Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Capítulo 4: Conflito Interno

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Artie Dom Set 22 2013, 23:39

off:



O dia anterior não foi agradável para Blake. A experiência de perder a memória é uma situação angustiante. Muitas perguntas surgem em sua mente e vínculos fortes desaparecem como se não tivessem importância. Mas, assim que suas lembraças retornam, elas parecem ter um significado maior e tornam-se algo tão intenso que você passa a dar mais valor.

O jovem agora deveria dar continuidade à sua jornada e auxiliar os professores Oak e Birch em sua pesquisa pela pokédex, mas passava por um momento de conflito interno entre razão e emoção. Sua razão dizia que ele deveria retornar para a Viridian Forest e que de lá o rapaz deveria seguir para a cidade de Pewter, aonde poderia aprimorar seus projetos. Mas seu coração estava em outro lugar completamente diferente: Hoenn. As memórias de sua amada, Miranda, permaneciam num loop em sua mente.

O rapaz se arrependia de não ter deixado aquela paixão intensa se tornar realidade. O orgulho de ambos falou mais alto e por causa disso jamais ficaram juntos. Nunca houve um beijo, uma declaração de amor, um “te amo”... E agora era tarde. O rapaz já havia se mudado para Kanto sem dar a menor satisfação para a garota e se fosse realmente retornar para seu continente natal um dia, não saberia como a garota reagiria ao reencontrá-lo.

Perdido em pensamentos, o rapaz demorou demais para perceber que  havia chegado na floresta. Diferente do dia anterior, o local parecia silencioso e isso não lhe agradava nem um pouco. Havia se habituado com o som de treinadores circulando, além da cantoria dos pássaros da floresta.

Decidiu seguir pela mesma trilha que havia caminhado no dia anterior, passando pelo mesmo ponto aonde enfrentou um Beedrill e logo em seguida pelo local onde capturou um de seus novos parceiros. O rapaz nunca havia cruzado a floresta completamente, mas já conhecia boa parte do caminho a ser tomado. Para ter certeza que não cometeria mais erros, retirou uma pokébola de seu cinto e a abriu, liberando um pequeno inseto verde. O pequenino olhou para Blake com certo desdém, virando a cara levemente irritado. O garoto por sua vez deu uma risada sem jeito e colocou a lagarta em seu ombro, fazendo-lhe um cafuné. A princípio o inseto continuava fazendo cara feia, mas logo acabou se entregando às carícias e abrindo um sorriso para seu dono.


– Desculpe-me por ontem, Caterpie. Eu estava meio confuso com vários acontecimentos de ontem e acabei fazendo você se envolver em uma batalha indesejada. Espero que agora que me tornei seu treinador, nós possamos nos tornar grandes amigos!

O pequeno pokémon observava o rapaz falando com muita atenção. Parecia compreender a situação dele e logo soltou um grunhido baixinho, indicando que iria colaborar. Satisfeito com a resposta positiva, Blake decidiu que deveria dar um nome ao seu pequeno aliado. Afinal, assim como os outros parceiros do treinador, ele era único.

–  Eu acho que você precisa de um nome. Meus outros amigos também têm nomes: Skylar, Sheldon e Duke. Eu acredito que um nome que combina com você é Carter. O que acha?

Caterpie mais uma vez fez um sinal positivo, para a alegria de seu treinador. Após o primeiro contato agradável, continuaram a caminhar pela floresta. Blake seguia caminhando tranquilamente ao mesmo tempo em que o pequeno Carter parecia contente e confortável no braço de seu dono. Pouco tempo depois, chegaram no ponto da floresta no qual o rapaz ainda desconhecia. Era hora de contar com a ajuda de seu parceiro.

– Carter, você sempre viveu nessa floresta, certo? Você sabe me dizer qual é o melhor caminho a ser tomado para ir para Pewter?

O pequeno inseto apontou para uma determinada direção na qual Blake acabou seguindo. Mais do que chegar em Pewter, Blake esperava encontrar algo que o encorajasse a continuar seguindo sua jornada. Ele temia que seu conflito interno o fizesse desistir de um de seus sonhos.


Última edição por Artie em Seg Mar 24 2014, 03:59, editado 1 vez(es)

_________________
Capítulo 4: Conflito Interno ZefdeCE
Capítulo 4: Conflito Interno E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 4: Conflito Interno OHHVZarCapítulo 4: Conflito Interno GwgKTzNCapítulo 4: Conflito Interno MNDnG6pCapítulo 4: Conflito Interno HLlz7A0Capítulo 4: Conflito Interno IIs2sihCapítulo 4: Conflito Interno 8gzktHjCapítulo 4: Conflito Interno XsP5RwP


Capítulo 4: Conflito Interno WkE8NFc
Capítulo 4: Conflito Interno ORIry71
Capítulo 4: Conflito Interno VIjy66Q
Capítulo 4: Conflito Interno XOulu7k


Capítulo 4: Conflito Interno WQTIOUX
Capítulo 4: Conflito Interno OinUoEd
Capítulo 4: Conflito Interno FGENpG0
Capítulo 4: Conflito Interno PZ16T9O
Capítulo 4: Conflito Interno XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Ame Dom Set 29 2013, 18:37

Off: Oi, Artieee, sou sua narradora agora! Vou tentar deixar minha narração no mesmo nível que a sua, então vamos com calma, ta? Visto que estamos num dos meus locais favoritos, eu quero te fazer correr bastante, tenho uma boa ideia para sua rota (=w=). Nome adicionado, quer dar uma personalidade para o Carter?
Embora estivesse sofrendo com o conflito entre a sua mente e o seu coração, Blake prosseguia junto a Carter pelo caminho que este lhe mostrava, enfrentando uma exuberante vegetação que parecia ficar mais volumosa conforme avançavam. O pequeno pokemon lagarta ia com uma notável vontade cada vez mais rápido na frente do pesquisador, chegando a faze-lo ter de correr um pouco, mas Blake teve que parar de súbito quando Carterpie parou diante de uma clareira aberta, o céu azul parecia uma cúpula sobre aquele espaço, aonde no centro estava algo interessante: um amontoado de berries azuis sendo comidas por um pokemon amarelo, este sorriu surpreso pela aparição da dupla, mas a estática surgida de suas bochechas não era nem um pouco amigável.

Capítulo 4: Conflito Interno 25f

Havia algo de singular nesse pikachu, pela forma de sua cauda devia ser uma fêmea, mas isso não era o seu diferencial, bem na base de sua cauda podia se ver um lacinho branco, teria ela um dono? O que Blake faria quanto a isso? Seja como for, Carter parecia muito interessado nas frutas.


-print
Ame
Ame
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Artie Seg Set 30 2013, 01:18

off:
Oi, Ame! o/
Quanto a manter a narração no mesmo nível que a minha, acredito que você pode ficar tranquila. Já dei uma espiada em suas narrações antigas, olhei suas atuais e sei que seu nível é altíssimo. ^^
Fiquei curioso para ver o que você aprontou para mim nessa rota. Viridian Forest não é meu local favorito de se passear, mas fico feliz que agrada a minha narradora. Conversarei com o Blake para que ele se prepare para uma maratona então. xD
Quanto ao nome e personalidade de Caterpie e Pikachu, vou enviá-los por MP após o post, ok?



Ao pedir ajuda para o pequeno Carter, Blake esperava que o inseto fosse apenas ficar em seu colo apontando direções. Mas, para sua surpresa, ele acabou se tornando uma espécie de guia aventureiro, entrando pela vegetação cada vez mais densa. Por alguns momentos rastejava no chão, em outros, usava de seu fio de ceda como uma espécie de cipó, fazendo o treinador se lembrar do duelo que ocorreu entre eles no dia anterior.

O pequeno inseto verde só foi parar sua corrida quando avistou algo que lhe chamava muito a atenção: comida. Diante dos olhos da dupla estava uma bela Pikachu saboreando um grande amontoado de frutas. Porém, as faíscas que a mesma emitia em suas bochechas demonstravam que ela não estava interessada em dividir.

Com traumas do choque que havia levado no dia anterior, o rapaz decidiu agir com cautela diante daquele exemplar feminino de Pikachu. Decidiu chamar seu parceiro de mesma espécie para interagir com a roedora, na esperança que os dois pudessem fazer amizade.

Mas antes disso, o treinador se abaixou e olhou para Carter nos olhos. Queria deixar o pequeno inseto distante da selvagem elétrica, pois sabia que aquilo poderia acabar em confusão.


– Carter, eu prometo para você que vou conseguir uma fruta daquelas. Mas para isso, quero que você coopere. Fique quietinho aqui, ok?

O inseto esboçou uma cara feia mas obedeceu seu dono, ficando encostado em sua perna. Agora que havia dado conta de resolver um problema, o garoto decidiu resolver outro: retirou de seu bolso outra das pokébolas que havia usado no dia anterior. Dela saiu outro ratinho amarelo. Este, porém, era um pouco mais alto e possuía uma calda diferente da fêmea.

O Pikachu de Blake parecia um pouco perdido naquele lugar e fez cara de espanto ao olhar para seu treinador. Mas, após o mesmo abrir um sorriso para ele, se acalmou.


– Pode ficar calmo! Agora somos amigos! – Disse Blake, fazendo um sinal com as mãos para o Pikachu, que retribuiu com um pouco de indiferença. – Primeiramente, quero que você saiba que daqui em diante vou te chamar de Zappy. Você é diferente dos outros e merece um nome próprio. – Ao ouvir aquela afirmação, o ratinho sorriu. Gostava da idéia de ter um nome só dele. – Fico feliz que tenha gostado do nome. A segunda coisa que eu queria lhe dizer, é que tem uma Pikachu fêmea logo ali. O que você acha dela?

Zappy então observou a esfomeada Pikachu devorando as frutas e logo abriu um enorme sorriso. Parecia ter gostado daquela fêmea. Logo ele deu um pequeno grunhido para ela e acenou, aproximando-se lentamente.

Blake, curioso com o resultado daquele abordagem logo notou que a pokémon recém encontrada possuía um lacinho em seu rabo, sinal que provavelmente indicava que ela tinha dono ou talvez, na pior das hipóteses, ter sido abandonada. Enquanto aguardava o resultado da intereção de roedores, planejava a sua próxima ação. Carter, por sua vez, continuava encostado na perna do treinador, babando e desejando muito saborear uma daquelas frutas.


Última edição por Artie em Seg Mar 24 2014, 04:01, editado 2 vez(es)

_________________
Capítulo 4: Conflito Interno ZefdeCE
Capítulo 4: Conflito Interno E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 4: Conflito Interno OHHVZarCapítulo 4: Conflito Interno GwgKTzNCapítulo 4: Conflito Interno MNDnG6pCapítulo 4: Conflito Interno HLlz7A0Capítulo 4: Conflito Interno IIs2sihCapítulo 4: Conflito Interno 8gzktHjCapítulo 4: Conflito Interno XsP5RwP


Capítulo 4: Conflito Interno WkE8NFc
Capítulo 4: Conflito Interno ORIry71
Capítulo 4: Conflito Interno VIjy66Q
Capítulo 4: Conflito Interno XOulu7k


Capítulo 4: Conflito Interno WQTIOUX
Capítulo 4: Conflito Interno OinUoEd
Capítulo 4: Conflito Interno FGENpG0
Capítulo 4: Conflito Interno PZ16T9O
Capítulo 4: Conflito Interno XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Ame Seg Set 30 2013, 12:35

Optando por deixar a primeira interação para um pokemon da mesma espécie, Blake se manteve afastado, mas bem atento ao aos movimentos dos roedores. Zappy aproximou-se sem tirar os olhos da pikachu, ela fazia o mesmo, mas se mantinha mais voltada para proteger seu lanche (ela tinha notado o inseto interesseiro e estava em guarda para caso ele viesse tomar suas berries). Era visivel o gosto que a pikachu tinha por frutas, pois ela estava bem gordinha.

_Pika... _ A elétrica grunhiu logo que Zappy chegou bem perto dela e sem hesitação, ela desferiu uma belo golpe com sua cauda que tinha ficado prateado por alguns instantes, mas para a sorte de Zappy, ela não era tao rápida e ele pode se esquivar. Sem duvida, esta não era uma pikachu comum da floresta.

Capítulo 4: Conflito Interno Platinum06
_Melissa! _ Uma voz entre cortada veio por trás de Blake, ao se virar, ele pode ver uma garota muito bem arrumada e corada, pelo visto ela tinha corrido até ali. _ Melissa, não faça isso! Perdoe ela, é um momento difícil. Pode me ajudar a pega-la? Preciso leva-la de volta para o centro pokemon, ela vai ter filhote logo.

Ame
Ame
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Artie Ter Out 01 2013, 17:46

off:
Ame, eu acabei ganhando o segundo lugar na rota do mês. Com isso, meus pokémons ganharam 600 de experiência cada um e isso fez com que meu Caterpie subisse pro nível 9. Nerkon me disse por MP que a evolução dele está autorizada. Assim que possível, agradeceria se você adicionasse algum elemento na narração possibilitando tal evolução. :3



A aproximação da dupla de Pikachus não havia sido da forma como Blake planejava. Para a surpresa do garoto, a fêmea atacou Zappy com um golpe incomum para um pokémon selvagem: provavelmente Iron Tail. A sorte de Zappy era que a fêmea não tinha os mesmos reflexos que ele, possibilitando assim uma esquiva fácil.  O fato da elétrica saber aquele movimento deixou o treinador ainda mais desconfiado quanto a origem daquela elétrica. Era óbvio que ela tem ou tinha algum dono.

Antes que Blake pudesse reagir e ordenar um ataque e assim iniciar um combate intenso, surge uma garota ofegante. Ela possuía cabelos negros presos num coque e se vestia num estilo lolita. Ela parecia familiarizada com a elétrica, chamando-a de Melissa.

A garota repreendeu a ratinha por aquela atitude rude e pediu desculpas ao garoto por aquela situação. Em seguida explicou para ele que ela estava prestes a ter um filhote. Talvez aquilo explicasse o temperamento agressivo da roedora, assim como sua gula por aquelas frutas.

Blake fez um sinal positivo para a garota, indicando que a ajudaria a pegar a Pikachu fêmea. Como ela estava prestes a ter um filhote, achou que não seria uma boa idéia envolver ela em uma batalha. Decidiu usar de um movimento prático de seu parceiro Carter: o string shot. Aqueles fios de seda não causavam dano e era uma ótima de imobilizar qualquer alvo.


– Carter, use seu String shot para imobilizar aquela Pikachu! Mire principalmente nas pernas para que ela não corra e nas bochechas para evitar uma descarga elétrica!

Carter fez uma careta para o seu dono, talvez porque estivesse mais interessado nas frutas do que na situação da Pikachu. Porém, o obedeceu, jogando um jato de seda na direção da roedora.

Restava saber se aquilo iria bastar.


Última edição por Artie em Seg Mar 24 2014, 04:02, editado 1 vez(es)

_________________
Capítulo 4: Conflito Interno ZefdeCE
Capítulo 4: Conflito Interno E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 4: Conflito Interno OHHVZarCapítulo 4: Conflito Interno GwgKTzNCapítulo 4: Conflito Interno MNDnG6pCapítulo 4: Conflito Interno HLlz7A0Capítulo 4: Conflito Interno IIs2sihCapítulo 4: Conflito Interno 8gzktHjCapítulo 4: Conflito Interno XsP5RwP


Capítulo 4: Conflito Interno WkE8NFc
Capítulo 4: Conflito Interno ORIry71
Capítulo 4: Conflito Interno VIjy66Q
Capítulo 4: Conflito Interno XOulu7k


Capítulo 4: Conflito Interno WQTIOUX
Capítulo 4: Conflito Interno OinUoEd
Capítulo 4: Conflito Interno FGENpG0
Capítulo 4: Conflito Interno PZ16T9O
Capítulo 4: Conflito Interno XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Ame Qua Out 02 2013, 19:51

Off: Ok ^v^
Tendo aceitado o pedido de ajuda da jovem lolita, Blake já passou suas ordens para Carter, pois somente o cartepie tinha as habilidades necessárias para deter a pikachu sem coloca-la em risco. De imediato, o pokemon inseto disparou um jato de seda branca contra as pernas da pokemon elétrica que ficou imobilizada.

_Isso, obrigada, muito obrigada! _ A lolita disse emocionada, ela parecia realmente contente, o bastante para abraçar Blake. _ Sei que já falei, mas muito obrigada de verdade.

Ela o largou e foi até a pikachu, a roedora tentava se livrar da seda insistentemente sem parar, a lolita a abraçava com carinho, embora não fosse retribuída, enfim podia levar sua Melissa de volta para o centro pokemon. A garota de lacinhos voltou para perto do rapaz, ela ainda o agradecia.

_Ah, como sou boba, não me apresentei antes, me chamo Marly e qual o seu nome?

Antes que ele pudesse responder a pergunta, algo muito interessante chamou a atenção de todos ali. Carter estava agitado, seu corpo resplandecia em um tom fraco de azul e antes que Blake pudesse fazer algo, cartepie tinha soltando seu jato de seda sobre si mesmo, sendo envolvido pelos fios que endureciam e assumiam um tom de verde escuro. Os olhos transpareciam pela camada e se fixaram em seu treinador. Carter havia se tornado um metapod!

Capítulo 4: Conflito Interno 11

_Lindo, é sempre incrível quando um pokemon evolui. _ Comentou Marly sem perceber que Melissa havia conseguido destruir a seda enquanto todos estavam focados na evolução do cartepie. Sem qualquer piedade a roedora descarregou uma leve corrente elétrica em todos os presentes, aproveintado-se para fugir dos braços da dona e ir para entre as moitas.

_Me-Melissa! _ Gemeu a lolita ainda chocada, literalmente. _ Por favor, eu imploro para que me ajude, podemos nos separar para cobrir uma área maior. Por favor, pelo filhote!

Marly estava desesperada pelo visto, talvez não soubesse nada sobre um parto e temesse o pior por sua pokemon, como Blake reagiria ao seu pedido? Bem, de uma forma ou outra, Carter parecia menos interessado nas berries agora.
Ame
Ame
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Artie Seg Out 07 2013, 04:20

O movimento de Carter havia sido eficiente para imobilizar a roedora prenha. A garota logo pegou a pequenina em seu colo e agradeu o auxílio do rapaz. Agora que haviam adquirido um minuto de tranquilidade, a jovem pode então se apresentar para ele. O rapaz, educado do jeito que era, deu um breve aceno e também se introduziu.

– É um prazer, Marly. Eu me chamo Blake! Parabéns pelo pokémon novo que está a caminho!

As apresentações logo foram interrompidas por um brilho intenso que havia surgido nas proximidades da dupla. Quando Blake se deu conta, percebeu que aquela luz na verdade era seu pequenino Caterpie crescendo e assumindo a forma de um Metapod. O jovem não conseguiu conter sua emoção e logo pegou o casulo verde no colo, abraçando-o.

– Incrível! Meu Carter agora é um Metapod!

Era a primeira vez que um pokémon de Blake havia evoluído. De fato aquela emoção era gratificante e fez com que seu coração voltasse a sentir a vontade de determinação que ele deveria ter para continuar sua jornada.

Mas logo sua alegria passou. Melissa, a Pikachu de Marly, pegou todos de surpresa e liberou uma descarga elétrica leve, dando um susto em todos ali presentes e permitindo a fuga dela mais uma vez.

A descarga elétrica fez o rapaz se lembrar de quando estava em Viridian no dia anterior. O choque que havia levado de Zappy o fez esquecer de várias coisas importantes e de sobra o machuram. Aquelas lembranças desagradáveis retornaram e desanimaram o jovem mais uma vez. De novo, um conflito interno em sua mente. Ele de fato queria seguir jornada para sentir outras emoções como a de ver seus pokémons evoluírem. Porém, tinha medo de passar por outras situações desagradáveis.

Mas aquilo não era o importante naquele momento. A Pikachu havia fugido mais uma vez e eles precisavam encontrá-la. A garota pediu por ajuda mais uma vez e o rapaz logo aceitou ajudar na busca. Primeiramente retornou Zappy para sua pokébola, pegou Carter no colo e logo começou a andar pela vegeração no sentido oposto ao que a lolita iria seguir. Não sentia pena de deixar aquelas frutas azuis, já que Carter não parecia mais tão interessado nelas.

Porém, logo teve uma idéia interessante: ao se lembrar da gula que a elétrica teve momentos atrás ao encontrar aquelas frutas, Blake percebeu que utilizá-las para atrair a Pikachu poderia ser uma boa idéia.

Com isso, Blake retornou para a clareira, pegou três das frutas azuis e passou procurar um local naquela floresta no qual poderia montar uma armadilha com as berries para atrair  Melissa.


Última edição por Artie em Seg Mar 24 2014, 04:04, editado 1 vez(es)

_________________
Capítulo 4: Conflito Interno ZefdeCE
Capítulo 4: Conflito Interno E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 4: Conflito Interno OHHVZarCapítulo 4: Conflito Interno GwgKTzNCapítulo 4: Conflito Interno MNDnG6pCapítulo 4: Conflito Interno HLlz7A0Capítulo 4: Conflito Interno IIs2sihCapítulo 4: Conflito Interno 8gzktHjCapítulo 4: Conflito Interno XsP5RwP


Capítulo 4: Conflito Interno WkE8NFc
Capítulo 4: Conflito Interno ORIry71
Capítulo 4: Conflito Interno VIjy66Q
Capítulo 4: Conflito Interno XOulu7k


Capítulo 4: Conflito Interno WQTIOUX
Capítulo 4: Conflito Interno OinUoEd
Capítulo 4: Conflito Interno FGENpG0
Capítulo 4: Conflito Interno PZ16T9O
Capítulo 4: Conflito Interno XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Ame Seg Out 07 2013, 21:55

Off: Coloque as frutas no box. Hora de animar um pouco =w=
Mesmo comovido pela metamorfose de Carter para um estagio superior e abalado pelo choque repentino da roedora elétrica, Blake não perdeu tempo em aceitar ajudar Marly a recuperar sua pokemon nervosa. O treinador teve a ideia de que usar aquelas orans para atrair a pikachu para uma emboscada, pegou três frutas e então foi procurar um lugar adequado para colocar seu plano em pratica.

Era um tanto difícil saber se guiar dentro da Viridian Forest, visto que a cada curva que fazia parecia estar diante do mesmo caminho com as mesmas árvores dispostas da mesma maneira que uma curva atrás, mas logo Blake encontrou um lugar satisfatório, era fechado por árvores, o que impediria a pikachu de fugir novamente. Antes que Blake pudesse começar a preparar a armadilha, um som que parecia com um grito surgiu e estava bem próximo, segundos depois um brilho forte passou por entre as árvores, deixando claro que Melissa, ou outro pikachu, estava a uma parede de árvores de distancia de Blake e, pelo visto, estava com problemas sérios.

Ame
Ame
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Artie Ter Out 08 2013, 00:12

off:
Yay! Diversão! E free berries! Me gusta. Very Happy
Ah, uma dúvida: Metapod não deveria saber Harden?



Determinado a resgatar a pequena Pikachu prenha, Blake adentrou pela floresta em busca de um ponto estratégico aonde usaria as berries para recapturar a fugitiva. Conforme adentrou pela mata, tinha a sensação de que estava cada vez mais perdido e isso não o agradava nem um pouco.

Após a busca, acabou por encontrar um local bloqueado por árvores, perfeito para colocar o plano em prática. Mas não teve necessidade para tal. Antes mesmo de começar a monter a armadilha um som alto seguido de um grande feixe de luz amarela chamou a atenção do jovem.

Sua intuição indicava que poderia ser Melissa e que talvez a mesma estivesse em apuros. Decidiu que o melhor seria verificar a situação. Com seu pokémon recém evoluído ainda em seus braços, dialogou com ele, como se esperasse uma resposta.


– Carter, acredito que aquele som e aqueles brilhos só podem ser Melissa. O que você acha?

O pokémon apenas piscou os olhos. Talvez fosse um sinal positivo já que agora que estava dentro de um casulo seus movimentos eram limitados.

Determinado, o rapaz então seguiu na direção do som e dos brilhos. Sentia medo do que poderia encontrar. Mas confiava em seus pokémons para ajudá-lo.


Última edição por Artie em Seg Mar 24 2014, 04:05, editado 1 vez(es)

_________________
Capítulo 4: Conflito Interno ZefdeCE
Capítulo 4: Conflito Interno E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 4: Conflito Interno OHHVZarCapítulo 4: Conflito Interno GwgKTzNCapítulo 4: Conflito Interno MNDnG6pCapítulo 4: Conflito Interno HLlz7A0Capítulo 4: Conflito Interno IIs2sihCapítulo 4: Conflito Interno 8gzktHjCapítulo 4: Conflito Interno XsP5RwP


Capítulo 4: Conflito Interno WkE8NFc
Capítulo 4: Conflito Interno ORIry71
Capítulo 4: Conflito Interno VIjy66Q
Capítulo 4: Conflito Interno XOulu7k


Capítulo 4: Conflito Interno WQTIOUX
Capítulo 4: Conflito Interno OinUoEd
Capítulo 4: Conflito Interno FGENpG0
Capítulo 4: Conflito Interno PZ16T9O
Capítulo 4: Conflito Interno XfMpn4h
Artie
Artie
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Ame Qua Out 09 2013, 18:11

Off: Sorry, falha minha. Carter agora sabe Harden. ^^''
Apressados, Blake e Carter conseguiram chegar até a pikachu e ela estava mesmo com sérior problemas. Melissa estava exausta e tinha alguns machucados, isso não era bom em sua condição de gestante, em contra partida o adversário dela estava em plana condição para continuar atacando o quanto desejasse, ainda mais com aquela musculatura e laminas letais.

Capítulo 4: Conflito Interno 123f

Melissa parecia ter um forte orgulho para defender visto que nem quando o oponente mudou seu foco para a dupla recém chegada, ela parou de atacar com seu thundershock, o qual foi facilmente evitado por Scyther e sua velocidade, Blake quase foi vitima de um novo choque se não fosse por um reflexo rápido que teve. Melissa cedeu com esse ataque, ela não aguentou e caiu, ainda consciente, mas dolorida demais para se mexer.

O pokemon louva deus olhou para a rata abatida, devia dar fim naquela peste ou antes iria lidar com aqueles dois que surgiram do nada? Ela esfregava as laminas enquanto se decidia. Blake precisava pensar no que fazer antes que Scyther tomasse uma decisão.


-print
Ame
Ame
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Capítulo 4: Conflito Interno Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 4: Conflito Interno Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Capítulo 4: Conflito Interno Empty Re: Capítulo 4: Conflito Interno

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Ir para o topo Ir para baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos