Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

[CINNABAR] - De volta as origens

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por Joul em Seg 25 Maio 2020, 20:02

Off::
Narrador  o/// Valeu por assumir minha rota, espero que consigamos fazer algo bem bacana aqui =DDD

Abaixo segue o time que o Joul tá trazendo para Cinnabar:

- Grovyle
- Lairon
- Magmar
- Fletchinder
- Phantump
- Litleo




Nos primeiros instantes em que aeronave que trazia a equipe de voluntários pousou no solo de Cinnabar, Joul, que naquele momento era observado por sua mãe, que assim como o filho havia se voluntariado para ajudar sua cidade natal, se mostrou imóvel e completamente atordoado, afinal de contas, depois de tudo o que acontecera, seu início de jornada e a tormenta que tomara conta de seu continente de origem, o rapaz procurava encontrar uma lógica para tudo o que acontecera. Sinceramente, mesmo estando ali como voluntário, uma decisão envolta completamente pelo frenesi ao saber que tudo que acontecia havia chegado ao final, o Terri ainda não tinha entendido como em uma passe de mágica o destino teria dado uma nova chance a Kanto e Johto.

Com a saída organizada dos voluntários da aeronave, Joul, que mantinha suas atenções voltadas para o chão metálico do transporte, foi trazido de volta a realidade por um leve gesto de carinho de sua mãe. May Terri, que por bons anos viveu na cidade de Slateport em Hoenn, sabia nitidamente o que acontecia com o filho, pois, curiosamente, o comportamento do rapaz era o mesmo de quando ele era criança e sua vida virava completamente do avesso com os problemas financeiros que de vez em quanto eles enfrentavam,  ou seja, a mulher sabia muito bem como lidar com as atitudes do filho. Mas, será que o jovem adulto ainda tinha o mesmo perfil da criança que crescera com a mãe naquela ilha?

Enfim, muitas questões poderiam assombrar tanto a mulher quanto a seu filho com aquele retorno a sua antiga cidade, porém, com uma leve troca de olhares carinhosos entre eles, ambos sabiam que não poderiam se apegar as tristezas que eles certamente se deparariam, afinal a ilha tinha grandes chances de ter sido destruída, e nem muito menos as lembranças de seu passado no lugar. Sendo este último fato, algo que ambos já haviam superado a muito tempo. O que, no fim, só viria a tona se eles não conseguissem lidar com o cenário que ambos estavam prestar a encontrar.

Agora,  com mãe e filho, de mãos dadas, seguindo silenciosamente para o exterior da aeronave, restava saber como Joul, que nunca fora muito bom em lidar com seus sentimentos, agiria diante da nova Cinnabar. Isso se os destroços, que eles certamente se deparariam, pudessem ainda ser chamados de cidade.

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens RGiSIh2[CINNABAR] - De volta as origens DFn4T0X[CINNABAR] - De volta as origens VvcTI0b[CINNABAR] - De volta as origens G2HShWK[CINNABAR] - De volta as origens VgtSlwL[CINNABAR] - De volta as origens PB6Lolx[CINNABAR] - De volta as origens 75gU69G[CINNABAR] - De volta as origens ETmGSnj[CINNABAR] - De volta as origens 6k6BBh9[CINNABAR] - De volta as origens Svdu8Nf[CINNABAR] - De volta as origens PCQ2Uy2[CINNABAR] - De volta as origens 5UqVFiG[CINNABAR] - De volta as origens QU1SyLV[CINNABAR] - De volta as origens XNich9r[CINNABAR] - De volta as origens JHttg8s[CINNABAR] - De volta as origens DAOapZe[CINNABAR] - De volta as origens Li1rTNN[CINNABAR] - De volta as origens GeYleIw
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por  em Ter 26 Maio 2020, 13:26

Fazia um bom tempo desde as catástrofes que assolaram Kanto e Johto, grande parte delas sendo responsabilidade de Kyogre. Joul retornava à sua terra natal acompanhado de sua mãe, May Terri. Esta estava vivendo nos últimos tempos em Slateport, em Hoenn, por onde Joul realizou grandes aventuras e jornadas desde a saída da sua região natal.

O voluntariado era uma ótima forma de resgatar suas raízes e retornar um pouco de gratidão à terra que o criou. May conseguia enxergar a aflição no olhar do seu único filho, mesmo que o jovem acreditasse já ter se distanciado muito da criança que um dia foi uma mãe sempre conseguia captar as mais puras emoções de suas crias.

De mãos dadas eles desciam da aeronave, imaginando o cenário pós-apocalíptico que poderiam encontrar. Muitas vezes imaginamos que certos traumas e eventos já estão superados quando passamos muito tempo sem entrar em contato com eles, deixando-os vagar em nosso inconsciente. Contudo, muitas vezes, quando uma situação nos faz reviver de certa forma a experiência podemos resgatar uma memória eufórica que nos mostra que às vezes o trauma não está realmente superado ou ressignificado.

Antes mesmo que pudesse dar uma olhada na cidade, Joul e sua mãe eram encaminhados a um galpão onde uma tropa de Rangers trabalhava distribuindo materiais para os voluntários e passava as missões para estes também, para que pudessem se separar em grandes grupos. Assim que o treinador nativo de Cinnabar se aproximou do balcão principal, um Ranger de meia idade entregava em um papel timbrado pelas corporações Sienna e Silph a missão que lhe era delegada. Enquanto isso a mãe recebia instrumentos que pudessem ajudar naquele trabalho como martelos, pregos, cordas, redes e machados.

MISSÃO escreveu:
Objetivo: Desencalhe barcos.
Descrição: O aumento grandioso e inesperado das marés fez com que diversos barcos que foram abandonados na evacuação da região avançassem na encosta. Logo em seguida, a maré normalizou e, com isso, diversos barcos ficaram encalhados na areia. Precisamos de voluntários com muita força e técnica dispostos a desencalharem as embarcações


Off:
oin amoreco <3
queria que você narrasse um pouco de como foi o processo em que o personagem saiu de kanto e foi pra hoenn na época das catástrofes etc para me ajudar a desenvolver e também podemos trabalhar um pouco essas questões de traumas e superação, acho que seria bem legal

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por Joul em Ter 26 Maio 2020, 18:34

Off::
Fala seu lindezo <333 Massa que tu capitou rapidinho a ideia da rota!!

 É isso mesmo, o Joul tá voltando para Cinnabar e ele  amava a cidade natal  e a forma com que ele e a  mãe construíram a vida na ilha. Ele não é muito bom em lidar com emoções, ai certamente vai ter problemas para lidar com o estado pós-apocalíptico de Cinnabar. Enfim, essa situação pode acabar sendo uma espécie de gatilho para as memórias ruins que ele tem do passado, dificuldades financeiras, falta de comida e etc (tudo que ele havia conseguido superar com a jornada pokémon e a vida estabilizada que a mãe conseguira)

Enquanto eram orientados pela equipe organizadora a seguir rumo a uma espécie de galpão, Joul, que não ousava erguer a cabeça para visualizar o pouco de Cinnabar que ele poderia observar dali, parecia lidar com flashbacks nada positivos de seu passado na ilha. Fato este que, para o treinador, era algo completamente inesperado e novo, pois, depois de todas as coisas boas que ele havia vivido junto de sua mãe e como treinador de pokémons, não havia motivo algum para se apegar a lembranças que, há muito tempo, o rapaz já havia eliminado de sua cabeça. Pelo menos era nisso que ele acreditava.

Durante alguns instantes, o Terri tentou distinguir as vozes que o rodeavam, como se, por algum motivo, ele quisesse encontrar alguma familiaridade que o tirasse daquele transe que havia tomado conta de sua mente. Contudo, imagens de sua saída as pressas de Kanto, o treinador estava em Vermillion quando tudo começou, junto de lembranças conturbadas de sua infância, pareciam distanciar Joul de seu proposito e afundava-o ainda mais naquele difícil momento.

Então, May, que vira o filho receber a missão da equipe ranger sem ao menos questionar alguma coisa, algo bem incomum para o rapaz, percebeu que não seria qualquer trabalho que ajudaria o filho a lidar com o momento que ele se encontrava. Ela, que segurava em uma das mãos os materiais disponibilizados para as intervenções, tratou de se aproximar do herdeiro para, com um abraço, sem qualquer introdução, transferir afeto e conforto ao jovem. O que, de certa forma, era o que Joul necessitava no momento, pois, sem titubear, o treinador retribuiu o gesto de sua mãe.

Estar entre os braços de sua progenitora fez com que uma faísca de discernimento acendesse no subconsciente de Joul e colocasse sua mente para trabalhar de forma racional. Sendo que isso, no fim, fez com que o treinador, que até aquele momento parecia completamente perdido em seus pensamentos, recobrasse sua sapiência e mostrasse aquilo que, até então, parecia adormecido no rapaz.

Ao final do abraço caloroso (o que o amor de uma mãe não pode fazer), Joul, com um sorriso levemente desconcertado, finalmente saíra daquela "bad" que ele se encontrava e, demonstrando compreender o que era necessário, uma nítida evolução a tudo o que fora observado naqueles primeiros minutos em terra, falou de forma calma e tranquila a May:

- Mãe, eu só tenho mesmo que te agradecer por tudo! Só a senhora para me conhecer tão bem e saber o que é necessário para me ajudar. - Dando alguns passos rumo a porta, ele continuou: - Contudo, acho que, se eu quero mesmo seguir como treinador ou qualquer outro lugar que eu queira chegar, eu vou mesmo precisar aprender a lidar com os fantasmas e medos que possam vir a me assombrar. Sendo assim, te agradeço muito, mas quero cumprir minha parte do voluntariado sozinho junto apenas de meus pokémons. Pode ser? - Concluiu Joul erguendo o papel ao alto como se quisesse depositar suas forças no que estava escrito nele.

Curiosamente May não falara nada ao filho, apenas sorrira e, depois de dar-lhe um beijo no rosto, a mulher entregou ao filho o kit de reparo e acenou com a cabeça em aprovação a decisão dele. Daí, ela com um olhar efetuoso, saiu da companhia do filho rumo a mesa onde as tarefas eram entregue, rapidamente se juntou a um grupo de outras mulheres que pareciam determinadas a cumprir uma tarefa lhes fora designada.

Enfim, sozinho, Joul, com um coração palpitante de forma acelerada, seguiu rumo a entrada do galpão visando avançar pelas ruas de Cinnabar rumo a praia, lugar que lhe trazia tantas boas memórias. Agora, restava saber como seria vivido aquele momento pelo nitidamente atormentado herdeiro dos Terri.

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens RGiSIh2[CINNABAR] - De volta as origens DFn4T0X[CINNABAR] - De volta as origens VvcTI0b[CINNABAR] - De volta as origens G2HShWK[CINNABAR] - De volta as origens VgtSlwL[CINNABAR] - De volta as origens PB6Lolx[CINNABAR] - De volta as origens 75gU69G[CINNABAR] - De volta as origens ETmGSnj[CINNABAR] - De volta as origens 6k6BBh9[CINNABAR] - De volta as origens Svdu8Nf[CINNABAR] - De volta as origens PCQ2Uy2[CINNABAR] - De volta as origens 5UqVFiG[CINNABAR] - De volta as origens QU1SyLV[CINNABAR] - De volta as origens XNich9r[CINNABAR] - De volta as origens JHttg8s[CINNABAR] - De volta as origens DAOapZe[CINNABAR] - De volta as origens Li1rTNN[CINNABAR] - De volta as origens GeYleIw
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por  em Ter 26 Maio 2020, 19:29

Off:
sucesso meu lindo! vai ser legal trabalharmos isso e feliz que atendi as expectativas kakaka

Um mix de emoções preenchiam o coração e mente de Joul, era uma relação bastante ambígua aquela que ele tinha com sua cidade natal. Apesar de ter raízes ali e colher boas memórias acerca do seu crescimento e conquistas iniciadas ali, como por exemplo, o relacionamento com o líder de ginásio Blaine, ele também tinha que lidar com espécies de pesadelos e recordações pesadas para ele. Entre tais recordações estavam momentos em que ele e sua mãe sozinhos tiveram que enfrentar adversidades financeiras e, algumas vezes, chegaram inclusive a passarem fome! Terri acreditava que por ter superado tais momentos aquelas histórias e memórias não mais o perseguiriam nem ressurgiriam na sua mente, mas era inegável que um gatilho como aquele era mais do que capaz de provar o contrário para ele.

Como já dito, a sensibilidade de uma mãe com os sentimentos de um filho era realmente algo mágico. Ao simplesmente observar o semblante e o silêncio de sua cria, May sabia que a mente de Joul estava enfrentando um turbilhão de pensamentos que o atormentassem. Um abraço caloroso entre eles foi trocado, talvez fazia tempo que uma demonstração de afeto como aquela era feita entre os dois. Se Joul tivesse menos dificuldade em expressar sua emoção, talvez até lágrimas rolassem ali, mas as suas atitudes era mais do que suficiente para demonstrar a gratidão que sentia por sua progenitora, especialmente pelos momentos conturbados que eles compartilharam durante a infância e adolescência. Pode ser que aquele retorno à Cinnabar pudesse também trazer à tona questionamentos acerca do seu pai desconhecido, assunto que raramente era tocado.

- "Filho..." - A mulher apenas pensava, segurando a emoção, com os olhos marejados repletos de orgulho do filho, mas também com a tristeza em entrar novamente em contato com um passado difícil diante da destruída Cinnabar. Ela se despedia com um beijo no rosto e entregando as ferramentas, provavelmente após sair do galpão do voluntariado passaria onde é, ou era, sua casa na ilha. Quem sabe Joul também não dava uma passada por lá depois? Se a mulher tivesse se expressado com certeza teria dito que não havia o que agradecer, afinal, ela só sentia orgulho de seu filho e torcia para que tivesse cumprido bem seu papel de mãe.

Definitivamente era através de como lidamos com sentimentos negativos que a evolução florescia pouco a pouco dentro de cada uma de nós. Afinal, independente de onde ou como estivermos, nossa mente sempre está pronta para trazer novos desafios mentais a serem enfrentados. No caso do desafio físico e real que Terri enfrentaria ali é de ver a sua cidade completamente destruída.

Ao sair do galpão ele via as vias públicas de Cinnabar completamente molhadas, alguns lugares ainda estavam inundados, sendo possível ver carros e outro automóveis consideravelmente submersos nas enchentes das áreas mais baixas da cidade. A grande maioria das casas estava destruída, algumas em estados mais graves, outras com apenas alguns muros caídos e janelas quebradas. Outras casas estavam destelhadas, provavelmente resultado dos fortes ventos que assolaram a região. Ainda tinha muito pra ver por ali e um nó na garganta já podia completamente ser sentido. O caminho até a praia seria mais longo do que nunca.

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por Joul em Ter 26 Maio 2020, 22:15

Não demorou muito para que uma angustia tomasse conta de Joul e fizesse com que o rapaz ficasse com a respiração forçada como se algo estivesse prendendo suas vias respiratórias. Isso, porquê, com o avançar pelas ruas de sua cidade natal, o treinador, que no primeiro momento acreditou que conseguiria lidar bem com o que poderia vir a encontrar, estava nitidamente assombrado com a situação pós-desastre de Cinnabar. O que, querendo ou não, mesmo com toda a sua imaginação, não havia sido vislumbrada na magnitude que deveria.

A cada passo por aqueles cenários de destruição, Joul sentia a respiração ficar ainda mais forçada e sua mente se prender em memórias boas e, em muitos momentos, em lembranças desagradáveis de seu passado na ilha. Sendo que a soma destes fatores causavam, inesperadamente, um mix de vertigem e náuseas no aspirante a mestre pokémon.

Então, ciente de que se manter sozinho ali não seria a melhor decisão, o que ia contrário a fala dita por ele a sua mãe, o jovem resolveu que o melhor a se fazer era tratar alguma coisa que, de alguma forma, redirecionasse suas atenções. Assim, sem pensar muito a respeito, Joul sacou duas pokébolas do bolso e, com movimentos rápidos, trouxe Fletchinder e Grovyle para junto a ele.

- Pessoal, preciso da ajuda de vocês... - E depois de uma respirada profunda, que nitidamente fora percebida por seus pokémons, ele prosseguiu: - Fletch avance pelos céus da ilha e tente encontrar um caminho mais rápido que nos leve a praia. Quanto a você Grovyle, peço que me ajude a encontrar mais cordas, elasticos ou qualquer outra coisa que nos ajude a arrastar as coisas. Acho que o que recebemos dos ranger não será o suficiente. - Concluira ele enquanto observa os materiais que ele trazia consigo.



Não demorou para que a dupla partisse rumo a missão recebido, Joul, que se atentava as movimentações da dupla, o  que, querendo ou não desvia sua atenção, rapidamente retirara uma nova esfera e, com um movimento leve com o punho, trouxe Phantump para junto a ele.

- Phan flutue a meu lado por favor, vamos nos fazer companhia...

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens RGiSIh2[CINNABAR] - De volta as origens DFn4T0X[CINNABAR] - De volta as origens VvcTI0b[CINNABAR] - De volta as origens G2HShWK[CINNABAR] - De volta as origens VgtSlwL[CINNABAR] - De volta as origens PB6Lolx[CINNABAR] - De volta as origens 75gU69G[CINNABAR] - De volta as origens ETmGSnj[CINNABAR] - De volta as origens 6k6BBh9[CINNABAR] - De volta as origens Svdu8Nf[CINNABAR] - De volta as origens PCQ2Uy2[CINNABAR] - De volta as origens 5UqVFiG[CINNABAR] - De volta as origens QU1SyLV[CINNABAR] - De volta as origens XNich9r[CINNABAR] - De volta as origens JHttg8s[CINNABAR] - De volta as origens DAOapZe[CINNABAR] - De volta as origens Li1rTNN[CINNABAR] - De volta as origens GeYleIw
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por  em Ter 26 Maio 2020, 23:58

Grovyle, Fletchinder e Phantump eram recrutados para fazer companhia para Joul em sua caminhada, especialmente frente ao misto de emoções negativas que o treinador estava carregando. Ele aproveitou o ensejo para também solicitar ajuda de dois de seus Pokémons no início da missão.

Dizem por aí que os Pokémons são uma espécie de espelho de seu treinador e, aparentemente, aquilo tinha um fundo de verdade vide que os monstrinhos sentiam a respiração pesada de Joul e se contaminavam pela energia pesada e lamentável daquele local destruído.

Apesar das chuvas intensas terem cessado, o céu azul estava ainda bastante coberto por nuvens e o sol pouco podia ser visto. Terri caminhava desviando das poças de água mais fundas para não molhar seus calçados. Phantump era uma boa companhia e flutuava atento ao lado de seu treinador. Eles acabavam por passar pelo Centro Pokémon que estava um caco: o teto de vidro avermelhado estava cheio de buracos, uma das paredes laterais estava derrubada expondo assim o balcão completamente sujo e cheio de entulho onde tempos atrás uma enfermeira Joy atendia os treinadores.

Além de toda a água, lama e sujeira, Joul podia notar um ou outro Pokémon assustado por ali nos becos. Era difícil identificá-los na penumbra entre os prédios. Fletchinder voava em direção ao vulcão inativo da ilha, ao norte de onde eles se encontravam, aparentemente a praia ficava por ali. Tanto tempo longe que Joul já não se encontrava muito bem por ali, será que ainda lhe restava algum sentimento de pertencimento? Grovyle, por sua vez, começava sua busca procurando algum material que ajudasse na missão de desencalhar barcos, mas até onde eles andaram parecia tudo fúnebre e vazio, só escombros. Enquanto seguiam o pássaro o grupo notou uma construção bastante degradada como as outras, o letreiro parcialmente destruído e sem luz indicava que ali era anteriormente uma espécie de mercearia pequena. Seria uma boa ideia dar uma olhada no local antes de prosseguir?

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por Joul em Qua 27 Maio 2020, 10:07

A companhia do trio de pokémons se mostrou bastante eficaz na ajuda a Joul a se desprender das más lembranças que o atormentavam, pois, com aquela decisão, o rapaz precisava acompanhar a movimentação individual do trio e como cada um lidava com as orientações recebidas, mesmo que no caso de Phantump fosse apenas acompanhar o jovem treinador. E, graças a isso, a sensação de desconforto e mal estar que acompanhavam o Terri, desde sua decida da nave, parecia enfim estar dando uma folga ao jovem até então desnorteado.

Embora o resultado de sua ação estivesse dando bons frutos, ao se deparar com o estado lastimável do centro pokémon da cidade, Joul começara a sentir novamente aquelas más sensações e teve que parar por alguns instantes. Daí, depois de esfregar a face com ambas as mãos, como se de alguma maneira ele quisesse acordar do pesadelo que ele se via, o rapaz se deu conta que precisaria, de uma vez por todas, enfrentar aqueles temores e procurar um caminho para conviver com suas aflições. Sim, o treinador sabia que isso era óbvio e precisava ser feito desde o começo, porém não é nada fácil enfrentar seus medos, angustia e decepções, principalmente quando todos eles aparecessem no mesmo momento.

Então, depois de respirar por alguns minutos de forma lenta e compassada, o Terri voltou a caminhar enquanto refletia silenciosamente o estado atual que ele se encontrava. Phantump parecia entender a necessidade de seu mestre pokémon, mesmo com todo o seu perfil desatento, e flutuava próximo a cabeça de Joul usando suas pequenas mãos fantasmagóricas para acariciar os cabelos do rapaz. Tanto Fletchinder quanto Grovyle também haviam capitado a energia emitida pelo jovem, mas ambos se mantinham focados em suas atividades, como se, de certa, eles quisessem alcançar bons resultados para animar Joul.

De repente, um novo flashback, mostrando um garotinho que olhava atentamente para as portas de um lugar enquanto sentia uma dor forte abdominal, tomara a cabeça de Joul no momento  em que ele, depois de ultrapassar as delimitações do centro pokémon, atravessara a frente de uma espécie de mercearia. Assim, parando frente a frente onde anteriormente existia a porta do estabelecimento, o treinador sentia que precisava adentrar ao lugar.

Enfim, ciente do que precisava fazer, o jovem, de uma forma até silenciosa, avisou Fletchinder e Grovyle que iria entrar ao lugar e convidou a dupla para que o acompanhasse, tudo com sinais de cabeça e aceno de mãos, já Phantump, que ainda flutuava perto dele, nem precisou de sinal algum para saber o que viria a acontecer. Agora, resta saber como Joul se comportará no interior do destruído lugar.

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens RGiSIh2[CINNABAR] - De volta as origens DFn4T0X[CINNABAR] - De volta as origens VvcTI0b[CINNABAR] - De volta as origens G2HShWK[CINNABAR] - De volta as origens VgtSlwL[CINNABAR] - De volta as origens PB6Lolx[CINNABAR] - De volta as origens 75gU69G[CINNABAR] - De volta as origens ETmGSnj[CINNABAR] - De volta as origens 6k6BBh9[CINNABAR] - De volta as origens Svdu8Nf[CINNABAR] - De volta as origens PCQ2Uy2[CINNABAR] - De volta as origens 5UqVFiG[CINNABAR] - De volta as origens QU1SyLV[CINNABAR] - De volta as origens XNich9r[CINNABAR] - De volta as origens JHttg8s[CINNABAR] - De volta as origens DAOapZe[CINNABAR] - De volta as origens Li1rTNN[CINNABAR] - De volta as origens GeYleIw
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por  em Qua 27 Maio 2020, 14:16

Pelo visto aquele estabelecimento comercial poderia ser já conhecido de Joul. Antes de adentrar o recinto ele teve uma espécie de flashback em que ele se via como criança com dor de barriga prestes a entrar na loja, em quais circunstância teria o garoto vivido aquele instante anos atrás?

De qualquer forma, o grupo entrava ali sem grandes dificuldades, os vidros da janelas estavam todos quebrados pelos fortes ventos e as portas metálicas estavam completamente amassadas provavelmente por destroços que se chocaram contra ela durante fortes vendavais. Ele entrava esguio pela lateral da lataria que estava entreaberta, precisando apenas forçar um pouco com seu corpo para se enfiar ali.

Lá dentro o rapaz encontrou um imóvel de tamanho médio e escuro, como toda a cidade que ainda estava sem eletricidade. A bagunça era típica de cena de filmes de terror: um local abandonado com sacos de grãos rasgados e espalhados pelo chão, frutos e verduras podres causando um cheiro um tanto desagradável, geladeira com alguns mantimentos estragados e diversos produtos enlatados e em vidros fora da data de validade e alguns quebrados pelo chão fazendo uma bagunça considerável. Ao fundo do estabelecimento Joul encontrava mais algumas cordas e um grande serrote, talvez fossem materiais que o ajudariam em sua missão, era melhor pegá-los e os Pokémons o ajudariam a carregar.

Segundo as informações de Fletchinder a praia não estava muito longe dali. O jovem iria explorar um pouco mais a mercearia e as supostas memórias que aquele lugar pudessem lhe trazer ou caminharia logo para uma das praias da ilha para ver o tamanho do estrago e quantos barcos estavam encalhados?

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por Joul em Qua 27 Maio 2020, 18:56

Logo nos primeiros minutos no interior do lugar, o grupo liderado por Joul rapidamente se deparou com algumas cordas e um serrote, levemente enferrujado, em meio a toda aquela destruição. Contudo, o que mais chamara a atenção do jovem Terri, enquanto ele apontava para os materiais e via Grovyle e Phantump tratando de recolhê-los, eram as lembranças, que naquele momento pareciam muito mais claras, de uma vez, há muito anos atrás, onde o pequeno Joul entrara no interior do estabelecimento, com uma forma dor na região abdominal, e ficava a observar todas as pessoas que ali dentro estavam.

Diferentemente do que muitos poderiam pensar, como se tudo começasse a fazer sentido, Joul, que naquele momento andava desnorteado pelo interior da mercearia, como se estivesse a reconhecer o cenário, percebeu que a dor que ele criança sentia naquele época era algo bem pior que ele poderia imaginar. Ficava nítido na mente do treinador que a fome era o que motivava aquele mal estar estomacal, tudo graças a um período de resseção enfrentado por Cinnabar com a diminuição do turismo local. O que impactou fortemente o comércio ambulante da cidade, principal fonte de renda de May e Joul naquele época.

Embora tenha uma lagrima escorrido de sua face, o rapaz rapidamente se recordou do que acontecera naquele dia. Fora justamente no interior daquele estabelecimento que a compaixão da população de Cinnabar agiu na vida de Joul.

O motivo para ele, ainda criança, ter entrado no interior da mercearia fora simples, vizinhos, amigos e pessoas próximas haviam feito uma "vaquinha" e mantimento eram disponibilizados a May e ao pequeno Joul. Estava nítido para o Terri a imagem de sua mãe próxima ao balcão recolhendo os alimentos enquanto o faminto garotinho esperava por ela...



Então, com um sorriso na face, percebendo que existia ainda mais motivos para ele ajudar sua terra natal, Joul tratou de falar a seus pokémons. Fato que até surpreendeu o trio:

- Pessoal, bora parar de enrolar? Temos uma cidade para ajudar!! - Falara Joul enquanto um sorriso sincero tomava conta de sua face e ele se dirigia para fora do estabelecimento rumo a praia.

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens RGiSIh2[CINNABAR] - De volta as origens DFn4T0X[CINNABAR] - De volta as origens VvcTI0b[CINNABAR] - De volta as origens G2HShWK[CINNABAR] - De volta as origens VgtSlwL[CINNABAR] - De volta as origens PB6Lolx[CINNABAR] - De volta as origens 75gU69G[CINNABAR] - De volta as origens ETmGSnj[CINNABAR] - De volta as origens 6k6BBh9[CINNABAR] - De volta as origens Svdu8Nf[CINNABAR] - De volta as origens PCQ2Uy2[CINNABAR] - De volta as origens 5UqVFiG[CINNABAR] - De volta as origens QU1SyLV[CINNABAR] - De volta as origens XNich9r[CINNABAR] - De volta as origens JHttg8s[CINNABAR] - De volta as origens DAOapZe[CINNABAR] - De volta as origens Li1rTNN[CINNABAR] - De volta as origens GeYleIw
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por  em Qua 27 Maio 2020, 22:51

As memórias de Joul em relação àquele lugar novamente eram confusas no tocante à mistura de sentimentos: ele recordava de um momento árduo de sua família, quando os negócios não iam bem e a questão econômica chegou a tal gravidade que ele e sua mãe acabaram por ficar sem alimentos. Entretanto, aquela lembrança lhe trazia também um sentimento mais quente, o da gratidão. Gratidão por se lembrar dos moradores dali que se preocupavam com eles e eram caridosos o suficiente para doarem mantimentos para sua pequena família. Definitivamente se sentir grato por aquele povoado da ilha era uma motivação e tanto para se voluntariar a reconstruir o local.

Com as poucas lágrimas já secas, o rapaz e seus Pokémons carregaram todos os itens que podiam em direção à praia que ficava ao norte dali, bem ao lado do vulcão inativo. Fletchinder indicava o caminho, afinal, há anos Joul não pisava ali e toda a destruição deixavam seus instintos de localização confusos. Não demorou muito para que eles chegassem na maior praia da ilha. Lá o jovem encontrou outros grupos de treinadores e Pokémons sendo voluntários em tarefas similares à sua. Aquela praia tinha alguns poucos quilômetros de extensão e abrigava os portos da cidade: tanto aqueles que traziam cargas, as navegações turísticas e as de uso pessoal para lazer ou pesca.

Um Ranger estava coordenando o voluntariado por ali e logo abordou Joul para passar mais algumas instruções e orientá-lo.

- Olá! Estamos dividindo a extensão da praia entre os treinadores para retirar todos essas embarcações encalhadas e devolverem ao mar em segurança. - Ele apontava para um porto simples que fora construído ali perto de onde eles estavam, era onde os barcos e navios deviam "estacionar". - Você ficará responsável por esses 300 metros que estão demarcados como você pode ver. Boa sorte!

Joul recebia as instruções observando que existiam cerca de 10 embarcações por ali. Algumas pequenas como canoas e barcos, umas perto do mar e outra mais afundadas na areia. Existia também algumas lanchas de luxo bastante destruídas, um navio turístico mediano e o que provavelmente seria o mais desafio: um consideravelmente grande navio cargueiro que estava muitos metros adentro da praia, demandaria bastante esforço e técnica da equipe. Por onde o garoto iria começar? Embarcações menores ou maiores? As mais próximas ou mais longe da água?

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por Joul em Qui 28 Maio 2020, 13:39

Foram pancadas muito duras sentidas por Joul durante o percurso que o levara a praia, lugar onde sua tarefa como voluntário iria acontecer. Afinal, mesmo com todo o sentimento que tomava conta dele, já que era evidente o carinho e gratidão que o rapaz sentia por Cinnabar, era difícil para ele tentar extrair a tristeza que o aborrecia enquanto transita pelas  destruídas ruas da ilha. O que, no fim, motivava o Terri a ser ainda mais dedicado a responsabilidade que lhe haviam atribuido, pelo menos para o coração entristecido do treinador parecia querer para lidar melhor com aquele momento.

Então, ao enfim chegar na praia, Joul se deparou com a quantidade de embarcações que estavam espalhadas pela areia do lugar, era realmente algo preocupante e aquela ação se fazia necessária, simplesmente para que a praia pudesse novamente transmitir aquela sensação de tranquilidade vista outrora, pelo menos eram essas sensações que a memória do jovem nativo faziam e ele reviver. Daí, o rapaz foi todo ouvidos diante do discurso dito a ele pelo ranger que logo se aproximou.

Com o esclarecimento sobre o que fazer, o treinador, que naquele momento era acompanhado por Fletchinder, Grovyle e Phantump, percebeu que o quanto antes era bom convocar o restante de sua equipe para apoiá-lo naquela empreitada. Assim, em questão de segundo, Lairon, Litleo e Magmar se juntava ao grupo, porém, Joul já caminhara em direção ao ranger com uma ideia em mentes:

- Meu amigo, tudo bem? - Como educadamente o rapaz. - Me chamo Joul Terri e queria ver contigo se podemos tentar um caminho diferente. Não sei bem o que pretendem fazer com algumas desses embarcações, afinal muitas delas nem devem ser reaproveitadas. Por isso, se for possível, queria que alguém dos ranger me acompanhasse e me ajudasse a definir quais delas não teriam mais utilidade. Depois desta definição, poderíamos desmontar as embarcações para gerar madeira, para outras obras, e os restos de materiais poderiamos incinerar. - Falou ele enquanto apontava para o trio Fire que o acompanhava. - As uteis realmente enviaríamos de volta ao mar. Enfim, o  que acha disso?

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens RGiSIh2[CINNABAR] - De volta as origens DFn4T0X[CINNABAR] - De volta as origens VvcTI0b[CINNABAR] - De volta as origens G2HShWK[CINNABAR] - De volta as origens VgtSlwL[CINNABAR] - De volta as origens PB6Lolx[CINNABAR] - De volta as origens 75gU69G[CINNABAR] - De volta as origens ETmGSnj[CINNABAR] - De volta as origens 6k6BBh9[CINNABAR] - De volta as origens Svdu8Nf[CINNABAR] - De volta as origens PCQ2Uy2[CINNABAR] - De volta as origens 5UqVFiG[CINNABAR] - De volta as origens QU1SyLV[CINNABAR] - De volta as origens XNich9r[CINNABAR] - De volta as origens JHttg8s[CINNABAR] - De volta as origens DAOapZe[CINNABAR] - De volta as origens Li1rTNN[CINNABAR] - De volta as origens GeYleIw
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por  em Qui 28 Maio 2020, 19:39

Através de novos três fios de luz escarlate, um outro trio de criaturas que também estavam acompanhando Joul se materializavam ali naquela praia, prontos para ajudar no voluntariado.

O treinador teve uma ideia bastante plausível e aproveitou para procurar de volta o Ranger que havia dado as instruções. Pelas contas do jovem, naquela área, existiam cerca de 15 embarcações para remoção. Ao sugerir sua ideia para o Ranger ele se voltou para Joul e disse:

- Ótima ideia, talvez assim poupamos um trabalho de retirarmos elas do mar após. As embarcações metálicas devem voltar todas para o mar, faremos as reparações necessárias lá, mas as de madeira com certeza poderiam ser desmontadas e reaproveitadas. - Ele completava, sorrindo.

O jovem nativo de Cinnabar e o Ranger então averiguavam todas as embarcações, eram elas:

- 1 grande navio cargueiro em bom estado, que necessitava ser colocado de volta na água.
- 3 lanchas em moderado estado de conservação, contudo, as três estavam em condições de flutuarem e os repares seriam feitos em alto-mar.
- 3 canoas bastante destruídas, com furos ou realmente ripas de madeira faltantes, não valendo a pena retorná-las para a água.
- 2 canoas reviradas na areia, mas que estavam em condições de uso ainda.
- 1 barco de madeira maior, consideravelmente destruído e inutilizável.
- 2 barcos de madeira maiores, ainda em condições de uso.
- 2 embarcações de turistas, como navios metálicos medianos, um pouco menores que o navio cargueiro. 1 estava bastante destruída e próxima da água, a outra estava mais próxima da cidade e com necessidade de poucos reparos.
- 1 Jet Ski completamente destruído e afundado na areia. Outros 2 prontos para serem levador para o porto sem grandes dificuldades.

Portanto, existiam ali 17 embarcações. Sendo que 6 estavam inutilizáveis. Como Joul iria proceder agora?

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por Joul em Qui 28 Maio 2020, 23:54

O representante ranger recebeu muito bem a ideia dada por Joul. Assim, a dupla rapidamente fez uma averiguação no que existia na área de responsabilidade do jovem e algumas importantes constatações acabaram sendo feitas por eles. O que, novamente colocara a mente do viajante para pensar como aproveitar tudo aquilo da melhor maneira possível e de uma forma mais eficiente.

Depois de agradecer ao oficial pelo tempo aproveitado, Joul resolveu voltar para junto de seu sexteto para começar colocar em prática aquilo que ele estava pensando. Para isso, o rapaz, procurando manter um calmo sorriso na face, algo bem diferente do que poderia ser observado na mente do treinador há algumas horas atrás, tratou de deixar claro o que iriam fazer no começo:

- Pessoal, por favor todo mundo aqui ao meu redor. - E depois de ter a atenção de todos, ele continuou: - Enfim, pelo que conseguimos constatar, pode dar uma agilidade em nosso trabalho se começarmos a tomar providência sobre algumas coisas. Primeiro vamos eliminar daqui tudo aquilo que não conseguiremos aproveitar.  Grovyle e Phantump estão vendo aquelas três canoas ali? - Disse ele enquanto apontava para o trio de embarcações que não tinha condição alguma de ser reaproveitada. - Peço que usem, respectivamente, seu X-Scissor e seu Shadow Claw para demonstrar as três canoas transformando-as e ripas de madeiras menores. Depois vejamos com os ranger o que poderá ser aproveitado deste material. - Olhando então para Magmar, Lairon e Litleo, ele prosseguiu: - Enquanto isso, conto com a ajuda de vocês para me ajudar a revirar aquelas duas canoas que ainda tem condições de uso. - Falou ele depois de também apontar para o que era o desafio. - Magmar, você usa seu Psychic para tentar facilitar as coisas para Litleo, Lairon e eu. Nós faremos força para virar as canoas e você tenta nos ajudar a desafundar as mesmas antes de partimos para tentar colocá-las na posição correta, pode ser? - Por fim, olhando para o pássaro. - Fletch, quanto a você, quero que voe pelos céus e dê uma analisada no melhor lugar para que, depois de termos colocadas as canoas de forma correta, consigamos que elas flutuem até o ponto de ancoragem sem se chocar com nada ou simplesmente prenderem seu fundo em alguma coisa. - E demonstrando uma confiança sem igual, ele concluiu: - Como podem ver, temos muitas tarefas aqui, mas saibam que é por uma boa causa.

Ao final de suas palavras, Joul começou a se dirigir àquilo que era destinado a ele enquanto observava se o sexteto de pokémons iria segui-lo. Agora, restava saber como tudo aquilo iria se desenrolar.

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens RGiSIh2[CINNABAR] - De volta as origens DFn4T0X[CINNABAR] - De volta as origens VvcTI0b[CINNABAR] - De volta as origens G2HShWK[CINNABAR] - De volta as origens VgtSlwL[CINNABAR] - De volta as origens PB6Lolx[CINNABAR] - De volta as origens 75gU69G[CINNABAR] - De volta as origens ETmGSnj[CINNABAR] - De volta as origens 6k6BBh9[CINNABAR] - De volta as origens Svdu8Nf[CINNABAR] - De volta as origens PCQ2Uy2[CINNABAR] - De volta as origens 5UqVFiG[CINNABAR] - De volta as origens QU1SyLV[CINNABAR] - De volta as origens XNich9r[CINNABAR] - De volta as origens JHttg8s[CINNABAR] - De volta as origens DAOapZe[CINNABAR] - De volta as origens Li1rTNN[CINNABAR] - De volta as origens GeYleIw
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por  em Sex 29 Maio 2020, 14:11

O treinador havia montado uma força tarefa e tanto, se as coisas saíssem como planejado ele poderia até bater um recorde na velocidade de resolução dos problemas por ali.

Usando movimentos de garras e cortantes, como X-Scissor e Shadow Claw, Grovyle e Phantump começavam a retalhar algumas das canoas mais destruídas. Eles começaram pela que estava inicialmente mais perto do mar e não demorou muito para que aquela resultasse em várias ripas de madeira que eles carregaram até uma parte mais segura da praia, para depois Joul avaliar como iria reaproveitar aquilo ou perguntar ao Ranger o que fazer. De qualquer forma, a dupla ainda tinha mais duas canoas quebradas para transformar em madeira reutilizável.

Enquanto isso, Terri com a ajuda de Magmar começava retirando a areia que estava cobrindo parte de uma das canoas que estava boa. Esta, estava metade coberta de areia e não estava de "cabeça-para-baixo". Magmar com seus poderes psíquicos conseguia retirar grande parte da areia de uma só vez, enquanto Joul auxiliava com as mãos. Assim que a dupla terminou de desenterrar a embarcação, Lairon se pôs a ajudar a empurrar a embarcação ao lado de Litleo e Joul. Eles seguiam as orientações de caminho dadas por Fletchinder para que ela fosse colocada na água de forma próxima o suficiente do porto para facilitar a amarração da embarcação com uma corda que estava disponível naquele pequeno porto de madeira improvisada.

PROGRESSO escreveu:2/17
- 1/3 canoas que estavam destruídas transformadas em ripas de madeira;
- 1/2 canoas que estavam afundadas na areia desenterradas e transportadas para o mar;

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens FuT9MRk
obrigado koi!
zé
Especialista Water I

Especialista Water I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por Joul em Sex 29 Maio 2020, 22:33

O treinador de Cinnabar não conseguiu segurar o singelo e simples sorriso que surgira em sua face no momento em que ele constatou que, de início, umas das canoas, que nos primeiros momentos ele achou que estava revirada, já se encontrava disponível no ancoradouro para a atuação da equipe ranger. Além disso, ao dar uma espiada de leve, o Terri vira que Grovyle e Phantump estavam compromissados a continuar a tarefa entregue pelo treinador, pelo menos era isso que parecia com o fim das atividades em uma das destruídas embarcações.

Então, antes que ele indicasse ao grupo que o acompanhava sobre partir para a próxima canoa, ele, enquanto seguia para amarrar a canoa que eles recentemente havia "desatolado", resolveu incentivar a dupla de gramíneos pelo resultado prévio alcançado:

- Parabéns pelo feito Phantump e Grovyle! Fico realmente agradecido pelo compromisso e determinação de vocês para seguir com a tarefa, muito obrigado mesmo! Continuem com o excelente trabalho.

Já caminhando de volta a próxima canoa afundada na areia, acreditando que a amarração realizada havia sido eficaz, enquanto observava simpaticamente o trio que estava o aguardando, Joul também foi grato através de mais palavras:

- Pessoal, conseguimos remover a primeira canoa afundada na areia. Agora, vamos para a próxima, conto com a ajuda de vocês para tentarmos obter um resultado igual ou parecido ao visto anteriormente, bora? - Olhando então para a ave: - Fletch, conto com você para continuar a nos orientar sobre levar esta próxima canoa ao amarradouro com segurança.

Enfim, com mais aquela sequência de orientações, restava saber como as coisas iriam funcionar, já que, querendo ou não, mesmo com as ações acontecendo como esperado, restava esperar pelos próximos resultados dos trabalhos realizados.

_________________
[CINNABAR] - De volta as origens RGiSIh2[CINNABAR] - De volta as origens DFn4T0X[CINNABAR] - De volta as origens VvcTI0b[CINNABAR] - De volta as origens G2HShWK[CINNABAR] - De volta as origens VgtSlwL[CINNABAR] - De volta as origens PB6Lolx[CINNABAR] - De volta as origens 75gU69G[CINNABAR] - De volta as origens ETmGSnj[CINNABAR] - De volta as origens 6k6BBh9[CINNABAR] - De volta as origens Svdu8Nf[CINNABAR] - De volta as origens PCQ2Uy2[CINNABAR] - De volta as origens 5UqVFiG[CINNABAR] - De volta as origens QU1SyLV[CINNABAR] - De volta as origens XNich9r[CINNABAR] - De volta as origens JHttg8s[CINNABAR] - De volta as origens DAOapZe[CINNABAR] - De volta as origens Li1rTNN[CINNABAR] - De volta as origens GeYleIw
Joul
Joul
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
[CINNABAR] - De volta as origens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[CINNABAR] - De volta as origens Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

[CINNABAR] - De volta as origens Empty Re: [CINNABAR] - De volta as origens

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum