Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Tielo em Ter 14 Maio 2019 - 22:50







Sootopolis



Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] NezpiMA

As conturbações das últimas atividades haviam finalmente passado. O jovem saía do estádio, também ginásio, e se encaminhava para o Centro Pokémon. Precisava curar seu Marshtomp e sua Dustox. Ambos haviam tido uma performance incrível. Era sua primeira atividade do tipo, não podia reclamar.

Conseguiu um quarto no estabelecimento e encaminhou-se até ele, trancou a porta, colocou seus pertences cuidadosamente em uma mesinha de cabeceira, e andou até o banheiro, onde finalmente pode se despir, desarrumando suas roupas pelo local. Jogou a água quente em seu corpo. Enquanto sua ducha caía, tentava afastar qualquer sentimento de decepção com a Wallace Cup. Havia tido tão pouco tempo pra se preparar que... Sinceramente sabia que não estava perto de ter ido bem. Queria ficar apenas feliz para transparecer positividade para seus Pokémons. E como bom ator, conseguia. Mas dentro de si, sabia que foi de longe o seu máximo potencial. A água quente se encarregaria de relaxar seu corpo, enquanto a mente permanecia confusa.

Os serviços do Centro Pokémon também contavam com uma pequena lavanderia, onde levou seus inúmeros pertences. Não se importava nenhum pouco de perambular pelos corredores somente de calção, e pouco ligava para comentários ou olhares. Pegava um tempo na lavanderia para lustrar cada uma das seis Pokébolas e seu estranho violão, enquanto seu olhar se perdia em planos e devaneios sobre o futuro...

Neste momento uma ideia surge. Lembrava do prêmio que havia ganhado numa espécia de rifa que havia concorrido. Um ovo misterioso estava entre eles. Caminhou até a parte mais movimentada do Centro Pokémon, com cabelos ainda úmidos, pés descalços e semi nu, e ficou de frente para o computador com as seis Pokébolas, em meio ao público que usava os serviços da enfermeira Joy. Não sabia com quem iria e com quem ficaria. Mesmo sabendo que seria um 'até breve', ou um momento de descanso... Estava com todos eles à tanto tempo que nem sabia direito como se sentiriam após ficarem um tempo em repouso. Após segundos olhando para a tela, observando quais haviam sido capturados, enquanto pequenas lembranças surgiam do momento do encontro com cada um. Traria então seu ovo misterioso, Jynx, que era ótima de cuidar de ovos e Pokémons bebês, e Larvesta, que também era um filhote e seria bom uma educação agora de uma criatura tão inquietante. Feito isso, trocou cada um por Corphish, Skitty e Poochyena. Deixando o casal de insetos para um treinamento maior, e Marshtomp, que estava tendo progresso com as metas de Tielo.

Provavelmente teria algum burburinho sobre um jovem alto e magro, apenas de samba-canção naturalmente trocando seus Pokémons no sistema de armazenamento. Mas ele estava tão concentrado, que pouco notou. Mas gostava de ser excêntrico, era sua essência, afinal, era um artista, um bardo, e também um bufão.

Feito isso, retornou para a lavanderia, ignorando tudo e todos novamente, aguardando suas roupas limpas e secas, e retornaria para o quarto, onde tirava um cochilo, suficiente pra recuperar suas energias. E, ao acordar, vestiria sua roupa, lembrando de pegar cada item, e partiria pra fora do Centro Pokémon. Já não sabia mais que horas eram, e nem a que horas havia entrado no estabelecimento.

Liberou Jynx da Pokébola, e fez o pedido para a Pokémon.

— Oi... Você pode me ajudar com uma tarefa? Preciso que você carregue esse ovo pra mim, e me ajude a chocá-lo... Pelo que eu vi, com o Eevee, você tem muita aptidão com isso... - Sorriu com o pedido para a Pokémon, e lhe entregou o item.

Jynx parecia bastante feliz em ter uma tarefa tão importante designada a ela. Além do sinal de confiança de Tielo, se sentia confortável cuidado de Pokémons. Não sabia da história dela direito. Havia capturado-a no Safari, onde, por um pensamento preconceituoso e um tanto quanto babaca, torcido o nariz pela escolha ou falta dela. Mas se sentia tão arrependido cada vez que pensava. Jynx era de fato uma de suas melhores aquisições para equipe, e sentia um carinho muito grande da Pokémon com todos de seu time. Era uma figura bastante respeitada por todos. Ela tentava dizer alguma coisa que, Tielo apesar de não entender muito, sentia ser um agradecimento pela confiança, e limitou-se a sorrir em resposta.

— Eu não faço ideia de que Pokémon tenha aí dentro. E você, tem algum palpite? - Tentou interagir, mas a Pokémon parecia não saber responder muito a pergunta. Talvez não tivesse tanto contatos com Pokémons diferentes.

Por fim, Tielo caminhava pelas ruas de Sootopolis, acompanhado de sua Pokémon, sem nenhuma precisão do que queria, apenas olhando o caminho a sua volta esperando algo chamar-lhe a atenção.

Ao narrador: 1 - Sai do box: Skitty, Poochyena e Corphish. Vem do Storage: Jynx, Ovo de Tyrunt e Larvesta!
2 - Eu aceito qualquer plot que você estiver em mente. Só que no meio dele, vou querer encaixar um treino de stat breve.



Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Karinna em Sex 17 Maio 2019 - 22:15

Calmaria.

5am, Centro Pokémon de Sootopolis.

Pode-se dizer que Hoenn estava diferente no dia de hoje.

O clima ensolarado e característico da região rodeada por enseadas marítimas dava lugar a diversas nuvens cumulus que enfeitavam o belíssimo céu de Sootopolis; acompanhadas de uma névoa que fora empurrada pelo vento do alto mar, toda essa movimentação climática diferenciada deixava a cidade mais gélida que o costume. Às seis horas da manhã era comum ver cidadãos pescando pela orla, bem como se divertindo em navios e iates, porém, graças a previsão meteorológica, não muitos locais colocavam o rosto para fora de casa.

A famosa cidade já populosa estava ainda mais cheia de pessoas devido a grande competição que acontecia no famoso estádio. Apesar disso, como dito anteriormente, nas ruas não muitos se aventuravam por receio da névoa e sua maioria se refugiava no Centro Pokémon, principalmente após o término das batalhas da Wallace Cup, que devido alguns imprevistos, terminou somente de madrugada.

Tielo parecia não ter visto a hora passar, talvez por conta de estar perdido em seus pensamentos e frustrações que o assombraram repentinamente. Após uma lenta ducha enquanto devaneava sobre si mesmo, decidiu por tentar ser um pouco produtivo e resolver algumas questões, partindo até mesmo semi nu para o movimentado hall do edifício da maneira que estava.

Alguns olhares eram repressivos, enquanto outros, maldosos: jovens da idade do rapaz — homens e mulheres — fitavam o físico magro e a beleza esbelta natural do mesmo, que somente se importava em resolver suas pendências no computador do estabelecimento. Um homem um pouco mais velho de cabelos azuis se destacava em meio a grande população ali presente, que encostado em uma quina do edifício, prestava atenção em cada passo que Tielo dava. Independente disso, após terminar o que tinha para fazer, nosso herói retornava para lavanderia e então tirava um cochilo em seus aposentos.

7am, ruas de Sootopolis.

Passaram-se apenas duas horas e o rapaz despertara. Talvez por conta de sua cabeça estar a mil por hora, tratava de sequer olhar o relógio e partia para fora do Centro Pokémon, agora já vestido apesar de suas vestimentas não protegê-lo do vento gélido trazido da orla.

Tielo liberava sua Pokémon-mãe, Jynx, de sua respectiva esfera bicolor, dando-a instruções para cuidar de um ovo recém-recebido, animando a psíquica quase que instantaneamente: por ter vindo diretamente de um Safari, a monstra de bolso lidara muitas vezes em seu habitat natural com recém-nascidos, tendo total aptidão para tal tarefa. Segurou o ovo em seus braços gélidos e o abraçou com todo o amor do mundo, dando-lhe alguns beijinhos logo em seguida.

Após alguns minutos caminhando pela quase-deserta Sootopolis, um burburinho poderia ser escutado ao lado direito do rapaz, sendo seguido rapidamente por alguns gritos ininteligíveis. O que poderia ser?



Progresso da Rota:

Ganho de Experiência e Felicidade:

Capturas:

Itens:


Off:
Oi, Tielo! Alterações feitas e espero que se divirta nessa rota tanto quanto eu sei que me divertirei Smile

O que deseja? Um plot mais tranquilo, pesado ou quem sabe até mesmo sexual? Fica a seu critério. Espero que goste da minha narração!


_________________
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Oringal2
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] EAHKxXN
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Ihjnzau
Karinna
Karinna
Mestre

Mestre

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Tielo em Dom 19 Maio 2019 - 8:46







Sootopolis



A cidade estava muito pouco movimentada. Tielo tinha várias suposições do porque enquanto caminhava. Os treinadores visitantes poderiam estar da ressaca da Wallace Cup, afinal, foi um evento cansativo. Ou simplesmente saíram da cidade com o término da competição. Muitos deles vinham voando, e voando partiriam rapidamente, ou então poderia ser cedo demais.... Suposições, é claro. O fato era que, a cidade não estava muito movimentada. E Tielo não sabia com precisão o horário pois o céu tão nublado não deixava a posição do sol evidente.

Tielo apertava seu casaco um pouco mais em seu corpo após sentir o ápice da sensação gélida. Neste momento preocupou-se com Jynx estar sentindo frio. Mas ao olhar bem, a cada brisa gelada, a Pokémon parecia sentir-se aliviada com o clima. De fato, ela era uma Pokémon de gelo apesar de tudo, a baixa temperatura faria bem à ela. Porém não faria tão bem ao seu ovo. Dos três cachecóis que usava, então, retirou um e enrolou no ovo.

— O ovo precisa de bastante calor para ser chocado... - Comentou enquanto fazia isso. Jynx entendia perfeitamente, embora não concordasse com nada que tivesse a palavra calor no meio. O segundo cachecol ele deu para a Pokémon colocar envolta de si. - Pronto, agora nós três estamos quase iguais. - Sorriu.

Mais alguns passos e ele poderia notar um burburinho audível, embora baixinho. Talvez estivesse bem longe dali, pois os olhos não alcançavam nada que justificasse aquilo. E a névoa baixa na cidade não colaborava. Não tinha o menor interesse em se meter em encrenca... De novo... Tudo que mais queria era não fazer isso. Mas sentia que aquilo sempre o seguia. Então, decidido que iria ser contraditório fugir de problemas e cair nele, resolveu então encarar a situação logo.

Jynx não protestava a nada, apenas olhava amorosamente aquele ovo misterioso esperando qualquer sinal de que ele estivesse chocando. Embora isso fosse demorar um pouco. Ela apenas seguia ao lado do seu mestre, feliz com seu cachecol novo.

Queria saber o que era, mais pela curiosidade, então foi atrás do som para pelo menos ao longe saber do que se tratava.

Ora, ora... Senhor KB... Eu definitivamente não gosto de escolher plots. Prefiro que o narrador sempre se sinta livre para criar o plot que tiver vontade (tanto que preferi não definir horário, clima, e etc). Independente do que você criar, Tielo será Tielo para lidar com tudo. Ah, vou sempre estar tentando interagir com meus Pokémons. Eles são praticamente meus npcs de rota...


Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Karinna em Dom 19 Maio 2019 - 19:14

Calmaria.
7:05am, ruas de Sootopolis.


Tielo não gostava muito de se envolver em ocorridos aleatórios que aconteciam ao longo de sua jornada, preferindo focar em seu relacionamento com seus Pokémon — o que era bem claro graças sua grande afeição e amizade para com seus monstrinhos de bolso. Com Jynx não era diferente: o rapaz dava algumas instruções para a psíquica em relação ao ovo que a mesma carregava em seus braços, protegendo-os também da friagem que assombrava de repente a cidade litorânea de Sootopolis.

Após perceber os burburinhos que vinham sabe-se-lá-de-onde, Jynx olhava exatamente na direção do som e voltava sua atenção para o treinador. A expressão da Pokémon parecia esquisita, como se quem dissesse que algo estava para acontecer naquele local; sendo psíquica, sua percepção com situações e eventos era mais do que aflorada se comparada com outras tipagens.

O rapaz começou a caminhar para sua direita, seguindo na direção indicada pelo olhar de sua fiel escudeira, que por sua vez andava em passos lentos atrás de seu treinador. Chegaram em um pequeno parque, com dois campos para treinamento de batalha dispersos entre grades esverdeadas que delimitavam sua extensão. Em volta, havia diversas árvores com altas copas que tratavam de esconder ainda mais os tímidos raios de luz que passavam pelas nuvens, tornando o ambiente um pouco mais escuro que o normal.

A manifestação sonora que despertou a curiosidade de Tielo agora poderia ser escutada com nitidez. Se tratavam de duas vozes diferentes que discutiam, porém não entre si. Ao lado de um dos campos de treinamento havia uma leve planície onde se encontrava uma pequena senhora, acompanhada por um Misdreavus; em sua frente estavam dois rapazes já adultos, gritando com a velha que parecia não se importar muito — diferente de sua Pokémon fantasma, amedrontada e escondida atrás das vestes de sua provável treinadora.

— Você não tem vergonha? — um dos garotos apontava o dedo no rosto da senhora e logo depois para uma pequena cabaninha feita de retalhos amarrada em uma árvore próxima — Aqui não é lugar de largar suas tralhas! As pessoas tem receio de vir aqui por conta disso!

Os olhos de Jynx marearam. A Pokémon assistia tudo aquilo com dor em seu coração; talvez por conta de ter um músculo tão grande e bondoso, a psíquica sentia muito mais que outros seres comuns. Olhou na direção de Tielo e aconchegou o ovo um pouco mais perto de seu peito, como quem o protegesse daquelas palavras frias.

— Vamos, pare de fingir que não está escutando! — o outro homem completava, gritando um pouco mais alto — Recolha suas coisas!



Progresso da Rota:

Ganho de Experiência e Felicidade:

Capturas:

Itens:


Off:
OK! Espero que goste Smile


_________________
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Oringal2
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] EAHKxXN
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Ihjnzau
Karinna
Karinna
Mestre

Mestre

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Tielo em Seg 20 Maio 2019 - 13:59







Sootopolis



Tentou ser completamente invisível. Não queria de forma alguma se envolver com aquela briga. Se é que fosse realmente uma briga. Tielo não tinha a menor vontade de se arriscar nessas coisas. Sempre foi muito pacífico. Tanto que irritava... Embora desde que decidiu sair de seu povoado em busca de aventura, se viu obrigado a participar de confusões. Literalmente obrigado. Perseguia-o as circunstâncias. Era totalmente desmotivado à questões que não fossem artísticas mas... Seu coração não permitia certas injustiças, e quando já via, estava atolado até o pescoço com encrencas.

A névoa não permitia ver muito. Se tratava de um campo. Jynx estava tão feliz com o pequeno ovo que não sabia se sorria enquanto tentava aquecê-lo, ou então se ficava preocupada com o qualquer coisa que estivesse ali. O campo gramado verde e amarelado pelo tempo seria belo numa por-do-sol de outono, imaginou Tielo em um devaneio rápido enquanto tentava investigar silenciosamente o que estivesse acontecendo ali.

Procuraria sempre manter passos lentos e silenciosos, e pedia o mesmo à sua Pokémon. Não queria ser visto, para poder dar o fora rapidamente ou então, não ser cúmplice de qualquer cena que não tivesse pretensão de impedir. Procuraria qualquer árvore que barrasse sua visão e então, procuraria a origem daquilo.

Um breve olhar, e todo o contexto foi entendido por Tielo. Sua mão apertou, enquanto seu coração parecia querer entrar em colapso... Já viveu essa mesma cena... Várias vezes...

Por vir de um povoado nômade, viveu boa parte da infância levando adjetivo de outros. Vagabundos, mendigos, sujos... Sempre levando a culpa da inferioridade da alma humana, por simplesmente, existir... Jynx apesar dos olhos mareados, via a primeira lágrima de Tielo cair, solitária, num esforço tremendo e inútil de impedir... Relembrou cada xingamento vivido, e, a senhora em um cúmulo de paciência, ignorou.

Ela era muito parecida com uma senhora também de seu povoado, ainda mais pela Misdreavus. Ela era uma espécie de vidente. Usava artifícios como cartas, bolas de cristal e os próprios fantasmas e psíquicos para prever o futuro das pessoas. Embora quase tudo sempre fosse mentira da velha. Ela era um poço de paciência.

E isso sempre foi ensinado ao bardo. Não revidar a hostilidade que lhe era voltada. Calava-se sempre diante dos apelidos. Como o povoado era totalmente contra a violência. Qualquer ato, era severamente punido. Não com mais violência, mas com atitudes piores como ignorar e afastar. A solidão era definitivamente o pior castigo para o ser humano.

Mas Tielo não estava em seu povoado.

— Tá tudo bem... - Sorriu para a Pokémon enquanto retirava o ovo de suas mãos e acomodava no chão. - Quero que faça duas bolas de neve. Um pouco maior que o comum. E pesada. - E esticou as duas palmas da mão para a Pokémon.

Com um projétil em cada mão, confiaria na sua mira, e que sua raiva pudesse potencializar sua força. Não sabia se acertaria ou exatamente onde mirar. Mas torcia muito para que a cabeça de ambos fossem contempladas por isso. Caminhou para mais perto de ambos, sorrateiro. E sem dizer nada. Atiraria.


Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Karinna em Seg 20 Maio 2019 - 22:46

Calmaria.
7:07am, ruas de Sootopolis.

Tielo parecia simpatizar com a situação da pobre senhora que era atacada verbalmente por dois covardes homens, estes que pareciam não ir a lugar algum enquanto não enxotassem-a junto com sua Misdreavus daquele local. Tomando uma atitude, o rapaz retirou o ovo do colo de Jynx, pedindo para que a mesma o ajudasse naquela situação, mantendo ainda assim uma certa distância de toda aquela confusão.

Por Sootopolis estar um pouco deserta graças à névoa, quase ninguém passava em volta do parque; os que o faziam ignoravam completamente o que estava acontecendo, não tendo empatia alguma pela pobre velha que, aparentemente, não tinha lar. Tielo sentia dentro de si os terríveis insultos que os dois proferiam para a senhora, que até agora não os respondia ou esboçava qualquer reação. Misdreavus, ao perceber a presença de nosso herói e sua Pokémon psíquica, abria um sorriso maldoso já sabendo o que estaria por vir.

Jynx, com ajuda de seu Powder Snow, formava vagarosamente duas perfeitas esferas de neve sobre as mãos de seu treinador, grandes o suficiente para causar certo espanto nos agressores. Tielo mirava na cabeça dos mesmos, se aproximando sorrateiramente em passos leves.

Lançou a primeira.

A bola gélida parecia pegar impulso no meio do caminho. Jynx olhou para Tielo como quem o questionasse de onde tirara tanta força, até perceber que os olhos de Misdreavus brilhavam em rosa: a fantasma estava utilizando algum movimento psíquico para aumentar a potência da esfera, que atingia em cheio a orelha esquerda de um dos marmanjos. Assustado, o homem perdia o equilíbrio e caía de quatro no chão, parando imediatamente de falar.

A segunda bola de neve era lançada.

Antes mesmo que o segundo rapaz pudesse esboçar qualquer reação, era surpreendido quando a esfera atingia sua testa em cheio. Um grito de dor era proferido e assim que se recompôs, caminhou bravamente enquanto bufava na direção de Tielo. O alto homem parecia querer tirar satisfação com as próprias mãos, sem auxílio algum de Pokémon — o modo comum utilizado para resolver conflitos. Jynx, com seu espírito materno e tamanho amor que sente, entrou imediatamente na frente de seu treinador, abrindo seus braços e proferindo algumas abstrusas palavras, como se dissesse que o protegeria de qualquer dano. Apesar de toda comoção, a senhora continuava parada da mesma maneira, como quem aguardasse o desfecho com toda paciência do mundo.

Um mísero segundo se passou e o garoto se aproximava rapidamente, gritando diversos palavrões enquanto corria na direção de nosso herói. Jynx virou-se rapidamente para esquerda, dando alguns passos para trás para escapar de algo iminente. O que poderia ser se a maior fonte de perigo estava em sua frente?

Shadow Ball! — uma quarta voz era escutada ao horizonte e dentre a névoa uma esfera arroxeada de médio tamanho saía, atingindo os pés do homem que tão furiosamente caminhava, obrigando-o a pular para trás e despertando sua curiosidade — Ora, seu imbecil. Por que não encara alguém do seu tamanho?

Em meio a névoa e acima da planície surgia aos poucos um alto homem caucasiano de cabelos azulados acompanhado por uma belíssima Blissey. Por conta de Tielo estar perdido em seus pensamentos e não ter reparado na pessoas presentes no populoso Centro Pokémon onde estava anteriormente, esse mesmo belo homem era exatamente o que o fitou durante todo o percurso que fez pelo edifício... Ele parecia querer ajudar, mas será que a situação já não estava sobre controle?



Progresso da Rota:

Ganho de Experiência e Felicidade:

Capturas:

Itens:


Off:
Esse quarto NPC é o do gif no começo do post. Desculpe qualquer erro ortográfico e/ou de concordância, não tive muito tempo para revisar o post. ;)


_________________
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Oringal2
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] EAHKxXN
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Ihjnzau
Karinna
Karinna
Mestre

Mestre

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Tielo em Ter 21 Maio 2019 - 23:39







Sootopolis



A primeira bola de neve era lançada. Apesar da força aplicada por Tielo, ela em parte do caminho seguia como um míssil em direção ao alvo. O treinador pouco se dava conta disso, estava tão focado, que apenas Jynx fazia o papel da observação do ambiente. E enquanto o primeiro homem caía, Tielo rapidamente passa a esfera da mão esquerda para a direita, e já lança-a em direção ao outro indivíduo. Novamente, pouco notando se algo impulsionou ou não.

Após isso havia uns poucos segundos de tensão. Tielo permanecia estático enquanto os dois tentavam da forma mais rápida, entender o que tinha acontecido. E a resposta estava bem ali, no mesmo lugar da onde foi lançado cada gelo.

Um deles parecia furioso, e caminhava na direção de Tielo. O jovem cerrava o punho direito enquanto engolia a seco. Era óbvio o que aconteceria. Tielo teria que partir pra agressão física. Coisa que nem lembrava se tinha feito alguma vez na vida. Não era nenhum lutador de artes marciais, pelo contrário, não sabia nada além de correr. E pensava se seria preciso usar seu violão como arma para poder se defender.

Mas para sua surpresa Jynx entra na frente dele, de forma a fazer seu escudo. Tielo sequer olhava para ela, seu olhar não saia do homem que estava à poucos metros à sua frente. Ele apenas repousava sua mão esquerda sobre os cabelos loiros da Pokémon, numa forma de afago, e estava prestes a passar para frente, quando outro elemento surpresa aparece.

Uma esfera fantasmagórica atingia com tudo as pernas do homem antes que ele alcançasse o jovem bardo. Era possível ver suas pupilas dilatarem ao ver a cena inesperada. Olhava para o lado procurando algo mas tudo que enxergava era uma forma esfumaçada na névoa de cores mais escuras. Não sabia o que era, e apenas observou tanto à isso quanto o jovem caído à sua frente. Não tinha pretensão de ir prestar auxílio pois, além de não ser brigão, era péssimo socorrista. Aproveitou o momento para falar com Jynx.

— Agradeço seu amor e sua coragem. - Agarrou a mão da Pokémon com suas duas mãos. - Mas agora sua missão é apenas cuidar do Pokémon, e eu cuido de vocês dois... Quando ele nascer, nós dois teremos que continuar cuidando dele. E nós sabemos que você é melhor nisso do que eu, então preciso de você mais saudável do que eu... - Terminou enquanto olhava preocupado para a imagem turva na névoa se apresentando.

Era um jovem, de idade parecida com Tielo, e com vestes quase tão extravagantes quanto à do artista. O que fazia olhá-lo dos pés a cabeça não só como mistério mas como deboche por alguém ousar ser tão excêntrico quanto ele à tão poucos metros de distância. Mas, enquanto o homem não falava nada, Tielo também não o fazia, apenas se certificaria de devolver o ovo aos braços de Jynx e pronto para comandar uma corrida dali caso fosse necessário.

Que chique, ele revisa posts...


Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Karinna em Qua 22 Maio 2019 - 22:09

Calmaria.
7:09am, ruas de Sootopolis.

Um silêncio ensurdecedor tomava conta do local.

Em passos largos, o desconhecido de cabelos azulados saía de dentro da névoa e se posicionava à frente de Tielo e Jynx. Em êxtase por ter quase sido atingido em cheio por um poderoso ataque, o homem que partira para cima do nosso herói se encontrava estático, talvez paralisado pelo alívio de não ter sofrido qualquer dano além do susto. O segundo dos rapazes que anteriormente perdera o equilíbrio se levantava rapidamente e corria para o lado de seu aliado, tentando animá-lo.

— Não se preocupe, jamais deixaria alguém encostar nesse lindo rosto...
— a expressão séria do garoto recém-chegado dava lugar a um sorriso simpático e uma leve piscada de olho — À propósito, me chamo Jake.

Assim que terminou sua frase, Jake era repreendido pelo segundo dos "malfeitores". Agora mais próximos, Tielo conseguiria visualizar ambos perfeitamente sem a interferência da névoa: eram altos, alguns centímetros maior que o próprio, porém visualmente bem dispostos a uma luta braçal. O primeiro, moreno, tinha olhos e cabelos rubros cortados bem curto e vestia uma roupa social preta, parecida com um uniforme. O segundo, caucasiano e com longos cabelos loiros presos em coque, vestia caríssimas roupas despojadas, famosas dentre as boutiques de Sootopolis.

— Agora que seu namoradinho chegou... — o loiro debochava — Me expliquem o porquê de estarem se intrometendo em algo que não lhe diz respeito. — respirou fundo, como quem procurasse as palavras certas para se expressar — Aqui na cidade não aceitamos moradores de rua! Interferem com nossa beleza natural! Como acham que Sootopolis é uma das cidades mais procuradas dentre turistas? Ela precisa ir embora!

A justificativa do rapaz irritava Jake, que erguia as mangas de seu casaco como quem fosse partir imediatamente para cima dos dois. A elite da cidade litorânea era famosa dentre Hoenn sobre como eram esnobes e ignorantes e, graças essa situação, os rumores pareciam verdadeiros. Nesse meio tempo, a Blissey do rapaz se aproximava de Jynx, interagindo com a mesma — ainda assim, parecia mais uma conversa unilateral, uma vez que a psíquica olhava para Tielo como quem pedisse autorização para se comunicar, talvez receosa pelo que acontecera poucos minutos atrás.




Progresso da Rota:

Ganho de Experiência e Felicidade:

Capturas:

Itens:


Off:
Desculpa o post pequeno, mas escrevi um bem melhor e meu PC reiniciou sozinho... Perdi tudo, até reclamei disso no discord ;-;


_________________
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Oringal2
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] EAHKxXN
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Ihjnzau
Karinna
Karinna
Mestre

Mestre

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Tielo em Qui 23 Maio 2019 - 8:20







Sootopolis



Para quem ele havia dito aquilo? Tielo definitivamente não entendia nada, tudo acontecia muito rápido. Não era fácil de entender quem estava do lado de quem, ou quais suas intenções, ao mesmo tempo que se preocupava com Jynx e seu ovo. Pois bem... Olhava para os lados e não tinha mais ninguém. Somente os envolvidos já vistos... Então... Estava sendo cortejado? Oh não, não, não, não! Ali só havia espaço para um cortejador, e este tinha nome: Tielo! E estava muito bem claro na mente do sedutor cigano que fez questão de analisar novamente o jovem com um olhar debochado quando este já não o fitava mais.

— Hum... - Limitou-se após o jovem se apresentar. Tielo ainda não confiava nele, e estava definitivamente irritado por ter sido cortejado, sentia-se passado para trás. Era o serviço dele, e não o contrário. Teria que armar como lidar com isso.

O homem agressivo, do outro lado, irritado de estar em desvantagem e de ter seus planos desatrelados, começava a discursar o que Tielo mal prestava atenção. E ele com toda a calma enquanto reorganizava suas vestes, explicava para o homem.

— Olha... Não é da minha conta o que você acha que moradores de rua fazem ou não na cidade. Se você tem algum problema, arrume outro meio de resolvê-lo. Acorda! Olha o seu tamanho. Olha a sua idade. Um animal enfrentando uma simples idosa? Você é o exemplo concreto de um covarde! E se você acha que Sootopolis vai te agradecer por sair gritando com velhinhas, é no mínimo o cúmulo do ridículo. - Disse dando alguns passos pra frente. - Além de que, aposto que aproveitou o momento que estavam sozinhos para fazer o ataque... Isso é um ato de falta de caráter. - Com a palma da mão esquerda, colocou sobre o peito de Jake, para que ele não desse continuidade à sua ação de violência, enquanto finalizou com uma ameaça e acordo com o homem. - Faremos o seguinte. Você e seu namorado aí, saem daqui, esfriem a cabeça e repensem suas atitudes, sem fazer qualquer denúncia à este outro imprudente aqui. - Referiu-se a Jake. - E eu não entrego o vídeo que gravei enquanto estava atrás daquelas árvores. - Blefou. - Não precisarei também trazer meus Tyrantum, Swampert e a Jynx para briga. - Blefou novamente. - E nem preciso comunicar ao Wallace, que eu conheci agora a pouco no Contest. - Blefou pela terceira vez em seguida.

Nesse meio tempo, Jynx observava seu mestre, enquanto a Pokémon rosada tentava alguma comunicação, sem sucesso, com ela. E Tielo responde rapidamente com um sorriso, como se a balburdia nem acontecesse ali.

— Que legal, ela também carrega um ovo... Igual você... - Tranquilizou-a autorizando alguma interação entre as duas.



Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Karinna em Qui 23 Maio 2019 - 22:23

Calmaria.
7:11am, ruas de Sootopolis.

Tielo tomava a frente da situação.

Mesmo não tendo o corpo mais pré-disposto para um embate físico, nosso herói decidia falar tudo que sentia, sem receio algum. Jake abria um enorme sorriso ao digerir todas as palavras que o jovem proferia em defesa da velha senhora, que por sua vez esboçava uma expressão um tanto quanto travessa enquanto tomava um pequeno chá disposto em um copo descartável.

O rapaz de cabelos azuis fitava a feição de Tielo até após o mesmo terminar de falar, com quem admirasse e decorasse cada percurso daquele rosto, agora, um tanto quanto emburrado. Após apoiar sua mão sobre o forte peitoral do rapaz, Jake corava levemente, tentando disfarçar enquanto ajeitava suas madeixas azuladas. Blissey que conversava com Jynx e fazia a psíquica observar seu pequeno ovo que carregava em uma espécie de marsúpio, se dava conta da situação e ria levemente, na intenção de constranger ainda mais seu treinador. A situação era leve para elas, mas não tanto para os elitistas de Sootopolis.

— NAMORADO? — o loiro gritava, batendo em seu peito tal como um orangotango aborrecido — Eu sou macho, porra! — forçava seu bíceps esquerdo, como quem tentasse provar algo para alguém, dando assim, a palavra a seu amigo que parecia com a masculinidade frágil tão afetada quanto.

— Vocês tem muita coragem.  — o moreno ria enquanto dobrava as mangas de sua blusa social — Quem diria que dois Sawsbuc-

O selvagem — se é que podemos ajetivá-los assim — não conseguia completar sua frase. Tentava e tentava por diversas vezes seguidas falar, mas tudo que fazia era simular um vômito, algo parecido com uma ânsia. Jake estava preparado para ir para cima do rapaz assim que o mesmo terminasse suas palavras; seu pé esquerdo fora sorrateiramente apoiado para trás, na intenção de pegar impulso e socá-lo diretamente na boca.

Alguns segundos se passaram e nada do garoto de vestes sociais conseguir falar. Aos poucos, seu corpo desfalecera ao ponto que o mesmo caía de joelhos e logo atrás estava uma surpresa: a mesma Misdreavus, antes amedrontada, flutuava com um enorme prego atravessado em seu corpo. Ao seu lado, a senhora que tanto se manteve apática durante a discussão tinha uma expressão nada amigável estampada em seu rosto.

— Vocês não vão ofender esses rapazes. — apesar de parecer irritada, sua voz era calma e serena — O que você diria é pior que qualquer tipo de agressão! Eu e Nyx jamais aceitaremos isso! — a fantasma flutuava para o lado de sua treinadora e o prego desaparecia como mágica de seu corpo — Sumam daqui.

Com isso, o loiro ajudava seu amigo a se reerguer na intenção de sair daquele local o mais rápido possível. Seu rosto, antes tão irritado e ofendido pelo deboche retrucado por Tielo, agora dava lugar a uma expressão desconsertada, como quem aceitasse a derrota à contra-gosto. Caminharam aos poucos até desaparecem em meio à névoa. Blissey e Jynx pareciam cochichar entre si, ambas dando pulinhos de felicidade pelo desfecho que toda aquela situação havia tomado... Sabe-se lá o porquê de terem ficado felizes com isso, já que a cena anterior quase beirava a morbidez.

— Você quer que eu vá atrás deles? Se quiser eu vou! — Jake olhou para Tielo com ternura, seu tom de voz era agitado, parecia triste por não ter conseguido bater neles — Não vou deixar ninguém falar isso pra você... — voltou brevemente sua atenção para a senhora — Aquele animal vai ficar bem?

A senhora agora voltava à sua expressão anterior, calma e tranquila. Caminhava em passos lentos até os rapazes, com Nyx flutuando ao seu lado.

— Vai sim... Curse em humanos não é tão severo quanto em Pokémon. Daqui a pouco estará bem. — sorriu gentilmente, apontando na direção da planície que antes descansava — Vocês aceitam um cházinho? Eu mesma que faço... — colocou sua mão esquerda sobre a boca, como quem escondesse o que diria a seguir — Modéstia a parte, é melhor que o mais caro da cidade.


Progresso da Rota:

Ganho de Experiência e Felicidade:

Capturas:

Itens:



_________________
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Oringal2
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] EAHKxXN
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Ihjnzau
Karinna
Karinna
Mestre

Mestre

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Tielo em Sex 24 Maio 2019 - 11:43







Sootopolis



A provocação de Tielo surtia mais efeito que o esperado. Sugerir que ambos seriam namorados ofendia o ego completamente inflado do homem, que das suas sandices, iria cometer a maior. Não a ofensa à Tielo, mas a agressão. Enquanto ele surtava querendo se defender do que nem sequer foi um ataque, Jake já se preparava para entrar em combate também. Novamente, o cigano coloca sua mão na frente de Jake impedindo que ele fizesse tal ato. O que Tielo menos queria ali era um embate físico.

Porém repentinamente ele começa a engasgar e sufocar. Apreensivo, o bardo não sabia mais o que fazer, tudo acontecia tão rápido e de forma tão misteriosa. Era horrível quando algo acontecia sem nenhuma explicação lógica em primeiro ato. O cérebro não sabia como reagir, e ficava pior ao vê-lo cair com um prego nas costas. Juntamente de Misdreavus? Ora. Seja lá o que fosse fazer, acertá-lo com um prego desse tamanho era perigoso demais. Os olhos de Tielo fitavam aquilo tentando reorganizar a mente pra diversos tipos de situações. Mas não era preciso. O objeto some rapidamente e nenhuma sequela ou sangue aparece. Dando calmaria a mente do jovem. Se tratava apenas de uma ilusão, dolorosa.

Finalmente a senhora se pronuncia. Mas havia aparecido de maneira sorrateira. Surpresas atrás de surpresas... Ela afugenta ambos que saem desesperados, sem dizer mais nada. Provavelmente não querendo piorar a situação em que já estavam...

— Hum... Não... - Disse ainda estudando o comportamento do homem. Podia concluir que era uma boa pessoa, afinal, também estava defendendo a senhora humilde. - Vai se meter em mais encrenca ainda... - Terminou, dando espaço para a velha dama explicar sobre o movimento usado para parar a cena toda. - Eu aceito sim! - Disse apenas para não fazer desfeita, e demonstrou certa empolgação para motivá-la mas, estava sem muita fome... - Vamos! - Disse abrindo a palma da mão para Jynx, para que ela pudesse segurar e ambos caminharem juntos até a cabana da senhora. Logo após, apenas olhou para Jake, quase perguntando se ele aceitaria o convite também.

O Tielo não ficaria ofendido com o Sawsbuck porque ele não liga pra nada que é voltado a ele. Mas eu sim, principalmente se não fosse mencionado que é a Winter Form com aquele casaquinho branco maravilhoso! Mas poderia ser pior, um Stantler... Ai eu ficaria bad no Stantler demodê :c


Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Karinna em Sex 24 Maio 2019 - 21:55

Calmaria.
7:13am, ruas de Sootopolis.

Os ânimos se acalmavam aos poucos, Tielo aceitava o convite da calma senhora, que aos poucos preparava seu cházinho em uma pequenina fogueira que fizera ao lado de sua moradia. Jake, por consequência, aceitava também com um simples sinal de cabeça; contudo, sua atenção era toda para o rapaz de cabelos brancos, fitando-o o tempo inteiro com um olhar apaixonado. Será que descobriríamos o porquê do jovem estar tão encantado assim sem sequer conhecê-lo bem?

Blissey e Jynx conversavam como se fossem amigas de longa data, a psíquica se apossava de seu pequenino ovo enquanto caminhava em passos lentos ao lado da Pokémon normal, ambas estavam tão envolvidas na interação que não prestavam muita atenção em seu redor; por sorte, o ambiente agora era calmo e sereno, tal como a névoa que envolvia a cidade de Sootopolis.

— Tenho certeza que você sairia bem daquela situação sozinho... — o tom de voz de Jake agora era baixo — Mas não me contive, Blissey percebeu algo acontecendo e vim correndo — sentou-se na planície, um metro de distância de onde a senhora fazia seu chá, talvez por precaução devido a alta temperatura do fogo — Por sorte, era você.

O rapaz sorriu sem graça, respirando fundo como quem fosse dizer algo em seguida, porém se contendo e voltando o olhar para os dispersos campos de batalha ali presentes. Em alguns segundos, a gentil senhora retornava com dois chás dispostos em copos descartáveis, assim como o anterior que tomava enquanto toda confusão acontecia.

— Não é a melhor das louças — brincou enquanto sentava com dificuldade em cima de um pequenino pano de prato quadriculado — Me chamo Doris e agradeço-lhes com todo meu coração por terem se disposto a me defender... — sorria ao assistir Misdreavus trazer, com seus poderes psíquicos, um chá para a mesma — A maioria das pessoas daqui me enxotam com frequência, mas fazer o quê? Já até me acostumei. — olhou para baixo, um tanto triste — Não tenho para onde ir e não tenho ninguém no mundo além de Nyx.


Progresso da Rota:

Ganho de Experiência e Felicidade:

Capturas:

Itens:


Off:
Imaginei que Tielo não ficaria ofendido mas o Jake não o conhece bem, né? E sim! A Winter Form é muito linda.


_________________
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Oringal2
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] EAHKxXN
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Ihjnzau
Karinna
Karinna
Mestre

Mestre

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Tielo em Sab 25 Maio 2019 - 15:35







Sootopolis



É claro que era estranho e até um tanto quanto duvidoso a aproximação e o olhar apaixonado de Jake para Tielo. Agora, ele já se conformava mais, graças à esse olhar. Esse olhar que recebia diversas vezes de damas e cavalheiros nas cidades em que passava. Lembrou-se de diversas noites em que teve que escapar pelas janelas, semi nu, de casas de mulheres casadas após noites de amor, para evitar flagras de seus conjugues. Tielo vivia perigosamente nesse quesito, mas evitava reviver isso em sua mente pois eram todos casos passados.

Então, seu charme havia dado certo, e de forma extremamente indireta, pois nunca tinha visto aquele homem. E não havia motivo nenhum para seduzi-lo, mas, havia dado efeito, talvez pudesse pensar em algo, e até questionar. Mas não faria isso na frente daquela senhora, talvez fosse intimo demais para ela.

— Eu entendo a senhora inteiramente, na verdade... - Assoprou o pequeno copo, segurando-o pela beirada superior para não se queimar. Olhou se Jynx estaria por perto e segura, mas ela estava bem próxima e bastante acomodada. Talvez estivessem trocando dicas de maternidade. Gargalhou interiormente pensando na hipotese, e logo voltou a atenção à senhora. - Eu venho de um povoado nômade cigano. Minha família sempre viaja, em grandes carroças, passando por cidades, vilarejos, rotas... - Disse com um sentimento de nostalgia. - Vivemos de plantações rápidas de legumes. Além de trabalharmos com atividades cirsenses. Chegamos nas cidades, fazemos noites e noites de diversão. Saraus, dramaturgias, show de mágica e acrobacias, assim como atividades particulares como adivinhações. E outras coisas mais... Cada um é responsável por uma atividade... Eu, geralmente tocava e cantava, mas sempre me interessei por cada parte que faziam. - Tomou um gole do chá. - Com o pouco que ganhamos de 'doações' das pessoas, compramos alguns alimentos, tecidos entre outras coisas. Além dos Pokémons que levamos conosco que nos ajudam em nossas atividades... - Olhou para Jake neste momento para ver por curiosidade, se prestava atenção em sua história, não que ela fosse focada nele agora, mas, estava ali. - Devido a esse estilo de vida sempre fomos encarado como mendigos e vagabundos, afinal não tínhamos um emprego convencional, e nem vivíamos conforme a sociedade comum acha apropriado. Então não era bem raro sermos ofendidos, e assim como a senhora, nunca revidamos nenhum ataque. Permanecíamos calados, e saíamos de onde não eramos bem vindo. - Sorriu constrangido. - O que era engraçado acontecer já que, nunca machucamos ninguém, pelo menos não intencionalmente. No máximo, enganamos algumas pessoas... Mas... Trazíamos sorrisos, histórias, diversão, conforto... - Terminou por hora... Mas esperou as reações...


Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Karinna em Seg 27 Maio 2019 - 20:41

Calmaria.
7:15am, ruas de Sootopolis.

Nosso herói resolveu por compartilhar um pouco de seu passado com as pessoas ali presentes, principalmente após perceber que a situação da velha senhora não era lá tão diferente da que ele e sua família viviam há alguns anos. Doris observava Tielo enquanto o mesmo falava, tomando gentis goles de seu chá e sinalizando positivamente ao final de cada frase, como quem compreendesse perfeitamente tudo que lhe era dito ali.

Jake prestava bastante atenção em tudo que o jovem de cabelos brancos falava, se mantendo em silêncio, talvez por não partilhar daquela experiência tal como os outros dois presentes. Seu passado ainda era enigmático, bem como suas intenções, a não ser que — aparentemente — estava encantado por Tielo. O rapaz de cabelos azuis continuava a admirar nosso herói, se aconchegando aos poucos para mais próximo dele... O suficiente para não ser efusivo, mas o bastante para mostrar sua intenção.

Blissey e Jynx continuavam conversando em seu característico idioma; nenhum dos humanos poderiam entender o que se era falado, porém se tratava de uma bela de uma conversa sobre ovos, já que a monstra de bolso cor-de-rosa fazia a psíquica sentí-lo uma vez ou outra, talvez explicando pontos específicos anatômicos de um ovo... Vai entender, né? As duas aos poucos se aconchegavam bem ao lado de Jake, repousando dentre os capins que a planície onde todos estavam providenciava.

Misdreavus observava a conversa de longe com curiosidade, tal como uma criança faz quando vê outras brincando. Talvez por receio de ser maltratada como já era de praxe, ela se reservava apenas a dar risadas escondidas quando uma das duas mãezonas fazia algum tipo de piada.

— Entendo, meu filho... A vida é complicada. — consentiu e apontou para o vazio, talvez tentaria provar um ponto caso a névoa não estivesse densa — Uns com muito e outros com tão pouco. Mas não os invejo.  — Doris riu, voltando sua atenção para Misdreavus que somente prestava atenção nas duas Pokémon — Você se importaria de deixá-la conversar com elas?

A velha senhora aguardava a resposta enquanto se levantava aos poucos para servir mais uma leva de chá. A dificuldade para se reerguer era grande, talvez a mesma estivesse beirando os 80 anos, idade terrível para continuar vivendo daquela maneira. Doris levantou e recolheu o copo de Jake que já havia terminado, estendendo as mãos para Tielo, como quem perguntasse se gostaria de mais.

Um grande estalo era ouvido à distância.


Progresso da Rota:

Ganho de Experiência e Felicidade:

Capturas:

Itens:




_________________
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Oringal2
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] EAHKxXN
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Ihjnzau
Karinna
Karinna
Mestre

Mestre

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Tielo em Ter 28 Maio 2019 - 23:30







Sootopolis



Era bom, após tanto tempo longe de casa, ter alguém que o compreendia por inteiro. Tielo finalmente podia contar um pouco da sua história para alguém com história parecida. Quer dizer... Minimamente parecida. Aquela senhora poderia ter motivos totalmente diferente para seguir desabrigada do que somente uma escolha de estilo de vida. Tielo era sem dúvida uma alma de entendimento. Tinha empatia por tudo, até pelo lado que julgava errado...

Entendia que a cidade de Sootopolis era muito elitista. Afinal, as casas eram luxuosas, seus cidadãos eram elegantes e de estilo único, e eles mantinham um padrão de beleza que amavam seguir. Quem destoava disso, não tinha espaço. Então, entendia a razão pela qual os jovens à trataram naquele jeito. Os mais ricos não gastariam dinheiro e nem visitariam uma cidade cheia de mendigos. Porém entender, é totalmente diferente de concordar ou aceitar...

Se esse era o problema de pelo menos dois cidadãos, tinha formas incontáveis, mais humana, de resolver isso. E elas não precisavam envolver necessariamente enxotar a senhora dali. Construir uma tenda melhor e mais luxuosa para ela, que tal? Algum estagiário Designer poderia se encarregar disso com gosto... Mas seus devaneios iam longe. O importante era que, ninguém sequer conversou com ela para saber os propósitos. motivos e história dela. Era uma vida tão importante quanto qualquer outra.

Tielo recusou imediatamente mais chá. Uma por estar realmente satisfeito, e a segunda era de não saber o quanto aquela senhora tinha para beber todo chá dela.

— Agradeço mas, estou bastante cheio. - Ajeitou seu enorme chapéu na cabeça enquanto incentivava Jynx a conversar com Misdreavus. Apesar da divergência de tipos, a Pokémon era bastante simpática e tiraria de letra uma amizade com uma fantasma. Jynx era tão espontânea e amável, que Tielo vivia segurando seus impulsos para não abraçá-la fortemente. Amava seus Pokémons, e sentiu-se em casa rapidamente.

Neste momento, se deu conta de que Jake continuava ali. Silencioso. Procurou encontrar o olhar com o dele, um pouco receoso. Estava decidido tirar vantagem dessa, até então, paixonite do homem, que tinha lá seus encantos, mas não era o momento. Até ouvir o estalo. Ele apenas verificava se todos ali tinham ouvido ou não, sem saber o que aconteceu.

I'm feeling in Maria Del Bairro and i loved it.
Essa senhora me lembrou "A Senhora da Van" com a Maggie Smith...



Tielo
Tielo
Estagiário

Estagiário

Alertas :
Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 8 - Calmaria [Tielo] Empty Re: Capítulo 8 - Calmaria [Tielo]

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum