Rote 121 - Todos contra o tempo

Página 11 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... , 10, 11, 12  Seguinte

Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Nerkon em Qui Out 22 2015, 08:14

Reconhecendo os riscos existentes devido à perigosa combinação de água e ataques elétricos, Carbink não tardou a seguir o comando de seu mestre e erguer um Protect ao seu redor, contudo o que o Pokémon não fez foi proteger Electabuzz, pois caso o fizesse, a eletricidade os afetaria de dentro do movimento. Por outro lado, desde que Aegislash continuasse dormindo o Pokémon de Mathew continuaria seguro.

Enquanto isso, Feraligatr respondeu ao chamado de seu treinador e regressou ao local da batalha assim que possível. Ainda não havia dominado Surf, mesmo que faltasse pouco, porém estava apto a lutar.

Dando continuidade à batalha, o crocodilo avançou primeiro e abocanhou Aegislash e seu escudo, arremessando-o até o teto. Infelizmente aquele dano foi mínimo, graças à impressionante defesa daquele fantasma e também ao Attack reduzido do Pokémon de Mathew. Diferente foi o dano causado por Electabuzz, que novamente reuniu eletricidade e a acumulou na forma de uma esfera, antes de lançá-la em seu alvo. O ataque foi bastante forte e, graças ao fato de que Aegislash ainda estava no ar, não causou muitos problemas com a água além daqueles já causados pelo próprio corpo do Pokémon elétrico. Graças a isso o dano sofrido por Feraligatr foi mínimo.

A luta parecia ir favoravelmente para os dois treinadores, mas tudo mudou quando Aegislash atacou. Despertado de seu sono, o Pokémon espada fez uma rápida análise do campo e, ignorando o dano que ele próprio havia sofrido, decidiu atacar. Com um de seus "braços", a espada segurou o escudo e então o posicionou ao lado de sua lâmina, deixando a parte principal de seu corpo visível - e, consequentemente, vulnerável. O Pokémon então usou a outra fita para reunir uma potente energia negra, a qual ele lançou na direção do grupo adversário. A maioria estava protegida pelo Protect de Carbink, porém o alvo real era Electabuzz, o qual não podia entrar na proteção a menos que desejasse pôr em perigo aos demais presentes.

O sacrifício de Electabuzz se tornou aparente quando a energia negra causou uma explosão e escureceu todo o lugar. O corpo do elétrico então voou em direção ao Protect, sendo parado pela barreira. Derrotado, o Pokémon de Mathew permaneceu inerte, apoiado sobre a barreira de Carbink. Aegislash havia sofrido grandes danos graças àquele Pokémon, mas naquele momento tudo que os treinadores e Pokémon podiam ver era que ele estava derrotado e com muitos ferimentos. Feraligatr estava sozinho.

Com o retorno da pressão exercida pelo poder de Aegislash, Carbink foi o primeiro a hesitar, especialmente quando notou seu Reflect se dissipar no ar. Quando tentou restaurar a força de pelo menos uma das barreiras que os protegia, o Pokémon jóia falhou em criar uma de nível adequada, como provado por Aegislash: O Pokémon aproximou-se do chão e lançou sua sombra na direção do grupo. Daisuke conhecia bem aquele ataque, após ter presenciado Rotom sofrer bastante contra ele. Era Shadow Sneak, cujo alvo foi Hippopotas. A sombra saltou do chão num movimento veloz e então chocou contra o fraco Protect de Carbink, despedaçando-o por completo antes de seguir na direção da hipopótamo, que foi atingida e lançada contra a porta metálica com tamanha força que por pouco não a derrubou!

O grupo de Daisuke e Mathew estava aflito perante tal cena, porém coube a Feraligatr reunir a coragem necessária para revidar. O crocodilo avançou, aproveitando-se que Aegislash estava vulnerável, e o atacou com um novo Crunch, causando um dano enorme e lançando a espada contra o teto mais uma vez. Electabuzz não estava mais em condições de lutar, porém seu ataque não foi necessário: A espada caiu no chão, inerte e finalmente derrotada.


Spoiler:

Off: Como o Mathito observou por MP, eu me confundi na hora de calcular o dano do Electro Ball. Cada um dos ataques causou 3 a mais de dano, logo eu corrigi o erro e subtraí 6 do HP do Aegislash se comparado ao da rodada anterior.


♦ Mathew - Itens
• Penas de Fletchling x3
• Papéis: A; B.
• Livro - Contos e Mitos populares de Hoenn
• Colar de pérolas.

♦ Daisuke - Itens
• Crucifixo
• Diário - Anabel
• Chaveiro - Chaves A e B
• Chave C
• Cartão azul
avatar
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Kaze em Qui Out 22 2015, 11:45





A batalha estava ganha, mas nós não estávamos seguros, mesmo com a espada derrotada aquela mansão ainda poderia ter Pokémon e lugares muito mais perigosos do que isso. Estava cansado, esgotado para falar a verdade, mas ainda assim preferi me manter calmo, ainda havia a possibilidade de explorar aquela mansão.

- Matt, estou cansado demais, o que acha de pararmos por aqui?

Perguntei, no fundo sabia a resposta, ele provavelmente estava tão cansado quanto eu. Recolhi todos os meus monstrinhos, estavam cansados da batalha e pelos arredores não havia nenhum perigo aparente. Rotom não havia conseguido abrir a porta, aquilo era estranho demais, deveria ter algum problema ou o elétrico estava cansado demais da batalha anterior.

- O que quer fazer, estou preocupado também com a tal Copa, se continuarmos aqui perderemos o prazo... Voltaremos nessa mansão, sinto que ainda tem coisa a explorar nesse lugar!

Aegislash estava caído, eu não sabia se ficava feliz por ter vencido esse grande Pokémon ou se ficava triste por ter que parar no meio do caminho por conta de um evento tão grandioso...
avatar
Kaze
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Mathito em Qui Out 22 2015, 15:49


Me sentia um mestre inútil.

Quando Electabuzz caiu não pude acalenta-lo por conta do Protect. Chorei vendo meu pequeno sendo derrotado por aquela explosão negra. Pignite via minha aflição e Feraligatr a sentia. Eu padecia com o sofrimento dos meus amigos, ali mesmo, de joelhos em prantos.

Fazia minhas preces a Arceus e prometia que ao final daquilo prepararia melhor minha equipe. Nunca mais queria passar pelos mesmos apelos novamente. Logo eu via Fera, como um super herói, finalizando com o monstro fantasma que desacordou dois de minha equipe.

Assim que Carbink desfez sua proteção corri para perto de Hércules e repousei sua cabeça em meu colo lhe dizendo palavras de arrependimento e conforto como o quão orgulhoso eu estava, antes de retorna-lo à esfera azul e prestar atenção no que eu iria fazer.

Daisuke tentava me fazer ir embora, mas não sairia sem antes destruir aquela porta e descobrir o motivo do Pokémon Guardião querer nos manter afastados.

- Fera, Pig, abram isto a todo custo. Não me importo como, só abram.

Me levantei com dificuldade, sentindo a cabeça latejar. Tentei acalmar Dai para que este esperasse apenas por uma resposta. Eu só tinha interesse naquilo e então poderíamos sair.

_________________

avatar
Mathito
Estagiário
Estagiário

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Kaze em Sex Out 23 2015, 11:26






Ignorado, Daisuke não tinha recebido uma resposta, apenas olhares, para ele aquilo não significava nada, queria respostas, o jovem de Viridian nunca havia sido uma pessoa ligada as amizades, alias, era egoísta como nenhuma outra, não aguentava ser ignorado, esse era seu pior defeito. Tachikawa estava sem paciência, por esse motivo lançava para fora Rotom, e com um tom de voz pesado e um tanto desanimado..

- Rotom, abra essa porta. - Disse o jovem ao elétrico. - Faça rápido, por favor, não temos mais tanto tempo...

Daisuke então se virou para Matthew visivelmente contrariado, contudo, o respondeu com o mínimo de paciência que ainda tinha, mostrando a parte de sua personalidade que tentava tanto esconder:

- Se não abrirmos essa porta agora vou embora sem esperar por você.

O jovem era direto, já tinha passado poucas e boas naquele lugar...
avatar
Kaze
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Nerkon em Sab Out 24 2015, 15:03

A primeira coisa que os Pokémon atarefados de abrir a porta fizeram foi esperar que Rotom fizesse suas tentativas. Infelizmente, se a porta já era difícil de abrir antes, o Pokémon plasma definitivamente não conseguiria abri-la após ela ter sido danificada graças a Aegislash. Feraligatr e Pignite, no entanto, conseguiram - ao longo de vários segundos - arrancar a porta para fora, derrubando-a no chão.

Uma vez que a nova sala estava aberta, os rapazes se surpreenderam ao ver algo que não esperavam: Um elevador. Era um pouco diferente dos modernos, porém, possuía as características externas necessárias para fazer com que os treinadores o reconhecessem. Ademais, assim que a porta foi aberta, todos ali começaram a sentir certa tontura e dor de cabeça - algo definitivamente estava fora de lugar. O corpo de Aegislash também havia sumido de alguma forma, mesmo que não tivesse dado sinais de movimento antes.

Subitamente, todos começaram a sentir sensações estranhas e uma forte pressão que os fazia querer sair dali. Até mesmo o vento parecia estar contra eles, indicando que havia algo por lá tão poderoso a ponto de dar um "aviso" daquele tipo.


Spoiler:

Off: Podem sair da mansão, narrem que estão indo para Lilycove e eu farei a narração de mais algumas coisas para que vocês não saiam de mãos abanando.


♦ Mathew - Itens
• Penas de Fletchling x3
• Papéis: A; B.
• Livro - Contos e Mitos populares de Hoenn
• Colar de pérolas.

♦ Daisuke - Itens
• Crucifixo
• Diário - Anabel
• Chaveiro - Chaves A e B
• Chave C
• Cartão azul
avatar
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Mathito em Sab Out 24 2015, 17:13


Por um momento bambeei e quase fui ao chão outro vez.

Boquiaberto, olhei devagar para Daisuke e apontava para ter certeza de que ele via a mesma coisa que eu.

- Certo... Agora podemos ir. Pig, pode nos guiar para fora? - antes de começarmos a caminhar segurei no ombro de Dai e disse - Eu ainda vou voltar e continuar isso... Espero que seja com a sua ajuda. Tenho dúvidas sobre a vida nesta casa e me parece que aquela é a passagem para as respostas.

Dito isso me pus a seguir meu farejador de Fogo o mais rápido que pude e, num último momento de esperanças, pedi para que procurasse pelo odor do voador que viemos até a este lugar procurar. Não queria que o caminho até ali tivesse sido em vão. Ao menos um de nós sairia dali feliz.

- Vamos encontrar Mimi em Lilycove?

off:
Tio Nerk e a experiência?

_________________

avatar
Mathito
Estagiário
Estagiário

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Kaze em Sab Out 24 2015, 19:57





Daisuke arregalou os olhos, até mesmo esqueceu o que tinha falado a seu amigo antes de entrarem naquele local. Rotom não pôde fazer nada, contudo os monstrinhos de Matthew ajudaram bastante, o garoto estava feliz por finalmente descobrir o que estava atormentando tanto seus pensamentos e de seu amigo.

Com receio o jovem adentrou a sala, ficando curioso com o ambiente, todavia algo os convidava a partir, parecia pior do que o cheiro que haviam sentido no começo da jornada. O jovem saiu correndo, não estava aguentando por muito tempo, por esse motivo, respondeu Monclar afirmando positivamente, sim, iriam voltar em uma próxima oportunidade.

- Eu irei com você, até la estaremos mais fortes!

Os dois saíram da mansão e já no ar livre, respiraram o ar fresco, Daisuke então respondeu:

- Com certeza!
avatar
Kaze
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Nerkon em Seg Out 26 2015, 06:21

Influenciados pelo que quer que tenha os feito querer sair, ambos os treinadores se dirigiram ao salão principal, por onde puseram os pés para fora da mansão. À medida que se distanciaram da sala do elevador, a sensação de antes começou a diminuir, permitindo a eles pensar melhor sobre o que haviam acabado de presenciar.

Pignite foi o primeiro a notar algo. Depois de sair da mansão, o lutador de fogo começou a saltitar, apontou para uma direção e então começou a correr enquanto gesticulava com o braço para que o restante do grupo o seguisse. Após algum tempo de caminhada - durante o qual os rapazes perceberam terem se distanciado muito da mansão - o grupo chegou a uma pequena área arborizada, onde Pignite apontou para uma árvore. Aparentemente, havia sentido o cheiro de algo ali.


Spoiler:

Off: Não vou mais botar o HP dos Pokémon nos posts, já que vocês não devem precisar da maioria deles. Qualquer erro avisem.


• Feraligatr, Pignite, Carbink, Wartortle, Hippopotas e Combee ganharam 750 de EXP cada.
• Electabuzz e Eevee ganharam 375 de EXP.

• Hippopotas subiu do nível 30 ao 31, pode aprender Crunch e ganhou 2 de felicidade.
• Combee subiu do nível 5 ao 10 e ganhou 10 de felicidade.
• Pignite subiu do nível 27 ao 28, pode aprender Take Down e ganhou 3 de felicidade.
• Eevee perdeu 3 de felicidade e Electabuzz perdeu 5 de felicidade.

♦ Mathew - Itens
• Penas de Fletchling x3
• Papéis: A; B.
• Livro - Contos e Mitos populares de Hoenn
• Colar de pérolas.

♦ Daisuke - Itens
• Crucifixo
• Diário - Anabel
• Chaveiro - Chaves A e B
• Chave C
• Cartão azul
avatar
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Mathito em Seg Out 26 2015, 11:58


Agora eu só tinha o Fire fora da pokébola. Estava completamente abatido e sem mais energia para qualquer coisa a mais durante um bom tempo. Não sabia como Daisuke ainda tinha coragem de treinar para um evento que de nada iria direcioná-lo as suas metas. Aquilo, como a Copa União só serviria para conhecer melhor meu time. Só temia perder a cabeça no meio da competição com distrações mais uma vez, já que iria ser transmitido como o evento anterior.

Logo assim que saímos do lugar eu olhei para trás e fiz uma promessa para a lembrança de Marianne. Eu iria voltar e descobrir os segredos daquela mansão. Então, Pignite começou a agir estranho. Teria encontrado algo?

- Mr. Pig... O que você sentiu? É o Fletchiling? - olhei sem expressão para Dai e então o seguia.

Ele começou a caminhar e me sentia perdido visto que nos afastamos demais da casa. Ele nos levou para uma árvore cujo motivo ainda era desconhecido para mim.

- O que houve Pig? Tem alguma coisa aqui por perto? - olhei para Dai esperando que ele soubesse e então fiz um pedido - Pode ser mais específico?


_________________

avatar
Mathito
Estagiário
Estagiário

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Kaze em Seg Out 26 2015, 15:15

Postando pelo cel. Sorry.




Saimos da mansão e logo um novo desafii foi imposto, chamei por combee e lje disse:

- Querida, veja o que está incomodando o Pignite por favor!

Mal sabia o que nos esperava.
avatar
Kaze
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Nerkon em Seg Out 26 2015, 19:55

Quando Mathew perguntou para seu Pokémon, ele parecia convicto de que havia encontrado Fletchling - ou no mínimo os restos da ave. Já na árvore a qual o Pokémon do tipo lutador indicou, Combee foi instruída a voar e investigar o que havia por ali. A inocente Pokémon assim o fez, indo por entre os galhos na esperança de encontrar o que quer que seu treinador desejasse.

Foi então que os rapazes e Pignite escutaram algo bater nos galhos, seguido pelo grito de combee e por mais barulhos de batidas. Após alguns segundos de tensão, a Pokémon inseto bateu em algo maior que ela e o derrubou no chão. Ambos os treinadores perceberam a pequena abelha estar segurada em um esquilo alvo, com bochechas amarelas e uma listra azul que ia da cabeça e orelhas até a ponta de sua enorme cauda. Quando a esquilo se deu conta, ela empurrou o inseto para longe e se afastou, aparentemente com medo, enquanto resmungava.

Tais resmungos, no entanto, não duraram muito tempo, pois em seguida um pássaro - quase idêntico ao Fletchling de tempos atrás, mas com cores comuns - desceu da árvore e foi na direção de Combee, pousando acima do corpo da Pokémon e abrindo as asas, como se estivesse pronto para o jantar. Enquanto isso, o outro animal que caiu da árvore permaneceu em sua posição e atirou mais insultos para a Pokémon de Daisuke.


Spoiler:

Off: Kaze tinha mais é que criar vergonha na cara depois de um post desses. u_u

Como você pediu, troquei Bite por Crunch.


♦ Mathew - Itens
• Penas de Fletchling x3
• Papéis: A; B.
• Livro - Contos e Mitos populares de Hoenn
• Colar de pérolas.

♦ Daisuke - Itens
• Crucifixo
• Diário - Anabel
• Chaveiro - Chaves A e B
• Chave C
• Cartão azul
avatar
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Mathito em Seg Out 26 2015, 20:07


Olhei com cansaço para os Pokémon ali na árvore. Triste, por não ser quem procurávamos, suspirei e esfreguei os olhos, engolindo em seco.

- Pignite ajuda o Combee com Heat Crash no esquilo e Rollout na ave. Faz isso rápido pra gente ir ta legal?

Demonstrava completa tristeza enquanto tentava desviar do que pedi para um Pokémon treinado fazer. Eu não estava afim daquilo, só iria proteger o pequeno que tinha caído. Gostaria que fizessem o mesmo caso fosse Cleffa, Tropius ou Eevee.

Pensando nela olhei para sua esfera e a chamei para fora.

- Olhe como o Mr. Pig executa seus movimentos menina.

_________________

avatar
Mathito
Estagiário
Estagiário

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Kaze em Seg Out 26 2015, 20:20





Naquele momento o que eu menos queria era uma batalha, contudo Combee era alvejada por dois Pokémon que não me eram estranhos, todavia, resolvi ignorar aquilo por enquanto quando os vi partir para cima de minha pequenina inseto. Prontamente disse meus comandos a pequena abelha, estava cansado e tinha em mente que o Pignite provavelmente iria encerrar aquilo logo:

- Combee, use Gust duas vezes contra esse roedor!!!


Não tinha muita vontade de pensar, naquele momento eu só tinha uma coisa em mente, sair logo dali e descansar algum tempo. Aquela mansão não só tinha me acabado fisicamente como psicologicamente. Hippo estava ao meu lado, havia saído da pokébola ao perceber que sua companheira de time estava sendo atacada, ele parecia querer lutar. Estendi minha mão e lhe disse:

- Essa batalha é somente da Combee, ela ainda tem muito o que nos mostrar.
avatar
Kaze
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Nerkon em Seg Out 26 2015, 20:46

O que os dois Pokémon selvagens certamente não esperavam era que fossem ser atacados, porém assim que Pachirisu percebeu agressividade em Pignite, a esquilo recuou um pouco e se preparou para receber o impacto, conforme o corpo reunia energia. Pignite então avançou e executou seu Heat Crash, que causou um dano enorme na Pokémon, porém ainda não foi o bastante para nocauteá-la e ela apenas continuou a reunir energia... havia ficado claro que seu movimento era Bide, o qual não demoraria para atacar. Enquanto isso, Fletchling começou a bicar Combee, fazendo a Pokémon entrar em desespero conforme tentou sair de baixo do Pokémon pássaro.

Infelizmente, a abelha era fraca demais e não conseguiu fazer nada contra Fletchling, porém não demorou para Pignite ir em direção ao pássaro enquanto girava, acertando-o bem no rosto e causando um nocaute imediato no Pokémon. Por pouco a abelha não foi atingida, o que a salvou de um grande problema e finalmente a permitiu usar seu Gust em Pachirisu, embora o dano tenha sido mínimo. Por fim, Pachirisu continuava a reunir suas forças e estava prestes a extravasar o dano do Bide.

Pachirisu:
Bide (2/2)
Fletchling:
Normal
Pickup:
Normal
Big Pecks:
Normal

lv 20 Pachirisu


13/54
lv 14 Fletchling


0/37
lv 28 Pignite


37/89
lv 10 Combee


2/26
Blaze:
Normal
Honey Gather:
Normal
Pignite:
Normal
Combee:
Normal

Campo: Bosque simples e sereno. A batalha ocorre em frente a uma árvore de médio porte.



Spoiler:

Off:


♦ Mathew - Itens
• Penas de Fletchling x3
• Papéis: A; B.
• Livro - Contos e Mitos populares de Hoenn
• Colar de pérolas.

♦ Daisuke - Itens
• Crucifixo
• Diário - Anabel
• Chaveiro - Chaves A e B
• Chave C
• Cartão azul
avatar
Nerkon
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Mathito em Seg Out 26 2015, 21:12


Me impressionei ao ver que Pachirisu ainda estava de pé. Diferente do Voador que, fraco, caiu com o movimento do Pignite.

- Mr. Pig, termina com a esquilo usando o Rollout. - ela até que me parecia familiar.

Lembrei.

Avistei uma na rota em que ganhei a marca na bochecha pela Beedrill... Mexi na mochila e preparava uma Pokébola para a captura. Ainda não sabia o motivo de estar me preparando para tal feito, mas eu faria. Esperaria ela cair para então fazer.

- Se o Mr. Pig estiver em apuros use Leaf Storm na Pachirisu, ok? - sussurrei somente para a Tropius enquanto continha a vontade de montar na sela e dormir até ela me levar pra Lilycove.



Última edição por Mathito em Seg Out 26 2015, 21:34, editado 1 vez(es)

_________________

avatar
Mathito
Estagiário
Estagiário

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rote 121 - Todos contra o tempo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 11 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... , 10, 11, 12  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum