Pokémon Mythology RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

(010) — hidden springs/call it what you want

Página 9 de 20 Anterior  1 ... 6 ... 8, 9, 10 ... 14 ... 20  Seguinte

Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Shianny Ter Out 06 2020, 01:58

Então, como se fosse um foguete perdido que repentinamente encontrou o próprio rumo, Lisanna foi-se, deixando para trás uma jovem apaixonada e um rapaz encucado. Ali também ficava, aliás, o estranho mentor de kimono que, com seu jeito apressado e um pouquinho irritante, tinha lá seus segredos para poder montar uma banquinha de sucesso - afinal, quem não deseja economizar tempo ao fortalecer seus pokémons expressivamente por uma quantia tão razoável quanto aquela apresentada?

Porém, entretanto, contudo e todavia, não era ele agora o protagonista da atração - e sim o jovem Duskull próximo, que flutuava pacientemente acima de uma mesinha que continha um projeto de "cardápio" de TR's. O ciclope espiou, com seu único olho rubro, a aproximação do casal, e observou com serenidade enquanto ambos escolhiam alguns disquinhos e depositavam o preço à frente. Sem pressa alguma, o fantasma flutuou até a estante, enfiando a cara entre um e outro objeto para, então, retirar três pequenos CD's da meiota, fazendo com que eles flutuassem até a mesa à frente, onde os repousou para que os treinadores pudessem recolhê-los.

Com um breve aceno de cabeça/corpo, Duskull agradeceu.
Mas, então - para onde iriam, a partir dali? Explorariam os arredores, ou simplesmente se dariam ao luxo de enfrentar a multidão em busca da tal barraca de capturas?

@Cunha escreveu:
Earth Power - 7 ~> 5 Yellow Shards
Toxic Spikes - 4 ~> 2 Red Shards

@Karinna escreveu:
High Horsepower - 7 ~> 5 Yellow Shards

_________________
O amanhã é efeito de seus atos. Se você se arrepender de tudo que fez hoje, como viverá o amanhã?
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Zeu0QEE
Virtuum:

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 CHltjda

Awards:

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 X8CiA0c
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 AmfIeHk
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 S0VhG2V
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 A8MPG3J

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 WVpeL22

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 2pH6RHk

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 WL5BZPt

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 DqszD3a

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Bwv3ggV
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 NzcamXa
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 QdG0v0p
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 IpH0IzM
Shianny
Shianny
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Cunha Ter Out 06 2020, 11:05

Assim que eu comecei a caminhar na direção da fila de novo, já que eu havia me confundido, Bley me puxava para a direção de uma barraca vazia, e eu imediatamente fiquei um pouco vermelho, mas felizmente, lá tinha um Duskull, o bendito Duskull que o rapaz do treino havia falado. Eu suspirei de alívio e ouvia atentamente suas perguntas enquanto soltava sua mão rapidamente para dar os shards ao fantasma e guardar meus dois novos TRs na mochila. Mas antes de prosseguir, desembolsava mais algumas shards e pedia pelo TR Rest também, em seguida, o guardava na mochila e a colocava nas costas de novo. - Talvez você esteja certa, não sei se to a fim de me envolver com magia também. - Dizia e pegava na mão da loira uma vez mais.

Quando questionado sobre... meu estilo de vida? Eu acabava sorrindo meio sem graça. - Bem, sim e não. Eu gosto de fazer outras coisas, mas lutar e treinar, além de ter sido minha carreira por um bom tempo, é o meu hobbie principal. Eu assisto luta, pesquiso luta, pratico luta... enfim, talvez eu acabe ficando numa bolha em alguns momentos por conta disso e não falando de mais nada. - Ria sem graça, e em seguida, ela fazia uma brincadeira, e até me provocava, fingindo me dar um selinho que nunca veio e beijando minha bochecha, me tirando uma gargalha leve. - Idiota. - Falava para ela em resposta. Brave que vinha logo atrás, acabava nos observando atentamente, e quando eu desviei o olhar da loira para o gramíneo, ele fazia um bico e imitava alguns beijos, me deixando imediatamente sem graça e o fazendo rolar de rir no chão. - Ah, nem vem, hora de descansar. - Dizia, o colocando em sua esfera colorida.

- Hmm... eu to bem interessado naquela barraca de capturas. O que cê acha? - Falava para ela. - Não sei se você gostaria de alguma adição no seu time, mas bem... eu ainda sou novato, né? - E ria sem graça. - Se importa de irmos nela? To a fim de procurar um tipo Water. Eu to com um ovo de Feebas, mas não sei se ele vai ser suficiente se eu encontrar algum treinador com tipo Fire mais forte. - E aguardava a resposta da loira depois de lhe devolver uma pergunta. Sendo positiva, eu continuaria a andar pelo parque com ela, procurando alguma informação de por onde deveríamos prosseguir para chegar na barraca de capturas. - Mas e você? Tem algum outro hobbie além do violino? - Perguntava, curioso para saber um pouco mais da loira.

Afinal, apesar de tudo, era pra isso que tinha vindo, né?

Aventura no parque ft. Karinna
Cunha
Cunha
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Karinna Ter Out 06 2020, 14:52


hidden springs
call it what you want

Por incrível que pareça, eu até que entendia um pouco sobre ser disciplinada. Quando Daisuke me respondia falando sobre luta e como se interessava sobre absolutamente tudo em relação a isso, era exatamente assim que eu era quando comecei a tocar violino; por sorte, acabei ficando muito boa nisso quando nova e somente continuei praticando até chegar à perfeição. Ah, vai, posso me achar! Apesar de não poder tocar no momento, pratiquei tanto na minha vida — já que a música por muitos e muitos anos foi minha única amiga — que tenho o direito de achar que sou muito boa no que faço. Inclusive, somente o pensamento de não pode tocar até melhorar já tirava o sorriso do meu rosto; quer dizer, isso porque estou otimista, já que posso simplesmente melhorar e meus dedos não funcionarem mais como deviam.

— Podemos ir lá sim. — falei com a voz um pouco baixa — ... — aquele leve devaneio enquanto o Ranger falava sobre seu time mudava minha expressão quase que completamente; suspirei, agarrando de leve o braço do ruivo com a mão machucada — ... E-eu sou muito boa, sabia? — continuamos andando enquanto eu ergui a cabeça para fitar Daisuke uma vez mais — Sei que você provavelmente não imagina isso, mas eu juro que sou muito boa violinista. — abri um leve sorriso sem graça — Um dia eu toco pra você. — tornei a olhar para a frente, lembrando da última pergunta que Daisuke fez em relação a outros hobbies — ...

Essa última pergunta era tudo que eu precisava para deixar a triste, depressiva e engatilhada Karinna dar seu lugar para a travessa Karinna. Durante alguns segundos em total silêncio planejei todo o plano na minha cabeça, que poderia dar certo ou não, mas eu precisava sondar para pelo menos ver de leve a reação de Daisuke sobre algo que, bom, agora faz parte da minha jornada — quer eu queira ou não.

— ... Ah. — abri um sorriso sarcástico, tornando a erguer a cabeça para olhar para o Ranger — Sabe como é, eu roubo, furto e também mato pessoas e Pokémon por aí. — dei de ombros, diminuindo o tom de voz em brincadeira para que ninguém além do ruivo escutasse — Um hobby como qualquer outro. Bem divertido, diga-se de passagem. — tornei a olhar para a frente com o sorriso estampado no rosto, como se não tivesse dito nada demais — Ai, ai. Onde será que estão essas tendas?

Claro que a reação de Daisuke — ou de qualquer outra pessoa, sinceramente — diante de uma frase como essa seria, er... esquisita. Para evitar que o ruivo dissesse qualquer coisa ou somente saísse correndo, imediatamente pisquei e parei de andar, aproximando meu corpo e rosto do dele. Soltei nossas mãos, passando ambos os braços por cima de seus ombros.

— Tô brincando, implicantezinho.
— sei lá... será que um dia eu teria que dizer a verdade pra ele? argh, algo dentro de mim diz que sim — Tá bom? — me coloquei na ponta dos pés para ter altura e encostar minha testa na sua, roubando um beijo logo em seguida — Agora vamos procurar essa barraca, quero ver o que vou achar.


bronzor: 40/40
pichu: 28/30


doll fanfest | national park

_________________
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Tumblr_p679a2SqS31x82plio1_500
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Ihjnzau
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 EAHKxXN
Karinna
Karinna
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Shianny Ter Out 06 2020, 16:16

Após um breve memorando mental que necessitaria ainda de um TR psíquico, Daisuke não se intimidou de mais uma vez solicitar os serviços do pacífico fantasma de face esquelética e, tal como da primeira vez, o simpático espécime se afastou e retornou com um pequeno disco que fez flutuar e pousar à frente do ruivo, logo após contar as shards recebidas e guardá-las num pequeno recipiente por detrás da mesa.

Foram-se, então, e o destino era óbvio e firme: O desejo pela exploração da tão famosa barraca de capturas era algo que agora pulsava em seus corações - fosse pelo interesse de encontrar algo específico, ou simplesmente para testar a própria sorte -, então não haveria outra escolha além de se encaminhar para tal - o caminho era óbvio, considerando os comentários passados de Lisanna e a lotação da área esquerda do parque, não era preciso muito para desvendar que era para lá que ambos deveriam se dirigir.

Adianto: Sim, não era à toa a multidão que se concentrava naquele ambiente. Perguntar, pedir por informações, não era difícil; E logo se deparariam com uma gigantesca fila que guiava para o interior de uma enorme cúpula acinzentada (e ouso dizer que quase do tamanho de um campo de futebol). O letreiro animado gritava aos visitantes o nome da atração: "Indiana Jungle".

Precisariam decidir se realmente estariam dispostos a encarar a espera, ou se deveriam deixar aquele lugar para uma exploração futura.

@Cunha escreveu:
Rest - 5 ~> 3 Red Shards

_________________
O amanhã é efeito de seus atos. Se você se arrepender de tudo que fez hoje, como viverá o amanhã?
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Zeu0QEE
Virtuum:

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 CHltjda

Awards:

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 X8CiA0c
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 AmfIeHk
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 S0VhG2V
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 A8MPG3J

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 WVpeL22

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 2pH6RHk

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 WL5BZPt

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 DqszD3a

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Bwv3ggV
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 NzcamXa
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 QdG0v0p
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 IpH0IzM
Shianny
Shianny
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Cunha Ter Out 06 2020, 18:06

Enquanto caminhávamos, eu pude notar que Karinna subitamente se desanimava. Eu não conseguia pensar no porquê daquilo, eu só estava falando sobre minha dedicação com luta e tudo o mais, no entanto, quando ela abraçou o meu braço com sua mão machucada, eu consegui finalmente entender. Ela estava com medo, intranquila sobre seu futuro com seu hobbie. Eu entendo, sério. Não me imagino um dia sem lutar, e se, sei lá, eu por algum motivo não pudesse mais, eu com certeza ficaria muito deprimido. Enquanto a menina me fitava com seus olhos azuis, eu os observava de forma mais delicada, e tentava entender da súbita duvida que eu teria nela. Eu queria entender. - Eu tenho certeza que toca muito bem. - A respondia, e ela dizia que tocaria um dia para mim, o que de fato, eu estava muito ansioso para ver. Mas a desconfiança da loira com relação a minha confiança nela (isso sequer faz sentido?), me deixava incomodado. Ora, eu confiava nas palavras dela! Por que ela pensava o contrário? - Ei... por que acha que eu penso isso? Tipo, que não imagino você tocando bem o violino? - Perguntava, de fato curioso. - Suas palavras tem valor pra mim, e eu confio no que diz. - E beijava sua testa, carinhosamente. - E tô muito ansioso pra te ouvir tocar.

Enquanto caminhávamos, de volta a multidão inicial do parque, ao lado da barraca da Madame Tshilaba, seguindo as instruções anteriores de Lisanna, acabei perguntando sobre os hobbies de Bley, que não conteve um sorriso sarcástico para tentar me zoar. Com a resposta inicial da loira, eu ria de imediato. - Aham, e no tempo livre eu viro o chupa-dubwool. - E ria. Qual foi, ela até demorou um pouquinho, mas acabou admitindo que estava brincando, mas eu realmente queria saber mais dela, até considerei perguntar mais alguma coisa, só então pensei que talvez Bley fizesse isso para contornar o momento anterior, e que talvez ela não tivesse muitos outros pontos de interesse, o que tornaria um possível afastamento do violino ainda mais complicado, então eu só mudei de assunto, mas antes a respondia sobre a brincadeira. - Eu sei que é. Fala sério. - E ria, antes dela se aproximar um pouco mais para um beijo e prosseguirmos definitivamente até a tenda de capturas, que a essa altura já estava perto.

A "Indiana Jungle" era incrível por fora, mas só por fora mesmo. Não dava para ver do interior, mas era uma grande cúpula acinzentada, provavelmente tentando replicar diversos biomas do lado de dentro, enquanto do lado de fora, ela replicava o próprio pandemônio, só como naqueles jogos MOBA que os nerds costumam gostar, esse pandemônio vestia uma de suas roupinhas tema do inferno, cercado de uma fila para conseguir uma recompensa. Eu fiquei boquiaberto com o grotesco tamanho da bendita, e logo de cara, fazia um comentário. - Eu sou a favor do antes tarde do que nunca, mas uou. Se as filas são uma invenção de Giratina, o fantasma caprichou dessa vez com o tamanho dessa coisa. - Passava a mão na nuca. - E então? Por mim a gente vai de uma vez e acaba com isso. E por você?

Caso a resposta fosse positiva, eu iria para o final da fila, e tentaria uma vez mais puxar conversa com a garota, enquanto aguardávamos por nossa vez. Eu não queria ser repetitivo, de dizer que encararia qualquer fila com ela do lado e tal, além do que isso era absurdamente meloso... né? Nem todo mundo gosta disso o tempo todo, e eu não sei exatamente como ela se sente com essas coisas, então eu só passava o braço esquerdo em seus ombros e a tomava para mais perto. Num primeiro momento, eu quis beijá-la, mas quando penso que sempre que fazemos isso, uma... erm... provocaçãozinha acontece, eu prefiro repensar meus atos. E acabo ficando preso nisso, uma incrível silêncio da minha parte, que busca incansavelmente fazer algo sem se por numa situação desagradável.

Que inferno...

...afinal, o que eu faço???

Aventura no parque ft. Karinna
Cunha
Cunha
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Karinna Ter Out 06 2020, 20:47


hidden springs
call it what you want


Com o monte de perguntas que seguiram meu comentário era claro que Daisuke achava que eu desconfiava de sua palavra. Não era bem assim, mas não estava muito disposta a falar e falar sobre como minha auto-estima estava no lixo já que não podia fazer a única coisa que eu sou boa. Suspirei, deitando a cabeça mais uma vez no braço do ruivo, deixando esse assunto para lá. Esperava de verdade que ele visse que acredito nele pelas minhas atitudes, sem eu precisar de fato dizer com todas as palavras. Confio... Demais, até. Talvez por isso algo dentro do meu íntimo sussurra para que eu seja sincera e diga de uma vez por todas que, bom, a minha brincadeira em relação aos hobbies não é lá tão brincadeira assim...

Mas não posso.

Não mesmo.

Caminhamos por mais alguns segundos até encontrarmos a gigantesca tenda de capturas. Quer dizer, me pergunto como não a vimos antes já que é tão extensa quanto um campo de futebol, mas talvez estivéssemos distraídos demais um no outro. Nem preciso dizer que minha expressão fechou na hora, né? Mais fila. Que INFERNO. Mas tudo bem, até que com Daisuke eu não ficaria tão impaciente e o tempo passaria rapidinho. De qualquer maneira, meu consciente já começava a girar todas suas engrenagens para dar uma solução de furar toda essa linha extensa de pessoas.

— Vamos de uma vez para acabarmos logo com isso. — reclamei, revirando os olhos para toda aquela quantidade de gente; nos posicionamos na fila e, bom, mais uma vez percebi que o Ranger havia ficado sem graça ao passar o braço no meu ombro para nos aproximarmos mais — ... — assim, sei que Lisanna falou para eu não ser tão direta assim com as coisas, mas ela não falou nada sobre instigar, né? me desCULPA MAS MINHA PARTE SÁDICA É MAIS FORTE DO QUE EU E JÁ QUE NÃO PODEMOS CONVERSAR SOBRE ISSO VOU PROVOCAR MESMO UÉ — Bom, pelo menos com você aqui as coisas ficam menos chatas, implicantezinho. — abri um sorriso, dando um único passo para frente de Daisuke e encostando meu corpo no dele; como antes, puxei seus braços para que me abraçasse por trás — ... — dei meio passo para trás, encostando nossos corpos ao máximo; ergui a cabeça, repousando-a sobre a clavícula esquerda do Ranger — Você não acha? — com um tom de voz suave, ergui a mão direita até a parte de trás da cabeça de Daisuke, passando os dígitos no limítrofe do boné com seu cabelo — ... — fiz força com os dedos, sinalizando para que o ruivo abaixasse sua cabeça até a altura da minha; não sei se ele o fez por nervoso ou por querer, mas por meio milímetro não encostei minha boca na sua orelha. aliás, eu tinha certeza que ele conseguia sentir e muito bem a minha respiração batendo no seu rosto — Daisuke...

Er... Agora que estava pronta para dar minha cartada final de deixá-lo extremamente sem graça, comecei a sentir meu coração palpitar extremamente rápido, bem como meu rosto corar por completo. Percebi que, ha, olha que maravilha: eU NÃO SEI O QUE DIZER! NÃO TENHO EXPERIENCIA NENHUMA COM ISSO ENTÃO NÃO SEI O QUE DIZER.........

E AGORA? QUE QUE EU VOU FALAR??? TÔ AQUI COM A VOZ SUAVE E PRONTA PARA SUSSURRAR ALGUMA COISA BEM NO OUVIDO DELE....

.....

..........

GIRATINA DO INFERNO.

VAI A PRIMEIRA COISA QUE SAIR MESMO.

— E... E se eu fingir que tenho algum problema pra gente furar a fila?


bronzor: 40/40
pichu: 29/30


doll fanfest | national park

_________________
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Tumblr_p679a2SqS31x82plio1_500
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Ihjnzau
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 EAHKxXN
Karinna
Karinna
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Cunha Ter Out 06 2020, 21:34

E por fim, acabo descobrindo do pior jeito que se eu não quiser me enfiar numa situação desagradável, eu tenho que construir uma agradável para mim. Uma vez que Karinna tome a iniciativa, as coisas vão ficar complicadas. SEMPRE. É bom deixar isso registrado para que eu tome futuras notas. Assim que eu a envolvi com meu braço, Bley dizia algo que me fazia sorrir, e imediatamente eu a respondia. - É, eu concordo. É sempre bom te ter por perto... - Dizia com um sorriso, imaginando que estaria bem dessa vez.

Uma pena que eu não sabia o quão iludido eu estava. Assim que eu terminava de falar, a loira entrava na minha frente e puxava meus braços para acima do seu pescoço, fazendo nossos corpos ficarem encostados um no outro, e repetindo imediatamente a minha reação na fila anterior.

Inferno. Eu ficava vermelho quase que imediatamente, e minha respiração começava a ficar mais pesada, me deixando imediatamente incomodado. Para ajudar, a monotreinadora apoiava sua cabeça na minha clavícula e pedia por uma confirmação, que diga-se de passagem, eu nunca respondi. Eu comecei a procurar algo pra desviar o meu foco e fazê-la se distrair, mas não conseguia. E num rapido movimento, a Karinna puxou com força minha cabeça para perto, aproximou seu rosto, devagar da minha orelha e sussurrou meu nome, me deixando imediatamente num pico de ansiedade bem distinto. Veja bem, eu estava dividido. Ao extremo. Anteriormente, com qualquer outra pessoa, eu teria empurrado Bley, me esquivado, mas como eu faria isso quando eu realmente quero investir em algo com ela? Eu não soube como reagir, não sabia o que falar. As palavras se amontoavam na minha garganta e o receio de estragar tudo com ela também me forçava a ficar preso naquela situação.

Eu repetia para mim que estava tudo bem. Que não era nada demais. Repetia uma. Duas e até três vezes. Mas a cena dos meus primeiros dias do dojo não escapavam da minha mente. Aquele maldito mantra que eu entoei por anos enquanto treinava retornava a minha mente, claro como o dia. E a primeira vez que ele me foi apresentado também. Eu estava no dojo, no meu primeiro dia quando fui entrar pro Muay Thai, o mestre foi fazer um trabalho voluntário e apresentar o estilo pras crianças. A primeira coisa que ele disse foi: "Garotos! Escutem bem. Vocês são novos, mas pra alcançarem algo grande na vida, vocês devem se abster de algumas coisas. Ou vão continuar sempre sendo esses pirralhos fracos. Serão homens fracos e incapazes de proteger o que amam. Então, vocês não devem beber nunca! Isso desvirtua do caminho, do sucesso. Assim como as drogas, fiquem longe disso também! E a pior de todas. Sexo. Esquece isso. Homem, mulher, qual foi a praia de vocês. Isso não leva a nada e vai deixar vocês presos no mesmo lugar, correndo entre círculos atrás de uma pessoa só e nunca vai ir pra frente."

Era uma lembrança vívida na minha mente. Como um mantra, a gente repetia aquilo incansavelmente. E ficar dividido entre meu sucesso e uma pessoa que gosto? Deveria ser fácil, né? Mas não depois de arruinar uma relação atrás da outra, incansavelmente. E a possibilidade de afastar alguém que eu realmente gostava por aquilo? Eu não sabia o que dizer. Não sabia o que fazer, e ficar divido assim só me deixava numa situação pior. Aquilo foi demais. Eu mal respirava e sentia meu coração bater rapido e muito forte. As pernas tremeram por um instante, mas eu jamais pensaria que seria algo relevante. Fiquei zonzo e sentia minha cabeça girar, o corpo, que já não se sustentava direito, acabou pendendo para trás, perdendo o equilíbrio aos poucos. Eu ainda tentei empurrar Bley para frente, de uma forma que ela não caísse comigo, mas eu já não conseguia ter mais tato de nada, muito menos sentir as coisas a minha volta...

Quem dirá saber onde a loira estava. Aos poucos a visão foi escurecendo. Eu senti um baque do meu corpo sentando no chão, que, por um milagre, o meu torço não teve o mesmo destino. Eu saberia mais tarde que Brave e Zhár saíram da Pokéball quase que em tempo recorde para impedir que eu sofresse uma lesão mais séria, amortecendo meu corpo na queda, me segurando como podiam, isso era, com seus braços e vinhos. Mas se quer um resumo?

Eu desmaiei.

Aventura no parque ft. Karinna
Cunha
Cunha
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Karinna Qua Out 07 2020, 08:05


hidden springs
call it what you want


Sabe quando as coisas acontecem rápido demais e você mal tem tempo para reagir sobre elas? Agora imagina isso em um cenário que você mesma criou por ser uma sádica escrota? Exatamente. A culpa de absolutamente tudo era minha e tinha plena consciência disso. Não vou tentar passar esse pano pra mim mesma... É, tudo que eu queria era provocá-lo um pouco e só consegui piorar as coisas.

Primeiro, eu estava tão vermelha e nervosa que não senti os sinais vindo. Assim, eu já desmaiei algumas vezes na minha vida e sei que dá pra perceber, mesmo que por pouco tempo, que a pessoa está prestes a desfalecer; dito isso, não sei se é porque eu estava na frente, mas tudo que consegui sentir foi um leve empurrão de Daisuke antes do ruivo perder a força das pernas e cair no chão acudido por seus pequenos. O nervosismo que antes era por conta da vergonha era subitamente substituído pela preocupação e, er... pela culpa também.

— Daisuk- — virei o rosto assim que o senti caindo atrás de mim: tentei segurar um de seus braços, mas o Ranger era pesado demais para eu conseguir fazer alguma coisa sozinha. por sorte, seus monstrinhos saíam de suas esferas e não deixavam que batesse suas costas no chão — Ai, que que foi que eu fiz!? — arregalei os olhos, caindo de joelhos no chão e colocando a cabeça de Daisuke sobre as minhas pernas — AJUDEM AQUI! VÃO FICAR SÓ OLHANDO!???? CHAMEM ALGUM MÉDICO! — gritei para os curiosos em volta com a expressão ainda apavorada estampada no meu rosto; voltei minha atenção para o ruivo, tirando seu boné e colocando-o na minha cabeça — Daisuke... Acorda. Desculpa. — acariciei o rosto do Ranger, aproveitando para lhe fazer um cafuné que não ia ajudar em nada MAS EU ESTAVA NERVOSA OK — Nunca mais eu te... ai, encosto assim, não sei. — busquei uma garrafa d'água dentro da bolsa, tentando abri-la com certa dificuldade por conta da mão machucada — Prometo. — quando conseguia, jogava um pouco do líquido sobre os cabelos do ruivo; não sabia se ia ajudar, mas estava tentando de tudo para fazê-lo — Sinto muito.

E, para ser bem sincera, eu sentia mesmo. Uma coisa é provocar e instigar para ver se Daisuke me explica sozinho o porquê de ser tão travado assim, mas outra é fazer o garoto passar mal e desmaiar. Sou sádica e egoísta sim, mas não nessa proporção, ainda mais com quem eu gosto. O pior de tudo é que naquele momento eu poderia ter estragado tudo: nosso encontro, nós dois, o jeito como ele se sente. Se o ruivo despertasse, levantasse e fosse embora, ha, eu jamais o culparia. Eu mesma o faria. Talvez era sobre isso que Tshilaba dizia quando falou que nem tudo precisa ser ao extremo: minha determinação em querer que Daisuke conversasse comigo sobre sua situação mais trouxe desgraça do que qualquer outra coisa.

Argh.

— Ei... Sei que estraguei tudo. — respirei fundo, passando os dedos sobre os cabelos agora molhados do Ranger — Mas prometo que a partir de agora vou respeitar seu espaço.


bronzor: 40/40
pichu: 30/30


doll fanfest | national park

_________________
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Tumblr_p679a2SqS31x82plio1_500
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Ihjnzau
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 EAHKxXN
Karinna
Karinna
Especialista Psychic I

Especialista Psychic I

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Cunha Qua Out 07 2020, 11:57

Zhár e Brave haviam agido em tempo recorde pra me colocar com segurança no chão, mas se tem alguém que estava mais perdido do que eu, esse alguém eram os dois. Eu estava super animado antes com Karinna e subitamente vir a desmaiar os preocupou. Brave começava a marejar os olhos enquanto Zhár usava um chicote para abraçá-lo e consolá-lo, enquanto outro dos seus chicotes de vinha eram usado pra bater na minha perna, certificando-se que essa não era uma brincadeira sem graça. De início, ela não levou fé, mas conforme ia chicoteando minhas pernas, o desespero ia batendo. Até que depois de dez chicotadas nas pernas e um pouco de água na minha cara, eu acordava mais atordoado do que desmaiei. Abria os olhos, aos poucos, enquanto tentava recuperar os sentidos.

- ...que que aconteceu? - Dizia, pausadamente e com a voz amena, ainda com dor nas pernas e chicotes de vinha amostra, eu sentia água bater no meu cabelo e a expressão de alívio tomar aos poucos o rosto de Bley. - Mano, cês tentaram me matar e deu errado? Foi isso? - E ria de leve. Eu até tentei levantar, mas Zhár e Brave pularam em cima de mim, com os olhos marejados e felizes, enquanto sentia um cafuné na cabeça e podia ouvir a loira falar algumas coisa. Eu ainda estava zonzo então pedia por paciência. - Ei, ei, ei. Calma. Vocês vão me machucar... ainda mais. - Dizia para os tipo grama que recuavam e aos poucos eu começava a entender o que tinha acontecido, me lembrando dos sentidos indo embora. Eu levantava devagar, ainda sentado no chão, e me aproximava do ouvido de Karinna antes de me levantar. - Você não estragou nada... só pega mais leve, por favor. - E dava um beijo no rosto da loira antes de me levantar devagar.

Eu imagino que ela se sinta culpada por isso, o que faz com que eu me sinta um idiota completo. A loira não tem culpa de... erm... enfim. De querer aquilo, né? É natural das pessoas, eu acho. Mas eu precisaria ser mais franco com ela, e conversar com mais calma para ela ao menos entender. Se quer saber? Eu estava constrangido com tudo aquilo. Eu havia literalmente desmaiado numa porra duma fila de parque de diversões, com certeza teria virado piada e as pessoas ficariam me olhando com o canto do olho. Eu oferecia a mão para Karinna se levantar e depois a abraçaria. - Acho que te devo desculpas pelo que aconteceu agora... - Falava, envolvendo-a em meus braços. - Eu só não consigo explicar o que aconteceu, então se só puder ignorar isso eu agradeceria... - Entoava as palavras estando completamente constrangido.

E agora? Será que a fila havia andado ao menos um pouco durante meu "desfalecimento"?

Aventura no parque ft. Karinna
Cunha
Cunha
Ace Trainer I

Ace Trainer I

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Shianny Qui Out 08 2020, 01:24

Vejamos - por onde uma pobre e inocente narradora pode começar, tecer e engatilhar um gancho narrativo diante de um caos que sequer foi ela quem iniciou?

Provavelmente há uma resolução simples e bela ao alcance dos dedos, tenho consciência - mas, infelizmente, esta jovem cabeça é incapaz de descobri-la nesse momento, então se dará ao luxo de sorrir, acenar, e fingir que quase nada aconteceu. Ora, e não parece essa uma solução esplêndida para esta serviçal que nada mais faz além de tentar agradar aos seus queridos e amados mestrandos, que sacolejam um pandemônio de provocações, timidez e desfalecimentos? Mas que caixa de Pandora foi essa que se abriu de um dia para o outro, por detrás das costas desta inocente titereira que aqui vos fala?

Tsc, tsc.

Não que eu reclame, longe disso; Mas, permitam-me resumir brevemente o que aconteceu quando essa ousadia foi protagonizada pelos belíssimos treinadores que aqui traçam sua jornada. Veja, a fila é avassaladora, inevitável - e ouso mencionar que Fernandez não foi o primeiro a perecer diante dela, embora não necessariamente tenha sido esse o motivo. As pessoas ao redor, bem, dividiram-se: Alguns acharam que era um teatro tosco para passar na frente, outros travaram, outros nem viram. Em realidade, uma ou duas pessoas apenas chegaram a perguntar se estava tudo bem, e uma mulher mais nova ofereceu um leque para que o ruivo pudesse ser abanado, mas nenhum auxílio ousou ir além disso, por bem ou mal. Inclusive, algumas até chegaram a "confirmar" suas suspeitas de que aquela cena nada mais era que um golpe quando, simples e somente, o ruivo se recuperou após algum tempo, voltando para seu lugar como se nada houvesse acontecido.

— Tio. Ô, tio. — Veio, então, uma voz baixa, à direita de ambos os treinadores. — Tá passando mal, é? — Perguntou um moleque, de não mais que treze anos, que tinha olhões interessados e um sorriso traquina, além de uma enorme mochila nas costas. — Querem pular lá pra frente? Eu posso resolver pr'ocês. Vem cá, ó. — Chamou com o dedo, dando as costas e se afastando por alguns metros... Antes de enfim voltar para os dois, abrindo um sorriso maior ainda. — Quer dizer, eu até posso ajudar. Mas só se vocês comprarem alguma coisa minha... — Disse, então, estendendo um pequeno cardápio na direção do casal.

Bem... E então?


_________________
O amanhã é efeito de seus atos. Se você se arrepender de tudo que fez hoje, como viverá o amanhã?
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Zeu0QEE
Virtuum:

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 CHltjda

Awards:

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 X8CiA0c
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 AmfIeHk
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 S0VhG2V
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 A8MPG3J

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 WVpeL22

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 2pH6RHk

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 WL5BZPt

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 DqszD3a

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Bwv3ggV
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 NzcamXa
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 QdG0v0p
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 IpH0IzM
Shianny
Shianny
Ace Trainer II

Ace Trainer II

Alertas :
(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Left_bar_bleue0 / 100 / 10(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

(010) — hidden springs/call it what you want - Página 9 Empty Re: (010) — hidden springs/call it what you want

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 9 de 20 Anterior  1 ... 6 ... 8, 9, 10 ... 14 ... 20  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum