Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Seg Jul 29 2013, 20:37


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Depois de dormir feito um porco na viagem sossegada de helicóptero, posei em Cinnabar, o trajeto foi longo e eu estava um tanto sonolento e por graça de Arceus eu estava centrado. Agradeci pela viagem e desci do veículo metálico, entortei o pescoço para os dois lados e fiz alguns alongamentos, de quebra dei uma passada no centro Pokémon e lavei minha cara, logo eu estava acordado de fato.  Enquanto eu caminhava por Cerulean durante esta manhã não deixei de notar que as pessoas falavam de Mewtwo e a mansão pokémon, fiquei cismado com isso, algo não me cheirava bem... Se havia dedo de Mewtwo nessa história eu não ficaria surpreso se eu encontrasse o dedo podre dos Rockets nessa história... Como tudo era incerto, vim averiguar e coletar informações sobre o local, eu estava ciente de que não foi solicitada minha presença e muito menos que isso não era uma missão, mas eu devia de ser proativo e tomei essa atitude: Vir à mansão Pokémon procurar os rastros dessa história!

Em frente à mansão era isso que eu tinha em mente, guardei meu Rayban em minha mochila e caminhei em direção a porta do local, era hora de botar os pingos nos “is”.
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Qua Ago 07 2013, 19:24

Viajar de helicóptero era tão tranquilo quanto de carro, nem mesmo o barulho das hélices incomodavam os ouvidos protegidos por headfones dos passageiros, a única coisa que incomodava alguns era o que aguardava-os na missão dentro de uma sinistra mansão, porém, com John era diferente, ele parecia acostumado com este tipo de coisa, afinal era um Ranger que já tinha participado de três missões e estava certo de que não se tratava de algo do tipo. O jovem queria verificar o que estava ocorrendo de errado e o que Mewtwo tinha haver com tudo isso.

Ao desembarcar em Cinnabar, John pode ver o caus reinando em apenas uma parte da ilha, a tal mansão. Pessoas corriam assustadas de lá, outras estavam desmaiadas e sons estranhos tomavam todo o espaço, mas um som que foi possível confirmar era o de batalhas ocorrendo no interior da casa.

Estava acontecendo tudo muito rápido, mas o Ranger precisava descobrir qual ligação teria o Lendário com os Rockets, que quase sempre estavam por trás de acontecimentos com esse. Devagar John entrou na mansão e logo de cara, viu uma pessoa suspeita, pois estava com um uniforme cinza e tinha uma grande letra na roupa, mas como o casarão não estava bem iluminado, não foi possível ver melhor. A pessoa não tinha visto o garoto, então continuou fazendo o que estava antes de John entrar na casa. Ele estava arrastando algo para dentro da mansão, mas o que seria aquilo que tanto se mexia? Seria um Pokémon? Ele cada vez mais se afastava até de um grito agudo ecoou de onde ele estava.

— SOCORROOO! - era a voz de uma menina - TEM UM ROCK...

Ela teve a voz abafada pelo estranho que passou por uma vela e foi descoberto fisicamente pelo Ranger.
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Spr_HGSS_Rocket_Grunt_M
Um Rocket estava sequestrando uma garotinha e depois do grito saiu do salão correndo com dificuldade com a garota pendurada e tapando sua boca.


Off: Olá, estarei te narrando e peço desculpas pela demora, se eu fizer algo errado, por favor me contate por MP! Divirta-se ^^
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Qui Ago 08 2013, 23:36


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Logo eu viera a entrar no lugar fantasmagórico  a balburdia se espalhava em meio ao ambiente abandonado, era visível que algo bombardeava os ânimos no lugar, após alguns segundos percebi algo que era curiosamente suspeito:  Trajava um uniforme acinzentado, e tinha atitudes um tanto espreitas, parecia tentar encobertar algo... Meu senso de ranger apontava sérios indícios que aquela pessoa seria um rocket, para uma melhor observação me aproximei lentamente em passos de dama, eis que nesse instante pude ver uma garota que inicia um grito que é cortado como uma cana na colheita, mesmo que fosse breve pude entender que ela estava sendo coagida por um rocket, como minha presença ainda não havia sido notada saquei a pokeball de Ivyssaur e liberei o mesmo.
Ao ser liberado o Pokémon preparava-se para seu anuncio, porém percebeu meu polegar sobre meus lábios indicando um sinal para manter o silêncio, nós já tínhamos alguma afinidade e ele percebeu isso, apó isso fiz o sinal  com dois dedos imitando uma cobra seguido de um gancho para trás, junto a isso eu  gesticulava:

"Vine Whip!"

Ivyssaur havia entendido a primeira ordem, após isso apontei para a direção dos dois indivíduos, porém fiz outro sinal com a mão estendida para baixo indicando que era para fazer isso com o menor ser que havia lá, obviamente a garota!

Minha intenção era salvar a garota e depois dar um jeito no rocket. Embora básica esta fosse uma estratégia padrão, primeiro salvar o refém e só depois partir para o ataque. Agora tudo dependia da destreza de Ivysaur, sendo seu treinador respirei fundo, engoli seco e fiz meu sinal de confiança abaixando um pouco a cabeça junto às sobrancelhas.

 
Off:
Sussa cara, o importante é a narração ser envolvente! Bora fazer "aquela" narração!
Ah, favor equipar Scoope Lens em Murkrow!


Última edição por Bielziski em Sab Ago 10 2013, 16:10, editado 1 vez(es)
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Sab Ago 10 2013, 15:38

Com uma cena estranha aparecendo logo de cara para John, não teve como duvidar que os Rockets não estavam envolvidos nisso tudo, caos, destruição e medo geral. Aquele homem estranho estava errado, já era um motivo para o Ranger intervir e ajudar. E ele ainda sendo de uma organização criminosa era maior motivo para agir rápido e com cautela.

John aproveitou que ainda continuava na surdina e liberou seu Ivyssaur, mas mantendo o mesmo silêncio de antes, pedindo com gestos para que seu parceiro ficasse quieto. O Pokémon entendeu o garoto e fez o que ele pediu, observando seus gestos seguintes, como uma estratégia de resgate. Ivyssaur entendeu que era para realizar um movimento com suas vinhas, e como se elas fossem cobras, rastejar até os humanos a frente e puxar em seguida. Mas tinha um porém, não era para trazer os dois, apenas o menor. Ivyssaur olhou bem e viu que o menor era uma menina mantida em refém e foi a frente mantendo o plano em ação.

Como o local estava bem escuro, as vinhas do Grass não foram percebidas por nenhum dos dois. Elas iam devagar por toda a sala, sem fazer barulho algum. Ivyssaur era muito bom nisso, talvez por sua experiência ou apenas por determinação. Quando ele chegou perto de puxar o pé da garota, acabou puxando o pé errado e o Rocket foi ao chão, largando a menina para não se machucar. Ivyssaur aproveitou que ela não estava mais presa a ele e agarrou-a na cintura com a vinha e a puxou para perto dele e de seu mestre. Quando a menina chegou perto dos dois, foi posta no chão e instantaneamente, abraçou o Pokémon e sussurrava palavras de agradecimento.

O Rocket levantou furioso e procurou a garota. Sem sucesso, começou a ficar com raiva e gritar:


— VOCÊ VAI MESMO SE ESCONDER? ACHO QUE SUA PRECIOSA POKÉMON VAI TER QUE SOFRER UM POUQUINHO PARA VOCÊ GOSTAR MAIS DELA!

Ele levantou uma Pokéball e sorriu sarcasticamente. A menina fitou a esfera e prendeu um grito de surpresa. Eles eram ladrões sujos, ratos do mundo Pokémon e faziam muito isso, até mesmo maltratar essas pobres criaturas. Lágrimas escorriam do rosto dela e sem saber o que fazer ou dizer, abaixou a cabeça soluçando enquanto chorava.

Qual seria o próximo movimento do Ranger?


Off: Atualizado! Por favor, deixe sua Assinatura ativa!
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Dom Ago 11 2013, 16:32


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Após o ato meus olhos focavam para o alto, não estava esperando uma resposta de algum deus, muito menos observando o teto mofado da mansão, eu estava boquiaberto de desânimo e tédio, rockets eram tão clichês e irritante simultaneamente que a única vontade que bombeava entre minhas veias era de cometer um suicídio, para que assim então não tivesse que conviver com tanta paspalhice.  Iria ser chato ter que fazer o mesmo processo que eu fizera em outros lugares, bem isso era um ônus do ofício.

- Pffff!


Igual aos outros que já enfrentei este rocket estava usando algo como refém... Como já havia enfrentado alguns eu sabia muito bem o que viria acontecer posteriormente: um chute na bunda!
Pegando uma das pokeballs que estava encaixada em meu cinto faço meu primeiro movimento chamando Murkrow  para sua primeira batalha que viria em breve, o Pokémon noturno aparecia junto a uma espécie de óculo Hextec, borbulhando de alegria por ter um adorno para se enfeitar meu Pokémon voador mostrava-se confiante com seu novo equipamento, pode se dizer que ele estava quase convencido.

- Murk,  se prepara que vou fazer sinal para você avançar com Wing Attack a qualquer instante!


Deixando a observação de Murkrow de lado gritei para o rocket desdenhando o mesmo.

- Largue a pokeball no chão e coloque as mãos na cabeça rocket, quem fala aqui é John Cillan, Ranger da guarda Nacional, faça um movimento brusco e sofrerá as consequências.


Eu podia ser sorrateiro como uma serpente novamente ao ataca-lo, mas essa era uma situação diferente da anterior, era uma questão de libertinagem algoz. Atacar um inimigo as cegas era uma tremenda falta de honestidade em minha concepção, para isso, nada mais honrado do que me apresentar a um oponente (você deve estar se perguntando por que já considero o mesmo como oponente não é? É óbvio que um rocket não irá se render antes de batalhar). Além disso, uma de minhas hipóteses sobre a aparição de Mewtwo nesta mansão era o envolvimento dos rockets e seus dedos podres. Após derrotar este rocket minha intenção era extrair informações do mesmo.


Última edição por Bielziski em Seg Ago 12 2013, 20:10, editado 1 vez(es) (Razão : OFF: colocanndo a ass ç.ç)
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Seg Ago 12 2013, 18:52

John já estava cansado de sempre ouvir e passar pela mesma ladainha dos Rocket de sempre. Eles roubavam, eram pegos praticando o mal, perdiam uma luta e ainda por cima, muitos conseguiam fugir. Era um dos motivos que ainda mantinha a organização deles tão grande quanto a dos patrulheiros.

Aquele foquete mantinha o Pokémon da menina como refém e exigia que ela aparecesse de onde quer que esteja. O Ranger pegou uma de suas balls e libertou um Pokémon urubu chamado Murkrow que carregava consigo um item parecia com óculos modernos. Depois de uma breve explicação para seu Pokémon, John levanta e grita na direção do estranho que reage em susto elevando as mãos ao alto e dando um sorriso sarcástico.

— Quer que eu largue esta Pokébola, Ranger? Então como quiser.

O homem largou a esfera que caiu cerca de dois metros de altura e quando chocou no chão, ele ainda pisou em cima da mesma, quebrando o objeto que continha uma criatura domesticada pela menina que era mantida de refém. Quando ela escutou esse barulho, parou de soluçar e desmaiou, caindo sobre Ivysaur. Ela não aguentou... O que será que estava havendo naquela mansão?

Enquanto o Ranger estava distraído com a cena, o Rocket sacou rapidamente uma bola e liberou uma Pokémon redondo parecido com uma das esferas. Ele deu uma gargalhada maléfica e gritou na direção do garoto.


— Lute comigo seu fracote! Você vai perecer nas mãos de um foguete de verdade!
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Seg Ago 12 2013, 20:08


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Ao ouvir minha intimação o Rocket  reagiu como o previsto,  não se entregou pacificamente, pior que isso esmagou a pokeball  fazendo com que a mesma fosse espalhada em vários pedaços pelo saguão empoeirado, num primeiro momento olhei estranhando para aquele fato, fiquei desconfiado, em seguida sorri e coloquei a garota no chão tirando o peso da mesma sobre o bulbo rosado de ivysaur, logo em seguida falei para Murkrow.
- Fique de prontidão, ainda irei fazer o sinal.
Após isso olhei para Ivysaur e apontei com minha sobrancelha rala junto a minha cabeça para frente, indicando “pode ir”.  Ao ver que meu oponente liberava um Pokémon  penso comigo mesmo:

- Pfffff...


“Não disse!”


Mesmo que não tenha dito nada era isso que perambulava no subúrbio da minha mente. Deixando minha exatidão de lado apontei para o Pokémon esférico falando.

- Ivy, use Vine Whip para causar danos a seu oponente, enquanto isso use Leech Seed para atormenta-lo!


O Pokémon quadrupede saltava para frente causando um leve impacto no piso empoeirado levantando uma pequena onda de poeira. - Ivyssaur! - Num tom agressivo o pokemon acabava contorcendo suas sobrancelhas o pokemon liberava duas vinhas que se lançavam para o alto como se fosse uma peteca, enquanto isso o Pokémon inclinava-se mirando o Pokémon esférico com seu bulbo, preparando para largar sua semente veloz! Ivysaur estava mais atlético ultimamente, sua posição servia também como uma espécie de rota de espreita, com  suas pernas traseiras inclinadas, era possível que o Pokémon saltasse para  frente e assim  esquivando de uma ofensiva.

Eu estava focado na batalha, ignorei totalmente o fato da pokeball estar quebrada, isso foi até bom, a garota poderia ser um estorvo acordada, desmaiada não me atrapalharia!
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Qua Ago 14 2013, 11:43

A situação parecia "normal" para o Ranger que julgava o Rocket como qualquer outro e suas ações bem levianas. Ele fez um sinal para Murkrow e disse algumas palavras a ele. O Pokémon voador ficou por perto, mas pousou num candelabro da mansão e fico de tocaia ali mesmo.

Assim como o Rocket queria, John iria batalhar com ele, mas seus objetivos eram diferentes, não o desejo, que era a vitória de ambos os lados. O primeiro turno iria ser iniciado com John na ofensiva e Ivysaur foi para frente e logo os dois esqueceram da menina desmaiada e focaram na luta que estava por vir.

Ivysaur esticou suas vinhas que saiam do bulbo de suas costas e lançou-as para cima do inimigo, o machucando(Vine Whip).

— Ei, eu ainda não estava pronto... bah, não importa, você vai perder mesmo. Voltorb, não se deixe abater, use Charge e Spark.

O foguete não parecia ter expressão quanto a batalha. Voltorb, depois de apanhar das vinhas de Ivysaur, acumulou parte de sua carga elétrica focalizando-a na parte interior de seu corpo(Charge). Ivysaur não esperou para ver o resultado do movimento inimigo e completou seu turno com sementes espalhadas ao redor do adversário. As sementes rapidamente germinaram e prenderam a bola elétrica, sugando parte de sua energia e mandando para o Pokémon de planta(Leech Seed). Voltorb não foi muito prejudicado com o ataque e sorriu com um olhar psicopático para o oponente e então liberou uma carga de energia elétrica muito forte que fez Ivysaur tremer com tanta voltagem(Spark). O último golpe de Voltorb tinha acumulado energia suficiente para fazer deste um ataque bem forte, uma boa estratégia.


Hora da Batalha
Campo: Salão escuro com muita mobília em volta

Cap 018 - No rastro de Mewtwo 002
Vs.
Cap 018 - No rastro de Mewtwo 100

Ivysaur Denki
Trait: Chlorophyll
Lv. 18
79%
Status: Normal

Voltorb
Trait: Static
Lv. 19
70%
Status: Normal
As sementes sugavam energia e mandavam para Ivysaur fazendo ele não ter tantos danos quanto deveria. O Rocket deu um breve sorriso e disse:

— Estamos só começando. Voltorb, Charge e Spark novamente!

Qual seria a nova estratégia do Ranger? A menina acordaria e atrapalharia ele com seus problemas? Murkrow estava esperando o sinal para entrar em campo e ajudar seu mestre, mas ainda nada recebera como aviso. Muitas coisas podiam acontecer e o destino tinha reservado muitas surpresas para John, bastava ele fazer as escolhas certas.


Off: Se quiser mudar a personalidade do Bulbasaur que evoluiu, pode me mandar por MP.
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Qua Ago 14 2013, 20:05


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




O dano provocado pelos dois eram parcialmente equiláteros, na balburdia de movimentos eu expressava certa sagacidade em meus pensamentos, ambos os pokémons tinham mostrado parte de seu leque de técnicas,  em outras palavras ambos os lados poderiam predicar os passos de seu adversário, sendo assim em minha sanidade eu partia para uma estratégia adaptável.

Sendo conhecedor dos efeitos de Leech Seed, qualquer companheiro de Ivysaur incluindo o próprio teria certa sustentabilidade em meio ao combate, levando isso em conta saquei duas pokeball se e girei o peão do campo de batalha. Este feito era executado numa palma, na qual estava a pokeball de Ivysaur, noutra ficava seu companheiro que era colocado em campo. Após substituir Ivysaur que era envolto por feixes rubros, Vibrava mostrava-se animada para o combate rebatendo as asas compulsivamente enquanto pousava no chão de madeira encoberta por verniz. Neste local fui tão rápido quanto um Sceptile e falei com Vib ecoando minha voz pelos cantos da mansão.

- Vib, agora é sua vez, aproveite quando ele usar Charge e utilize Sand Tomb, quando seu oponente atacar novamente repita o mesmo golpe!

Fui direto ao ponto e básico como o foguete, sua simplicidade de estratégia abriu minha mente assim como uma janela aberta ao amanhecer, sendo atingido por feixes de uma idéia óbvia, usar o básico! Este era a vantagem de meu Pokémon que até então  não havia dado as caras, com isso eu tiraria vantagem a curto e longo prazo, visto que pouco de seu leque estava exposto, assim eu teria mais controle do que viria acontecer, considerando que meu oponente não tivesse outro Pokémon é claro!

Num ar de sagacidade olhei para cima vendo Murkrow que observava o troca-troca, nisso o pokemon voador olha para mim e recebe uma piscadela por minha parte, uma tentativa de aumentar os laços com o mesmo, porém o mesmo se voltava para frente demonstrando em seu olhar vergonha alheia num jeito corado,  eu havia falhado!

Mas isso foi apenas um fio da meada, apenas uma tentativa de otimização de tempo que embora falha, foi proveitosa, agora eu voltava com o foco para os acontecimentos a seguir.
OFF::

Sinta-se a vontade de mudar, porém peço para não ser radical na mudança Ç.Ç
Valeu pelo lembrete.
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Qua Ago 14 2013, 22:15

Desta vez, John havia tido um plano muito bom, mas não sabia ao certo se trocar seu Ivysaur por Vibrava era a melhor forma de terminar com aquilo, mas a resistência do Dragão seria sua carta chave.

— Puts, o que é isso? Um mosquito? HAHAHAH!! - debochava o Grunt.

Voltorb já estava armazenando energia elétrica suficiente para desferir seu golpe(Charge) e quando estava prestes a completar o passo para o próximo movimento, Vibrava estava com os olhos brilhando em azul e fez um tornado de areia rodear o Elétrico, o fazendo perder a concentração. Quando o furação desapareceu, a parte de baixo do Pokémon estava tomada de areia(Sand Tomb). Voltorb tinha se ferido bastante, pois aquele tinha sido um movimento Ground, do qual ele era fraco.

O Elétrico tentou voltar a concentrar-se na batalha e fez uma onda de choque bastante poderosa tomar conta do campo e atingir o Dragão com a carga potente(Spark), porém, ele se mexeu como se estivesse tirando água do corpo e sorriu para o inimigo que paralisado, não sabia o que fazer. O Rocket deu um pulo e queixou-se.

— Mas que merda é essa seu miserável?

Vibrava não esperou seu treinador responder o desaforo do homem e com os olhos brilhando num azul intenso, fez aquele tornado de areia voltar e ferir ainda mais Voltorb e deixa-lo com mais areia na parte debaixo do corpo esférico(Sand Tomb).


Hora da Batalha
Campo: Salão escuro com muita mobília em volta

Cap 018 - No rastro de Mewtwo 329
Vs.
Cap 018 - No rastro de Mewtwo 100

Vibrava Vib
Trait: Levitate
Lv. 19
100%
Status: Normal

Voltorb
Trait: Static
Lv. 19
38%
Status: Envolto de areia
Voltorb estava numa espécie de tumba de areia provocada pelo ataque de Vibrava. Murkrow observava tudo de cima e estava confuso com o gesto de seu mestre, chegando a ficar corado com uma piscadela do mesmo.

Uma luz no alto do candelabro onde Murkrow estava começou a piscar e chamar a atenção de todos os presentes, mas a incandescente parou assim que o silêncio reinou... Sinistro era a palavra que eles procuravam para descrever a cena, mas o Rocket em momento algum tirou os olhos do garoto.


Off: Hihihi, tudo bem XD
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Qua Ago 14 2013, 22:55


Cap 018 - No rastro de Mewtwo





Em meio à provocação feita pelo homem, abri um leve sorriso aberto pois devido sua reação era óbvio que o mesmo sequer tinha noção que estava sentado num enorme coco de Miltank.  Com o resultado do dano espalhafatoso que Vibrava vinha a fazer chegou a ser cômica a reação do Rocket que entrava em desespero.  Com isso respirei bruscamente e não pude conter minha provocação.

- Está aí sua formiga! Quer provar mais um pouquinho do poder dela? Pff...

Desdenhei mais um pouco o miserável. Ao analisar seu modo de falar e suas expressões deduzi que ele era do tipo que era sangue quente, pois sequer jogo de cintura tinha, além de sua atitude precipitada de quebrar a pokeball da garota que agora estava de bruços em meio ao chão empoeirado, fazer isso foi entregar o jogo de bandeja, isso sem considerar os insultos de falácias seguido de risadas forçadas, típico de quem é inseguro! Levando isso em conta ajeitei a gola de meu casaco sobreposto sobre uma camisa, molhei meus lábios em uma segurança enfadonha falei:

- Vib, vamos  acabar com isso, mostre seu poder com Draco Meteor, não meça forças!

Feito o uso da palavra percebi um efeito luminoso e simultaneamente brusco, me chamou a atenção me deixando curioso e inseguro, levando em conta que meus pelos dos braços se arrepiaram. Não pensei duas vezes e assoviei para Murkrow e em seguida ordenei o mesmo que viesse junto a mim.

- Vem aqui!

Vibrava se preparava para entrar em ação, ela era uma dama, porém uma dama de ferro!
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Qui Ago 15 2013, 11:40

O Rocket estava em sérios apuros. John estava calmo e muito seguro do que fazia e essa era a maior vantagem que um treinador podia ter, sua mente em posição de batalha.

Quando o Ranger respondeu ao provocamento do foguete com desdenho, respondeu também ao seu Pokémon depositando sua fé e confiança naquele movimento a ser executado. Era a primeira vez que ele veria um Draco Meteor em um espaço fechado, e não seria nada legal. Visto o que tinha acabado de fazer, chamou Murkrow para perto dele  se preparou para o que estava por vir.

— Voltorb, não deixemos que eles tenham o gosto da vitória! Use Rollout e escape de qualquer coisa que tente te atingir! Se conseguir ataca-lo melhor ainda.

Havia chegado a hora do juízo final. Vibrava se preparava prendendo com força suas patas no chão. Ela concentrava sua força de dragão no interior de seu corpo e quando havia concentrado uma grande e desastrosa energia, cuspiu para cima uma espera veloz que verticalmente atingiu o této da mansão. Voltorb começava a rolar, pois meteoros viriam atacar.

Demorou alguns segundos, mas uma explosão atômica ocorreu e várias bolas pegando fogo desciam de cima da casa que não dariam tempo suficiente para esquivar. Voltorb foi atingido por sois meteoros enormes e por conta da areia que ficou presa em sua parte de baixo, ele teve sua agilidade prejudicada. Aquele tinha sido um estranho Draco Meteor. Mas não tinha acabado por ai. Mais meteoros continuavam descendo de cima da casa e um quase atingiu o Rocket que continuava imóvel no mesmo lugar. Onde deveria estar a luminária que piscou uma das lâmpadas, havia um buraco pré-derretido e dava para ver o andar de cima. Um meteoro caiu atrás da mnina caída no chão. O que estava ocorrendo? Draco Meteor já devia ter cessado. Seria obra de MewTwo? O que o Ranger faria?


Hora da Batalha
Campo: Salão escuro com muita mobília em volta

Cap 018 - No rastro de Mewtwo 329
Vs.
Cap 018 - No rastro de Mewtwo 100

Vibrava Vib
Trait: Levitate
Lv. 19
100%
Status: Normal

Voltorb
Trait: Static
Lv. 19
04%
Status: Impossibilitado de continuar
(Enterrado por metoros)
Mais e mais meteoros estavam caindo. Com a confusão, o Rocket tinha desaparecido e deixado seu Pokémon a sorte dos mal que rondava a casa. A menina ainda estava no chão desacordada e sua ball quebrada onde o foguete estava. E não parava de cair meteoros do alto da mansão, eles diinuiam de tamanho, mas continuavam caindo. O que estria ocorrendo? Será que tinha algo ou alguém interferindo no Draco Meteor?

Como a casa estava escura, não era possível ver nada, mas o Ranger notou olhos brilhando em vermelho em escadas mais a frente do salão. O que era aquilo?


Off: Sinistro '-'
Parabéns:

Você recebeu 1476 pontos de experiência, incluindo um bônus de 23%.
Cap 018 - No rastro de Mewtwo 002Ivysaur recebeu 738 pontos de experiência!Cap 018 - No rastro de Mewtwo 002
Cap 018 - No rastro de Mewtwo 002Ivysaur ganhou 1 level e 3 pontos de felicidade!Cap 018 - No rastro de Mewtwo 002
Cap 018 - No rastro de Mewtwo 329Vibrava recebeu 738 pontos de experiência! Cap 018 - No rastro de Mewtwo 329
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Qui Ago 15 2013, 22:42


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Soundtrack da narração escreveu:https://www.youtube.com/watch?v=0Ag_NfSyxAE#
O resultado de uma infame tentativa de provocar meu oponente e causar um impacto foi muito efetivo, diga-se de passagem. Escombros da estrutura do andar de cima caiam causando leves deformidades no chão comparado com o que Draco Meteor ainda continuava a fazer. Estranhei o fato de que o golpe continuava e isso começou a ser perigoso, quando um fragmento do ataque passou por perto da garota desmaiada percebi que aquilo poderia ser perigoso, agora era hora de agir. Saquei uma esfera e liberei Slowking que saia de sua pokeball resmungando sonolentamente, fazendo pouco de minha presença, como a situação era perigosa chutei sua bunda gorda e rosada e falei:

- Use Confusion e leve essa garota para fora do local. – Atentendo meu pedido choramingando Slowking começou a usar sua técnica. Enquanto isso liberei meu Ivysaur novamente, este diferente de seu companheiro estava pronto para ação e aguardava meu comando astutamente. Com isso falei num compasso acelerado. – Use Vine Whip e leve Voltorb para fora daqui! Agora! – Eu estava eufórico, não grosseiro, mas seriedade era essencial no momento. Após isso percebi que havia os pedaços da pokeball em meio ao chão empoeirado, não pensei duas vezes e saltei de bico no chão sujando meu traje e agarrando os pedaços, girei minhas pernas num movimento semelhante aos dançadores de rua, agora eu estava sentado, num curto espaço de tempo saltei e fiquei agachado seguido de um levantamento brusco.  Já em pé, olhando mais ao fundo do saguão fitei um par de brilhos escarlates, fiquei cismado com aquilo, poderia ser um pokemon e na melhor das hipóteses era o causador daquilo.

Levando em consideração isso virei-me para Murkrow e comecei a falar com a voz mais exausta devido aos movimentos bruscos. – Espante aquilo lá... – Apontando com acabeça em direção as escadas. -... Com seu Astonish, após isso voe por trás e rebata-o ara o saguão com seu Wing attack! - Mal terminei de falar e Murkrow Lançou voo, parecia que ele queria ação até, voando num efeito circular como um “loop” de uma montanha russa Murkrow e seu Scoop Leens voavam em direção ao perigo enquanto espreitavam a “chuva” que não cessava. Nesse tempo eu sabia que não poderia parar, juntei fôlego e corri em direção a saída da Mansão, deixei os destroços da Pokeball ao lado da garota que ainda estava em repouso, recolhi Vibrava que estava em sua Pokeball fazendo um gesto de agradecimento com um meio sorriso, após isso falei para Slowking:

- Você fica aqui cuidando dela! Conto contigo!


Voltei adentro daquele lugar abandonado com a companhia de Ivysaur, tudo foi tão rápido quanto um Ninjaskt a ponto de Murkrow estar terminando seu “loop”.
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Sex Ago 16 2013, 15:19

Tinha algo de muito errado no local e John descobriria isso quando um de seus Pokémon agisse de forma descomunal.

Quando o Ranger liberou seu Slowking para ajudá-lo com o perigo que estava ocorrendo, o Pokémon apareceu resmungando e sonolento. Isso iria mudar. Slowking piscou os olhos e quando voltou a abri-los, estavam dominados por um brilho avermelhado. Quando John chutou sua traseira e lhe deu ordens diretas para usar um movimento, o Pokémon franziu a teste e usou Confusion, mas não como seu dono quis. Ao invés de carregar a menina, carregou o próprio Ranger e o empurrou na direção de uma parede, fazendo com que o mesmo se chocasse com a dor do impulso do movimento.

Uma força estranha estava tomando conta dos Pokémon que estavam dentro da mansão, mas duvidas vinham a tona, como o por que de Slowking ser afetado e os outros não.

Enquanto Slowking se resolvia com John, Ivysaur tentava tirar Voltorb debaixo dos escombros e de uns meteoritos. Foi difícil, mas o Grass era bem forte e tinha gás a gastar. Quando tirou as coisas de cima, viu que o Pokémon estava muito ferido e tomou cuidado ao tira-lo da cratera. Quando o fez, pegou a menina e com os dois juntos, foi para um local seguro aguardar novas instruções de seu mestre.

Como John foi atirado contra a parede do outro lado do salão, não deu tempo de mandar seus comandos para Murkrow e principalmente catar a esfera de captura da menina, que a esta altura já tinha sido massacrada por um meteoros dos quais ainda desciam do teto, por culpa da coisa estranha, talvez. Slowking se aproximou de seu dono e ele não estava o reconhecendo, pois usou novamente seu Confusion e atirou o garoto para cima e o largou em queda livre...


Off: Que divertido XD
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Sab Ago 17 2013, 13:08


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Soundtrack da narração escreveu:https://youtu.be/0Ag_NfSyxAE?t=1h4m28s

Algo não funcionou como o planejado, Slowking mostrou tremenda aversão a minha pessoa, tanto que usou Confusion contra mim, o seu próprio treinador em direção a uma parede.

“Como ele ousou fazer isso comigo?”

Pensava eu enquanto era prensado ao concreto, embora sentisse a dor do impacto em minhas costas e minha cabeça latejasse também, pude olhar para os olhos de Slowking, eles estavam odiando-me. “Será que ele se incomodou com meu chute?...” Passando a mão na minha cabeça pude sentir algo molhado, olhei para as pontas de meus dedos e pude ver  um pouco de sangue. “Não, ele usou Confusion pra valer, mesmo sendo Slowking, o Pokémon mais desobediente dentre os meus não iria fazer isso, algo está errado.” Tentei comunicar-me via telepatia com o mesmo como de costume, porém nada surgirá, reparei que ele sequer me ofendeu. Algo  estava em transe, Slowking não estava sobre sua consciência e eu tinha de fazer algo!

Nesse momento o pokemon volta a utilizar seu Confusion jogando-me contra o teto que tremia no momento do impacto, após isso o efeito do ataque parava e eu estava caindo em direção ao chão. Caindo daquela altura, eu iria me arrebentar todo, teria que arranjar um jeito para cancelar isso e logo!

Em um movimento brusco e algoz fiz um impulso com meus pés na parede em  que eu chocava anteriormente enfraquecendo o impacto da queda. Em meio a dor eu não podia perder tempo, Slowking viria a atacar em qualquer instante.  Com isso ordenei meus pokémons:

- Vib, distraia Slowking com dois Mega Drain! Ivysaur, após ela acertar o Mega Drain use seu Sleep Powder para conter Slowking, se necessário repita o movimento.

Tomei o folego e peguei a pokeball de Slowking, mas agora outra coisa me perturbava, aqueles brotos vermelhos em meio à escadaria. O que seria?
Off:
off:

Soundtrack errada. ç.ç Agora acertei!

Como parte de minha narração não aconteceu estou considerando o fato de que Vibrava não foi recolhida.

Ah, não é divertido matar meu personagem. e.e
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum