Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Página 7 de 14 Anterior  1 ... 6, 7, 8 ... 10 ... 14  Seguinte

Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Katakuri em Ter Out 15 2019, 18:20

Baile de Cartas: As Relíquias Perdidas!




O fim do embate finalmente já estava mais claro que o sol durante um dia sem nuvens! Era uma questão de instantes até o fraco Skiploom, que mal se aguentava voando, caísse de vez no palco, derrotado! Mandy ainda estava nervosa e com raiva... já Pixie, havia acabado de retornar Sneasel, finalmente se recuperando da dor de perder seu companheiro!
 
Allan, além de ordenar o movimento de Thor, já se preparava para mandar Aracne capturar a dupla de ladras! Entretanto, talvez seus planos não fossem tão bem executados quanto estavam em sua mente. A vida real sempre continha surpresas que o jovem poderia não esperar! Pixie, ao se levantar, ia para perto de Bakugou e colocava um pequeno canivete em seu pescoço (de mentira, óbivo)... parecia pronta para algo se os protagonistas fizessem algum movimento errado.
 
A luta, por sua vez, durava poucos segundos, com a cabeçada de Faísca logo finalizando o pokemon planta e Thor acordando de seu prolongado sono! Quando a luta terminou, Mandy logo usava seu chicote para prender a mão de Allan em que estava a pokebola! – Calma lá, campeão! Fomos derrotas, infelizmente... mas nunca capturadas! Vamos fazer uma troca! Por mais que vocês tenham um guia... ele sabe com quem está o outro Item roubado? Além disso, se tentarem algo, Pixie irá matar seu pobre colega... ele falou muito sobre sua missão, no pouco tempo que o torturamos. É um linguarudo de primeira... na, na , não! Nem pensem em agir sem pensar, com raivinha! – a atriz ainda balançava, negativamente, o dedo indicador, como se estivesse falando com criancinhas
 
Se a dupla concordasse em não capturar as mulheres em troca da vida de Bakugou e das informações, Mandy iria falar – O outro item está na Floresta dos Cogumelos. Vimos que uma pessoa perigosa o levou para seu covil... era o Diadema de Paus, com toda a certeza... pensamos em roubar, mas a pessoa que o pegou é mais forte que nós... se forem mesmo desafia-la, sugiro cuidado KIKIKIKI. Quando forem, procurem pelo Lar Secreto do Demônio... se tiverem sorte, ou azar, irão encontra-lo! – Assim, deixando Bakugou no chão, jogando para junto da dupla, elas iriam correr para fora do palco, escapando.
 
Desta forma, caberia a Allan e Rayssa acordar o bravo Bakugou e o explicar o que as ladras disseram!





Pokémon 1:
Nocauteado
Pokémon 2:
Nocauteado
Hold Item 1:
---
Hold Item 2:
---
Trait 1:
Inner Focus
Trait 2:
Chlorophyll

lv25 Sneasel


00/62
lv25 Skiploom


00/62
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sneasel

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Skiploom
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Pichu

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Luxio
lv25 Faísca


09/55
lv25 Thor


24/65
Trait 1:
Static
Trait 2:
Intimidate
Hold Item 1:
---
Hold Item 2:
Magnet
Pokémon 1:
+2 Ataque Especial;  Envenenado (3)
Pokémon 2:
Envenenado (3); Dormindo (1/2)

Campo: Palco do teatro com o cenário de uma praça circular com uma fonte no meio (sem água)

Allan Leoxes (50/50) e Rayssa Bolt (50/50)



Pixie (Jaina) (50/50) e Mandy (Nicole) (50/50)



Andros Noob:
Situação dos Pokémon

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 404 Luxio 24/65 Envenenado (3) - Luxio recebeu 1650 de EXP e 3 de felicidade pela vitória sobre Sneasel e Skiploom. Upou para o lv 25!

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 100 Voltorb 55/55

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 595 Joltik 37/60 - Recebeu 1650 de EXP e 13 de felicidade pela vitória sobre Sneasel e Skiploom. Upou para o lv 12! Deseja aprender Thunder Wave, Screech e Fury Cutter

Itens

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x03

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x03

Pontos acumulados: 60 pontos (50 da primeira luta e 10 do bonus de mono type)

Ganhos e experiências




Rayssa Novata:
Situação dos Pokémon

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 172 Pichu 09/45 Envenenado (3) - recebeu 1925 de EXP e 5 de felicidade pela vitória sobre Sneasel e Skiploom. Upou para o lv 17!

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 016 Pidgey 04/55 Paralisado (28 sped); Envenenado (3) recebeu 1001 de EXP e 7 de felicidade pela vitória sobre Sneasel e Skiploom. Upou para o lv 11!

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 170 Chinchou 08/70  Envenenado (4); Dormindo (1/3) ecebeu 1925 de EXP e 7 de felicidade pela vitória sobre Sneasel e Skiploom. Upou para o lv 15! Aprendeu Water Gun

Itens

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x03


- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x03

Pontos acumulados: 50 pontos (50 da primeira luta)


Última edição por Katakuri em Qua Out 16 2019, 09:57, editado 1 vez(es)

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 E2Poltk
Thanks KB S2

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 JnPMlb7
Katakuri
Katakuri
Especialista Dragon II

Especialista Dragon II

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue4 / 104 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Andros em Qua Out 16 2019, 09:36


Off::
Ensinar:
Thunder Wave no lugar de Spider Web
Screech no lugar de Infestation
Fury Cutter no lugar de Absorb

Assim que a batalha terminou, quando fui tentar executar o meu plano de captura, acabei sendo surpreendido por uma das gatunas e seu chicote. Mandy lançava seu chicote contra mim, e prendia meu braço ao qual eu segurava a esfera de Aracne. Thor encarava a mulher com raiva, mas eu fazia sinal para que ele se acalmasse. - Tudo bem. Apesar de serem vilãs, vejo que são pessoas de palavra. – Eu dizia relaxando o braço, e guardando a esfera novamente em meu cinto. - Então vou deixar vocês irem. Mas não façam nada contra Bakugou. Apesar de ser um jovem problemático, ninguém merece ser ferido assim. - Além de guardar a esfera de Aracne, eu pegava a de Thor e o recolhia rapidamente. - Obrigado pessoal, vocês foram muito bem. Agora precisamos sair daqui o mais rápido possível. - Depois que terminei de recolher e guarda a esfera de Thor, Pixie acabou relaxando o canivete também.

Eu fazia sinal para que Rayssa deixa-se que elas fugissem também, mesmo achando um pouco desnecessário faze-lo, já que nas condições em que os pokémon de minha parceira estavam ela queria apenas cura-los e deixa-los descansar. Mandy parecia mais tranquila agora, e começava a contar o que sabia em troca de as deixarmos livres. Ainda não sabíamos se Bakugou já sabia sobre aquelas informações, mas poderiam ser de grande ajuda. Apesar de serem vilãs, eu ainda assim confiava nelas, já que não tinham dano nenhum indicio de quebrarem sua própria palavra. Agora precisávamos guardar aquelas informações, e confirmar com Bakugou quando conseguíssemos faze-lo acordar. - Então quer dizer que a Diadema de Paus está em um local chamado de Lar Secreto do Demônio? E esse local fica em algum lugar da Floresta dos Cogumelos? Ok. Super animador saber disso. – Eu dizia com um sorriso sarcástico. Assim que a gata terminava de falar, Pixie chutava o jovem para o nosso lado, para que pudessem ter tempo de correrem para fora de vista.

- Ei! Não façam isso! – Eu disse correndo na direção do guia desmaiado. - Rayssa, precisamos fazer alguma coisa para acorda-lo. Alguma ideia?



_________________


Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.


Spoiler:

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 9ibJsnl
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XBZWvTx
Obrigado a todos que votaram!

Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Rayssa.bolt em Sex Out 18 2019, 13:15

Spoiler:
foi mal a demora, como ja disse pelo discord, estou em viajem

Ao ver que finalmente Skiploon havia sido derrotado tudo que a garota queria era correr para o lado de seu pequeno e bravo pokemon, e prestar o auxílio merecido a ele, mas as gatunas ameaçavam a vida de Bakugou e exigiam que as deixássemos livres, se valiam de seu chicote para impedir Allan de usar sua pequena aranha elétrica para capturá-las. pareciam saber bastante sobre o que, e porque estávamos naquele lugar, e ofereciam mais informações, caso a liberássemos, ao ouvir, o Irmão emprestado da treinadora já tinha uma resposta, com somente a recuperação de seus pokemon em mente, e visto que de fato, apesar de maldosas as vilãs cumpriam a palavra de fato, Raíssa se limitava a concordar com um aceno de cabeça

-Faísca! você foi incrível! venha cá, vamos cuidar de seus machucados meu pequeno guerreiro dizia após as ladras terem deixado o palco, corria para dar um abraço em seu Pichu e tirava um full restore do bolso para usar nele. depois, liberava e recuperava seus outros dois companheiros os parabenizando pela vitória também -Tsubasa! Storm! excelente trabalho! todos vocês!

depois de abraçar e recuperar seu pequeno time, ouvia o rapaz indagando se a treinadora de elétricos tinha alguma ideia do que fazer para despertar o dorminhoco boca suja... e de fato a garota tinha algo em mente...
-Ummm, tenho uma ideia que pode dar certo, Storm, use suas bolhas, mas não atinja o dorminhoco, faça ela flutuar perto da cabeça dele, vou procurar algo que posa usar para estourar ela com segurança.... um galho deve servir... dizia ja vasculhando o cenário, e dizendo a última frase mais para o público e si mesma que para com quem tava participando da peça.

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XhGMIer
Rayssa.bolt
Rayssa.bolt
Estagiária

Estagiária

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Katakuri em Sex Out 18 2019, 16:12

Baile de Cartas: As Relíquias Perdidas!




A dupla foi surpreendida pela “contra resposta” aplicada por Mandy e Pixie... as duas eram verdadeiras meliantes mesmo, sempre pensando no pior e se preparando... os dois nobres inocentes caíram facilmente na estratégia delas! Apesar de tudo, Allan não estava em posição de brigar com as ladras... Rayssa estava com os pokemons bastante machucados e não via a hora de estar com eles!
 
Assim, o jovem irmão aceitava os termos das mulheres, e estas, cumprindo sua palavra, explicavam o que sabia sobre outro item real que foi surrupiado do castelo. Ao que tudo indicava, o próximo desafio seria pior que o presente, onde a dupla já havia sofrido horrores para passar... seriam aptos para tal tarefa?
 
Quando tudo terminou, com as ladras fugindo e Allan e Rayssa ficando com o temperamental Bakugou, finalmente a pequena garota pôde soltar seus pokemons e os agradecer por tudo, curando Pichu com um dos itens entregues pelos pais... eram recursos escassos, a dupla deveria saber muito bem a hora de usar! O jovem Leoxes, por sua vez, não se desfazia de nenhum item de cura, confiando em suas habilidades para enfrentar os perigos que ainda viriam!
 
Enquanto Rayssa pensava em algo para acordar o jovem, o mesmo começava a abrir os olhos, devagar, tentando se orientar onde estava. Primeiro se sentava, observando o ao redor e com a mão na cabeça... parecia ter levado fortes pancadas! Ao se deparar com a dupla de irmãos, o rapaz pareceu se lembrar e logo começava a gritar – AHHHHHHH, ONDE ESTÃO AQUELAS LADRAS MALDITAS!!! VAGABUNDAS! VOU ACABAR COM ELAS!!
 
Depois dos protagonistas explicarem tudo, Bakugou parecia mais “calmo”, ainda mantendo a expressão fácil de um rapaz esquentado e pronto pra briga...mas algo no relato pareceu deixar o jovem mais nervoso e com receios do que com vonta de explodir tudo! – O lar do Basilísco? Não acredito!! AFFFFFFF. Eu sabia que estava na floresta... mas enfrentar a entidade que controla o submundo dos assassinatos e terror do Reino... certamente era algo que eu não esperava ter que encarar, ainda mais com dois novatos como vocês que tiveram dificuldades com as Wild Cats... nem são reconhecidas por serem fortes!
 
Vendo que a dupla não parecia entender nada do que ele falava sobre “Basilisco”, ele logo gritava e voltava a relatar – O Lar Secreto do Demônio, ou LSD, é uma zona secreta na Floresta dos Cogumelos... ninguém sabe ao certo como entrar lá... visto que ninguém quer entrar lá por vontade própria! As pessoas que são levadas ao local, nunca mais voltam! Quem habita lá é Toga Himiko, uma filha bastarda da Rainha que foi internada no hospício do reino por falar com cobras... uma prática vista como “nefasta” por todos. Segundo as más línguas, os seres repitilianos a ajudaram a escapar e ela veio morar aqui... ela habita as profundezas da floresta, sendo responsável, segundo as autoridades, a matar muitas pessoas que se aventuram por essas bandas... mas ela nunca havia ido tão longe a ponto de roubar algo do reino! Ela é bem louca, ninguém em sã consciência vai atrás dela! – o rapaz levava as mãos à cabeça, parecendo desesperado com aquilo. Parece que Francis esqueceu de avisar para o jovem Bakugou sobre o detalhe de Toga... ou não sabia que ela era um perigo tão grande!
 
Pelo visto, era uma empreitada perigosa... será que a dupla iria querer continuar? Como iriam fazer o seu guia voltar a si e perder o medo? Se é que iriam fazer isso afinal


Andros Noob:
Situação dos Pokémon

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 404 Luxio 24/65 Envenenado (3)  

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 100 Voltorb 55/55

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 595 Joltik 37/60 

Itens

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x03

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x03

Pontos acumulados: 60 pontos (50 da primeira luta e 10 do bonus de mono type)

Ganhos e experiências




Rayssa Novata:
Situação dos Pokémon

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 172 Pichu 45/45 - Full Restore usado (x2)
- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 016 Pidgey 04/55 Paralisado (28 sped); Envenenado (3)
- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 170 Chinchou 08/70  Envenenado (4); Dormindo (1/3) 

Itens

- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x03


- Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x02 

Pontos acumulados: 50 pontos (50 da primeira luta)

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 E2Poltk
Thanks KB S2

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 JnPMlb7
Katakuri
Katakuri
Especialista Dragon II

Especialista Dragon II

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue4 / 104 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Andros em Sex Out 18 2019, 17:29


Off::
Já que você insiste, pode curar meus pokémon. rsrs

As coisas finalmente se acalmavam um pouco. As duas vilãs partiam e nos deixavam ali com Bakugou. O jovem rapidamente acordava, e nos questionava o que havia acontecido ali. Enquanto fazíamos um resumo dos acontecimentos desde a saída da casa até o momento em que ele havia acordado, eu aproveitava para usa um dos Full Restore para curar Thor de seu envenenamento, assim como restaurar suas energias ao máximo, logo depois o retornava para esperar a próxima batalha. Aproveitava também para dar uma das Sitrus Berries para Aracne, a retirando-a de sua esfera e a deixando do lado de fora, já que ela gostava bastante de andar por dentro de minhas roupas.

Depois de ouvir tudo o que tínhamos a dizer, Bakugou se espantou. Primeiro pelo fato de que tínhamos suado para derrotar as Wild Cats, e surtou ainda mais ao ouvir “Lar Secreto do Demônio”, que ele chamou de “Lar do Basilísco”. Ele aproveitou o momento para nos contar um pouco sobre a historia desse local que ninguém em sã consciência iria procurar. Se tratava de um dos locais mais perigosos de todo o aquele estranho mundo encantado. Ouvi tudo com bastante atenção, sem deixar de prestar atenção aos detalhes. Então era basicamente uma princesa que seria nossa próxima oponente, e apesar de todas as coisa terríveis que ele contou sobre ela, eu ainda não conseguia visualizar um ser perigoso.

- Então quer dizer que você está com medo de uma garotinha? É isso mesmo? – Eu comentei caçoando de Bakugou, apenas para deixa-lo irritado. - Pois fique sabendo que até ontem ninguém teve coragem o suficiente para procurar pelo LSD, mas fique sabendo que hoje alguém teve coragem. – Como todo herói, eu não podia dar para trás, mesmo sabendo que poderia ser derrotado. - Você está comigo Rayssa? – Eu perguntava convicto de uma resposta positiva.



_________________


Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.


Spoiler:

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 9ibJsnl
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XBZWvTx
Obrigado a todos que votaram!

Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Rayssa.bolt em Sex Out 18 2019, 18:25

Spoiler:
Poe water gun no lugar do buble beam, obrigada ^^

Ao ver Bakugou acordar a garota fica um pouco desapontada por não mais poder acorda-lo com um susto, e se volta a tarefa incompleta de cuidar de seus companheiros feridos, aplicando um full restore em Tsubasa e Storm tirando uns instantes para afagar e agradecer antes de retornar os dois, menos o Pichu,que rapidamente subia para seu lugar preferido, o topo da cabeça de sua treinadora, e com um sorriso, a treinadora de eletricos diz:
-mas você gosta mesmo dai né? tudo bem então. e fazendo um último carinho Raíssa escuta que Allan ja terminava de resumir os acontecimentos para o guia que havia desmaiado, provavelmente com um golpe das gatunas que haviam acabado de espantar.

O esquentadinho surtava só de ouvir o nome do lugar citado pelo irmão, e disparava em dar os detalhes mais sinistros sobre o lugar nefasto que era aquele para onde havia sido levado o segundo item, que tinha elementos de uma outra obra literária que Raíssa se lembrava ser bem popular, ouvia atentamente enquanto pensava nos desafios que poderiam aguardar a dupla nesse lugar a cada novo detalhe fornecido pelo desesperado guia da dupla.

A garota bem que tentou mas não conseguiu conter o riso quando Allan provococou Bakugou, mas logo assumia uma expressão mais séria quando o irmão perguntava se iria com ele -Mas claro que vou com você! que diabos de pergunta é esssa? Francis acreditou em nós para cumprir a tarefa, e acho que falo por nós dois quando digo que vamos nisso até o fim! então Bakugou... para onde fica o Lar secreto do Demônio?

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XhGMIer
Rayssa.bolt
Rayssa.bolt
Estagiária

Estagiária

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Katakuri em Sex Out 18 2019, 18:59

Baile de Cartas: As Relíquias Perdidas!




A explicação de Bakugou não pareceu ter surtido o efeito querido pelo problemático rapaz, pois a dupla não se deixou levar pelos perigos narrados, muito pelo contrário, mostravam uma coragem determinante, ainda mais que se tratavam de jovens, sem treino em combate ou afins... talvez por lhes faltar a devida ciência do que estava por vir, aceitavam.
 
O guia, antes com uma expressão de desânimo e preocupação, logo se virava para os jovens... com um sorriso zombeteiro no rosto – Hehehehe, parece que vocês não são patéticos como eu pensava. Depois de quase perder pra essa lixo Cats, imaginei que iam estar se tremendo so de ouvir meu relato. Pelo visto, estava enganado e vocês tem “culhões” hehehehe. Bom, o que eu disse antes não deixa de ser verdade, Toga é muito perigosa... mas eu sou apenas o guia, se vocês morrerem, eu vou tentar achar outras pessoas por mim mesmo... Francis é muito bunda mole! – sem esperar comentários dos dois, Bakugou ia na frente rapidamente... que guia bom!
 
Depois de curar seus aliados, pensando melhor no conflito, provavelmente mortal, que teriam posteriormente, Allan e Rayssa seguiam Bakugou, agora com Aracne andando por dentro das roupas de pompa de seu treinador, e Faísca que subia nos longos cabelos de sua treinadora. A interação improvisada entre treinadores e pokemons pareceu cativar o público, que antes estava tenso com todo o relato!
 
Assim, as cortinas se fechavam e logo o 1 Ato se encerrava, sobre solenes aplausos de parte dos espectadores... pelo visto, o ingresso havia sido um bom investimento! No backstage, a dupla de colegas de guilda podia se alimentar um pouco, beber uma água e descansar enquanto o cenário seguinte era montado. Logo o diretor aparecia e conversava com eles sobre pontos que ele gostaria que fossem explorados durante o 2 Ato. Por fim, um gentil Bakugou aparecia perto deles...pelo visto, na vida real ele era calmo e fofo, que grande ator! Ele pedia desculpas pelos palavrões e afins, era parte do personagem!
 
Com tudo pronto, as cortinas se abriam a agora o trio de humanos se encontrava em um cenário bem diferente do passado. Diversos Glooms, Vileplumes, Foongus estavam dispostos pelo palco, como se fossem “Cogumelos” mesmo (com um fundo em maquete com diversas árvores também, mostrando que era uma floresta normal, mas com vários cogumelos) ... os pokemons atuavam tão bem que conseguiam esconder boa parte de suas características pokemon! Então, o problemático guia voltava a falar alto para a dupla – Bom, caminhamos bastante por essa porcaria de floresta e nada dessa caverna, apenas mato e cogumelos! QUE PORRA! BASILÍSCO DOS INFERNOS, APARECE SEU INFELIZ DESGRAÇADO! – o jovem vociferava a torto e direito, clamando por atenção!
 
Repentinamente, uma voz calma, seguida de uma pessoa, aparecia da surdina, chamando logo a atenção do grupo... visto que o “ser” que aparecia não tinha nada de humano aparentemente. – Olá viajantes, principalmente você ai que fala alto. Sou o responsável por manter essa floresta em paz e harmonia... com vocês gritando assim, fica difícil... Bom, nunca vi ninguém chegando aqui procurando a Lady Toga é um ato um tanto... suicida, eu diria. Se me disserem o que querem com ela, posso ajudar vocês
 
Bakugou, explosivo, logo chegava perto do ser... que desferia um poderoso soco nele, desacordando uma vez mais o rapaz, para o riso da plateia! – Apesar de ser sereno, odeio desrespeitosos... posso crer que vocês não são como ele, não é? Seria uma pena ter que fazer isso com vocês também hehehe. A propósito, me chamo Kamui, o guardião da floresta


Kamui:
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 C7b9ab18cf017eb574b68ee4eb01344679b8f7d6r1-1080-1415v2_00


Andros Noob:
Situação dos Pokémon

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 404 Luxio 65/65  Full Restore utilizado (x2)

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 100 Voltorb 55/55

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 595 Joltik 52/60 Sitrus Berry utilizada (x2)

Itens

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x02

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x02

Pontos acumulados: 60 pontos (50 da primeira luta e 10 do bonus de mono type)

Ganhos e experiências




Rayssa Novata:
Situação dos Pokémon

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 172 Pichu 45/45 
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 016 Pidgey 55/55 Full Restore utilizado (x1)
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 170 Chinchou 70/70   Full Restore utilizado (x0)

Itens

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x03


Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x00 

Pontos acumulados: 50 pontos (50 da primeira luta)

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 E2Poltk
Thanks KB S2

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 JnPMlb7
Katakuri
Katakuri
Especialista Dragon II

Especialista Dragon II

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue4 / 104 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Andros em Sex Out 18 2019, 21:55



Se desviando da minha brincadeira, Bakugou fez parecer que ele estava apenas nos testando com as descrições de nosso destino. Ele demonstrava que esperava uma reação diferente de nossa parte, mas acabou se surpreendendo com nossa coragem. Depois disso ele logo se colocou a andar em direção aos bastidores, apresentando o caminho para a floresta de cogumelos.

Assim que o seguimos, o primeiro ato finalmente se encerrava. Estávamos um pouco cansados, já que a batalha tinha sido mais longa do que esperávamos. Aproveitei para me sentar um pouco e beliscar alguma coisa do lanche que havia ali. Aracne também se aproveitava, e se alimentava de minha eletricidade estática. Roupas de gala parecia causa mais estática do que roupas comuns. O ator que interpretava nosso guia, era uma pessoa totalmente diferente da que representava no palco, e vinha nos pedir desculpas. - Não seja bobo. Sabemos que é apenas interpretação. – Eu dizia em resposta. E depois de algum tempo, o palco já estava pronto para começar o novo ato.

Dessa vez o cenário era um pouco diferente. Ao invés de uma praça, era uma floresta. Os cogumelos, eram pokémon disfarçados, parados ali imóveis feito plantas de verdade. Era um pouco incomodo passar no meio de tantos pokémon de espécimes que poderiam soltar gases venenosos a qualquer momento. Mas eu preferia não demonstrar minha preocupação, até porque se estavam ali no palco, é por que tinham muito controle de suas habilidades.

Andamos um pouco no palco, enquanto Bakugou cuspia um monte de palavras inúteis. Eu olhava para a plateia e colocava a mão na cara e a deixava deslizar como indicação de tédio. Com isso, eu tinha a intenção de faze-los rirem um pouco para descontrair. - Se ficar gritando assim, vamos perder todo o elemento surpresa. E ao invés de encontrarmos o Lar do Demônio, o Demônio é quem vai nos achar. – Logo depois de terminar de falar, um voz surgiu do nada, assim como uma figura estranha e amadeirada. Dessa vez não deu para esconder, eu cheguei a dar um pulinho com o reflexo do susto. - Credo, desse jeito você mata alguém. – Eu comentei baixo.

Com o surgimento da estranha figura, Bakugou logo avançou contra ele, logo depois de nos perguntar o motivo de estarmos procurando a Toga. O ser desconhecido não parecia muito amigável, apesar de parecer bastante sereno. E assim que Bakugou se aproximou, ele o derrubou com um forte soco. - De novo não! – Eu disse quase pronto para defender Bakugou (segurando para não rir é claro), mas fui interrompido pela fala do guardião da floresta. Ele tinha feito aquilo apenas por não ter ido com a cara de Bakugou, e não tinha intenção de fazer o mesmo com a gente, o que me fez desistir de tirar satisfação. - Tudo bem. Não precisa fazer isso conosco. Você quer saber o que viemos fazer aqui, então vou te dizer. Fizemos uma promessa de encontrar e resgatar alguns objetos perdidos da Rainha. E um deles foi visto aqui na floresta, e está de posse de Toga. Por isso precisamos encontra-la o mais rápido possível. Se puder nos mostrar o caminho, agradeceremos muito.

Nosso guia que só servia para ficar deitado no chão enquanto as coisas aconteciam, não estava ajudando muito, mas por outro lado, ele estava sento uma parte muito interessante da peça. Toda peça precisava de um pouco de comedia. Agora era só esperar a resposta de Kamui, para sabermos para onde deveríamos ir, apesar ter a sensação de que aquela resposta não seria de graça.



_________________


Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.


Spoiler:

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 9ibJsnl
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XBZWvTx
Obrigado a todos que votaram!

Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Rayssa.bolt em Sex Out 18 2019, 23:37

Aparentemente Bakugou queria mesmo assustar os dois irmãos, mas era compreensível, o que fariam iria exigir muita coragem, e ele, mesmo da maneira dele, parecia capaz de elogios, que o fazia a dupla de protagonistas. e ao terminar de nos preparar da melhor maneira possível para seguir, a cortina fechava com o final do primeiro ato da peça, nos dando um tempo para respirar e descansar um momento, onde o ator que interpretava o guia esquentadinho se mostrou na verdade bastante calmo e educado, inclusive se desculpando pelo comportamento do personagem, arrancando um largo sorriso de Raíssa, -Minha nossa! atuação impecável! não se preocupe com isso, e parabéns pela excelente atuação! e logo seguia a Deixa de Allan para se restabelecer depois da longa batalha, aproveitava para oferecer algo a seus pokemons também. o diretor da peça aproveitava o momento que os contra-regras precisavam para fazer a mudança de cenário para também dar algumas orientações a respeito do andamento da peça

Mal dava tempo para as orientações, e o cenário já estava pronto, graças a eficiência dos contra-regras e era hora de voltar ao palco e se viam em meio a uma floresta com o chão coberto de cogumelos, interpretados por fongus atores... de forma brilhante e muito convincente.

O ator que interpretava o guia esquentadinho voltava a ser o personagem esquentadinho e chegava no palco já esbravejando sobre o suposto longo caminho que haviam percorrido, apesar dos avisos de Allan de que aquilo podia não ser uma boa ideia, já Raíssa se limita a fazer uma cara de desaprovação ao comportamento do mesmo que, como alertado pelo jovem logo chama a atenção de uma criatura da floresta, que o deixava mais uma vez desacordado. A garota arregalava os olhos, não por achar que o guia barulhento do grupo não merecesse... mas por ver um guardião com tão pouca paciência, mas pelo visto estavam na trilha certa para onde precisavam ir. o treinador logo começava a tentar tranquilizar a criatura

-sim, não se preocupe, não compartilhamos da falta de educação dele, e como meu irmão explicou, alguns itens da rainha de copas foram furtados, e fomos informados que o item em questão estava de posse de Toga, como meu irmão também já falou, estamos apenas de passagem e não temos a intenção de perturbar sua bela floresta, caro guardião Kamui, e onde estão nossos modos, me Chamo Raíssa, e esse é meu irmão Allan

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XhGMIer
Rayssa.bolt
Rayssa.bolt
Estagiária

Estagiária

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Katakuri em Sab Out 19 2019, 21:16

Baile de Cartas: As Relíquias Perdidas!




Kamui era muito estranho, apesar de ter aspecto humanoide, pois possuía diversos “galhos” pelo corpo, quase um homem madeira. Todavia, apesar de diferente, era bem sereno e pacato, apesar de odiar pessoas desrespeitosas, sendo violento na repreensão! Diante da fala da dupla, ele ficava passando seus dedos de galhos pelo queixo, como se pensativo no que fora falado.
 
Roubaram da Rainha é? Esse pessoal não aprende... da última vez que invadiram o castelo real, eles vieram aqui em peso e praticaram bastantes atos que eu chamaria de “obscenos”.  – ele bufava de forma forte e lenta, parecendo sentir o que aquele ato da Toga poderia ocasionar – Agora já entendo o motivo dela estar bem alegre esses dias... ou tinha matado muita gente ou tinha ganho um presente especial. Bom, apesar de eu saber que ela comete assassinatos e afins, nós temos uma relação quase mutualística, onde ela protege a floresta matando invasores do reino dos homens e das cartas, gostando bastante disso, inclusive, e eu ganho segurança, mantendo tudo tranquilo e calmo por essas bandas, do jeito que a natureza gosta.
 
Como podem entender, ou não, pela minha fala, normalmente eu não deduraria ela... mas dessa vez ela foi longe demais! Sabe que é expressamente proibido invadir o reino dos homens... que dirá roubar da Rainha! Se vocês prometerem se livrar dela e leva-la de volta para o seu mundo, eu os ajudo a encontrar... vou logo dizendo que não vai ser fácil!
 
Quando a fala de Kamui terminava, ele estalava seus dedos de madeira e logo dois Glooms apareciam dos fundos, segurando uma bandeja com 2 Narguilé com bastante fumaça dentro... realmente o preço a pagar não seria nada “usual” – Então, o que me dizem? Se concordarem... este aqui é o preço e eu direi o que vocês devem fazer... mas se saírem do Lar Secreto do Demônio sem estar com ela... – Dois Kangaskhan saiam do outro lado dos fundos, ficando lado a lado com Kamui – Não sairão daqui com vida, logo, pensem bem se vão aceitar!

Andros Noob:
Situação dos Pokémon

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 404 Luxio 65/65  

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 100 Voltorb 55/55

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 595 Joltik 52/60 

Itens

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x02

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x02

Pontos acumulados: 60 pontos (50 da primeira luta e 10 do bonus de mono type)

Ganhos e experiências




Rayssa Novata:
Situação dos Pokémon

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 172 Pichu 45/45 
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 016 Pidgey 55/55 
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 170 Chinchou 70/70   

Itens

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x03


Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x00 

Pontos acumulados: 50 pontos (50 da primeira luta)

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 E2Poltk
Thanks KB S2

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 JnPMlb7
Katakuri
Katakuri
Especialista Dragon II

Especialista Dragon II

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue4 / 104 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Rayssa.bolt em Seg Out 21 2019, 01:37

Apesar de pouco tolerante com o esquentadinho que servia como guia da dupla, o estranho ser que era o guardião se dispôs a escutar os irmãos, que obviamente tinham mais modos que o baderneiro, ouviu atentamente e dupla de protagonistas e parecia irritado com o furto de Toga, pois aparentemente viviam quase em simbiose, mas estava claramente desapontado com a recente transgressão de sua vizinha, pelo visto mais um que "foi longe demais" com as pequenas maldades...

Kamui até propunha a levar os dois ate o meliante, com a condição de que levássemos Toga conosco, para a Garota soou como se quem eles tinham vindo confrontar acabara de ser expulso da floresta e o guardião até ameaçava os irmãos, aparentemente seriam considerados cúmplices do meliante caso não o tirassem de lá, mas tudo bem, não tinham a intenção de serem coniventes, e Raíssa logo respondia:

-Nem se preocupe, era mesmo nossa intenção levar Toga a Justiça, sua bela floresta não merece ser perturbada por esse meliante, pode ter certeza de que faremos nosso melhor para lidar com ele! não é irmãozão? dizia e logo se virava para Allan com um sorriso empolgado no rosto -AH e desculpe também pelo comportamento de nosso guia, não era nossa intenção perturbar sua bela e calma floresta

Tão logo os Glooms surgiam com os narguilés, a Garota se aproximava e examinava tentando adivinhar o que era e como era usado, afinal, em seua 10 anos de vida não tinha visto nada parecido, seu olhar curioso saltava do estranho objeto para Kamui, esperando o mais pacientemente que conseguia pelas instruções do que teriam que fazer

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XhGMIer
Rayssa.bolt
Rayssa.bolt
Estagiária

Estagiária

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Andros em Seg Out 21 2019, 14:51



O homem feito de madeira era muito esquisito, mas não parecia ser um ser maligno. Tudo indicava que ele estava apenas tentando deixar seu lar seguro, e foi exatamente isso o que ficou bem claro com tudo o que ele contou a seguir.

Depois de ouvir nosso lado da historia, Kamui se mostrou bastante desgostoso com as atitudes de Toga. O que ela tinha feito, era motivo o suficiente para se desfazer aquela relação tão mutualística entre os dois. De acordo com Kamui, da ultima vez que algo da Rainha tinha sido roubado, fez com que a mesma enviasse um exercito até ali, o que provavelmente não deixou as criaturas da floresta muito confortáveis, principalmente pelas coisas “obscenas” que tinham sido feitas ali.

No fim, Kamui se mostrava bastante complacente com a nossa missão. Ele prometia nos ajudar a encontrar Toga, mas com a condição de que a levássemos embora dali. Aquilo não seria um problema para concordar, mas sim um grande problema para faze-lo. Rayssa rapidamente concordou com os termos, antes mesmo de a ameaça chegar. Como ela acabou me fazendo fazer o mesmo, e respondi: - Claro que sim. Toga não vai passar mais um dia nessa floresta, se depender de nós. – Mas logo depois chegaram os pokémon que carregavam uma bandeja com dois recipientes de vidro com bastante fumaça saindo de seu interior por caninhos. Eu já tinha visto aquele objeto antes, mas não sabia para que servia e nem como usar. - Espera aí! Que preço é esse que precisamos pagar? O que devemos fazer? – Eu começava a ficar incomodado com a resposta. - Isso aí não é nada ilícito, né? Minha irmã é muito nova pra isso! – Logo em seguida surgiam os dois grandes pokémon, se colocando ao lado de Kamui enquanto ele terminava com sua ameaça.

Se não bastasse termos de enfrentar Toga, ainda teríamos de enfrentar o homem de madeira com seus grandes Kangaskhan. Como provavelmente te não conseguiríamos sair de lá com Toga, deveríamos estar prontos para enfrentar aquele terceiro oponente. As coisas não pareciam ser nada fáceis, e só de pensar no que nos esperava nesse tal de Lar Secreto do Demônio, eu começava a ficar nervoso. Ao repetir na minha mente o nome do lugar, e a sigla que Bakugou tinha falado anteriormente, a ficha caía. Olhei novamente para o que os Gloom traziam, e soltava uma risada seca, a engolindo rapidamente. - ”LSD”. Estão querendo nos drogar. – Eu pensava enquanto tentava engolir a risada.



_________________


Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.


Spoiler:

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 9ibJsnl
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XBZWvTx
Obrigado a todos que votaram!

Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Katakuri em Seg Out 21 2019, 16:08

Baile de Cartas: As Relíquias Perdidas!





Allan e Rayssa, no auge de sua inocência, não sabiam o que era aquele estranho objeto trazido por Kamui... mas não parecia nada “amigável”. Vendo a reação confusa da dupla, o homem logo tratava de se explicar, apaziguando os ânimos curiosos dos irmãos – Relaxem, isto aqui é uma apenas um “guia” para entrarem no LSD.
 
Como disse outrora, eu protejo Toga e ela faz seu trabalho. Todavia, as coisas que ela faz chocavam os habitantes da natureza, apesar de entenderem o papel dela como proteção. Por isso, criei um local secreto em que ela poderia fazer seus atos nefastos longe de olhos inocentes ou mesmo curiosos... como diz o ditado, o que os olhos não veem, o coração não sente
 
Pegando os dois Narguilé em cada mão e aproximando da dupla, para que pudessem ver melhor – Para adentrar o covil dela, você deve realmente querer e estar disposta a tal... deve atingir o Nirvana, se desprender de todas as percepções sensoriais e deixar e mente pura... este instrumento faz isso para os que não tem experiência. É uma mistura de Cogumelos dos mais diversos seres. Somente precisam inalar!
 
Os dois ajudantes de Francis, aceitando o pacto com Kamui, logo inalavam o conteúdo ali presente. No roteiro, estava previsto que os dois iriam ficar tontos e fingir que estavam sob efeito de entorpecentes, imaginando diversas coisas e as descrevendo para o público. Deveriam rolar pelo palco e realizar outras coisas nesse mesmo sentido que julgassem interessantes para que o público pudesse captar o estado da dupla. O primeiro preço era mal-estar. O segundo era liberdade da mente!

Andros Noob:
Situação dos Pokémon

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 404 Luxio 65/65  

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 100 Voltorb 55/55

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 595 Joltik 52/60 

Itens

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x02

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x02

Pontos acumulados: 60 pontos (50 da primeira luta e 10 do bonus de mono type)

Ganhos e experiências




Rayssa Novata:
Situação dos Pokémon

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 172 Pichu 45/45 
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 016 Pidgey 55/55 
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 170 Chinchou 70/70   

Itens

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Sitrusberry Sitrus Berry x03


Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 FullrestoreFull Restore x00 

Pontos acumulados: 50 pontos (50 da primeira luta)

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 E2Poltk
Thanks KB S2

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 JnPMlb7
Katakuri
Katakuri
Especialista Dragon II

Especialista Dragon II

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue4 / 104 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Andros em Ter Out 22 2019, 13:28


Off:
Espero que tenha ficado bom....

Depois de nossos questionamentos, Kamui rapidamente nos explicou o que deveríamos fazer. O local onde Toga se encontrava, era um local protegido magicamente, e a única forma de ser acessado, seria se desprender de todas as percepções sensoriais e deixando a mente pura. Eu não fazia a mínima ideia de como alcançar aquilo, mas ele acabou dizendo que os Narguilés estavam ali para nos ajudar a alcançar aquele estado. Ainda assim eu não sabia se daria muito certo.

Assim que ele terminou de explicar e nos entregou os objetos para inalação do gás, eu peguei aquilo e fiquei apenas olhando por um minuto inteiro. Depois disso fechei meus olhos e coloquei o caninho em minha boca. - um, dois e três... - Eu contei em pensamento e logo em seguida enchi meus pulmões com aquela substancia estranha. No primeiro momento eu tossi me engasgando com aquele gás. Meus pulmões não estavam acostumados com aquilo. Larguei o Narguilé ali no chão e me ajoelhei parecendo meio tonto, um pouco cambaleante. Estava sentindo um mal estar, e achava que seria melhor ficar próximo do chão caso eu viesse a desmaiar, então me sentei.

- Que luzes são essas? – Eu perguntava logo depois de me sentar no chão sujo da floresta. - São fadas? Elas estão me chamando. – Eu dizia abrindo um sorriso e fazendo gestos como se tentasse pegar algo que estivesse flutuando na minha frente. Não havia nada, era tudo parte da encenação, já que podíamos fazer qualquer coisa que fizesse parecer que estávamos drogados. - Rayssa, você consegue ver? Elas estão querendo nos levar para o lago. – Eu dizia apontando para o chão onde obviamente não havia um lago. Eu rapidamente engatinhava até o local que tinha apontado e começava a rolar no chão. - A água está uma delicia. Meu corpo está ficando até mais leve. Acho que eu vou voar! – Com a roupa um pouco suja por rolar no chão, eu me levantava e ficava de pé. Começava a esticar os pés, como se pudesse levantar voo a qualquer momento, além de esticar os braços mantendo-os abertos esperando apenas o momento em que pudesse parar de fingir estar alucinando. Aracne estava assustada, e saia de dentro de minhas roupas e subia para o topo de minha cabeça.


_________________


Horários de Narração:
Segunda à sexta: dia todo.
Fim de semana e feriado: ocasionalmente.


Spoiler:

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 9ibJsnl
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XBZWvTx
Obrigado a todos que votaram!

Andros
Andros
Mestre

Mestre

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Rayssa.bolt em Qua Out 23 2019, 00:21

Raíssa estava ainda incerta sobre o que fazer, e seu irmão parecia preocupado com a legalidade do que estava sendo pedido, mas sua inocência ainda a impedia de ter uma ideia clara do que fazer até o final da explicação de Kamui, onde ele finalmente dizia o que deveria ser feito, mas o guardião não parecia nada feliz em precisar explicar.

-Calma nobre guardião, somos pessoas de palavra, só nunca havia visto nada parecido na vida - enquanto terminada de dizer via Allan se adiantar e dar uma "tragada" -Acho que é minha vez!

A garota obviamente tinha empolgação mas era igualmente inexperiente, se preparava para uma longa inalada, interrompida assim que a fumaça atingia seus pulmões, a fazendo tossir compulsivamente, e a quantidade havia sido o suficiente para fazer a treinadora ficar cambaleante e mal tinha começado a se abaixar caia de leve com a tosse... logo sua dupla naquele evento começava a descrever alucinações imaginárias como solicitado pelo diretor da peça, e tratava lodo de seguir a deixa

-Falou algo... não consigo te ouvir com todos esses emolgas.. dizia enquanto começava a rodopiar como quem não notava estar cambaleante, enquanto um Faísca extremamente preocupado tentava a impedir -Esperem gracinhas, o que acham de algumas aventuras....

_________________
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 XhGMIer
Rayssa.bolt
Rayssa.bolt
Estagiária

Estagiária

Alertas :
Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai - Página 7 Empty Re: Quando não se sabe onde ir, qualquer caminho serve. Uma novata e seu Sempai

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 14 Anterior  1 ... 6, 7, 8 ... 10 ... 14  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum