Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Isirus em Seg 25 Fev - 23:57

Os dois parceiros voltaram novamente para rota 22, finalmente poderam enfrentar mais batalhas. Ficaram felizes pelo último combate que tiveram na rota á algumas horas atrás, mas tiveram que voltar para a cidade por causa do veneno que Buneary tinha dentro de si, ataque de Paras do Carlos que perceu a batalha e também foi para Viridian, mas não tiveram a sorte de se encontrar.

Isirus caminhvam tranquilamente com seu Bunery ao seu lado, saltetando e cantarolando, realmente a criaturinha estava muito feliz, o jovem adorou ver a alegria de seu pokémon, as cenas de seu parceiro se contorcendo de dor por causa do envenenamento eram horriveis, e ao ver o seu parceiro alegre, aquelas imagens desapareciam. Tudo tem a sua primeira vez, e está foi uma de Isirus.

- Eae Buneary como está? O que acha de mais batalhas e aventuras? - perguntava o treinador ao seu pokémon, caminhando ao mesmo tempo lado a lado. O pequeno acenou a cabeça confirmando e um alegre sorriso fez para o seu treinador, o espirito de luta do coelho tinha aumentado, podia se sentir isto, a ligação entre os dois eram muito grande e poderosa. - Legal! Então vamos perambular mais um pouco nesta rota! - dizia o garoto também feliz em ver a atitude do pokémon.

Aquele gramado e caminhos de terra, eram tudo o que viam nem mesmo a cidade podia se ver mais, tinha sumido da vista dos dois companheiros de viagem. Mas isto não o assustavam, e sim adoravam estarem em adrenalina e usar o extremo (o limite) de seus físicos e psicologicos. Quais aventuras os nossos jovens aventureiros iram achar?
Isirus
Isirus
Monotrainer - Normal

Monotrainer - Normal

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Orpheu em Ter 26 Fev - 8:11

Off: Serei seu narrador, espero que se divirta ^^






O jovem Mono-Trainer adentrava novamente para a rota vinte e dois (22) junto de seu companheiro inseparável que era Buneary. O jovem ainda se lembrava da batalha que havia acontecido ali à algumas horas atrás. A batalha contra o Paras.

Buneary salteava pelo vasto campo verde da rota alegre e sorridente, algo que com certeza deixava seu mestre feliz. Afinal era muito mais agradável e relaxante ver seu parceiro saltando alegre do que vê-lo sofrendo da agonia de ser envenenado enquanto ainda tem que batalhar.

O jovem Mono-Trainer já havia se afastado à uma distancia considerável da cidade. Agora era somente ele e seu Pokémon.

O Clima na rota estava algo realmente agradável, apesar de que em breve a noite chegaria. O Sol já estava a se pôr. Uma leve brisa arrastava consigo o doce e suave aroma das flores do local, enquanto a mesma brisa fazia as arvores de cor exuberante balançarem, como se estivessem dançando para o jovem.

Porém um pouco mais longe, em direção ao lago, podia-se ser visto que algo estava a molhar a grama, como se estivesse cuidando do local, parecia ser um Pokémon, mas que Pokémon?
Orpheu
Orpheu
Treinador

Treinador

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Isirus em Ter 26 Fev - 8:23

O jovem sabia que não devia estar em áreas de capturas(onde há pokémons), durante a noite pois os perigos são em dobro, e mesmo sabendo destas regras o mono-treinador não se importava em estar em um local gramado, aberto com pontos brancos brilhantes que embelezavam os céu negro da região de Kanto. Também havia a aparição de pokémons noturnos, e para o garoto era maravilhoso pois iria ve-los e em seguida até travar uma batalha.

Buneary também tinha os mesmo pensamentos que seu treinador, adorava batalhas e não se importava com a noite pois nestas horas contem mais desafios e perigos. Realmente eram uma dupla com um gosto "adrenalinatico", mas o bom era que os parceiros estavam muito ligados, podiam saber o que cada um estava sentindo ou pensando.

Logo avistaram algo como se estivesse regando as plantas, cuidando do local, aparentava ser um pokémon a lonjura atrapalhava a visualização, bem a única coisa a se fazer era se locomover até o local.

- Bom Buneary, vamos até certo? - pergunta o jovem ao seu pokémon, mesmo já sabendo da resposta, onde o pequeno coelho sempre confirmava quando o assunto era explorar, aventurar e batalha.
Isirus
Isirus
Monotrainer - Normal

Monotrainer - Normal

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Orpheu em Ter 26 Fev - 8:36

O Mono-Trainer então decide ver o que era aquele ser que estava a cuidar do local com tanto carinho e dedicação.

Logo o jovem vira que já estava próximo ao lado da rota. A paisagem perto desse era exuberante. Rodeado por arbustos e belas flores com o direito de uma vista magnifica de várias flores boiando por cima das arvores. O local tinha tudo para ser um lugar para casais fazerem um belo piquenique.

Porém todos os fatos anteriores não são de muita importância. O que importava era que conforme o Mono-Trainer ia se aproximando ele percebia que era um Pokémon que estava a regar aquele local. Conforme o garoto ia se aproximando mais percebia que o Pokémon era muito semelhante a um girino, tinha um formato esférico e uma longa espiral de cor preta em seu abdômen.

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II 60
Poliwag - Lv. 5
Sexo:
Fêmea
Habilidade: Water Sport

O Pokémon assim que avista o Mono-Trainer se assusta e corre em direção a algumas bananeiras que beiravam o lago e ali fica por um tempo. O Pokémon parecia estar assustado, porém ao mesmo tempo nervoso, afinal aquele humano estava pisando na grama que ele acabara de regar.






PRINT DO SORTEIO


Orpheu
Orpheu
Treinador

Treinador

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Isirus em Ter 26 Fev - 9:03

O jovem repara que a criaturinha esferica em uma reação de medo se enconde entre as palmeiras, e aparentava estar nervoso pelo o garoto estar pisando nas grams e flores que tinha cuidado a alguns minutos atrás. Isirus logo percebe o erro e sai do local indo para outro onde podia se pisar, assim tentou chegar proximo a criaturinha achou ela muito bonita.

Buneary não gostou nada daquela cena, o seu egoismo por seu treiador era imenso e não queria dividir o que e seu com outros pokémons, não gostava do fato de Isirus possuir outros pokémons na equipe, ja foi dificil aceitar Pidgey, e mesmo assim os dois tem uma rivalidade. Isirus estava ciente do que seu pokémon estava sentindo, mas continou a se aproximar da criaturinha.

- Ei calma garota, desculpe-me por ter pisado nas suas flores e gramas, não tive intensão de machuca-las ou estraga-las, apenas quero acariciar você! - assim o gaorto tentava acalmar a criaturinha em formato de girino ao mesmo tempo aproximando-se.

Isirus retirou sua pokédex e apontou-a para a criaturinha a sua frente, assim recebendo e registrando informações do pokémon em seguida guardou-a e em um ato de carinho, com as mãos proxima já da pequena com intenções de acaricia-la. Será que o pokémon deixara Isirus toca-la?
Isirus
Isirus
Monotrainer - Normal

Monotrainer - Normal

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Orpheu em Ter 26 Fev - 9:44






O Mono-Trainer logo percebe que Poliwag não gostara nem um pouco deste ter pisado na grama recém regada. O jovem percebendo isso logo se afasta e fica em uma área mais segura - um amontoado de pedras, como se fosse uma trilha de um riacho.

Após ir para uma área segura o jovem começa a se aproximar do Pokémon e logo nota que seu Buneary não fica nem um pouco contente com aquela situação, o ciúmes dominara o pequeno.

O jovem Mono-Trainer então se aproxima lentamente da Pokémon assustada enquanto tenta acalma-la com suas palavras e ao mesmo tempo pede desculpas por estragar seu "jardim". A Pokémon parecia ver verdade nas palavras do garoto e logo então começa a dar alguns passos e sai detrás da bananeira. Aproveitando o momento o Mono-Trainer aproveita a chance para guardar as informações da Pokémon em sua Pokédex, logo uma voz eletrônica em um tom masculino diz as seguintes informações:



#060 Poliwag
_______________
Nyoromo
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II 60

Tipo: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Water

Descrição:
Sua pele é tão fina que se você prestar bastante atenção você consegue enxergar seus órgãos internos. Tem dificuldade para andar com seus pés recém-crescidos e por isso ele tropeça frequentemente.


Poliwag parecia se alegrar com a voz daquele pequeno aparelho de cor avermelhada e logo então resolve se aproximar do Mono-Trainer.

A partir do momento que Poliwag começa a se aproximar os eventos a seguir acontecem com tamanha velocidade que o Mono-Trainer só percebe quando é tarde demais. A crise de ciúmes de Buneary havia chegado ao limite.

Ao mesmo tempo que Poliwag esta a se aproximar do mono-Trainer Buneary avança para cima da Pokémon com uma grande pezada que a joga para longe. O ciumes daquele pequeno era realmente imenso. Se ele nem sequer conseguira se acostumar com Pidgey que era seu companheiro de equipe imagine com uma total estranha.

Poliwag por sua vez parecia estar bem nervosa e seu rosto amigável se perdera em meio a face emburrada que essa fazia. Parecia que ela entendeu aquilo como um comando do Mono-Trainer. Ela entendera aquilo como guerra!






Off: Pokédex será atualizada no fim de alguma batalha.
Orpheu
Orpheu
Treinador

Treinador

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Isirus em Ter 26 Fev - 18:39

Buneary realmente estragou tudo com Isirus e Poliwag, onde o jovem estava tentando estabelecer um laço de amizade com a pequena e ao mesmo tempo com pedidos de desculpas, por ter estragado seu "jardim". O garoto ficou chateado e nervoso com a atitude de seu parceiro, pois mesmo sabendo que tinha um certo ciumes por ele nunca teria imaginado que Buneary chegaria a se rebaichar tanto.

Poliwag a pequena não gostou nada, e tomou aquele ataque do coelho pensando ser ordens do mono-treinador que ali inocentemente não havia dito nada, mas agora o garoto terá que enfrentar a criaturinha que infurecida estava olhando para Buneary e o garoto ao mesmo tempo.

- Buneary que coisa feia, nunca teria imaginado uma coisa dessas de você estou chateado com você! - disse o garoto repreendendo o seu pokémon, que se sentiu mal após ter feito tal atrocidade, mas agora não tinha mais volta, teria que batalhar e Buneary realmente queria isso, mas se sentia mal. - Agora você irá batalhar com ela, e após a batalha quero ver respeito e desculpas tudo bem? - pergunta o treinador querendo saber se o coelho iria tomar providências.

Buneary rapidamente com a cabeça acena confirmando, e logo se posicionou esperando os comandos de seu treinador. Isirus esfregou a mão em sua testa, e ao retirar desabafou algo como se estivesse realmente um pouco fora de controle, com as atitudes de seu pokémon, pois realmente o ciumes não era algo que agradava-o.

- Buneary vamos use Pound, e em seguida pule em volta de seu oponente e use Pound novamente, e continue girando em volta. - Isirus usou umas de suas estrategias, para confundir o oponente e ao mesmo tempo ataca-lo diretamente.

A batalha tinha iniciada, sem propositos e nada, realmente era uma batalha tola, para Buneary. Isirus queria batalhar com a pequena adversária para ver a suas habilidades e ataques, realmente ficou interessado com a beleza daquele pokémon e gostaria de saber a força que ele tinha.
Isirus
Isirus
Monotrainer - Normal

Monotrainer - Normal

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Orpheu em Ter 26 Fev - 19:15






Podia-se dizer que o Mono-Trainer não esperava aquela reação de sua Pokémon, o pequeno havia sido dominada pelo ciúmes como nunca fora antes. E Poliwag ainda culpava o Mono-Trainer de ter planejado aquilo.

O Mono-Trainer repreende a atitude de seu Pokémon que se sentira mal por ter feito aquilo, porém naquele momento desculpas não iriam resolver. Poliwag já estava irritada o suficiente e já se preparava para atacar.

O Mono-Trainer então começa a passar os comandos de ataque para seu Pokémon apesar desse estar mais focado sobre as atitudes nada agradáveis de seu Pokémon. Buneary assim que ouve os comandos de seu mestre assenti com a cabeça como sinal de entendimento e então avança para cima do oponente.

Buneary então salta efetua de um poderoso Pound, Poliwag tenta desviar, entretanto falha. Logo o Pokémon coelho avança e começa a pular ao redor da oponente. Poliwag por sua vez, não se deixaria ser acertada novamente e logo então usa de seu Bubble de modo giratório. Várias bolhas transparentes são lançadas da boca do Pokémon. O movimento logo acerta a Buneary e a impede de se aproximar.

Poliwag aproveitando a chance usa novamente do movimento Bubble balançando sua cabeça, dando um maior alcance para as bolhas e assim diminuindo as chances de Buneary escapar. O movimento dera certo Buneary fora atingida novamente.

Hora da Batalha
Campo: Grama mediana. Na beira de um lago que tem por perto algumas bananeiras e coqueiros. Um pequeno amonstoado de pedras se encontra um pouco mais afastado do lago.
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II 427
Vs.
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II 60
Buneary ♂
Trait: Run Away
Lv. 13
86%
Status: Normal
Poliwag ♀
Trait: Water Absorb
Lv. 05
25%
Status: Normal






Última edição por Orpheu em Qua 27 Fev - 12:56, editado 1 vez(es)
Orpheu
Orpheu
Treinador

Treinador

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Isirus em Ter 26 Fev - 23:23

O garoto ficou surpresso pelo o oponente ter aguentado os golpes de seu Buneary e ainda sim conseguir atacar efetuando com êxito. Realmente aquela Poliwag era forte, mas ainda precisava de mais treino ou auxilio de alguem para que se possa liberar totalmente o seu poder que ainda se encontra oculto.

Buneary ainda estava com ciumes, mas se arrempendia por ter feito o seu treinador chatear-se consigo então demonstrava respeito ao garoto durante a batalha fazia corretamente o que ordenava-o. Buneary era mais experiente que a pequena Poliwag, e aquela batalha não estava para durar muito.

- Vamos Buneary, termine com Pound e continue saltetando ao redor dela, e novamente use Pound em suas costas assim que possivel, evite receber ataques, tente desviar! - o garoto mesmo nervoso com a situação em que se encontrava a alguns minuto antes da batalha, logo consegue se controlar, e vê a atitude e comportamento de seu pokémon em batalha, e logo percebe que foi um erro mas que podia ser perdoado. - Buneary desculpe-me pela minha ignorância, eu te entendo mas não cometa este erro novamente parceiro. - o treinador alertou e se descupou com Buneary que ficou muito alegre por saber que seu treinador sente sobre ele.

A batalha estava totalmente nas mãos de Buneary, que após ouvir palavras de seu treinador, que deixou-o muito animado e fervendo para ganhar a batalha, agora realmente este combate tinha algum sentido, no qual amigos sempre serão amigos.
Isirus
Isirus
Monotrainer - Normal

Monotrainer - Normal

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Orpheu em Qua 27 Fev - 13:14






Mono-Trainer ficara surpreso que Poliwag ainda estava de pé. Buneary tem uma experiencia vasta em combate, além da força relativamente maior que possui, então derrotar aquele Poliwag não iria demorar muito.

O jovem Mono-Trainer percebe que o pequeno Pokémon ainda está com certos ciúmes e talvez também estava chateado com a advertência que levara de seu mestre. O jovem logo pede desculpas, afinal, ele admitira que havia sido um pouco rígido.

Aqueles dois eram realmente amigos e Buneary confiava bastante em seu mestre, já que logo o clima pesado que se erguia perante o campo havia sido reduzido a nada.

O Mono-Trainer passa os comandos de ataque para seu Pokémon. Buneary assim que ouve suas ordens começa a pôr-los em prática. O pequeno logo avança para cima do oponente mais uma vez e efetua de seu Pound - a luz branca abrangente que possuía o braço da Pokémon era fascinante.

Porém Poliwag era rápido naquele local e logo conseguira desviar para atrás com um pequeno salto e desferir um ataque de bolhas (Bubble) na face de Buneary que explodem naturalmente. O impacto do movimento aquático não afetara muito a Buneary, dando assim tempo o suficiente para o pequeno revidar.

Buneary então da um enorme salto sobre a cabeça da oponente e parece por detrás dela e efetua na rival um poderoso Pound que acerta nas costas e assim nocauteá a oponente no chão.

A batalha havia terminado...

Hora da Batalha
Campo: Grama mediana. Na beira de um lago que tem por perto algumas bananeiras e coqueiros. Um pequeno amonstoado de pedras se encontra um pouco mais afastado do lago.
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II 427
Vs.
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II 60
Buneary ♂
Trait: Run Away
Lv. 13
79%
Status: Normal
Poliwag ♀
Trait: Water Absorb
Lv. 05
00%
Status: Fainted



Off: EXP no próximo post.




Orpheu
Orpheu
Treinador

Treinador

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Isirus em Qua 27 Fev - 18:31

O combate tinha acabado, foi a batalha mais rapido do jovem mas podia se ver as diferenças de poder e experiência entre ambos os pokémons que estavam em combate. Buneary tinha sido vitorioso, mas sentia culpa por tudo o que tinha acontecido, pois se não fosse por suas atitudes ciumentas nada disso (batalha) teria acontecido.

A pequena Poliwag estava estendida no chão obviamente desmaiada a pancada de seu oponente fora tão forte que não suportou e foi a "lona". O garoto adorou aquela criaturinha, então se aproximou dela e pegou-a no colo assim levando para um gramado "mais fofo", colocando-a sobre ele. Em seguida o garoto retirou uma garrafa de água de sua mochila, que tinha ganhado de um treinador a alguns minutos atrás em uma batalha na mesma rota. Colocou a garrafa na boca da pequena Poliwag, assim fazendo carinho a o mesmo tempo, o garoto queria aquela criaturinha para si, com intuito de ensina-la a lutar e de ter mais uma nova amizade.

Buneary nada fez, para ele aquela cena não mexeu consigo, vendo a atitude de seu treinador, ficou feliz por ter um garoto desses como seu treinador. E logo correndo e saltetando em direção a Isirus, foi ajuda-lo a cuidar da criaturinha esferica azul.

Isirus ficou surpresso em ver BUNEARY, ajudando-o a cuidar da Poliwag, vendo que o coelhinho acariciava a pokémon. Isirus iria capturar, mas queria conversar com a pequena para saber se ela gostaria de vim com ele.

- Buneary obrigado por ajudar, estou imprecionado com você, parabéns amigão, eu sabia que sempre poderia contar contigo. Mas queria lhe fazer uma pergunta. Eu poderia chamar a Poliwag para equipe? Estou pedindo sua permisão, como também irei pedir para ela. - o garoto pergunta a Buneary que não fez nenhuma reclamão ou cara feia, e sorrindo confirmou com o seu treinador acenando a cabeça, Buneary parecia concordar com Poliwag na equipe, mas ainda não gostava do Pidgey.

O garoto ficou cuidando da pokémon esperando que ela acordasse para saber se a pequena gostaria de vir junto a ele.
Isirus
Isirus
Monotrainer - Normal

Monotrainer - Normal

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Orpheu em Qua 27 Fev - 20:28




Off: Só pra saber: Quando chegar a hora você quer que seu Buneary evolua?






Hora de Experiencia!!!

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II 427
Buneary
Lvl14 [148/550]
Trait: Run Away
Hold Item: ~x~
Happiness: 49
MoveSet
- Pound
- Defense Curl
- Frustration
- Foresight


↑ Subiu para o nível 14 ↑
Ganhou 240 pontos de experiencia, incluindo um bônus de 20%
Ganhou 6 pontos de felicidade

A batalha havia terminado tão rápido quanto havia começado. Buneary saíra vitorioso, porém esse não sentira aquela remota alegria de vencedor, pelo contrario. Buneary se sentira um tanto que mal já que ele não iria precisar machucar aquela Pokémon - que era visivelmente mais fraca que Buneary.

O treinador mostrara certa compaixão pela Pokémon nocauteada. O jovem a pegava e a colocava sobre a sombra de uma arvore e logo deixava uma garrafa d'água por perto da mesma e assim dando de beber a Pokémon. O treinador parecia demonstrar certo interesse sobre aquela Pokémon do tipo Water. Logo Buneary estava junto de seu treinador cuidando da Pokémon nocauteada.

O treinador fica feliz com a cena que vê e logo então este pede permissão para Buneary para poder capturar aquela Poliwag. O jovem realmente havia se "identificado" com aquele Pokémon. Buneary em resposta assenti a cabeça positivamente. O Pokémon não via problemas em ter uma Poliwag junto a "sua" equipe, porém ainda não gostava de Pidgey - talvez Buneary tivesse ciumes apenas de Pokémon do mesmo tipo que ela.

O jovem Mono-Trainer fica ali junto de sua Buneary aguardando que a Pokémon nocauteada acordasse para que assim pudesse ter a escolha de ir ou não para a equipe dele. Poliwag logo acorda, porém ainda bem ferida devido a batalha.

Assim que vê seus agressores a encarando a Pokémon se assusta e novamente a cena dela correndo - porém dessa vez estava mais para cambaleando - até a arvore se repete e ali fica, ouvindo as palavras do Mono-Trainer e esboçando um pequeno sorriso positivo.

Poliwag estava pronta para se juntar a equipe, apesar de naquele momento o sono estar querendo dominar a Pokémon, parecia que iria desmaiar novamente.

Opções:
► Capturar e Sair da rota;
► Não capturar e Sair da rota;
► Capturar e Continuar na rota;
► Não capturar e Continuar na rota;



Off: Box atualizada (valido após 10 minutos da postagem dessa mensagem)




Orpheu
Orpheu
Treinador

Treinador

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Isirus em Qua 27 Fev - 21:11

Off: Não irei evoluir Buneary não pretendo continuar com ele até o segundo ginásio, depois evoluo OK?
=====================================================================
A pequena Poliwag se sentiu ameçada quando acordou, ao ver seus agressores, e correu proximo a folha de bananeira se escondendo, mas após ouvir as sinceras palavras do treinador, logo esboçou um grande sorriso, aparentemente estava disposta a entrar na equipe, provavelmente sentiu que o jovem era forte, e com esse pensamento logo deduziu que se juntar a equipe do treinador, poderia ficar mais forte, fora que a pequena gostou do garoto a sua frente, ele espressava alegria e paz em seu coração.

Isirus não reparou, mas Buneary poderia apenas ter ciumes de pokémon de mesmo de tipo que ele, bom isto é algo obvio, ao contrario dos outros tipo aparentava ter uma reação comum, aceitando sem nenhum problema, como no caso da Poliwag.

- Bom, então quer se juntar a equipe? Tudo bem, pois adorei você garotinha. - disse o garoto olhando para a Poliwag, que estava sonolento pela batalha, em seguida retirando uma pokébola de seu cinto com a mão aproximou-a para perto da Poliwag, em seguida o treinador apenas aguardou a pokébola fechar. Como Poliwag aceitou por conta propria, não tinha motivos para que a pokébola quebrase.
Isirus
Isirus
Monotrainer - Normal

Monotrainer - Normal

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Orpheu em Qui 28 Fev - 8:21




OfF: Tudo bem, apenas recomendo que nas próximas rotas no fim de cada batalha você avise para o narrador que não deseja que ele evolua. Já que mais um ponto de felicidade e isso acontece.






O Mono-Trainer após receber a confirmação de Poliwag pega uma Pokéball vazia de sua mochila e então faz contato com objeto na pele de Poliwag. O objeto assim que tocou a Pokémon a sugou para dentro de si e então o objeto bicolor começa a balançar freneticamente por poucos segundos.

Como Poliwag havia adentrado na Pokéball por vontade própria não houve resistência da Pokémon e assim a captura fora finalizada com sucesso rapidamente. O Mono-Trainer agora tinha um Pokémon tipo water em sua equipe.

Parabéns
Você capturou uma:


#060 Poliwag
____________
Nyoromo
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II 60

Tipo: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Water

O Mono-Trainer agora tinha mais uma nova integrante na equipe e essa era do agrado de Buneary o que era bom, já que isso ajudaria a evitar algumas encrencas. Então o jovem começa a ouvir um bater de palmas vindo logo atrás de si.

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Male-047

Era um jovem garoto que vestia uma camiseta branca, com calças pretas e um tênis de cor vermelha que aplaudia o Mono-Trainer e ao seu lado um Pokémon de cor negra como a noite e com anéis brilhantes da cor azul, uma bela criatura.

- Uau que batalha incrível, apesar de ter sido rápida. Seu Buneary demonstra ser bem forte.

O garoto parecia ser simpático e seu Pokémon olhava fixamente Buneary com os olhos. A pequena criatura escura como a noite tinha um olhar calmo e ao mesmo tempo que empunhava respeito. Parecia um Pokémon da alta classe.




PRINT DO SORTEIO




Orpheu
Orpheu
Treinador

Treinador

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Isirus em Qui 28 Fev - 8:42

O garoto possui uma nova intregrante para a sua equipe, por vários motivos, mas o mais importantes é a indentificação que o treinador teve com a criaturinha. Em seguida guardou a pokébola da pequena criaturinha eferica em seu cinto. Quando escuta passos, e olhando para a direção de onde viria o som, avista um garoto de camisa branca e calças pretas, e ao seu lado um pokémon de cor preta e detalhes azuis, aparentava ser uma criatura com muita classe e o mesmo dizia-se do treinador ao seu lado.

O garoto elogiou a batalha de Isirus, mesmo sendo rapida o jovem identificou o nível de batalha de Buneary, realmente ele estava certo sobre o pequeno coelho. Buneary ao ver o oponente se posicionou a frente da criatura negra, e olhou fixamente os olhos daquele pokémon. Buneary podia sentir o nivel de experiência do seu futuro adversário, e queria muito batalha.

Isirus vendo aquela cena ficou feliz, mas tinha acabado de sair de uma batalha, o seu pokémon não tinha sinais de cansaço, e o treinador não queria arriscar. Em seguida retirando uma Fresh Water de sua mochila, deu para Buneary que após toma-la se sentiu mais ativo.

- Ha! Obrigado, realmente Buneary é muito forte. O seu pokémon também, pode se ver em seus olhos que vocês são muito ligados. Prazer me chamo Isirus, e o seu nome é? - pergunta o treinador curioso sobre o garoto. - Não sei se é muito encomodo, mas vendo a atitude de Buneary, pode se perceber que ele quer muito batalhar, então você aceita uma batalha? - novamente o garoto faz uma proposta, e gostaria de batalhar com aquele pokémon que lembrava a noite, por sua cor.

Isirus após fazer muitas perguntar, logo em seguida empunhou a pokédex e apontou a criatura que estava ao lado do garoto.
Isirus
Isirus
Monotrainer - Normal

Monotrainer - Normal

Alertas :
Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II Empty Re: Capitulo II - O nascer de uma equipe Part. II

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum