Ficha de LCunha

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de LCunha

Mensagem por LCunha em Qui Dez 18 2014, 18:04

Daisuke Fernandez

Sexo:
Masculino

Nascimento:
Daisuke nasceu na cidade de Petalburg, no dia vinte e três de janeiro de mil novecentos e noventa e oito

Idade:
16 Anos

Altura:
Tem atualmente um metro e setenta e cinco centímetros.

Peso:
75 Kg

Carreira:
Treinador

Descrição física:
Daisuke tem um corpo de porte atlético e um cabelo natural de tom escarlate, alguns costumam dizer que seu cabelo lembra um pouco o sangue. Sua pele não é pálida, e está longe de ser bronzeada, ele é, na verdade, muito branco. Quase em qualquer ocasião, esta usando seu headphone e colete, ele diz que são suas "vestes da sorte", então, mesmo que as cubra com algo, saiba que sempre estão ali. Na maioria das vezes o garoto usa uma blusa vermelha com um simbolo que ele não se arrisca a dizer o que é, uma calça branca com um cinto totalmente negro e pulseiras negras. A cor castanho claro de seus olhos combina perfeitamente com seus cabelos. E, por de baixo da camisa, esconde uma pequena cicatriz nas costas no formato de um "X", juntamente com uma marca de nascença no pulso que lembra um pouco o símbolo da camisa do garoto, não é a toa que ele simplesmente gosta muito da mesma.

Personalidade:
Daisuke, é, na maioria das vezes, bastante sociável , o que chega a incomodar um pouco em certas horas, visto que ele é incapaz de se manter calado em alguns momentos. O garoto é na maior parte das vezes sincero , não se incomoda em dizer o que sente ou o que pensa das pessoas, e tem o péssimo hábito de confiar muito naqueles que conhece à algum tempo, fato que o leva se dar mau às vezes. É um estrategista em pessoa, geralmente com planos que ninguém nunca havia pensado antes e que dão muito certo. Ele esta quase sempre sorrindo e na maioria das vezes tenta agradar ao máximo as pessoas ao seu redor. É um garoto do qual as pessoas não tem medo de confiar, e sempre o fazem. Ele tem um péssimo hábito de olhar para as pessoas com o ar de "´Orgulhe-se do que é, e quando descobrir o que exatamente você é, venha me contar". Seu principal defeito é o ódio que tem quando as pessoas falam mal de seu irmão, um treinador que morreu a alguns anos, e quando se fala mal dele, Daisuke se torna uma pessoa a se temer, seu olhar frio lembra bastante aqueles do tipo "Bem-vindo ao inferno", ou "Vou te matar de vinte formas diferentes agora mesmo" e principalmente o ar de inferioridade que ele passa imediatamente para as pessoas. A pior parte é que os "deselogios" vem geralmente de amigos e família, o que faz Daisuke, às vezes, perder o controle e fazer burradas. Ele amava o irmão, e se sente muito bem quando escuta coisas do tipo "Ele estaria orgulhoso de você". O garoto de cabelos escarlates é agradável na maior parte do tempo e muito tranquilo com quase tudo, apesar de sempre estar escutando Heavy Metal em seu HeadPhone. É na maior parte das vezes, brincalhão e muito carinhoso, principalmente com seus Pokémons e as garotas que estão a seu redor. Ele tem uma incrível capacidade de fazer com que muitas das garotas a sua volta se apaixonem por ele, apesar de quase nunca perceber isso. Pontual e educado, sempre chega muito antes da hora marcada em seus compromissos, o que chega a causar certa estranheza às pessoas que marcaram com ele, visto que um segundo de atraso será jogado em sua cara, de forma amigável, mas será jogado. Seu único trauma é o de ver pessoas apanhando por ele sem que ele possa fazer nada, para que isso nunca aconteça, o garoto começou a lutar desde muito cedo, Muay Thai e fazer um pouco de atletismo, dai justifica-se seu porte atlético.
Biografia:
O garoto nasceu em Petalburg e foi criado ao lado de seu irmão até os sete anos de idade. Depois disso, seu irmão, Gary, foi a Littleroot e escolheu um Treecko para começar sua jornada. Gary era um treinador com notável talento, tanto que, com pouco mais de um ano, venceu a liga Pokémon de Hoenn, e, logo após esse feito, conseguiu vencer, ainda, três de quatro membros da Elite quatro daquele mesmo continente. Porém, num belo dia, o garoto descobriu acidentalmente uma base Rocket e fez a denúncia da mesma. Após isso, ele só teve mais quatro meses de vida, até esse ser torturado até a morte , tendo as roupas e pertences que andavam com ele furtados e seu corpo jogado na frente da casa de Daisuke.
O garoto de cabelos escarlate foi o primeiro a ver o corpo do irmão, e até hoje aquela imagem o assombra. Foi no dia vinte e cinco de julho o ocorrido, no mesmo ano, Gary havia mandado uma camisa vermelha, de tamanho bem superior ao do garoto, mas que lembrava muito a sua marca de nascença, e o irmão foi capaz de se lembrar disso. Daisuke nunca esqueceu seu irmão. Ainda guarda muito amor por ele. Não tem rancor algum dos Rockets, pelo menos, não foi capaz de demonstrar algum ainda. Depois do ocorrido Daisuke não conseguia passar uma noite na casa de Petalburg sem ter pesadelos. O incômodo foi tão grande, que a família teve de se mudar. Daisuke só tinha sua mãe e seu pai agora em Pallet. Na verdade, apenas a mãe. O pai não suportou ter perdido um filho, andava muito distraído desde o ocorrido, até que um dia foi atropelado por um caminhão, e desde então se encontra em coma.
Em Pallet, o garoto de cabelos escarlates ainda chorava muito, até que um dia, na escola, uma garota percebeu a tristeza dele e tentou conversar afim de fazê-lo se sentir melhor. Esse feito Daisuke nunca esqueceu, Lisanna era o nome da garota, e hoje uma de suas melhores amigas e ,talvez, uma pequena paixonite. Ela quase nunca era legal com os outros, mas foi capaz de estender sua mão para ele num momento difícil, de ser forte para ele, desse ato, Daisuke tirou inspiração e começou a praticar Atletismo e Muay Thai, para se tornar forte e ajudar a todos que precisarem, como Lisanna fez com ele.
Daquele dia em diante, Daisuke sorriu e nunca mais parou, sempre estava agradecido por seu irmão ter existido e saberia que ele estaria ali sempre. Para guardá-lo, orientá-lo e ajudá-lo. Se passaram alguns anos, e no aniversário de treze anos de Daisuke, seu pai despertou do coma, o velho agora estava mais engenhoso e inteligente, ele conseguiu tirar sua família do vermelho em apenas dois meses, visto que sua mãe era dona de casa e tinha que sair e se esforçar muito para ganhar algum dinheiro que era pouco e mau dava para sustentar a família de duas pessoas.
A cicatriz em suas costas foi quando, pela primeira vez, o garoto conseguiu ajudar alguém de verdade, isso foi quando ele estava perto de fazer 15 anos, Lisanna havia se metido em problemas com um Primeape, e o mesmo resolveu atacá-la com um Fury Swipes. Daisuke estava perto e conseguiu proteger Lisanna, se colocando na frente do golpe, no entanto, as "garras" de Primeape foram fundas demais e deixaram a cicatriz, é claro, o garoto não deixou aquilo barato e conseguiu espantar o Primeape com apenas um soco no abdômen. Desde então Lisanna desenvolveu um certo carinho por aquela cicatriz que Daisuke esconde em suas costas. Agora, com 16 anos e ao lado de Lisanna, o garoto está inspirado no talento do irmão e na engenhosidade que aprendeu com o pai, vai tentar aprender o valor dos Pokémon para o mundo e tentar entender o que fazia seu irmão gostar tanto deles.
Região de Início: [X] Kanto [ ] Johto
avatar
LCunha
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de LCunha

Mensagem por Mahiro em Sex Dez 19 2014, 16:02


►Ficha Aprovada◄


Parabéns, sua ficha foi aprovada.
Agora você pode criar um box e caso queira também um storage. Após a atualização destes você pode colar o link deles em seu perfil. Por fim você poderá postar sua história no laboratório pokémon de sua região inicial. Tenha uma boa jornada.

_________________
avatar
Mahiro
Treinador
Treinador

Alertas :
0 / 100 / 10


Ver perfil do usuário http://nozakiruisu.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum