelho que um Corphish, ou que fui incapaz de pensar em uma resposta à altura… Mas as coisas nem sempre acontecem como queremos, não é? E a verdade é que as palavras dela me pegaram tão desprevenida que, se eu estivesse andando, provavelmente teria tropeçado nas minhas próprias pernas ali. Ok, Yoshiro, se acalme… foi só uma brincadeira. Zero necessidade de ficar tão sem jeito por isso…

- Ei, deixe de ser boba! - Dei um tapinha de brincadeira sobre o chapéu, rindo pra disfarçar a vergonha que sentia. Não sei como a loira conseguiu dizer algo assim com tanta naturalidade, porém esse jeito espontâneo é bem divertido. Mais que isso - é algo que admiro nela. A coragem de dizer exatamente o que quer, sem temer ter o peso de qualquer olhar ou julgamento… essa é uma virtude tão presente em Lariel, mas que estou longe de possuir. Mesmo assim, se for com ela… acho que posso ficar mais à vontade. - E, de qualquer modo… não é como se o seu ficasse pra trás…

Cada palavra parecia sugar toda a coragem que tanto tentei reunir, e no fim só me restava um fiapo de voz que eu nem sabia se era audível ou não. Tive que lutar contra a vontade de baixar a cabeça, e por impulso comecei a olhar ao redor em busca de qualquer coisa que me livrasse daquela situação embaraçosa. Ora, nós estamos no meio de um dia ensolarado, em frente a um dos eventos mais famosos de Hoenn na atualidade… não seria surpresa nenhuma achar um carrinho de sorvete ali perto, não é? Qualquer um iria querer sorvete numa manhã como essa… e ainda era um ótimo jeito de desviar o foco da minha resposta mal dada.

- Desculpe, pode me dar licença, rapidinho? - Com um sorriso ainda meio constrangido, soltei a mão de Lariel e andei até o primeiro carrinho de sorvete que meus olhos encontraram. Peguei um de Pecha Berry para mim e um de Passho, pois vagamente me lembrava da loira dizendo que era seu sabor favorito. Claro, eu tinha trazido um pouco de dinheiro comigo… Não se vai em um encontro de mãos vazias, não é? Nem quando ele é em uma pirâmide voadora gigante. Enfim, com tudo pago, voltei apressada para perto de Lari e ofereci-lhe uma das casquinhas. - Aqui… está meio quente hoje, né? Achei que iria gostar de um sorvete. Acertei no sabor?

Tomara que sim… eu realmente queria dar um dia especial para ela. E, ao passo que as palavras da loira acalentaram-me o coração, também aumentaram meu desejo de estar à altura das expectativas dela. Afinal, eu não tenho a menor ideia do que uma menina tão bonita e divertida poderia ter visto em mim, dentre tantas pessoas… mas quero mostrá-la que fez bem em aceitar o convite.

Mais ou menos nesse momento, ouvimos um dos organizadores exclamar um convite. O homem apontava para uma escada bem comprida, talvez um tanto mais comprida do que eu gostaria. Espere… nós vamos mesmo ter que subir isso tudo!? Como pode uma pirâmide ter tecnologia suficiente para voar, mas não para ter um elevador?

- Eu não sou a maior fã de batalhas, mas um labirinto parece bem divertido, hehe. Só não sabia que teria uma escada desse tamanho pra gente subir… eu tô quase sentindo saudade de poder andar em uma Pokébola. - Brinquei, apontando para o topo da escada. Não que meu condicionamento físico já tenha sido exemplar, mas depois de alguns meses presa no corpo de um Mudkip, às vezes eu esquecia de como colocar pé ante pé sem tropeçar. E subir três lances de escadaria realmente não estava na minha lista de afazeres do dia… - Acho que é melhor irmos logo, né…? - Com a mão livre, outra vez enlacei a da loira na minha, acompanhando-a até os degraus. Acho que não preciso ter medo de cair, com ela por perto… e é bem mais confortável andar tendo-a ao meu lado assim.
Ayumi
Ayumi
Treinadora

Treinadora

Alertas :
A Rainbow-Crossed Gensokyo Left_bar_bleue0 / 100 / 10A Rainbow-Crossed Gensokyo Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

A Rainbow-Crossed Gensokyo Empty Re: A Rainbow-Crossed Gensokyo

Mensagem por LauraLostLove Qua Ago 11 2021, 00:17


Pirâmide Emotiva



II – Passion


Impossível dizer que consegui segurar um sorriso muito bem estabanado quando percebi a reação previsível, mas adorável, da jovem Yoshiro. A garota realmente não parece acostumada com um linguajar... Como posso dizer... Direto? Diria que minhas falas, ao menos com a morena branca como a neve, são bem sinceras, e isso é muito vindo de mim. O meu sorriso sem-vergonha apenas aumentou quando percebi o quão fofa ela parecia naquele momento, se não um tantinho nostálgico: recordando um tempo onde eu não era tão diferente da menina diante de mim. Todavia, a ideia de tempo é que, ao decorrer de semanas, meses e anos, a pessoa se desenvolva. Seria minha atitude tão abrasiva uma evolução? Não posso afirmar, no máximo uma adaptação para o estilo de vida no qual tomei, um rumo muito mais... Simples? Ou ao menos, despreocupado. Onde eu estava mesmo?

- Haha! Brincadeira, brincadeira. – A ação subsequente do contato físico é de molengar o coração, com os braços não tão longos esforçando para botar senso nessa minha cabeça oca, hehe... Nesse gesto, pude notar o aroma que emanava do braço da garota, estando nem mesmo um metro de distância da minha face... Perfume? O cheiro é doce, sequer relaxante, facilmente poderia passar despercebido como um dos vários odores emanados pela flora bela que marca diversos pontos da cidade, especialmente perto da floricultura daqui... Esse suave toque no meu olfato é apaziguador até, realmente me deixa feliz pela Yoshiro ter feito diversos esforços ao sair em um encontro comigo... Diz, ela falou algo depois disso? Acho que acabei me perdendo demais nos pensamentos.

Enfim, a brincadeira certamente colocou a garota fora de eixo, seu objetivo principal agora sendo explorar um pouco mais a cidade do que, bem... Olhar para mim. Engolindo um pouco de inveja, acabou sendo impossível não sentir um tantinho de ciúmes por esse ambiente urbano ser um ponto de interesse maior do que euzinha! Claro, exageros à parte, parece claro que a ex-anfíbia estava a busca de algo, no qual eu com todo prazer iria ajudar. No entanto, antes que eu pudesse agitar minhas cordas vocais, a Yoshiro foge como o vento, correndo para longe de mim como se eu fosse uma maluca a solta (quem sou eu para negar?). Ou ao menos foi assim que eu percebi os eventos, sendo que olhando com mais cuidado pude perceber que ela apenas andou para um sorveteiro não muito distante. Agora que percebo, o sol de fato estava forte, assim como ele sempre foi, é claro; Hoenn nunca pega leve quando o assunto é clima... Não é como se tivéssemos muita escolha, afinal. Pois a atração gigante diante de nosso olhos não ficava por muito tempo, então o horário mais oportuno acabou sendo diante desse banho de sol. Eu acabo não me incomodando tanto com isso graças ao meu chapéu de sol deveras amado, protegendo minha pele, porém minha querida acompanhante não possui essa mesma sorte –na verdade ela tá de cachecol, será se é uma boa ideia?- Talvez eu deveria emprestá-lo para essa pobre lascada, por cortesia (e pena), é claro.

Sem tardia, a moça volta com dois deleites gélidos, um com um tom rosado muito característico do Pecha; O outro, no entanto, tinha um toque amarelo tão reminiscente ao meu cabelo... Seria esse Passho?! Bem, ela já está fazendo o favor de me comprar sorvete, então quem sou eu para ficar pedindo, mas... Eu quero esse, eu quero esse, eu quero esse! Felizmente, minhas preces foram atendidas, água já transbordando da boca.

- Aww! Não precisava, sabe? Você é doce demais, Yozinha~ – Eu rapidamente pego o doce antes que coitada mude de ideia e não satisfaça minha gula, sentindo o gosto tão sereno que derrete ao entrar em contato com minha língua. Quando dou um momento para observar a garota Yoshiro, ela realmente parece satisfeita com o momento que estamos passando, apesar de não ter feito nem cinco minutos, provavelmente... Obviamente, quem sou eu para dizer que tal emoção não é recíproca? Enquanto eu me deliciava com o presente dado, a voz de um homem me chamava atenção para a escadaria que se erguia diante de nós... uma baita duma escadaria?! Essa pirâmide é de alta tecnologia, não podiam usar um elevador, telecinese, até abdução seria aceitável... Porém eu retrocedo, não me incomodo tanto na verdade. A menina ao meu lado, no entanto, não parecia nada contente com a proposta oferecida... Ter que subir tudo isso será uma dor, mas eu posso reconciliar.

- Você quer voar até lá, Yoshiro? – Eu inquiro, num tom semi-irônico; Eu POSSO emprestar meu Vikavolt para levar ela até lá, porém qual a graça nisso? - Ou se preferir, podemos ‘escalar’ esse desafio juntas, o que diz? – Seguido com uma breve piscadela, sinto que a proposta fora feita para a Yoshiro, bastava ver o que ela tem a dizer. De qualquer maneira, não obstante, eu teria de ser a sofrida que andaria a pé, então comecei a andar, certa de que Yoshiro acompanharia pelo menos para dar sua resposta.

- Vamos? – Eu olho para trás, sorrindo para a garota tão esbelta.
LauraLostLove
LauraLostLove
Treinadora

Treinadora

Alertas :
A Rainbow-Crossed Gensokyo Left_bar_bleue0 / 100 / 10A Rainbow-Crossed Gensokyo Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

A Rainbow-Crossed Gensokyo Empty Re: A Rainbow-Crossed Gensokyo

Mensagem por Gaulvists Qui Ago 12 2021, 13:22

Ambas as jovens começa aquela subida de uma escadaria que causavam um belo calafrio e que era responsável por fazer algumas pessoas desistir, mas as duas garotas vão seguido firme e forte até o topo onde depois de passar por uma grande porta uma forte luz toma conta.
Assim que ambas abre os olhos percebe que se encontravam em uma sala super climatizada e com uma mesa de frutas e suco bem geladinho para ser aproveitado. Na sala também possuía sofá super macios e algumas mesinhas com vaso de flores dado aquele toque especial e não demora para um rotom drone aparecer.

- Seja bem vindas ao evento BATTLE PYRAMID..., um local onde trazemos ao nossos participantes a oportunidade de se aventura em uma pirâmide antiga e viver grandes aventuras com vários desafios.

O rotom drone faz uma pequena pausa e então continua.

- Em breve será o momento de vocês entrarem, mas antes deixe mostra a vocês o mapa do local e por favor grave bem essa informação, pois não terão outra oportunidade de ver.

Então rotom drone emitir uma imagem projetada na parede do local revelado um mapa com vários caminhos.
A Rainbow-Crossed Gensokyo Labirinto-quadrado-redondo-cliparte-vetor_csp5436530

- Caso tenha alguma dúvida fique a vontade para perguntar.

_________________
Hora da ação:


A Rainbow-Crossed Gensokyo YDk70nf

A Rainbow-Crossed Gensokyo B446mbV
Gaulvists
Gaulvists
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
A Rainbow-Crossed Gensokyo Left_bar_bleue0 / 100 / 10A Rainbow-Crossed Gensokyo Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

A Rainbow-Crossed Gensokyo Empty Re: A Rainbow-Crossed Gensokyo

Mensagem por Ayumi Dom Ago 22 2021, 00:33

Vendo a reação da menina quando me aproximei com os sorvetes, não me restaram dúvidas de que eu tinha escolhido o sabor certo. Digo, acho que ela não estaria encarando o sorvete como se estivesse a um instante de avançar na minha mão se não gostasse dele, né? Sorri com um certo orgulho, e até pensei em oferecer pra ela o sorvete de Pecha só de brincadeira antes de dar-lhe o certo, mas o olhar da loira era tão digno de um Lillipup fofinho que não tive coragem. Entreguei-lhe o de Passho, vendo o seu sorriso se alargar em uma expressão que adorável. Senti meu rosto esquentar um pouco e logo desviei os olhos para que Lari não notasse, porém isso certamente não impediu Atsui de ver e dar umas risadinhas pelo meu embaraço.

- Você não tá ajudando… - Resmunguei baixo para o fantasma, o que só fez ele olhar-me inocente e rir mais um pouco. Ai ai, ele pode ser um bebê fofo, mas às vezes é um pestinha… só posso torcer para que ele não tente me botar em nenhuma situação constrangedora, não é? Deve ser por isso que ninguém traz crianças num encontro… Não que eu tivesse muita escolha: tinha comigo alguns ovos que precisavam de cuidados, e Atsui realmente é melhor nisso do que eu. Ele deve ter um talento nato para isso, sério, parece que os ovos até chocam mais rápido perto dele!

Espera, onde eu estava…? Lariel, sorvete, uma vela zombando da minha cara… ah sim, a escadaria. Juro, ela era enorme! Muito maior do que eu estava disposta a subir. E Lari com certeza notou a falta de vontade na minha voz, pois fez uma pergunta que de imediato me fez erguer a cabeça. Voar!? A gente pode mesmo? Se meu Hephaestus já tivesse evoluído para um Charizard, poderia nos dar uma carona. No entanto, desde quando Lariel tem um voador de grande porte pra nos carregar…? Não consigo pensar em muitas opções de Pokémons assim para uma treinadora elétrica. Digo, não é como se do nada ela fosse tirar um Zapdos do bolso… não é…?

Do jeito que a Lari gosta de surpreender, eu até tenho minhas dúvidas…

Ah, a história de irmos voando era só uma brincadeira? Faz mais sentido assim, eu acho. Balancei a cabeça para os lados, um pouco desiludida, todavia, isso mudou quando meus olhos outra vez se encontraram com os da loira. Com uma piscadela e um tom que conseguia ser tão desafiador quanto manso, fez-me outra proposta antes de começar a subir a escada, deixando-me com alguns instantes para pensar a respeito. Digo, na verdade eu não consegui pensar tanto assim nesse tempo… Alguma coisa no olhar dela sempre me desconcertava, embaralhando meus pensamentos com a mesma facilidade que o vento tem para rodopiar as folhas no outono. Seria muito difícil negar qualquer convite que Lariel me fizesse, principalmente quando um breve sorriso dela bastava para trazer-me um ao rosto também.

- “Escalar esse desafio juntas”, hum… - Repeti comigo mesma, baixo demais para ela ou até o enxerido do Atsui ouvirem. Sabe, de repente a escada não me parece mais tão ruim assim. Com a decisão tomada, precipitei-me sobre os degraus seguintes, segurando a mão da menina ao alcançá-la. - Vamos, sim. Eu que te trouxe até aqui, não seria nada cavalheiro lhe deixar subir isso tudo sozinha, não é? - Brinquei, com uma piscadela rápida para Lariel, porém tive a impressão de que isso soou bem pior em voz alta do que na minha cabeça. Esse tipo de comentário parece tão natural quando a Lari que faz...

A subida não foi nada fácil. Você já tentou tomar sorvete desviando de uma vela flutuante que pode facilmente derreter tudo se chegar muito perto? E pior, fazer isso enquanto sobe uma escada? Um conselho: não tente. Quando finalmente chegamos ao topo, eu só queria me jogar em cima do primeiro sofá que aparecesse, e graças a Arceus logo encontrei um.

- Na próxima a gente vem mesmo voando, tá…? - Tentei usar um tom brincalhão, contudo, minha voz saiu mais manhosa do que eu esperava e pareceu mais uma súplica do que uma brincadeira. Pelo canto do olho vi rapidamente onde estávamos: uma sala de recepção, além do sofá havia uma mesa com frutas e sucos que seriam muito convidativos se eu não estivesse cansada demais pra andar até eles. - Acho que perdi mesmo o costume nisso de andar feito humano… ter duas pernas a menos faz muita diferença.

Afastei-me um pouco, abrindo espaço no sofá para que Lari sentasse do outro lado se quisesse. Enquanto isso Atsui se divertia furtando um cacho de bananas e enfiando-o na minha bolsa, mas eu não tava com energia nem pra reclamar. Por sorte, não muito tempo se passou até que um tipo de Rotom viesse até nós, explicando-nos o evento e mostrando um mapa do labirinto que teríamos que explorar.

- Então, nós só temos que chegar nessa árvore aqui no centro, não é? - Parecia simples o bastante, pelo menos na teoria. Segurei a mão de Lariel com um pouco mais de firmeza e sorri para ela, como quem diz “pode ficar tranquila, a gente consegue”. Não que a loira precise da minha motivação, ela já é mais corajosa que eu… No entanto, eu realmente queria me certificar de que ela estaria bem com esse desafio. Afinal, o que eu mais quero nesse passeio é que ela se divirta… - Ok, eu estou pronta. E você, Larinha?
Ayumi
Ayumi
Treinadora

Treinadora

Alertas :
A Rainbow-Crossed Gensokyo Left_bar_bleue0 / 100 / 10A Rainbow-Crossed Gensokyo Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

A Rainbow-Crossed Gensokyo Empty Re: A Rainbow-Crossed Gensokyo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo

- Tópicos semelhantes

 
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos