Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Ter 3 Set - 0:21


Cap 018 - No rastro de Mewtwo



A pokeball chacoalhava lado este, lado oeste, seria esta a portadora do pokemon azulado? Seria ela que ficaria em meu bolso nas diversas missões que eu veria a fazer? Ou o Pokémon seria durão a ponto de não ser capturável? Era esse tipo de pergunta que se passava sobre minha mente. Eu tinha apenas duas pokeballs restantes e isso pesava em minha cabeça, pois quando comprei aquelas pokeballs estava certo que capturaria quatro pokémons. Que mancada mirim!
Meus olhos arregalaram ao ver que mais uma vez o Pokémon metálico (que até o momento era desconhecido para mim) se libertava em meio às entranhas energéticas da pokeball. A esfera se dissipava estourando-se em pedaços. Presenciar isso me desanimava, porém não tão quão anteriormente, ver um processo repetido não causava tanto impacto quanto sua primeira vez.

Se eu não havia me surpreendido com o que minhas íris presenciavam, meus tímpanos me deixaram em estado de alerta! Um grito ensurdecedor explodiu de trás das paredes, levei um susto que cheguei a perder meu fôlego instantaneamente, virando minha cabeça em direção ao holocausto sonoro percebi que Murkrow estava eufórico, não era para menos, a parede que abrigava os quadros nada amistosos começou a rachar, dentre as rachaduras algo vermelho espalhava-se pelas telas em formato de uma mão, da forma como aquilo se espalhava percebi que era algo liquido, algo que eu não queria ver! Rapidamente julguei que aquilo era sangue e meu coração começou a bater num ritmo acelerado, minha boca estava quase aberta que nem uma caçapa de sinuca. Tudo isso que vinha acontecer era realmente assustador até para mim que era um Ranger.

“Mas o que é is...”.

Mal pude raciocinar e o chão começava a tremer, tal qual um terremoto. Logo em seguida uma luminária cai brutalmente muito próxima a mim e Murkrow, estilhaçando pedaços de vidro, num reflexo rápido protegi minha face com meus braços, já que minha beca protegia o restante do corpo, Murkrow usou suas grossas e penosas asas para proteger seus olhos, após isso o pequeno corvo começava a entrar em desespero, não era para menos, a série de coisas que vinha a acontecer amedrontaria até o maior dos valentões.  Respirei profundamente e atirei a terceira pokeball no Pokémon desmaiado, ele era muito pesado para eu tirar no muque, o chão estava rachado ao redor do mesmo, ele deveria pesar dezena de kilos, se não centenas!

Na sua terceira vez a pokeball englobava o pokemon para si, logo em seguida recolhi Murkrow para dentro de sua pokeball, não queria que ele fosse atingido por algo de supetão! Após isso  engoli minha saliva e esfreguei meus olhos, me recompus e relacionei os fatos: O Chão tremia, as paredes rachavam, o grito de uma garota seguido de sangue no formato de uma pequena mão.

“Se aquilo que se espalhou nos quadros era sangue, analisando a velocidade como se espalhou poderia palpitar que a garota já estava morta. Ela estava sendo atacada por alguém ou atingida por algo proporcionado pelo tremor? Hum... Mas ela disse “É meu, não!” O que significa isso? O que é dela? Não o que? Droga, o que está acontecendo? Vib e Ivy, onde estão?”

Não que fosse egoísmo, mas eu estava mais preocupado com meus pokémons do que com seja lá quem fosse do outro lado da parede. Porém eu já os considero como minha família, é compreensível eu ter tal sentimento, levando em conta o tremor que estava acontecer... Fora isso, eu não pretendia abandonar o Pokémon de jeito nenhum neste local que parecia padecer a qualquer instante, mordendo meu lábio inferior olhei para pokeball torcendo que a mesma capturasse o Pokémon, salvando o mesmo da situação banal que se alocava na mansão.
off:
Post modafoca saindo do forno. Agora o bicho tá pegando. oWo
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Sex 6 Set - 22:07

As coisas aconteciam em momentos seguidos parecendo até encenado. O Ranger estava a ponto de enlouquecer com as coisas estranhas que ele acabara de presenciar e, provavelmente, se ele contasse ninguém acreditaria.

Em meio a confusão, ele tentava pensar, mas era impedido por outro acontecimento, então só fez agir, sacando uma nova bola e arremessando na direção de Beldum.

O quarto parou e ficou em silêncio. John olhou ao redor e tentou entender o que tinha acontecido, conseguindo pensar, já com Murkrow a salvo na pokébola. A esfera avermelhada girou para a esquerda, e nisso, o chão e as paredes pareceram que a acompanharam, pois a vista e os sentidos de John também viraram pra esquerda. Quando a ball voltou, o quarto ficou em silêncio mórbido novamente. Era estranhíssimo o que estava ocorrendo naquele lugar, pois nunca houve nada relatado assim antes em noticiários ou jornais para que o menino se preparasse.

Novamente a bola se mexeu, mas foi para a direita, e o quarto seguia seu movimento, voltando ao centro novamente... Mais uma vez para a esquerda e o quarto acompanhando e John sem entender nada, ficando enjoado com o movimento, até que a ball voltou e finalizou num som conhecido, o som de captura, que logo foi abafado por um grito desesperado da mesma voz.

— NAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAO!!

As paredes e o chão cederam, mas antes que tudo fosse a baixo, a voz expulsou o menino e o objeto da sala, fazendo com que eles caíssem por perto das escadas que antes fora subida com receio. Com um último barulho, a porta se fechou abafando o restante.


...


A aventura que aquela mansão estava proporcionando para o garoto estava começando a tornar-se perigosa. Quando ele foi olhar ao redor, estava tudo como antes. O buraco no teto, de onde os meteoros caíram, boa parte da mobília quebrada, o chão empoeirado com uma seta, e dois Pokémon ao lado dele... Ele raciocinou melhor e percebeu que eram Vibrava e Ivysaur, e seu Grass portava um montinho de papel verde, parecendo dinheiro. Ele não se importou, pois estava feliz por ter seu companheiros por perto novamente.

A ball do novo parceiro de John estava a um braço de distância. Com certeza aquele fora o Pokémon mais difícil que ele já capturou e teria uma história e tanto para contar, se saísse daquela casa.


Off: Por favor, me desculpe pela demora e o post corrido. Ta uma loucura meus tempos, mas to tentando me organizar aos poucos...
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Sab 7 Set - 2:47


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Do jeito que as coisas andavam eu poderia ser diagnosticado como uma pessoa sem sanidade mental, em outras palavras, um louco. Não era para pouco, as coisas que vinham acontecer colocavam qualquer filme do Jason ou Freddy Krugger no chinelo. 

Ao instante em que a pokeball começava a mexer-se, simultaneamente algo estranho acontecia, tive uma forte sensação que a sala mexia-se junto conforme a pokeball, para não dizer que isso de fato não acontecia. Senti forte perca de controle de meus movimentos, parecia estar saindo da xícara maluca de um parque de diversões, e isso não era nem um pouco divertido, bem... Considerando a sequência de acontecimentos, esperar que algo fosse divertido em meu ponto de vista seria puro sadismo com minha própria alma.  Ao término da movimentação da pokeball, meus ouvidos foram sensíveis a ponto de captar aquele som único, mesmo que eu não estivesse olhando para ela (eu estava com minha cara de paisagem perdido na confusão que o local viera a me causar), pude perceber que o Pokémon desconhecido havia sido capturado, fechei os olhos por um instante e com a cabeça um tanto entortada e um punho cerrado expressei-me num tom sussurrado, porém coberto de satisfação:

- Yes!


Não seria uma palavra apropriada e nem coerente, mas com a sequência de males que me afligiam, uma boa nova realmente tinha certo impacto. Nesse par de segundos o mesmo grito estremeceu o lugar, causando um enorme alvoroço no local, capotei escada abaixo, assim como aquela pokeball, chegando ao fim da escadaria me queixei de dor. - Arrrght! – Fiz isso não só pela dor que me proporcionava no momento, mas pelos hematomas que surgiriam num futuro breve. Ao me levantar-me tentei nortear-me, até que percebi a presença de Ivysaur e Vibrava. Abracei-os por um instante em silêncio absoluto, com tudo que vinha acontecer fiquei um pouco mais sensível em relação aos meus pokémons, vê-los neste instante foi como tirar um fardo de cimento de minha cabeça. Ivysaur me trazia um monte de dinheiro, provavelmente era daquele rocket, que saiu do lugar desesperadamente. Recolhi as verdinhas e logo em seguida passei os olhos pelo local que era peculiarmente familiar.

Como uma lâmpada que se acende, lembrei-me daquela pokeball, a única coisa que pude pensar era que a mesma havia sido perdida, lamentei-me mentalmente. “Droga...”. Até que percebi que a mesma estava sob meu nariz! Mais um alívio, mais um profundo suspiro, olhei para mesma e a lhe peguei, ali estava o Pokémon mais durão que eu havia conhecido, comentei rapidamente. - Eita coisinha brava! – Coloquei a mesma em meu bolso e virei-me para meus pokemons dizendo. – Vamos ver como está àquela menina? Mostrem-me o caminho! – Dois tapinhas em minha traje para tirar a sujeira que se impregnou sobe ela. Como ranger eu deveria prezar primeiramente pela segurança da garota.  Caso isso for possível, eu sentia que algo poderia acontecer.
off:
Só lhe desculpo se fizer a dancinha sexy da minha coelha. -n
De boas. Wink
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Seg 9 Set - 17:00

Exaustão era o sentimento mais profundo que John conseguia sentir no momento, mesmo não sendo uma emoção. Várias outras foram passadas por sua mente, corpo e coração, mas ele ainda se sentia muito cansado e sua perna estava voltando a doer, não tanto quanto antes, mas o empurrão fez com que a ferida interna fosse mexida.

Ivysaur e Vibrava ajudavam seu dono a se levantar e o Grass seguia na frente como se fosse o guia e pedia para que o Ranger seguisse escada a baixo. Segurando no corrimão, foi fácil para descer, já que Vibrava ainda dava o apoio que ele precisava no outro braço.

Passando pelo salão onde a batalha contra o Rocket foi realizada, John visualizou os restos da esfera bicolor que eram da menina a qual ele estava indo ver se estava bem. O que ele faria? Apenas lamentaria e passaria reto? Era escolha dele pegar e entregar a menina ou apenas dar a notícia.

Após decidir o que fazer a respeito dos cacos da ball, o Ranger seguiu caminhando devagar por dois minutos e chegou a um pequeno escritório, onde a menina se encontrava ainda desmaiada num sofá e o Voltorb no canto com uma rachadura na parte de cima da cabeça.


Off: Oh Gosh, vc me denunciou no SAM ç-ç Me sinto impuro ç-ç Não farei dança alguma u.u
Eu to com muito trabalho pra fazer e ainda tenho outros fóruns e outros mestrandos. Um sempre fica pra mais tarde, eu querendo ou não!

_________________
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 W5hlBHq Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 NlM6DDG Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Gmru5YM Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 YBCZFBe Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 JGaVm8I
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Jm9antl Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 GPrrVl7 Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 PIqk3hZ Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 M0fV8si
THITO É UMA MÁSCARA/PERSONA CRIADA PARA ESCONDER A IDENTIDADE DO MATTHEW. SE ELE NÃO CONTOU PARA VOCÊ OU NÃO DEIXOU PISTAS, POR FAVOR, EVITE AS RELAÇÕES ENTRE AS PERSONALIDADES, GRATO.
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Ter 10 Set - 0:29


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Dentre o desânimo que me passava, levantei minha cabeça e segui enfrente. Ao entrar na sala do desastre que havia acontecido e percebi que em meio aos destroços, havia os pedaços da pokeball quebrada pelo Rocket. “Maldito!”. Pensava eu sobre o mau elemento que além de fazer isso abandonou seu Pokémon em péssimas condições, bem isso vindo de um Rocket poderia se considerar uma boa ação. Não pensei duas vezes e ajuntei os cacos, logo em seguida segui em frente junto com meus pokémons.

Em instantes estávamos numa sala, tudo indicava que era um pequeno escritório que assim como qualquer outro cômodo daquela mansão era batizado por poeira e teias, nessa altura do campeonato isso era indiferente para mim, o que causava certo desconforto a minha pessoa era o estado daqueles dois, eu bufava com minhas narinas enquanto analisava a situação e tomava uma decisão. No breve tempo que observei, vi que Voltorb estava gravemente ferido, as pedras haviam lhe causados danos severos, eu deveria agir logo para salva-lo!

Primeiramente tirei o dispositivo de comunicação e tentei entrar em contato com algum ranger para me dar suporte, eu já estava a par de que alguns rangers se moviam para cá (o feed de notícias da rede de dados dos rangers atualizou em meu Gear durante a minha ultima missão e eu pude ler naquela noite em que fiquei no centro Pokémon), tendo isso em vista, acionei o dispositivo e solicitei a ajuda médica para Voltorb, com objetividade expliquei a situação, me identifiquei de quebra. Já as coordenadas não eram necessárias devido à tecnologia desse aparelho que indicava a posição do mesmo. Após isso tentei alimentar a esfera bicolor com uma Oran Berry minha para ele poder amenizar seus problemas.

Logo após eu respirei fundo e falei com Ivysaur calmamente.

- Vibrava, quero que você carregue Voltorb, eu e Ivysaur iremos levar a garota. Ivysaur use seu Vine Whip para me ajudar, vamos levarmos eles para fora da Mansão. – No término desta fala caminhei em direção à garota para levantar a mesma.  Nossa meta era chegar ao saguão onde eu e o Rocket havíamos batalhado, em seguida iriamos voltar pelo trajeto o qual entramos na mansão, que não era muito distante.
off:
Não se ofenda, isso não é nada. Até por que... Imaginei que vc tivesse morrido. ^^ Ao menos esperava. :B
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Ter 10 Set - 19:32

O Ranger, a caminho dos desacordados, decidiu em carregar consigo os pedaços da ball quebrada pelo Rocket e após alguns minutos chegou naquela salinha e pensou em se comunicar com a central dos Rangers, mas por algum motivo, o sinal estava muito fraco, e dali ele não conseguiria utilizar aquele aparelho nem se quisesse muito.

Quando John deu uma Oran Berry para o Voltorb, o Pokémon fez uma careta como se não quisesse, mas comeu pois estava inconsciente e sem controle de sua boca. Em alguns minutos, talvez ele acordasse e não precisaria da ajuda de Vibrava para se locomover. Isso seria um alívio para o Dragão.

Ao dizer algumas ordens aos seus Pokémon, a garota acordou e bocejou, coçando os olhos. Ela olhou para os dois lados e abaixou a cabeça deixando uma lágrima escorrer e o soluço vir.


- E-ele matou minha Shi... não foi?! - perguntou ela ao Ranger com a voz quase falhando.

Ela poderia estar mal agora, mas quem sabe num futuro distante ela fique melhor? E do lado de fora da mansão, de preferência.

Enquanto o garoto falava com ela, Voltorb recuperou parte de sua energia e também acordou. O Pokémon viu que a menina não estava bem e foi até ela fazer-lhe carinho. Aquele seria mesmo o Pokémon de um Rocket?


Off: Me apaixonei pelo Pégaso, mas ainda to de mal u.u e o que vc disse só piorou as coisas u.u (vou te capturar e vender no mercado negro!)

_________________
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 W5hlBHq Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 NlM6DDG Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Gmru5YM Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 YBCZFBe Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 JGaVm8I
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Jm9antl Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 GPrrVl7 Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 PIqk3hZ Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 M0fV8si
THITO É UMA MÁSCARA/PERSONA CRIADA PARA ESCONDER A IDENTIDADE DO MATTHEW. SE ELE NÃO CONTOU PARA VOCÊ OU NÃO DEIXOU PISTAS, POR FAVOR, EVITE AS RELAÇÕES ENTRE AS PERSONALIDADES, GRATO.
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Ter 10 Set - 23:15


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Parte de nosso percurso era feito e a garota se acordava ainda atordoada e atormentada ela proferia as seguintes palavras em tons mortiços - E-ele matou minha Shi... não foi?! – Diante de tal pergunta direta como eu reagiria? Embora eu estivesse um pouco sem jeito e nervoso mantive uma postura normal, como se o que a garota viesse a falar fosse a maior estupidez da face da terra. Talvez essa ideia fosse sim, ou não... Eu não sabia o que acontecia com uma pokeball quando ela quebrasse, está ai uma questão que eu erraria no teste teórico dos rangers.

“Mas o que acontece com os pokemons dentro da pokeball? São libertados? Mortos? Ou ficam presos dentro dela? Bem... Vamos raciocinar, se o pokemon fosse liberado ele teria saído naquele instante... Considerando isso, só me restam duas opções. Vou apresentar só uma delas para a garota, obviamente vai ser a alternativa mais otimista.”

Terminando minha linha de pensamento fui rápido fazendo a escolha das palavras, eu não poderia deixar a desmaiada no vácuo. – Matou o que? Ninguém matou nada, ele só quebrou uma pokeball, basta conserta-la! – Talvez eu parecesse ter sido rude, mas falei isso num tom animado, dando um tom de obviedade em meu comentário, por hora era isso que eu poderia fazer pela garota. Continuando minha fala, verifiquei a condição dela com uma interrogação breve – Como você está se sentindo? Está se sentindo Tonta? Consegue ficar de pé? Estás com sede? A propósito, qual é o seu nome?  – Isso seria uma estratégia minha para desviar o foco da pequena moça, será que funcionaria?

Somente neste instante percebi que estranhamente Voltorb  estava a acariciar a menina sonolenta, encolhi meus olhos estranhando a reação do Pokémon que pelejou contra minha pessoa. Não fiz nenhuma observação ou analise quanto a isso, apenas percebi seu ato.
off:
=/
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Qui 12 Set - 22:57

Ao passar por aquela situação, John viu que era mais fácil estar em seu lugar, todo ferrado por conta de vários fatores físicos e alguns mentais, do que perder um amigo e ter problemas emocionais. Somente alguém que perde um companheiro tem como dizer a dor que é a perda, mas com as palavras do Ranger, a menina enxugou as lágrimas na camisa e acariciou Voltorb, que lhe dava forças.

- Eu estou cansada, mas vou ficar bem... eu acho - ela tentou ficar de pé e foi ajudada pelo Elétrico - Acho que consigo ficar de pé sim... meu nome é Ster. Obrigada por me ajudar antes. Qual seu nome mesmo?

Parecia que de momento tinha funcionado a estratégia de puxar assuntos afastados daquele que ainda era uma incógnita. Ela tentou caminhar, pois não queria atrasar o garoto e conseguiu, aos poucos, se manter em passos firmes na direção em que poderia estar a saída. Ela fez carinho na parte de cima do Pokémon Elétrico e disse alguma coisa a ele e acabou esboçando um fraco sorriso. Foi bom para o garoto ver aquilo, pois por mais cansada que ela estivesse, ainda lhe restava forças para continuar.


Off: Duas vezes seu fiz seu post e ele não vingou ç-ç
Pq vc me maltrata seu feio! Não fala mais comigo u.u

_________________
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 W5hlBHq Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 NlM6DDG Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Gmru5YM Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 YBCZFBe Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 JGaVm8I
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Jm9antl Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 GPrrVl7 Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 PIqk3hZ Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 M0fV8si
THITO É UMA MÁSCARA/PERSONA CRIADA PARA ESCONDER A IDENTIDADE DO MATTHEW. SE ELE NÃO CONTOU PARA VOCÊ OU NÃO DEIXOU PISTAS, POR FAVOR, EVITE AS RELAÇÕES ENTRE AS PERSONALIDADES, GRATO.
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Sex 13 Set - 10:38


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




Com o peso atenuando sobre meus ombros a garota começava falar algo confortante para minha mente preocupada, por hora eu sentia um alívio de não ter que acalma-la, analisando a situação anterior é perceptível que eu não tinha este dom e carisma para acalmar alguém, especialmente um desconhecido.  Neste tempo também percebi que Voltorb tentou lhe ajudar de algum jeito e eu estranhei mais ainda a relação que os dois possuíam, a ponto de cogitar a cismar com isso.
 
Após terminar de falar a garota havia feito uma pergunta, respondi a ela com serenidade enquanto continuávamos a caminhar. – Meu Nome é John Cillan, sou Ranger da guarda Nacional. – Após isso olhei para o Pokémon esfera e em seguida repeti o processo com a garota, continuando a indagar. – Você e o Pokémon do Rocket estão se dando bem, não é?

Aguardei sua resposta e logo desviei o assunto para algo que nos interessava: sair deste lugar. Logo comecei a explanar a situação para Ster. – É o seguinte, - Engoli minha saliva suavemente e peguei folego para continuar a explicar o que iríamos fazer a seguir. – nós voltamos ao lugar onde eu e o Rocket nos enfrentou, assim teremos um melhor senso de em qual lugar da mansão estamos, a partir dali eu me lembro do caminho da saída, nós não havíamos andado muito até aquela balbúrdia acontecer.

Foi um discurso e tanto, meus pokémons olhavam para mim com muita atenção, pareciam crianças abobadas com o natal, porém essas crianças poderiam eventualmente entrar em combate a medida que o tempo passasse, só por precaução, decidi recolhe-los dentro de suas respectivas esferas a fim de poupá-los de exaustão. Foi uma medida precatória, vários eventos estranhos e perigosos já aconteceram aqui, diferente da ultima vez que eu havia vindo para a mansão, querendo ou não, isso me alarmava de certa forma.
off:
Vc falou como se eu tivesse perguntado algo.... e.e Pare de fumar essas ervas ae.
Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Mathito em Sab 14 Set - 20:44

O Ranger estava conseguindo ficar mais tranquilo a medida que a conversa mudava de assunto, e isso podia era até bom para descontrair sua mente.

- Hm... é mesmo. Acho que como perdemos as pessoas que mais amávamos... - ela fez uma pausa pra respirar e continuou - ... encontramos forças um no outro pra continuar. Não é mesmo amiguinho?!

A voz da menina era de cansaço, mas ela falava como se estivesse certa do que falava. Ela aparentava ter uns 11 anos, mas mesmo assim era bem esperta.

Após a resposta dela, John voltou a falar, dizendo o que deveriam fazer para sair daquela mansão e seria mais fácil voltar para o início de tudo, a sala do primeiro combate. Quando ele terminou de falar, retornou seus Pokémon e Voltorb se mexeu tentando falar. A menina olhou para ele e prestou atenção nos seus gestos. O Elétrico olhava pro Ranger e fazia que não e depois encarava uma porta que estava a nordeste de sua posição. Ster fez que sim e disse:

- Ele disse que é melhor seguirmos por ali - ela apontava pro mesmo lugar - Voltar praquela sala pode ser perigoso e podemos nos perder. Eu estive aqui por duas horas antes de você aparecer e acho que ele está certo... deve ter mesmo uma saída por ali!

Será mesmo que o Pokémon estava certo e ele tinha mudado de lado após se largado a própria sorte por seu dono? Podia ser uma armadilha, mas a menina confiava muito nele e estava com os olhos cansados encarando John para que ele desse seu veredito, pois Ster não tinha condições de continuar ali sem ele e sem sua parceira que estava dentro da bola destruída.

_________________
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 W5hlBHq Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 NlM6DDG Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Gmru5YM Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 YBCZFBe Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 JGaVm8I
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Jm9antl Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 GPrrVl7 Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 PIqk3hZ Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 M0fV8si
THITO É UMA MÁSCARA/PERSONA CRIADA PARA ESCONDER A IDENTIDADE DO MATTHEW. SE ELE NÃO CONTOU PARA VOCÊ OU NÃO DEIXOU PISTAS, POR FAVOR, EVITE AS RELAÇÕES ENTRE AS PERSONALIDADES, GRATO.
Mathito
Mathito
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Bielziski em Dom 15 Set - 20:50


Cap 018 - No rastro de Mewtwo




O andar desta carruagem de Ster denominada de sentimentos, tudo parecia estar entrando nos eixos, o tormento da provável perda de seu Pokémon que lhe angustiava parecia ter dissipado em meio o trajeto que a carruagem havia percorrido, para mim isso era um fardo a menos sobre meus ombros, pois a culpa pesava devido a minha astúcia em desdenhar aquele Rocket. Astúcia? Astúcia é uma palavra tão antiquada para aquela atitude, uma palavra que se encaixaria melhor seria insolência, isso mesmo, o ato de ser dissimulado e babaca diante de um contexto específico!

Agora eu me sentia como uma borboleta: livre, leve e solta. Eu estava pronto para fazer escolhas mais sensatas a qualquer instante, o instante a seguir seria propício para eu aplicar tal sensatez!  O pokemon abandonado resolveu comunicar-se com Ster, a garota lhe dava atenção de forma amistosa, após os dois dialogarem Ster e Voltorb sugeriram que tomássemos outro caminho, diferente do qual eu havia traçado. Isso me incomodou de certa forma, não pelo fato de ter sua ideia contrariada, mas sim por isso ser feito por uma criança e um Pokémon de um Rocket. Porém eram dois contra um, além de que o argumento da garota era muito valido... Considerando isso, aceitei seguir sua sugestão falando:

- Certo, vou confiar em vocês – Segui com um sorrido e continuando a falar e dando os primeiros passos em direção a qual a dupla havia indicado. -, mas deixe eu ir na frente para que nada de ruim aconteça com voc... – Mal pude terminar de falar e senti meus pés suspensos, olhei para baixo e me vi caindo em um tornado psicodélico, tudo foi tão rápido que mal pude falar nada, apenas gritei. – Uaaaaaaaaaaagh!

Apenas pude ver Ster e Voltorb me olhando de uma distancia pavorosa, tão quão seus olhos arregalados. Após isso tentei observar por um instante enquanto tudo começava brilhar e se distorcer como se esse efeitos visuais fossem englobar eu para dentro de si num modo algoz. Nesse instante o brilho que ascendia numa escala voraz ofuscando os efeitos psicodélicos, vendo isso tive uma leve sensação que trouxe em sua bagagem algo nostálgico, mas o que seria isso? Eu iria desvendar a seguir.
off:

Me informei  no chat e passaram que eu mesmo poderia invocar o portal caso eu não tivesse em batalha. Vamos para HF. )o)

Bielziski
Bielziski
Treinador - Ranger

Treinador - Ranger

Alertas :
Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cap 018 - No rastro de Mewtwo - Página 3 Empty Re: Cap 018 - No rastro de Mewtwo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum