Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Página 5 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Perriraz em Ter Jun 03 2014, 13:04

 Klaus e Aurora acompanhavam Tsubasa e Stela em sua busca pelo pokémon ladrão, a pokémon bebê cantarolava enquanto eles se aventuravam na rota. De dia a Rota tinha uma boa visibilidade, mas por não a conhecer a fundo Klaus ficou a impressão de estar andando em círculos e talvez realmente estivesse. No meio da caminhada foi surpreendido pelo questionamento de Tsubasa, parou, tentou recordar os passos desde quando o conheceu - suas sobrancelhas franziam como se estivessem movendo uma máquina e quando pararam, o jovem disse:
- Realmente eu não disse meu nome, falamos sobre tantas coisas e eu esqueci o básico. Eu me chamo Klaus.
 Após dizer seu nome, Klaus teve uma ideia, duas na verdade - não muito originais, mais ideias - pediu para Aurora ficar como guia do local:
- Ela conhece a rota melhor que nós dois, ela pode ajudar a andarmos menos em círculos... 
 A segunda ideia era usar Caim, Klaus o libera de sua pokébola - ainda sem saber se estaria confuso após uma noite de sono - e pede para ele usar Sweet Scent seguidas vezes enquanto eles caminham.
 - É um plano louco, eu sei, mas o aroma do Caim pode ajudar a trazer o pokémon ladrão para perto de nós e outros também, eu sei, mas evitaremos batalhas e quando isso não for possível posso pedir para Aurora usar Hypnosis e deixamos o pokémon ali, dormindo e caso a situação fique difícil você poderia usar seu Jolteon, não?
 Plano arquitetado agora, Klaus só precisava saber se Caim conseguiria seguir esse comando e se Tsubasa aceitaria essa ideia.
Perriraz
Perriraz
Treinador - Criador

Treinador - Criador

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Julieh em Qua Jun 04 2014, 01:33



- Klaus… É bom finalmente saber seu nome, meu amigo.

Tsubasa repassava o nome que havia acabado de ouvir em sua cabeça, tentando evitar que o esquecesse futuramente. Enquanto isso ouvia as ideias de Klaus para atrair o pokémon ladrão. O homem concordou com a ideia de ter Aurora como guia assentindo com a cabeça, mas parecia um pouco preocupado com a segunda ideia do treinador.

- Sweet Scent irá atrair vários tipos de pokémon, não apenas aquele que procuramos. E não temos certeza se aquele que pegou minha corrente será atraído ou se estará com a corrente. – Ele falava o que Klaus já havia pensado e após ouvir a continuação da explicação sorriu. – Bem, não custa tentar.

Com o plano traçado, Klaus liberou seu Oddish da pokeball. O pequeno pokémon ainda estava um pouco ferido pela batalha da noite anterior, mas também pronto para ajudar e já não estava confuso. Com isso o grupo seguia a fantasma enquanto o pokémon planta soltava seu Sweet Scent.

Como previsto, muitos pokémon se aproximavam do grupo, sendo atraídos pelo doce aroma, mas Tsubasa não via nenhum que lembrasse aquele que ele havia encontrado na noite anterior. Felizmente não haviam cruzado com nenhum pokémon raivoso, a maioria apenas observava o grupo de uma certa distância, mas depois de vários minutos e muitos pokémon o plano não parecia estar indo tão bem.

-Klaus, talvez devêssemos pensar em outro plano. O pokémon que procuramos provavelmente é do tipo voador. Eu me lembro que ele voava rápido e me surpreendeu quando passou por mim e pegou minha corrente. Neste caso, será que não deveríamos procurar nas árvores?

Enquanto falava, Tsubasa parecia confiante de sua ideia, mas então lembrou-se de onde estavam. Não ajudaria muito mudar o alvo da busca de um pokémon para uma árvore na floresta, mas talvez pudessem usar essa nova informação para pensar em um novo plano.
Julieh
Julieh
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Perriraz em Qua Jun 04 2014, 12:06

 O plano teve o encaminhamento que Klaus imaginou, vários pokémons aproximaram-se para sentir o doce aroma de seu Oddish, Klaus os olhava admirado, pensando que poderia parar para observar alguns mais de perto e até capturar outros, mas manteve o foco no pokémon ladrão, pelo menos até Tsubasa se lembrar de algo muito importante: que o larápio era um pokémon voador. O jovem olha para o rapaz loiro fixamente... Ouvi sua opção de plano, coloca as mãos nos bolsos e fica pensativo por alguns instantes.
- Tsubasa, se tivesse me dito antes que era um pokémon voador, teríamos já traçado um plano para isso... - vira-se para Caim e pede para ele interromper o Sweet Scent, agradece-o pela ajuda e pede para ele relaxar um pouco sentando por ali - Eu não sou um exímio subidor de árvores, mas poderíamos tentar - Klaus ainda não acreditava muito no que estava ouvindo sair de sua boca - Podemos tentar subir nas árvores e de lá usar o Sweet Scent ou tentar pelo menos avistar o ninho do pokémon ladrão, primeiro faremos dessa forma: Aurora subirá para o topo das árvores primeiro e nos iremos subindo a partir de suas orientações sobre o melhor lugar para subir, pode fazer isso por mim Aurora, fica lá em cima nos aguardando?
 Aurora diz um sim com seu corpo e sobe para próximo do topo das árvores, na animação de auxiliar Klaus, acaba encostando em alguns galhos e os envenenando, fazendo Klaus chamar sua atenção:
- Aurora, cuidado com os galhos da árvore, você não precisa ir tão rápido.
Perriraz
Perriraz
Treinador - Criador

Treinador - Criador

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Julieh em Qui Jun 05 2014, 20:01



A informação sobre o pokémon ladrão que Tsubasa havia esquecido de comentar mudava completamente a situação. Se o pokémon era voador, não adiantaria muito continuar procurando por ele no solo, então Klaus resolveu subir nas árvores para ver se tinham um resultado melhor.

Com Aurora guiando o melhor caminho, Klaus e Tsubasa subiram sem muitas dificuldades em uma árvore. Não era muito alta, mas tinham uma boa visão da floresta e exatamente por não estarem muito alto viam sem dificuldades o que acontecia no chão e nos galhos das árvores mais altas. Depois que se estabeleceram em um galho mais reto e firme, Caim pôde usar seu Sweet Scent. Novamente muitos pokémon foram atraídos, mas nada daquele que procuravam.

De repente, um pokémon passou voando rapidamente pelos dois, quase derrubando Klaus da árvore. Não foi possível ver muito bem qual pokémon era, mas ele parecia estar com pressa ou fugindo de algo.

- Você está bem? – Tsubasa perguntava para Klaus e depois de ajudar o amigo a se firmar no galho novamente olhou para a direção em que o pokémon se afastava até sumir de vista. – Aquele pokémon... Não deu para ver direito, mas acho que ele pode ser o mesmo que pegou minha corrente.

Antes que os dois pudessem pensar mais naquele pokémon, descobriram porque ele voava com tanta pressa, um grupo de Beedrill apareceu da direção de onde o pássaro veio. As abelhas não pareciam muito amigáveis e mesmo que até então apenas estivessem perseguindo o pássaro, agora voltavam sua atenção para os dois jovens na árvore. O que deveriam fazer? Batalhar? Fugir? Se não resolvessem logo a situação perderiam a chance de ir atrás do pokémon que possivelmente era o ladrão.
Julieh
Julieh
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Perriraz em Qui Jun 05 2014, 22:16

 Subir nas árvores foi mais fácil do que Klaus tinha imaginado, no fim não ficou em um local tão alto - o que o aliviou um pouco - e de lá segurou Caim e o ergueu para usar seu Sweet Scent como esperado as árvores ao redor ficaram cheias de pokémons mas até o momento nenhum que Tsubasa reconhecesse como o ladrão deixou Caim seguro em um galho após o momento em que o ergue. Sentindo o vento passar por seu rosto e esperando por um sinal do pokémon, Klaus nem percebe direito a aproximação de um pókemon voador em alta velocidade, quase o derrubando da árvore. No instante da quase queda, o jovem aspirante a criador sentiu seu coração acelerar, um segundo de vertigem pela mudança brusca de posição e com a ajuda de Tsubasa firmou-se no galho como um náufrago a um colete salva-vidas, Aurora parecia muito assustada com a quase queda de seu treinador e talvez mais ainda ao perceber que não poderia tocá-lo caso ele caísse realmente.
- E-e-eu estou bem - visivelmente não estava, mas dizia que sim, talvez para se convencer.
 Antes que pudesse se recuperar do susto percebeu a aproximação de pokémons com um zumbido de asas.
- Beedrils... - essa espécie Klaus conhecia bem, pois era comum encontrar -  O que faremos, Tsubasa? Eu só poderia batalhar com Aurora, Caim não se daria bem em uma batalha aérea e você também não teria vantagem com o Jolteon e tem mais: eles não são nosso objetivo. Vamos descer Tsubasa e tentar seguir a direção que o pokémon com seu cordão foi.
O plano de Klaus era simples: fugir e tentar seguir o pássaro por terra, até ficarem longe do alcance dos Beedrils. O jovem torcia para o enxame do pokémon inseto não os seguisse até o solo.
Perriraz
Perriraz
Treinador - Criador

Treinador - Criador

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Julieh em Sex Jun 06 2014, 20:19



Na situação em que estavam, uma batalha não seria a melhor escolha, portanto o que restava para os dois jovens era fugir. As Beedrills não atacaram de imediato, dando tempo para descerem da árvore, mas as abelhas não estavam de muito bom humor e logo começaram a perseguir Klaus e Tsubasa. Ou então, apenas seguiam o pássaro que havia fugido naquela mesma direção. Era difícil saber, mas certamente não queriam parar para descobrir o alvo das abelhas.

As Beedrills eram persistentes, mas depois de algum tempo, finalmente desistiram. Não havia mais sinal do pássaro e já estavam longe do território das abelhas, não havia mais motivos para continuar com a perseguição. Ao ver que as Beedrills haviam ido embora, Tsubasa parou um pouco para recuperar o fôlego.

- Ufa… Essa foi por pouco. Beedrills são bastante territoriais, aquele pokémon provavelmente fez algo no território delas que as irritou.

Depois de alguns minutos descansando, o homem já estava pronto para continuar com a busca. Durante a fuga, haviam perdido o pássaro de vista, mas tinham certeza que ele havia ido naquela direção, não podia estar muito longe.

- Aurora, não é? – ele falava gentilmente com a pokémon fantasma. – Você reconhece este lugar? Sabe dizer se tem o ninho de algum pokémon voador por aqui?

A Gastly ficou algum tempo pensativa, mas no final fez um sinal negativo, um pouco triste por não poder ajudar. Ela nunca havia reparado se tinha ou não algum ninho naquela região ou em qualquer outra da floresta. Ela sabia se guiar, mas sempre foi um espírito vagante que ia para onde o vento a levasse, sem se importar aonde ia.

- Não se preocupe. Pelo menos agora sabemos que ele deve estar por aqui. Vamos procurar por ele ou o seu ninho.

Tsubasa falava com otimismo, mas mesmo que sua área de busca tivesse sido diminuída, ainda não seria fácil encontrar o pokémon se ele realmente não quisesse ser encontrado.
Julieh
Julieh
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Perriraz em Sex Jun 06 2014, 21:59

 Klaus e Tsubasa correram dos Beedrils após descerem da árvore evitando assim uma batalha não muito boa para eles, o aspirante a criador corria com Caim eu seu colo e Aurora conseguia sem muitas dificuldades acompanhar o ritmo de corrida de seu treinador.
 Após algum tempo, os insetos pareceram não se importam mais com a dupla - ou na verdade estavam somente atrás do pássaro, vai saber.. - e Klaus pode descansar e recuperar o fôlego perdido. Pelo menos sabiam a direção que o pokémon pássaro foi.
- Vamos procurar... - respondia Klaus ao otimismo de Tsubasa - Aurora, não precisa ficar triste por não saber de algo, ninguém sabe tudo - falava tentando consolar sua Gastly, voltando a Tsubasa - O que faremos? iremos seguir a direção que vimos o pokémon ir? É o ideal né? - fala e coloca as mãos na cintura, olhando para o alto com Caim ao seu lado, o olhando com ar de estranheza - Tsubasa, vamos então?
 Klaus começa a se mover na direção para onde acreditava que o tal pássaro ia, o jovem já estava curioso para saber que pokémon era o ladrão. Porém, diferente das outras vezes, foi sem nenhum plano pré-estabelecido.
Perriraz
Perriraz
Treinador - Criador

Treinador - Criador

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Julieh em Sab Jun 07 2014, 22:02



Ao contrário das outras vezes que procuraram pelo pokémon ladrão, desta vez Klaus decidiu apenas procurar pela ave, sem nenhum plano específico. Eles provavelmente estariam perto do pokémon ou talvez até mesmo de seu ninho, mas como haviam perdido a ave de vista algum tempo atrás não havia como ter certeza da direção em que ela foi. O grupo andava na direção em que viram o pokémon seguir, mas não havia garantias que ele não havia mudado de direção depois que o perderam de vista. Agora tudo o que podiam fazer era seguir por aquela direção e torcer que estivessem indo para o lugar certo.

Após algum tempo procurando o pokémon ainda não havia nem sinal dele ou sequer algo que comprovasse que ele havia mesmo ido naquela direção. A busca parecia desanimadora quando Stela chamou a atenção de Tsubasa para alguma coisa.

- O que foi, Stela? Você viu algo naquela direção?

A pequena pokémon bebê confirmou com a cabeça enquanto apontava para onde ela dizia ter visto algo. A direção indicada pela Cleffa era exatamente oposta à que eles estavam indo. Na verdade era um lugar por onde já haviam passado, mas sem encontrar nada. Talvez a pequena apenas tivesse imaginado coisas? Ou será que havia algo lá que não foi notado antes? Enquanto pensavam no que fazer, um som de algum pokémon veio da direção em que seguiam. Poderia ser o pokémon que procuravam, mas também poderia ser qualquer outro pokémon da floresta. O que deveriam fazer? Seguir na direção indicada por Stela ou seguir em frente em busca do pokémon que emitiu o som?
Julieh
Julieh
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Perriraz em Sab Jun 07 2014, 22:26

 Klaus caminhava com as mãos no bolso, tentando imaginar o que aconteceria nessa situação onde ele não estipulou nenhum plano, era algo estranho para ele, incomodo até, ir para um lugar sem um plano estabelecido previamente, seguia Tsubasa com o olhar meio baixo, pensativo, Aurora percebe a nuvem de indeterminação em seu treinador e se aproxima dele com os olhos curiosos.
- Eu estou bem Aurora, só estou pensativo, fique tranquila - esboça um sorriso não muito convincente - por onde será que foi esse pokémon voador? - Klaus falava para seus pokémons e como resposta teve duas expressões de dúvida.
 Como um sopro de alívio, Stela chamou a atenção de seu treinador sobre algo, Klaus via a pokémon bebê tentando se explicar e foi surpreendido pelo barulho de um pokémon na direção que eles estavam indo. A indicação de Stela era para o lado contrário.
 - Ouviu isso? E agora qual caminho seguiremos? - Klaus parecia confuso, de alguma forma estranha e sem explicação plausível, confiava na Cleffa, mas também suspeitava que o barulho podia ser do pokémon ladrão, decidido, resolve - Vamos nos separar, certo? Eu vou ver de onde veio o barulho emitido pelo pokémon e você vai com Stella procurar na direção que ela está indicando, o que acha? Quando resolvermos, nos encontramos aqui, caso alguém chegue e o outro ainda não esteja vamos na direção que o outro foi, ok?
 Klaus esperava a decisão de Tsubasa já parado na direção de onde o barulho veio, parecia animado. Talvez porque pode fazer um plano.
Perriraz
Perriraz
Treinador - Criador

Treinador - Criador

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Julieh em Dom Jun 08 2014, 01:31



Com dois caminhos possíveis para seguir, Klaus achou que a melhor coisa a se fazer naquela situação era se dividir e procurar e Tsubasa também concordava que aquela seria a melhor opção deles.

- Certo. Só tome cuidado para não se afastar demais e acabar se perdendo, ok?

Assim, cada um seguiu em uma direção diferente. Klaus já se sentia mais seguro tendo um plano para seguir mesmo que ainda houvessem muitos fatores incertos sobre o que encontraria a frente. Enquanto se aproximava da origem do som, cada vez mais clara a situação parecia ficar, mais sons chegavam aos ouvidos do aspirante a criador, sons que indicavam que uma batalha acontecia. Aquilo deixava Klaus cada vez mais curioso e antes que percebesse já estava correndo para o local.

A primeira coisa que viu quando chegava ao local do pokémon misterioso foi um vulto negro passando por ele. Logo depois apareceu um pokémon primata que parecia furioso e seguia o vulto que havia passado. Ao que parecia, aquele era o mesmo pokémon que haviam encontrado mais cedo naquele dia e o provável ladrão da corrente de Tsubasa.

Aquele pokémon aparentava ser um mestre em se meter em confusão, mal havia escapado das Beedrill e já havia irritado outro pokémon. Agora o pokémon misterioso voava a uma alta velocidade na direção em que Tsubasa havia ido e ainda era seguido por um pokémon primata muito irritado e que parecia bem forte. O que Klaus faria naquela confusão? Seguiria o pokémon? Ou quem sabe ele não houvesse deixado alguma pista antes de sair voando, fugindo do pokémon que havia irritado?
Julieh
Julieh
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Perriraz em Dom Jun 08 2014, 11:31

 Tsubasa concordou com a ideia de Klaus e os jovens dividiram-se indo em sentidos opostos. Com Caim e Aurora a tiracolo o jovem futuro criador foi caminhando em direção aos sons, estes ficando mais altos a cada passo do trio.
 - Tem pokémons batalhando...
 Sem perceber, Klaus começa a correr em direção ao som da batalha, Aurora e Caim o acompanham sem entender muito o entusiasmo de seu treinador e quando parecia bem próximo um vulto passar por ele, o assustando.
- É o voador! - o jovem tinha a certeza de que o vulto era o ladrão - E quem é esse? - Klaus olha para o primata a sua frente, percebe que ele parece irritado - Esse pokémon só causa confusão, vamos atrás dele!
 Klaus começa a se dirigir na direção que o pokémon voador foi, mas para e volta a olha para o local onde a batalha ocorria e resolve ficar por ali.
- Vamos ver se ele não deixou algo aqui durante a batalha, talvez a corrente de Tsubasa, faremos o seguinte, eu irei olhar o lugar melhor e vocês dois ficam de guarda, pois o pokémon irritado pode desistir de ir atrás do outro, como os Beedrills parecem ter feito.
 Aurora fica ao lado de Caim, vigiando, ele parecia mais disperso olhando para o céu e tentando aproveitar os raios de sol que tanto gosta. Klaus, por seu turno, procurava alguma pista ou o próprio colar de Tsubasa.
Perriraz
Perriraz
Treinador - Criador

Treinador - Criador

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Julieh em Dom Jun 08 2014, 19:05



Tendo certeza que o pokémon que passou voando por ele era o ladrão, o primeiro pensamento de Klaus foi segui-lo, mas voltando a olhar o lugar onde o pássaro estava o treinador pensou que também seria bom verificar se ele não tinha dexado nada para trás, uma pista sobre sua identidade, a localização de seu ninho ou até mesmo a corrente de Tsubasa.

Dando uma olhada geral no lugar, a primeira coisa que chamava a atenção era uma banana meio comida. Provavelmente pertencia ao primata que perseguia o ladrão, mas por que ela fora deixada ali meio comida? Talvez o pokémon voador tivesse interrompido o lanche do primata? Era uma possibilidade, mas em nada ajudava a entender o pokémon ladrão.

Aparentemente não havia nada lá, nenhum item nem nada que pudesse levar ao ninho do pokémon, sem falar na corrente de Tsubasa. Enquanto Klaus procurava por algo que pudesse ajudar, Caim aproveitava os raios solares que atravessavam as copas das árvores e Aurora ajudava a vigiar os arredores para não serem pegos de surpresa por  algum pokémon selvagem. Caim estava feliz por poder aproveitar o sol em um ambiente bom como aquele e estava mais relaxado quando notou que a luz do sol refletia em algo no meio da grama. Curioso, o pokémon pegou o item e o levou para seu treinador ver. Parecia ser o fragmento de algo... Um tipo de item que era generalizado como Shard.

Mas o que aquilo fazia ali no meio da floresta? Enquanto refletia sobre isso, Klaus foi surpreendido novamente pelo pokémon voador. Recuperando-se do susto, o jovem notou que a Shard que segurava não estava mais em sua mão. Olhando ao redor encontrou o item sendo segurado pelo bico de um pokémon pássaro que tinha penas escuras que tomavam a forma de um chapéu sobre sua cabeça e uma vassoura no rabo.

O pokémon havia pousado em uma árvore, mas voltou a voar quando viu o pokémon primata se aproximando para atacá-lo. Chegando ao local algum tempo depois do primata vinha Tsubasa carregando Stela no colo.

- Eu encontrei minha corrente. O que a Stela tinha visto era o ninho desse pokémon, que estava cheio de coisas estranhas, diferentes e brilhantes. – Ele parecia aliviado, mas voltou a se preocupar quando olhou a ave e o primata – Mas o que fazemos com esses pokémon? Aquele primata é um Primeape e um que parece bem forte. Acho que nosso pequeno ladrão não teria muitas chances se o enfrentasse em batalha. Mas nós também teríamos dificuldade se ele resolvesse nos atacar. Acho que meu Jolteon até teria uma chance contra ele, mas seria uma batalha muito difícil.

Os dois jovens haviam recuperado o que procuravam e uma batalha contra aquele poderoso pokémon seria arriscada. Mas será que deveriam mesmo deixar o pokémon pássaro lidar com aquilo sozinho? Aquelas eram as consequências de seus atos, mas se o Primeape o pegasse seria o fim para a ave.
Julieh
Julieh
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Perriraz em Dom Jun 08 2014, 21:59

 Klaus procurando pelo cordão de Tsubasa começou a buscar na região onde viu o pássaro fugindo, encontrou uma banana comida pela metade no local onde o primata estava, pensou que o pokémon pássaro interrompeu o lanche do primata peludo. o aspirante a criador meio receoso resolveu pegar a banana e por precaução a guardou no bolso, usando a casca para proteger o resto da fruta ainda não comida.
 Do lado de fora, Caim sentia o sol em seu corpo e como um bom pokémon do tipo grama, estava feliz com aquilo e totalmente alheio a sua vigilância, Aurora parecia mais focada na missão dada por Klaus e vigiava o local. O tubérculo percebe algo, o pega com a boca e leva para Klaus.
- Caim eu não pedi para você ficar... - o jovem percebe algo na boca do pokémon grama e para sua tentativa de sermão, se abaixa e estende sua mão - O que será isso? - olha curioso para o item, até assustar-se com algo que se aproxima e quando percebe o item não está mais em sua mão, procurando o que havia lhe assustado, viu o pássaro - Então foi você....
 Antes que pudesse perceber melhor o pássaro, viu somente suas penas mais escuras e deduziu inicialmente que poderia ser um pokémon noturno por sua cor, este alçou voo com a aproximação do primata. Tsubasa veio logo atrás explicando o ocorrido.
 - Que bom que recuperou o cordão, Tsubasa... - Klaus ouviu a explicação do jovem e olhando a situação e imaginando o pássaro sendo massacrado pelo primata irritado diz - Vamos ajudá-lo então Tsubasa, posso usar um ou até dois pokémons meus para ajudar o pássaro. Caim prepare-se para batalhar e você Tsubasa libere seu Jolteon, não posso deixar o pokémon voador sofrer um ataque desse Primeape.
 Klaus pega a pokédex - meio suja de banana pois estava no mesmo bolso da fruta - e aponta para o pássaro e para o primata.
- Caim, vamos começar com Sludge Bomb no primata! Depois quero que se afaste dele e tente Absorb! Tsubasa seu Jolteon é mais forte que meu Oddish, vou chamar a atenção dele com Caim para você atacar, pode ser? - Com a pokédex na mão Klaus observava a cena e pensava que ultimamente estava se tornando um mediador de disputas, e sinceramente estava gostando disso.


Off:
Parabéns pela promoção a narradora Smile
Perriraz
Perriraz
Treinador - Criador

Treinador - Criador

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Julieh em Seg Jun 09 2014, 01:07



Off: Obrigada ^-^




Mesmo que aquela situação fosse apenas resultado das ações da ave, Klaus não podia simplesmente deixá-lo lá a mercê do Primeape, decidindo por ajudá-lo. Primeiramente recolhia informações com a pokedex para que pudesse pensar na melhor estratégia. O equipamento rapidamente passava as informações dos dois pokémons:

Murkrow
Yamikarasu


Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 198

Quando há alguém perseguindo Murkrow, o pokémon atrai a tal pessoa para trilhos de montanhas, fazendo muitos se perderem. Ele gosta de colecionar objetos brilhantes.


Primeape
Okorizaru


Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 57

Se você se aproximar enquanto ele dorme você pode acabar acordando-o, começando assim uma furiosa caçada com esse primata bêbado de sono. Ele persegue qualquer um que faça contato visual.


Tsubasa também rapidamente liberava seu Jolteon para ajudar. O pokémon parecia um pouco confuso com a situação e ao ver o Primeape furioso perseguindo o Murkrow se escondeu atrás de seu treinador. O homem se abaixou e fez um carinho na cabeça do pokémon enquanto falava calmamente com ele.

- Ray, eu sei que aquele Primeape é assustador, mas nós precisamos de sua ajuda para salvar aquele Murkrow. – O pokémon elétrico olhou rapidamente para a ave, mas não se moveu um centímetro de trás de Tsubasa.

Enquanto isso, Klaus e Caim tentavam chamar a atenção do primata. O Oddish começou soltando uma grande quantidade de lodo em Primeape. Como o primata estava completamente atento à ave sequer notou o ataque até que foi atingido. Aquilo irritou mais ainda o primata, que agora ignorava Murkrow e avançava para atacar Caim. O pokémon Grass ainda conseguiu absorver parte da energia de Primeape, mas não conseguiu desviar de um poderoso Karate Chop que lançou Caim para longe, mas não fora tão efetivo. Logo em seguida, o pokémon soltou um grito agudo e irritante que diminuía as defesas do inimigo (Screech).

Tsubasa ainda tentava convencer o Jolteon a entrar na batalha e com a ajuda de Stela parecia estar tendo sucesso.

- Ray, por favor... Veja como o Oddish está se esforçando. Vamos ajudá-los, certo? – O pokémon elétrico concordou levemente com a cabeça e saiu de trás de Tsubasa, mas ainda permanecendo um pouco afastado. – Ótimo, como você não quer se aproximar do pokémon assustador vamos apenas atacar com dois Thundershock.

Carregando a eletricidade em seu pêlo, Ray lançou dois raios em direção ao Primeape que já estava cego de raiva e mal notou os ataques vindo novamente. O primata havia recebido bastante dano, mas nem era possível notar isso, pois ele continuava agressivo e parecia não se importar com os ferimentos.

- Desculpe por te fazer esperar. O Ray é um pouco... sensível a coisas que ele considera assustadoras, mas é um bom pokémon.


Hora da Batalha
Campo: Pequena área no meio da floresta. Existem diversas árvores de tamanhos variados espalhadas de maneira aleatória na área da batalha.

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Oddish Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Jolteon

Vs.

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Primeape


Julieh
Julieh
Treinadora

Treinadora

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Perriraz em Seg Jun 09 2014, 10:40

 Então a batalha tinha seu início, Klaus recebeu as informações da pokédex e começou a entender os roubos do Murkrow.
- Coisas brilhantes... - repetia as palavras lidas no aparelho com a voz de quem descobriu um mistério.
 Ao ver o Jolteon de Tsubasa, Klaus parecia hipnotizado, sempre achou as evoluções do Eevee bonitas e tinha a oportunidade de ver uma em ação. Ao perceber o medo do pokémon elétrico nem se importou muito a príncipio, afinal um cara como Tsubasa não iria ter pokémons comuns. Só esperava que ele entrasse na batalha em algum momento porque Caim não ia aguentar o tranco sozinho.
 - Isso garoto! Bom ataque... continua assim, cuidado! Ele está vindo! Caim! - Ao ver seu Oddish sendo arremessado pelo poder do golpe do Primeape sentiu medo do que podia acontecer com ele e teve o ímpeto de olhar para Aurora, querendo coloca-la na luta, desistiu disso e pensou em outro plano - Aurora, vá até o pokémon voador e converse com ele, convença-o a se proteger e não se aproximar da luta, para o seu bem, se for preciso peça para ele descer e ficar atrás de mim - Aurora, sem entender muito o pedido de Klaus começou a se dirigir à direção do Murkrow.
 Tsubasa consegue convencer o Jolteon a entrar na batalha, aliviando Klaus do peso de uma luta desigual, ele ouve a explicação do rapaz loiro, faz um sinal de positivo com a mão e dá as novas ordens para Caim:
- Caim, Quero que repita o processo anterior, use Sludge Bomb no Primeape e depois Absorb para recuperarmos o dano sofrido, quero que preste atenção para tentar se esquivar de algum ataque dele, lembre-se ele é forte! Bem forte!
Enquanto Klaus dava as ordens vinha em sua mente como desviou-se do caminho para Viridian daquele jeito, mas o desvio lhe trouxe experiências bem interessantes e isso valia a pena.
Perriraz
Perriraz
Treinador - Criador

Treinador - Criador

Alertas :
Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap. 3: Rota 01, o retorno. - Página 5 Empty Re: Cap. 3: Rota 01, o retorno.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum