Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Artie em Ter Jul 21 2015, 01:46

Para o alívio de Blake, Roserade não era tão poderosa quanto ele imaginava. Pelo menos era o que aparentava, visto que ela não possuía golpes com efetividade necessária para causar sérios danos em Carter. Miranda ainda observava a batalha tensa, preparada para chamar qualquer um de seus pokémons caso fosse necessário recorrer a um plano B.

O foco de Blake naquele momento era derrotar Roserade o mais breve possível para que pudessem prosseguir antes do cientista realizar mais crueldades ainda com os Slowpokes selvagens. O jovem tentava observar o máximo que podia do local, já tentando planejar o próximo passo da abordagem. Na esperança de que Katy pudesse ajudá-los, ele sugeriu que ela fizesse o mesmo.


- Katy, você conhecia esse caminho alternativo. Sabe o que tem além daquela entrada? Chegou a espionar algo?

Enquanto a jovem raciocinava, o treinador focava a atenção em seu espetacular pokémon alado. Apesar de ter ficado com uma leve ferida em sua asa, Carter era do tipo teimoso e não deixaria se abater facilmente, característica que enchia seu dono de orgulho. As primeiras jogadas haviam sido eficientes e causaram danos razoáveis em Roserade. Porém, Confusion demonstrava ter sido um golpe mais eficiente. Por tal razão, McBride decidiu repetí-lo.

- Carter, repita seu Confusion! Utilize o golpe uma vez em cada uma das rosas que ficam nas pontas dos braços de Roserade! Parece ser um ponto vulnerável dela!

_________________
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OHHVZarCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 GwgKTzNCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 MNDnG6pCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 HLlz7A0Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 IIs2sihCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 8gzktHjCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ORIry71
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XOulu7k


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OinUoEd
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 FGENpG0
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Kazehaya em Ter Jul 21 2015, 22:35




Katy pensou um pouco no que ela já havia visto naquela sala, tinham muitas máquinas, o espaço era amplo e bem iluminado, deixando uma sensação estranha de medo. Havia pedaços de Slowpokes por todo lado, o que deixava o ambiente um tanto fedido. O grande problema da garota, na verdade, não era descrever o local, mas sim relembrar das coisas horríveis que havia visto:

- Nossa.. - Disse meio perdida. - São tantas coisas, tantas máquinas, uma iluminação bem forte que me cegou os olhos por alguns instantes e muitas... muitas máquinas! Haviam muitas jaulas com Slowpokes, eu, felizmente, consegui salvar muitas deles, porém alguns ficaram por la... Não sei ao certo o que aconteceu com eles. - Complementou. - Depois dessa única visita eu nunca mais consegui entrar la... As informações são vagas, não tenho muito o que dizer.

McBride então resolveu dar uma olhada no ambiente, era um pouco apertado, havia uma única entrada que dava no verdadeiro paradeiro do cientista, haviam também algumas caudas de Slowpokes por ali, a iluminação não ajudava muito, o que dificultava ainda mais o problema de Blake. Enquanto seu treinador começava a observar o ambiente, Carter batalhava com garra, ou melhor, mente. Concentrava-se enquanto era alvejado pelo ataque venenoso de Roserade, que lançava uma bomba de lama venenosa no inseto.

Mesmo sofrendo aquele ataque surpresa, Roserade não deixou de sentir o poder de Confusion, que espremia uma de suas rosas fazendo algumas pétalas se despedaçarem. O ódio no olhar do pokémon de grama era visível, mas toda a sua cólera não o fez pensar direito, fazendo com que fosse lançado em Carter mais um Energy Ball, que não causou tanto dano assim.

Por fim, Butterfree conseguia utilizar Confusion na outra rosa do Pokémon de grama, o deixando ainda mais irado pelo ataque psíquico que sofreu de seu oponente...

Pokémon: Butterfree
Normal
Trait: Compoundeyes
Normal

lv18 Butterfree


15/50
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Butterfree
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Roserade
lv16 Roserade


07/46
Trait: Poison Point
Normal
Pokémon: Roserade
Normal

Campo: Caverna escura, pouca iluminação, sendo que apenas algumas tochas iluminam o local.
Kazehaya
Kazehaya
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Artie em Qui Jul 23 2015, 04:06

Mesmo que não soubesse muito a respeito do local, Katy acabou passando informações preciosas para Blake e Miranda. Com o pouco que a jovem havia falado, já era possível tentar formular alguma estratégia para que o trio prosseguisse após tomarem conta de Roserade. Miranda foi a mais rápida, dando uma ótima sugestão para a equipe:

- Acho que devemos ser o mais discretos possível ao prosseguirmos. Um de nós pode servir como isca ou distração enquanto os outros dois se encarregam de soltar os Slowpokes enjaulados!

- Essa ideia de distrair é a melhor mesmo. O Sleep Powder de Carter faria os Slowpokes dormirem também e isso seria um sério problema. Temos que ver também o que podemos fazer a respeito dessa tal luz intensa. Ela parece ser um sério problema também.

Enquanto eles discutiam e aguardavam sugestões por parte de Katy, Carter e Roserade permaneciam num confronto intenso. Era claro que ambos davam o máximo de si no combate. Apesar de exausto, o parceiro de Blake permanecia exuberante e radiante, além de conseguir uma certa vantagem em relação a Roserade. A fim de finalizar sua oponente de uma vez, Blake passou o comando final:

- Sei que vou parecer repetitivo, mas esse é o golpe mais eficiente que podemos usar no momento, Carter. Tente usar seu Confusion para jogar Roserade contra uma parede! Se não for o bastante para nocauteá-la, use seu Gust!

_________________
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OHHVZarCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 GwgKTzNCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 MNDnG6pCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 HLlz7A0Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 IIs2sihCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 8gzktHjCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ORIry71
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XOulu7k


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OinUoEd
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 FGENpG0
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Kazehaya em Qui Jul 23 2015, 21:37

Off:
Exp no próximo post. ^^




Blake tinha muita coisa para pensar, o esconderijo do cientista era bem descrito pela jovem Katy, porém não haviam muitos detalhes contados por ele, pois, segundo a garota, o máximo que ela havia conseguido ver fora descrito. Miranda, mostrando-se cada vez mais esperta, deu uma boa ideia para Katy e McBride. Restava, porém, definir quem seria a isca e quem encararia o salvamento dos Slowpokes, algo que, com toda a certeza, requisitaria para a pessoa uma boa dose de sorte e um tanto de esperteza.

Enquanto isso, o fervoroso combate chegava perto do seu final. Roserade era o mais rápido em campo, porém, sem o acompanhamento de seu treinador o gramíneo não se portava corretamente, lançando um poderoso Energy Ball, algo que deveria acabar com qualquer outro Pokémon, mas, o poderoso Carter não iria cair tão facilmente. Assim, os olhos do pokémon borboleta brilharam em um tom azulado, o brilho logo se transferiu para o Pokémon de grama e o jogou contra a parede, prensando o gramíneo e encerrando o combate, deixando uma rosa despedaçada no chão da caverna.

O Pokémon de grama estava caído, McBride agora teria que arranjar um modo de conseguir passar pela entrada e acabar de vez com o plano do cientista louco que aterrorizava a vida dos Slowpokes do Slowpoke Hell. E agora Blake?

 

Pokémon: Butterfree
Normal
Trait: Compoundeyes
Normal

lv18 Butterfree


10/50
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Butterfree
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Roserade
lv16 Roserade


00/46
Trait: Poison Point
Normal
Pokémon: Roserade
Normal

Campo: Caverna escura, pouca iluminação, sendo que apenas algumas tochas iluminam o local.
Kazehaya
Kazehaya
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Artie em Sex Jul 24 2015, 03:55

off:
Slowpoke Hell = Melhor erro de digitação ever. Tudo a ver com a rota! Hahahahahaha xD

Deixei a narração em aberto porque não cabe a mim decidir se Blake será bem sucedido ou não em amarrar o segurança.


Com Roserade abatida, era melhor pensar - e rápido - qual seria o próximo passo a ser tomado. Blake foi o mais veloz, entregando uma Potion nas mãos de Miranda enquanto ele corria até o segurança ainda adormecido pelo Sleep Powder.

- Use isso no Carter. Ele deve estar exausto!

Enquanto a garota tomava conta do majestoso pokémon inseto e vitorioso do embate, Blake retirava uma corda de sua mochila, usando-a para amarrar as pernas e os braços do segurança. Completando o serviço, ele também pegou um lenço e usou o mesmo para fechar a boca do homem, abafando qualquer grito que ele viesse a fazer para chamar a atenção de mais alguém.

Infelizmente Blake não tinha uma corda para imobilizar o Houndoom e ele não sabia muito bem como se portar na tentativa de imobilizar um pokémon. Tinha medo de ser atacado repentinamente. Por tal razão, ele fez sinal para que Miranda e Katy prosseguissem enquanto ele terminava sua tarefa. Não sabia se era a escolha mais sábia, mas ele precisava ter certeza que o segurança não chamaria reforço quando acordasse.

Quando ele enfim conseguisse amarrar o capanga, ele, acompanhado de Carter, prosseguiria pelo caminho estreito em busca de Katy e Miranda.

_________________
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OHHVZarCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 GwgKTzNCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 MNDnG6pCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 HLlz7A0Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 IIs2sihCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 8gzktHjCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ORIry71
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XOulu7k


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OinUoEd
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 FGENpG0
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Kazehaya em Sex Jul 24 2015, 21:43

EXP:
1680 de EXP para Butterfree. Passou para o nível 19 e ganhou 5 de felicidade.

Off:
E falando em Hell, acho que entramos no inferno agora. :V




Com Roserade caída e sem forças para continuar, Blake se manteve calmo e não deixou que sua emoção tomasse conta, afinal, garanto que o dono da gramínea não estaria bem caso o treinador descontasse toda a sua raiva e frustração pelos Slowpokes nele. Ao contrário de um treinador desavisado e um pouco desligado, McBride pegou uma corda em sua mochila e começou a amarrar o bandido, fazendo nós cegos e muito bem feitos, garantindo que o homem não se moveria.

Miranda aplicou a Potion em Carter e então foi na frente junto de Katy, o cientista não percebeu a presença das duas garotas. O garoto e seu Pokémon
inseto correram para alcançar a dupla de garotas, quando entrou no local onde os Slowpokes estavam, o jovem ficou cego por algum tempo, talvez por causa de seus olhos estarem se acostumando com o ambiente escuro e, do nada, estar em uma ambiente muito iluminado.

Haviam muitos geradores de energia, algumas pedras especiais e algumas máquinas com líquidos de diferentes cores, mas dentre elas uma chamava mais a atenção, dentro da máquina havia uma criatura medonha que parecia a junção de vários Pokémon juntos, ele parecia estar sendo conservado naquele líquido enquanto o cientista fazia outro experimento. O homem de jaleco branco pegava uma seringa, retirava sangue do único Slowpoke com o tampão da cauda intacto e então o colocava no líquido que envolvia a criatura medonha. Sozinho e de forma bem clichê, o homem falava:

- Enfim, poderei me vingar!!! Malditos sejam Klaus Perriraz e Ayzen Kitshomo, me vingarei deles por eles terem prendido meu supervisor, hahahaha. - Parecia sínico e vingativo, aparentemente o cientista queria vingança de dois treinadores desconhecidos por Blake. - Arma beta, você será usado nessa vingança, que tal? Minha criaturinha, você irá brilhar mais do que o próprio arma alfa brilhou!

E voltava e dar muitas risadas. O homem não prestava atenção em Blake e nem nas garotas, estava mais concentrado em sua nova criação do que no arredor, a oportunidade perfeita para os garotos pensarem um pouco no que fazer enquanto o cientista se ocupava com sua criação. O que fazer?

Kazehaya
Kazehaya
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Artie em Dom Jul 26 2015, 07:04

off:
R.I.P. Blake. :/


Quando Blake adentrou o local misterioso, a primeira coisa que viu foi a expressão de espanto de Miranda e da jovem Katy. Ele não conseguia imaginar o que as assustava tanto depois de ter visto a forma como o cientista controlava os Slowpokes. Porém, após poucos segundos, um arrepio percorreu por todo o seu corpo e o jovem foi tomado pelo medo: aquele local era o que poderia ser definido como um pesadelo ou como um cenário de filme de terror.

O cientista estava criando uma forma de vida utilizando partes de várias criaturas diferentes. E, pela forma como ele tratava os Slowpokes, era bem claro que as intenções do homem não eram das mais gentis. Aquilo fez com que Blake ganhasse instantaneamente repudio daquele homem. Uma das maiores paixões da vida do treinador era a ciência e o homem a utilizava de forma anti-ética e anti-profissional.

Ainda irritado, confuso e desorientado, McBride ouviu o rapaz, no maior clichê possível de cientista maluco, falar partes de seus planos em voz alta. Aquela criatura iria ser usada como uma arma de guerra! Felizmente, dois rapazes até então desconhecidos pelo nativo de Hoenn haviam impedido o plano do homem anteriormente. Aquela operação parecia ser uma espécie de vingança.


- Meu Deus! O que estamos fazendo aqui? Esse cara vai matar a gente! - Desabafou a jovem Musgraves, em claro tom de desespero. - Vamos embora daqui!

- Digo que se a gente sair daqui, aquela coisa vai nos pegar de qualquer maneira. Acho melhor lidar com a situação ANTES daquele bicho acordar.

Por mais apavorada que estivesse, Miranda concordava com seu amado. O jovem, por sua vez, tentava demonstrar o máximo de frieza e bom senso ao conversar com as duas garotas. Porém, por dentro, estava apavorado. Um de seus pavores era a possibilidade de ter que exterminar aquele monstro. Por mais que não fosse algo natural, era uma forma de vida. Eliminar uma vida é algo que ia contra os princípios do jovem.

Carter, que estava pousado no ombro de Blake, batia suas asas de forma silenciosa para chamar a atenção do trio. Era um sinal de que eles deveriam agir rápido antes do homem notar a presença deles. Uma abordagem direta e agressiva estava longe de ser a ideia mais inteligente. Então, como a abordagem com o segurança funcionou, talvez fosse uma boa ideia tentar repetir o ato:


- Vou tentar colocar ele para dormir com o pó do sono de Carter! Se funcionar, façam o máximo possível para destruir as máquinas dele! Se encontrarem algo que seja uma base de dados, deem prioridade para destruir isso! Um cientista que perde todos seus dados dificilmente consegue retomar seus estudos!

Miranda concordou com a cabeça. Ainda estava apavorada, mas provavelmente conseguiria se virar. Em situações extremas, o ser humano mostra uma capacidade de se adaptar impressionante. O instinto de sobrevivência fala mais alto. McBride fechou os olhos, contou até três e então passou o comando para o Butterfree.

- Carter, repita o que fizemos com o segurança momentos atrás! Use seu Sleepowder naquele cientista combinado com o Gust! Precisamos impedir ele de conseguir completar essa tal de arma beta!

_________________
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OHHVZarCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 GwgKTzNCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 MNDnG6pCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 HLlz7A0Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 IIs2sihCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 8gzktHjCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ORIry71
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XOulu7k


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OinUoEd
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 FGENpG0
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Kazehaya em Dom Jul 26 2015, 15:37

off:
R.I.P Blake =/
Estou triste por ele, mandarei flores ^^




Como o plano anterior havia dado certo, McBride pensou um pouco e decidiu repetir o que havia feito no cientista, Carter majestosamente abriu suas asas e lançou seu pó do sono, todavia, o segurança que outrora havia sido imobilizado por Blake apareceu de forma súbita, os braços ainda imobilizados, porém os pés estavam soltos e Houndour ao seu lado. O segurança gritou bem alto para que todos ouvissem:

- LOKE, PROTEJA-SE, TEMOS INTRUSOS!!!

O cientista então olhou para o lado e viu as três figuras, vendo o plano e agindo de maneira rápida e bem inteligente, tampou o nariz com uma máscara e não respirou o pó sonífero que Butterfree lançou, dessa forma, teve tempo de injetar o líquido completamente e apertar o botão esverdeado que fez o líquido que mantinha a criatura estabilizada vazar.

Miranda e Katy lançaram seus monstrinhos para fora e começaram a destruir o local, várias máquinas foram destruídas em sequência pelos Pokémon das garotas, até mesmo o computador base fora destruído, todavia, algo ainda não havia sido destruído, arma beta. O bicho abriu os olhos, rugiu com raiva, parecia que a raiva iria domina-lo a qualquer momento, mas algo estava errado, o cientista colocou uma coleira no pescoço da criatura e então passou a controla-la.

- Pegue eles criatura, acabe com aquele garoto!!!! - Dizia o cientista.


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Dwt3OJD


O Pokémon, ou o que seja aquilo, era horrível, tinha corpo de Machamp, pernas de Kangaskhan e cabeça de Emboar, tinha dois pares de asas diferentes, uma de Golbat e outra de Fearow, tinha uma proteção de cabeça como VIleplume, dois braços diferentes, um de Scizor e outro de Bisharp. A criatura olhava Blake com sede de sangue, queria mata-lo. O que fazer?
Kazehaya
Kazehaya
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Artie em Seg Jul 27 2015, 18:50

off:
Esqueceu de citar a Starmie no peito. q
Gostei do sprite! Ficou legal, só que por algum motivo ele ficou esticado.
Mas deu pra ter uma noção de como o pokémon é e é isso que importa. ^^


Infelizmente o plano não ocorreu conforme o planejado. Por algum motivo o segurança havia conseguido se livrar das amarras e avisar o cientista, que atendia pelo nome de Loke, do ocorrido e o mesmo protegeu-se do golpe de Carter. E pior: conseguiu despertar a criatura para utilizá-la contra Blake.

Se o mesmo já estava apavorado, a situação tornou-se pior ainda. Estava diante de um monstro completamente bizarro que possuía partes de uma grande infinidade de pokémons. Blake reconhecia alguns, como Vileplume e Starmie, mas outros eram completamente estranhos para ele. Diante daquela grande fera correndo atrás dele, não viu outra escolha a não ser correr e esperar que Carter entrasse em ação.


- Carter, tente ganhar tempo para que eu chame outros pokémons! Tente deter esse monstro usando Poisonpowder e Confusion!

Enquanto a borboleta usava os movimentos, Blake colocava as mãos em seu bolso e convocava Growlithe e Nidorino para ajudarem. O primeiro era o mais poderoso da equipe de McBride e o segundo era o que estava em melhores condições de lutar após aquele encontro com Zubats.

- Pessoal, sem muito tempo para explicações. - Disse Blake, percebendo a expressão de espanto de seu parceiros. - O importante é que essa coisa precisa ser destruída e deve ter algum ponto fraco! Vamos tentar provocar um choque térmico nele! Intercalem Ice Beam e Flame Burst o máximo de vezes que conseguirem!

O lado cientista de McBride estava intrigado a respeito daquela criatura. Quais seriam as fraquezas dela? Será que ele teria alguma imunidade? E o efeito do líquido retirado do Slowpoke? Que diferença aquilo poderia fazer naquela luta? Por mais intrigante que fosse, aquele monstro precisava ser detido o quanto antes. Provavelmente tudo ficaria mais fácil assim que Katy e Miranda terminassem seus afazeres e entrassem na luta para ajudar.

_________________
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OHHVZarCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 GwgKTzNCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 MNDnG6pCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 HLlz7A0Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 IIs2sihCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 8gzktHjCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ORIry71
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XOulu7k


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OinUoEd
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 FGENpG0
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Kazehaya em Ter Jul 28 2015, 21:18




Katy e Miranda estavam destruindo todos os computadores do cientista, o Ninetales da parceira de Blake e o Quagsire de Katy estavam dando muito trabalho destruindo as máquinas e computadores do homem, os Pokémon eram ótimos, mas ainda assim um único eletrônico não fora destruído, um pequeno computador que ficava mais longe dos outros. Todavia, a dupla foi surpreendida com uma jaula que se ergueu entre elas e as prendeu, Ninetales e Quagsire tentaram sair da prisão, contudo não conseguiam usar seus golpes sem machucarem suas donas.

Enquanto as garotas eram surpreendidas por um nova armadilha, Blake sofria com seus próprios problemas, arma beta era um oponente poderoso, tinha uma aparência horrenda, mas, ainda assim, conseguia exalar uma grande energia, todo esse poder deixava McBride suar frio. O cientista então comandou a horrenda criatura dizendo:

- Arma Beta, Flametrower naquele Butterfree e depois acerte um poderoso Scald no Nidorino!!!

Com todas aquelas criaturas misturadas entre num único ser, ficava bem claro que o "pokémon" não iria ser rápido, arma beta não era um ser muito rápido, por isso recebia todos os ataques que lhe eram direcionados. Carter era o mais rápido em campo, lançou seu pó sonífero contra o monstro, contudo as placas revestidas de metal em seu corpo o protegiam de ficar envenenado. O primeiro combo foi lançado por Growlithe e Nidorino,lançaram seus ataques em sequência, deixando o monstro com uma sensação horrível.

Após essa sensação acabar, o pokémon do cientista começou a lançar uma forte torrente de fogo contra Carter, que não aguentou o poderoso ataque do Pokémon e caiu sem forças para continuar. Growlithe e Nidorino mais uma vez iam contra o Pokémon adversário, um novo combo fazia o Pokémon adversário cair por terra e gritar de dor, o que, de certa forma, o fazia mais forte e o permitia lançar um poderoso jato d'água esquentado, o que fazia o pequeno venenoso cair sem forças assim como o Pokémon borboleta.

O adversário era mais poderoso do que McBride pensava. E agora? 
Hora da Batalha
Campo: Sala muito iluminada, muitas máquinas destruídas e uma pequena área vazia, uma cela ao sul fica ao extremo oposto de onde acontece a batalha.


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 NidorinoCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ButterfreeCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Growlithe

Vs.

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Dwt3OJD
Kazehaya
Kazehaya
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Artie em Qua Jul 29 2015, 03:19

off:
Eita porr


Se para algumas pessoas a Lei de Murphy não passava de uma teoria maluca e sem fundamentos, para Blake a mesna parecia tornar-se realidade.

O jovem estava em forte desvantagem numa batalha contra uma criatura que poderia matar todos ali presentes. Com apenas dois golpes, ele conseguiu abater dois dos aliados de McBride, provando seu verdadeiro poder. Piorando sua situação, Miranda e Katy caíram em uma armadilha e provavelmente não teriam condições de ajudá-lo. Pior: estavam vulneráveis demais.

A adrenalina corria pelas veias de McBride e o mesmo voltava a ver a morte diante de seus olhos. Felizmente na última vez que isso ocorreu ele estava acompanhado de um profissional competente. Porém, agora estava contando apenas com o auxílio de seus pokémons.

Respirando fundo, o jovem recuou Carter e Duke para suas esferas e logo em seguida convocou o restante de seus pokémons: Lobstar, Faux e Zappy. Todos ficaram claramente apavorados diante da criatura. As palavras do rapaz para seus parceiros foram as mesmas da última vez, adicionando um pouco de extremismo para garantir a obediência de Lobstar e Faux.


- Sem tempo para explicações. Ou a gente derrota isso aí ou a gente morre. - Blake fazia o máximo para manter a voz firme, mas suas mãos tremulas entregavam seu medo. - Zappy, comece com seu Thunder Wave e depois proteja-se com Double Team! Faux, tente usar seu Rock Throw para danificar as ligas metálicas desse monstro. E Growlithe, mantenha distância e use seu Flame Burst na cabeça de Vileplume e depois no braço de Scizor! Quem sabe assim causamos um dano maior!

Lobstar estava um pouco confuso por não ter recebido ordens, mas Blake o chamou para perto e logo explicou seus planos. Sua ideia era primeirame te liberar as duas jovens e somente então focaria em destruir o último computador.

- Lobstar, conto como você para salvar a Miranda. Ela significa muito para mim. Tente usar suas garras para quebrar aquela jaula, mas cuidado para não machucá-las!

Com todos os seus pokémons em ação, o treinador agora encarava o criador daquela arma biológica. Blake tentava entender os motivos do homem para fazer tal monstruosidade.

- Sei que isso pode parecer irrelevante no meio de uma batalha. Mas eu sou um biólogo, sabia? Minha vida se concentra em admirar os mistérios da vida. Essa tal arma beta que o senhor criou é algo que foge dos meus princípios, mas despertou minha curiosidade. O que o levou a criar tal criatura?

_________________
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OHHVZarCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 GwgKTzNCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 MNDnG6pCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 HLlz7A0Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 IIs2sihCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 8gzktHjCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ORIry71
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XOulu7k


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OinUoEd
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 FGENpG0
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Kazehaya em Sex Jul 31 2015, 22:41




Blake ficou surpreendido com a força do monstro, com apenas dois ataques o monstro acabou com dois monstrinhos do garoto, tanto Carter, quanto Nidorino eram fortes, mas haviam batalhado anteriormente e por isso caiam com mais facilidade, porém ainda assim um Pokémon comum não conseguiria causar tantos estragos quanto o pokémon ali presente.

O cientista foi bem metódico em dizer seus motivos para a criação do Pokémon, o homem não era tão esperto a ponto de conter informações, pelo contrário de dizer todo o seu plano para McBride sem ao menos pestanejar:

- HAHAHAHA. Garoto, você é muito esperto han? Acha que eu faria uma experiência como essa sem um motivo? Busco a evolução dos Pokémon, se você realmente acredita que um monstrinho pode evoluir com apenas uma pedra, porque ele não poderia evoluir com um melhoramento genético? Assim teríamos quimeras, pokémon muito mais fortes do que o comum, dominaríamos o mundo... - Disse sério, depois olhou com ódio para Blake. - Mas para continuar as experiências, terei que acabar com vocês! BANDO DE PIVETES IRRITANTES!!!!! Arma beta, acabe com ele usando um duplo Scald naquele Growlithe! Alias, o usarei nos próximos experimentos, assim como as duas garotas? O que acha de eu uni-las em um só individuo?

Aquela pergunto atiçou a fúria de Blake, que pareceu se estender para seus Pokémon também. Raichu foi o primeiro a se mover e com sua enorme raiva criou um raio e lançou contra o oponente, deixando-o paralisado tamanho a força do ataque. Growlithe aproveitou essa chance para acertar um poderoso ataque de fogo contra a flor na cabeça do Pokémon, que, mesmo sofrendo com o ataque, mostrou não ser muito efetivo devido a uma estranha camada de água que protegia.

Arma beta então criou uma intensa pressão e lançou o ataque aquático em direção ao Pokémon de Blake, que quase caiu ao ser acertado pelo ataque de água. Raichu criou várias cópias de si mesmo, deixando o monstro confuso, pois, mesmo sendo extremamente poderoso ainda não tinha experiência o suficiente para entender certos ataques. Growlithe então aproveitou essa chance para acertar um novo Flame Burst, lançando uma incrível quantidade de fogo contra o monstro, que gritou de dor ao ser acertado em um ponto chave, o braço de Scizor, único lugar em que não havia proteção... E, por fim, o monstrengo não conseguiu acertar o cão de fogo, confundindo com um clone do rato elétrico.  

Hora da Batalha
Campo: Sala muito iluminada, muitas máquinas destruídas e uma pequena área vazia, uma cela ao sul fica ao extremo oposto de onde acontece a batalha.


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 RaichuCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Growlithe

Vs.

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Dwt3OJD


Enquanto a batalha ocorria Lobstar tentava quebrar a jaula, contudo o Pokémon caranguejo não cumpria sua meta e apenas quebrava uma das grades da jaula, o que não ajudava muito, mas já era o suficiente para fazer um braço passar por ela, agora era hora de Miranda tomar as rédeas, pois Katy estava um tanto paralisada de medo... O que fazer?
Kazehaya
Kazehaya
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Artie em Dom Ago 02 2015, 05:52

off:
Achei esse bicho muito complexo de se batalhar contra. u_u
Sdds pokémons com tipo definido e homogêneo em todas as partes do corpo. -QQQ


As palavras daquele cientista surpreendiam Blake de forma negativa. Aquele homem demonstrava ter um grande grau de conhecimento de ciências e genéticas, mas seus princípios eram dignos de um ser de raciocínio retrógrado, primitivo. Serrando os punhos e franzindo a testa, a resposta de McBride foi imediata ao velho maluco. Esperava que alguma daquelas palavras tocasse seu coração:

- Você realmente acha que criar uma máquina de guerra é uma evolução? Dominação mundial e guerras vão ser úteis para que? A verdadeira evolução consiste em se adaptar ao ambiente de forma harmoniosa ao meio! Tantas espécies de pokémon sobrevivem e se fortalecem graças ao convívio com outras espécies e até mesmo com o ser humano! É esse vínculo que gera uma força maior! É tudo uma questão de equilíbrio! Com todo o potencial que você tem, acho lamentável você querer destruir o balanço do eco-sistema mundial.

Enquanto o jovem discursava, sua namorada e a jovem Katy eram auxiliadas por Lobstar que, após tanto esforço, conseguiu romper uma grade, permitindo que Miranda colocasse um de seus braços para fora da mesma. Não tinha como escapar dali ainda, mas ao menos poderia convocar seus pokémons para ajudar seu namorado. Sem perder tempo, a loira convocou sua Nidoqueen e seu Pikachu. Assim como todos os envolvidos naquela bizarra aventura, eles ficaram assustados a primeira vista, mas logo focaram-se em seus objetivos.

Estalando os dedos para chamar a atenção de seus aliados e falando num tom de voz firme, Musgraves orientou seus parceiros para ajudarem. Ela sentia-se apavorada com toda aquela situação, mas percebia que com Katy paralisada de medo no canto da jaula, ela provavelmente acabaria morta se não agisse.


- Lady, eu quero que você ajude o Corphish de Blake a quebrar as grades daqui! Enquanto ele usa as garras deles para isso, acho que você pode usar suas presas! Capriche no seu Bite, mas tome cuidado para não se machucar! - A garota recuou alguns passos para que a dupla pudesse retomar seu trabalho de destruir a jaula. Enquanto isso, ela voltava seu olhar para o Pikachu, que aguardava ansiosamente sua ação. - Pafait, sinto muito. Terei que pedir para que você ajude Blake a lutar contra aquele monstro! Ataque aquele bicho com toda sua força e, por favor, obedeça qualquer orientação de Blake!

Miranda aguardava por bons resultados de seus planos. Queria provar para si mesma que era forte e sobreviveria aquela situação no qual seu namorado a meteu. Percebendo que Katy ainda não se manifestava, a loira revirou os olhos e, num tom de voz animado extremamente forçado, disse para a jovem:

- Não se preocupe. Logo tudo vai ficar bem!

Enquanto isso, no campo de batalha, Blake sentia náusea ao ouvir mais algumas das atrocidades de Loke. Juntar Katy e Miranda numa só criatura? Aquilo era errado em tantos níveis que McBride preferiu nem responder. Ao invés disso, preferiu garantir sua sobrevivência, focando na batalha e eventual destruir daquele monstro.

- Zappy, quero que você use mais um Double Team para proteger a todos! Spike, esconda-se no meio dos clones de Zappy e no momento mais oportuno ataque o braço de Scizor com mais um Fire Fang! Se possível, tente arrancar aquele braço!

O rapaz sentia-se mal por fazer aquilo com aquele monstro. Mas a cada minuto que eles estivesse intacto, significava que o cientista estava um passo mais próximo de cumprir seu objetivo. Logo o treinador percebeu que o roedor elétrico de Miranda aproximava-se para ajudar na luta e isso animava o jovem, que logo pensou que sua amada estava livre. Ao olhar em direção a jaula e ver Nidoqueen e Corphish trabalhando firmemente, ele compreendeu a situação e passou a comandar o amarelado também:

- Zappy, Parfait, ataquem com Electro Ball o máximo de vezes que conseguirem! Tentem intercalar o golpe sem pausas! E Spike, recue para perto dos seus aliados e use mais um Flame Burst!

Na mente de Blake, aos poucos a situação parecia voltar a ficar sob controle. Esperava que todo seu trabalho em equipe fosse o suficiente para derrotar aquele bizarro pokémon. Mesmo se no fim daquela luta ele morresse, sentiria satisfeito de ter feito o possível para provar seus ideais.

_________________
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OHHVZarCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 GwgKTzNCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 MNDnG6pCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 HLlz7A0Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 IIs2sihCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 8gzktHjCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ORIry71
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XOulu7k


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OinUoEd
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 FGENpG0
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Kazehaya em Dom Ago 02 2015, 22:41

Off:
Resolvi levar em consideração isso. Espero que não tenha ficado non sense e você tenha entendido tudo. Alias, Explosion é a última cartada de toda arma quimera, na rota do Perri e Ayzen foi assim ^^

EXP no próximo post.



Blake tinha bola uma ótima estratégia, tinha dado uma bela resposta ao cientista que o fez ficar calado por longos segundos, pensando realmente em seus atos, contudo as palavras de McBride não foram o suficiente para fazer o cientista mudar seu posicionamento em relação ao seu experimento com a arma beta:

- Você vem com esse papinho furado de respeitar a evolução natural quando você prende Pokémon em capsulas e os faz brigar por pura diversão e ambição? Qual o sentido disso? Pelo menos eu os trato como realmente devem ser tratados, como seres inferiores, que esqueceram de evoluir e por isso não tem os requisitos necessários para serem tratados de igual para igual!- O homem ria como nunca, não tinha escrúpulos em dizer sua opinião e também não ligava para as consequências de seus atos! - Você é falso como todos os outros! Aceite a realidade, você nunca irá ser totalmente justo falando dos meus experimentos tratando seus Pokémon como armas assim como todos os outros treinadores.... - Logo apontou para arma beta, lhe deu um certo item e enfim lhe comandou, deixando claro que iria fazer estragos. - Tome, isso irá te deixar mais forte. - Deu então uma injeção que fez o Pokémon gritar de dor, porém logo teve seu efeito, os ferimentos estavam se cicatrizando aos poucos. - Hora de acabar com tudo, arma beta, Explosion!!!!

Foi então que tudo aconteceu, os POkémon de Blake até tentaram fazer algo para acabar com o plano do cientista, Growlithe Raichu e Pikachu fizeram o seu melhor, atacando com tudo o que tinham direito, porém o arma beta não caiu, ainda estava de pé, com certas dificuldades em se manter em pé, mas sim, ainda tinha forças para tentar um último movimento, o Pokémon quimera começou a brilhar intensamente e por fim, um barulho forte seguido de uma explosão.

Os clones foram todos destruídos, assim como parte dos equipamentos. Raichu, Growlithe e todos os outros foram jogados longe, o impacto foi tanto que fez Growlithe cair sem forças, assim como Pikachu e Raichu, que estavam no chão sem forças para continuar... Blake foi jogado por alguns metros, estava realmente muito machucado, seu ombro doía muito, infelizmente McBride havia sofrido um pequeno deslocamento no ombro esquerdo, nada muito grave, mas que teria de ser visto logo. Miranda e Katy estavam protegidas num lugar um pouco longe do local da explosão, felizmente elas não haviam se machucado.

O cientista estava no extremo oposto, sangue saia de sua boca, ele parecia tão machucado quanto Blake, porém, ainda assim, se levantou com dificuldades, e disse sorrindo, como se seu plano tivesse dado certo.

- AHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHA! - Parou, cuspindo um pouco mais de sangue. - Olhe em volta, olhe a destruição que este ataque causou... Mas preste atenção nos detalhes, aqui podemos ver a vida nascendo da morte precoce... O renascimento, Renerator está fazendo efeito, está vendo a luz no fim do túnel garoto?  HAHAHAHAHAH

Blake se recompôs, seu ombro esquerdo doía muito, mas ignorou a dor ao ver os pedaços de carne dilacerada do Pokémon voltarem ao normal, pedaços gigantes de carne estavam se regenerando, tudo muito rápido, a criatura, ainda assim sofria com dor, muita dor. A criatura estava fraca, mas em pé, parecia que a batalha não havia acabado para Blake McBride. Machucado, sem Pokémon com capacidade de lutar adequadamente com o Pokémon e muito menos com capacidade psicológica de ficar naquela sala com aquele homem, que estava cada vez mais maluco.

- Nem sempre o bem vence... As vezes, é preciso se sacrificar por sua criação. hahahahahah Arm... Ó meu Giratina do mundo distorcido, o que está acontecendo? Arma Beta, se estabilize, caso contrário terei que lhe matar!!!!

O homem foi surpreendido, a criatura parecia estável, o plano parecia não ter dado tão certo quanto ele esperava, a face vangloriosa dava lugar a uma faceta de medo e insatisfação. Blake tinha pouco tempo, parecia que uma nova explosão iria ocorrer logo, logo. Miranda e Katy felizmente tinham saído da jaula, e estavam conduzindo os Slowpokes para fora, todavia com toda aquela lentidão costumeira eles não iriam sair dali tão cedo. Ainda havia o Slowpoke preso as ferragens, parecia estar um pouco machucado, mas nada demais, contudo estava um pouco longe dali, bem na zona de perigo, perto demais da arma alfa, com toda a certeza não sobreviveria a uma nova explosão.... E agora, parecia que as coisas não estavam indo bem para o garoto. O que fazer McBride?
Kazehaya
Kazehaya
Treinador

Treinador

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Artie em Seg Ago 03 2015, 03:20

Off:
Loke is the new N


As palavras do cientista de certa forma afetaram Blake. Ele poderia citar de cabeça vários benefícios que as batalhas poderiam trazer aos pokémons, mas aquilo ainda não justificava o uso de pokébolas e a forma como alguns monstrinhos eram tratados por seus donos.

O treinador chegou a ensaiar algumas palavras, mas o decorrer trágico da batalha interrompeu tudo. A enorme quimera acabou provocando uma intensa e poderosa explosão, fazendo com que Blake esvaziasse sua mente por alguns segundos.

Sem sentidos, tudo que McBride viu em sua frente foi uma intensa luz branca. A mesma passava uma sensação de tranquilidade ao treinador e o acolhia de forma amigável e calorosa. Foi quando o jovem se deu conta do que aquilo poderia significar: ele havia morrido? Logo seus pensamentos se direcionaram para Miranda, sua família, seus pokémons e os coitados dos Slowpokes que estavam sendo oprimidos. O rapaz sentia-se na obrigação de fazer algo por eles.

Logo abriu os olhos e deparou-se com a realidade. Não só estava horrorizado com a paisagem como também com as dores que lhe atingiam. Mas aquele não era o momento para pensar naquilo. Revistou o local rapidamente e ao ver alguns de seus pokémons abatidos, esticou seu braço esquerdo apenas para perceber que havia deslocado seu ombro. Pegou as esferas então com a mão direita, recolhendo todos com a excessão de Lobstar, que estava focado em ajudar Miranda e Katy no resgate dos Slowpokes.

A loira rapidamente se certificou que Blake estava bem e, ao receber um sinal de seu amado, decidiu prosseguir com suas atividades. Recolheu seu Pikachu e agora contava com seu Swampert para agilizar no resgate: ele colocava os filhotes do bando em suas costas, carregando-os com muita habilidade.

Mas infelizmente a história estava longe do final: o monstro agora se regenerava e, pelo o que Loke dizi em um explícito acesso de loucura, a criatura estava fora de controle e iria explodir novamente.

As dores de Blake se intensificaram e o rapaz se deu conta que aquilo na verdade estava acontecendo porque seu medo o fazia respirar mais rápido, contraindo os pulmões com força. Precisava sair dali e se certificar que estavam todos bem.

Percebeu que os únicos que corriam um risco maior eram ele, o inventor da arma beta e o Slowpoke que serviu de base pro experimento. Preocupado com a criatura que provavelmente poderia morrer com a próxima explosão, o treinador agiu sem pensar: correu o mais rápido que pode em direção ao Slowpoke e fez o possível para arrancá-lo das ferragens.

A mente de Blake estava agindo de forma completamente instintiva. Procurava a sobrevivência dele e do Slowpoke a todo e qualquer custo. Provavelmente após libertar o rosado das ferragens, procuraria qualquer material para usar como barreira para protegê-los.

Seu último pensamento e fala racional naquele instante foram as palavras que disse ao cientista assim que correu na direção do Slowpoke.


- Veja o rosto do pokémon que você criou. Ele está sofrendo. E muito. Seus ideiais são fortes, mas suas ações são piores que a de nós, treinadores. Diante desse olhar de sofrimento, eu me envergonho como biólogo. Imagina então você, o inventor?

_________________
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ZefdeCE
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 E6OvPHN


Hall da Fama:
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OHHVZarCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 GwgKTzNCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 MNDnG6pCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 HLlz7A0Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 IIs2sihCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 8gzktHjCapítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XsP5RwP


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WkE8NFc
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 ORIry71
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 VIjy66Q
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XOulu7k


Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 WQTIOUX
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 OinUoEd
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 FGENpG0
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 PZ16T9O
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 XfMpn4h
Artie
Artie
Arquiteto

Arquiteto

Alertas :
Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes - Página 3 Empty Re: Capítulo 12 - No túnel com os Slowpokes

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum